Ir para conteúdo

Mochilão Bolívia, Chile e Peru (com gastos) – maio de 2015 (22 dias)


Posts Recomendados

  • Membros
Muito legal seu relato!!!

 

Me dá uma ajuda? Vou em agosto para fazer basicamente o mesmo roteiro, minha dúvida é: Chego em Santa Cruz às 13:10, tem voo para Sucre pela Boliviana às 14:10, será que dá tempo? Contando que é o mesmo aeroporto, eu acredito que sim, assim eu economizaria uma estadia, como você queria fazer (kkkk)... Meu medo são os trâmites de entrada, revista, etc.

 

O que você acha? Não temos nenhum interesse em ficar em Santa Cruz...

 

Vinicius,

 

eu tb tinha pensado nesse voo, só que nao tem como dar certo.

O primeiro motivo é que vc terá que despachar a bagagem, cargueiro nao passa como bagagem de mao, e vc nao chegaria a tempo de despachar.

O outro motivo é que é bem provével que o avião saia e vc ainda esteja na fila esperando sua vez de apertar o botaozinho pra entrada na Bolivia :lol:

 

Eu achei um voo às 16:30 pela Amaszonas, que acabou sendo cancelado em cima da hora, mas, quando eles nao cancelam, acho que essa é a melhor opçao.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 90
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Cheguei em Puno super cedo e fazia um frio absurdo ::Cold::

 

O objetivo era fazer o passeio da Ilha de Uros pela manha e ir direto para Copacabana, mas os imprevistos acontecem..

Obs: nem tinha mt vontade de conhecer a ilha, mas tava naquela onda de que já estava ali, então pq não conhecer mais um lugar?

 

Chegamos na rodoviária e já fomos procurar agência que fizesse o passeio e passagem de ônibus para Copacabana, mas para nossa surpresa havia um bloqueio na estrada e não podíamos sair da cidade. Sendo que não havia previsão para o bloqueio acabar :o

Poderia acabar naquele dia, no dia seguinte, um mês depois..

Bateu um certo desanimo, a essa altura da viagem vc já ta bem cansado e ficar preso numa cidade que vc mal pretendia passar é bem chato. Só que não rolava deixar se abater o negócio era aproveitar o que tinha de bom por lá.

 

Na própria rodoviária, na agencia Inka Travel, fechamos passeios, hospedagem e passagem pro dia seguinte (que só seria confirmada a noite, pois o bloqueio poderia permanecer).

 

Hospedagem – 80 soles por 01 quarto duplo e 01 quarto triplo. (nessa parte da viagem estávamos em 05, ficou 16 soles por pessoa)

Não era um hostel, era um hotel. O local era simples, água quente e wi fi no quarto. Ah tinha TV tb.

Na verdade o valor que estava fixado na recepção do hotel era bem maior do que o que pagamos. Talvez tenha rolado uma promoção pelo pacote “passeio + hospedagem + passagem para Puno para 05 pessoas”

 

Passeio para Ilha de Uros – 25 soles (com a entrada incluída)

Já tinha lido que esse passeio não seria nada demais e realmente não foi.

A van me buscou no hotel e levou até o cais de onde saem os barcos (ou seriam lanchas? Não sei o nome certo). E após uma meia hora de viagem chegamos as ilhas.

 

Inicialmente os nativos demonstram como as ilhas são feitas, deram totora (planta que comem e tb constroem as ilhas flutuantes) para gente provar, montam uma pequena ilha numa espécie de maquete. Td bem turístico e teatral. ::cool:::'>

 

Até aí é até interessante, o que me incomodou foi a pressão que fazem para que a gente compre. É claro que as pessoas vivem do turismo e das visitas, só achei que é feito de uma forma um pouco agressiva.

Depois dessa apresentação eles convidam os turístas para um passeio de barco por 10 soles e depois convidam para conhecer as casas dos nativos e comprar o artesanato feito no local.

 

Não achei um passeio essencial, mas se estiver preso em Puno devido a um bloqueio na estrada, faça! :lol:

 

598dcb5c9466a_mochilao2015998.jpg.b15e1e721f999942a7937f198bd6ec45.jpg

 

598dcb5c99887_mochilao2015996.jpg.86c70a96adff7e99fb2ff479d17e010d.jpg

 

598dcb5c9ee7c_mochilao20151003.jpg.9c119edc964c2d2e2bc9b3234d645241.jpg

 

598dcb5ca4db8_mochilao20151009.jpg.4f0218f43e640064dc018804ec17728b.jpg

 

598dcb5caab12_mochilao20151018.jpg.d9e7c7070e9ec48e88a422804414921e.jpg

 

Na parte da tarde eu fui dar uma volta por Puno. A cidade é super pequena e não tem grandes atrativos não. Aproveitei para cambiar, visto que não previa pernoitar na cidade, então o que eu tinha separado em soles não daria.

