Barracas AZTEQ

Barracas de camping e montanhismo. Troca de informações sobre as principais marcas do mercado.


Re: Barracas AZTEQ

Mensagem não lidapor Mochileiro Peregrino » 22 Ago 2012, 00:27

como o getulio disse "ABRIGADA' ::cool::
Avatar do usuário
Mochileiro Peregrino
Colaborador
Colaborador
 
Mensagens: 568
Desde: 31 Out 2009, 11:25

Re: Barracas AZTEQ

Mensagem não lidapor gvogetta » 25 Out 2012, 17:25

Tamim escreveu:Após muito pesquisar, comprei a Katmandu 3/4 no site da Cioccari, que foi o mais barato em minhas pesquisas virtuais. Recebi dentro do prazo e fui montá-la dentro de casa para conferir se estava tudo ok. Ao montar o segundo jogo de varetas, encaixando as hastes, uma haste de fibra simplesmente abriu o encaixe de metal. Entrei em contato com a loja e com a Azteq, sendo que ambos responderam prontamente, encaminhando meu problema à Nautika, que é agora quem dá assistência às barracas Azteq. Entraram em contato, encaminhando um documento para postagem e hoje encaminhei todo o conjunto de varetas. Vamos ver como será o feedback. Não sei como estão as outras marcas, mas a garantia da Azteq é de seis meses, o que achei um pouco estranho, já que a maioria dos produtos hoje, exceto os ching ling, possuem garantia de um ano.

Tamim


Olá Tamim!


E aí, algum retorno sobre o ocorrido com a barraca? Tem como falar um pouco mais ou até postar alguma foto deste incidente? Já usou a Kathmandu em algum acampamento?

Ninguém por aqui ainda deu um testemunho sobre estas barracas, tu é o único que soube ter comprado uma...

Abraço!
Avatar do usuário
gvogetta
Colaborador
Colaborador
 
Mensagens: 2299
Desde: 03 Jan 2011, 11:51
Localização: Curitiba - PR

Aquisição do mês - Avaliação inicial Azteq Nepal (FOTOS)

Mensagem não lidapor fbprevidi » 02 Nov 2012, 16:44

Depois de muito namorar ela e pesquisar, finalmente comprei a minha Azteq Nepal!
Comprei pela Loja Clube Trekking, pagando honestos R$ 494,10 (com frete grátis).

O meu intuito é que ela seja "pau pra toda obra", que sirva tanto para o camping estruturado com os amigos tanto para um trekking pesado em regiões mais inóspitas. No meu caso ela vai estar substituindo a minha Nautika Indy 3/4, que embora sofra muito preconceito da comunidade eu considero uma boa barraca, até porque já peguei no mínimo dois perrengues com ela e nem uma gota d'água entrou. Possuindo um espaço interno muito grande, o seu porém é que além de ela ser pesada (4kg) e de montagem um tanto quanto trabalhosa... então a partir de agora a Nautika vai ficar pras opções de acampamentos "light", onde vou ter a companhia da namorada e não vou precisar carregar ela (a barraca ::lol4:: ) nas costas.

Mas falando sobre o que interessa, a qualidade dos materiais empregados na Azteq realmente me impressionou (talvez pelo fato de que eu venha de um produto Nautika e não tivesse contato com equipamentos mais técnicos), em especial a vareta e os specs. A vareta "Power Mesh" é muito robusta e quando instalada no dormitório ela fica bem tensionada, só que ao contrário das varetas de fibra convencionais ela passa uma segurança muito maior. Pelo fato de ela ser feita de uma liga metálica, além de conferir muito mais resistência, provavelmente não irá quebrar abruptamente como a fibra, e sim ir sofrendo deformações plásticas ao longo do tempo, não deixando o usuário na mão.
Os specs é mais ou menos a mesma linha de raciocínio: robustos e com uma bitola muito superior a dos specs convencionais, além de serem feitos de alumínio (o que vai evitar oxidação e ferrugem). Além disso vieram 14 specs com a minha barraca, sendo que são necessários "só" 10 para a fixação completa dela... 4 specs reservas para o usuário, pontinho extra para a Azteq ::cool::
Outra coisa que veio "bônus" a qual eu não sabia é uma espécie de "porta-trecos" que tu fixa no teto do dormitório, permitindo guardar objetos menores em um lugar que, de fato, não vai molhar sob hipótese alguma.
Por fim, outra coisa boa que eu considerei nesse modelo foi a facilidade e a qualidade da montagem dela... além de ser muito intuitiva, o sistema de fixação do sobreteto por meio de fivelas plásticas sempre deixa ele bem esticado e alinhado com o dormitório. Barraca sempre bem montada = Mais eficiência por parte dela.

