Ir para conteúdo
Mateus PSG

Europa julho de 2014

Posts Recomendados

Bom galera é o seguinte: Viajarei em julho de 2014 (Primeira vez na Europa) e estou precisando de algumas ajudinhas, sobretudo de Portugal, que é um dos meus destinos e vou ficar pouco tempo em Lisboa.Vou viajar com meus pais e minha irmã. Vou colocar o meu roteiro para vocês me opinarem sobre ele, que já está quase fechado, as rotas aéreas já foram compradas.

Lá vai:

DIA 1: RIO/PORTO

DIA 2: CHEGADA NO PORTO PELA MANHÃ

DIA 3: PORTO

DIA 4: PORTO

DIA 5: PORTO/LISBOA (PRETENDO FAZER ESTE TRAJETO DE TREM PELA MANHÃ) O que acham?

DIA 6: LISBOA

DIA 7: LISBOA/LONDRES

DIA 8: LONDRES

DIA 9: LONDRES

DIA 10: LONDRES

DIA 11: LONDRES

DIA 12: LONDRES/PARIS (PROVAVELMENTE PELA MANHÃ)->Vale a pena fazer este percurso de manhã? ( eu quero conhecer algo logo neste dia)

DIA 13: PARIS

DIA 14: PARIS

DIA 15: PARIS

DIA 16: PARIS

DIA 17: PARIS

DIA 18: PARIS/RIO

 

Outras dúvidas : Como é o verão em Londres e Paris ? Tem algum lugar legal para passar o aniversário em Londres? rs

Agradeço desde já !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro Mateus,

 

Excelente seu roteiro! Londres ainda não fui, então não vou opinar (os amigos e parentes que já foram disseram que eh caro, porém muito legal! Vale cada milhão de reais gasto).

Porto, Porto mesmo, eh muito bacana. Cidade mais sui generis que já fui. Mas acredito que 2 dias sejam suficientes (até 1 mesmo), mas o bom eh que tem muitas outras cidades interessantíssimas perto. Não deixaria jamais de ir a Queluz e Sintra (dá para fazer de trem numa boa!) - embora seja até mais perto de Lisboa que de Porto. Em todo caso, 5/6 dias em Portugal está ótimo (Depois vc fala para a gente, mas eu apostaria que será o lugar que vcs vão gostar mais!)

Paris tb está bem dimensionado. Dá para fazer todos os pontos turísticos e ainda sobra tempo para conhecer lugares menos turísticos como La Defense ou Visitar Cidades como Reims (Champagne). Agora, se prepara para o calor! Eh quente... Tem muito velhinho que morre nessa época, mas para a gente que está acostumado com Bangu e Sulacap... Tranquilinho! rsrs

 

Se precisar de dicas mais específicas, conte com a gente.

 

europa-basico-16-dias-lisboa-roma-e-paris-t38177.html

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não posso lhe ajudar sobre Portugal, mas Londres e Paris está de bom tamanho.

 

Se você sair de Londres as 09:17, vai chegar em Paris depois do almoço, por que o fuso horário de Paris é uma hora a menos, ou seja, você perde a manhã toda em função de se deslocar para Paris.

 

Eu gosto de viajar no final da tarde/começo da noite, pois assim você tem praticamente todo o dia livre para passear em Londres, e no final da tarde quando você já está cansado de tanto andar você pega o trem e pode relaxar um pouco durante a viagem, e ir direto para o hotel dormir e descansar para acordar disposto para o dia seguinte.

 

Para a maioria das pessoas este esquema de viajar a noite funciona bem, mas para os mais ansiosos, pode ser complicado, pois a ansiedade e preocupação em não perder o trem acabam estragando este último dia, então essa é uma coisa que você terá que avaliar com base no perfil de vocês.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pelas dicas, mas eu queria sair de Londres um pouco mais cedo para poder aproveitas um pouco do dia em Paris, mas isso eu vou decidir um pouco mais tarde. Realmente, apesar de eu sabre o calor, receio que seja suportável para quem vive sob 500 C do Rio .rs

Outra dúvida é sobre aqueles passes, o Paris pass, Paris museum pass, Paris visite London pass, e o Lisboa Card, vocês acham que valem a pena ? Se sim quais?

Muito obrigado pelas repostas ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma coisa é encarar 35ºC dormindo confortavelmente em um hotel com ar-condicionado aqui no Brasil e outra bem diferente é encarar 30ºC num quarto de hotel quente, abafado e sem ar-condicionado em Paris ou Londres.

