Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
polybhh

TIA POLY - MOCHILÃO DA TERCEIRA IDADE – SANTIAGO E ATACAMA COM A MINHÃ MÃE - 7 DIAS

Posts Recomendados


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Por Amoni
      Pessoal, algm conseguiu  ou sabe como comprar o trecho Santiago-Calama pela Sky air lines ou Jet smart? Já tentei de tudo, sem parcelar, pelo site Atrapalo, colocando os valores em dólar...Não sei mais oq fazer, algm tem uma dica, solução que nao seja Latam Brasil?
      Obs: meu cartão já é lberado pra compras internacionais
    • Por Camilla Provenzano
      Oi mochileiros! Tudo bem?
      Procurei bastante algo sobre ficar hospedado em Valparaiso e Viña, porem geralmente acho apenas relatos de bate e volta! 
      Vou em janeiro pra lá, conhecerei Santiago inicialmente, mas a ideia é ficar uns dias em Valparaiso também, até para tentar conhecer algumas praias diferentes da região com calma.
      O que vocês acham de ficar hospedado em Valpo? Vale a pena? Quais praias na região vocês indicam? 
      Obrigada!
    • Por filiperocha
      Fala galera!
       
      Eu e minha namorada acabamos e chegar do lugar mais incrível do mundo, mais conhecido como San Pedro de Atacama e, como aprendemos muita coisa aqui, nada mais justo que repassar pra vocês toda nossa viagem num relato cheio de informações atualizadas. Estivemos lá de 14 até 20 de outubro de 2016.
       
      As fotos (muitas) não postadas aqui estão no nosso instagram: @ofiliperocha e @maragbreves Se puderem dar uma moral lá, ficaremos gratos!
       
      Então, vamos lá! Acho que dividindo por tópicos fica mais organizado:
       
      Passagens aéreas
       
      Primeiramente, devo alertar que você NÃO DEVE COMPRAR o trecho Brasil - Calama antes de pesquisar bem outras alternativas. Óbvio que tem seus benefícios, como a obrigatoriedade de a cia área te alocar em outro voo caso perca a conexão por atraso no primeiro voo e etc, mas nem sempre compensa. No nosso caso, o trecho Rio - Calama pela LATAM sairia cerca de 600 reais mais caro do que comprar os trechos separados.
       
      Compramos as passagens em agosto e o trecho Rio-Santiago e Santiago - Rio saíram por 2 mil reais (para duas pessoas) em voos diretos!
       
      Sobre o trecho Santiago - Calama, comparamos os preços e decidimos comprar no site chileno da SKY AIRLINES
       
      ATUALIZAÇÃO IMPORTANTE 1: Em todos os lugares que pesquisei, havia lido que para comprar as passagens no site da sky seria preciso enviar um e-mail mandando dados, uma burocracia só..Informo que conosco não foi preciso nada disso.
       
      Bastou entrar no site chileno da companhia (para isso entre no site da companhia: http://www.skyairline.cl/verChange.aspx e selecione o país como CHILE e o idioma espanhol. Caso não apareça a opção, entre no site da empresa, no canto esquerdo superior da tela clique no país que aparece, que a tela pra você mudar de país vai aparecer). Escolhidos os trechos, basta inserir o numero de um cartão internacional que a compra será feita na hora, sem e-mails e demais burocracias. Como documento coloquei meu passaporte e minha namorada a identidade dela. Interessante é que no e-mail eles não aceitaram um endereço brasileiro (.br), porém o hotmail fornece e-mail apenas ".com", o qual utilizamos sem maiores dificuldades.
       
      O trecho Santiago - Calama ida e volta saiu por 110 dólares já com as taxas, para duas pessoas ! 300 reais mais barato do que comprando no site chileno da Latam.
       
      ATUALIZAÇÃO IMPORTANTE 2: Os principais sites avaliadores de cias aéreas estão desatualizados quando falam da SKY. A companhia se tornou uma low cost e não possui serviço de bordo, apenas venda de alimentos e bebidas. Como o voo dura só 2 horas, não foi nada que me atrapalhasse.
       
      No que diz respeito à qualidade do serviço, os aviões são ótimos! Eu e minha namorada achamos inclusive mais confortável que o voo internacional operado pela LATAM.
       
      Partimos do Rio às 6:40 do dia 14/10 e chegamos em Santiago pouco antes das 11:30. Nosso voo para Calama partia apenas às 15:25. Achei importante deixar essa folga de tempo para passar pela imigração e se caso nosso voo tivesse atraso.
       
