Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

carolvmk

Manaus - fui... e não gostei!! (com fotos)

Posts Recomendados

Poucas viagens na minha vida foram tão decepcionantes como essa. Mas, antes de começar a relatar a minha experiência, vale relembrar que são opiniões/impressões pessoais (embora algumas coisas sejam fatos incontestáveis)... :roll:

 

Ficamos em Manaus uma semana em março/2010. Apesar de ser verão e a região ser famosa por ser úmida e quente, não foi algo tão horrível como imaginei que seria. Quente, sim. Úmido, sim. Mas suportável! Ficamos num hotel na Ponta Negra, o bairro mais bonito (dos que conhecemos) da cidade. O hotel é o Tropical Manaus, que pertencia a Varig. Vou me abster de fazer comentários sobre o hotel aqui, se alguém se interessar em saber mais, fique à vontade para me mandar uma MP!

 

Bom, chegamos na cidade por volta de uma da tarde. Eu havia reservado um carro pela internet em uma das locadoras do aeroporto, mas quando chegamos lá, tinha dado algum problema com a reserva e eles não tinham o carro disponível. Começamos a procurar nas outras locadoras (deve ter umas 6 ou 7) e nenhuma tinha o que procurávamos - um carro acessível com ar (sim, não queríamos gastar muito), e nem carros básicos, sem ar mesmo. Acabamos tendo que esperar umas 3 horas no aeroporto, até que uma das locadoras recebeu um carro (sem ar!!) e conseguimos alugar. Detalhe: a praça de alimentação (se é que se pode chamar assim) do aeroporto é muito ruim!!

 

Ok, conseguimos sair do aeroporto e ir para o hotel. O aeroporto não é muito longe da Ponta Negra e o caminho é bonito. A Ponta negra é um bairro à beira do Rio Negro, com uma avenida bonita, cheia de prédios e condomínios luxuosos. No calçadão há alguns restaurantes (com boas opções de peixes a preços acessíveis – acho que pagamos por uma boa janta 20 reais cada um), áreas de lazer, barraquinhas de coco. Mais para a “ponta” da Ponta Negra, onde fica o Tropical Manaus, o nível dos bares cai um pouquinho. Nessa parte tem uns barzinhos que ficam bem na beira do rio, passamos por ali de noite e era bem deprimente... Feios, sujos e mal freqüentados.

 

Deixamos as coisas no hotel – que também fica na beira do rio e tem uma vista linda do pôr do sol – e resolvemos sair de carro para conhecer a cidade. Saímos em direção ao centro, meio sem rumo certo. Em seguida percebemos que tinha sido uma péssima idéia! O trânsito na cidade é um caos!!! Pior do que um caos! E isso que nem saímos bem na hora do pior movimento (embora tenhamos enfrentado o trânsito das seis da tarde por lá também). Peço desculpas aos manauenses (ou manauaras) se faço alguma generalização indevida, mas os motoristas lá são extremamente mal educados! O trânsito já é confuso, caótico, e as pessoas fazem de tudo para tornar a situação pior. Sem contar que em diversos locais a sinalização é deficiente. Bom, foi só o tempo de chegar no centro (e põe tempo nisso! Levamos quase duas horas!) e retornar ao hotel. Até porque a essa altura já tinha anoitecido e não me pareceu muito seguro ficar andando por lá.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110331175831.JPG 500 375 Legenda da Foto]Chegando no centro...[/picturethis]

 

No dia seguinte, pela manhã, resolvemos “enfrentar” novamente o caos! Fomos até o centro. Dessa vez foi um pouquinho menos pior... Cabe um comentário: depois que se sai da Ponta Negra, dificilmente se passa por algum lugar bonito naquela cidade. Mais tarde descobrimos um outro bairro, onde tem uns shoppings, que até são legais, mas no geral a cidade é bem feia. E suja. Chegamos ao centro e estacionamos bem em frente à praça onde fica o Teatro Amazonas. A praça é bem bonita e o Teatro é como um oásis no centro. Parece deslocado ali. É realmente muito bonito!! Fizemos a visita guiada (10 reais), vale a pena para conhecer o interior e ouvir um pouco da história do lugar. Após, fomos dar uma caminhada pelo centro. Até tem um ou outro local bonito, mas, no geral, não é legal! Chegamos a ir até o Mercado Municipal, mas que foi decepcionante como o resto da cidade, caótico, confuso e sujo.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110331180304.JPG 500 375 Legenda da Foto]Teatro Amazonas [/picturethis]