Como contras não dá pra deixar de citar o clichê de que ela não é auto-portante. Embora isso tenha afetado a montagem dela indoor para que eu fizesse as fotos e consequentemente não me permitiu uma montagem adequada, acredito que isso não vá me atrapalhar na prática porque até hoje nunca acampei em lugares que não houvesse a possibilidade de fixar bem os specs no solo.
Também acredito que o espaço interno dela seja um pouco pequeno para duas pessoas... para uma pessoa é excelente, cabe todos os equipamentos sem problema algum, mas para ser conforável entre duas acho que só sendo um casal mesmo. Eu estava em dúvida entre a Nepal e a Minipack e agora com certeza estaria arrependido em ter comprado a Minipack, no meu ver vale muito a pena investir alguns R$ e mais e carregar algumas gramas a mais na mochila para dormir dentro de uma Nepal, que além de ter um espaço interno maior, já li que ela se comporta melhor em situações adversas como por exemplo o vento.
O último ponto que vale a pena ressaltar é algo que já foi citado por um membro aqui no fórum: pesando o conjunto todo a balança acusou 2,26kg e não os 1,95kg divulgados pela marca. Subtraindo o peso dos 4 specs extras + bolsa de transporte deve-se chegar aos 2,1kg de peso total da barraca. Não acho que essas gramas a mais vão fazer diferença, mas imagino que a Azteq poderia ter uma postura um pouco mais honesta na descrição do produto.

FOTOS: http://s215.beta.photobucket.com/user/previdi/library/Azteq%20Nepal
Avatar do usuário
fbprevidi
 
Mensagens: 3
Desde: 19 Mai 2011, 22:58
Localização: Santa Cruz do Sul - RS

Re: Barracas AZTEQ

Mensagem não lidapor mioto » 03 Nov 2012, 00:18

gvogetta escreveu:Olá JJM!

Note que quando me referi ao fato da Nepal aguentar as condições típicas da Patagônia (leia-se ventos fortes) eu disse "abrigada". Aliás, que fique a ressalva: não há barraca totalmente indestrutível frente a vento e totslmente exposta, seja na Patagônia ou não. A Nepal, insisto, montada corretamente (fixados seguramente todos os cordins) e em local abrigado suportará ventos fortes mas não fará milagres se a coisa "enfeiar".

Abraço!



Só um relato: na madrugada de 23 para 24 de julho último, eu e um amigo (eu de Nepal, ele de MiniPack) acampamos em 27.50.909'S 49.18.453'O, a 1650m, no Campo dos Padres, em um platô totalmente desprotegido. Sabe aquele acampamento montado no final do dia, já escurecendo, e no meio da cerração? Pois é. Quando acordamos que vimos o quanto estávamos expostos. Bem, durante a noite ventou MUITO. Tenho os dados da estação do INMET no Morro da Igreja, que é mais alto, eu sei, mas acho um bom referencial. Pois bem, as rajadas no MI chegaram a 113,4 km/h. Vejam, vou falar pela NEPAL, que é a minha: tranquilo!!! O vento parecia chutar a barraca. Nós ainda improvisamos uma cozinha com uma maldita lona preta que fez barulho a noite inteira e dificultou MUITO o sono, mas em termos de confiabilidade, sustentação, foi como acampar na praia em uma agradável noite de verão. Posso estar sendo muito otimista, mas não acho que ventos (até mesmo os patagônicos) sejam problema para a NEPAL. A bichinha, mesmo "desabrigada", mostrou-se muito valente.

Abraços,

Mioto.
Avatar do usuário
mioto
 
Mensagens: 67
Desde: 02 Nov 2008, 15:12
Localização: SC

Barraca Katmandu 2/3 - Azteq

Mensagem não lidapor tiagojs » 03 Nov 2012, 12:10

E ae povo do Mochileiros.
Comprei esses dias a barraca da Azteq - Katmandu 2/3 pela Centauro Outlet.
Já tinha pesquisado sobre ela pela internet mas não encontrei muita informação. Por ser uma barraca lançada a pouco tempo, poucos usuários opinaram sobre ela.
Ainda não acampei com essa barraca que alias é a minha primeira. :D
Imagem


Montei ela aqui em casa mesmo e fiz um vídeo(qualidade não muito boa, mas dá pra ver tranquilo)



O preço que paguei por ela foi de R$ 233,00 (Centauro Outlet - Internet - Frete Grátis) Foi a última barraca do estoque.