As casas de cambio, para variar, estao nas proximidades da praça das armas :P

 

598dcb5cb06c7_mochilao20151022.jpg.620aa3f9602ba2e41e92dce8bc294ae2.jpg

 

No fim do dia o cara da agência foi até o hotel e confirmou que o bloqueio havia acabado e que na manhã seguinte, às 07:30, embarcaríamos para Copacabana. Que alívio! ::mmm:

Passagem para Copacabna – 20 soles

 

Agora vou dar uma dica pra galera que estiver um pouco cansada de sopa de quinoa, milanesa, papas fritas.. Encontrei uma padaria bem legal em Puno: Ricos Pan.

Tinha uma diversidade bem grande de pães, empanadas, doces.. Acabei almoçando e jantando por lá.

 

598dcb5cb64f5_mochilao20151024-001.jpg.f69b8e2b942cb2783e749c28f96e49f7.jpg

Editado por Visitante
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
Muito legal seu relato!!!

 

Me dá uma ajuda? Vou em agosto para fazer basicamente o mesmo roteiro, minha dúvida é: Chego em Santa Cruz às 13:10, tem voo para Sucre pela Boliviana às 14:10, será que dá tempo? Contando que é o mesmo aeroporto, eu acredito que sim, assim eu economizaria uma estadia, como você queria fazer (kkkk)... Meu medo são os trâmites de entrada, revista, etc.

 

O que você acha? Não temos nenhum interesse em ficar em Santa Cruz...

 

Vinicius,

 

eu tb tinha pensado nesse voo, só que nao tem como dar certo.

O primeiro motivo é que vc terá que despachar a bagagem, cargueiro nao passa como bagagem de mao, e vc nao chegaria a tempo de despachar.

O outro motivo é que é bem provével que o avião saia e vc ainda esteja na fila esperando sua vez de apertar o botaozinho pra entrada na Bolivia :lol:

 

Eu achei um voo às 16:30 pela Amaszonas, que acabou sendo cancelado em cima da hora, mas, quando eles nao cancelam, acho que essa é a melhor opçao.

 

 

AHhhhh... que pena!!! Mas esse das 16h00 vc fechou lá mesmo? Não acho na net pra comprar!!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

O ônibus saia da rodoviária às 07:30, acordamos super cedo com medo de perder o ônibus. Tínhamos combinado de ir com uns argentinos que estavam hospedados no mesmo hotel. Fomos lá chama-los e eles falaram que o ônibus deles foi adiado, só sairia às 09h. Corremos pra rodoviária e ao chegarmos lá, descobrimos que o bloqueio foi encerrado, mas ainda precisavam limpar a estrada e o nosso ônibus havia sido transferido para às 09h, só que não nos avisaram ::vapapu::

 

Ficamos aguardando na rodoviária e enfim embarcamos, não sem antes pagar a tx pelo uso do terminal, que não falei tds as vezes pra nao ficar repetitiva :D , mas tenha sempre umas moedas no bolso quando for pegar ônibus na rodoviária.

 

O ônibus parou para darmos saída no Peru e depois fomos caminhando até o local onde demos entrada na Bolívia. A galera que estava com carteira de identidade teve que tirar Xerox do documento e entregar na saída do Peru.

 

Enfim estávamos de volta à Bolívia! Mal entramos no país e sobe um sujeito no ônibus, informando que era necessário pagar uma taxa para entrar em Copacabana (1 boliviano).

 

Chegamos em Copacabana e lá não tem rodoviária, o ônibus te deixa na avenida principal, onde há diversas agências e restaurantes. Ali mesmo já começamos a pesquisa de valores pra Isla del Sol. O último barco pra Ilha sai às 13:30, compramos as passagens pro lado norte por 20 bols e fomos almoçar, ali na rua principal mesmo, menu executivo por 20 bols tb.

 

Obs: internet não funciona em Copacabana. Vc chega no restaurante, no bar.. e te dão a senha, vc conecta, o sinal parece ótimo so que vc não recebe nem envia nada. :(

Então não contem com wi fi em Copacabana!! Muito menos na ilha (ao menos no lado norte)!

 

O lago Titicaca em Copacabana é muito diferente de Puno, a água é límpida.

 

20150522_155732-001.jpg.6eab7e8dee0896983207fb969bc3ccd8.jpg

 

Embarcamos rumo a Isla. Há a opção de ir na parte de cima congelando ou ir embaixo sentindo o perfume do diesel, eu optei pelo diesel, estava com mt frio. Mas independente do frio ou do perfume, vc nem vai se ligar mt nisso, a paisagem é incrível.

 

Chegamos e no próprio píer onde o barco atraca é cobrada uma tx de 10 bolivianos para entrar na Ilha.

fiquei pensando: se eu me recuso a pagar me levam de volta pra Copacabana? :shock:

 

Ao pisar na ilha várias pessoas, maioria crianças, vieram oferecer hospedagem.