 

Na praça do Teatro havia vários guias oferecendo os tradicionais passeios por preços bem inferiores aos cobrados pela agência de turismo do nosso hotel (lá os preços são para turistas estrangeiros – aliás, tem bastante americanos e japoneses passeando naquela cidade). Combinamos de fazer o passeio do Encontro das Águas no dia seguinte.

 

Na manhã seguinte, nos encontramos com o guia na mesma praça. Tinha mais um rapaz que faria o passeio junto. O guia nos levou até o porto e lá nos “entregou” para o condutor de uma lancha, que é quem efetivamente faria o passeio conosco. Bom, em relação ao passeio do hotel, o da lancha foi mais legal porque nos permitiu colocar a mão na água no encontro dos rios Negro e Solimões (o passeio do hotel era em um barco grande). E foi realmente muito legal! Dá para ver bem a linha divisória dos dois rios (quês e prolonga por quilômetros e quilômetros), sentir a diferença de temperatura, a diferença de velocidades. Após vermos o encontro, passeamos um pouco pelo rio e passamos por cidadezinhas flutuantes. Depois fomos almoçar em um restaurante flutuante (tinha uns quatro tipos de peixes, a comida era boa mesmo – 20 reais por pessoa), com umas lojinhas de artesanato. Tinha um caminho por sobre os igarapés que chegava num mirante para o rio, numa parte onde era cheia de jacarés. Lá nesse mirante tinha uns 10 indiozinhos, esperando os turistas para cantar e ganhar algum dinheirinho. Todos uma gracinha! Mas não era muito legal ver que passavam o dia lá “trabalhando”. Enfim, estávamos lá tirando foto com os índios quando o rapaz que estava junto na nossa lancha deixou cair a máquina fotográfica dentro do rio (no meio dos jacarés!!). Não é que um índio (pai de uma das crianças que estavam ali) desceu no rio, mergulhou e encontrou a máquina?? Foi incrível!!

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110331180645.jpg 500 375 Legenda da Foto]Encontro das Águas[/picturethis]

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110331180926.jpg 500 375 Legenda da Foto][/picturethis]

 

Saindo dali, passamos por uma casinha bem humilde com uns índios com uns bichos para tirarmos fotos (cobra e bicho preguiça). Isso é proibido, os passeios “oficiais” não param ali, mas a nossa lancha parou. Foi uma das partes mais legais! O bicho preguiça é muito fofo!! E dá para enrolar uma cobra no pescoço!! Eu não arrisquei, mas meu marido sim... e continua vivo!

 

Ah, não deixem de observar ao sair do porto a altura que a água atingiu na época das cheias em cada ano (tem pintado na parede). É inacreditável! :shock:

 

Resumindo todo o passeio: é bonito o encontro das águas. Mas o resto é tudo muito artificial, tudo montado para os turistas! Perde totalmente a graça e não tem nada a ver com a Amazônia que eu tinha vontade de conhecer. Ainda sobre isso: o guia nos ofereceu um passeio para passar a noite na selva (250 reais por pessoa). Nós tínhamos muita vontade de ter feito e estávamos considerando fazer isso no dia seguinte, mas depois de termos nos decepcionado um pouco com a artificialidade de algumas coisas, resolvemos dar uma olhada na internet e vimos que muitas pessoas falavam coisas parecidas desse passeio de selva (algo como a aldeia indígena em que se passa a noite não representar em nada aldeias de verdade, enfim, coisas do gênero). Friso que não fizemos esse passeio, talvez seja legal e eu esteja falando uma grande bobagem. Mas todas as outras coisas que vi lá não me levam a pensar assim.

