Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • 1 mês depois...
  • Respostas 67
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

O preço da pousada (em torno de US$100) é por pessoa!

Nos preços atuais, 1000 dólares não dá para um casal ficar seis dias... seriam $1200 da pousada, mais uns $500 de passagens aéreas :(

** Editando ** Ops, errei. se você já tem a pousada com pensão completa, não vai gastar muito com os passeios e outras pequenas despesas. Essa quantia dá e sobra :)

A segurança em Los Roques é muito grande, ao contrário do resto da Venezuela.

Passei uma semana lá em dezembro de 2010. Meu relato está aqui no site, e também no http://kk-vision.blogspot.com/2011/01/los-roques-venezuela.html

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Senhores, seguindo os exemplos dos frequentadores deste fórum, depois de colher muitas informações (muitas mesmo, quase as 60 páginas ::otemo:: ), fiz uma excelente viagem para Los Roques e Curaçao e após a minha viagem venho aqui escrever o meu relato para que ajude aos próximos viajantes. Prometo postar mais fotos depois (principalmente de Curaçao).

Qualquer dúvida entrem em contato.

 

Bom, eu e minha namorada só conseguimos tirar férias esse ano em Janeiro, alta temporada, então, decidimos reservar tudo o possível direto do Brasil, mesmo sabendo que pagaríamos mais caro e que não teríamos as vantagens do câmbio negro.

Valeu a pena, foi tudo bem pago! Algumas coisas, eu acredito que valha correr o risco, mas não em alta temporada. As ilhas estavam bem cheias e não podíamos correr o risco de ficarmos sem hotel, pousada, carro, avião, etc...

 

Ah, se pudéssemos teríamos ficado mais um dia em Curaçao!

 

Dica principal: não deixe de levar uma máquina fotográfica que possa entrar na água, seja saco estanque, caixa estanque ou até mesmo máquina à prova dágua, não deixe de levar! Se possível, leve duas máquinas uma pra água e uma pra terra, assim você não precisa ficar abrindo a caixa estanque na praia, com vento e etc, facilita bastante.

Nós achamos muito importante o uso da sapatilha de mergulho também, em algumas praias vocês (seus pés principalmente) sofrerão bastante sem elas.

 

20110212154914.JPG

 

 

O relato abaixo mostra os detalhes da nossa viagem:

 

Passagens:

Rio x Caracas x Rio – TAM (20mil milhas)

O voo da TAM está chegando à noite em Caracas e existe a necessidade de dormir uma noite por lá.

Caracas x Los Roques x Caracas – Jomicol (USD$250 por pessoa) voo fretado fechado com a pousada Guaripete.

Voando bem cedinho, chegando e saindo pelo aeroporto auxiliar que fica um pouco distante do aeroporto internacional.

Caracas x Curaçao x Caracas – DAE (USD$335 por pessoa) http://www.flydae.com

 

Hospedagem:

Caracas – Hotel Miramar Suites (USD$80 por noite por quarto + USD$40 transfer aeroporto x hotel x aeroporto) fechado com a pousada Guaripete

Los Roques – Posada Guaripete (USD$120 por noite por pessoa, all inclusive) http://www.posadaguaripete.com

Curaçao – Howard Jhonson Hotel (USD$95 por noite por quarto, sem nada) http://www.hojo-curacao.com

 

Carro:

Avis – Kia Picanto (USD$236 por 4 dias com ar e GPS) http://www.avis.com.br

Com atendimento em português e pre'-pagamento para evitar possíveis dores de cabeça.

