Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

matiasp9

Ushuaia de Moto em 19 dias - 10.490km

Posts Recomendados

Olá galera... há poucos dias finalizamos a mais dificil e espetacular viagem feita de moto até agora... saímos dia 25 de dezembro e retornamos dia 12 de Janeiro. Foram 19 dias e 10.490km de muita emoção sobre 2 rodas, destino final Ushuaia! Vou relatar, o diario da nossa viagem e espero trazer para voces um pouco do que foi essa aventura, e quem sabe motivar ou ajudar alguem que pretende chegar a esse destino único!!

 

Nosso roteiro foi: RS > Bariloche > Carretera Autral > Ruta 40 > El Calafate > Ushuaia > Retorno pela RN3 > Buenos Aires > Colonia > RS

 

fomos em 5 motos, sendo somente eu de garupa!!

- CBR 600 F (Matias e Jana)

- Hornet (Jociel)

- XJ6F (Marcelo)

- HD Fat Boy (Miguel)

- HD 883 (Marcio)

 

Ja temos alguma coisa relatada no BLOG http://www.aduaneirosmc.com.br/, mas a partir de agora farei o relato detalhado!

 

ai vão algumas fotos pra começar!!

 

DSC07922_compressed.jpg

DSC07970_compressed.jpg

DSC08221_compressed.jpg

DSC08277_compressed.jpg

DSC08450_compressed.jpg

DSC08517_compressed.jpg

DSC08679_compressed.jpg

DSC08694_compressed.jpg

DSC08715_compressed.jpg

DSC08806_compressed.jpg

 

um abraço e sigam acompanhando...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

show, acompanhando o relato também ::otemo::

 

Esse ano fui até o começo da Carretera Austral em Puerto Montt, passando por Montevideo, Colonia, Buenos Aires e Bariloche, em uma próxima viagem quem sabe até o Ushuaia.

 

Tirei uma foto na estrada a caminho de Neuquén quase no mesmo ponto que você, no final do trecho cheio de buracos no asfalto.

 

IMG_5485_zps6eb2551e.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 1 - 1077km - Erechim-BR a Parana-ARG

 

Finalmente o dia chegou, hora de partir... difícil acalmar os ânimos nessa hora, os medos de sempre estão a nossa volta: Será que trouxe tudo? A moto vai aguentar? Ninguem vai passar mal? O dinheiro vai dar? etc... O único remédio para isso é pegar a estrada! O grupo que se encontrou em Carazinho/RS, posto do avião às 7hs, O Jociel chegou de Erechim e o Miguel de Chapecó/SC. Motos abastecidas e a foto obrigatória da saída. PARTIMOS.

 

A manhã fluiu bem, boa temperatura, sem trânsito... Pouco depois do meio dia já estávamos em Uruguaiana/RS, sendo que nos últimos 150-200km o calor já ficou insuportável. Sem filas na aduana, o processo foi rápido, cerca de 30min estavamos "listos". O policial argentino solicitou os documentos e pediu que fosse mostrada a CARTA VERDE, que já haviamos feito antes de sair de casa (sai mais caro mas isso poupa um bom tempo e incomodação depois).

 

Nem bem paramos no posto 50m adiante, um cambista já nos atacou oferecendo pesos. Importante nesse momento que vive a Argentina, aproveitar o mercado "paralelo", onde o peso custa quase metade que o oficial. Levamos dolares e reais para fazer os câmbios pelo caminho. Cada um trocou cerca de U$ 500, sendo que a cotação foi de 1U$ = 9 pesos. 1R$ era trocado por 3,33 pesos. Boa troca.

 

Não almoçamos, era feriado e tudo estava fechado, seguimos viagem. Nos atrapalhamos um pouco no trevo, mas seguimos certo pela RN14. Depois de um trevo novo que estão construindo, se pega a RN127, caso contrário iriamos para Buenos Aires. Havia um posto novo no trevo, mas teriamos que fazer o retorno, seguimos em frente... Passados 100km sem uma árvore, muito calor e nenhuma cidade paramos em um vilarejo, que se resumia a um posto de gasolina sem gasolina e uma estação rodoviária fechada.