 

Então, como tínhamos lido alguma coisa na internet também (aqui no Mochileiros!), no dia seguinte pegamos o carro e fomos até Presidente Figueiredo para visitar umas cavernas. Não é muito longe de Manaus (uns 100km eu acho). Lá tem um centro para visitantes onde ficam os guias (a maioria dos locais só pode ir com guias, ou pelo menos é o que eles dizem...). Conversamos com eles e escolhemos uma caverna que ficava relativamente próxima, e incluía umas duas horas de caminhada na mata. A guia que nos acompanhou era bem camarada e sabia bastante sobre o local. Foi a parte mais legal da nossa viagem. No meio da caminhada começou a chover, mas quase nem sentíamos devido às grandes folhas das árvores. Vimos alguns bichos no caminho, mas nenhum muito “exótico”. E a caverna é muito linda!! Só é permitido avançar 100 metros dentro dela (a guia explicou a razão, mas agora não lembro), mas ainda assim valeu a pena. A parte ruim é que o teto da caverna é absolutamente coberto por morcegos!! No geral eles ficam ali paradinhos, apenas um ou outro ficam “passeando”, mas dá um medinho...  Well, passeio recomendado!! Pagamos 50 reais para a guia.

 

20110331181235.jpg

 

20110331181633.jpg

 

No dia seguinte, resolvemos dar mais umas voltas de carro e conhecer um pouco mais da cidade. Mas não adianta, a impressão que tivemos se manteve: a cidade é feia e suja! Encontramos o bairro dos shoppings que até é legalzinho. Aliás, tem um shopping lá que é muito legal, tem uma parte de floresta preservada no meio da praça de alimentação. Realmente muito bonito.

 

E, para coroar a nossa viagem, no último dia resolvemos ir nadar com os botos, na cidade de Novo Airão. Para chegar em Novo Airão é necessário atravessar o rio de balsa e depois percorrer mais uns 200km. Era um sábado. Chegamos na fila da balsa pouco depois das 7 da manhã. E só conseguimos atravessar às 10 horas!!!! Ficamos 3 horas naquela fila!!! Um absurdo, um caos, um horror! Na balsa percebemos um dos motivos pelo qual a cidade é suja: as pessoas (e não foi apenas uma ou duas, foram várias!!) comiam ou bebiam e as embalagens iam direto para o rio. Assim, sem dor nenhuma, sem vergonha nenhuma. Era uma atitude que parecia bastante corriqueira e natural. Estou com lixo na mão, o que eu faço? Atiro no rio, óbvio!!! Triste de se ver... ::grr::

 

Chegamos do outro lado do rio. Um pouco de estrada de chão, depois uma estrada razoavelmente asfaltada. Cheio de pequenas cidades, todas bem pobres. Tínhamos deixado para abastecer o veículo daquele lado do rio. Acontece que começamos a andar naquela estrada e percebemos que não víamos nem placa de postos. Quando começamos a ficar mesmo preocupados, paramos em uma dessas pequenas cidades e perguntamos por um posto. O sujeito disse que ali não tinha, mas se andássemos mais umas quadras para dentro na cidade encontraríamos o seu Fulano que vendia gasolina... A explicação para chegar lá foi tão complicada que nem quisemos tentar. Ele disse que mais uns 30 quilômetros à frente devia ter um posto. Seguimos 30, 40, 50 quilômetros e nada! Nessa hora começamos a ficar realmente muito preocupados, pois teríamos que fazer todo o caminho de volta e não sabíamos se tínhamos gasolina suficiente. E não tinha nada por perto onde pudéssemos parar e perguntar! Então, voltamos!! Pois é, quase 5 horas perdidas e não chegamos nem perto de nadar com os botos!!

 

E assim, muito frustrados, voltamos para Porto Alegre...