      Nesse meio tempo, aproveitei para:
       
      comprar um chip de internet no chile: No terceiro andar do aeroporto de Santiago, saindo do elevador basta ir na direção esquerda até uma loja chamada FOTOKINKA. Lá, adquiri um chip pré-pago da Movistar que vinha com 150mb de internet e 2.000 pesos de crédito. Ainda na loja, a moça me orientou a discar um número e gastar esse saldo em mais 200mb de internet. Por fim, pagamos 9 mil pesos pelo chip e ficamos com 350mb de internet móvel para a viagem toda. Essa quantidade eu diria que foi razoável (acabou no último dia, no aeroporto de Santiago). Compartilhava os dados com minha namorada e controlávamos o uso do 3G (não deixamos ligado o tempo todo). Vale dizer que a cobertura da Movistar é ótima em San Pedro e em quase todos os passeios.
       
      Chegada a hora, embarcamos rumo a Calama, num voo onde o visual é alucinante, parece que não vai ter aeroporto pra pousar e você se dá conta de que está no meio do NADA.
       
       
      Chegamos ao Chile!
       

       
      Vista na viagem para Calama:
       

       
       
      Transfer do aeroporto El Loa (Calama) até San Pedro
       
      Chegando em Calama após 2h de voo, você se depara com o modesto e bonito aeroporto de El Loa. Bagagens retiradas, é chegada a hora de ir pra San Pedro do Atacama, cidade base para conhecer o deserto! Para tanto, será necessário contratar um serviço de transfer ou ir de ônibus. Pela comodidade, ficamos com a primeira opção.
       
      Muito se fala na Licancabur, mas é bom deixar claro que ela não é a única empresa que faz o serviço. No primeiro andar do aeroporto de Calama, há diversos stands de empresas que fazem esse transporte, mas atenção: Na volta, chegamos a Calama perto das 7h e estavam todas fechadas, então se você vai chegar cedo, é bom reservar antes.
       
      Reservamos nosso transfer diretamente com o Hostel (assunto para o próximo tópico) e quando chegamos já estavam nos esperando no desembarque com uma placa. Seguimos viagem numa confortável minivan da Hyundai com ar condicionado e bancos de couro até a porta do Hostel. Digo isso não por ser fútil, mas por custo benefício mesmo: A Licancabur te cobra 20 mil pesos, te leva de ônibus e, pelo que sei, te deixa no centro de SPA cheio de malas. Esse transfer que pegamos te leva de carro, com no máximo mais umas 6 pessoas e te deixa na porta do hostel pelos mesmos 20 mil pesos por pessoa (ida e volta), já com horário marcado pra te pegarem na volta. Prometo que vou procurar o recibo que tem o nome da empresa e posto aqui.
       
      O melhor: o motorista Rodolfo ainda deu uma paradinha pra tirarmos uma fotos antes mesmo de chegar na vila! (prepare-se para o vento, às 18h30 o vento começa a pegar)
       
      Chegamos no deserto!

       
      Paradinha para fotos logo na chegada:

       
      Hostel:
       
      Pra nós, foi uma das escolhas mais difíceis. Como era nossa primeira viagem pra fora, passamos meses pesquisando onde ficar. Por fim, acabamos escolhendo o Hostel Mamatierra, número 1 de avaliações no TripAdvisor. Daria pra ficar num mais barato? Daria, mas não sei se compensaria, sinceramente.
       
      O hostel é sensacional ! A começar pela simpatia do cara que nos atendeu quando chegamos. Nos deu mapa de SPA, senha do Wifi, informações sobre a cidade e sobre os passeios. No último dia, quando minha namorada passou mal, nos ofereceu gratuitamente remédios para mal de altitude. Os demais funcionários também são super simpáticos, em especial um boliviano que vem pro Rio ano que vem passar o carnaval!
       
      Dentre os pontos relevantes do Hostel estão:
       
      1) Café da manhã: Salada de frutas, sucos, chá de coca (e outros), pão, presunto, queijo, sucrilhos, leite, café, chocolate, iogurte..dentre outras coisas que não me lembro. É bem completo para um hostel, não tenho do que reclamar. E se em SPA você sai quase todo dia antes do horário do café, aí está: Você avisa eles no dia anterior e eles deixam um saquinho de lanche com o seu nome e quarto na cozinha pra você levar pro passeio! O lanchinho inclui pão, suco de caixinha, iogurte ou bote com pêssego e barra de cereal!
       
