Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Itália, Toscana de Carro em 5 dias... Preciso de dicas sobre Aluguel e Roteiros


Posts Recomendados

  • Membros

Acabei de voltar da Itália faz mais ou menos 20 dias (estou escrevendo o relato, o próximo é Firenze)... Eu sai de Venezia e fui a Firenze. Esse trajeto, eu iria fazer de carro. Tinha reservado e tudo, mas li bastante aqui e preferi não fazer, justamente pelos motivos acima. Eu pesquisei e vi que todos os destinos que eu iria passar entre Venezia e Firenze, seriam possíveis fazê-lo de trens. Que foi parar em Bologna e ir para Ímola.

Eu já dirigi em São Paulo, Santiago e Buenos Aires, confesso que nunca vi um transito tão caótico e desorganizado como em Roma, acredito que é um dos piores do mundo, só não deve ser pior que aqueles cruzamentos que vemos em vídeos no Facebook naqueles países asiáticos. Todos os dias que eu estava em Roma, vi guardas aplicando multas em condutores.

A melhor coisa que eu fiz, foi descartar o carro. Não quero te desencorajar, eu sou amante de carro e amo (tanto é que sou fã de dirigir pelas estradas, como fiz na américa do sul em 2016, também relatado aqui), mas é complicado. Em Firenze você disse sobre os preços dos hotéis que é caro, foi uma cidade que eu estava com muita dificuldade de encontrar hotéis. Eu paguei 163 euros para duas pessoas por 3 noites, incluindo café da manhã e o sogiorno. Talvez o que você vá gastar com gasolina, estacionamento e multas não valerá a pena ficar em outra cidade. Dê uma pesquisada no Tripadvisor e Booking neste hotel chamado Savonarola. Ele fica próximo daquele restaurante famoso da bisteca Fiorentina, o Perseus. É afastado do centro histórico, mas nós chegavamos a estação SM Novella ou o Duomo em 20 minutos caminhando.

E a dica final: faça tudo de trem! Tudo o que puder! São maravilhosos. Eu li que eles atrasavam muito. Em umas 12 viagens que fizemos apenas um atrasou 15 minutos. Os outros, nenhum atrasou um segundo se quer. Saia em cima da hora marcada.

Abraço e boa viagem. Você vai amar a Itália seja de carrro, trem, ônibus, barco, avião... As cidades pequenas são as mais fantásticas.

  • Gostei! 1
Link para o post

  • Membros

Em relação aos atrasos dos trens italianos, tem um certo padrão nos atrasos:   

Quanto mais para o norte da Itália, mais pontuais os trens, e quando mais para o sul, mais atrasos acontecem.

Isto acontece por que a metade norte da Itália, de Roma para cima, é relativamente rica e possui boa infraestrutura, moderna e bem conservada, mas a parte sul da Itália, de Roma para baixo, é relativamente bem mais pobre que o norte, e isto se reflete em infraestrutura bem mais precária, trens velhos e que quebram frequentemente, linhas de trem antigas e que vivem dando problema, etc...

Nas minhas viagens pela parte norte da Itália, acho que deve ter pego uns 10 ou 11 trens, a maioria saiu na hora, ou com atrasos mínimos de no máximo 5 ou 10 minutos. Só teve um trem, de Pisa para Lucca que atrasou uns 30 minutos.

Já na parte sul da Itália, a maioria dos 7 ou 8 trens que eu peguei atrasou, acho que somente o trem de Roma até Nápoles que eu perdi é que saiu na hora certa, rsss.  

Já o trem de Nápoles até Pompeia, na ida atrasou 25 minutos, e na volta, o trem das 16:00 nem apareceu, avisaram no alto-falante da estação ele que quebrou em alguma parte do caminho entes de chegar em Pompeia, apareceu só o trem das 17:45 e ainda com 20 minutos de atraso e absurdamente lotado, parecendo metrô de SP em horário de pico....

  • Gostei! 2
Link para o post
  • Membros

Pessoal, primeiramente muuuuito obrigado por todas as dicas de vocês e toda a atenção que vocês deram... Com certeza foram e ainda serão muito úteis para mim. Anotei todas.

Agora vou passar para vocês nossas decisões, reservas e dicas que eu consegui depois de muitas pesquisas. Espero que ajude quem estiver indo para lá assim como nós.

1) Aluguei o carro em Florença (aeroporto) e devolverei em Florença (aeroporto). Ao invés de irmos de carro até Roma, iremos de trem. Isso porque devolvendo no mesmo local da retirada, fica muito mais barato. Outro motivo de ter escolhido o aeroporto é que ele fica fora das ZTLs e também por ter um horário diferenciado para retirada e devolução do carro, as quais atendiam melhor nossos horários durante final de semana, para que aproveitássemos mais nosso tempo na Toscana. Reservamos pela Rental Cars, empresa Ecovia.

2) Mais uma maneira de economia e ao mesmo tempo de tranquilidade: para se ter um seguro melhor que cubra danos de terceiros, as locadoras cobram caro para melhorar o seguro básico incluso na reserva. Uma dica é utilizar o seguro que alguns cartões de crédito oferecem gratuitamente. No meu caso, o meu cartão oferece, e por ele estou tirando além do seguro do carro para locação, o seguro de viagem também.

3) Sobre economia novamente: procure alugar um carro econômico e pequeno, pois a gasolina não é tão barata e os espaços na Itália são pequenos. O carro que estamos alugando é da categoria que faz em torno de 25 km/l na média da gasolina europeia. Isso já trás um bom retorno.

4) Nós não ficaremos vagando nas cidades grandes da Italia, da maneira que fizemos apenas iremos tirar de Florença e devolver lá. Nas cidades da Toscana são todas pequenas que vale mais a pena ficar a pé. Por isso, a dica que vocês disseram sobre os estacionamentos é realmente útil. E eu complementá-la a seguir:

5) Apps de Estacionamentos / Campings. Eu baixei dois aplicativos para celular úteis para encontrar os estacionamentos e preços nas cidades. Eles se chamam: InfoCamp.it (italiano) e Parkopedia. Parecem ser bem úteis, apesar de eu ainda não ter testado pessoalmente.

6) App sobre as ZTLs. Este é muito importante. Eu baixei um aplicativo também para identificar as ZTL italianas. Parece ser bem útil, pois além de demarca-las em mapas, ele mostra onde ficam as câmeras e também consegue vincular ao seu gps de celular, de forma que quando você estiver chegando próximo a uma ZTL, ele te avisa e você consegue desviar. Pareceu muito bom e acho que vai ser super últil... espero que para vocês também. O nome dele é: ZTL Radar.

7) Por fim, mais um aplicativo. Este é para identificar onde ficam os pedágios da Italia. Seu nome é Pedaggio Autostradale, também um app italiano. Lá dá para ver onde ficam as autoestradas com pedágio e dessa forma traçar rotas fora delas, buscando viajar mais pelas estradas menores de menor fluxo e simples, pois além de fugir do pedágio caríssimo, também se aproveita mais as belezas do campo e se evita possíveis paradas policiais, pois as chances delas existirem nessas regiões é menor.

Bom, pessoal, por enquanto foi isso que eu reuní e resolvi compartilhar. Mais uma vez obrigado por tudo.

  • Gostei! 1
Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...