Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

pedrofsette

Qual é a real importância de uma barraca ser auto-portante?

Posts Recomendados

(Reproduzo aqui uma pergunta que fiz no fórum "Perguntas" porque não tinha entendido como criar um Novo Tópico ainda -achava que precisava ter um número X de mensagens postadas ::putz:: )

 

Olá, pessoal, beleza?

 

Tenho uma viagem a fazer por esses dias, aqui pela América do Sul. Passarei por Paraguai, Uruguai, Argentina, Chile, Bolívia e Peru. Pretendo ficar em hostels, mas também acampar (já acampei em montanhas baixinhas aqui de Pernambuco, mesmo), mas preciso de uma barraca melhor do que a que tenho hoje, que é dessas de supermercado. Estou bem preocupado com vento e chuva, então a Azteq Nepal 2 ou a Mini-Pack me pareceram uma boa, principalmente porque além de terem uma coluna d'água bem alta, são muito leves e compactas. Minha preocupação se dá com o fato de que estas barracas não são auto-portantes. Quão importante isto realmente é? Há, de fato, alguma situação onde seja impossível montá-las? Não há como improvisar, prendendo as cordas com pedras ou algo assim? Pretendo subir algumas montanhas nos Andes, por trilha, mesmo, então presumo que vou topar com terreno rochoso, onde os espeques não vão entrar. Não tenho nenhuma experiência com estas barracas, é burrice levar uma delas? Há alguma alternativa nacional (ou internacional, desde que possa ser adquirida no Brasil ou em um dos países da América do Sul) que possua características e pesos semelhantes, mas que seja auto-portante?

 

Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A principal diferença você já sacou: a dificuldade em montá-la em regiões aonde o solo é muito duro.

A outra é a resistência a ventos: via de regra a auto portante é mais resistente por ter mais varetas, fazendo uma estrutura mais rígida. Mas existem barraca túnel (não auto portantes) que aguentam muito vento também, por isso a escolha da tenda é muito importante e difícil. Basta ver quantas mensagens tem no tópico barracas e quantos tópicos sobre elas existem por aqui.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que a importância de ser autoportante ou não e muito subjetiva e de bem menor importância que o relevado.

 

Vamos lá...

 

As barracas autoportantes tem a sustentação e pelo menos parcialmente sua forma modelados pelas varetas. Como isto no geral e conseguido por cruzamentos ou links nas varetas acaba possuindo uma resistência intrínseca de muito maior no caso das geodésicas a pouco maior dependendo da estrutura de links.

 

Elas permitem montagem em locais mais duros mesmo em lajes rochosas.

 

As desvantagens são o peso quase sempre intrinsecamente maior, porém existem autoportantes com 900g para 2 pessoas.

 

Para quem acampa em fazendas, campings, praias as vantagens se tornam nulas. Dificilmente o vento se torna um problema real, dificilmente não se consegue um bom estaqueamento e uma montagem perfeita.

 

Para pessoas que fazem trekking mais técnico algumas vezes pode ser mais problemático. Eu pessoalmente por 10 anos so usei barracas sem serem autoportantes e sempre consegui acampar de forma adequada mesmo em cumes rochosos, seja usando rochas como ponto de ancorarem ou procurando um terreno mais adequado.

 

PORÉM sei que existe sim a possibilidade de problemas mais importantes, só acho que no Brasil a relevância estatística não seja tão grande. Hoje por acaso tenho minhas duas barracas autoportantes mas foi coincidência na hora da compra de ter os modelos leves e baratos nessa conformação.

 

Resumindo:

 

No geral compre a que gostar mais na equação custo/benefício.

 

Nessa equação:

 

Se vc so faz camping, fazendas, praias e coisas leves a diferença e irrelevante.

 

Se você faz trekking técnico em grupos a diferença e particidade das autoportantes pode MUITO RARAMENTE te ajudar. Nas raras ocasiões que um grupo não tiver um lugar extra na barraca de alguém. Lembrando uma condição tão violenta e quase sinônimo de abandono da trilha e apenas uma noite mais espremido.

 

Se você como eu faz trilhas técnicas solo aí ja diria para procurar uma autoportante pois a praticidade ajuda e umas segurança a mais pode vir bem a calhar.

 

Se vc vai para locais onde ventos fortes são a regra como travessia do cassino, Patagônia mais prudente levar uma mais resistente.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Resumindo:

 

No geral compre a que gostar mais na equação custo/benefício.