      2) Água quente: Pegamos um quarto com banheiro privado e não nos faltou água quente, todos os dias, toda hora que precisávamos.
       
      3) Bebedouro na cozinha: Nosso gasto com água em pelo deserto foi de 2 mil pesos em 2 garrafas de 1,5L quando chegamos. Isto porque o Hostel possui um bebedouro na cozinha onde você pode encher suas garrafas a hora que quiser, o que te faz economizar uma boa grana no deserto, tendo em vista o consumo intenso de água!
       
      4) Mercadinho do lado: com água, vinhos, lanches, congelados, legumes, frutas e conservados em geral. Do lado mesmo, não não dá nem três passos.
       
      5) Wi-fi: ponto negativo. Não pegava no quarto de jeito nenhum (talvez pq ficamos afastados da recepção). Na área comum pegava ok, nada demais o sinal. Poderia ser melhor, mas quem vai pra SPA não pode exigir uma "modernidade" dessas no meio do deserto e de fato não fará falta, o que não falta é coisa pra fazer.
       
      6) Paredes de Adobe: que isolam a temperatura (e o wifi também hehe). Não passamos frio em momento algum. O quarto era quentinho demais, durante o dia fazia até calor dentro dele.
       
      Entrada do Hostel:

       
      Área comum:

       
      Cozinha:

       
       
      Ja já eu volto pra continuar contando!
    • Por PerdidosNaTrip
      ~~ Chile é um país com muitos turistas e um fluxo muito grande de mochileiros, a maior parte da população do chile está em Santiago, e mesmo assim sempre encontramos mais turistas do que chilenos ... Mas existem muitas coisas que não tem contam sobre Santiago  No relato de hoje, dois fatos sobre Vida Noturna e Bebidas !
      Se precisar de mais dicas, pode me chamar +56931144094 ou seguir @perdidosnatrip
       Cuando Brazil se une a Francia, Chile, Colombia y Portugal, no hay nada igual
      - Algo que até hoje eu não me acostumei, são os Horários... 
      Aqui os horários de acordar, trabalhar, almoçar, carretear e dormir, são bem diferentes do que estou acostumada, eles são mais tranquilos, calmos e tudo começa mais tarde.
      Por exemplo: As 8h30 da manhã você não encontra quase nada aberto pela cidade, as coisas começam a funcionar depois das 9h, normalmente as 10h, creio que as 11h é o horário ideal se quer sair para comprar coisas por ai... O horário de almoço não é bem 12h como ai no Brasil, o fluxo maior é entre 14h-15h... e cuidado, muitas lojas fecham no horário de almoço! 
      E a vida noturna de Santiago, é algo extraordinário. Nunca fique preocupado de sair de casa as 22h e estar tarde, 22h é super cedo aqui, é hora da Janta, na verdade se você pretende ir por exemplo ao BellaVista ou a alguma Disco, nesse horário de 22h você pode começar a pensar em se arrumar, sair de casa 23h ainda é cedo. 
      O horário ideal, e que vai ter um montão de gente é depois de 1h30,2h da manhã, AH! Mas se você quiser entrar nas baladas sem pagar, saia do apê, ou hostal, antes de 00h, tudo é livre e grátis, mas a vida não é um mar de rosas,  tudo acaba entre 4 e 5h, não pense que vai ficar carreteando até o dia clarear! 
      - Falando em Baladas, aqui é proibido tomar Bebidas Alcoólicas pelas ruas, praças, parques, lugares públicos em geral e também andar bêbado, fazendo bagunça ou gritando pelas ruas.
       E não é só uma Lei, é uma lei que funciona de verdade, se os policiais te encontrarem na rua bêbado/bebendo, eles podem te levar para delegacia para prestar depoimento, podem te cobrar uma multa que custa cerca de 250R$, e dependendo do seu grau de embriagues podem te manter na delegacia por horas, até você melhorar ... e se você for roubado, e estiver bêbado, não conte muito com a ajuda dos policiais, eles não dão moral para turistas bêbados nem nessas situações. ãã2::'>
      O único momento do Ano que você pode beber na rua é no Ano Novo – alguns se aproveitam da exceção e bebem em excesso, não foi uma experiência legal passar meu Réveillon na rua --, mas okay, você também pode beber na famosa Fiesta Pátrias (#SuperRecomendo, se você estiver por aqui), nessas festas existem Fondas espalhadas por todos os parques da cidade, ali a bebida é liberada, tem bebidas tipicas maravilhosas e muita cerveja artesanal.
      Alguns estabelecimentos só podem vender bebida se você consumir;  na área de bares e baladas, você pode até beber, ali sentadinho na mesa do bar; e a maioria das lojas em bairros são proibidos de vender bebidas à noite ... Claro que tem vendinhas clandestinas pelas ruas, mas até isso é interessante, nessas Botillerias você não pode entrar, escolha a bebida e o senhorzinho te passa pelo portão. 
       
