Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Gig

Estados Unidos - Arquivo

Posts Recomendados

Ola!

adorei o site!

Gostaria de tirar uma duvida.Irei tentar meu visto ´para os Estados Unidos como turista para Chicago.tenho uma filha que reside la,legalmente,inclusive possui green card.Na hora da entrevista do visto,devo se perguntarem sobre parentes devo afirmar? E minha filha que esta me presenteando esta ida la,isso deve ser informado tbem.Nunca sai do Brasil,por isso não sei como funciona.Irei ficar hospedada na casa dela,isso deve constar,ou ajudaria a tirar o visto se colocasse algum hotel?

obrigada pela atenção

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se ela ja tem o green card é por que está legalizada eu opino que vc não deveria omitir mesmo por que é uma referência para comprovar o endereço, o ideal seria vc comprovar que não tem interesse em permanecer lá, e comprovar renda etc.

seria bom ela mandar o número do cartão e endereço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal, tenho algumas dúvidas:

Estou viajando pros EUA pela Continental Airlines, classe econômica.

1) quantos kg de bagagem posso levar, eu e minha esposa(malas e bagagens de mão)?

2) quanto em US$ posso trazer em eletrônicos e presentes em geral?

 

Grato!

roko

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Roko US$ 500 sem taxas o que passar vc paga 100%, na tua passagem consta na última página quantos kls vc pode levar na bagagem sem pagar excesso, o normal é duas malas cada um de 32 kl. Já estava respondido neste tópico.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou aos Estados Unidos final de Julho e vou ficar lá por 3 semanas. Quero trazer um notebook no valor de 1600 dolares. Tenho uma dúvida, tenho uma prima que tem cidadania americana, se ela comprar o notebook em nome dela e me der de presente ainda assim pago os 50% na alfândega?

Obrigado desde já!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só como exemplo se éla te der um noot ou uma tv seja qualquer coisa vc paga igual o que ultrapassar, cérto. Só não paga se éla estiver vindo e declarar a saída do produto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal, voltei hoje da California - fiquei 15 dias, cheguei em San Diego, aluguei um carro e subi até San Francisco. A viagem foi muito bonita (prometo descrevê-la melhor depois, estou meio cansada). Fui com meu marido e meus 2 filhos (um de 7 anos e outro de 8 meses - que não me deram trabalho algum).

Visitei muitos museus e fui a alguns lugares não muito comuns para atender aos desejos do meu filho de 7 anos.

Fui de United Airlines - o pior atendimento em terra que já tive na minha vida. Dica importantíssima para quem voa de United e volta para o Brasil pela United: vá para o balcão de vôos domésticos, no easy check in e passe o código de barras da sua passagem ou o código da reserva (coloque na tela o idioma português). Ninguém me deu esta informação, fiquei perdida por quase 2 horas nas filas, com muita gente grossa da United que não ajudava e quase perdi meu vôo. E olha quejá visitei 27 países e falo razoavelmente bem o inglês.

Parte boa da viagem: as paisagens são lindas e vi as cidades mais bonitas dos EUA (a arquitetura de San Francisco é linda, Monterey e Carmel são fofas, etc.)

Parte ruim: a comida é cara e não é tão boa quanto esparava. Os estacionamentos de San Francisco são muito caros (20 dolares por 2 ou 3 horas) e vi muita gente que não gosta de brasleiros (me ignoravam nos museus quando perguntava, ns restaurantes e até nas lojas). Os outlets premiuns são fantásticos mas um pouco distantes das grandes cidades.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 1 - San Diego

O fuso horário é de 4 horas a menos em San Diego, ou seja, você "ganha" 4 horas a mais neste primeiro dia.

Fiz escala em Chicago - a maior correria: o aeroporto é enorme (tem até um trenzinho lá dentro), tem que pegar as malas e correr para alfandega (corri tanto que nem me lembro direito onde descer quando pega o trenzinho, desculpa). No vôo de Chicago a San Francisco (de 3 horas e 30 minutos mais ou menos) só tem bebidas de graça.

Aeroporto de San Diego é tranquilo. Basta pegar o elevador, andar uns corredores e pegar o transporte para a locadora de carros (peguei a dollar - pegue os coupons que tem próximo ao balcão - você consegue descontos em quase todas as atrações da cidade).