 

##########################################################################################################################################################

 

Dia-a-dia

05.01.2011 – Rio x Caracas

06.01.2011 – Caracas x Los Roques / Cayo D’água e Carenero

07.01.2011 – Los Roques / Boca de Cote, Palafito, Rabusky e Krasky

08.01.2011 – Los Roques / Noronky

09.01.2011 – Los Roques / Gran Roque

10.01.2011 – Los Roques / Francisky e Madrisky

11.01.2011 – Los Roques x Caracas x Curaçao

12.01.2011 – Curaçao / Porto Mari e Cas Abou

13.01.2011 – Curaçao / caminhada em Punda, licor Curaçao e Renaissance Mall

14.01.2011 – Curaçao / Dolphin Academy, Hato Cave e Kenepa Grandi

15.01.2011 – Curaçao x Caracas x Rio

 

##########################################################################################################################################################

 

Caracas – Na verdade, o aeroporto fica em Maiquetia, tipo Confins e BH. A cidade é muito feia.

Não faça câmbio no setor das esteiras de bagagem, pegue sua mala e saia tranquilamente, quando chegar lá fora aí sim faça o seu câmbio, negro é claro. Negocie tudo sempre, na venezuela nada é tabelado, tudo é acordado!

 

Como havíamos fechado o pacote com a pousada Guaripete, seguimos para o ponto de apoio deles, no próprio areporto de Caracas, que é a agência Roquemar. Lá já nos aguardava a senhorita Grace, muito simpática e prestativa. Esperamos o motorista para nos levar ao hotel, combinamos com ele o horário do dia seguinte e , no dia seguinte, ele nos levou do hotel ao aeroporto auxiliar. Tudo muito tranquilo. No aeroporto auxiliar, antes de sair para Los Roques deve-se pagar uma taxa de 32,50 bolivares por pessoa.

 

Dica bônus: faça um cálculo prévio das taxas que você terá que pagar e dos preços dos passeios e troque os bolivares todos de uma vez, quanto mais você trocar mais alto eles vão pagar. Se não se sentir seguro, não faça! Em los Roques também se consegue um câmbio muito bom. Diga quanto quer trocar, conte os bolivares e só depois entregue os doláres. Se pegar doláres de volta, você corre o risco deles serem falsos. Na ocasião, conseguimos trocar 1 dolár por 8 bolivares. Tem um site que passa a cotação diária: http://twitter.com/chavezparalelo

 

O free shopping de Caracas estava sem receber produtos desde antes de Dezembro de 2010 e por isso, estava completamente vazio, às moscas mesmo. Só tinha chocolate venezuelano e brasileiro.

 

Dica bônus: não deixe de comprar um chocolate chamado Pirulin, uma delícia!

##########################################################################################################################################################

 

Los Roques – É o paraíso na terra, não à toa chamado de polinésia das américas.

O arquipélogo é formado por 363 ilhas e ilhotes, a grande maioria das pousadas fica em Gran Roque, de onde todos os dias às 9:30 saem os passeios de barco para as outras ilhas e praias. Os barcos retornam por volta das 16:00, 16:30. O esquema lá é praia e snorkel o dia inteiro, você chega na praia o rapaz do barco monta sua barraca e você fica lá contemplando aquela maravilha!

 

20110212155240.jpg

 

 

Nenhuma pousada na ilha tem água quente, é proibido por lei! Algumas chegaram a instalar aquecedores mas a guarda nacional foi lá e retirou tudo!

 

O sistema all inclusive das pousadas funciona da seguinte maneira: às 8:00 eles servem o café da manhã, às 9:30 quando você está saindo para o passeio eles te entregam a sua cava (um isopor ou iglu) contendo o seu almoço, é mais um lanche né? Às 17:30 eles servem um leve petisco e às 19:00 servem o jantar. Na maioria das pousadas é assim.

O jantar é composto por 4 etapas, entrada, prato incial, prato principal e sobremesa. Tenho certeza que tem um nome bonito pra esse prato entre a entrada e o principal mas eu não sei como chamar! Rs! ::otemo::

 

Os passeios podem ser fechados na própria pousada Guaripete com a Fabiola que organiza tudo, ela organiza passeios até pra quem não está hospedado lá. É aconselhável que você leve o seu próprio equipamento de snorkel (máscara, respirador, pé de pato e sapatilha), mas se quiser pode alugar lá.