 

Bom, repito: trata-se de opinião. Li muitos relatos aqui de pessoas que adoraram Manaus. E também tem coisas que nem tentamos fazer como, por exemplo, ir em alguma festa à noite por lá. De repente isso seja legal... O máximo que fizemos foi ver um show (no hotel mesmo) das danças típicas do norte. Mas também não foi muito legal...

 

Era isso! Qualquer dúvida, estou à disposição!!

Compartilhar este post


Link para o post

Ola sou de Manaus, desculpa mas acho que vc se equivocou em muitas coisas, primeiro que que o verão aqui não é em março, de dezembro a maio é o que chamamos de inverno, mas isso nem é na verdade esse período representa uma época de muitas chuvas pois se tu viesse vindo no Mês de setembro tu nem ia agüentar o calor dentro de um carro sem ar condicionado, esse é o motivo das locadores so terem carros com ar condicionado, pois a temperatura aqui passa dos 40º tranqüilo no verão de verdade e não esse que vcs acham que conheceram, março ta é frio aqui.

 

Outra coisa eu não sei qual o caminho que tu pegou para ir do aeroporto para ponta negra, mas é muito perto, e quando falo perto é perto mesmo coisa de uns 10 minutos de carro, tenho um terreno na ponta negra.

 

Acho que vc não montou um roteiro bom para a cidade de Manaus, ou faltou vocês se informarem melhor, pois vcs poderiam ter ido conhecer o parque do INPA, que tem uns aquarios e tanques com peixes bois muito bonito, ou poderiam ter ido ao zoológico de Manaus ter visto onças bem de perto, fora alguns monumentos de Históricos de Manaus.

 

Quanto a Novo Airão acho que vcs marcaram em não encher o tanque, mas posso dizer outra vez que foi falta de informação, pois se vcs andaram tudo o que disseram vcs deveriam está próximos de Manacapuru que ja é uma cidade relativamente grande, agente nunca entra numa estrada que não conhecer com o tanque pela metade, eu posso falar isso pq ja fui até Margarita na Venezuela de carro e na primeira vez, sempre que via um posto ou antes de sair de uma cidade e ir para a estrada eu enchia o taque.

 

Quanto ao transito de Manaus eu concordo plenamente, pois os motoristas aqui são mal educados e acham que são os donos da rua param onde querem e não respeitam sinalização, não generalizando é claro mas os taxistas quase todos são assim, com as suas exceções é claro, e realmente a cidade não possui sinalização de ruas e avenidas, isso so tem nas principais vias, eu costumo dizer que se vc chegar na primeira vez em Manaus pelo porto da CEASA na BR 319 e querer chegar a BR 174 Rumo a Boa Vista vc não consegue.

 

porém Manaus assim como as grandes cidade de Manaus tem esses tipos de problema com relação ao transito, aliais Manaus é Sexta cidade mais rica do Brasil devido ao pólo industrial, a cidade possui a maior região metropolitana do norte do país e a décima do Brasil, com 2 210 825 habitantes (IBGE/2010).

 

Bom quando agente fica com uma má impressão não queremos nem voltar a cidade, porém se um dia vc planejar voltar faça um roteiro melhor e com mais informações, a balsa que vc enfrentou para atravessar o rio logo não será mais necessária pois em outubro esperamos concluir a ponte do rio negro.

 

Esperamos que muitos desses problemas se resolverão até 2013 pois Manaus é umas das sede para a copa de 2014.

Compartilhar este post


Link para o post

Oi!!

 

Bom, equívoco mesmo quanto à estação do ano... De qq maneira, não estava nem perto de estar "frio"... o carro sem ar foi bastante sofrível!

Quanto ao aeroporto ser perto da Ponta Negra, talvez eu não tenha dado a entender bem isso com "não é muito longe"... Mas é isso, realmente não é longe e o caminho é bonito.

Acredito que tenha faltado mesmo um pouco de planejamento. Mas, ainda assim, todos os programas que fizemos foram por conta de dicas. Como eu disse, foi a nossa impressão da cidade. Talvez devamos dar uma segunda chance um dia...

