Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Colaboradores

Legal, valeu Pensador !!!

 

Então, ontem mesmo tentei fazer uma fotos macro e ficou razoável, mas muito legal mesmo, acho que vou pirar nisso.

 

Fiz invertendo a minha lente 18-55mm segurando com a mão mesmo.

 

O ruim é que tenho que ficar segurando ao mesmo tempo a lente junto a câmera e ainda abrir o diafragma manualmente na lente, sem tripé rsrs imagina o resultado hahaha mas mesmo assim achei bem legal.

 

TELECONVERTER

Como funciona ? Eu vi para vender uns anéis adaptadores, mas aí precisaria de 02 lentes, é isso ?

 

Eu conseguiria com esse anel unir a 18-55mm e a 70-300mm para fazer macro ?

 

abraço

 

Rodrigo

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 201
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Colaboradores

O teleconverter não é adaptador não, ele é um conversor, por ex. um converter 2x multiplica por 2 a dist focal, uma lente 300mm com conversor 2x passa a ser 600mm

Não da pra unir 2 lentes em nenhuma hipótese.

Para fazer macro o ideal é uma lente macro e se for necessário um converter.

Abaixo posto uma foto que foi cropada, veja que fica perfeita, basta que a focagem e o resto esteja ok. Foi tirada com uma lente prime 50mm

IMG_4007a.jpg.08764a819535b5d80b05a00acd9718cb.jpg

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Rodrigo,

 

Existem dois tipos de câmera DSLR - as DX (como a sua, também chamadas de APS-C ou sensor cropado), que ampliam a imagem em 1,5x em comparação com as FX (Full Frame). As FX possuem sensor melhor, mas são bemmm mais caras. A grosso modo, é o que você precisa saber no momento.

 

O crop a que você se refere é o da edição. Também "amplia" a imagem, mas pode cair nos problemas que o Pensador já disse.

 

Se tiver interesse na 70-300 VR por 1649, te passo por MP o contato de um cara de excelente reputação (548 qualificações positivas e nenhuma negativa) em fórum especializado de fotografia, com quem passei a comprar equipamentos fotográficos.

 

Aliás, uma errata a fazer - disse que a 70-300 é VRII, mas na verdade é VR também. Confundi com a minha 18-200, que é VRII.

 

Com relação ao teleconverter, cabe lembrar que ele também diminui a exposição em alguns f/stops, o que deixa impraticável a fotografia sem tripé se a lente já não for muito clara.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Rodrigo,

 

Existem dois tipos de câmera DSLR - as DX (como a sua, também chamadas de APS-C ou sensor cropado), que ampliam a imagem em 1,5x em comparação com as FX (Full Frame). As FX possuem sensor melhor, mas são bemmm mais caras. A grosso modo, é o que você precisa saber no momento.

 

O crop a que você se refere é o da edição. Também "amplia" a imagem, mas pode cair nos problemas que o Pensador já disse.

 

Se tiver interesse na 70-300 VR por 1649, te passo por MP o contato de um cara de excelente reputação (548 qualificações positivas e nenhuma negativa) em fórum especializado de fotografia, com quem passei a comprar equipamentos fotográficos.

 

Aliás, uma errata a fazer - disse que a 70-300 é VRII, mas na verdade é VR também. Confundi com a minha 18-200, que é VRII.

 

Com relação ao teleconverter, cabe lembrar que ele também diminui a exposição em alguns f/stops, o que deixa impraticável a fotografia sem tripé se a lente já não for muito clara.

 

Por isso estou cada vez mais fã das lentes fixas rsrs. Pena que é difícil levar muitas lentes em viagens. Para macros existem lentes claras o suficiente como por ex as 100mm f 2.8 com fator de ampliação 1:1 que dá pra usar tranquilo com um converter 2x, fazendo macros ótimas, fora que as lentes fixas tem ótima resolução, nitidez (e o bônus de poder trabalhar bem a questão do DOF.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Rodrigo,

 

Existem dois tipos de câmera DSLR - as DX (como a sua, também chamadas de APS-C ou sensor cropado), que ampliam a imagem em 1,5x em comparação com as FX (Full Frame). As FX possuem sensor melhor, mas são bemmm mais caras. A grosso modo, é o que você precisa saber no momento.

