Ir para conteúdo
rezinhatucci

Bangkok – ame-a ou deixe-a!

Posts Recomendados

Esta é uma matéria que eu escrevi pra um site que demora taaaanto pra ser atualizado que resolvi publicar aqui, pra não desperdiçar... Eu, obviamente, amei a cidade! Quem quiser dicas, é só pedir!

 

 

Bangkok – ame-a ou deixe-a!

Para entender a cidade em que o caos e a paz convivem lado a lado

Renata Tucci Lisboa

 

Com mais de 10 milhões de habitantes, a capital da Tailândia é alvo de opiniões muito contraditórias. É uma cidade grande, poluída, barulhenta, com um trânsito infernal, incontáveis barraquinhas de comida e produtos tailandeses nas ruas, uma língua complicada e uma grafia completamente diferente da nossa. Ainda assim, há muitos motivos que fazem de Bangkok uma das cidades que mais recebem turistas no mundo.

 

Budista, a metrópole é repleta de templos por toda a parte. Templos em que a paz é tão grande que quase pode ser tocada. Descalços, os monges emitem mantras enquanto acendem incensos e velas, e fazem oferendas com flores e frutas. A beleza do Grande Palácio já justificaria a presença dos turistas na cidade. É um majestoso grupo de edifícios que marca a fundação de Bangkok, em 1782, e que faz qualquer pessoa se perder entre seus jardins, museus e templos. Entre eles está o Wat Phra Kaew (“wat” significa “templo” em tailandês), que guarda o famoso Buda de esmeralda – a estátua mais venerada da Tailândia. Saindo do Grande Palácio, no quarteirão ao lado encontra-se o Wat Po, que também vale a visita. É um templo do século XVI que tem um Buda deitado de 46 metros de comprimento.

 

Ir à Bangkok e não fazer compras é uma tarefa impossível. Tecidos, jóias, bolsas, ternos, amuletos, flores e comida. Mercados, lojas, ambulantes e camelôs são encontrados a cada esquina. Destaque para a Rua Khao San, com seu mercado noturno, o Chatuchak, um mercado gigantesco que acontece nos finais de semana, e o Mercado Flutuante, em que tanto vendedores quanto compradores ficam em barcos, se locomovendo pelos tumultuados canais. Mas uma coisa é regra, independente do mercado: pechinchar sempre! Normalmente os vendedores aceitam receber um terço do preço que eles sugeriram inicialmente.

 

Há algumas coisas muito particulares na cultura tailandesa. Uma delas é a comida, na maioria das vezes apimentada e com frutas. Para os mais corajosos, há uma infinidade de opções nas barraquinhas espalhadas pelas ruas, desde espetinhos até coisas mais exóticas, como grilo frito. Um bom restaurante também tem um preço bem acessível à todos. É possível comer uma entrada, um prato principal, uma sobremesa e beber uma cerveja local, como Chang ou Singha, por 15 dólares.

 

O rio Chao Phraya corta a cidade e marca alguns contrastes: pontes super modernas, casas decadentes, templos magníficos. Um passeio pelas suas águas é muito interessante, principalmente a noite. O esporte nacional é o boxe, e lutas acontecem quase todos os dias, no final da tarde, nos estádios Ratchadamnoen e Lumphini, e os nativos torcem animadamente! Nas redondezas é possível fazer um passeio de elefante, simpático animal que é o símbolo da Tailândia. E não se pode deixar Bangkok sem andar de tuk-tuk. Eles são uma espécie de táxi sobre três rodas e ajudam a contribuir com o caos no trânsito. Os tuk-tuks estão em toda a parte e são ideais para distâncias curtas, pois são mais lentos e mais caros do que os táxis normais. No entanto, é importante sempre combinar antes o valor que será pago pela corrida.

 

A parte moderna da cidade também merece atenção. É possível ir de metrô, que é impecável e barato, até o Parque Lumphini, que é muito bonito e faz um contraponto de silêncio e canto de pássaros com o barulho do resto da cidade. Ali perto há a Rua Silom, centro de comércio e finanças da capital, mas onde também pode-se encontrar charmosos lugares para se fazer uma tradicional massagem tailandesa. Uma boa forma de ver as dimensões da grande metrópole é do alto na Torre Baiyoke, que é a mais alta da Tailândia, com 309 metros.