 

O calor é um fator muito importante para você avaliar quando vai procurar hospedagem na Europa, a grande maioria dos hotéis mais econômicos não está preparada para encarar temperaturas de 30ºC, que são relativamente comuns nesta época. É comum encontrar centenas de queixas de hospedes sobre o calor excessivo em muitos hotéis que não possuem ar-condicionado em todos os quartos.

 

Quanto aos Passes, se levar em conta somente a questão financeira, geralmente não valem a pena, pois eles incluem poucas atrações importantes e um monte de atrações não muito boas. Mas em compensação, oferecem algumas vantagens, como possibilidade de "furar filas" nos locais mais movimentados, acesso livre a todas as atrações, mesmo a aquelas menos famosas que você não entraria se tivesse que pagar a parte, o que as vezes pode revelar boas surpresas...

 

Mas para ter certeza se valerá a pena para o seu caso, só tem um jeito, liste os locais que desejaria visitar, pesquise os preços e compare com o valor do pass.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente, como o Adriano citou, esta questão do hotel é algo que eu não tinha pensado ainda, são tantas coisas para fazer que as vezes eu esqueço de detalhes importantes como este do ar condicionado, mas vocês acham que é realmente indispensável ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depende muito do quarto e da localização do quarto, se pega sol o dia todo, se é no ultimo andar, etc... Então mesmo um quarto sem ar pode ser bem agradável no verão se estiver na sobra e for bem ventilado, mas em compensação se pegar sol o dia todo, não for ventilado, será um forno... E como você viajará na época mais quente, eu daria uma olhada neste detalhe... Ainda tem bastante tempo, então dá para ver com alguma calma.

 

Tenho um casal de amigos que estava em Paris em Agosto, o hotel colocou eles num quarto muito quente, abafado e sem ar condicionado. No primeiro dia, eles falaram que estava OK, a temperatura não estava muito quente, mas no segundo e terceiro dias, estava um forno, tanto que eles até trocaram de hotel por que não quiseram colocar eles em um quarto melhor...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala xará!

 

Então, tbm sou da opinião de tirar um dia de Porto e colocar em Lisboa. Lisboa foi, de longe, a cidade que mais nos surpreendeu positivamente na viagem. É bastante agradável e você pode fazer diversos passeios muito legais. Como já adiantaram, a ida a Sintra é imperdível!

 

Sobre os passes, na época que eu fui eu pesquisei todos esses passes.

 

O Lisbon Card não valia a pena pq dava apenas descontos no que a gte queria ver e só valia a pena se realmente fôssemos em muitas atrações. No caso de Lisboa o que valia mais a pena é comprar a passagem combinada da Torre de Belém e do Mosteiro dos Jerônimos, duas atrações imperdíveis na cidade.

 

O de Londres tbm não valia a pena, mas não lembro agora o pq. O que você pode ver é que há compras combinadas que valem a pena. Por exemplo, dá pra combinar a London Eye e o Museu de Cera da Madame Tussaud numa compra só que fica mais barato do que comprar as duas atrações separadamente. Lá em Londres o que vale muito a pena é o cartão Oyester, do metrô. Você vai pagar algo em torno de 30 e poucas libras e vai poder andar no metro e nos ônibus a vontade durante uma semana. As passagens avulsas são bem caras (coisa de 4 libras cada) e vc vai usar muito transporte público em Londres. Vale a pena.

 

Em Paris o Paris Museun Pass vale a pena e o Paris Pass não. O Paris Museun Pass dá direito a furar fila e a entrar em diversas atrações que você vai entrar de qualquer jeito. Se fizer uma conta rápida vai ver que só o Louvre, a Arco do Triunfo, o Palácio de Versalhes e Les Invalides já vão pagar o passe. Nessas você vai com certeza! Então já ganha o benefício de furar fila. E você pode aproveitar outras atrações. Tem diversas que valem a pena. Fique atento à validade do passe, se não me engano há passes para 2, 4 e 6 dias. Num geral o de 4 dias já vale a pena, pois te dá tempo de ver mais coisas e o preço não é tão mais alto que o de 2 dias.