Prós - Desing, é uma barraca bonita. -- Peso de 3,25. Comparado com outras do mesmo tamanho pode ser considerada leve. -- Sobreteto 1500 mm -- Espaço do Avanço -- Fácil de montar

Contras - Piso de Lona (polietileno), esperava mais do piso dela e no site não tem informação nenhuma sobre o piso.


No mais é apenas isso, quando eu acampar com ela.. testar... pegar chuva rsrs... faço mais uma análise(pós uso) dessa barraca.

Qualquer dúvida é só perguntar.
::otemo::
Avatar do usuário
tiagojs
 
Mensagens: 1
Desde: 29 Jul 2012, 10:36

Re: Barracas AZTEQ

Mensagem não lidapor EduIlha » 04 Nov 2012, 16:23

Galera sou novo por aqui, e espero que vcs possam me ajudar em uma dúvida. Seguinte, ia compra uma barraca da Trilhas e Rumos Super Esquilo mas acabei encontrando uma da Azteq muito parecida com a da TeR, pelo menos por fotos. Estou falando da Azteq Katmandu. Se alguem conhece as 2 e puder me dar uma ajuda nessa escolha eu agradeço, pois não sei se existem diferenças do tipo "qual é a melhor" entre ambas, visto que elas são muito parecidas, tanto que arrisco dizer que tem o mesmo design.
Vlw aeh galera.
EduIlha
 
Mensagens: 2
Desde: 04 Nov 2012, 15:25

Re: Barracas AZTEQ

Mensagem não lidapor gvogetta » 05 Nov 2012, 11:01

mioto escreveu:

Só um relato: na madrugada de 23 para 24 de julho último, eu e um amigo (eu de Nepal, ele de MiniPack) acampamos em 27.50.909'S 49.18.453'O, a 1650m, no Campo dos Padres, em um platô totalmente desprotegido. Sabe aquele acampamento montado no final do dia, já escurecendo, e no meio da cerração? Pois é. Quando acordamos que vimos o quanto estávamos expostos. Bem, durante a noite ventou MUITO. Tenho os dados da estação do INMET no Morro da Igreja, que é mais alto, eu sei, mas acho um bom referencial. Pois bem, as rajadas no MI chegaram a 113,4 km/h. Vejam, vou falar pela NEPAL, que é a minha: tranquilo!!! O vento parecia chutar a barraca. Nós ainda improvisamos uma cozinha com uma maldita lona preta que fez barulho a noite inteira e dificultou MUITO o sono, mas em termos de confiabilidade, sustentação, foi como acampar na praia em uma agradável noite de verão. Posso estar sendo muito otimista, mas não acho que ventos (até mesmo os patagônicos) sejam problema para a NEPAL. A bichinha, mesmo "desabrigada", mostrou-se muito valente.

Abraços,

Mioto.


Grande Mioto!


Estava mesmo esperando um testemunho seu, afinal é um dos poucos que conheço que frequenta com assiduidade a região de Urubici (com seu clima e ventos temperamentais) e usando uma Nepal...

Não duvido nem um pouco das medições obtidas para a velocidade do vento. Conheço a região do Campo dos Padres e ali venta quase tanto quanto no Morro da Igreja, então certamente o referencial é totalmente válido.

Obviamente a Azteq Nepal não é uma receita geral que possamos indicar com plena segurança, já que nessas horas existem outros fatores, como "sorte", direção do vento, "qualidade" da montagem, tipo de solo, etc. Mas é indiscutível que a Nepal (e creio que também a Minipack) mesmo sem serem autoportantes e contarem com apenas uma vareta de sustentação são extremamente robustas e aguentam boa carga de ventos. Por isso fiz a ressalva "abrigada", até para não criar falsas esperanças - especialmente diante do fato de que não existe barraca "indestrutível".

Grande abraço!
Avatar do usuário
gvogetta
Colaborador
Colaborador
 
Mensagens: 2299
Desde: 03 Jan 2011, 11:51
Localização: Curitiba - PR

Re: Barracas AZTEQ

Mensagem não lidapor gvogetta » 05 Nov 2012, 11:48

EduIlha escreveu:Galera sou novo por aqui, e espero que vcs possam me ajudar em uma dúvida. Seguinte, ia compra uma barraca da Trilhas e Rumos Super Esquilo mas acabei encontrando uma da Azteq muito parecida com a da TeR, pelo menos por fotos. Estou falando da Azteq Katmandu. Se alguem conhece as 2 e puder me dar uma ajuda nessa escolha eu agradeço, pois não sei se existem diferenças do tipo "qual é a melhor" entre ambas, visto que elas são muito parecidas, tanto que arrisco dizer que tem o mesmo design.
Vlw aeh galera.


