Ir para conteúdo

Dúvida sobre carta-convite para entrar na Europa


Posts Recomendados

  • Membros

Olá!

 

Já li vários tópicos sobre isso aqui no fórum, e já me ajudou muito... mas acho que ainda preciso de algumas opiniões/informações.

 

Vou para a Europa em Janeiro, pra ficar 22 dias. O roteiro será Porto > Lisboa > Barcelona > Roma > Florença > Paris > Porto > Brasil

 

Em todas essas cidades já fiz reserva em hostels e estou com os comprovantes de reserva impressos aqui comigo; no entanto eles não estão pagos (fiz pelo booking.com e eles não solicitam nenhum pagamento prévio, pagarei todo o valor durante a minha estadia). A primeira dúvida é: isso é suficiente para a imigração? Já ouvi dizer que é preciso ter as reservas feitas E pagas para não ter problemas, aí fiquei com medo de dar algum problema.

 

A outra questão que está me fazendo ficar inquieta é que a única cidade em que não ficarei em hostel é no Porto, onde ficarei na casa de uma amiga. Serão só 5 dias (e o último dia da viagem também, antes de voltar ao Brasil), e queria saber se preciso da carta-convite mesmo para esses 5 dias. Sei que a rigor eu precisaria, mas gostaria de saber a opinião de vocês... a viagem vai ser toda programada, os trechos internos estarão comprados (trem/avião low cost) e alguns tickets de atrações também (tudo isso estará impresso comigo).

 

O que vocês acham? Corro grandes riscos da imigração encrencar com a falta de carta-convite? Tou bem preocupada com isso, mas também acho chato ficar incomodando minha amiga com essas burocracias por causa de menos de 1 semana.

 

Enfim, qualquer relato aí sobre experiências com a imigração é válido. Valeu, gente!

 

Walkyria

Link para o comentário
  • Membros de Honra

As reservas impressas do Booking são suficientes, mesmo que a hospedagem não esteja paga antecipadamente.

 

Você precisa ter reservas de hospedagem ou carta-convite ao menos para a primeira cidade onde ficará. A imigração costuma implicar um pouco quando você chega lá e não tem onde ficar... Então peça para a sua amiga que mora no Porto providenciar a carta convite para você e registrar ela nos órgãos competentes, tem um lugar específico em cada cidade para registrar estas cartas-convite, se não estiver registrada ela não vale. Um detalhe, somente cidadão Europeus ou com visto permanente podem fazer cartas de convite, se a sua amiga estiver lá com visto de estudante, ela não pode fazer a carta para você.

 

Na minha opinião pessoal, a tal carta-convite mais atrapalha do que ajuda na imigração, pois a maioria dos imigrantes ilegais viaja com carta convite de alguém, e a imigração fica super atenta a quem chega com carta-convite. Minha sugestão, faça uma reserva em um hotel no Porto, destas que você pode cancelar sem custos até as 18:00 horas do primeiro dia, e apresente esta reserva na imigração caso lhe peçam, e chegando na casa da sua amiga, cancele a reserva do hotel para não ter que pagar a primeira noite.

Link para o comentário
  • Membros

Genial, obrigada pela dica, AdrianoLB!

 

Minha amiga está lá com o visto de estudante mesmo, acho que vou fazer a reserva e mesmo que não dê pra cancelar... paciência, vou reservar o mais baratinho que tiver e pelo menos fico segura.

 

No caso, vou fazer uma conexão em Madrid antes de descer no Porto (5h de espera)... mas aí não preciso de nada né? Se me questionarem, a própria passagem indicará que não ficarei em Madrid, suponho. Certo?

Link para o comentário
  • Colaboradores

Walkyria,

 

Estive no Porto no ano passado com minha esposa, também fazendo escala em Madrid.

 

Eu levei uma pasta com todos os documentos possiveis e imaginarios para não ter surpresas, estava tudo em uma pasta, quando parei no guichê de imigração, saquei a pasta da mochila e entreguei somente os passaportes e as passagens para o agente. Ele olhou para a pasta e carimbou o passaporte. No guichê ao lado, haviam 3 moças, elas ficaram mais de meia hora, mostrando tudo o que é tipo de documentos, não sei se elas passaram ou não. O que eu percebi (e também ouvi e li bastante por aí), eles não pegam muito no pé de casais, ou familias, mas mulheres viajando sozinhas ou com outras mulheres, já é complicado.

 

Com relação aos documentos, o que eu levei: extrato dos cartões de crédito, certidão de casamento, escritura da casa, documentos dos veículos, certidão de nascimento do meu filho (que não foi), copia da carteira profissional, passagens, reservas. Tudo copias, evidentemente. A ideia com esses documentos era mostrar vinculo com o país de origem.

 

Com relação à sua reserva do Porto. Acho que vc pode fazer a reserva, imprimi-la e já cancela-la, pois o agente não tem como confirmar se a reserva ainda é efetiva apenas pelo papel.

 

Ah... um outro detalhe, no Porto não houve imigração, mas fomos questionados pelo exercito no aeroporto, sobre quantos dias iriamos ficar, somente isso.

 

Espero ter ajudado.

 

GL

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Quanto a cancelar a reserva antes de viajar, não é uma boa ideia, pois se o agente de imigração desconfiar de algo, ele pode ligar para o hotel confirmando a reserva, se antes o agente estava na duvida, com a reserva cancelada aí sim irá convencer ele de vez de que você está tentando fazer algo irregular.

 

Na maioria dos hotéis, se você não aparecer no primeiro dia e não entrar em contato cancelando, você paga somente a diária do primeiro dia, e o restante é automaticamente cancelado. Mas confirme as regras exatas com o hotel que for ficar.

 

PS. Tente não escolher o hotel mais barato, ruim e distante, os agentes conhecem estes locais e se lhe fizerem um interrogatório mais completo, será um ponto onde eles irão pegar no pé... Então escolha um local "médio", perto da zona turística ou central, que não tem erro.

 

Mas relaxe, geralmente a imigração é super rápida e tranquila, a minha última em Berlin durou 15 segundos, o agente não pediu nada, simplesmente olhou minha foto no passaporte, escaneou e carimbou o passaporte. Só tenha toda a documentação junto com você, pois isto lhe deixará mais tranquila e segura na hora da imigração, e se por uma infelicidade implicarem com você, você terá tudo o o que é necessário para passar na imigração

Link para o comentário
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Walkyria, você vai viajar sozinha?

Se sim, é bom se armar de documentos. Quando fui sozinha à Genebra, fui a única parada na imigração e a primeira pergunta que fizeram foi se eu estava sozinha. Minhas primas também foram paradas em Lisboa. Então creio que esse mito de que mulher viajando sozinha ou acompanhada de outra mulher é barrada para questionamentos, é verdade.

Mas não se assuste. É só manter a calma e explicar o que vai fazer. Na última viagem levei impressa todas as reservas de hostels (mesmo que ainda não estivessem pagos, eles não olham isso), as passagens internas, um mapa com meu roteiro e uma carta da empresa avisando que eu estava de férias e que tal dia eu voltaria a trabalhar. Isso foi suficiente. Só na Inglaterra que a imigração foi um pouco mais chata e perguntou quais lugares eu ia visitar e se eu tinha os bilhetes comprados (mas não encrencaram por eu não ter).

 

Acho que o segredo é manter a calma e dar respostas firmes, assim eles não vão achar que tem nada errado.

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...