Eu me hospedei num hostel que fica bem nessa “praia” onde o barco atraca, bem próximo do píer.

Confesso que o que influenciou a hospedagem neste local foi a preguiça de caminhar. Estava mt cansada, cargueiro mt pesada.. Fora que o valor era o mesmo das demais oferecidas.

 

598dcb616a9f4_mochilao20151076.jpg.cdeb4b5ded0701d9716702410981e260.jpg

 

598dcb616fb04_mochilao20151077.jpg.74675ce25c7411ac737f2424c2289e79.jpg

 

A diária foi 20 bolivianos em quarto triplo. Quarto e cama simples, como td que vi na ilha. O banheiro é na parte externa e há água quente, mas é chuveiro elétrico, o que não dá mt conta no frio que faz por lá. Então tome banho cedo! :lol:

 

Após deixar as coisas no hostel fomos dar uma volta na ilha. Há um mirante, onde se pode ver o por do sol.

A ilha é incrivelmente linda. Não conheci o lado sul, que é mais “urbanizado e turístico”, mas recomendo muito o lado norte. Além da beleza do local, os moradores são muito receptivos e simples.

 

 

598dcb617e268_mochilao20151075.jpg.cf133b5921a7a92342848a6a38227216.jpg

 

598dcb61791f8_mochilao20151054.jpg.09119404ce8b2b8901695a103ef307b9.jpg

 

598dcb617451b_mochilao20151070.jpg.9ec89e2053e5f43177e224857cac3b7d.jpg

 

598dcb6164b51_20150522_170349(2).jpg.2cf91ed6b2656d18c8a3aecc7de62c97.jpg

Editado por Visitante
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
Uma duvida

As vans pra voltar tem que marcar com agência

Ou elas sempre ficam lá até certo horario?

 

Leiroz,

 

eu fiz o trajeto por uma agência onde estava incluso ida e volta Cusco x Aguas Calientes (via hidroeletrica), hospedagem, entrada em MP, guia e alimentação.

 

Então era td marcadinho. Tínhamos que estar em Santa Maria às 14h pra retornar a Cusco.

 

Mas existem vans que fazem o trajeto sem ser de agência, pra quem resolve fazer o percurso por conta própria.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Acordei bem cedo pra ver o lindo nascer do sol.

 

598dcb918d07b_mochilao20151098.jpg.cea5bb8b7f78e5aef371a7e29e8389f3.jpg

 

598dcb91885c4_mochilao20151111.jpg.2099a45d89ebe9481156a48c0f8d8c1e.jpg

 

Quando planejei a viagem tinha vontade de ir caminhando ate o lado sul, mas confesso que estava bastante cansada e sentido o efeito da altitude. Acabei não atravessando a ilha :?

 

Depois do nascer do sol fui tomar café da manhã. Lá o comércio local não tem nome, assim como as ruas, então fica difícil explicar onde era, mas foi um dos melhores sucos de laranja que bebi na minha vida. Era um café simples, com pão, café, suco, ovos, queijo, manteiga.. Mas foi o melhor da viagem. Não lembro ao certo o preço, mas era algo em torno de 15 bolivianos.

 

Depois do café fiquei curtindo a paisagem da ilha.

 

Peguei o barco de volta pra Copacabana às 10:30, paguei 25 bolivianos.

 

Chegando em Copacabana, tínhamos só 1 horinha pra comprar passagem e almoçar. Fomos pesquisar passagem e acabamos optando por um “ônibus turístico”, por 30 bolivianos. Os outros eram um pouco mais barato, só que, segundo a convincente vendedora :lol: o nosso seria mais rápido e nos deixaria no Centro de La Paz, ao contrário dos outros que nos deixaria no cemitério. Compramos este mesmo e comemos um sanduíche, pois a pesquisa de ônibus foi longa..

 

O ônibus realmente me deixou no Centro de La Paz, mais precisamente na Sagárnaga. De lá fui caminhando pro WR. Achei o hotel meio distante, mas fora isso a qualidade é a mesma.

A caminhada foi bem difícil, pois alem da mochila nas costas, rolaram umas ladeiras e ladeira na altitude parece que nunca acaba ::mmm:

 

Depois de deixar a cargueiro no hostel voltei pra Sagárnaga e fechei 02 dias de passeio, na agência Coca Travels, por 420 bolivianos, entradas nao incluídas nesse valor.

Dia 01: Downhill

Dia 02: Chacaltaya + Vale da Lua

 

La Paz, como grande parte das capitais, é uma cidade bem movimentada, então tentei ficar bem atenta nas lotadas ruas.

 

20150523_170711.jpg.9a962c3bb0094d9ded21f0407c50dd95.jpg

 

20150523_172936.jpg.2526617377cf53f508d2ccd648b2d0ea.jpg

Editado por Visitante
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...