Olá Edu!

Então, conheço (apenas por fotos) essas barracas Katmandu da Azteq e realmente o design é idêntico à T&R Super Esquilo (o consagrado e famoso formato "iglu" ou "domo"). O design, entretanto não é garantia de que sejam iguais nos materiais e detalhes de acabamento/usabilidade. Como não vi nenhuma Katmandu "ao vivo" não posso avaliá-las e compará-las às Trilhas & Rumos Super Esquilo (que conheço muito bem).

Em teoria, apenas comparando as especificações técnicas de ambos os modelos, nota-se que a Katmandu é inferior no que tange à impermeabilização do sobreteto (1500 mm da Katmandu x 2000 mm da Super Esquilo) porém é um pouco mais leve (3,25 Kg x 3,8 Kg - isso comparando os modelos 2P).

O sistema de montagem das varetas em ambas é diferente também, sendo na T&R o tradicional sistema de trespasse em canaletas de tecido sobre o quarto, enquanto na Azteq se usa o sistema de montagem com "clips" (chamado de sistema Flex Max). Nesse quesito é difícil avaliar qual é melhor, mas tendo a confiar mais no de canaleta de tecido (T&R) pois se os ganchos (clips) plásticos não forem de boa qualidade, com o tempo tendem a quebrar (ataque dos raios solares) e deixam o usuário na mão. Em termos de tempo de montagem, com prática, na minha opinião, os dois se equivalem.

Abraço!
Avatar do usuário
gvogetta
Colaborador
Colaborador
 
Mensagens: 2299
Desde: 03 Jan 2011, 11:51
Localização: Curitiba - PR

Re: Barracas AZTEQ

Mensagem não lidapor ErichSan » 06 Nov 2012, 16:38

gvogetta escreveu:
Tamim escreveu:Após muito pesquisar, comprei a Katmandu 3/4 no site da Cioccari, que foi o mais barato em minhas pesquisas virtuais. Recebi dentro do prazo e fui montá-la dentro de casa para conferir se estava tudo ok. Ao montar o segundo jogo de varetas, encaixando as hastes, uma haste de fibra simplesmente abriu o encaixe de metal. Entrei em contato com a loja e com a Azteq, sendo que ambos responderam prontamente, encaminhando meu problema à Nautika, que é agora quem dá assistência às barracas Azteq. Entraram em contato, encaminhando um documento para postagem e hoje encaminhei todo o conjunto de varetas. Vamos ver como será o feedback. Não sei como estão as outras marcas, mas a garantia da Azteq é de seis meses, o que achei um pouco estranho, já que a maioria dos produtos hoje, exceto os ching ling, possuem garantia de um ano.

Tamim


Olá Tamim!


E aí, algum retorno sobre o ocorrido com a barraca? Tem como falar um pouco mais ou até postar alguma foto deste incidente? Já usou a Kathmandu em algum acampamento?

Ninguém por aqui ainda deu um testemunho sobre estas barracas, tu é o único que soube ter comprado uma...

Abraço!


EduIlha escreveu:
Galera sou novo por aqui, e espero que vcs possam me ajudar em uma dúvida. Seguinte, ia compra uma barraca da Trilhas e Rumos Super Esquilo mas acabei encontrando uma da Azteq muito parecida com a da TeR, pelo menos por fotos. Estou falando da Azteq Katmandu. Se alguem conhece as 2 e puder me dar uma ajuda nessa escolha eu agradeço, pois não sei se existem diferenças do tipo "qual é a melhor" entre ambas, visto que elas são muito parecidas, tanto que arrisco dizer que tem o mesmo design.
Vlw aeh galera.


Olá Edu!

Então, conheço (apenas por fotos) essas barracas Katmandu da Azteq e realmente o design é idêntico à T&R Super Esquilo (o consagrado e famoso formato "iglu" ou "domo"). O design, entretanto não é garantia de que sejam iguais nos materiais e detalhes de acabamento/usabilidade. Como não vi nenhuma Katmandu "ao vivo" não posso avaliá-las e compará-las às Trilhas & Rumos Super Esquilo (que conheço muito bem).

Em teoria, apenas comparando as especificações técnicas de ambos os modelos, nota-se que a Katmandu é inferior no que tange à impermeabilização do sobreteto (1500 mm da Katmandu x 2000 mm da Super Esquilo) porém é um pouco mais leve (3,25 Kg x 3,8 Kg - isso comparando os modelos 2P).