 

Sim, Bangkok é caótica. Muita gente mal chega e já foge correndo para Phuket ou Phi Phi, famosas praias tailandesas. Mas que vale a pena ir até lá para construir a sua própria opinião, isso vale!

 

20101117082749.jpg

20101117082759.jpg

20101117082807.jpg

20101117082816.jpg

20101117082826.jpg

20101117082835.jpg

20101117082846.jpg

 

*photos by me and Roberta Parente

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola... passei aqui neste post só pra me lembrar da mellhor viagem que fiz em janeiro de 2009 para Tailandia. Eu peguei o voo com escala em Dubai e decidi ficar por lá por 3 dias. Depois disso fui parar na caotica Bangkok e no primeiro momento foi dificil! Não gostei... me senti perdido, confuso e com mal-estar devido ao cheiro de comida (peixe frito, arroz cozido, etc) nas ruas.

Dai fui pra outros lugares na Tailandia e quando voltei pra Bangkok pra passar os ultimos dias, eu amei! Vale mto a pena conhecer,,, mesmo que vc a odeie...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

fiquei no Niras Bankoc Cultural Hostel e adorei... bonitinho, limpinho, café da manhã (pago, mas gostoso), pessoas simpáticas... dá pra ir a pé pro palácio...

mas não é mto perto do metrô... então vc tem q ver se a sua programação incluiu várias viagens de metrô ou não... pra ver se vale a pena...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Renata,

 

Muito bacana sua matéria, achei show de bola!!! parabéns!!

 

as fotos estão bem legais, adorei!!!

 

abraços!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem vinda ao fórum =) Ja começou bem !!

 

Muito legal o texto e as fotos ficaram boas tb.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gente primeira, vez que to indo pra Tailandia, poderiam me sujerir os melhor locais pra ir, vou ficar tres semanas, queria nao só ver templos , estou em busca mais de turismo ecologico , visitar ilhas e mergulhos no mar. Obrigadoo

Manuel

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito boa a reportagem ::otemo:: muito legal mesmo, pretendo ir pra la em setembro deste ano, se nada der errado, e essa reportagem sera muito util :D ...

 

Se tudo der certo na volta deixo minha experiencia por aqui tambem, claro que nao vai ficar tao bom quanto o seu heheh, mais pelo menos e um opiniao a mais para os proximos que forem la ::cool:::'>

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que bacana as dicas q vc deu. AInda preciso de luz pra decidir em qual bairro ficar hospedada. Vou com meu namorado em novembro, vamos ficar uns 2 dias só, então tem que ser um hostel bem localizado, pra não perdermos mto tempo. Vc sugere algum bairro ou hostel? Qual o custo dos transportes como metrô e trem?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

oi Ju...

então, fiquei no Niras Bankoc Cultural Hostel e achei ótimo... apesar de ser um hostel, tem quartos de casal. o banheiro é coletivo mas é tranquilo - é limpinho e tal... e achei a localização boa. dava pra ir a pé pro grande palácio e wat po (buda deitado). do aeroporto o táxi dá uns 300 baht.

não é perto do metrô, mas vc pode ir de táxi ou tuk-tuk até uma estação... o metrô é cobrado de acordo com a distância q vc vai percorrer, mas é bem barato (e impecável! nem na europa vi um metrô tããão moderno e limpo!).

já q vc vai ficar só 2 dias, eu sugiro q vá ao grande palácio e wat po, mercado flutuante (vc compra o pacote - algo em torno de 40 dólares, com transporte, refeição boa, passeio de barco - em qualquer i - informação turística), vá ver uma luta de boxe, ande de tuk-tuk e faça um passeio noturno pelo rio.

qualquer dúvida, é só perguntar!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola,

Parabens pela reportagem, esta otima!

Estou indo pra Bangkok agora no final de setembro, passarei 6 dias lah e queria saber se vc recomenda algum hotel, pousada ou se saberia dizer qual o melhor lugar pra ficar que facilite a locomocao pra visitar os templos, floating market e tudo que e puder explorar nesses 6 dias... Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito boa a materia, parabens. Estou em Sydney j'a ha algum tempo, e como o visto vale por 3 meses, tenho que sair e depois voltar, e escolhi ir para Bangcok, agora no inicio de novembro. Vou ficar 7 dias e voltar para Sydney, sao so 9 horas de voo.

