Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Viagem pela Europa - Primeiras fotos no link!!


Posts Recomendados

  • Membros de Honra

E-MAIL CURTO E GROSSO DO ANDRE:

 

e aí Thiago tudo bom? bem vou direto ao assunto como faço para trabalhar na europa do modo mais facil e mais barato?desde já muito obrigado.André.

 

RESPOSTA:

 

Fala Andre,

 

simples, tenha passaporte europeu, fale cinco linguas fluentemente, tenha experiencia profissional em dezessete ramos de mercado, seja bonito, sociavel e sortudo, conheça o presidente da republica ou qualquer diretor de uma multinacional disposto a te dar um emprego. Viu como é fácil?

 

Agora sério, Andre, pra ser fácil e barato, ou voce tem muita sorte ou é o cara certo na hora certa. Em ambos os casos, voce só vai descobrir se for e der o sangue, agarra o boi pela unha e derruba.

 

Abraço

 

Thiago de Sá

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 541
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros de Honra

E-MAIL DA VANESSA:

 

olá, meu nome é vanessa 23 anos, moro em bal. camboriú/SC e estou querendo

ir p/ Irlanda trabalhar, é fácil conseguir emprego lá? qual o nome de algum

albergue barato em dublin. Qual cidade é mais fácil e vc conhece algum

brasileiro lá p/ me dar dicas? Aguardo notícias

 

RESPOSTA:

 

Oi Vanessa,

 

emprego está cada vez mais dificil mas só consegue quem vai, não é mesmo? Sobre albergues e cidades, eu te sugiro ler com paciencia todas as 16 paginas desse relato, tem informações legais e quanto aos brasileiros, se sua intenção é aprender o ingles, melhor evitar o contato com quem fala a mesma lingua.

 

Qualquer outra duvida, é so perguntar ok?

 

Thiago de Sá

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Thiago de Sá,

 

Eu gosto muito do povo e da cultura escandinava. Estava lendo sobre os antigos Vikings que descobriram a América bem antes dos espanhois e aí achei sobre Ragnarok. Engraçado que a mídia distorce um pouco da história e não mostra exatamente o que foi essa grande civilização. Um dia ainda vou conhecer essa região nordica do planeta.

 

Ragnarok

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

E-MAIL DO VITOR:

 

Fala Brow!!!!!!!

 

Vi seu email na net, estou indo para irlanda agora no fim de março, queria

saber se vc continua morando fora. Peguei as dicas que vc deu de dublin,

vai ser de grande validade. Abraços

 

Vitor Mori Pignatari

 

RESPOSTA:

 

Fala Vitor!

 

desde junho de 2004 que eu moro no Brasil e não tenho pretensões de voltar a morar fora a não ser que seja algo muito especial. Agora passear é outra história... Espero que as dicas ajudem de alguma maneira e que voce passe a participar ativamente dos nossos bate-papos aqui no mochileiros!

 

Até logo e boa sorte

 

Thiago de Sá

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

E-MAIL MAIUSCULO DA ADRIANA:

 

OI THIAGO!!!

NÃO SEI SE ESTOU INDO FAZER A MESMA VIAGEM, MAS EM DEZEMBRO PRETENDO PASSAR O NATAL NA SUÍÇA E O REVEILLON EM PARIS. qUERIA QLGUMAS DICAS, SE TIVERES, DE VIENA E PRAGA. E DE COMO SAIR DE PRAGA OU VIENA PARA LONDRES, O MAIS RÁPIDO E BARATO POSSÍVEL.. PODE SER PASSANDO PELA BÉLGICA.

OBRIGADA E BOA VIAGEM,

ADRIANA

 

RESPOSTA:

 

Oi Dri,

 

muito legais as opções para o fim de ano, como voce vai fazer pra sair da Suiça e ir até a França?

 

Sobre Praga e Viena: Viena não conheço mas aconselho, só não fui por falta de tempo. Praga é a cidade mais bonita de toda a Europa e ponto final! Alem disso, o lugar é recheado de gente bonita, baladeira e divertida, vale a pena se estender alguns dias por ali. A maneira mais economica de ir até Londres seria caronando ou de ônibus mas demorará algo em torno de 24h. O mais rápido seriam as no-frill carriers mas até o momento em que estive lá não havia nenhuma com preços realmente convidativos, pode ser que com a consolidação da entrada desses paises na UE já haja companhias operando voos partindo de Praga, mesmo que seja um pouco mais caro, compensa pela economia de tempo e gastos com alimentação. Mas, se voce estará em Paris, por que não ir a Londres por ali?

 

Até logo

 

Thiago de Sá

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

E-MAIL DO FELIPE:

 

Cara li seus testemunhos no site mochileiros.com e outros, me interessei bastante em ir para Irlanda estudar inglês, li que você encontrou uma 1170 euros por 6 meses este tempo que pretendo ficar.

