Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Deserto do Atacama de carro - Perguntas e Respostas


Posts Recomendados

  • Membros de Honra

Lagartao...eu fui parando muito...fiquei 4 dias em Foz, 3 em Salta....

Na volta fiz de San Pedro até S.P em 4 dias, andando bem...

 

Acho que de Puerto Iguazu não tem ônibus para Salta não...provavelmente tem que se fazer uma baldeação em Corrientes ou Resistência.

 

De Salta a San Pedro tem sim...dê uma olhada no http://www.sanpedroatacama.com/llegar2.htm

 

Abraços

Lucky

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 semanas depois...

  • Respostas 153
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Documentação e Equipamento Necessário para ir ao Atacama:   Documento do carro em nome do condutor (ou que o dono esteja no veículo); Carteira Nacional de Habilitação (mais de 90 dias no Chile é nec

Certamente o Luckylu terá muitos outros complementos, mas aí vão algumas dicas iniciais:   - Qual seria a melhor rota a ser traçada (a mais econômica, mas que possamos traça-la com segurança)? - A

Ola pessoal,   Gostaria de saber se dá para encarar a estrada de terra de Uyuni a Olague, depois Calama e por fim San Pedro de Atacama em carro comum. Minha ideia não é entrar na Reserv

  • Membros

EM Março/2004 fiz: Porto Alegre, S. Borja, Corrientes, Avia Terai ( fui reto fui parar loooonge), Quimili, Taboada, S. del Estero, Tucuman, Salta, Paso de Sico, S.P. de Atacama e retornando, 4 pneus furados, o Gol 1000 16V aguentou bem, dica: levar um estepe adicional. Qquer coisa é só postar.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Pedrocs...eu quase caí nessa de Avia Teray......rssss

Vc furou os pneus em que parte da estrada???? Eu fui pelo Paso Jama...dizem que é mais conservado...em compensação dizem que o Paso Sico é mais bonito (o trajeto)....e olha que pelo Paso Jama o visual é fantástico!!!!!

Abraços

Lucky

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Pessoal,

 

Quando estive no Atacama no inicio desse ano, encontrei muita gente falando maravilhas da região de Cachi, Cafayate...

Alguém conheceu essas cidades e tem dicas?

No site www.turismoensalta.com tem algumas coisas interessantes dessa bela região da Argentina, que as vezes serve apenas de passagem para o Atacama.

Abraços a todos!

 

Issao

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Issao...o Trotatorres do fórum América do Sul conhece bem essa região e pode te dar dicasd de lá....a esposa dele mora em uma cidade pr'xima daquela região e ele sempre vai para lá.....

 

Abraços

(PS...Ainda não ví o DVD..acho que hoje a noite rola....)

Luckylu

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Pessoal,

 

estou planejando uma viagem dessas nos proximos meses e uma dúvida que ainda tenho é sobre a melhor forma de levar dinheiro. O que é melhor no Chile e na Argentina, leva em real, dólar, troca o dinheiro aqui, na fronteira, nas cidades, em casa de câmbio, banco, hotel....gostaria de saber a experiência de vocês pra eu poder me planejar.

 

Abraços,

Marcelo

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Marcelo...eu sempre preferi viajar com dólar....é tudo mais fácil....

Real não vale a pena, só se consegue trocar em grandes cidades ou fronteira, fora isso é muuuuito desvalorizado.

 

Geralmente quando chegava em uma cidade do Chile ou Argentina eu ia perguntando para o pessoal de lanchonetes, taxistas onde valia mais a pena trocar e eles indicavam sempre a barabada do lugar....se era em bancos, ou com doleiros (na rua), que tem de monte na Argentina.

 

No hotel a cotação é sempre menor então fuja....

Na fronteira às vezes vale a pena, mas vc só vai ter certeza disso quando já passou por ela e aí...já era....troque uns 50,100 dólares na fronteira e quando chegar na primeira cidade troque o restante....

Abraços

Luckylu

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Ola Marcelo, estou em Buenos Aires agora, ja passei por varias cidades no Chile e na Argentina. Estou usando um cartao de DEBITO do BANCO RENDIMENTO, e aceito por todos os estabelecimentos que trabalham com Visa, e pode sacar dinheiro em varias agencias, so paga taxa quando sacar, vale US$ 2.50.

Eu estou gostando muito, o cartao e adquirido por telefone, entre no site do banco.

Serjao

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Luckylu, o primeiro pneu foi perto de Santiago del Estero, numa estrada que não havia absolutamente nada perto, fui até Salta ( onde morava meu primo), com o pneu furado (tive sorte), deixei meu carro lá com ele durante um tempinho ( fui viajar de ônibus e avião pela Bolívia e Peru), quando retornei peguei o carro e fui para o Atacama ( sozinho) no meio do deserto fura outro pneu, pego o macaco e... surpresa, o macaco estava quebrado, esperei um carro passar- sorte que logo após passou um- para pegar o macaco emprestado, andei meio deserto do Atacama com um pneu furado e um macaco quebrado. Em S. P. de Atacama fui à "gomeria", não havia macaco para vender em S.P., só em Calama, não fui à Calama!!! O máximo que poderiam fazer pelo meu pneu furado era colar um pedaço de borracha, a frio. No outro dia atravessei o Deserto inteiro com um macaco quebrado e o estepe meia boca. Em Salta comprei um macaco ( na argentina tem um nome de outro animal, não me lembro qual) e retornei para o Brasil, perto de J.C. Gonzales furou outro pneu, até entender como funcionava o macaco argentino demorou um pouco, nesta pequenina cidade fui no borracheiro que disse que não havia nada a ser feito poi o pneu era de liga de leve e precisava de um torno, era domingo,... perguntei se havia algum lugar onde podia consertar o pneu, fui na casa do dono da outra borracharia, imaginem um brasileiro no interiorzão da Argentina chegando no meio do almoço dominical de uma família argentina e pedindo para consertar a roda, foi lastimável, mas algumas horas depois estava pronto, peguei aquela enorme reta de Avia Teray e no início furou outro pneu ( lembrar que era aquele com a tira de borracha), não havia ninguém que consertasse o pneu ( era domingo!!!), fui direto até Resistência onde encontrei um local, suspeito, para consertar o pneu, fizeram um serviço meia-boca ( colocaram câmara e ainda tive que ouvir que havia um pedaço de borracha entre o pneu e a roda). Dormi em Resistência e depois vim para o Brasil ( troquei 4 pneus por novos qdo cheguei, o pessoal da garagem me falou que as rodas de liga leve estavam quadradas).

Esse aí é meu relato, não pude aproveitar muito em São Pedro, mas pelo menos tenho essa ( e algumas outras) histórias para contar.

Abraços!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Ah, o Paso de Sico é muito bonito, fui nas lagunas Miniques e Miscanti ( ou algo parecido), vi o salar de atacama, vários outros salares, porém não tem o Likankabur. Naquele dia qdo furei o pneu passaram 6 carros pelo Paso de Sico ( todos os carros são anotados na aduana Argentina, pude contar no outro dia, qdo retornei).

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...