Ir para conteúdo

[Arquivo: 2006 - 2012] Barracas: Qual comprar?


sonhador

Posts Recomendados

  • Membros de Honra

jorge,

 

não existem falcon 2 com varetas de alumínio. ela vem com varetas de fibra. e são mais leves do que eventuais substitutas que vc coloque de alumínio, que vc teria que comprar na decathlon, a quase noventa reais 4,5 metros. a falcon 2 usa duas varetas de 3,5 metros. e o peso por metro é mais leve que as varetas de alumínio vendidas na decathlon.

 

dá pra mudar os espeques, diminuindo no máxio uns 100 gramas no total. a troca vale pra usar espeques maiores e mais largos dos que os que vêm nela.

 

ela não é muito mais resitente que outras barracas da náutika não. mas é baratinha.

 

e por outro lado, tem um sobreteto que vêm até o chão (ao contrário de um outro modelo, a fit panda 2...). e é bem baixa, o que a torna mais resistente ao vento que outras barracas da náutika, maiores.

 

o que ela vai exigir de vc é cuidado ao montar, aliás, o mesmo cuidado que teria que ter com os outro 4 modelos leves. muitos dos problemas que o povo têm com barracas da náutika decorrem do tamanho grande e de montagem mal feita. modelos grandes sofrem muito mais com vento e mal montada, qq barraca pode entrar água ou sair voando. e os casos de varetas de fibra quebradas normalmente são também de barracas grandes. quanto mais longa a vareta (de qq material), mas fácil quebrá-la. é só pensar num cabo de vassoura. qq um quebra um cabo de vassoura inteiro. agora, se te derem um pedaço do mesmo cabo, de 20 cms, e pedirem pra quebrar com as mãos, fica difícil.

 

a falcon 2 tem apenas um metro de altura, é mais baixa que minha manaslu. só isso por si só a protege muito do vento. ela tem que ter o sobreteto montado amarradinho à armação (coisa que muita gente nunca faz, nem sabe pra que são aquelas fitinhas dentro do sobreteto). e o ideal é amarrar também os estabilizadores laterais, as cordinhas que saem da lateral da barraca. devidamente bem montada, ela usa 10 espeques. olha essa foto do site:

falcon2_fto.jpg

 

ela tá montada com os 10 espeques. olhe a lateral. não apenas tem um espeque na ponta do cordim de estabilização lateral, mas tem outro espeque também no meio da lateral.

 

montada assim, e montada nos lugares certos (ou seja, sem ser no cume de algum morro, mas em alguma lateral mais protegida do vento), essa barraca dá conta do recado (hum, vai ter um monte de gente se arrepiando ao me ouvir dizer isso), em trilhas brasileiras. é uma questão de conhecer, de saber fazer, e vc não terá maiores problemas. tem um doido no orkut que faz um monte de trilha com uma fit panda 2/3. mas como ele sempre ressalta, ele toma mais cuidado que a média na hora de montar a barraca. pra ele satisfaz as exigências. lembre que há quem faça trilhas sem barracas, apenas com um toldo de bivaque. essa barraca, a falcon 2 dá mais proteção que um toldo de bivaque.

 

tudo é uma questão de saber fazer - know how. quem sabe se virar se acha no mato com uma bússola e um mapinha. quem não sabe, se perde até com mapa, bússola e gps. o mesmo serve pra qualquer outro equipo. quem sabe andar faz trilhas brasileiras de tênis ou papete, se quiser (ou bota tb). quem não sabe necessariamente vai prcisar de uma boa bota~.

 

é isso.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 937
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros de Honra

E no quesito estabilidade/resistência?

Ok, as geodésicas são melhores neste quesito, mas entra a questão peso/preço e elas ficam desinteressantes pra maioria, quanto mais quando não se vai para lugares de condições extremas, tipo Patagônia, Andes, coisa assim.

 

Vejo como quesito fundamental numa barraca o fato de ser auto-portante. E descobri que não existem apenas as geodésicas e as iglu, mas outros formatos derivados, especialmente na questão estrutural e cruzamento de varetas, justamente o que eu entendo ser fundamental no quesito resistência/estabilidade.