 

Você tem o site desta escola ou outro contato que possa me disponibilizar.

 

Sobre trabalho na Irlanda vc sabe como está atualmente?Quais os trabalhos mais comuns para brasileiros onde procurar?

 

Cara Valeu pelas dicas e ate breve

 

Felipe

 

RESPOSTA:

 

Fala Felipe,

 

que bom que voce pretende ir pra Irlanda, mais que apoiado! Eu te sugiro ler com atenção e anotar cada informação util que voce encontrar em todas as 17 paginas desse relato, na página 12, por exemplo, estão os dados da escola, com endereço, e-mail e telefone (eles não têm website) e lá mesmo voce encontrará alguns trabalhos mais comuns pra pessoas como nós, alem de valores médios da época em que estive por lá. Conversando com amigos, parece que o emprego continua escasseando, está cada vez mais dificil conseguir algo, a tendencia é que isso pare e volte a patamares aceitáveis, assim que a euforia dos paises do leste diminuir e seu crescimento interno encorajar a manutenção de trabalhadores no proprio país mas quando isso ocorrerá é uma pergunta sem resposta. Em dois anos, outros paises abrirao suas fronteiras para esses povos, o que deve desafogar um pouco Irlanda e Reino Unido.

 

Mas como eu já disse antes, só consegue quem tenta, então vai a luta, meu velho!

 

Thiago de Sá

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

E-MAIL DA ROSE:

 

Olá Thiago,

 

Ainda não li todos os teus relatos, mas vi vários comentários a respeito.

Parabéns pelas suas conquistas e pela sua disponibilidade em dividir com os

demais.

 

Meu marido e eu estaremos viajando pela primeira vez a Europa daqui a 40 dias, e

pretendemos também contribuir com este site.

 

Nossa viagem não estava planejada (e ainda não está, como vai ver), surgiu de

uma oportunidade para meu marido, que está fazendo doutorado, reunir-se com

outros pequisadores da área para troca de experiências. Isto irá acontecer de 18

a 22 de abril próximo, na Alemanha, na cidade de Koblenz. Ele não quer ir só,

assim irei de companhia.

 

Estaremos embarcando dia 14 ou 15/04 com destino a Frankfurt (ou Luxemburgo, não

consultamos ainda o agente de viagens para saber se é possível). Retornaremos em

29 ou 30/04.

 

Nosso roteiro seria o seguinte:

Vôo SP-Milão(sem parada)-Luxemburgo

Luxemburgo-Trier (onde moram parentes distantes, que conhecemos ao construir a

árvore genealógica da família)

Trier-Koblenz (o evento inicia as 18h do dia 18/04, uma segunda-feira).

Koblenz-Munique ou Berlim (o evento encerra no dia 22/04 as 12h, uma

sexta-feira)

Sabemos que são pouquíssimos dias de efetivos passeios (de 22 a 29 ou 30 de

abril).

A prioridade será conhecermos Praga, mas gostaríamos da sua opinião sobre uma

passagem pela Polônia (se Berlim) ou Áustria (se Munique).

 

Obrigada,

Roseley

 

 

RESPOSTA:

 

Olá Rose,

 

obrigado pelo e-mail gentil, uma pena que eu esteja enfrentando uma série de dificuldades para continuar o relato e também responder os e-mails mais rapidamente.

 

Onde fica exatamente Koblenz? Como voces tem pouco tempo, o ideal seria escolher por atrações de fácil acesso, que pudessem ser visitadas com mais calma.

Sobre Praga, estou totalmente de acordo, merece ser vista e revista duzias de vezes. A minha sugestão fica para que vocês aproveitem o tempo livre e, ao inves de conhecer a Alemanha, um país insosso na minha opinião, aluguem um carro em Praga e sigam rumo ao sul da Polônia, um local rico em beleza e cultura, diferente e com várias atrações proximas e de fácil acesso. Voces poderiam visitar Wieliska, a maior e mais famosa mina de sal do mundo, com quilometros de extensão e obras de arte feitas de sal, inclusive uma Igreja com quadros, lustres e imagens de santos, tudo salgadinho! Ali também voces poderiam visitar Oscwiecm ou Auchwitz, como é conhecido por nós, e se espantar com a crueldade humana e, por fim, conhecer a linda cidade de Cracóvia e seu castelo, tudo num raio de 100km.

 

E aí, o que voce me diz?

 

Thiago de Sá

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

E-MAIL DO GRANDE MIKE!!:

 

Amigo Thiago,

Aqui estou eu com algumas dúvidas (de novo!)