 

Muito importante que se leve protetor de alto fator e repelente. Em 5 dias gastamos dois frascos de protetor e um de repelente. Passe protetor sempre, um momento sem e já era, o sol lá é terrível! Outra coisa importante de levar são remédios, lá tudo é mais complicado, leve tudo aquilo que você tiver, antiinflamatório, dor de ouvido, resfriado, diarréia, mertiolate, dor de cabeça, tudo!

 

O aeroporto é muito simples, apenas um pista pequenina com uma torre de controle na caçamba de um caminhão. E para um aeroporto simples, temos que ter um avião mais simples ainda... A Jomicol voa com aviões bi-motores com capacidade para 10 pessoas, incluindo o piloto. Para quem não curte uma adrenalina, aconselho a comprar o voo da AeroTuy com bastante antecedência, os aviões são maiores, 44 pessoas, e por isso muitos querem voar com eles. O limite de bagaem é de 10kg por pessoa, minha namorada excedeu esse limite e eles, por sorte, não cobraram taxas extras.

 

Chegando em los Roques você deve pagar a taxa de entrada no parque (130 bolivares por pessoa). Depois disso, aparecerão uns rapazaes com carrinhos de mala, se você já tiver fechado um pacote com alguma pousada, provavelmente alguém irá te buscar no aeroporto e levará sua mala até a pousada de graça. No nosso caso, era o Eduardo, um venezuelano simples e humilde, simpático toda vida.

 

Chegamos bem cedo a Los Roques e por isso, conseguimos tomar café da manhã na pousada e já fazer um passeio no dia de chegada, e não economizamos, logo de cara fomos para Cayo D’Agua (160 bolivares por pessoa). Demora-se em torno de 45 minutos para chegar em Cayo D’Agua, lá é o paraíso, uma estreita faixa de areia com mar dos dois lados, incrível. E olha que choveu!!

No mesmo dia, saindo de lá, fomos para a piscina Carenero, uma piscina natural onde pode-se fazer um snorkel fantástico e bem tranquilo. Seguimos depois de volta para Gran Roque.

De noite não há muito o que fazer, sempre tem dois eventos na ilha (um com mais turistas e um com mais locais), eu e minha namorada chegávamos sempre tão cansados que preferíamos dormir cedo.

 

No segundo dia, fizemos mais um passeio longo e fomos a Boca de Cote (160 bolivares por pessoa), 40 minutos de Gran Roque. Boca de Cote não tem praia e por isso o barco não pode atracar, ele fica só ali no meio do mar boiando mesmo. Neste dia descobrimos uma realidade em los Roques, a maioria dos barcos tem algum probleminha no motor, não se assustem se ficar parado por uns 3 ou 5 minutos, os boyzinhos lá consertam rapidamente o problema, rs!

Boca de Cote é o melhor lugar para se fazer snorkel, mas quem se sente mareado é meio trevas. Ficamos uma meia hora em Boca de Cote fazendo snorkel e de lá fomos para o El Palafito, casa de pescadores que fica no meio do nada e é usada por eles durante a época de pesca das lagostas, é um ponto mais próximo das lagostas e por isso, eles economizam tempo e dinheiro. Na época do ano em que fomos, em Janeiro, não era pra ter ninguém morando lá, mas tinha! É meio estranho você visitar a casa com alguém lá, mas enfim, fiz o que os outros turistas estavam fazendo, rs!

 

20110212155326.jpg

 

 

Do palafito seguimos para Laguna de Rabusky que é o local onde se encontram as estrelas do mar. Podemos pegá-las com as mãos e tirarmos fotos à vontade, mas por favor, não as deixem fora dágua por muito tempo, 15 segundos no máximo!!! Continuando o passeio, passamos a tarde em Krasky que é uma praia um pouco mais movimentada e tem até restaurante. No canto esquerdo de Krasky tem um banco de areia que se estende até dentro do mar, e é uma delícia, com a maré baixa dá até pra levar a camêra sem se molhar, show de bola!

