Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Arquivado

Este Post foi arquivado e está fechado para novas respostas.

p3drofilip3

Modelo de Bicicleta: Speed ou Mountain Bike?

Posts Recomendados

primeiro perdao pela maiuscula,nunca teria a intencao de gritar ou agredir.(e que e a primeira vez que escrevo em um forum)

 

minha duvida esta entre minhas rodas de aluminio e rodas de carbono, do qual estou penssando em comprar.

 

*qual a diferenca de peso entre uma roda de aluminio e uma de carbono 50mm?

*qual a diferenca de qualidade de pedalada entre as duas rodas?

*e conveniente trocar por aros de carbono ou e desnecessarios?

*o que vcs tem a me dizer sobre esta troca de roda de aluminio por de carbono , devida as condicoes de estradas do brasil??

 

detalhe > sou amador e uso bike para fins de turismo de longa e curtas distancias depende do "programa".

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

primeiro perdao pela maiuscula,nunca teria a intencao de gritar ou agredir.(e que e a primeira vez que escrevo em um forum)

 

minha duvida esta entre minhas rodas de aluminio e rodas de carbono, do qual estou penssando em comprar.

 

*qual a diferenca de peso entre uma roda de aluminio e uma de carbono 50mm?

*qual a diferenca de qualidade de pedalada entre as duas rodas?

*e conveniente trocar por aros de carbono ou e desnecessarios?

*o que vcs tem a me dizer sobre esta troca de roda de aluminio por de carbono , devida as condicoes de estradas do brasil??

 

detalhe > sou amador e uso bike para fins de turismo de longa e curtas distancias depende do "programa".

 

se a tua intenção é viagem, longa distância, pode esquecer rodas de carbono.

 

http://www.ultracycling.com/equipment/longrides5.html - se vc l~e em inglês. uma das primeiras "lições aprendidas" é não usar rodas de carbono em longa distância. depois que vc passar em alguns buraquinhos e ouvir um "ping" na roda, quero ver consertar quantoe stiver lá em "santo antônio da pqp", longe de tudo. aro de alumínio, 32 raios, e sua vida está erfeita. não esqueça de levar raios extras.

 

o trecho que cito está aqui:

"Techie" Val Phelps, Colorado writes: My lesson was something that I already knew but chose to ignore. I purchased a high-tech carbon bike at the end of 2005. The bike was, and still is, perhaps my best equipment purchase. The bike was a demo and came with high-tech low spoke count wheels. For years experienced randonneurs had preached the dangers of low spoke exotic wheels for brevets and, consequently, I always rode 32-spoke conventional wheels on my steel bike. My new carbon bike was such an improvement and my local bike shop assured me the high-tech wheels were "bomb-proof", so I chose to ride my final qualifying 600 km in Colorado with my new wheels. One hour into the second day of the 600 km I heard a loud "ping". My group stopped and I that I had broken one of the bladed spokes on the drive side of my rear wheel. The wheel was so far out of true that I had to spread the brakes beyond the quick-release, making my rear brake useless. I needed this brevet to complete my super randonneur series and qualify for the upcoming Last Chance 1200 km randonnée. Should I retreat an hour and change to my back-up 32 spoke wheels at my car? I would lose my group and at least two hours of time. I made my second 'questionable' decision and chose to proceed on my damaged wheel. After a nerve-wracking 50 miles I heard a second loud "ping" and I discovered the spoke directly opposite my first broken spoke had snapped. My group and I were certain my ride was finished. The wheel was severely compromised. Fortunately, the second broken spoke released enough tension that the wheel actually straightened out somewhat. I decided to proceed despite the potential that my wheel could collapse at any time. Sometimes the cycling gods have mercy; my wheel took me to a nerve-wracking finish. Subsequently, I purchased a new set of 32-spoke conventional wheels that I rode on a successful Last Chance 1200 km. Lesson learned.

 

entenda que, em longa distância, confiabilidade é mais importante que desempenho. uma coisa é contra-relógio de 5 kms: a bike pode ser até de papel... outra coisa é um audax de 1200 kms.

 

e se for fazer cicloturismo. então pode preparar-se pra bikes com quadros de aço cromo-molibdênio ou aço carbono.

