Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Lecipri

Cinco adolescentes sozinhas e sem carro em Campos do Jordão

Posts Recomendados

Meu nome é Leticia, tenho 17 anos e este é o relato da minha primeira viagem sem meus pais. Passei três noites, 24/07/2018 a 27/07/2018, em Campos do Jordão com mais quatro amigas de 16/17 anos.

(Essa é a primeira vez que escrevo qualquer relato nesse fórum, não esperem que seja um post muito bom kkkk)

Introdução
Eu e quatro amigas concordamos, em 2017, que a viagem de formatura para Porto Seguro, opção de grande parte dos alunos do terceiro ano de nossa escola, não era o tipo de diversão que nos agradava. Resolvemos, então, fazer a nossa própria. 
Depois de muito procurar por cidades que fossem próximas de São Paulo, que fossem bem equipadas com transporte público e que tivessem atrações concentradas em um eixo principal, percebemos que Campos do Jordão seria uma boa opção. Embora as informações sobre linhas de ônibus fossem escassas, sabíamos da existência de uma que nos levaria ao horto florestal sem problemas e, assim, já tínhamos o principal que procurávamos: natureza. E, além de tudo, poderíamos nos hospedar na pousada da tia avó de uma de nós, a Vila das Cores, sem precisar formalizar em cartório a autorização de nossos pais.

A Viagem:

24/07-

Nos encontramos cedo na rodoviária Tietê para imprimir nossas passagens compradas previamente e embarcamos às 9:30. Chegamos a Campos as 12:30 e, como a cidade tem poucos supermercados na zona turística e queríamos fazer um piquenique do horto floestal, montamos um plano para conseguir ir ao mercado próximo à rodoviária comprar a comida de que precisávamos, antes de ir para o hotel. Fomos três a pé enquanto duas ficaram cuidando das malas e procurando um taxista que topasse levar nós cinco à nossa pousada em um carro só. Nenhum aceitou... para economizar, três foram de táxi com as malas enquanto duas encontraram o caminho a pé com o google maps, o que se tornou uma caminhada de vinte minutos. Pelo percurso de 2km o taxista cobrou R$22,00l!! E não ligou o taxímetro!! Ficou bem claro que nos passaram a perna, mas não queríamos discutir, tínhamos acabado de chegar.

Após deixar as malas no quarto e receber um convite para jantar na casa da tia, fomos felizes conhecer o Alto do Capivari onde ficam concentrados os restaurantes e lojas. Almoçamos no Pastelão do Maluf onde o número ímpar de pessoas dificultou um pouco a divisão de pastéis, que alimentam dois. O teleférico e o pequeno parque com laguinho ao pé do Morro do Elefante foram a próxima parada: pagamos o exorbitante valor de R$17,00 pelo teleférico e nos surpreendemos com o preço de, também, R$17,00 por pessoa para alugar o pedalinho. 

A subida, embora cara, é muito divertida e, como o mirante não estava tão cheio, conseguimos ficar um bom tempo lá observando. Depois tomamos um chocolate quente na loja Cacau Premium onde encontramos o melhor preço de R$6,00 pela mesma bebida vendida em outros lugares por R$15,00. Andamos sem rumo por um tempo conhecendo a cidade e voltamos à pousada cedo para iniciarmos a longa rodada de banhos em um banheiro só.  

A pousada Vila das Cores era exatamente o que procurávamos: ficava a poucos minutos de caminhada do centro e tinha opção de quarto para cinco pessoas. Pagamos cada uma R$400,00 pelas três diárias, um preço que achei justo, e ainda recebemos diversos pequenos agrados, como uma cestinha de bananas e maçãs e uma jarra de água que enchiam para nós todos os dias.