 

Vamos tomar por base o Brasil, Pico do Paraná, Petro-Tere, Serra Geral.. condições de vento bem desfavoráveis, não raro batendo na casa dos 60 km/h (quem já pegou sabe que isso é muito vento!)

 

Olhem este modelo da Marmot, a Zonda: uma vareta que nas pontas se abre em V invertido. Veja que há duas varetas transversais que apenas alargam o teto, não parecem realmente sustentar nada:

2801_117.jpg

Dentro da mesma marca temos também a Aura: numa diagonal há uma vareta normal, estilo iglu, mas em vez da outra diagonal contar com outra vareta igual, no clássico X, cada vértice tem sua própria vareta menor, que acaba no meio do teto, "abrindo-o"

2920_117.jpg

Depois, há a clássica Earlight, uma iglu com armação em X:

2713_9198.jpg

 

Todas elas são para duas pessoas, as duas primeiras tem preço na casa dos 290/300 dólares. A última está na faixa dos 200. Peso e área semelhantes. A Aura imagino ser mais espaçosa, pois as varetas desencontradas a deixam mais ampla.

 

Agora, nas situações antes relatadas de clima (montanha brasileira), qual delas se daria melhor? Não digo dos modelos específicos, que me parecem pouco ventilados para nosso clima, mas sobre o tipo de armação...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

cacius, não sei como é a resistência destas barracas a vento.

 

a marmot as coloca na divisão ultralight, não na divisão expedition. mas claro que todo tipo de cruzamento de varetas forma triângulos, estruturas normalmente mais resistentes a deformações causadas pelo vento. tá certo que das mais resistentes do mundo estão as warmlite, que eles alegam reisistir a ventos de até 160 milhas por hora, o que dá 257,5 kms por hora. e são túneis. mas são barracas baixas, muito baixas.

 

a questão q que vc coloca é extremamente importante: resistência a vento. uma barraca geodésia ou semi-geodésica é mais resistente, pela armação "trançada". uma barraca que tenha uma armação como esta aqui, com certeza resiste bem:

barracas_discoveryl1.jpg

 

é uma manaslu discovery light, que usa um sistema também usado por outras boas barracas, como a tadpole 23 da the north face (http://www.thenorthface.com/webapp/wcs/stores/servlet/ProductDisplay?productId=10429&storeId=207&catalogId=10201&langId=-1&from=subCat&parent_category_rn=11750&variationId=56H),

 

ou a helion 2 da mountain hardwear:

OU9422x.jpg

 

essas barracas resistem a muito vento, sendo qq uma delas muito boa pra estas regiões que vc citou, ainda sobrando barraca!

 

mas o preço ou o peso pesam.... a mais leve é a helio 2 da m. hardwear, mas olha o preço! 395 doletas!

 

ora, acabamos ter que nos virar com o que temos disponível aqui.

 

autoportante usável de verdade abaixo de 2 kg só a falcon 2, da náutika, e com todas as recomendações de sempre, que já listei no post anterior. tendo que recorrer a todas as ancoragens possíveis e com as recomendações de boas escolhas de lugar para armar a barraca, e reforço de silicone nas costuras....

 

já acima de 2 kg, vc tem mais escolhas, dentre as quais as manaslu. a comet, por exemplo, tem duas armações, mas que se cruzam duas vezes... como a cota 2 da trilhas e rumos.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Alô para todos deste fórum, li todos os tópicos deste fórum e não encontrei nada falando sobre as barracas da eureka. Estou pensando em realizar a travessia Petrópolis-Teresópolis lá para maio ou junho, tenho uma barraca antiga da colleman e uma trilhas e rumos super esquilo 3/4 (muito grande e pesada), e gostaria da ajuda de vocês para comprar uma barraca que aguente frio e vento.

Gostei muito da Eureka Spitfire 2

Desde já agradeço a ajuda.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra
Alô para todos deste fórum, li todos os tópicos deste fórum e não encontrei nada falando sobre as barracas da eureka. Estou pensando em realizar a travessia Petrópolis-Teresópolis lá para maio ou junho, tenho uma barraca antiga da colleman e uma trilhas e rumos super esquilo 3/4 (muito grande e pesada), e gostaria da ajuda de vocês para comprar uma barraca que aguente frio e vento.