 

[]s

p.s. não entre na neura de competir em equipos com quem compete ou fica treinando pra competir. tem cassete de copetição que dura apenas 1000 kms. é ultra leve... mas pedale 1000 kms e jogue fora. outro exemplo: tua bike tem STIs, não tem? imagine um tombo e vc quebra o STI direito. a 50 kms de distância da cidade mais próxima, como conserta? ok, vc vai pedalando de um jeito capenga até essa cidade. e na bicietaria lá não tem STIs. como faz?

a turma do cicloturismo, a gringaiada, prefere usar os trocadores de bar-end ou mesmo de quadro, por isso. e tb pq funciona no modo não indexado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

para o cicloturismo realmente CroMb é otimo por aguentar muito bem as estradas e o pesso, alem de se ouver quebra é facil de se soldar, enquanto os quadros de aluminio sao relativamente fracos nesse ponto e solda aluminio e raro de ser encontrada. particularmente eu adoro viajar de MTB pelo conforto, viajo grandes distancias e carrego muito peso, gosto de bater boas fotos nos litorais e montanhas por isso dispensso o uso de pneus slick ou de bike speed. viajo com um quadro bem simples de Aço-Carbono pela simplicidade e robustez, no cicloturismo nao adianta investir muito dinheiro em quadro de fibra de carbono, e os de Cromo sao tao caros quanto, prefiro investir em peças de qualidade, pneus e equipamentos que superem minhas espectativas. abraços e boa Cicloviajem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E ai galera... boa noite a todos.

Andei vendo algumas conversas de vcs por aqui e decidi ver se vcs podem me ajudar com umas duvidas que tenho, estou começando a pedalar agora, comprei uma caloi sprint 2010, mas ela tá "crua" de tudo...rsss

Será que vcs poderiam me indicar alguns acessórios (ferramentas), pra eu não ficar na estrada de bobeira ????

E a bike??? é legal pra começar a pedalar???

Desde já agradeço e desejo uma ótima semana a todos.

Abraço!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Lucas,

primeiramente seja bem vindo ao forum e parabéns pela aquisição.

Quanto as suas perguntas...

Vc comprou uma ótima bike sim... grupo shimano tiagra, garfo de carbono... a única coisa que eu procuraria colocar de imediato seria os pedais com clip e compraria uma sapatilha... isso melhora bastante o pedal, dizem que uns 30%.

Quanto as ferramentas e equipos, vc deveria comprar uma camara reserva e uma bolsa que prende no selim para carrega-la. Ferramentas, nas lojas especializadas de bike eles vendem um conjunto que vem quase todas, se não todas, as ferramentas necessária para vc não ficar na mão. Mas também não adiantará muito se vc não tiver uma mínima noção de mecânica de bicicleta. Na minha opinião, vc deveria comprar apenas a camara reserva, a bolsa para carrega-la e mais as espatulas para tirar o pneu.

As speed têm manutenção muito baixa, portanto dificilmente vc terá problemas mecânicos com ela. A speed que eu uso era do meu pai. Para vc ter uma idéia ela tem mais de 20 anos e sua mecânica é toda orginal e nunca deu problema.

Ah! compre um lubrificante especial para corrente tb. Custa na média uns R$ 20,00.

 

abraços e qualquer dúvida é só perguntar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ô Fabio....

Agradeço as boas vindas e as dicas, já deu pra clarear as ideias, vou segui-las com certeza.

Muito obrigado.

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, sou novo por aqui e iniciante de cicloturismo, gostaria de encontrar bagageiros dianteiros pra bike, alguém já encontrou?

Sou de BH e só encontrei um tipo que prende em uma "orelhinha" do garfo, logo acima da ponta do eixo, e no furo que tinha em garfos mais antigos, serviria apenas em garfos rigidos e algumas suspas que vem em calois mais simples.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Olá, sou novo por aqui e iniciante de cicloturismo, gostaria de encontrar bagageiros dianteiros pra bike, alguém já encontrou?

Sou de BH e só encontrei um tipo que prende em uma "orelhinha" do garfo, logo acima da ponta do eixo, e no furo que tinha em garfos mais antigos, serviria apenas em garfos rigidos e algumas suspas que vem em calois mais simples.

 

cara, bagageiro pra suspensão é difícl de achar, mesmo fora do país. lá fora os caras fazem cicloturismo com garfo rígido,um bom garfo de cromo, pq dá menos manutenção.

 

vc pode tentar adaptar. se estivert usando freio a disco é mais difícil.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ogun, Aqui realmente é muito difícil encontrar, ::carai::

 

parece que na Europa, principalmente países que incentivam o uso da bike, é bem mais fácil de encontrar,

isso é de um site alemão:

 

http://www.fahrrad.de/fahrradteile/gepaecktraeger/xlc-lowrider-federgabel-gepaecktraeger-lr-f01/5463.html

 

pode parecer brincadeira, mas encontro os alforges dianteiros, porém nada de bagageiros, acho que vou tentar construir os meus bagageiros, se ficar bom, posto na sessão cicloturismo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites



×
×
  • Criar Novo...