 

Ainda faltava um bom trecho até Federal, encontramos por sorte um Mercado/Oficina/Posto de fundo de quintal e colocamos uns litros para garantir a chegada até Federal e completar o tanque. Nisso a Harley do Márcio enroscou um chicote na roda traseira, fazendo com que ele ficasse sem a luz de freio e piscas. Aproveitamos a parada para consertar tudo, comer uma coisa e repor os líquidos.

 

Seguimos, com um calor próximo dos 40°C, essa parte da Argentina sempre é terrível. Fomos presentados com uma parada da famosa Policia de Entre Rios, mas dessa vez, só conferiram os documentos (tudo certo) e nos mandaram seguir. Chegamos em Paraná/ARG por volta das 19hs, horário da Argentina (lá não tem horário de verão), ficando no Buena Vista Hostel, mais detalhes AQUI(http://guiamotoviajante.blogspot.com.br/2014/01/argentina-parana-hostel.html). A noite se resumiu a uma tábua de carnes e frios a beira do Rio Paraná e Quilmes.

 

Resumo do dia: 1077Km

Média Consumo: 17,9 Km/L

Média Gasolina Brasil: R$3,10

Média Gasolina Argentina: R$2,80

 

MAIS FOTOS: http://www.aduaneirosmc.com.br/2013/12/saida-de-carazinho.html

 

[googlemap]https://maps.google.com.br/maps?f=d&source=embed&saddr=Erechim+-+RS&daddr=Paso+de+los+Libres,+Corrientes+Province,+Argentina+to:Paran%C3%A1,+Entre+R%C3%ADos+Province,+Argentina&hl=pt-BR&geocode=FbCPWf4dCvri_CmFiFwKxRPjlDGK9XBCfWt3pQ%3BFdKaOv4diPGY_CmhPz20xFxTlDGhVZPv5IHGpQ%3BFXiqG_4dxapk_CkxUoO58k20lTGa-lyq4L1OVQ&aq=0&oq=parana&sll=-29.702506,-56.362303&sspn=9.240245,16.325684&mra=ls&ie=UTF8&t=m&ll=-29.878755,-54.887695&spn=11.418542,13.183594&z=5[/googlemap]

 

Saída do grupo: 7h em Carazinho/RS

DSC_0194.jpg

 

Parada para almoço, abastecimento e mecânico, tudo no mesmo lugar

DSC07476.jpg

DSC07480.jpg

 

Tradicional parada na policia de Entre-Rios, dessa vez sem propina

DSC07483.jpg

 

Chegada no Hostel em Parana-ARG

DSC_0196.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 2 - 921km - Parana-ARG a General Acha-ARG

 

Saímos cedo para mais um dia corrido, são mais de 900km até General Acha, o planejado. Seguimos em direção a Santa Fé, passando pelo túnel sub-fluvial que conecta as duas cidades com 3km de comprimento. Bom lembrar que nesse trecho a moto paga pedágio. Depois disso se pega a auto pista Santa Fé-Rosário, também pedagiada (10 pesos a moto).

 

Mal passava das 10h o calor novamente começou a pegar, isso realmente desgasta bastante. Esse trecho não tem absolutamente nada de interessante, passamos por meia dúzia de pequenas cidades, nenhuma bonita. A única mudança na paisagem são as plantações de girassóis, pelo menos a gente se distraia um pouco. Encontramos 2 paulistas de BMW em um posto, estavam indo até Bariloche também. Acabamos nos encontrando em mais 2 postos... normal, a rota é a mesma para todos. Encontramos ainda mais um brasileiro, esse de Erechim/RS, nosso conterrâneo Marcelo(http://www.projetorodar.blogspot.com/), também de BMW. Pra variar um pouco, 2 argentinos de Falcon também. Por sorte após o meio-dia caiu uma chuvinha e a temperatura ficou boa.

 

Adentramos na província de La Pampa, oficialmente estamos na Patagônia!! Em Santa Rosa, capital da província, entramos para fazer compras em um mercado, aquilo que seria nossa janta! Chegamos ao nosso destino já com o sol se pondo, achamos umas cabanas e foi lá que ficamos, mais informações (http://guiamotoviajante.blogspot.com.br/2014/01/argentina-general-acha-cabanas.html). A janta, foi carreteiro, preparado pelo mestre Miguel, show de bola! No dia seguinte a expectativa era de menos calor e pela chegada a Bariloche!!

