Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Andrei Tunes Claro

Ajuda Trekking pela Europa em Abril

Posts Recomendados

Bom dia amigos mochileiros. Estou abrindo esse tópico para pedir uma ajuda para os que são trilheiros.

Bem, estava com planos de ir realizar o trekking Tour du Mont Blanc, aquela trilha que você passa pela Itália, França e Suiça, dando a volta em uma das montanhas mais famosas da Europa, a Mont Blanc. Realizando varias pesquisas vi que pelo alpes no mês de Abril ainda há neve e parece que não é recomendado fazer trilhas nessa época do ano.. O problema é que eu só tenho Abril de férias.

Devido a essa circunstância, peço a ajuda de quem conhece a Europa, principalmente a região dos alpes, para poder indicar se é possível realizar o Tour du Mont Blanc em abril. Se não, poderiam indicar algum trekking longo (de 80km para cima) para poder fazer na Itália, Suiça ou França em abril?

Desde já conto com a ajuda dos mochileiros de plantão e ja deixo aqui meu profundo agradecimento!

 

Muito obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post

Olá @Andrei Tunes Claro Meu interesse maior é andar de bicicleta mas de vez em quando faço trilhas nas montanhas. Em abril eu evitaria os Alpes, pela quantidade de neve que ainda cobrem os caminhos. Já estive nos Pirineus nessa época e tive que desistir de algumas trilhas. Imagino que nos Alpes seja ainda pior. Não se recomenda fazer o tour de mont blanc em abril (nem maio), só mesmo a partir de junho até setembro.

Abril é uma ótima época para visitar o sul do continente: sul da Espanha, Itália, Grécia etc. Então é só vc escolher uma trilha num desses países. Uma trilha famosa no sul da Espanha é o GR240 (sendero sulayr), que circunda a Sierra Nevada (perto de Granada), são 300km de trilha. Há trilhas de longa distância pela Europa toda e montes de infos online, experimenta digitar no google "senderismo andalucia" ou "long distance hiking in greece" e vc vai encontrar várias sugestões. Wikiloc é muito bom para ter uma idéia da altimetria.
  

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

@Adriana T-Tresch tudo bem? Fico extremamente grato pelas suas dicas. Sua resposta confirma mais ainda que nos alpes não se recomenda realizar trilhas longas. Uso muito o Wikiloc para pesquisar sobre trilhas pelo mundo e acabei encontrando lá a GR240, que achei muito interessante, sua dica foi sensacional, com certeza se não fizer ela em abril, vai estar na lista para ser feita depois. O que me deixou triste foi ver que ela é bem ao sul da Espanha, ficando muito longe da França, um destino que estaria no roteiro.

Vou pesquisar sobre essa que me falou da Grécia ainda.

Pensei também, como plano B, em fazer uma trilha pelo litoral norte da Itália, que fica mais próximo da fronteira com a França e não sofreria com a neve, pois não tem altitude, o que acha?

Você conhece bem a Europa?

Muito obrigado pelas dicas!

Compartilhar este post


Link para o post

Olá, conheço alguns lugares aqui e ali. Sim uma trilha litorânea na Itália talvez seja uma boa. Muitos anos atrás eu fiz a trilha Cinque Terre (comecei em Levanto para aumentar a distância) e gostei bastante. Vc está certo, não vai ter nada de neve ali.

Mas na verdade não vai ter neve em montes de lugares, inclusive trilhas de menor altitude pelas montanhas. Em abril os vales alpinos de fácil acesso já estão livres de neve, a neve está mais pra cima (não lembro qual atitude). Quando estive nos pirineus nessa época deu pra pedalar numa boa e fazer algumas trilhas, só as mais altas é que foram cortadas pela neve. O problema dos Alpes vai ser ter que escolher bem as trilhas, então para facilitar a vida vc pode deixar os alpes para uma próxima viagem (setembro é uma ótima época) e ir para alguma região que esteja livre de neve.

