Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Membros de Honra

Paramos em uma cidade pequena (infelizmente não me recordo o nome mais), e com as poucas moedas que tínhamos tentamos comprar um refrigerante, o calor não estava tão quente, mas ainda assim, não estava fácil.

 

A sra. dentro do mercadinho veio conversar conosco, era descendente de alemães, que já moraram no Brasil, o marido dela, inclusive é Brasileiro.

 

Conversamos um bom tempo, contou que a família dela tem gente na Argentina e no Brasil (no Sul e até no Amazonas).

 

A família dela adora música brasileira e são fãs de música sertaneja, adoraram o filme Os Dois Filhos de Francisco e adoram o Sertanejo antigo, tipo Pena Branca e Xavantinho, Sergio Reis, etc.

 

Como o mercadinho não estava aberto, nos indicou um ao lado do YPF.

 

DSC04600.jpg

 

Com o restinho de moedas, compramos una gaseosa de garrafa de vidro com 1,5 L e acreditem, tomamos tudo.

 

DSC04602.jpg

 

Reparo estratégico no capacete da patroa, foi de San Pedro de Atacama até Machu Picchu e voltou, só fazendo a troca quando perdia a cola

 

DSC04604.jpg

 

DSC04605.jpg

 

A moto entrou na reserva logo depois dessa cidade foi assim até Puerto Iguazu, quando nos despedimos da Argentina.

 

Poucos km's antes de Puerto Iguazu, tivemos que parar num posto abandonado para deixar a chuva passar, como de repente apareceram pessoas indo e vindo de carro, sempre para o mesmo lugar e o pior o mesmo carro, desconfiamos e fomos embora (depois da terceira passagem).....hehehehehehehe

 

Na Aduana carimbamos o passaporte e o rapaz ainda brincou, vem chuva aí, falei já pegamos lá atrás.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 298
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros de Honra

Preciso falar aqui, a emoção de chegar ao BRASIL foi tremenda, nós não nos contivemos, foi uma gritaria no intercomunicador e pulamos em cima da moto, não sei explicar essa alegria, cada placa que víamos com o nome BRASIL era motivo para uma comemoração.

 

Só quem passa por isso deve entender, eu confesso, não consegui explicar isso até hj...... heheheheheheeheheheheh

 

Depois que entramos no BRASIL nas ruas de Foz do Iguaçu a alegria não diminuiu, foi ótimo quando um corretor daqueles que nos indicam onde tem um hotel “mais em conta” de moto veio conversar conosco em um farol.

 

Foi ótimo poder falar em português novamente e respondemos que já estávamos com a hospedagem marca no Hotel tal, na Rua do McDonald's e que tinha o restaurante japonês, etc......heheheheheeheh

 

Mas, falei isso tudo com um sorriso no rosto imenso.

 

Paramos num hotel logo depois do Coroados, queríamos saber o preço, o rapaz que guardava carros, nos comentou que não havia mais quartos para casal, perguntou se tínhamos feito reserva, falei que não.

 

Enfim, na recepção a patroa foi informada que não havia mais quartos para casal, e nos indicaram outro hotel, mais à frente.

 

Coincidência ou não era o Hotel San Juan ( da rede dos hotéis de Curitiba ).

 

DSC04607.jpg

 

DSC04608.jpg

 

DSC04609.jpg

 

DSC04610.jpg

 

Deixamos as coisas no quarto e fomos comer, agendamos ainda um passeio gratuito para o Free Shop.

 

Comemos correndo no McDonald's, era o que tinha mais perto e mais rápido e voltamos para o hotel.

 

Fui conversando com o motorista da Van, sobre preços, perguntei se era bãããããooo mesmo, ele comentou que já foi melhor, só que com a alta do dólar as coisas estavam mais caras, mas ainda compensava, pela garantia de serem produtos originais.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Lotada a Van, paramos ainda num lugar chamado Artesanato (não sei o q.) tudo muito caro, como o motorista da van já havia nos dito.

 

De lá fomos até o Free shop, perguntei do Seguro Carta Verde e ele respondeu que de vez em quando tem Blitz um pouco antes do Free Shop e ainda mandam as pessoas voltarem.

 

No fim, chegamos ao Free Shop e os cones da fiscalização estavam ali, mas não estavam fazendo naquele horário.

 

O duro foi na hora que fomos entrar, bom vou tentar explicar o ridículo da situação.

 

Vc quando vai ao Shopping, já foi barrado alguma vez ??? Foi proibido de gastar ???

