Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0
Lucas Leite

Travessias terrestres Europa

Pergunta

Fala galera,

No começo do ano que vem, eu e minha esposa vamos fazer um mochilão sem data de volta, vamos começar pela Itália e passaremos aproximadamente 1 ano na Europa para depois descermos para a Africa. Nós não temos dupla cidadania, então teremos que ficar pulando de país em país, entrando e saindo do tratado Schengen. Sei que a travessia terrestre dentro do tratado é tranquilo (imagino eu). Alguém já fez diversas trevésias em países diferentes que possa nos dar algumas dicas? Nosso plano é viajar o máximo possível de carona ou ônibus. 

 

valeu 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

6 respostass a esta questão

Posts Recomendados

  • 1

Você já está ciente de que tem que ficar entrando e saindo do Espaço Schengen a cada 3 meses, então não vou comentar nada a respeito disto, alem de que você fique muito atento aos limites, pois o que eu mais veja aqui, são pessoas que erraram a conta em 1 ou 2 dias, e se ferraram por causa de 1 ou 2 dias fora do prazo...

A minha experiência entrando e saindo do Espaço Schengen via terrestre, é de que os agentes de imigração costumam ser muito mais rígidos, por causa da grande quantidade de imigrantes ilegais do leste ou sul da Europa que tentam entrar e sair via terrestre do espaço Schengen.

Posso ter tido azar, mas imigrações mais chatas e implicantes que eu já peguei foram nesta ordem: EUA, Croácia, Russia e Sérvia, foram os locais que mais me fizeram perguntas...

Então é muito recomendável que vocês saibam explicar muito bem o que pretendem fazer por lá, e como que vão se sustentar por todo este tempo sem trabalhar.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 1

Tem uma dica/regrinha básica que serve para qualquer país e imigração que você passar:

Sempre que você for passar numa imigração para entrar num país qualquer, você já tem que ter passagens compradas e marcadas para ir embora de lá,  não precisa ser de volta para o Brasil, desde que seja indo embora de lá.

Pois a primeira coisa que os policiais da imigração costumam perguntar e querer saber é quanto tempo você vai ficar e quando que você vai embora.

E se você não tiver datas certas ou passagens compradas para confirmar o que você falou, vai precisar gastar bastante saliva para convencer o policial a imigração, algumas poucas pessoas tem sorte e conseguem convencer os policiais, mas a grande maioria não tem muito sucesso nisto, e acaba barrada...

Em resumo, nós turistas, em especial nós turistas de países do terceiro mundo, somente somos bem vindos e aceitos se eles tem certeza de que vamos embora de lá dentro do prazo e que temos dinheiro para pagar pelas nossas despesas,  e que não seremos aquele cunhado folgado, que vem para ficar 2 semanas, e 2 anos depois ainda está lá dormindo no sofá da sala, comendo as coisas da geladeira sem nunca colocar nada de novo nela.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1

Na primeira vez, enquanto eu estava com visto de estudante, eu fiquei 2 anos.

Após alguns anos no Brasil, eu retornei para a Alemanha para trabalhar, com o devido visto de trabalho e residência, e já estou residindo na Alemanha faz 3 anos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
1 hora atrás, poiuy disse:

Você já está ciente de que tem que ficar entrando e saindo do Espaço Schengen a cada 3 meses, então não vou comentar nada a respeito disto, alem de que você fique muito atento aos limites, pois o que eu mais veja aqui, são pessoas que erraram a conta em 1 ou 2 dias, e se ferraram por causa de 1 ou 2 dias fora do prazo...

A minha experiência entrando e saindo do Espaço Schengen via terrestre, é de que os agentes de imigração costumam ser muito mais rígidos, por causa da grande quantidade de imigrantes ilegais do leste ou sul da Europa que tentam entrar e sair via terrestre do espaço Schengen.

Posso ter tido azar, mas imigrações mais chatas e implicantes que eu já peguei foram nesta ordem: EUA, Croácia, Russia e Sérvia, foram os locais que mais me fizeram perguntas...

Então é muito recomendável que vocês saibam explicar muito bem o que pretendem fazer por lá, e como que vão se sustentar por todo este tempo sem trabalhar.

 

 

 

Valeu pela resposta.

Sim, estamos cientes dos prazos dentro do espaço Schengen. Uma das minhas grandes dúvidas é quanto a comprovação de diárias em hotéis e comprovante de retorno para o BR e  coisas do tipo,  pq como eu disse nós não temos prazo para voltar ao Brasil e também não queremos reservar nada com antecedência. Tu teve que  comprovar esse tipo de coisa ? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0

Tem um outro detalhe, chegar na Europa com uma passagem só de ida, e na hora de passar na imigração, apresentar por exemplo uma passagem baratinha de ônibus para a Croácia (fora do Espaço Schengen) como comprovante de que você vai embora, não costuma ser uma coisa que a imigração costuma aceitar e acreditar.

Pois o pessoal da imigração não é burro, eles sabem que este tipo de artifício é um dos mais usados pelo pessoal que quer ficar ilegal na Europa, então costuma ser necessário ter uma história mais convincente e fácil de o pessoal da imigração acreditar, do que  chegar lá falando você estará viajando sem rumo e destino por vários anos...

Em relação aos comprovantes de hospedagem, em teoria, você não precisa ter comprovantes para todos os 90 dias, se tiver para as primeiras 2 ou 3 semanas após passar por qualquer imigração, costuma ser aceito na maioria dos casos, desde que você tenha planos claros e concretos para o que vai fazer no restante do tempo, e principalmente se tiver como comprovar que tem dinheiro suficiente para se sustentar lá sem precisar trabalhar.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
Em 09/02/2020 em 09:25, poiuy disse:

Tem um outro detalhe, chegar na Europa com uma passagem só de ida, e na hora de passar na imigração, apresentar por exemplo uma passagem baratinha de ônibus para a Croácia (fora do Espaço Schengen) como comprovante de que você vai embora, não costuma ser uma coisa que a imigração costuma aceitar e acreditar.

Pois o pessoal da imigração não é burro, eles sabem que este tipo de artifício é um dos mais usados pelo pessoal que quer ficar ilegal na Europa, então costuma ser necessário ter uma história mais convincente e fácil de o pessoal da imigração acreditar, do que  chegar lá falando você estará viajando sem rumo e destino por vários anos...

Em relação aos comprovantes de hospedagem, em teoria, você não precisa ter comprovantes para todos os 90 dias, se tiver para as primeiras 2 ou 3 semanas após passar por qualquer imigração, costuma ser aceito na maioria dos casos, desde que você tenha planos claros e concretos para o que vai fazer no restante do tempo, e principalmente se tiver como comprovar que tem dinheiro suficiente para se sustentar lá sem precisar trabalhar.

 

Entendi. quanto tempo tu ficou na europa ?

valeu pelas dicas 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder esta pergunta...

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...