Inicialmente eu mencionei Sierra Nevada no sul da Espanha porque entendi que vc queria fazer alguma caminhada épica em montanhas (li TMB e saí tirando conclusões, haha). Mas se vc está feliz em caminhar longe de montanhas, há muitas opções mesmo dentro da própria França - o país está todo cortado por trilhas. Vc pode ir para alguma região da França que for do seu interesse/ficar mais conveniente e certamente vai ter trilhas por lá. Se pesquisar em francês encontra mais info, joga no google +randonnee + [nome da região]. Então como um exemplo, na região do Lot vc encontra várias trilhas de longa distância:  http://www.tourisme-lot.com/grandes-randonnees-et-itinerance/grandes-randonnees

 Boa viagem! ::otemo::

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

@Adriana T-Tresch muito legal! Olha, você esta certa nas suas conclusões, sou apaixonado pelas montanhas e meu desejo era o TMB, mas também sou apaixonado por trilhas longas pela natureza e não me limito a fazer apenas trilhas épicas de montanhas, pois sei que as partes mais baixas também tem lugares lindos.

Poderia me contar mais sobre a sua experiência em Cinque Terre? Que tipo de trilha fez por lá? Autoguiada? Acampou ou ficou em hostels? Foi roots, ou não? Qual distância? Quantos dias? Pensei em traçar Cinque Terre ao contrário e depois seguir pela VerdeAzzurro toda até Gênova. :D

E os Pirineus? Se tiver paciência de partilhar, eu te agradeço.

Muito obrigado!

 

Compartilhar este post


Link para o post

Em cinque terre eu fiz aquela pequena trilha que liga os cinco vilarejos, não sei se existe outra. E já que é bem curtinha (-16km? fiz em 2 dias para saborear bem) comecei em Levanto para aumentar a distância. Mas faz muitos anos isso - antes de começarem a cobrar uma taxa (foi introduzida em 2001), então resolvi olhar no wikiloc e os comentários mais recentes mencionam trechos fechados, pode ser frustrante: http://www.wikiloc.com/hiking-trails/cinque-terre-109618 Quanto a acampar roots: é uma trilha que nunca está muito longe da civilização, além de ser extremamente popular, talvez não seja um lugar adequado para acampar dessa maneira. E talvez até seja proibido, por ser um parque nacional, cada parque tem suas regras - vou deixar pra vc conferir isso.

Se vc quer acampar roots em abril, desconfio que o melhor lugar pra fazer isso na europa é sul da Espanha. Vc pode dar uma investigada na página da federaçào andaluza de senderismo, além do GR240 há várias outras possibilidades: http://www.fedamon.com/index.php/2013-04-16-17-25-49Caso o link não funcione, vai no site da fedamon e procura por "senderos".

Pirineus: não me parece que seja o lugar para acampar roots in abril por conta do frio, mas eu nunca investi em saco de dormir/barraca para baixas temperaturas. Quando eu acampo eu preciso de eletricidade para o computador (o trabalho viaja junto) e quando está frio eu já aproveito que estou pagando pela eletricidade e aqueço a cama com um lençol elétrico. Aliás nem gosto de usar saco de dormir, prefiro cama inflável, lençol, coberta e travesseiro (sempre viajo de carro, levando tudo, modo farofeiro on). Só uso saco de dormir no verão caso precise (cicloturismo, refúgio em montanha, noites ao relento). Minhas caminhadas até hoje foram sempre sem guia e na maioria das vezes sozinha. Logo que comecei nas trilhas passei por um grande susto (principio de hipotermia caminhando na Escócia) desde então aprendi a me agasalhar. Mas se vc está cogitando o Tour de Mont Blanc provavelmente é alguém com muito mais experiência de trilhas e equipos do que eu, e vc é que deveria estar me dando dicas.::cool::

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

@Adriana T-Tresch Muito obrigado mais uma vez por compartilhar suas experiências. Na área de Cinque-Terre eu vi que a trilha é ligada no final com a VerdeAzzurro, já ouviu falar? Parece um caminho bem extinção que passa por Gênova e continua até não sei onde. Realmente, vi que há trechos fechados mesmo, acredito que se deve ao fato dos desastres ambientais causados pelas ultimas tempestades. Talvez reabram ano que vem, vamos torcer. Sobre acampar por lá, vi muitos relatos de pessoas que dormiram em sacos de dormir, mas não encontrei informações sobre as regras, mas vou continuar procurando.

