Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

jnpassos

Baladas e Shows de Tango em Buenos Aires

Posts Recomendados

Fala Galera,

 

gostaria de saber os preços para entrar nas boates, como Pacha, Asia de Cuba e Crobar.

estou indo pra Buenos Aires em novembro.

abraço em todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá gente, estou querendo passar o ano novo em Buenos Aires, mas estou com receio pois ja ouvi falar que todos vão para Punta...para quem já foi oq acharam? tem muita gente bonita? tem muita festa boa? vale a pena? ou é melhor ficar por aqui pelo Brasil mesmo pois estou na duvida entre lá e balneario do camburiú

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tá, é mais fácil falar o que eu sei:

Todas as baladas acabaram de sofrer reajustes, então tudo está levemente mais caro.

 

Amerik.a - Sabe "Queer as folk"? Aquele clima 'Babylon', meio The Week? Homens descamisados, alguns travestis, heteros buscando 'chicas calientes'... É a maior de BsAs e representa beeeem aquilo que foi/é a cena gay clássica. Mas,tirando isso, de maneira geral, as pessoas são normais. A vantagem é o fato de ser 'canilla libre' (se for, beba vodka com melão e um trago chamado 'piel de iguana'), mas não sei até que ponto é vantagem (eita bebida pra dar ressaca!). Em termos de pegação: médio; tem darkroom, que é ultra tenso e trash. Música: duas pistas - pista eletronica (que eu acho ruim) e pista principal (toca um pouco de "flashback" no começo e, depois, vem uma porrada de música latina. Vale a pena conhecer para dizer que você conheceu e falar suas impressões. Não gosto e não pretendo voltar tão cedo (eu sempre digo isso...haha) - eu só fui de sexta, dizem que é diferente nos outros dias...não sei.

 

The Sub - Música melhor (para mim) que a da Amerik.a. Bastante pop, nada de muitas batidas infinitas, pouquissima música latina (beeeem fim de festa). Canilla libre (o deles é melhor que o do Amerik.a, e mais barato também!). Enfie seu nome na lista, pague $40 e beba até às 5h. Pegação: pouca; ñ tem darkroom. Pessoas: gente mais bonita que a Amerik.a, mas são longe de ser bonitos! haha Não vi travesti, tem umas pessoas um pouco mais "velhas" (lá pelos seus 30 anos) e com vários mais novos também. Bem misto. Recomendo se for ficar duas/tres sabados em Bs As.

 

Human - É um pouco longe (um taxi da Santa Fé com a Nove de Julio até lá sai uns 26 pesos, nada absurdo; pode ir de onibus tambem! o onibus para na frente - para voltar, idem; na verdade, volte de onibus, é mais barato: vc paga 1,20-1,90 no onibus; não pegue o taxi que fica na porta da balada, atravesse a avenida e pegue do outro lado e peça pra ligar o taximetro!), mas é a melhor, pra mim, no quesito música-gente bonita. Duas pistas agradáveis - uma, a principal, só tocando pop! com direito a clipes; a outra, mais 'eletronica', mas, tirando raros momentos, com música cantável (eu não gosto de batidas e coisas assim, perdão, perdão...). Gente bonita . Vantagem: nome na lista, até 2h30, não paga pra entrar (tem que colocar o nome na lista! - eles não são muito rigorosos com isso, se vc não colocou, peça pra alguem da fila o nome da lista, banque uma de brasileiro-turista que, se a pessoa for simpática, ela pega e fala o nome da lista e te inclui na hora da contagem dos convites). Desvantagem: tudo é caro lá dentro! Mas é caro mesmo, e até para padrões brasileiros: a água está $15, uma cerveza pequena $20; tragos - de $30 a $45 (eu acho que é isso); tequila - $25. Recomendo, mas vá com vontade de gastar, vá bebado ou encontre alguém para pagar para você.

 

Angel's - Rua Augusta é fichinha perto dessa! Santo Deus: é pior que inferninhos da famosa rua paulista. Barata - $25, com direito a tres drinks (quaisquer) - mas beeeem trash! Lugar de travestis, garotos de programa, gente feia! Uma coisa underground... A música da pista de cima é até legalzinha (embaixo, musica latina!). Acho que essa é pulável.

 

Ambar La Fox - Eu só fui uma vez, mas tenho uma relação de amor e ódio com eles. Visual lindo (é num teatro! muito legal!), duas pistas, música legal (pista de cima, uma coisa mais retro, com 'flashbacks', e a de baixo com pop e eletronica). Clima da festa: uma coisa meio indie (o pessoalzinho tem um ar de fashionista, mas também é bem mais 'livre'). Preço: os 500 primeiros não pagam entrada e os outros pagam $20; bebida com preço bom. É longe, mas dá pra ir de onibus - o onibus 39 passa a uma quadra, eu acho. Chegue cedo! Cedo mesmo: 0h deve estar lá! (se quiser não pagar 20 pesos, chegue lá pelas 23h-23h30).