No tópico Viagem pela Europa - Europa Geral mais de 3 meses, nosso colega

Schwertner escreveu o seguinte:

 

Kra vc pode ficar 3 meses e prescisa ficar 3 meses fora...Oque vc pode fazer é

ir para o leste que ainda não faz parte deste acordo e ficar 3 meses lá...

quanto a ir sem um visto de estudante vc não consegue tirar lá...prescisaria

voltar.

Jonas Schwertner

 

Fica a pergunta:

Vc teve 9 meses de visto de estudante, quais trabalhou e estudou em Dublin. Vc

disse q no dia 22 seu visto expirou e dia 29 vc recebeu novo visto de 3 meses na

espanha pq chegou lá via aeroporto... (e neste interregno, vc ficou ilegal?

ninguém viu isso no seu passaporte na Espanha?)

E então também não é necessário ficar 3 meses fora da europa para receber novo

visto de turista?

 

Abraço,

Mike Weiss

 

 

RESPOSTA:

 

Grande Mike,

 

antes de mais nada, sua Santa Catarina é espetacular, parabéns!! Não deu pra avisar antes, foi tudo muito de supetão mas Floripa é show, dá vontade de fazer as malas...

 

Sobre o que o Jonas disse, está corretíssimo mas não necessariamente dessa forma. A regra é a seguinte, voce pode ficar tres meses como turista num periodo de seis meses, seja utilizando seus tres meses direto seja mesclando entradas e saidas da UE. Para ir ao leste será preciso um pouco mais de quilometros, as fronteiras da UE foram bem estendidas.

 

Eu não tive 9 mas sim 6 meses de estudante, os 3 primeiros, assim como os 3 ultimos, foram de turista. Eu trabalhei dentro desse periodo de 6 meses como estudante.

Quanto ao intervalo de dias a que voce se refere, é exatamente isso, eu fiquei uma semana ilegal e entrei na Espanha dessa forma. O que voce deve sempre fazer é se colocar na posição de alguem que não está fazendo nada de errado (porque voce não está mesmo) e ter tranquilidade para explicar a situação. No meu caso, não foi nem necessário porque o policial espanhol de fronteira, apesar de ter visto o lapso (assim imagino), não se ateve muito comigo, carimbou e um abraço, mas se caso fosse necessário me explicar diria com toda a sinceridade que acabei um temporada de estudos na Irlanda e gostaria de visitar a Espanha antes de voltar ao Brasil, estaria a disposição para responder qualquer pergunta, daria o telefone da minha escola, ofereceria a mala para revista e pronto, simples assim. Se iam me deixar entrar ou não é outra historia embora a partir dai não dependa mais de mim. Nesse caso não seria necessário um periodo de quarentena para a obtenção do novo visto porque eu já estava mais de tres meses como não-turista na Europa, como estudante.

 

É isso, qualquer outra dúvida, sapeca laiá!

 

Thiago de Sá

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

E-MAIL DO MOPRS (NOME ESQUISITO, NÃO?):

 

Boa tarde!

 

Gostaria de saber se existem oportunidades de trabalho para enfermeiros brasileiros na Itália, França, Alemanhã ou Irlanda. Quais são os requisitos? Salario, etc,etc,etc

 

Obrigado

 

RESPOSTA:

 

Fala pessoa do sul,

 

não sei exatamente como enfermeiro mas as áreas de saúde de um modo geral são sempre requisitadas nesses países em que a Assistencia Social é ponto forte, como Irlanda, Inglaterra e Alemanha. Na Irlanda, há dez anos atrás, havia uma necessidade tão grande de enfermeiros, médicos, dentistas etc qualificados que era muito fácil conseguir visto de trabalho e validação do diploma. Hoje em dia, infelizmente, conseguir um work permit está bem complicado, ou você é imprescindivel, diferenciado ou tem muita sorte. Acontece assim: trabalhos regulares como enfermagem, por exemplo, exigirão uma série de tramites legais para a obtenção do visto porque nenhum hospital vai te contratar ilegalmente. Primeiro voce precisa encontrar uma instituição interessada em te contratar, depois essa vaga é disponibilizada para irlandeses e cidadãos UE, daí se nenhuma pessoa preencher os requisitos, inicia-se a análise do seu pedido de visto. Chato, né? Pois é, por isso digo, a não ser que o perfil seja diferenciado e se encaixe perfeitamente contigo, fica muito dificil. Só pra elucidar o que digo: Treinador de sumo com mais de dez anos de experiencia e vivencia internacional ou um percursionista especialista em ritmos brasileiros com experiencia em Escolas de Samba, será que alguem na UE preencheria esses requisitos? No caso de um enfermeiro padrão já não podemos dizer o mesmo...

O que acontece as vezes é que se o hospital está realmente determinado em te contratar eles aproveitam o que de mais singular voce tem no seu currículo para evitar ou pelo menos minimizar a chance de outra pessoa ser encontrada.

 

É isso,

 

Até logo

 

Thiago de Sá

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...