 

20110212155404.jpg

 

 

Já no terceiro dia, fomos passar o dia todo em Noronky (100 bolivares por pessoa), foi sensacional! A nossa praia preferida. Lá é onde se podem ver tartarugas marinhas, se você tiver sorte elas aparecem bem cedo pela manhã e já no fim da tarde, 15:00, 15:30. A praia é maravilhosa e vale a pena ficar lá o dia inteiro observando a linda paisagem e fazendo snorkel nos arrecifes dos dois cantos. Consegui ver três tartarugas!

Nesse dia minha namorada não estava se sentindo muito bem devido aos temperos do jantar do dia anterior. É uma coisa que devemos ter atenção, não estamos acostumados a comer peixe todos os dias e nem ao tempero italiano-venezuelano, os que tem estomâgo mais fraco precisam ser cautelosos. O sol maximiza todo e qualquer sintoma. Aliás, depois descobrimos que a comida da pousada Guaripete vinha recebendo duras críticas e que na mesma semana outras pessoas já haviam passado mal, o dono da pousada estava prestes a trocar o cozinheiro, Éden.

 

Como a minha namorada não estava se sentindo bem, acabamos passando o quarto dia na ilha de Gran Roque mesmo, e lá não tem nada pra fazer! Se não for por extrema necessidade não fique nenhum dia sem passear!

Ela ficou dormindo e eu pude dar uma volta na ilha, fiquei com preguiça de subir no farol e rodei pelas vielas de lá.

 

No quinto e último dia, com ela um pouco melhor e eu começando a ficar ruim, fomos a Franscisky pela manhã e Madrisky à tarde (inclusos no pacote da pousada). Os dois foram lugares bons de se conhecer, com destaque para a piscina de Francisky que proporciona um snorkel incrível, mas também com destaque negativo para os puri puri, pequenos mosquitos que existem em Francisky e que não respeitam o nosso repelente.

 

No dia seguinte, após o café, seguimos para o aeroporto e voamos de volta para Caracas, onde tivemos que passar o dia inteiro, e só a noite voamos para Curaçao. Na saída de Caracas é preciso que se pague algumas taxas, normalmente, só pagamos uma (162,50 bolivares) porque parece que a segunda está inclusa na nossa passagem TAM/GOL, mas no meu caso, indo pra Curaçao, tive que pagar também uma taxa de 195 bolivares, que se paga no balcão da DAE durante o check-in. A taxa de 162,50 só é paga após o check-in!

 

Dica bônus: compre cerveja na liqueria por 5 bolivares e peça a pousada que as coloque na sua cava. Polar ice ou light e soleira light eram as minhas preferidas, tem brahma lá também.

 

Dica bônus: passe protetor no corpo inteiro, até mesmo na parte de trás das pernas onde se queima bastante durante o snorkel.

##########################################################################################################################################################

 

Curaçao - Maravilhosa ilha com praias belíssimas e centro interessante.

A língua oficial é o papiamento que é uma mistura de várias línguas, mas não se preocupe em todos os lugares se fala inglês e/ou espanhol. Não é necessário trocar dinheiro já que o câmbio em Curaçao é fixo e todos os lugares aceitam doláres. O troco provavelmente será em florins, também chamado de guilden.

 

O aeroporto é um barato, bem pequeno e informal, depois da imigração (não precisa de visto) tem uma loja tax free que vende perfumes baratos, mas não se precipite, no centro eles custam o mesmo preço ou menos. A imigração é bem tranquila e não precisa pagar nada pra entrar, mas na hora de sair tem que pagar, USD$32 por pessoa.