Na sexta-feira,acontece a Plop, que eu ainda não fui, que é no mesmo lugar, mas dizem ser melhor, tocar mais pop,e é mais barato. Para a Plop,chegue igualmente cedo! Já cheguei lá 2h e não consegui entrar! - e só me falaram que eu não ia entrar quase 3h40!

 

 

Roteiro recomendável:

Quinta ou Domingo - Amerik.a (não sei como é a balada nesses dias, mas não custa tentar,né!? rs)

Sexta - Plop

Sabado - Human

 

Se for ficar outro sábado, vá na Ambar ou The Sub também!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ahhhhhhhhh e me esqueci!

 

AQUI NAOOOO SE USA SALTO ALTO PRA SAIR ANOITE!!!!!!!!!!!

BOTA COM SALTO ATE VAI MAS SANDALIA NAOOOOOOOO, ATE PQ É INVERNO!!!

AS MULHERES VAO DE SAPATOS COMODOS... SAPATILHA COM PONTA REDONDA É O QUE MAIS SE USA ESSE INVERNO!!

E SIM BRASILEIRA COMO EN QUALQUER OUTRO LUGAR É VISTA COMO FACIL, PQ?

bem pq as mulheres aqui nao sao de dar papo!!!!!!! LITERALMENTE! os homens argentinos nao entenden como uma mulher pode conversar e ser simpatica se ano esta interesada e como no geral as brasileiras nao viram a cara e falam com todo mundo e sao simpaticas.. entaoooo no ponto de vista deles dao bola pra todo mundo!

 

é assim... faz 2 anos que estou aqui assim q ja me acostumei, mas enfim...

 

 

E agora na primavera/verão?

Se usa salto? Ou só sapato baixo também?

Rasteirinhas?

 

E quanto ao que os argentinos acham sobre as mulheres brasileiras, não tem como generalizar.

Como brasileira, não gostei e não concordo com o comentário de brasileira ser vista 'como em qualquer outro lugar' como fácil.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Renan, adorei suas dicas! Valeu mesmo.

 

E barzinhos/pubs? Recomenda algum? Pode ser friendly... Vou em março, mas gosto de dar uma sondada em tudo bem antes quando viajo. rs

 

 

Bjao.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu fiquei só 5 dias em Buenos Aires, e só saí para a balada no sabadão, último dia.

 

Óbvio que fui direto para a Pachá, onde todo mundo que eu conheço disse maravilhas e etc, etc, etc. Fui sozinha, pois minha prima não conseguiu aguentar para ir lá (todos tinham dito que a balada começa depois das 2 da matina, haja fôlego pra aguentar até lá após um dia de altíssimas caminhadas no zoológico!). Cheguei e tinha uma baita fila. Só aceita dinheiro vivo - se eu estiver falando algo errado, por favor me corrijam, mas foi o que os seguranças lá disseram e eu confirmei olhando - e a entrada feminina estava, em maio de 2010, 60 pesos. Casa grande, vários ambientes, várias performances... Mas não me dei bem lá. Primeiro de tudo que o cigarro é liberado, e me senti asfixiada de estar em um ambiente fechado com milhares de pessoas fumandos. Como eu podia achar isso normal quando era liberado aqui???? Segundo, a galera lá é EXTREMAMENTE mal educada. Eles passam empurrando todo mundo. Agora imaginem uma mocinha (eu), de 1,54 (eu), sozinha (eu), no meio de um bando de trogloditas? A gota d'água foi quando um cara de quase 2 metros simplesmente pegou nos meus braços e me levantou pra me tirar do lugar e ele passar. Não consegui dançar, apesar da música ótima do local, fiquei menos de 2 horas lá e vazei.

 

Nos outros dias eu fui em shows de tango. Isso mesmo, showS. Primeiro dia fui no Señor Tango, onde o jantar é maravilhoso e o show bastante performático, mas não vale o quanto cobra (se não me engano é 60 dolares). O cavalo empinou bem próximo à minha mesa e eu achei que fosse desmaiar de medo hehe. No 3º dia eu fui no Sabor a Tango, para ver um espetáculo mais porteño, por assim dizer. Não me arrependi e recomendo à todos. Tem uma aulinha de tango de 1 hora antes do jantar, comida boa e show gostoso de ver. E teve um dia que fomos à um barzinho da Quilmes, em frente ao obelisco. Mas as caipiras foram cedo, tipo 22 hrs, e não tinha ninguém. Incrível como numa 5a feira eles saem de casa só lá por 1 da matina! Voltamos na melhor hora, borrachas de tudo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...