Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Google Earth - GPS Tracks & Waypoints


Posts Recomendados

  • Membros de Honra
Velho... Ja baixei map source. gps trackmaker, training center. Mas jogar pra o gps a parte da chapada que quero nao consigo.

me explique como é esse base Jump! Eu vejo pelo programa e envio para o gps, da mesma forma que capturo um trajeto?

 

Vlw Mioto.

 

Olá Melchi,

 

 

Não é Base Jump, mas Base Camp. É um software alternativo ao MapSource para a manipulação de dados e integração de conteúdo com aparelhos de GPS Garmin. É gratuito e pode ser baixado na página oficial da Garmin, em www.garmin.com

 

Integrado com a assinatura do BirdsEye, serviço pago de imageamento de satélite da Garmin, é possível definir áreas de interesse e "baixar" essas imagens já georreferenciadas (ou seja, prontas para o uso) para uso como mapas de fundo na tela de seu aparelho de GPS. Uso este recurso e é muito prático, ainda que a definição e qualidade das imagens disponíveis no BirdsEye, para o Brasil, seja em sua maioria pior do que as disponíveis no Google Maps/Earth.

 

É possível georreferenciar qualquer imagem para uso como tela de fundo no dispositivo GPS que tenha habilidade para o uso desse recurso, como o Map 62, só que precisará de alguns conhecimentos de cartografia para tanto. Uma época comecei a escrever um breve tutotial sobre isso (na verdade não é "tão" breve e simples assim), mas por falta de tempo não fui adiante. Vou ver se neste fim de ano, sobrando um tempinho, concluo isso. :roll:

 

Saudações,

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 126
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Melchi, confirmo o que os colegas disseram anteriormente e que neste tópico a preocupação foi a de exportar imagens aéreas que pudessem ser usadas no GPS. A forma permitida pela Garmin (lembrando que existe outra, que consiste em gerar arquivos .jnx a partir de uma firmware alterada - o que só é possível fazer tendo-se um notebook com acesso à internet e aos cabos de conexão USB com o GPS) se limita a imagens que cobrem pequenas áreas (arquivos kmz). Se você quiser um detalhamento decente para seguir sua trilha se apoiando nelas, precisará de vários arquivos kmz.

Há também até a possibilidade de usar um mapinha temático de fundo, georreferenciando ele, como você já deve ter visto aqui: http://www.garmin.com/us/products/onthe ... fragment-2

 

A maneira mais fácil seria contratar o serviço de imagens da Garmin adquirindo a licença do Birds Eye. Eu só não posso te garantir a qualidade das imagens na Chapada Diamantina pq até Domingo estarei sem computador (meu HD pifou, aqui, e só sábado vou conseguir outro). Assim que o pagamento é feito no Cartão de Crédito, a licença é liberada e você já pode importar as imagens tendo o GPS conectado ao PC e usando o BaseCamp.

 

Em questão de urgência, se você tem conhecimentos básicos em cartas de declividade, recomendo usar os mapinhas topográficos da Mogeo (precisão de 5m) que são excelentes, e um mapa temático de mão, mesmo. Sabendo o relevo você já resolve a maior parte do problema restante de localização.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

 

[...]

 

Em questão de urgência, se você tem conhecimentos básicos em cartas de declividade, recomendo usar os mapinhas topográficos da Mogeo (precisão de 5m) que são excelentes, e um mapa temático de mão, mesmo. Sabendo o relevo você já resolve a maior parte do problema restante de localização.

 

Grande Elvis!

 

Sempre pertinente!

 

Sem dúvida. Com algum conhecimento de topografia e o uso das cartas do Mogeo (uso e recomendo) é possível se virar muito bem. Uso muito o Mogeo e a qualidade é boa, bastante confiável. Geralmente carrego no GPS o Mapa Brasil do Tracksource (que possui rodovias, estradas, cidades, muitas trilhas) e junto os mapas do Mogeo da região/estado onde andarei. Não tem me decepcionado. Geralmente uso as imagens de satélite apenas em trekkings mais técnicos, exploratórios mesmo, onde é necessário desbravar áreas de terreno mais desconhecidas.