 

É importantíssimo alugar um carro, e como o aeroporto é “longe”, sugiro já sair do aeroporto com o carro alugado. O balcão das empresas de aluguel de carros ficam a direita do portão de saída do raio-x. É só ir seguindo a calçada, passar o café e virar a direita. Não deixe de incluir o GPS na sua reserva, é imprescindível. Faça um test drive no carro pois as ruas de acesso às praias em Curação são terríveis e os carros lá nem sempre estão em boas condições.

Os postos de gasolinas, são muitos, funcionam como nos EUA, você que abastece e tem que pagar antes de abastecer ou seja, faça bem os cálculos de quantos litros botar, quantos doláres pagar.

 

Obs: Existem uns pacotes de resorts all incllusive que possuem transporte até o centro e até mesmo a algumas praias, mas fora isso, você vai precisar de carro pra quase tudo. Se escolher ficar próximo das praias boas do norte, precisará de carro para ir ao centro, se você se hospedar no centro precisará de carro para ir às praias.

 

No centro de Otrobanda você encontra bons restaurantes, hotéis baratos com quartos bacanas (e com água quente!) e o Renaissance Mall, em Punda existem muitas lojas, construções históricas e bares bem frequentados à noite. É entre estes dois centros que fica a ponte que se move e dá passagem aos navios no canal de acesso ao porto.

A praça de Otrobanda à noite fica um pouco mal frequentada, minha namorada tinha um certo receio de passar por ali, mas como era caminho do hotel, ela respirava fundo e nós andávamos mais rápido do que o normal. J

 

Tivemos poucos dias em Curaçao então só conhecemos três praias, as praias são amravilhosas não ficam devendo em nada pras de Los Roques, só que aqui é tudo mais comercial. Graças as dicas deste tópico fomos em três belíssimas praias: Porto Mari (USD$2,5 por pessoa, tem restaurante, banheiro e equipe de mergulho), Cas Abou (USD$6 por carro, tem restaurante, banheiro e equipe de mergulho) e Kenepa Grandi (free, tem banheiro e lanchonete e pode pular de um mirante, com cuidado!). Todas elas ficam no norte da ilha, uns 28 km do centro, as praias são simplesmente sensacionais, vale a pena fazer snorkel e curtir o sol. Vimos um por-do-sol de tirar o chapéu em Kenepa Grandi. O único ponto negativo é que Curaçao foi recentemente atingida por muitas chuvas e as praias sofreram alguns danos, como Kenepa é de graça, ainda estava com rastros de destruição, uma pena.

 

Com relação à compras não compramos muita coisa. Além de perfumes, só compramos relógios na Swatch e calças Levis. Os perfurmes compramos na Penha de Punda, os relógios no Renaissance Mall e as calças em Punda, na loja Jeans Alley que fica na Madurostraat, 9.

 

Um passeio que não pode faltar em Curaçao é o Dolphin Academy! É caro para você interagir com os golfinhos mas o que posso dizer é que vale cada centavo! Foi o ponto máximo pra gente em Curaçao, fizemos o snorkel e foi sensacional pena que sempre saímos de máscara nas fotos, rs, mas o DVD com o víedo ficou muito bom! O Dolphin Academy fica dentro do aquário que dá nome à praia, Sea Aquarium Beach, quem conhece outros aquários nem precisa perder tempo.

 

Fomos também a fábrica de licor Curaçao, que não recomendo, e visitamos a Caverna Hato que é muito legal, se tiver tempo vale a pena, são apenas 45 minutos de tour, mas a caverna fica próxima ao aeroporto e fecha às 16:00, os tours são de hora em hora.

 

Aproveitamos que estávamos hospedados em Otrobanda e sempre íamos a um restaurante bacana no fim do dia. No primeiro dia, seguindo uma dica da comunidade no Orkut, fomos ao Gouverneur du Rouville, onde pedimos um delicioso beef tenderloin (USD$95 a conta toda com vinho). No dia seguinte, jantamos no La Bahia (cogumelos de entrada é a dica, USD$55 a conta toda) e no último dia fomos ao Le Bistro de Clochard, no Riffort. No Gouverneur du Rouville e no Le Bistro é preciso reservar com antecedência para ter uma vista do canal e não ficar esperando na fila.