 

Resumo do dia: 921km

Média Consumo: 15,6 Km/L

Média Gasolina: R$2,38

 

MAIS FOTOS: http://www.aduaneirosmc.com.br/2013/12/estamos-em-general-achaarg.html

 

 

[googlemap]https://maps.google.com.br/maps?f=d&source=embed&saddr=T%C3%BAnel+Hernandarias&daddr=-36.1541004,-62.9801396+to:General+Acha,+La+Pampa+Province,+Argentina&hl=pt-BR&geocode=FbBEHP4dPspk_A%3BFQxV2P0d1f8-_CmDXx_T7yzClTFdA96X-SMlZw%3BFXCvxf0dFEgm_CnpuRjzsO7nlTHLzW9SHsBgIA&aq=0&oq=general&sll=-34.976002,-60.490723&sspn=8.719213,16.325684&mra=mrv&via=1&ie=UTF8&t=m&ll=-34.052659,-62.666016&spn=10.913906,13.183594&z=5[/googlemap]

 

DSC07505.JPG

Tunel Parana-Santa Fe

 

DSC07545.jpg

 

DSC07511.jpg

 

DSC07544.jpg

 

DSC07550.jpg

Pare-Olhe-Escute

 

DSC07555.jpg

La Pampa, aqui já é Patagônia

 

DSC_0197.jpg

General Acha

 

DSC_0213.jpg

Carreteiro gaucho

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 3 - 858km - General Acha-ARG a Bariloche-ARG

 

Saimos com o sol nascendo, estratégia pra fugir do calor... Até deu pra passar um friozinho, coisa boa... Saindo, ouvi um barulho com a moto em movimento, o Marcelo conferiu e viu que era o para-lama estava solto, faltando um parafuso. Mesmo assim, seguimos para fazer o reparo só na próxima abastecida.

 

A paisagem ficou relativamente bonita, diferente dos dias anteriores. Aqui se atravessa o Parque Nacional Lihuel Calel, não sei quais são os atrativos mas tem umas serras bonitas por aqui. Já começamos a cruzar com alguns animais na estrada como tatus e raposas. Esse trecho de asfalto esta precário, é necessário cuidado pra não pegar uma "panela" e acabar com a viagem, depois de Puelches melhora. Na abastecida, substitui o parafuso perdido por 4 cintas, deve aguentar...

 

Depois de 300km, chegamos a província de Rio Negro, muitos pinheiros e bonitas plantações. Mas o trânsito ficou movimentado, pista simples, não rende. Decidimos que almoçariamos em Neuquen, já na província de mesmo nome. Entramos no Carrefour da cidade, com a idéia de comer em algum restaurante do shopping... não havia nenhum. Para evitar maiores transtornos, fizemos um rancho lá mesmo, pão, queijo, salame e condimentos... Sem mesa, o rango foi no estacionamento mesmo... imagino o que pensaram os outros clientes hehehe...

 

Saindo de Neuquen, são mais 50km de trânsito complicado, depois a pista fica livre e a estrada rende. Passamos por diversas represas, todas de uma cor azul muito bonita. Logo vem a primeira visão das cordilheiras, é sempre um momente especial ver essas montanhas imensas cobertas de neve. Nesse ponto, a altitude não passa de 1100m mas o ambiente da cordilheira contagia mesmo assim, é uma sensação muito boa que nos toma conta.

 

A última parada para abastecer foi em Piedra del Aguila, aqui pegamos bastante fila no posto (primeira vez na viagem), mas foi bom pra descansar. Os últimos 100km são demais, uma curva após a outra seguindo o curso de um rio belissimo e rodeado por montanhas. Não é tão impressionante como os outros "pasos" de cordilheira que já percorremos mas mesmo assim é show! Aqui tem muito trânsito então não da pra bobear, os argentinos aceleram!!

