Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Ewalker

Canivetes & Facas: Afiação

Posts Recomendados

Guilhermelv,

 

Como qualquer outra faca, a boa e velha carborundum dupla-face fará um bom serviço. Lógico que se você tiver uma outra pedra com granulação mais fina que o lado "fino" da carborundum conseguirá um fio mais polido e melhor!

 

Se só tiver a carborundum, use o lado "fino", a não ser que o fio esteja realmente destroçado e cheio de dentes; neste caso teria que começar pelo lado "grosso" para eliminar o excesso de deformações ( dentes, achatamentos, etc ) para depois refiná-lo no lado "fino".

 

Não sei qual sua experiência em afiação, mas talvez seja interessante ao menos no início você manter o mesmo ângulo da afiação de fábrica ( que é relativamente obtuso na minha opinião ).

 

Para não correr risco de errar, você pode se valer do velho e bom truque da caneta de marcar CD: com ela marque todo o fio e depois tente casar o ângulo do fio com a pedra. Dê uma passada e cheque se removeu a tinta exatamente em toda extensão do fio. Se tiver removido so no ombro, levante um pouco a inclinação da faca; se removeu só na borda extrema deite um pouco mais a faca. Faça estes ajustes até conseguir um ângulo que case perfeitamente com a afiação de fábrica.

 

Passe a caneta quantas vezes achar necessário.

 

Restando alguma dúvida é só falar.

 

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Prof. Cabral,

 

Estou afiando (tentando afiar) uma faca de churrasco Tramontina que está totalmente cega usando a carborundum e já deu pra ver um certo resultado. Antes, ao passar a faca no papel, ela não cortava nada. Agora já corta o papel, mas ainda longe do que me parece bom.

Mas confesso que surgiu uma dúvida (totalmente amadora): qual seria o sentido correto de passar a lamina na pedra? como se estivesse "fatiando" a pedra? ou o contrário? vi diversos videos no youtube e me parece que cada um faz de uma maneira...

 

Aproveitando: qual pedra seria uma boa opção para complementar a carborundum? uma de grana 3000 seria fina demais? estou na duvida entre essas duas http://www.asiashop.com.br/ListaProdutos.asp?IDLoja=7773&IDProduto=1748180 e http://www.asiashop.com.br/ListaProdutos.asp?IDLoja=7773&IDProduto=2255058

 

Valeu novamente pelas dicas!

 

Abraço!

Guilherme

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

 

Desculpe a demora em responder, mas é que estava "fugido" neste início de ano...

 

Nada de prof! Aprendiz é minha condição!

 

Em pedras, o sentido da afiação é sempre tentando tirar uma fatia fininha da pedra; com lixas pode até ser feito quando o fio está muito detonado e a grana é mais grossa, mas quando se parte para granas mais finas o risco de se cortar a lixa aumenta bastante.

 

Quanto às pedras, 3000 acho que é um "salto" ( gap ) muito grande após a carborundum dupla-face ( lado fino ). A 1000 dá um bom nível de acabamento e já permite o chamado push cut.

 

Mas nestes preços, sem sombra de dúvidas a Tramontina cerâmica dupla-face 400/1000 é muito mais negócio!!! Eu não tenho, mas pelos relatos de alguns amigos, alguns inclusive fazendo testes comparativos; o resultado foi muito bom!

 

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou afiando (tentando afiar) uma faca de churrasco Tramontina que está totalmente cega usando a carborundum e já deu pra ver um certo resultado. Antes, ao passar a faca no papel, ela não cortava nada. Agora já corta o papel, mas ainda longe do que me parece bom.

 

Afiação é que nem afinação de um instrumento... de tempo ao tempo, devagarinho, voce ira conseguir o fio desejado... tenha paciência pra nao danificar a peça...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho um de cada, uso o de cerâmica pra poupar o diamantado pra lâminas mais "duras", ambos são bons dentro de seus limites.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá pessoal!

Gostaria de agradecer a todos pelas informações disponibilizadas neste fórum. Sempre fui louco por canivetes, sempre andei com um canivete no bolso, normalmente era canivetes bem baratos, os quais eu afiava com uma pedra que tem na casa da minha mãe. Porém um tempo atrás eu realizei um sonho de comprar um Victorinox Forest que comecei a utiliza-lo no dia a dia. Só que na hora de afia-lo tive pena de usar a antiga pedra, pois me parecia bastante grossa.

Por isso, decidir que iria aprender a afiar antes de mexer no meu Forest, e foi ai que eu achei esse fórum recheado de informações e opiniões de pessoas com vasta experiência nesse assunto.

Então comecei o aprendizado montando um angulador e comprando uma pedra carborundum dupla face e comecei a treinar a afiação com as facas da minha casa e da casa da minha mãe. Pouco tempo depois comprei um pedra japonesa Suehiro dupla face (1000 e 3000), fiquei impressionado com a eficiência de polimento dessas pedras, melhora muito o poder do corte. Só depois da compra da pedra japonesa é que eu aventurei na afiação do canivete Victorinox, utilizei o angulo de 20º no angulador, o resultado ficou muito bom.

Há pouco tempo conseguir comprar na internet a pasta jacaré e montei um strop de couro, é impressionante o quanto melhora a eficiência de corte depois que se utiliza o strop com a pasta de polimento. Só assim eu conseguir fazer a lâmina raspar o pêlo do braço hahahhaha.

Agora nas facas eu fiz o teste utilizando a técnica indicada pelo Cabral de desbaste e alívio e depois o microfio, conseguir manter a capacidade de corte das facas, vou observar o tempo de retenção do fio.

Também ganhei um outro canivete Victorinox Forest One Hand que tem a metade do fio serrilhado, já venho estudando de como vou fazer para afiar esse canivete, e por enquanto estou pensando em comprar um spyderco sharpmaker, só que esse equipamento é bem caro, mas pelo que eu já ouvir falar, vale a pena comprar.

 

Abraços a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Salve pessoas das lâminas, reativando o tópico...

 

o que que acham desse afiador da Lansky? Aqui

 

Tenho uma Mora 2010, um Victorinox SwissChamp e um Kershaw Packrat que fazem parte da minha tralha para o mato. E preciso de um afiador portátil.

 

Esse Lansky seria indicado ou é melhor comprar uma pedra de carborundum Saint-gobain (cortada em pedaço menor) e uma aste individual para as lâminas serrilhadas? Ou eu só falei asneira e tem outra coisa mais indicada?

 

Valew pessoal!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...