 

Pois é, lá no Free Shop, existe um posto da Aduana, que na verdade não carimbam passaporte nem nada, e fica antes, poucos metros da Aduana de Imigração (aquela que usamos para entrar na Argentina), enfim, por mais estranho que pareça, para gastar no Free Shop, vc precisa apresentar os mesmo documentos que te permitem entrar na Argentina, ou seja, RG atual (quando resolvem pegar no pé exigem isso) ou passaporte (não vale nenhum dos outros documento oficiais do Brasil).

 

Até aí, estão no direito deles, mas putz, aquilo é um Shopping, é a coisa mais ridícula que vi até hj, pois vc está proibindo gente de gastar.

 

E detalhe, não estava tão barato assim, muitos brasileiros entravam e saiam de mãos vazias, havia pouquíssimos argentinos que também estava reclamando do preço, falando que a poucos km's dali em Puerto Iguazu as coisas custavam 3 x menos.

 

Enfim, do Free Shop ficou só essa recordação, a proibição de consumir produtos (será que a Argentina vive num mundo capitalista ???).

 

Tinha outras pessoas como nós e ficamos conversando sobre a situação, pior era uma moça de Alagoas que tinha ido com a cópia do RG e estava super animada com o passeio pelas Cataratas do Iguazu, enfim, não ia conseguir fazer.

 

Tinha um casal que foi com um filho de 2/3 anos que somente permitiram a entrada dele no Free Shop para aquele dia .... heheheheheheheheeheheheh

 

Porque ele ainda não tinha RG e só estava portando a Certidão de Nascimento..... o casal teve que ouvir que na Argentina a pessoa quando nasce já tem RG.

 

Esses estavam tirando o sarro mesmo, já que os preços estavam horríveis, falaram que no Paraguai estava tudo muito barato.

 

Bom, vai entender isso.

 

Voltamos para o hotel e ficamos curtindo TV em Português.

 

Ainda bem que o passeio foi gratuito e foi bacana pq a gente pode passar por isso, tudo é uma experiência, tem umas que são cômicas, como essa.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

30 e 31/12/08 - Foz do Iguaçu - PR/Ourinhos - SP/São Paulo - SP

 

Levantamos cedo e fomos ao banquete, afinal, café da manhã no Brasil é banquete......heheheheeheheh

 

Apesar de que nessa viagem não ficamos nas médias lunas e torradas contadas......heheheehehheeh

 

Mas, nada se compara ao café da manhã brasileiro.

 

Tomei vários sucos, mas não comi nada, não quis arriscar, já estava melhor, mas ainda assim preferi manter o esquema até em casa.

 

O barato era um passarinho, desses bem pequenininhos e comuns das cidades que entrava na área de café da manhã (que era no sub solo ao lado da piscina.....ai se tivéssemos tempo......heheheheh) e pegava farelo de pão, depois saia, fez isso umas 2 vezes enquanto estávamos lá.

 

Para variar o café da manhã ia até as 9h30 e como estamos no Brasil, o pessoal chegou mesmo às 9h35......heheheheeheheheheh

 

Arrumamos nossas coisas e partimos

 

DSC04612.jpg

 

DSC04615.jpg

 

Passamos novamente na ótima loja que trocamos os pneus da Fazer, a Pico Motos, que fica na Rua Marechal Floriano Peixoto, 1270 - tel.: (45) 3523-1505, foi onde conseguimos os pneus beeeeem mais baratos que em SP, fomos lá para deixar um adesivo da viagem e para tentar encontrar o reparo do capacete da patroa.

 

Infelizmente não tinham, até tentaram em várias lojas por telefone, mas não conseguiram, só em SP agora....hehehehehehe

 

Deixamos o adesivo com o Bruno, funcionário que nos recebeu para troca dos pneus e nos indicou a Cantina que tinha comida BBB, mais detalhes lá no início do relato de viagens.

 

À volta para Ourinhos foi cansativa, ainda mais que um saco plástico transparente, desses de embrulhar fogão, geladeira, etc. Estava na pista e ergueu quando um carro passou e foi prender bem na relação da moto.

 

Levamos mais de 30 minutos para remover tudo.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

E fomos passando em todos os pedágios (os 9 da volta) parando o trânsito, já que viagem de moto é assim, não tem jeito, as moedas ficam dentro da carteira, que fica dentro da pochete.......

 

Abastecemos em Cornélio Procópio, já com a luz do Sol se pondo, chegamos a Ourinhos já de noite, tem que ficar atento tem uma entrada da cidade, logo antes do Posto da Polícia Rodoviária, se passar direto tem que fazer retorno (foi o que acabamos fazendo.....hehehehehe).