 

Em Bariloche, a recepção é feita pelo Lago Nahuel Huapi, espetáculo total. Já com o sol se pondo, chegamos a hospedagem pesquisada, o Camping Petúnia(http://guiamotoviajante.blogspot.com.br/2014/01/argentina-san-carlos-de-bariloche.html), com opção de camping ou cabanas. Acabamos ficando com um quarto para todos, saiu mais em conta que acampar. Amanhã é dia de descanso e passeio por aqui, depois de quase 3000km rodados, fazemos uma pausa!!

 

Resumo do dia: 858km

Média Consumo: 15,9 Km/L

Média Gasolinal: R$2,49

 

MAIS FOTOS: http://www.aduaneirosmc.com.br/2013/12/dia-3-858km-general-acha-arg-bariloche.html

 

[googlemaps]https://maps.google.com.br/maps?f=d&source=embed&saddr=San+Carlos+de+Bariloche,+R%C3%ADo+Negro+Province,+Argentina&daddr=General+Acha,+La+Pampa+Province,+Argentina&hl=pt-BR&geocode=FWBajP0dOuS_-ynlYMggFXsaljFlmnvLl64Qgg%3BFXCvxf0dFEgm_CnpuRjzsO7nlTHLzW9SHsBgIA&aq=0&oq=bariloc&sll=-34.976002,-60.490723&sspn=8.719213,16.325684&mra=ls&ie=UTF8&t=m&ll=-39.266284,-67.939453&spn=10.202395,13.183594&z=5[/googlemaps]

 

DSC07574.jpg

 

DSC07601.jpg

 

DSC07610.jpg

 

DSC07629.jpg

 

DSC07697.jpg

 

DSC07700.jpg

 

DSC07703.jpg

 

DSC07715.jpg

 

GOPR7483.jpg

 

DSC_0214.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 4 - Bariloche-ARG

 

Reservamos o dia para descansar, passear e conhecer San Carlos de Bariloche. Passeamos no centro, fizemos algumas compras e almoçamos. A tarde, fizemos o "Circuito Chico", pequeno roteiro onde se passa por uma mata fechada e se tem vários ângulos da beleza do Lago Nahuel Huapi . Tentamos subir no teleférico do Cerro Otto mas devido ao vento, não estava operando. Acabamos subindo a estrada que leva ao Cerro Catedral, dar uma olhada na estação no esqui, é o maior complexo de esqui da América do Sul! Ainda deu tempo de entrar no museu do chocolate, que fica junto a fábrica da Havana. À noite, finalizamos com uma macarronada feita na própria cabana, espetáculo. Nos recolhemos cedo pois o dia seguinte promete, tem Chile e o temido rípioooo...

 

MAIS FOTOS: http://www.aduaneirosmc.com.br/2013/12/dia-4-bariloche-arg.html

 

[googlemap]https://maps.google.com.br/maps?f=d&source=embed&saddr=San+Carlos+de+Bariloche,+R%C3%ADo+Negro+Province,+Argentina&daddr=-41.047522,-71.522031+to:-41.100646,-71.493651+to:Acceso+A+Cerro+Catedral&hl=pt-BR&geocode=FWBajP0dOuS_-ynlYMggFXsaljFlmnvLl64Qgg%3BFR6qjf0dEam8-ymZaFAjgXUaljGtX_34KDiyIA%3BFZrajP0d7Re9-ymnesC7qnYaljG79hjnJpWPeQ%3BFazRi_0dMOK9-w&sll=-41.150223,-71.397743&sspn=0.075616,0.169086&mra=mrv&via=1,2&ie=UTF8&t=m&ll=-41.10833,-71.475677&spn=0.310419,0.411987&z=10[/googlemap]

 

DSC07724.JPG

 

DSC07751.JPG

 

DSC07796.JPG

 

DSC07800.JPG

 

DSC07809.JPG

 

DSC07824.JPG

 

DSC07864.JPG

 

DSC07886.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 5 - 437km - Bariloche-ARG a Villa Santa Lucia-CHI

 

Começamos nosso dia na famosa Ruta 40, estrada que atravessa a Argentina de norte a sul, trecho espetacular até El Bolsón, todo rodeado de montanhas com neve no cume e com muitas curvas para divertir a galera. Em El Bolsón abastecemos e tivemos uma grata surpresa, daqui em direção ao sul a gasolina recebe subsídios do governo, uma forma de incentivar o desenvolvimentos das regiões mais remotas. A partir de agora a gasolina sai por 6,80~7 pesos, o que em reais fica R$1,80 mais ou menos.