      O que acharam desses #RelatosDesconhecidos ? 
      Se você leu até aqui e gostou do assunto da um :'> LIKE   
      Ficarei feliz em saber que tem alguém por ai que está curtindo e sendo ajudado pelos meus relatos
      Um beijinho e BoaViagem
       

    • Por PerdidosNaTrip
      ~~ Em Santiago existem bares e baladas de todos os tipos e gostos, não tem como fazer uma listinha que agrade todos, mas farei uma listinha com lugares que fui para conhecer, algum deles pode te agradar... Se quiser saber mais me manda uma mensagem que posso te ajudar! +56931144094 @perdidosnatrip =)
       
       


      ~~ Tem tantos países e histórias nessa foto que dá vontade de voltar no tempo ~~
       
       Vamos lá ! No BellaVista você encontra de tudo um pouco, eu particularmente não sou a fã numero um de lá, devido a grande quantidade de bêbados e vendedores pelas ruas, mas o maior fluxo de pessoas está por lá, porque querendo ou não, é o ponto mais divulgado e conhecido da vida noturna !      Se quer Reggaeton no BellaVista, na rua PioNono, você encontra lugares como Campus Central, Espacio Harvard, Oxford, Bora Bora,  são baladas/bares de fácil acesso e muita gente sempre, e nas ruas ali por perto você encontra a Ex Fabrica, Club Chocolate são mais difíceis de entrar, mas são melhores também...  E claro tem o Club57, sou um pouco suspeita de falar de lá, porque sempre vou lá levar hospedes, eu amo aquele lugar, as musicas que são bem variadas entre reggaeton, eletrônica, funk, cumbia, anos 80, tem duas barras e a área vip excelente com mesas e sofás, com ela tudo lá fica melhor ! E trabalhei um tempo com eles, então caso queira ir, e não pagar entrada, me chamaa     Mas se quer outros tipos de Discos no BellaVista tem também, vá ao Jammin-Club se quer Reggae e Dancehall; conheça o Micro Club se quer curtir uma Musica Eletrônica; se é mulher e solteira, conheça o Club Burbujas; se é homem e solteiro, conheça o Diosas; se quer dançar/aprender Salsa, conheça o Maestra Vida....   Agora o melhor está nas baladas Gay Friendly, se quer dançar todo tipo de musica que existe e com gente que saiba dançar, conheça ao menos uma... Por ali, temos  Hangar,  Soda , Club Príncipe e a Bunker – essa é uma coisa incrível , não vou muito porque é grande e lotada, mas não perca a oportunidade de ir na Bunker em uma quarta-feira, a maior festa de estrangeiros em Santiago, acontece lá e nesse dia... E por favor, se for, me convide !    Em outros bairros, você também encontra discos/bares excelentes que agradam todo tipo de pessoas. Em Providencia temos : o Club Subterraneo, a Fausto, Jazz Corner, Ex Oz, EsquinadoSamba (BR) e  a/o Mito Urbano que assim como a 57, tem um espaço diferenciado no meu coração porque toda semana passava por lá ...
       
      Por outros bairros de Santiago, temos o Club Caleido, La Batuta, Teatro Caupolican, Club Matta em Ñuñoa, a Blondie e o Club Hipico na Alameda, Club Femme em Vitacura...
       
      E chegando a parte alta de Santiago, se estiver próximo a ela ou quiser conhecer, entre Vitacura e Las Condes acontece o melhor After Office - minha opinião, e temos lugares excelentes, como o Club Amanda, Sala Gente, Sala Omnium, Club Eve, MosaiCafé, e claro que a calle Isidora 3000 não ficaria de fora da minha lista, lá esta o primeiro hotel W da América do Sul, além de lindo com vista para a cordilheira, tem o Red20ne, o W Lounge e a famosa baladinha Whiskey Blue ! 
       
       
      Se você leu até aqui e gostou do assunto da um LIKE ^^ Se quer outras dicas me chama ou segue no [email protected]
      Ficarei feliz em saber que tem alguém por ai que está curtindo e sendo ajudado pelos meus relatos
      Um beijinho e BoaViagem  .
       
       
       
       


×