O sistema de montagem das varetas em ambas é diferente também, sendo na T&R o tradicional sistema de trespasse em canaletas de tecido sobre o quarto, enquanto na Azteq se usa o sistema de montagem com "clips" (chamado de sistema Flex Max). Nesse quesito é difícil avaliar qual é melhor, mas tendo a confiar mais no de canaleta de tecido (T&R) pois se os ganchos (clips) plásticos não forem de boa qualidade, com o tempo tendem a quebrar (ataque dos raios solares) e deixam o usuário na mão. Em termos de tempo de montagem, com prática, na minha opinião, os dois se equivalem.

Abraço!


Então vamos lá, pois é o seguinte... Comprei uma Katmandu 3/4 ao invés da SE 4, exatamente por que sou dessas de experimentar marcas que inspiram confiança porém ficam na incógnita e devo dizer que estou satisfeitíssimo com a compra. E fiz isso após ler este mesmo tópico onde ficava na dúvida... Decidi pela Katmandu 3/4 devido ao seu peso, que é 1,6KG inferior que o da T&R SE 4.

Já usei a mesma por três vezes, sendo que duas delas peguei chuvas MUITO fortes (relato no final do post). Por coincidência, ambas estive em Minas Gerais. Uma delas próximo ao bairro de Sobradinho, e outra em São Thomé das Letras.

Bem, pequeno review da mesma...

Montagem: Graças ao sistema 'Flex-Max', posso afirmar que a montagem da barraca é bem, mas bem mais rápida que passando pelo tecido - digo isso pois numa das vezes que acampei, chegamos com um grupo que tinha uma T&R 4, e nós terminamos de montar nossa barraca num tempo consideravelmente menor. Apesar disso, vale lembrar que a vareta utilizada para a porta do sobreteto é passada pelo tecido do sobreteto, aliás, esta é parte mais dolorosa da montagem da barraca, principalmente se estiver sozinho.
Agora, é claro, este fator sempre dependerá da experiência dos montadores.

Qualidade do Material: Não quero parecer saudosista, porém devo dizer que a mesma tem materiais de boa qualidade, levando em conta a barraca e sobreteto. As pregas do sistema FlexMax são resistentes, e inspiram confiança. As varetas são leves porém bem resistentes, na primeira montagem da barraca acidentalmente a vareta foi torcida mais do que devia mas não apresentou qualquer dano após envergar a mesma indevidamente.
A barraca em si devo dizer que é muito boa, o material utilizado no piso da mesma nunca deixou uma gota d'agua entrar nem mesmo sob tempestade. A ventilação é moderada: Se mal montada (sobreteto próximo a barraca) a mesma vira um forno. Além disso, é imprescindível fixar a 'janela' também para que fique aberta, caso contrário, vira um forno industrial ::hahaha:: ... Dentro da mesma tem um bolsinho, e as portas são duplas: Uma tela anti-mosquitos e uma para realmente fechar a mesma. Muito bom em dias quentes.
Ah, sim, a parte superior da mesma também é 'aberta' para ventilação, e é onde a noite é engraçado ver os bichos passando e tentando entrar... Só tentando ::otemo::

Já a respeito Sobreteto, o mesmo cumpre seu papel: Protege muito bem, SE bem montado. Ponto positivo pois ele é muito bonito, ponto negativo pois as pessoas ficam curiosas e olhando 'demais'.
Os demais componentes, como as estacas e cordeletes, bem... os cordeletes são, bem, cordeletes bons, e que secam rápido devo dizer. Resistentes. Porém as estacas poderiam ser de maior qualidade, apesar de sempre terem cumprido seu papel, após as chuvas e dias de acampamento (provavelmente devido ao chute de alguém nelas) as mesmas envergaram um pouco (02 de 12 se não me engano). Mas cumprem seu papel.
Deixa a desejar a empunhadura do saco de transporte, essa alça é um tanto quanto incômoda para carregar na mão por grandes distâncias (4-5km), mas para transporte breve é tranquilo. Já o saco em si me parece bom, bem apertado para colocar a barraca se mal comprimida - o que é um problema para quem está acabado no último dia de camping/trekking - mas que apesar disso se bem compactada a barraca ainda tem fitas compressoras para diminuir o volume da mesma, o que é muito bom para transporte na mochila.

Espaço Interno/Externo: Bem, Katmandu 3/4... Um tanto quanto sugestivo o nome. Diria o seguinte: Comporta até quatro pessoas médias (1,80m, 70kg) com conforto e algum equipamento dentro, caso estas não sejam frescas ou levaram a casa para o camping. Três pessoas com muita folga e todo o equipamento dentro. Sentados, já entraram até oito pessoas na barraca em círculo.