 

Seguindo na 40 a paisagem muda abruptamente, logo nos distanciamos das montanhas e a paisagem ao redor se transforma em um deserto típico da Patagônia Argentina. Tudo muito bonito, até pegarmos uma ventania assustadora... coisa de 80km/h. Já tínhamos visto relatos de caminhões tombados por aqui, mas encarar essa realidade na prática é outra história. Seguimos a 120km/h no inicio, depois 100 e por fim 80. Não dava pra andar mais rápido que isso. O vento nos mantém o tempo inteiro com a moto inclinada e as rajadas nos jogam de um lado pra outro da pista, coisa de louco!!

 

A situação melhorava ou piorava conforme a estrada mudava de direção ou algum morro nos protegia do vento. Foram 80km complicados até chegar em Esquel, onde saímos da RN40 em direção ao Chile. Pensei... se esse vento piorar mais ao sul não vamos conseguir... O vento pressiona constantemente o capacete contra a cabeça lateralmente e nos obriga a andar tortos na moto, cansa muito, principalmente o pescoço.

 

Seguimos em direção a Trevelin, e logo começa o rípio. No início andamos tensos, nossas motos não são para esse tipo de terreno, mas logo se acostuma. Dá pra manter um ritmo de 60km/h sem maiores problemas, as paisagens são difíceis de descrever, por isso as fotos. O rio Futaleufu que acompanha boa parte do trajeto é muito bonito, aqui a prática de rafting é a principal atividade turística da região. Chegando na fronteira argentina, notei que as cintas do para-lama tinha caído... substituímos por um pedaço de borraça e um arame.

 

Paramos para almoçar em Futaleufu, cidade no Chile. Aproveitamos para trocar os dólares por pesos chilenos. Começou uma garoa fina e decidimos não colocar as capas, pois essa chuvas rápidas estão nos acompanhando a vários dias. Seguimos em frente e logo todos estavam ensopados, nada a fazer a não ser seguir em frente e chegar ao nosso destino, Villa Santa Lucia.

 

Chegamos e as opções na cidade são precárias, conforme já era previsto. Achamos um hostel estranho, ficamos meio que hospedados com os próprios donos do lugar. Pelo menos tinha uma boa lareira, que usamos para secar as roupas. Comida também nada... o negócio foi usar o miojo que trouxemos junto. Amanhã começa oficialmente a Carretera Autral, mais rípiooo!

 

Resumo do dia: 437Km, sendo 173km de rípio

Média Consumo: 19,8 Km/L

Média Gasolina: R$1,84

 

MAIS FOTOS: http://www.aduaneirosmc.com.br/2013/12/dia-5-437km-bariloche-arg-villa-santa.html

 

[googlemap]https://maps.google.com.br/maps?f=d&source=embed&saddr=San+Carlos+de+Bariloche,+R%C3%ADo+Negro+Province,+Argentina&daddr=RN+259&hl=pt-BR&geocode=FWBajP0dOuS_-ynlYMggFXsaljFlmnvLl64Qgg%3BFZL7bP0d1027-w&sll=-43.114017,-71.589661&sspn=0.485711,1.020355&mra=mift&mrsp=1&sz=11&ie=UTF8&t=m&ll=-42.05745,-71.641846&spn=2.447083,3.295898&z=7[/googlemap]

 

[googlemap]https://maps.google.com.br/maps?f=d&source=embed&saddr=Ruta+235&daddr=Ruta+231&hl=pt-BR&geocode=FQacaf0dnMKv-w%3BFQMrbf0dfgq5-w&sll=-43.394072,-72.210388&sspn=0.483482,1.020355&mra=dme&mrsp=0&sz=11&ie=UTF8&t=m&ll=-43.2932,-72.108765&spn=0.599733,0.823975&z=9[/googlemap]

 

DSC07905.jpg

 

DSC07914.jpg

 

DSC07922.jpg

 

DSC07927.jpg

 

DSC07937.jpg

 

DSC07954.jpg

 

DSC07966.jpg

 

DSC07967.jpg

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...