Com certeza Andaluza esta nos meu planos futuros! Muitíssimo obrigado pela dica!

Neve é linda e perigosa, já passei uns perrengues também acampando na Patagônia, escolhi o saco de dormir errado, noites longas, rs. Mas depois que aprende na prática, nunca mais esquece... kkkk. Minha preocupação com o TMB é a espessura que a neve ainda terá por lá em abril, pois dependendo da quantidade de neve, ela pode esconder valas enormes, sem contar com deslizamentos por causa do degelo...

Você me ajudou muito com suas dicas, muito obrigado mesmo! Uma ultima dúvida, se não for incomodo. Você disse que o trabalho viaja com você, seria muito perguntar qual é o seu trabalho?

Compartilhar este post


Link para o post
9 minutos atrás, Andrei Tunes Claro disse:

Realmente, vi que há trechos fechados mesmo, acredito que se deve ao fato dos desastres ambientais causados pelas ultimas tempestades. Talvez reabram ano que vem, vamos torcer

http://www.parconazionale5terre.it/Erete-sentieristica.php

Citar

2) Itália: Cinque Terre testa tecnologia
 

Os turistas não se cansam de visitar as cinco pequenas cidades brilhantemente pintadas
em penhascos no norte da Itália, conhecidas como Cinque Terre. A área, que tem cerca
de 5 mil moradores, tornou-se um parque nacional em 1999 e agora recebe mais de 2
milhões de turistas por ano.


As pessoas viajam até lá para percorrer os caminhos pitorescos que ligam as cidades e
os vinhedos. No entanto, ao longo dos anos, as passagens foram às ruínas devido à
erosão e ao uso excessivo pelos turistas.

 

A rota mais popular da região entre Riomaggiore e Manarola está fechada desde
setembro de 2012, depois que um grupo de turistas australianos ficou ferido em um
deslizamento de terra. Outro turista acabou machucado em um caminho diferente no
feriado de Páscoa neste ano, segundo o site La Nazione.

 

Desde então, as conversas sobre limitar o número de visitantes do local se
intensificaram – mas nada aconteceu oficialmente ainda.

 

Recentemente, as autoridades do parque testaram um aplicativo que turistas podem
baixar para ver o número de pessoas presentes em cada rota em tempo real. Quando
um alerta vermelho aparece, é porque o caminho está cheio, e visitantes podem
repensar se querem mesmo se juntar às multidões. No futuro, a ideia é tentar fazer
também listas de espera virtuais.

 

Os turistas também podem comprar um Cartão Cinque Terre, que permite acesso aos
trens e ao transporte público. Não é obrigatório, mas os rendimentos do cartão servem
para financiar os reparos nas trilhas, entre outras coisas.

 

Richard Hammond, que é responsável pelo site GreenTraveller.com, afirmou à BBC que
esse é o melhor momento para uma mudança.

 

"As pessoas estão ficando mais conscientes sobre como estão viajando e como estão
vivendo. Por exemplo, há muito mais conscientização hoje em dia sobre o uso do
plástico. O que mostra que esse é um momento mais propício para se propor mudanças.
O caminho está aberto para governos e autoridades locais agirem, pois não terão tantas
reações adversas", reforçou.

 

https://viagem.uol.com.br/noticias/bbc/2018/04/22/5-lugares-do-mundo-que-sofrem-com-o-excesso-de-turistas.htm

 

  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post

@poiuy Muito obrigado pelas informações! Já tinha visto o site parconazionale5terre.it com todas as trilhas em closed :(

É triste ver essas coisas. Não sou muito fã de lugares com excesso de turistas, mas penso em abrir essa exceção para Cinque Terre se possível. Mas ainda estou pesquisando trilhas pela Itália ou França para abril, outras opções. Se souber de alguma, por favor me ajude.

Muito obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×