 

Vou dar uma sapeada nas imagens do BirdsEye depois para comparar com as do Google Earth na região da Chapada Diamantina. Depois posto as informações aqui.

 

Abraços!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Amigos,

peguei o birdseye, mas realmente é fulêro d+, rsrs! muita nuvem e pouca qualidade.

Me esclareça uma coisa, tem algumas partes que são até legais, mas outras a qualidade é bem diferente! pq isso acontece? é pq umas fotos saem melhores que as outras?

pena que um região que vou bastante só tem as nuvens.

Minha duvida agora, é como vou colcoar as fotos do GE, e sincronizar para o gps? posso fazer pelo base camp? e eu colocando as fotos como eu sincronizo?

Cada dia vou me familizarizando mais, mas necessito ainda de muita ajuda, hehe!

 

Manda esse força ae galera!

 

Abração

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra
Amigos,

peguei o birdseye, mas realmente é fulêro d+, rsrs! muita nuvem e pouca qualidade.

Me esclareça uma coisa, tem algumas partes que são até legais, mas outras a qualidade é bem diferente! pq isso acontece? é pq umas fotos saem melhores que as outras?

pena que um região que vou bastante só tem as nuvens.

 

[...]

 

 

Olá Melchi,

 

 

Em tese a resolução deveria ser a mesma. Já a qualidade geral, depende de fatores atmosféricos e climáticos. O satélite que tira as fotos trabalha numa sequência pré-estabelecida, ele passa e capta as imagens do jeito que a natureza permite. Provavelmente no momento em que as fotos da região foram captadas haviam muitas nuvens sobre a área. Os caras não vão ficar passeando com o satélite várias e várias vezes seguidas sobre o mesmo local só para capturar uma imagem limpinha, infelizmente... ::grr:: Locais com nível de interesse maior (definido pelos operadores do sistema e interesses comerciais envolvidos) talvez até mereçam esse tratamento, mas não deve ser esse caso.

 

Abraço!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 meses depois...
  • Membros

OLÁ GALERA....

sou novo no forum... e como todos gostaria tvm colocar imagens jnx no meu garmin...

fiz todo o procedimento ensinado no link http://whitericeteam.blogspot.com.br/2012/02/utilizar-imagens-de-satelite-em.html

mas ao final quando coloco os arquivos JNX gerados, na pasta do carão d memória do aparelho--- depois ligo o aparlho não dá nada

aparece só os mapas que já tinha... não aparece imagns de satelites. o que faço???

 

outra duvida é em relação a esse arquivo que está neste video do youtube link

alguem tem esse arwuivo ou sabe o nome onde conseguir??
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 semanas depois...
  • Membros de Honra

Olá Paulo!

 

3 possibilidades:

 

1) Que aparelho é o seu? Nem todos permitem essa função...

2) Outra coisa (se o aparelho permitir): tem que entrar no menu do aparelho e carregar/ativar as imagens para uso...

3) Será que seguiu à risca os passos? É um procedimento digamos "meio" manhoso. Se algo no processo não for bem feito não funciona mesmo.

 

O arquivo que tu citou (mostrado no vídeo do Youtube) foi uma compilação que o cidadão que fez o vídeo criou com vários programas encontrados na internet. Se prestar bem atenção verá que encontra cada um em separado. Ou então, entra em contato com o autor do vídeo e solicita a ele, ok!?

 

Abs!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 4 semanas depois...
  • Membros

MAPA JNX e MAPAS ROTEÁVEIS PARA GPS GARMIN

boa noite pessoal, sou militar do exercito e a anos venho trabalhando com mapas para gps, ja aprendi muita coisa, e pretendo ajudar agora outros, vou deixar uma pergunta e tambem deixar umas descobertas.