 

Entramos pelo outro lado da cidade e vimos vários restaurantes/pizzarias, etc. Ourinhos tem uma unidade da UNESP, portanto tem que ter restaurantes/pizzarias e outros lugares.

 

Finalmente entendemos onde haviam nos indicado para jantar, na vinda não tínhamos achado o “shopping”, enfim fica aí a dica, ao lado daquela igreja das fotos da primeira parte do relato, fica um shopping, nossa foi ótimo, feijoada e Guaraná, nem liguei que era Diet, a saudade do gostinho do Guaraná era grande.......heehheeheheheheheheheheheh

 

Comi bastante e por coincidência teve queima de fogos de artifício, acho que estavam testando para o dia seguinte, já que eram 10 hs da noite.

 

Voltamos ao hotel e tive dificuldade para dormir, pegamos um quarto sem ar, apesar de ter opção de com ar e o ventilador não venceu o calor, por isso que digo, o calor é terrível, o frio a gente se vira, mas o calor não tem jeito.

 

 

No outro dia, saímos cedo, a patroa se abasteceu de um belo café da manhã, eu não comi nada e seguimos nosso caminho

 

 

DSC04616.jpg

 

Km rodada de Foz do Iguaçu até Ourinhos

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

O caminho foi um misto de calor e de garoa, chegamos a SP no comecinho da tarde, antes da chuva e passamos o réveillon com nossos parentes e nossos dog's a alegria foi grande.

 

Depois de 02 dias de descanso, viemos para casa.

 

DSC09483.jpg

 

Km total da Fazer

 

DSC09487.jpg

 

DSC09488.jpg

 

A valente só veio depois de uma semana, já que tentei deixar a moto na concessionária Red Baron, mas eles não trabalharam no dia 02 (com certeza um descanso merecido).

 

A revisão da moto foi feita lá e só encontramos dois problemas, na verdade o primeiro foi um receio de ser algo mais grave, mas não era.

 

O barulho que a moto apresentou lá em Tacna, era só e somente só o Catalizador, um barulho horrível, parece ferro raspando com ferro, ainda não fiz a troca, o conserto é simples, trocar todo o escapamento da moto, algo em torno de 680 reais :hein :thumbdown: calada1 :cry: :pale:

Pois é e não tem jeito, vou ter que pagar isso.

 

O outro problema é

 

DSC09486.jpg

 

Pois é, na volta do Chile, reparei que o protetor de motor da marca Roncar (que comprei para essa viagem) quebrou, culpa da vibração.

 

Para não ficar perdendo tempo com garantia (já tive problemas com a Roncar, mas consegui trocar na loja o produto por outro de outra marca) vou direto num amigo funileiro e pedir para soldar tudo de novo, se possível com reforço.

 

E o último problema que descobri aqui em casa, é que um amassado na roda da moto que tenho antes dos 10.000 km's, culpa de um buraco da Fernão Dias (que já não existe mais) parece que resolveu abrir o bico, está fazendo o ar sair por ali, fato constatado num borracheiro e vou aproveitar para levar a roda para desamassar e colocar um pinguinho de solda no lugar.

 

DSC09489.jpg

 

Falta encontrar o adesivo que está faltando (o quarto país que a Fazer conheceu), nem sei onde vou conseguir desse tipo, já que os que comprei foram na G.O. e lá só tinha desses países mais o Paraguai.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

DSC09490.jpg

 

Adesivos no bauleto que resistiram bravamente.....hehehehehehehe

 

DSC09491.jpg

 

Novo adesivo que não vai sair daí.

 

DSC09494.jpg

 

E o adesivo da sempre ótima, nota 10 no cuidado da valente, a Concessionária Red Baron.

 

DSC09492.jpg

 

E dessa vez o pneu chegou com "sulcos" em casa.....heheheheheheeheheheh

 

Enfim, foi mais uma viagem mágica (by ltadeu do [email protected]) não podemos deixar de agradecer algumas pessoas que nos ajudaram.

 

Ao ltadeu do [email protected] pelas informações, ao amigo Rad pelas conversas antes da viagem e o apoio e ao amigo F.Quebramar o Falcão das estradas, que nos passou algumas dicas durante a viagem, as mps foram essenciais para pensar no caminho que deveríamos seguir e o melhor não entrarmos na estrada errada na volta de Cusco.....heheheehehehehehe As conversar antes da viagem, sobre a situação política no Peru também foram tranqüilizadoras, o receio da gente não era pequeno.

 

Queremos agradecer também aos amigos do Fol que nos acompanharam nas poucas mensagens que enviamos durante a viagem e na leitura paciente do relato final.