 

Se alguem tiver dicas dos melhores passeios, compras etc agradeceria muito. Preciso saber se o dolar e aceito ou tenho que trocar pela moeda local. Desculpem a falta de acentos, o teclado aqui nao tem.

 

Obrigado e abracos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rezinha,

 

To indo pra Bangkok no mes que vem, de sexta a segunda. Alguma recomendacao do tipo nao deixe de fazer?

 

tks

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

oi Thiago e Paulo!

 

Olha, em bangkok tem mta coisa pra fazer... Fiquei 1 semana e acho q dá pra ficar mais...

 

Thiago, vc tem pouco tempo, então eu faria o seguinte: no primeiro dia, agendaria no hotel ou em algum 'tourist information' o que vc vai fazer no dia seguinte... Aí vc poderia ir ao Grande Palácio (imperdível) e no Wat Po (buda gigaaante deitado, q fica pertinho do Palácio)... Se der tempo, tem algumas outras coisas legais, mas aí depende do seu interesse: subir na Torre Baiyoke e ver a cidade do alto, ou ir ao parque Lumphini...

No segundo dia, eu faria o passeio q vai ao mercado flutuante (floating market) e anda de elefante!

À noite, duas opções bem legais (mais bem diferentes entre si) são ir assistir lutas de boxe e fazer um passeio de barco pelo rio (não são caros os passeios q vc vai num barco bonitinho, tem jantar e um showzinho de dança típica). Também é legal ir na rua Khao San (mercado noturno e vários restaurantes). Ande de tuk-tuk em algum momento.

 

Paulo, fora essas coisas q acabei de indicar (q pra mim são imperdíveis!), tem tb um templo dos tigres (q eu não fui, mas acho q deve ser mto válido). Tem o Chatuchak, um mercado gigantesco que acontece nos finais de semana, e a parte moderna da cidade - região da Rua Silom. Por ali também fica o Patpong District, q mta gente compara ao Red Light District, de Amsterdam. Só dei uma passada, pq é meio tenso para meninas, mas acho para homens a perspectiva é diferente.

 

Ah! Vc tem q usar a moeda local mesmo - o baht. Eles até aceitam, em alguns lugares, dólares. Mas não recomendo. Pq eles sempre vão tentam tirar vantagem... Isso, aliás, acontece com compras e passeios - eles dão um preço inicial, mas vc normalmente compra por 1/3.

 

E outra dica pra vc, Paulo, q já está aí perto - planeje uma trip pra Bali. Totalmente diferente de Bangkok, mas igualmente imperdível! Também posso mandar dicas, se vc se animar! Passei 1 semana lá.

 

Se precisarem de mais dicas, é só avisar ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi L. Antônio!

 

pra ir ao Mercado Flutuante fechei um passeio no 'tourist information'. Foram cedinho (tipo 6h30 da manhã) me buscar no hostel, aí primeiro fomos pro Mercado Flutuante e depois pra um outro lugar andar de elefante. Lembro que demorou mais ou menos 1h pra chegar no Mercado Flutuante, então não é tão simples assim de ir 'sozinho'. Fora q taxistas e motoristas de tuk-tuk não conseguem falar quase nada de inglês, então é até difícil saber se eles estão te enrolando ou não... Por isso eu recomendo fechar o passeio mesmo - o preço era bem ok (não lembro exatamente, mas acho q em torno de 35 dólares).

 

O mercado noturno da Rua Khao San rola todos os dias sim... Não tem tantas opções quanto os outros, mas vale a pena ir pq é diferente... Tem vários bares e os locais ficam tentando fazer vc entrar no bar deles de qualquer jeito...

 

Espero q ajude!

bjo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Re amei seu post!

 

Valew por compartilhar sua experiencia por Bangkok.

 

Li que voce tbm visitou Bali, gostaria muito que voce me desse sua opiniao sobre Bali no meu post em Roteiros de Viagem, pois passarei sete dias em Bali e estou um pouco perdida sobre quais lugares visitar.

 

Grande bjo ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×