Ir para conteúdo
isabelabl

Roma, Florença, Viena, Bratislava, Cracóvia, Berlim e Praga. 23 dias. Janeiro/2015.

Posts Recomendados

isabelabl    0

Olá,

Eu e meu noivo viajaremos início do próximo ano para Europa com o seguinte roteiro:

 

31/12 Rio de janeiro

01/01 Roma

02/01 Roma

03/01 Roma

04/01 Roma

05/01 Roma

06/01 Florença

07/01 Florença

08/01 Florença - Veneza

09/01 Viena

10/01 Viena

11/01 Bratislava

12/01 Bratislava

13/01 Cracóvia

14/01 Cracóvia - Auschwitz

15/01 Cracóvia

16/01 Berlim

17/01 Berlim

18/01 Berlim

19/01 Berlim

20/01 Praga

21/01 Praga

22/01 Praga

23/01 Praga

24/01 Rio de janeiro

 

Vocês acham que o tempo para cada cidade está suficiente?

Entre Florença e Viena, sabem se existe algum trem direto? Por enquanto estamos com a opção Florença - Veneza - Viena (comprando passagens separadas), totalizando 17h de viagem (trem noturno entre Veneza e Viena).

Entre Cracóvia e Berlim vamos de avião, foi a opção mais rápida e barata que encontramos, apesar de saber que perdemos tempo com deslocamento e check in no aeroporto. :|

Apenas Polônia e República Tcheca usam moeda diferente do euro correto? Vocês acham que se utilizarmos o câmbio local sairemos no prejuízo? Compro com antecedência? Como?

E o frio? Cracóvia será o destino mais gelado, creio eu. Uma combinação de segunda pele + mangas compridas + casaco segura o frio? Sabem se deixaremos de fazer algum passeio/visita por ser inverno em alguma dessas cidades? :(

Sobre as visitas à mina de sal (Wieliczka Salt Mine) e Auschwitz-Birkenau, alguém indica alguma visita guiada (tem guias em português)?

 

Obrigada pela atenção! Aguardo contato de vocês.

 

Atenciosamente,

Isabela Leocádio.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bratislava é uma cidade bem pequena e bem sem graça, dê uma pesquisada na cidade, 2 dias é bem entediante nela. O melhor fazer é um bate-volta a partir de Viena, pois são apenas 40min de viagem.

Praga também é pequena, em 2 dias cheio você vê praticamente tudo.

 

Polônia faz um frio desgraçado, só isso aí não vai segurar não, faça segunda pele + manga comprida + blusa de lã + casaco grosso. Você pode pegar frio de -10C pela região ou menos.

 

Não existe trem direto entre Florença e Viena.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
xxxxxxxxxx    0

Complementando o que o Davi falou, não vale a pena ficar 2 dias em Bratislava, e alem disto, 2 dias em Viena costumam ser pouco tempo pelo tamanho da cidade e quantidade de atrações turísticas. Então minha sugestão é ficar 4 dias em Viena, e visitar Bratislava num bate e volta de 1 dia.

 

O mesmo trem noturno que você pegaria em Bratislava para ir a Cracóvia você também pega em Viena, então não tem por que ficar trocando de hotel e cidade toda hora.

 

Exatamente, somente Polônia e Rep. Tcheca tem moeda diferente. Toda vez que você faz câmbio de moedas você perde dinheiro, não tem jeito. Mas no seu caso, eu recomendo trocar euros por moeda local lá mesmo, há literalmente uma casa de câmbio em cada esquina. Ou então, o melhor seria usar o seu VTM ou cartão de débito para sacar moeda local diretamente dos caixas automáticos.

 

 

No geral nenhuma atração costuma fechar por causa da neve e do frio nestas cidades, só que encarrar Auschwitz-Birkenau num dia de neve ou chuva é totalmente inviável, você vai morrer congelada com o frio e o vento naquele lugar todo aberto ao relento. Então deixe para decidir o melhor dia para ir a Auschwitz-Birkenau quando estiver lá na Polônia, de preferência num dia de sol.

 

O casaco tem que ser um casaco impermeável, a prova de vento, não adianta nada ser um casaco grosso mas que passe vento. Você até aguenta numa boa temperaturas de -10ºC, mas se tiver vento, mesmo com 10ºC positivos você sente muuuuito frio.

 

Não há visitas guiadas em Português, no máximo em Espanhol, mas costuma ser só 1 horário por dia, então veja o horário bem certinho, para não perder a hora. Já em inglês costuma haver bem mais horários

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
isabelabl    0

Obrigada pelas dicas!

Vou dar mais uma pesquisada e repensar a quantidade de dias na Bratislava. :)

Davi, em Praga pretendo ficar um pouco mais, pois quero curtir umas baladinhas por lá, rsrs! E a cidade me parece super interessante também.

Em todo caso, Adriano, o VTM que vai carregado com euros pode efetuar saque em outras moedas? Isso seria ótimo!