Para o café da manhã e o lanche achamos melhor comprar algumas coisas em um mini-mercado, não deixe de experimentar um biscoito chamado Marilu, é tipo biscoito maria com chocolate no meio, muito bom!

 

Em Curaçao tem uns cassinos e algumas lojas com bons preços para eletrônicos, no entanto, como estivemos em Las Vegas em 2009 e como minha namorada vai pros EUA agora em Março não fomos ao cassino e nem compramos nenhum eletrônico.

 

Ah, no duty free de Curaçao compramos uma garrafa de vodka Danska por 10 doláres!!!

 

Dica bônus: mesmo fazendo somente o snorkel, é importante ter um relógio para controlar o tempo, às vezes a gente se perde no tempo de tanta beleza e acaba ficando sem gás pra voltar pra praia.

 

Dica bônus: a água de coco lá é industrializada, gasosa e muito ruim! Tenha sempre água mineral consigo e beba bastante.

##########################################################################################################################################################

 

No mais é isso galera! Boa viagem a todos!

 

20110212155509.JPG

 

Abraços, Tomás.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 meses depois...
  • Membros

Olá """"

Estou indo de carro de Manaus para Isla de Margarita em Julho, e de lá irei para Los Roques! Estou muito empolgada com essa viagem, principalmente depois que li esses posts, mas ainda tenho algumas dúvidas importantes:

 

1- Gostaria de saber se essa época é alta temporada? Estou meio confusa quanto a isso...

2- Posso comprar as passagens de avião para Los Roques quando chegar em Margarita? ou devo comprar antes pela internet?

Quanto custa em média uma passagem de Isla de Margarita para Los Roques?

3- Tem problemas com roubo de dinheiro de hospedes nas pousadas?

4- As diárias das pousadas são muito caras? Podem ser pagas em Bolívares? Li em algum lugar que em Los Roques só aceitam dólares.

 

Se puder me ajudar e responder via e-mail eu agradeceria muito

[email protected]

 

Muito obrigada desde já! Beijos Fabíola L.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Olá """"

Estou indo de carro de Manaus para Isla de Margarita em Julho, e de lá irei para Los Roques! Estou muito empolgada com essa viagem, principalmente depois que li esses posts, mas ainda tenho algumas dúvidas importantes:

 

1- Gostaria de saber se essa época é alta temporada? Estou meio confusa quanto a isso...

2- Posso comprar as passagens de avião para Los Roques quando chegar em Margarita? ou devo comprar antes pela internet?

Quanto custa em média uma passagem de Isla de Margarita para Los Roques?

3- Tem problemas com roubo de dinheiro de hospedes nas pousadas?

4- As diárias das pousadas são muito caras? Podem ser pagas em Bolívares? Li em algum lugar que em Los Roques só aceitam dólares.

 

Se puder me ajudar e responder via e-mail eu agradeceria muito

[email protected]

 

Muito obrigada desde já! Beijos Fabíola L.

 

Oi!

 

1 - Lá para os meados de Julho é alta temporada

2 - Conheci várias pessoas que compraram passagem na hora em Caracas;

3 - Lá é muito tranquilo. Mas não custa levar um cadeado, né?

Quanto a pergunta 4 não sei informar bem, pois conheci gente que pagou em dólares e gente que pagou em bolívares.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 anos depois...
  • Membros

Muito bom seu relato Pat;

 

Estou indo pra LR em novembro e fiquei curioso com uma informação; O free-shop de Maiquetia aceita pagamento em Bolivares??? Geralmente free-shop opera sempre com dólar...

Se as condições climáticas estiverem favoráveis e claro não for feriado, você acha que vale a pena o esforço para conhecer o teleférico de Caracas???

Obrigado!

Abraço!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 5 meses depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...