Experiência com a barraca: Peguei uma chuva muito, mas muito forte em Sobradinho (MG). Forte o bastante para (infelizmente, que Deus o tenha) matar um dos acampantes naquele local, devido a um raio. Durante 30 minutos caiu uma tempestade, caindo granizo por quase 10 minutos incessantemente, e o mesmo aguentou sem danos aparentes. Os ventos, devido a altitude do local em que estávamos, também eram excessivamente fortes, o que fazia a barraca envergar, porém mesmo assim a mesma resistiu, e a única água que entrou foi a que vinha de um 'sopro' devido ao vento fortíssimo na JANELA do sobreteto da mesma, daí a importância de fixar com cautela este ponto de modo que o sobreteto não toque a janela. Mesmo assim, o sopro não molhou nada do que estava dentro da barraca, era como uma daquelas borrifadas de um borrifador de produto de limpeza, porém ainda mais leve. Culpa do montador da barraca (eu) que não fixou a janela com o cordelete ::toma:: !
Em Abril deste mesmo ano, em São Thomé das Letras, foi uma das cinco barracas (de outras 15) a sobreviver em um acampamento. Todas as outras inundaram devido a forte chuva que caiu -> Vale mencionar que três dessas barracas que sobreviveram eram Trilhas & Rumos Super Esquilos 2 e 4. Forte o bastante para assustar os quatro ocupantes da barraca no momento que começou a cair, que acordaram gritando achando que tudo ia desabar... hahahaha :shock:
Uma outra vez que acampei, bem mais tranquila, o único porém foi o calor durante o dia (32C), mas que a noite rapidamente passava (20C) e não incomodava.

Por fim eu diria o seguinte... No fim, entre T&R SE 4 e AZTEQ Katmandu 3/4, dependem os seguintes fatores... Vai a pé? Transporte por longas distâncias? Precisa mesmo de uma barraca para até quatro pessoas se as últimas duas forem 'sim'? AZTEQ Katmandu 3/4.
Tem carro? É um brutamontes fortão? Acampa perto de onde fica? T&R SE 4. Se nenhum dos itens acima são de grande importância, eu iria pelo melhor preço + frete.
Se não há concorrência e a dúvida é a qualidade, EU compraria novamente. Agora, vale mencionar as boas práticas né...
Sempre montar a barraca com cautela, de modo atencioso, ninguém gosta de passar perrengue à toa, dormir desconfortavelmente... Sempre tomar cuidado onde montar a barraca, tomar os cuidados mínimos com a mesma, viajou? Lave, ou pelo menos tire a sujeira.

Fica aí o pequeno relato, posteriormente posso até fazer um review um pouco mais elaborado. Mas... para isso vou passar pelo teste final, dez dias na Chapada Diamantina com ela. Ah, e vai ficar estilo mansão, pois vão apenas duas pessoas.

Até a próxima,
Paz!
Avatar do usuário
ErichSan
 
Mensagens: 20
Desde: 19 Abr 2012, 11:38
Localização: São Paulo

Re: Barracas AZTEQ

Mensagem não lidapor gvogetta » 06 Nov 2012, 18:22

Olá Erich!


Valeu o review, bem esclarecedor. Obrigado!

Com isso se consolida a impressão de que temos mais um bom produto da Azteq para esse nicho de barracas, o que é sempre muito bem vindo.

A diferença de peso entre ambos os modelos - Azteq Katmandu 3/4 = 4 Kg e Trilhas & Rumos Super Esquilo 4 = 5,8 Kg (e também nos modelos de 2P, como já mencionei anteriormente), é realmente substancial e merece, a meu ver ser considerada, mesmo que para um camping ocasional de carro, especialmente por se tratar de produtos na mesma faixa de preços.

Saudações,
Avatar do usuário
gvogetta
Colaborador
Colaborador
 
Mensagens: 2299
Desde: 03 Jan 2011, 11:51
Localização: Curitiba - PR

Re: Barracas AZTEQ

Mensagem não lidapor EduIlha » 08 Nov 2012, 19:36

Valeu por esses esclarecimentos aeh pessoal, mas estive pensando e acho que comprarei uma azteq Nepal... :lol:
Eu até tenho uma SE, mas devido ao seu estado iria comprar outra, e fiquei nessa duvida...mas um amigo me aconselhou a Nepal, e eu me agradei dela, sem contar o tanto de pros que andei lendo sobre ela aqui ::otemo::
Msm assim obrigado a tds pela atenção em me responder.
EduIlha
 
Mensagens: 2
Desde: 04 Nov 2012, 15:25

Re: Aquisição do mês - Avaliação inicial Azteq Nepal (FOTOS)

Mensagem não lidapor Tiago Korb » 10 Nov 2012, 10:54

Felipe

Que bom que gostou do produto e compra! ::otemo::

Abraço

fbprevidi escreveu:Depois de muito namorar ela e pesquisar, finalmente comprei a minha Azteq Nepal!
Comprei pela Loja Clube Trekking, pagando honestos R$ 494,10 (com frete grátis).