Com estávamos famintos, fomos ao restaurante Red Lobster, que tem pãozinho de alho de graça e preços justos para camarão e frutos do mar (15US$ por prato em média, peguei um de 22US$ que deu para dividir). As porções são fartas e dá para completar com o pãozinho free (como sou pobre, né, vou para a California e fico falando de pãozinho de graça).

Dica importantíssima: tente levar um aparelho GPS com você (peça emprestado, compre em milhares de vezes no cartão). Para quem viaja de carro ele é essencial. Não conseguiria fazer esta viagem sem meu GPS. Aliás, foi o melhor investimento da minha vida. Comprei um palm com wi-fi aqui no Brasil (na Saraiva) e coloquei I-GO, que indica não apenas as ruas mas todos os lugares de interesse e como agora é moda nos EUA, todo lugar tem wi-fi, logo, dava para falar com a família de graça via skipe.

Fomos ver um porta-aviôes (muito legal para as crianças ou para quem gosta de aviões e helicópteros antigos), que está ancorado em san Diego e, agora, é um museu. É enorme e diferente, algo que não se vê todos os dias. Jantamos no burger king (2 sanduíches por 3US$). Tive que ir a uma loja de bebês me abastecer de fraldas, papinhas, comprei um carrinho novo e 1 cadeirinha para o carro). Terminamos o dia no outlet, comprando muitas coisas fofas para as crianças.

Ficamos em um Confort Inn Suites (depois pego o nome e endereço certinhos se alguém precisar) e paguei 62 US$, com café da manhã, estacionamento, geladeira e microondas no quarto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 2 - San Diego - Fomos ao Balboa Park. É um lugar muito bonito e enorme. Os edifícios são antigos e o parque é maravilhoso. Há 13 museus dentro deste parque. Acabei visitando o San Diego Natural History Museum (13US$ para adulto e 7US$ para criança, abre as 10h e o último ingresso é vendido até as 17h), o San Diego Air & Space Museum (meu marido e meu filho adoraram - 15US$ adulto e 6US$ criança, abre as 10h e só pode entrar até as 16h) e o Museum of Man . Todos são muito educativos, mas tem que falar um pouco de inglês para ser realmente um ótimo passeio. As crianças podem mexer em tudo e aprendem muito. O estacionamento é gratuito e é um lindo lugar para passear. Vale a pena visitar

Os restaurantes lá de dentro são bem caros. Logo, enganamos o estomago com lanchinhos e Mac Donalds e a noite fomos jantar no Deny´s (rede bonitinha, pratos razoáveis com preços entre 10 e 15 dólares).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 3 - San Diego - fomos ao Sea World. Adoro este parque (apesar de o de orlando, na Florida, ser melhor). Amo as baleias e os golfinhos. Como já conhecia o parque de Orlando, paguei o Back Stage Tour- não vale a pena, ainda mais porque fomos ao aquario de Monterey depois e vimos as mesmas coisas. Fiz o Dine with shamu, paguei 39US$ adulto e 19US$ criança para almoçar e ter um show particular com a shamu. A comida é boa, self service, e você vê a shamu bem de pertinho (não dá para passar a mão, sniff). Dica - veja o show da shamu inteiro e, quando ela for embora (ela não volta), vá comer. Ninguém me avisou que ela ia embora e comi correndo.Foi legal mas, para mim, o melhor foi passar a mão nos golfinhos (de graça!!!). Havia uma porta aberta no stadium onde ficam os golfinhos, entramos e um golfinho gostou e mim e ficou, literalmente, brincando comigo por quase 30 minutos (ele virava a barriga para cima para eu coçar, coisa mais fofa), até que veio uma menina desesperada me dizendo que eu não podia estar ali, que aqueles eram os golfinhos do show e que eu precisava ir embora. Fui embora, mas feliz. O dia foi ótimo e continuo amando as baleias e golfinhos. Tive que me segurar para não comprar outra baleia de pelúcia (são lindas). Gente, vou dormir, são quase 3 da manhã. Amanhã falo da minha estadia em Los Angeles e do fantático museu Getty (de graça e lindo!!!!). Um abraço a todos, Rosana

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este post está impedido de receber novas mensagens



×
×
  • Criar Novo...