Às 20:00 atravessamos a pousada e fomos à casa da tia avó jantar. Me surpreendi com a gentileza da senhora, que nos fez uma sopa deliciosa e teve a delicadeza de não acrescentar carne pensando que algumas de nós talvez não gostassem (e ela acertou, temos duas vegetarianas no grupo). A comida estava perfeita, não poderíamos ter tido uma melhor janta de boas vindas no frio e ainda recebemos outro convite para almoçar com ela na sexta-feira quando estivéssemos indo embora. Ela foi a primeira de uma série de pessoas que nos surpreenderam com a simpatia, gentileza e alegria na cidade.

5D436077-A626-4D21-A4F7-E638B7F2D349.thumb.jpeg.2a263c8932f63aad6ee85d089d6f306b.jpeg

Pastel João Dória 2 (queijo minas + orégano + tomate  MUITO BOM)

DAF58640-10AA-42CF-8174-5873B0B921F9.thumb.jpeg.fe670afc0aa1abfb204dfb95fd7188fa.jpeg

Vista do mirante no Morro do Elefante

8BA9416A-85B6-4481-9B20-51F37478086A.thumb.jpeg.6d3b75bb93a77a242e759fceefba1434.jpeg

Chocolate quente da Cacau Premium 

 

 

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

@Lecipri Muito legal. Se novinhas vocês já estão fazendo viagens assim quando chegarem lá pelos 30 anos terão muitas, mas muitas histórias para contar mesmo!

Campos do Jordão é uma cidade muito boa de ser visitada e perto dali ainda é possível visitar os Jardins Amantikir e Aparecida, em SP. Ambas também valem uma visita!

Jardins Amantikir: 

Amantikir%252C%2BCampos%2Bdo%2BJord%25C3%25A3o%2B02.png

Aparecida, SP:

Aparecida%252C%2BSP%2B01.JPG

Só uma recomendação para vocês: Se fosse vocês escreveria esse relato e salvava num blog também. Ou então acumule os novos relatos das suas viagens aqui no Mochileiros, isso é muito bom e sempre que você sentir aquela vontade de relembrar o que fez é só dar uma olhadinha por aqui ou no seu blog!

Parabéns pela viagem!

Compartilhar este post


Link para o post
2 horas atrás, TMRocha disse:

@Lecipri Muito legal. Se novinhas vocês já estão fazendo viagens assim quando chegarem lá pelos 30 anos terão muitas, mas muitas histórias para contar mesmo!

Campos do Jordão é uma cidade muito boa de ser visitada e perto dali ainda é possível visitar os Jardins Amantikir e Aparecida, em SP. Ambas também valem uma visita!

Jardins Amantikir: 

Amantikir%252C%2BCampos%2Bdo%2BJord%25C3%25A3o%2B02.png

Aparecida, SP:

Aparecida%252C%2BSP%2B01.JPG

Só uma recomendação para vocês: Se fosse vocês escreveria esse relato e salvava num blog também. Ou então acumule os novos relatos das suas viagens aqui no Mochileiros, isso é muito bom e sempre que você sentir aquela vontade de relembrar o que fez é só dar uma olhadinha por aqui ou no seu blog!

Parabéns pela viagem!

Muito obrigada pelo comentário, me fez feliz. Ainda não terminei (não pensei que alguém fosse realmente ler rsrsrs) mas com certeza vou guardar o relato ❤️

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

Eu leio!! Adoro ler relatos e escrevo os meus também, principalmente para ajudar outros viajantes mas também para registrar minhas viagens pois com o tempo a gente nao lembra muito mais dos detalhes e quando quero saber algum preço que paguei ou alguma coisa que fiz em alguma viagem vou lá no meu relato e tá tudo lá, registrado! Sem falar que passa um filme na cabeça lembrando de cada viagem. 

Bem legal ver vc já relatando suas viagens com 17 anos. Eu comecei um pouco mais tarde com as viagens, mas hoje percebi que nunca é tarde e sigo aí na atividade 😁

Parabéns pelo relato e te desejo que vc de a volta ao mundo 🤙

Compartilhar este post


Link para o post

Parabéns pelo relato, queria ter tido essa determinação quando estava na sua idade, rs......quanto mais detalhes, melhor!

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×