 

Nessa equação:

 

Se vc so faz camping, fazendas, praias e coisas leves a diferença e irrelevante.

 

Se você faz trekking técnico em grupos a diferença e particidade das autoportantes pode MUITO RARAMENTE te ajudar. Nas raras ocasiões que um grupo não tiver um lugar extra na barraca de alguém. Lembrando uma condição tão violenta e quase sinônimo de abandono da trilha e apenas uma noite mais espremido.

 

Se você como eu faz trilhas técnicas solo aí ja diria para procurar uma autoportante pois a praticidade ajuda e umas segurança a mais pode vir bem a calhar.

 

Se vc vai para locais onde ventos fortes são a regra como travessia do cassino, Patagônia mais prudente levar uma mais resistente.

 

 

Entendi. Ainda considero a Nepal 2 como uma boa - o custo é elevado, mas o material é de boa qualidade, a resistência à chuva me dá uma certa tranquilidade, o avanço é grande, etc. É uma boa barraca. Meu trekking vai ser solo e não só em fazenda/praia/etc, então entendo o que você está dizendo, vou procurar uma auto-portante que possua características semelhantes para fazer um tira-teima. Alguma sugestão? Um critério que é importante pra mim é peso/portabilidade quando desarmada. Minha mochila é de 60l, não tento tanto espaço assim.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aqui no Brasil é difícil e caro, tem algumas importadas a venda mas custam o preço de um rim.

Você vai achar a venda no Chile, Bolívia e Peru, tem alguns sites pra pesquisar:

:arrow:http://cl.tatoo.ws/

:arrow:http://andesgear.cl/

:arrow:http://www.lacumbreonline.cl/

No Brasil a Arco e Flecha tem Marmot pra vender e a Bivak The Nroth Face.

:arrow:http://www.arcoeflecha.com.br/subdepartamento-5-P-1-ou-2-Pessoas.html

:arrow:http://www.bivak.com.br/loja/barracas-tendas-e-acessorios-br.html#1

E o Tiago (participante do fórum) tem uma barraca Sea to Summit de 846g pra vender, que custa os dois rins!!! ::hahaha::

:arrow:http://www.lojaclubetrekking.com.br/produto/4124310/Barraca-The-Specialist-Duo-Sea-to-Summit

Boa sorte!!! ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pretendo, em um futuro não muito distante, realizar uma viagem nos moldes da sua. Estou de olho na barraca Quechua Arpenaz 2 para essa viagem e tb para curtir o Brasilzão (nada muito técnico). Seu peso é de 2,4 Kg, coluna d'agua legal, é autoportante, segundo o fabricante aguenta bem ventos e o preço é muito convidativo. Entrei no site da Decatlhon francês (dica do Otávio que já postou neste tópico) para obter maiores informações e praticamente todas as avaliações são positivas (o site de lá é bem mais completo - tem até videozinho da barraca). Só tenho medo de ser uma barraca muito quente para nosso clima. Existe um outro tópico em que alguém pede dicas sobre qual barraca seria melhor (Quechua Arpenaz 2 ou Cota 2), mas ninguém do Forum se pronunciou (ou disse conhecer de fato) sobre a barraca da Quechua. Eu gostaria da opinião de alguém do Forum que já tivesse usado a barraca antes de comprá-la, mas acho que não vou resistir por muito mais tempo. Já fiquei chateado por ela ter subido de preço (de R$130,00 foi para R$ 150,00) + frete, mas, se você comprar mais R$ 50,00 (acho facinho um jeito de gastar R$ 50,00 na Decatlhon) o frete fica na faixa. Será que alguém conhece essa barraca?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou falar o que ouvi: as Quechuas são bem quentes... mas pelo preço dá pra levar numa costureira e fazer umas janelas de tule pra aumentar a ventilação.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou falar o que ouvi: as Quechuas são bem quentes... mas pelo preço dá pra levar numa costureira e fazer umas janelas de tule pra aumentar a ventilação.

Tenho uma Quechua arpenaz, é realmente muito quente, mas escolhendo bem o local dá para curtir, o acabamento dá Quechua me surpreendeu...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 18/04/2017 em 11:52, Victor Fidelis disse:

Aproveitando o post.

 

Tenho uma barraca não autoportante e quero monta-la no terraço da minha casa, existe algum jeito? ::sos::

Sim, usando pedras, vasos, pilares, grades, etc... para ancorar a tenda.

Use sua imaginação!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...