 

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em Londres a promoção mais interessante são os Tickets 2FOR1. Funciona basicamente assim: você compra 1 Travel card de 1 dia da National Rail para cada pessoa, com ele você pode andar ilimitado no metro/ônibus por 1 dia e pode comprar 2 ingressos pelo preço de 1 em alguns atrações, entre elas London Eye, Madame Tussaud, Tower of London, etc...

 

Para quem viaja acompanhado, é uma excelente oportunidade, então vale a pena fazer is ao menos em 1 ou 2 dias. Procure no google por London 2 for 1 para maiores detalhes e atrações válidas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu até estava querendo colocar mais um dia para Lisboa, mas no Porto, além de conhecer a cidade vou visitar alguns amigos do meu pai, por isso vou gastar mais tempo nesta cidade. Quanto aos ''Tickets 2FOR1'' esta era uma das minhas ideias, eu vi e achei bem interessante, para Londres eu acho que talvez seja uma boa. Uma dúvida sobre ele é se eu posso comprar todos os travel cards de uma vez só ou se eles devem ser comprados no dia que vou usar, e neste caso não seria necessário o Oyster né ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tiaziana, muito obrigado pelas respostas, eu também moro no Rio e sofro com o calor, enfim, o hotel que me indicou é bem legal, mas qual você acha que é o melhor ?) no quesito localização)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quando estive em Londres, comprei o travel card no dia mesmo na estação Waterloo, mas acho da sim para comprar antecipadamente.

 

Se você comprar um travel card para cada dia não precisará de oyster. Mas quiser economizar e se conseguir organizar bem o seu roteiro, não necessitará usar o tube muitas vezes, no máximo 2 vezes ao dia. Nestes casos pode ser interessante combinar oyster e travel card, você compra um travel card para os dias que for visitar as atrações cobertas pelo 2For1 e nos outros dias usa o oyster. mas muitas vezes a economia não compensa o trabalho, se não quiser esquentar a cabeça, compre um travel card para cada dia, a diferença de custo não será significativa para valer a pena esquentar muito a cabeça...

 

Quanto a hospedagem, em Londres, eu fico sempre nos hotéis da rede easyHotel, são equivalentes aos da rede Tune Hotel. Pessoalmente eu gosto do easyHotel Earls Court, fica numa região relativamente tranquila e não fica distante do centro, e costuma ser bem barato.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então, cada dia que passa surgem mais dúvidas, e uma que lembrei agora foi quanto ao dinheiro. Eu sei que está é uma questão um tanto pessoal, já que cada um tem seus tipos de gastos, mas eu queria que vocês me ajudassem. Eu pretendo tomar café da manhã em alguma cafeteira perto do hotel, almoçar fora e jantar no hotel com coisas compradas no mercado. Considerando que é uma família de 4 pessoas, vocês acham que um orçamento de € 65 por dia por pessoa, na zona do euro é suficiente ?

Obs : Esta quantia é só para alimentação.

Valeeeeu ::otemo:::mrgreen:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como você mesmo já falou, o quanto você irá gastar depende muito das suas escolhas, mas se lhe ajudar, posso passar os valores aproximados que gastei com alimentação quando estive em Londres no ano passado.

 

- Café da manhã: O meu hotel ficava entre uma cafeteria da Starbucks e um supermercado, então toda manhã eu ia no supermercado e comprava uns 2 ou 3 Croissants, brioches, ou outro item que estive fresco na padaria do supermercado, aproveitava para pegar também um suco, uma fruta ou algum iogurte, o valor do supermercado sempre ficava em torno de 4 ou 5 Libras. Na volta para o hotel, passava na Starbucks e pegava um café para viagem por 2 Libras. Total de gastos com café da manhã entre 5 e 6 Libras por dia. Em Paris e Amsterdam, o café da manhã estava incluso na diária do hotel.

 

Almoço: Tem dias que você só percebe que não almoçou lá pelas 3 da tarde, nestes dias fui de sanduíche mesmo, custa umas 3 Libras ou 4 a 5 Euros. Um almoço em um restaurante simples, custa a partir de 10 Libras ou 15 Euros mais a bebida, mas como todos são "a la carte", depende do que você escolher.

 

Jantar: McDonalds, Subway, pizza, etc... Entre 4 e 7 libras ou 5 a 8 Euros...

 

No final deu um média gastos de 35 a 40 Euros por dia por pessoa. Isso sem contar 2 dias que resolvi "chutar o balde" e gastei 40 Euros por refeição num lugar bom...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

PS.