- Primeiro: Gostaria de saber se alguem que assina o Birds Eye, ja utilizou imagens JNX criadas nesses diversos programas que andam por ai? Pergunto isso, porque, utilizando um pendrive (dentro desse pen drive, fora o arquivos executável, que posso passar depois se alguem precisar, tem que ter uma pasta com o nome GARMIN e dentro dessa pasta, é necessário criar uma outra pasta, com o nome BirdsEye, e dentro dessa, colocar um arquivo JNX), feito isso, o pc vai reconhecer esse pen drive como um gps virtual, é possivel abrir imagens JNX no Base CAmp, estando estas imagens no programa, tem a opção de enviar para o aparelho, claro que no caso do meu etrex 20, na hora do envio ele busca a assinatura do Birds Eye,como eu nao tenho, da erro, mas acredito, que assinando o Birds Eye, é possivel, enviar qualquer mapa no formato JNX para o aparelho, sem a necessidade de firmeware.

- Segundo: para quem conhece, o progrma chamado Global Mapper, a versao 14 dele, cria os mapas JNX de maneira muito facil, vamos utilizar por exemplo, uma carta do IBGE, basta inseri-la e calibra-la no global Maaper, exportar para jNX e pronto. Lembrando que isso é facil na versao 14, as anteriores nao fazem isso. Esse topico ja testei e deu certo, eu tinha um etrex 30, desbloqueado pelo firmwarepatcher2,9, e utilizei muitos mapas em jnx, com muito boa resolução e sem quebrar a cabeça para fazer a conversao e envio. (infelizmente esse gps foi roubado e no etrex 20, nao deu certo o desbloqueio).

-TErceiro: Mapas roteáveis da garmin, eu tenho feito varios mapas roteáveis, utilizando o gtm pro, para todo trabalho de campo e preparação, e dpois, com um programa chamado Mapwel (90 dolares), faço o roteamento, é bem facil depois de pegar o macete, no começo apanhei um pouco, mas depois, o roteamento sai com perfeição, inclusive daria para editar direto nele, porem fica demorado.

 

Caso alguem tenha interesse em algumas dicas detalhadas, aqui eu apenas falei superficialmente, meu email é [email protected]

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 5 meses depois...
  • Membros

Peter, ainda na ativa? Obrigado por compartilhar conosco o que tem feito aí.

 

Este tópico tinha sido aberto com intuito de fazer isso mesmo. Inicialmente, o que todos nós tínhamos em vista aqui no fórum era a limitação estabelecida pelo próprio GPS da Garmin a arquivos .JNX não gerados pelo BirdsEye. Eu fiz algumas boas experiências com o Global Mapper 13, e com o GPSMapEdit. Com o MapEdit é bacana a possibilidade de transformar shapes de hidrografia ou de tipos de vegetais e solo, em arquivos .IMG, e colocá-los como mapas no GPS! Fiz uma experiência e eles me foram úteis. O programa também me permitia extrair dados de um arquivo .IMG fechado (como um mapa de linhas de nível). Não posso recomendar isso, é claro, pois estaria contra os direitos autorais. Mas a geração de arquivos .IMG não está no controle da Garmin e você só precisa de um programa que consiga gerar o mapa nos parâmetros aceitos pelo GPS. O OzyExplorer também tem recursos bastante interessantes. Sou um fã de geoprocessamento e cheguei a trabalhar com arcGIS e CadMap. Mas essas belezinhas que fazem a ponte entre dados espaciais e aparelhos GPS não foram exploradas totalmente por mim. Em alguns fóruns, ainda pude encontrar programas mais experimentais - e gratuitos - feitos para tal trabalho, mas aí você precisa de um certo domínio em linguagens C. Resumindo: muito trampo! A ideia era fazer um manualzinho, um passo-a-passo bem prático para que a galera conseguisse ter tudo do Google Earth e dos concorrentes à disposição nesses GPS's mais comerciais. No caso das imagens aéreas, nesta página me surgiu uma ideia de gerar arquivos .IMG de imagens aéreas: http://freegeographytools.com/2008/converting-raster-maps-to-garmin-vector-format-with-bmap2mp Será que conseguiríamos fazer isso aqui no Mochileiros? Vou enviar a mensagem também para seu e-mail. Com tempo, posso colaborar para isso. A ajuda é muito bem vinda!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Silnei unpinned this tópico

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...