 

Queremos também agradecer aos amigos do [email protected] que também estiveram acompanhando o relato da viagem e pela leitura paciente.

 

A gente agradece mesmo, pois sabemos que são muuuuuitas fotos, mais até do que da viagem para Ushuaia e o texto também não ficou menor......heheheheheehehehehehe

 

Gente vou deixar aqui dois link's interessantes, que até pensamos em usar as dicas, são lá dos mochileiros, são meios diferentes de chegar em Machu Picchu sem ser pelo trem, obviamente são mais baratos, mas como não fizemos (preferimos nessa viagem manter o caminho tradicional) não podemos falar sobre, no segundo caso, há riscos de encontrar com o Sendero Luminoso, atenção nesse ponto, ok ?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Aqui está o blog de um rapaz que postou o caminho para Aguas Calientes no mochileiros, com certeza ficou beeem mais barato, mas não foi fácil

 

http://kakikando.blogspot.com/2008_02_01_archive.html

 

Aqui está um meio de ir com a moto, seja ela alugada ou a própria

 

rumo-a-machu-picchu-com-moto-alugada-em-cuzco-t30718.html

 

Foi o primeiro tópico sintético da informação, já que o rapaz que fez o LéoRJ lá do mochileiros, sempre posta as informações separadas em vários tópicos sobre o Peru e sobre Machu Picchu, vale a leitura, talvez numa próxima viagem, quem sabe.

 

O ltadeu do [email protected] foi com uma moto, alugada também, de Ollantaytambo até Águas Calientes acompanhando o trilho do trem, fantástico, falta o relato.....heheheheheheeheheheheheheheheh E as fotos......heheheheheeheheheheheh

 

Outro lugar indicado no site dos Mochileiros e nos guias de viagem que usamos é Choquequirao

 

choquequirao-um-misterio-ainda-maior-que-machu-picchu-t29360.html

 

Vou colar uma foto que encontrei no google imagens

 

choquequirao-plaza.jpg

 

O problema desse lugar é que é trilha a pé, a vantagem é que é pouco visitado, pouco conhecido e por isso mesmo é um passeio barato, já que não há cobranças de taxa para entrar.

 

No mesmo estilo e recentemente descoberto, o último refúgio dos Incas naquela região, um lugar chamado Spiritu Pampa, ainda sem trilha definida, no mesmo estilo de Choquequirao, só que por trilhas na mata, só recomendável para os que topam camping selvagem, já que são de 7 a 10 dias caminhando na mata, isso se contar que o final é Machu Picchu.

 

O barato desse lugar é que o descobridor de Machu Picchu achou que tinha descoberto o último refúgio Inca, quando achou Machu Picchu e na verdade, não era, esse lugar só foi descoberto recentemente é tem pouquíssima informação na internet sobre Spiritu Pampa.

 

Aqui uma área do mochileiros só sobre Machu Picchu, aliás há para todos os países da América do Sul, além do guia de viagens, relatos de viagens (moto, bike, carro, etc) é a nossa maior fonte de informações, já que é um fórum para mochileiros, onde tem muitas informações até sobre perigos e situações passadas pelos viajantes, vale muito à pena

 

machu-picchu-f49.html

 

Também pensamos em fazer a Rota TransOceânica ou InterOceânica, ou a Rota do Pacífico, o melhor site que encontramos sobre foi:

 

http://www.rotadosandes.com/

 

E finalmente o melhor site/blog sobre a Bolívia e Uyuni:

 

http://www.movimentos-constantes.blogspot.com/

 

Enfim, gente boa pesquisa e valeu pela paciência.

 

Grande abraço,

 

P.s.: Faltaram claro os tradicionais sites de relatos que lemos para nos preparar para as viagens:

 

http://www.rauenmotoviagem.com.br/

 

http://www.mgvidamansa.com.br/

 

http://www.xt600.com.br/

 

http://www.inema.com.br/

 

E vários blog's espalhados pela internet.

 

 

heheheheheheheheheheheeheh..... FIM........ heheheheeheheheheheheheheheheeheheheheheheheheheheheh

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra
Olá galera..

 

estou indo pra machu picchu de moto com mais cinco amigos em janeiro.

acessem o blog..

tem o roteiro, e todo o planejamento da viagem..

bom pra trocarmos informações

 

[EDITADO - Coloque essas informações no seu perfil]

 

boa viagem..

abraços..

 

Fala Renan, blz ?

 

Cara, cria um tópico e vai contando a história da viagem pra gente aqui também.....

 

No mais, precisando de alguma informação grita aí que a gente "tenta atrapalhar" aqui.

 

Grande abraço e boa viagem.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...