Em Londres, não deixe de comer um autentico Fish and Chips ao menos um dia, e no outro tomar um autentico café da manhã inglês(Full English Breakfast).

Em Paris, não deixe de ir ao menos a uma brasserie, nem que seja para fazer um lanche no meio da tarde.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O café da manhã em Londres não é para qualquer um, hehe. Não é à toa que muitos hotéis não oferecem café da manhã. Quem quiser entender, jogue "black pudding" no Google e leia a descrição...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Marcos, já ouvi dizer que é possível encontrar "black pudding" em café da manhã na Inglaterra, mas nesses anos todos morando e viajando pelo país eu nunca vi. Até hoje o "full english breakfast" que peguei sempre consistiam em bacon, ovos, linguiças (normais), feijão com molho adocicado, cogumelos, tomates e pão. Mas todos os lugares oferecem também café da manhã "continental", pão geléia etc nada de excepcional.

 

Quanto ao "black pudding" (embutido de sangue) não é uma invenção britânica. É uma coisa super comum ao redor do mundo, o primeiro lugar que eu comi embutido de sangue foi...no Brasil. Quando eu era criança meus pais compravam no mercado público, no Rio Grande do Sul é conhecido pelo nome de "morcilha" (influencia dos hermanos, que chamam de morcilla), mas pelo que ouvi dizer em outros lugares do Brasil é encontrada com o nome de "morcela". Eu sempre gostei de morcilha e quando encontro em restaurantes aproveito para experimentar uma receita diferente, já que cada lugar apresenta variações. A morcilha mais gostosa que já comi até hoje foi na França, onde leva o nome de "boudin noir". Para vc ver, o que é nojento para uns é uma iguaria para outros :)

 

Quanto a pergunta do viajante: semana passada estive em Londres e almocei num restaurante (entrada + prato principal) por 10 libras. Foi na região bem central entre as estações de Leicester Square e Covent Garden, passei por outros restaurantes com preços similares para o almoço. O preço de almoço na Inglaterra nunca inclui bebida, mas não há vergonha alguma em pedir água da pia ("may I have a glass of tap water, please"). Tanto na França como na Inglaterra é perfeitamente aceitável beber agua da pia em restaurantes (tanto que alguns restaurantes já trazem uma jarra e colocam na mesa). Não há necessidade em gastar com bebidas se não estiver afim. Janta é sempre mais caro que almoço, mas alguns restaurantes fazem promoções antes das 19h. Em qualquer supermercado na Inglaterra vc encontra ótimas opções de comidas prontas, para quem tem acesso a um micro-ondas. Não li todo o tópico então nào sei se vc está ficando em hotel ou apartamento com cozinha; um site otimo para encontrar acomodação com cozinha é www.airbnb.co.uk na minha experiencia é mais economico que ficar em hotel. Viajando em 4 pessoas deve ser muito mais vantajoso, boa viagem!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Legal, Adri, quando planejei viagem para Londres me alertaram sobre o black pudding (afinal, pela aparência, pode parecer chocolate ou coisa parecida, hehe). E a grande maioria dos hotéis que pesquisei não ofereciam café da manhã, concluí que deveria ser pelas reclamações dos hóspedes.

 

De fato, o que é bom para uns pode não ser para outros, mas creio que você há de concordar que pudim de sangue cozido não deve ser algo muito popular.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É mais fácil você achar black pudding aqui no Brasil do que em Londres... Morcilha é uma iguaria comum aqui no sul do Brasil, principalmente nas cidades de colonização alemã ou de influência espanhola. Quando ainda era viva, minha avó que era Austríaca sempre fazia "Blutwurst", nome em alemão para black puddin, e quando eu era criança comia frequentemente, lembro de que não era ruim, era até gostoso... hehehe

 

A última vez que comi black pudding foi em Paris no ano passado, lembro que estava nos cardápios da maioria dos resturantes. Não estava igual ao que a minha avó fazia, mas estava bom... Quando pedi, o garçom até perguntou 2 vezes se eu sabia o que era que eu estava pedindo... hehehe

 

E o Full Englhish Breakfast é como a Adriana comentou, bem comum, nenhum ingrediente exótico, serve praticamente como um almoço, neste dia você só precisa fazer um lanchinho leve no almoço... Claro que se você for mais para o interior, ou num lugar que sirva comidas mais tradicionais, pode achar algo mais exótico, mas por onde os turistas andam em Londres, é bem difícil...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×