Gostaria de agendar com antecedência a visita guiada por Auschwitz, mas, talvez, seja melhor aguardar a confirmação do tempo mesmo. É fácil agendar no local? Li por aqui que poucas pessoas falam inglês por lá, tenho medo do idioma ser uma barreira muito grande.

Sim, vou deixar para comprar um bom casaco impermeável por lá. Aqui no RJ está extremamente caro!

Nós já pretendemos ir com os hotéis/albergues pagos. Pelas minhas contas, sobram 85 euros/dia. É suficiente, né? Não pretendemos comprar presentes pra ninguém, hehehe! ::otemo::

Ah, decidi não comprar as passagens pela RailEurope, porque estou achando muito caro (40 euros de taxas não dá!), vocês já utilizaram a Czech Transports? Viena/Bratislava-Cracóvia e Berlim-Praga estão com boas cotações nesta empresa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Visitar Auchwitz via agência de turismo é jogar dinheiro fora. Vai até a estação de ônibus (central, ao lado de todos os hostels) e pega o ônibus que leva até Oswieçim (cidade onde fica Auchwirz). Ele te deixa na porta do campo. Você vai economizar uma bela grana simplesmente por ter que caminhar à rodoviária em vez de sair da porta do hostel.

 

No mais, não precisa agendar antes, todos que chegam em Auchwitz até as 15h entram, pois não há limite de visitantes. Quando estiver lá vc paga os 40 szlotys referentes à visita guiada (visita guiada é obrigatória) e faz o passeio de 3h. No final das contas ir com uma agência é simplesmente pagar para te levarem até lá, sendo que por van comum vc faz a mesma coisa por muito menos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Pensador    0
Obrigada pelas dicas!

Vou dar mais uma pesquisada e repensar a quantidade de dias na Bratislava. :)

Davi, em Praga pretendo ficar um pouco mais, pois quero curtir umas baladinhas por lá, rsrs! E a cidade me parece super interessante também.

Em todo caso, Adriano, o VTM que vai carregado com euros pode efetuar saque em outras moedas? Isso seria ótimo!

Gostaria de agendar com antecedência a visita guiada por Auschwitz, mas, talvez, seja melhor aguardar a confirmação do tempo mesmo. É fácil agendar no local? Li por aqui que poucas pessoas falam inglês por lá, tenho medo do idioma ser uma barreira muito grande.

Sim, vou deixar para comprar um bom casaco impermeável por lá. Aqui no RJ está extremamente caro!

Nós já pretendemos ir com os hotéis/albergues pagos. Pelas minhas contas, sobram 85 euros/dia. É suficiente, né? Não pretendemos comprar presentes pra ninguém, hehehe! ::otemo::

Ah, decidi não comprar as passagens pela RailEurope, porque estou achando muito caro (40 euros de taxas não dá!), vocês já utilizaram a Czech Transports? Viena/Bratislava-Cracóvia e Berlim-Praga estão com boas cotações nesta empresa.

 

O pessoal já deu ótimas dicas... só pra ajudar na parte do frio, utilize o sistema de camadas; segunda pele - fleece - impermeável na parte de cima e na parte de baixo segunda pele do tipo polartec e calça. Quanto ao casaco impermeável existem os sem forro e outros com forro de penas (eu gosto mais deste segundo tipo).

Não esquecer gorros, luvas e um calçado adequado para frio e neve... e boa viagem!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Você pode sacar valores de outra moeda mas não recomendo. Você vai pagar uma taxa de 5,5% pelo saque, sem contar que é o câmbio que eles escolhem. Para perder o mínimo possível, ou compre já aqui no Brasil, se não tiver, compre euros em espécie e troque lá (pois assim você não paga taxa de 6,38% de iof).

 

85 euros por dia, para mim, é um valor bom.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Valeu, João!

Vou checar se o hotel que escolhi fica próximo à rodoviária. Saem muitos ônibus/dia?

 

Dificilmente ele fica distante, pois tudo em Cracóvia se concentra numa zona relativamente pequena. O restante da cidade é pouco turístico.

 

Sobre os ônibus (que na verdade são vans), saem muitos sim, de manhã pela menos uns 5 para Oswieçim. Para voltar para Cracóvia a mesma coisa, há pelo menos uns 5 horários ao longo da tarde. Muito fácil e muito confortável.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
isabelabl    0

Mais um obrigada a vocês! :)

 

Andei lendo mais um pouco sobre Praga e vi que Cesky Krumlov é uma ótima pedida. Pensando em trocar as baladinhas por essa cidadela.

Vai ser difícil achar korunas e szlotys por aqui, penso em levar euros em espécie e trocar por lá mesmo.

 

Pensador, calçado adequado seria uma bota? Hm, temos exemplares Timberland, antiderrapante, bem confortável, impermeável, os quais utilizamos no trabalho. Acha que é suficiente?

 

Quem já foi à Cracóvia indica alguma trilha ou passeios em bosques, parques, florestas? Como bons geólogos, curtimos um tempinho ao ar livre... Das cidades que visitaremos, esta parece ser a "menos" urbana (e, por azar, também a mais fria hahaha).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×