O meu intuito é que ela seja "pau pra toda obra", que sirva tanto para o camping estruturado com os amigos tanto para um trekking pesado em regiões mais inóspitas. No meu caso ela vai estar substituindo a minha Nautika Indy 3/4, que embora sofra muito preconceito da comunidade eu considero uma boa barraca, até porque já peguei no mínimo dois perrengues com ela e nem uma gota d'água entrou. Possuindo um espaço interno muito grande, o seu porém é que além de ela ser pesada (4kg) e de montagem um tanto quanto trabalhosa... então a partir de agora a Nautika vai ficar pras opções de acampamentos "light", onde vou ter a companhia da namorada e não vou precisar carregar ela (a barraca ::lol4:: ) nas costas.

Mas falando sobre o que interessa, a qualidade dos materiais empregados na Azteq realmente me impressionou (talvez pelo fato de que eu venha de um produto Nautika e não tivesse contato com equipamentos mais técnicos), em especial a vareta e os specs. A vareta "Power Mesh" é muito robusta e quando instalada no dormitório ela fica bem tensionada, só que ao contrário das varetas de fibra convencionais ela passa uma segurança muito maior. Pelo fato de ela ser feita de uma liga metálica, além de conferir muito mais resistência, provavelmente não irá quebrar abruptamente como a fibra, e sim ir sofrendo deformações plásticas ao longo do tempo, não deixando o usuário na mão.
Os specs é mais ou menos a mesma linha de raciocínio: robustos e com uma bitola muito superior a dos specs convencionais, além de serem feitos de alumínio (o que vai evitar oxidação e ferrugem). Além disso vieram 14 specs com a minha barraca, sendo que são necessários "só" 10 para a fixação completa dela... 4 specs reservas para o usuário, pontinho extra para a Azteq ::cool::
Outra coisa que veio "bônus" a qual eu não sabia é uma espécie de "porta-trecos" que tu fixa no teto do dormitório, permitindo guardar objetos menores em um lugar que, de fato, não vai molhar sob hipótese alguma.
Por fim, outra coisa boa que eu considerei nesse modelo foi a facilidade e a qualidade da montagem dela... além de ser muito intuitiva, o sistema de fixação do sobreteto por meio de fivelas plásticas sempre deixa ele bem esticado e alinhado com o dormitório. Barraca sempre bem montada = Mais eficiência por parte dela.

Como contras não dá pra deixar de citar o clichê de que ela não é auto-portante. Embora isso tenha afetado a montagem dela indoor para que eu fizesse as fotos e consequentemente não me permitiu uma montagem adequada, acredito que isso não vá me atrapalhar na prática porque até hoje nunca acampei em lugares que não houvesse a possibilidade de fixar bem os specs no solo.
Também acredito que o espaço interno dela seja um pouco pequeno para duas pessoas... para uma pessoa é excelente, cabe todos os equipamentos sem problema algum, mas para ser conforável entre duas acho que só sendo um casal mesmo. Eu estava em dúvida entre a Nepal e a Minipack e agora com certeza estaria arrependido em ter comprado a Minipack, no meu ver vale muito a pena investir alguns R$ e mais e carregar algumas gramas a mais na mochila para dormir dentro de uma Nepal, que além de ter um espaço interno maior, já li que ela se comporta melhor em situações adversas como por exemplo o vento.
O último ponto que vale a pena ressaltar é algo que já foi citado por um membro aqui no fórum: pesando o conjunto todo a balança acusou 2,26kg e não os 1,95kg divulgados pela marca. Subtraindo o peso dos 4 specs extras + bolsa de transporte deve-se chegar aos 2,1kg de peso total da barraca. Não acho que essas gramas a mais vão fazer diferença, mas imagino que a Azteq poderia ter uma postura um pouco mais honesta na descrição do produto.