 

O crop a que você se refere é o da edição. Também "amplia" a imagem, mas pode cair nos problemas que o Pensador já disse.

 

Se tiver interesse na 70-300 VR por 1649, te passo por MP o contato de um cara de excelente reputação (548 qualificações positivas e nenhuma negativa) em fórum especializado de fotografia, com quem passei a comprar equipamentos fotográficos.

 

Aliás, uma errata a fazer - disse que a 70-300 é VRII, mas na verdade é VR também. Confundi com a minha 18-200, que é VRII.

 

Com relação ao teleconverter, cabe lembrar que ele também diminui a exposição em alguns f/stops, o que deixa impraticável a fotografia sem tripé se a lente já não for muito clara.

 

Quero o contato sim !!!

 

O que é f/stop ?

 

abraço

 

Rodrigo

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Enviado por MP o contato.

 

Aí vai uma explicação bem simples. f/stops são relações entre abertura e distância focal

 

1.4 2.0 2.8 4 5.6 8 11 16 22

 

Que, de um número para outro (direita para esquerda), você dobra a quantidade de luz que chega ao sensor, mantida a mesma velocidade de obturador (maiores aberturas, ou seja, menores números de f/stops) ou cai pela metade (caminho oposto).

 

Então se você está com abertura f/5.6 (que, na verdade, é a relação entre abertura e distância focal, abertura de verdade é medida em mm) e coloca a f/4.0, mantida a mesma velocidade de obturador, o dobro de luz (sinal) está entrando no sensor. ISO é o mais fácil de entender. Aumentando-o, você amplifica esse sinal, dobrando a luz aparente se dobrar o número de ISO. Como é uma amplificação de sinal, não exatamente um aumento de luz natural, essa ampliação vem com certa quantidade de ruído, que cada câmera possui um nível de tolerância em que é mais aparente ou não.

 

Meio esotérico, não ? Recomendo fortemente que você leia sobre exposição e domine como funcionam abertura, velocidade de obturador e ISO e como eles se relacionam, pois vai além do que expliquei. Sem entender como funciona exposição, eu arrisco dizer que ter uma DSLR é praticamente inútil. Pois o domínio da luz em fotografia é essencial para boas fotos e nem sempre o modo automático faz aquilo que o fotógrafo quer transmitir.

 

Se você lê em inglês, um livro excelente, muito didático, é o Understanding Exposure, do Bryan Peterson.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

Marcos como sempre mandando muito bem nas explicações.

 

Também recomendo participar de um fórum de fotografia para iniciantes (aprendi muita coisa lá), o www.digiforum.com.br

 

Tem muita dica, troca de informação e artigos bem técnicos para iniciantes.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Rapaziada, show de bola as dicas aí hein. Todo mundo sacando pacas.

 

Questão de lentes não tem jeito, tem que fazer uma leitura extensa sobre o assunto. Uma coisa que me incomoda muito é a falta de padrão nas nomenclaturas.

Eu, por exemplo, sou nikoniano. Conheço bem a nomenclatura da minha marca. Mas se me perguntar qualquer coisa sobre Canon, Sony ou qualquer outra vou pastar legal. Mas uma vez que você entende sobre os conceitos fica fácil entender.

 

Uma dica que não vi nos posts que li:

 

* As câmeras Nikon das séries D3000 e D5000 não possuem o servo motor de auto-foco embutido na câmera. Então, quando estiver comprando uma lente para uma dessas, procure por lentes que possuam a nomenclatura AF-S ou vai passar perrengue tentando focar só no manual.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 meses depois...
  • Silnei unpinned this tópico

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...