Gostei muito da Eureka Spitfire 2

Desde já agradeço a ajuda.

 

vcc quer uma barraca pra frio e vento ou só pra vento, que é o caso da serra dos órgãos? pq aqui no brasil não usams barracas pra frio. o máximo que se pega é menos 10 ou 12 em algum cume no inverno e com massa de ar frio. isso não justifica o uso de uma barraca 4 estações aqui no brasil, pois gera muita condensação. e são mais pesadas.

 

pra condições brasileiras, uma barraca 3 estações com esse modelo da eureka dá pro gasto sim. ela tem uma boa área telada. e tem uma razoável resistência a vento.

 

pra entender o que é frio, uma imagem:

20060816oursweethomeat18000feet.JPG

esse cara estava a 5.400 m de altitude.

 

lembrando que montanha brasileira não é montanha. aqui não neva, e praticamente não temos nada muito acima dos 2.000 metros de altitude.

 

e também no quesito vento, raramente os ventos aqui passam de 60 ou 80 km/h.

 

barracas de alta montanha precisam às vezes resistir a ventos acima de 150 km/h. as wuarmlite resistem até cerca de 250 km/h.

 

agora, pra ver o que é resistência a vento:

front_LG.jpg

 

tent2_LG.jpg

 

a barraca é uma mountain hardwear trango, barraca de expedição das melhores do mundo.

http://www.mountainhardwear.com/Product.aspx?top=1428&prod=2125&cat=1446&viewAll=False

isto sim é que é resistir a vento!!!!! :mrgreen::mrgreen::mrgreen::mrgreen:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Ogum, valew a dica!

 

Estou quase optando por uma nautika mesmo,é bem fácil de achar e barata. Ja a quechua t2 ultralight acabou e não tem previsão de chegada. E tenho uma ilha bela 4(nautika) que uso para camping, e nunca passei apertado com ela, mas como vc mesmo disse montagem é fundamental, sempre tenho muita atenção ao montar.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Mais uma questão...

 

A nautika Falcon 2 possui o sobreteto de "Poliéster 190T impermeabilizado com Poliuretano em 800mm de coluna d´água." acho a impermeabilização fraca comparada com as outras maracas como azteq por exemplo.

 

Esse sobreteto suporta nossas fortes chuvas?

Tem como melhorar essa impermeabilização com algum produto?

 

Obrigado

 

Jorge

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

não é tão fraca não, se vc lembrar que se o sobreteto estiver bem armado, ele nunca receberá 800 mms de água em cima: a água simplesmente escorre. e 800 mms de água é uma dessas tempestades de destruir cidades com cheias horrorosas.

 

tá certo que o brasil tem chuvas fortes, mas muita barraca não tem toda essa impermeabilidade e funciona bem, desde que bem montada.

 

agora, tem muita gente que sem saber fazer as coisas, compra uma náutika ou capri ou mor, toma um banho dentro da barraca e daí passa a procurar aprender a fazer as coisas, e compra outra barraca, achando que o banho anterior foi culpa única e exclusiva da barraca.....

 

algumas barracas dão problema sim. o leo tem uma coleman que entrou água, mas ele reforçou a impermeabilidade e ela ficou legal. vc pode fazer isso.

 

nas costuras, se não esttiverem impermeabilizadas, é só passar por dentro uma camadinha de silicone. e o tecido, basta passar scothgaard. mas não vejo necessidade disso numa barraca nova. preimiro teste. se num dia, numa borrasca, com a barraca bem montada, mesmo assim entrar água, reforce.

 

agora, muita gente confunde condensação com entrada de água. não é a mesma coisa. no PP, recentemente, eu e o cacius dividimos a mesma barraca, uma t&r superesquilo 2. quando acordamos a danada tava úmida por dentro. era condensação do vapor das nossas respirações: não havia chovido à noite, embora o ar estivesse úmido.

 

é, essa barraca tem a vantagem de ser barata e facilmente encontrável. se não vai pra patagônia, nem enfrentar o katrina, com os devidos cuidados ela deve dar conta.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.

×
×
  • Criar Novo...