FOTOS: http://s215.beta.photobucket.com/user/previdi/library/Azteq%20Nepal
Relatos:
Transmantiqueira toda a pé + Serra dos Órgãos SP/MG/RJ: http://www.mochileiros.com/relato-transmantiqueira-toda-a-pe-serra-dos-orgaos-t60560.html#p638026
Desafiante travessia solo Monte Crista SC - Morro Araçatuba PR: http://www.mochileiros.com/desafiante-travessia-solo-monte-crista-sc-morro-aracatuba-pr-t53375.html#p563270
Imperdível travessia Monte Crista - Morro Garuva SC: http://www.mochileiros.com/imperdivel-travessia-monte-crista-morro-garuva-serra-do-quiriri-sc-t47163.html
Caminho do Itupava PR – 5º dia da Expedição SC/PR: http://www.mochileiros.com/caminho-do-itupava-pr-5-dia-da-expedicao-sc-pr-t54074.html

"A natureza é o único livro que oferece conteúdo valiosos em todas as suas folhas." Johann Goethe
Avatar do usuário
Tiago Korb
Colaborador
Colaborador
 
Mensagens: 162
Desde: 13 Jan 2010, 17:12
Localização: Santa Maria RS

Re: Barracas AZTEQ

Mensagem não lidapor felipedourado » 13 Nov 2012, 16:20

Galera,

Ainda estou na minha pesquisa, mas acho que vou ficar com a Azteq - Katmandu 2/3. A dúvida era com sua rival T&R SuperEsquilo 2. Mas ainda tenho algumas dúvidas. Duas informações são colocadas como demérito para a Katmandu.

- Piso de lona (poliester)
- Autoportante

Gostaria de saber se o piso de sua rival (S.E) é também de poliester? E, caso seja, é um fato muito ruim o piso ser desse material? Outra coisa, procurei, mas não encontrei informações da autoportabilidade da barraca, alguém sabe dizer se a Katmandu é autoportante?

Abraços

Ps: Acredito que seja, mas vai a dúvida, as costuras são seladas como suas familiares Nepal e MiniPack?
Avatar do usuário
felipedourado
 
Mensagens: 29
Desde: 01 Nov 2010, 02:37
Localização: Campinas | São Paulo | Brasil

Re: Barracas AZTEQ

Mensagem não lidapor gvogetta » 14 Nov 2012, 10:58

Oi Felipe,

felipedourado escreveu:
[...] ainda tenho algumas dúvidas. Duas informações são colocadas como demérito para a Katmandu.

- Piso de lona (poliester)
- Autoportante

Gostaria de saber se o piso de sua rival (S.E) é também de poliester? E, caso seja, é um fato muito ruim o piso ser desse material? Outra coisa, procurei, mas não encontrei informações da autoportabilidade da barraca, alguém sabe dizer se a Katmandu é autoportante?

Ps: Acredito que seja, mas vai a dúvida, as costuras são seladas como suas familiares Nepal e MiniPack?



As Katmandu são autoportantes ao contrário de outros modelos da Azteq, como Minipack e Nepal. O design da Katmandu é exatamente o mesmo da Super Esquilo. As varetas (2) se cruzam no centro da tenda, formando um domo (formato Iglu, como se costuma chamar). Uma vez armado o quarto ele pára em pé sem a necessidade de se ancorar os espeques, podendo-se movimentar a barraca segurando pela armação. A terceira vareta é apenas parte do avanço, formando aquela área na frente da porta, e fica ligada ao tecido do sobreteto, não sendo portanto estrutural.

Sobre o piso creio que você se equivocou. Tanto a Katmandu (pelo que sei) quanto a Super Esquilo usam piso feito de polietileno, uma espécie de lona plástica, não poliéster como você se referiu. Nada contra o polietileno, que cumpre bem a sua função e é resistente - é que o polietileno é um material mais rústico e pesado do que o nylon e outras fibras sintéticas mais finas, por isso tende a ser preterido em barracas mais técnicas como as Nepal e Minipack.

E as costuras do sobreteto das Katmandu são seladas sim.

Abraço!
Avatar do usuário
gvogetta
Colaborador
Colaborador
 
Mensagens: 2299
Desde: 03 Jan 2011, 11:51
Localização: Curitiba - PR

Re: Barraca Katmandu 2/3 - Azteq

Mensagem não lidapor Poison » 19 Nov 2012, 15:51

E ae, o que tem achado dela?

to interessado em comprar também
Avatar do usuário
Poison
 
Mensagens: 17
Desde: 04 Dez 2008, 10:43
Localização: Bauru(nunca comeu um bauru?)/Campinas - SP

AnteriorPróximo

Voltar para Barracas: Marcas



Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante