Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
LuanaDFragoso

PUERTO MADRYN - patagônia dos bichos

Posts Recomendados

BUENOS AIRES

Melhor lugar para ficar/se hospedar: no centro; nas imediações da Av Corrientes, Av Sarmiento. Ali ficam os principais pontos turísticos (casa rosada, obelisco, puerto madero, rua florida) além de muitos teatros e apresentações de tango. dá pra conhecer a maior parte dos pontos turísticos a pé (até mesmo a feirinha de san telmo). Ah! Uma coisa legal é que em Buenos Aires tem vários pontos de wifii (que funcionam bem), no metrô e nas ruas do centro.  

Buenos Aires é um destino muito conhecido e visitado, por isso já tem bastante informações na internet.

Já quanto a Puerto Madryn, a "patagônia dos bichos", encontrei mais dificuldade em conseguir certas informações.

 

PUERTO MADRYN

Existem três opções para ir de Buenos Aires até Puerto Madryn

- avião: é a opção mais rápida e também mais cara. você deve pegar um voo até bahia blanca, e de lá, um ônibus ou trem até puerto madryn, ou alugar um carro.

- trem: é a opção mais barata, porém demanda mais tempo, não de viagem, mas do seguinte: o trem vai até bahia blanca, e de lá você deve pegar um ônibus até puerto madryn, ou alugar um carro. acontece que o trem não sai todos os dias (um dia está saindo de bahia blanca até buenos aires, no outro de bue até bahia), então dependendo do dia que você quiser ir e voltar, o horário do trem pode não coincidir com o do ônibus, e então você teria que pernoitar em bahia blanca.

- ônibus: é um pouco mais caro que trem, são 18h de viagem no total (com paradas), tem no mínimo 3 horários de saída por dia. foi a opção que escolhi. os valores das passagens, ida e volta, por pessoa, deu em torno de AR$3.950,00 (pesos argentinos). uma DICA é: escolha os horários da noite, viajando à noite você não perde muito tempo para passeios e economiza na hospedagem. Existem três opções de leito: econômica (comum), semi cama e cama. Entre a semi cama e a cama não vai ter muita diferença na inclinação, mas a cama da empresa El Condor é sem dúvidas mais espaçosa, e isso valeu muito a pena. Outra DICA é: escolha as poltronas da primeira fileira do primeiro andar, além de ter uma vista melhor (igual a do motorista, não só pela janela do lado, mas de toda a frente), você ganha mais espaço.

Você pode pesquisar as opções/preços de passagens com antecedência no site das empresas ou no site plataforma10.arg.

EMPRESAS DE ÔNIBUS (testadas: CONDOR ESTRELLA e ANDESMAR)

Na ida, fui pela empresa El Condor Estrella, e na volta pela empresa Andesmar. Sem sombra de dúvidas a El Condor é melhor, pela limpeza, o trato com os passageiros, os lanchinhos, as condições do ônibus. Valeu a pena pagar um pouco mais. Achei bem legal que depois da primeira parada voltamos ao ônibus e estava tudo limpinho  e arrumado, com um novo pacotinho de lanche + água na nossa poltrona (isso na El Condor).

Não compre a passagem pela internet, indo até a rodoviária de buenos aires (no bairro retiro) - as agências ficam no primeiro andar da rodoviária - você pode pechinchar os valores, pesquisar nas várias agências e comprar por um valor mais em conta; mas faça isso com uma certa antecedência. Comprei as passagens assim que cheguei em buenos aires, 4 dias antes do dia da viagem para puerto madryn.   

RODOVIÁRIA DE PUERTO MADRYN

Depois de uma longa viagem, cheguei até a rodoviária de Puerto Madryn, onde a gnt tem que passar mala pelo raio-x (igual aeroporto). A rodoviária fica um pouquinho longe da orla (o "centro" da cidade, onde se pode encontrar várias lojas, locais de aluguel de carro, hostels, pontos de passeio, etc); quando cheguei fui andando até lá, com a mala e isso levou uns 20 min. Mas tem um ponto de táxi na rodoviária e não custa muito o valor da corrida (saiu em torno de 10 reais (cotação AR$ 8,6 por R$ 1,00); é uma cidade bem pequena. 

Obs.: Não tem uma pessoa da empresa que tire a mala do bagageiro do ônibus para você. ou você faz isso sozinho, ou então dá um trocado ("propina") para uma pessoa que - sempre tem - fica lá na rodoviária tirando as malas (é tipo o nosso flanelinha).

HOSPEDAGEM

Reservei um "ap" no Airbnb, achei mais barato do que até mesmo o hostel. Estávamos em 3 pessoas e o valor da diária saiu por R$ 100,00 (para os três), mas se você for sozinho, um hostel seria mais barato. Os mais baratos são, primeiro, "Che Patagônia" (wpp: +54 9 280 419-1275), que estava por AR$ 1.600,00 a noite e, depois, "Hi Patagonia" (wpp: +54 9 280 439-0422), que estava por AR$ 1.800,00 a noite.

ALUGAR CARRO X EXCURSÕES

O Hi Patagonia também aluga carros (você vai precisar para conhecer os principais pontos da bacia (locais onde se pode ver pinguins, lobos marinhos, leoes marinhos, baleias, etc); a carteira de motorista do Brasil  pode ser usada na Argentina, sem problemas; a diária do carro custou AR$ 700,00 e o litro de gasolina estava AR$ 40,00.  Alugar um carro custou menos que pagar por uma excursão (considerando que fomos em 3) - as excursões custam em média AR$ 1.600,00 por pessoa -, porém não é nada cômodo dirigir por tantas horas; de puerto madryn até punta tombo são 171km (sendo 60km de estrada de chão), já na Peninsua Valdes você passa o dia inteiro - dirigindo e parando - para ver os principais pontos. De puerto madryn até a Peninsula são em média 120km (e mais 171km - dentro da peninsula - de estrada de chão).

Obs.: Reserve o carro com antecedência e faça questão de um carro alto. Eu não li nada sobre isso e chegando lá me deparei com 171km de estrada de terra branca - escorregadia -, cheia de ondulações (o que aqui no Maranhão a gente chama de "costela de vaca"), ventos muito fortes. Veja bem, as estradas da Argentina são ótimas, lisinhas, sem buracos, sem muitas curvas, mas os pontos turísticos Punta Tombo (onde se pode ver os pinguins de magalhães) e Peninsula Valdes são reservas, não possuem estradas asfaltadas dentro dessas reservas, então grande parte do trajeto vai ser de estrada de chão.

Não existem ônibus/vans públicos ou mesmo privados - exceto os de excursões - que façam o trajeto de puerto madryn até punta lomo/punta tombo ou peninsula valdes, nem mesmo dentro da peninsua valdes. 

Bicicletas: existe também essa opção. alguns pontos em puerto madryn alugam bicicletas e você pode fazer esse trajeto nelas. é muito cansativo e vai te demandar muito mais tempo, mas saem por um preço melhor que alugar um carro.

INFORMAÇÕES TURÍSTICAS

Uma das primeiras coisas que você deve fazer ao chegar em puerto madryn é ir até o ECOCENTRO - centro turístico de informações - lá você pode obter informações sobre quais animais você pode observar naquela determina época do ano, os melhores horários para vê-los e, principalmente: o horário da maré. Isso é muito importante se você pretende ver as baleias da própria praia - até o final de outubro é possível vê-las da praia de Doradillos, quando a maré está cheia elas chegam bem perto da beira da praia e você pode olhá-las sem precisar fazer o passeio de barco -. Além do mais, a praia de Doradillos fica a poucos km de puerto madryn.

Considerando isso, você deve fazer as contas de quantos dias ficar em puerto madryn sempre colocando um dia a mais, para se informar e garantir que esteja na cidade no horário da maré cheia (a maré enche 2x por dia, as vezes isso vai acontecer só uma vez durante a manhã e a outra apenas a noite, momento em que você não vai conseguir ver as baleias). Eu cometi esse erro: baixei um app que informa os horários da maré e me senti garantida. Chegando lá, vi que o aplicativo estava totalmente errado, e o horário da maré cheia era outro completamente diferente, o que bagunçou todo o cronograma e no final das contas não consegui avistar baleias.

Obs.: passei 3 dias em puerto madryn, mas recomendo pelo menos 4 dias.

Vou colocar aqui as fotos dos mapas turísticos de Puerto Madryn, Puerto Piramides e Peninsula Valdés.

PASSEIOS

Eu fui até Punta Tombo de carro - 171km ao todo, sendo 60km de estrada de chão - onde está localizada a maior colônica de pinguins de megalhães da América do Sul. Eu baixei no Google Maps  o trajeto de puerto madryn até punta tombo - pra quem não sabe, o app oferece essa opção de você baixar um local para ver offline - e também me orientei pelo mapa turístico. Foi tranquilo encontrar o local. O que pode causar uma dúvida é o caminho que você deve pegar à esquerda - saindo da estrada asfaltada -, mas tem uma placa (com um pinguim enorme) à direita apontando para o caminho que você deve pegar, então é só ficar atento que não tem erro. 

Lá tem uma estrutura com banheiros, pátio, restaurante/lanchonete - com preços bem salgados (um hambúrguer bem simplinho custa R$ 40,00!!). Você deixa seu carro/bicicleta nesse local e segue caminhando por uma "trilha" que tem de 800m a 1km de puros pinguins haha Nossa! São muitos pinguins. Tem deles "cantando" para acasalar, tem deles pondo ovos, chocando ovos, pinguins saindo dos ovos, dormindo, tem deles caminhando por entre as pessoas. Essa trilha segue até perto da praia e, chegando perto do mar a paisagem fica realmente incrível. Além dos pinguins, você pode ver outros animais também, como vicunhas, pássaros aquáticos, etc.

Obs.: é uma área de preservação, por mais que os pinguins se aproximem, não toquem neles. aquele é o ambiente deles, a casa deles, é bem inconveniente que você fique os tocando.

A entrada para Punta Tombo custou AR$ 300,00 por pessoa. (não aceitam meia de estrangeiros). 

Existe outro local em que é possível ver uma colônia de pinguins de magalhães, se chama Stancia San Lorenzo e fica na Peninsula Vldes, próximo à Punta Norte. Eu não cheguei a ir a esse local, mas segue a foto do folder. O valor da entrada é superior à de Punta Tombo e é também um local menor que Punta Tombo.

Outro passeio que fiz foi o snorkeling com lobos marinhos. É uma experiência incrível, super recomendo, os lobos marinhos parecem cachorrinhos, são muito fofos e brincalhões. O passeio é feito às 7:30a.m. e vai depender da maré e das condições do tempo para seguir. São cerca de 20min de lancha até Punta Lomo, onde ficam os lobos marinhos. Fiz com a Abramar Buceo, que ofereceu os melhores preços. Você pode entrar em contato com eles por e-mail, eles respondem rapidinho:  [email protected], se preferir, seguem os números: 0280-4475696 /0280-154593800 (não tem wpp). Todas as agências que entrei em contato ofereceram esse mesmo passeio pelo valor de AR$2.800,00. Os valores da Abramar Buceo foram os seguintes: AR$ 2.800,00 no cartão; AR$ 2.500,00 em dinheiro e, se você reservar o passeio antes do dia 30 de agosto e for pagar em dinheiro, o valor fica AR$ 2.350,00. 

Eles também oferecem o mergulho, porém, só para quem tiver certificado. Três pessoas do Abramar Buceo nos acompanharam no passeio, e um deles fala português.  

Como cheguei no dia 19 de novembro, a temporada das baleias na praia El Doradillo já havia passado duas semanas - elas ficam até o final de outubro, no máx até o início de novembro -, então fui até Peninsula Valdés, para Puerto Piramides, na tentativa de ver baleias (como já disse, errei o horário da maré alta por conta do aplicativo que baixei). De lá também saem barcos que te levam para ver as baleias em alto mar. Essas são algumas das agências e os respectivos e-mails (algumas saem de puerto madryn): 

Hydrosport: [email protected] ; Pekesosa turismo de aventura [email protected] ; punta ballenas [email protected] ; bottazzt avistaje [email protected] ; whales argentina [email protected]  ; yellow submarine (você pode entrar em contato pelo site da agência; essa também oferece um passeio para avistar baleias de um jeito diferente, não em um barco, mas em um submarino).

Todas as agências oferecem o passeio de avistajem de ballenas pelo mesmo valor de AR$ 1.750,00.

Na Peninsula Valdes existem diversos mirantes para olhar os animais em seus habitats; em cada ponto do mapa se pode notar um animal ou até três animais juntos, diferentes, que se pode observar em cada mirante. Segui até Punta Cantor, parando em dois mirantes que haviam no caminho, onde se podia olhar, no primeiro, pinguins e no segundo, orcas. Já em Punta Cantor se podia olhar elefantes marinhos e orcas (com a maré alta).

Na entrada da Peninsula Valdés (parece uma parada pra pedágio, mas não é rs), que custou AR$ 330,00 por pessoa, você recebe recomendações sobre o local e direção segura dentro da peninsula. Logo em seguida existe um ponto de informações turísticas - você pode encontrar um também em Puerto Piramides -, onde eles te entregam um mapa que indica em que pontos específicos da peninsula você poderá encontrar determinados animais, os períodos do ano que esses animais aparecem e também os horários da maré alta. 

ONDE COMER EM PUERTO MADRYN

Outra informação que tive dificuldade de encontrar na hora de planejar minha viagem pra Puerto Madryn foi onde comer. Você encontra bastante locais onde comer frutos do mar, e os restaurantes Nautico Bristo Bar e El Barco Cantina oferecem pratos excelentes. 

Mas o prato super falado de Puerto Madryn é o cordeiro patagônico, assim como a sobremesa "torta galesa". E quase não encontrei um bom lugar para prová-los. Porém, aqui estão eles: Para provar uma torta galesa excelente, procure pela confeitaria "Dragon Rojo" ($$$$); já para experimentar um bom cordeiro patagônico procure pelo restaurante Chona ($$ - $$$) ou pelo restaurante La Estella Parrilla ($$ - $$$).

TROCAR REAL POR PESOS 

Só tem um banco em Puerto Madryn que troca reais por pesos argentinos (os outros trocam apenas euro e dólar), que é o Banco del Chubut.

IMG_9659.JPG

IMG_9660.JPG

IMG_9676.JPG

BQBC3576.JPG

DZIJ1830.JPG

GCQM0259.JPG

IMG_9796.JPG

IMG_9809.JPG

IJCYE8660.JPG

IMG_9687.JPG

IMG_9854.JPG

IMG_9864.JPG

IMG_9865.JPG

IMG_9907.JPG

IMG_9955.JPG

GOPR1913.jpg

xis.png

WhatsApp Image 2018-12-30 at 21.15.17.jpeg

WhatsApp Image 2018-12-30 at 21.15.18 (1).jpeg

WhatsApp Image 2018-12-30 at 21.15.18.jpeg

WhatsApp Image 2018-12-30 at 21.15.19 (1).jpeg

WhatsApp Image 2018-12-30 at 21.15.19.jpeg

WhatsApp Image 2018-12-30 at 21.15.20 (1).jpeg

WhatsApp Image 2018-12-30 at 21.15.20.jpeg

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ótimo relato irei usar em meu planejamento para ver a "Patagônia dos Bichos". Só não entendi se conseguiram ver baleias ou não.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

São planos para este ano mas ainda não tenho o mês. Tenho que resolver várias coisas antes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hum, entendi. Eu vou fiNAL DE Fevereiro. Quero ver se acerto tudo até a próxima semana. Tenho que deixar tudo certo pq vou com o tempo bem apertado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@FlavioToc Não conseguimos ver. Até o final de novembro você ainda consegue vê-las, porém em maré alta. Como não fomos para Puerto Piramides no horário da maré alta, não conseguimos ver. Por conta dessa experiência recomendo: ou ir até o início de novembro (onde elas podem ser vistas da praia El Doradillos que fica bem pertinho de Puerto Madryn) ou reservar um dia a mais para tomar conhecimento, no Ecocentro - informações turísticas -, dos melhores horários para vê-las 😘

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×