Ah, e vi a obra da ponte, vai ser bem grande mesmo, né? Uma pena termos ido enquanto ela ainda não está pronta.

Compartilhar este post


Link para o post

Carol, boa noite!

Concordo em parte com você. Realmente a cidade tem grandes problemas, mas, de qualquer forma, há outras várias coisas bacanas como as citadas pelo colega de lá. Quando fui em maio/2008, estendi a minha estada na região dos hotéis de selva no rio negro [caros] e lá vivi histórias fantásticas, como: focagem de jacaré à noite, pesca de piranha, nadar com os botos, passeio dentro da selva fechada, caminhar sobre alguns km de passarela sobre o rio negro e mata, macacos e mais macacos, bichos-preguica no seu habitat etc. nota mil.. Sem falar na variedade de peixes que tive a oportunidade de conhecer e saborear.. Claro, tudo isso tem um precinho mais salgado..rsrsrsrsr

 

Abração e, se voltar, tente experimentar este outro lado.

 

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post

Farinha de peixe, Guaraná Tuchaua, INPA, Parque do Mindu, Jardim Botânico, Palácio Rio Negro, Lucilene Castro, Chico da Silva, etc etc etc...

 

Manaus é.. Manaus

Compartilhar este post


Link para o post

ficou no hotel tropical, com carro e ainda reclamou?!..... ñ sabe o q é essa cidade!!

  • kkkkkkk 1

Compartilhar este post


Link para o post

Pessoal,

 

Vamos ter um pouco de educação e bom senso hein. A Carol discorreu de forma sensata sobre todos os pontos dos quais ela não gostou na cidade, sem em nenhum momento generalizar ou ser agressiva nas suas observações. Na verdade, ela até mesmo fez questão de ressaltar os passeios e os lugares que lhe agradaram. Quer dizer que aqui no fórum só se pode postar comentários positivos sobre um lugar? Ele tem todo o direito de dizer que não gostou, e se torna mais certa ainda porque explicou detalhadamente as razões dela.

 

Aliás, um pouco de autocrítica também não faz mal. Vcs por acaso acham que ela está errada? Me desculpem, mas pra mim Manaus também não é uma cidade bonita. Manaus é uma cidade com alguns lugares bonitos, mas o seu aspecto geral é de desorganização e quase abandono. E não estou falando dos subúrbios da cidade, pois o urbanismo é péssimo inclusive nas suas principais vias, como a Av. Constantino Nery e a a Av. Djalma Batista. Acima de tudo, Manaus é uma cidade que poderia ser uma das mais belas do país, mas insiste em enfeiar-se ao dar as costas para o Rio Negro, poluir os seus igarapés e arrancar todas as árvores das ruas para dar lugar a concreto.

 

"Ah, mas Manaus não é a única cidade com esses problemas". E em algum momento a Carol afirmou o contrário? Claro que não. Alguns manauaras tem o péssimo costume de usar como argumento o fato de que "outras cidades também são assim" para justificar os nossos defeitos. Aí é muito cômodo, né? Pq não nos comparamos e inspiramos nos melhores, ao invés de contar vantagem sobre os piores? E mais uma vez repito: a Carol em nenhum momento fez comparação entre Manaus e outra cidade, apenas apontou nossos defeitos. Isso é errado?

 

Dito isso, eu concordo que faltou sim um planejamento melhor da sua viagem, Carol. Com um carro alugado, você poderia ter ido a diversos lugares que não foram citados no seu post, como o Bosque da Ciência, o Parque Jéfferson Péres, o Largo do Mestre Chico, a Praça da Saudade e a Praça da Polícia. O centro histórico de fato encontra-se na sua maior parte uma grande bagunça, mas recentemente alguns lugares foram revitalizados e tornaram-se verdadeiras ilhas de qualidade de vida. Pra vc ter idéia, o ideal é inclusive visitar esses locais à noite, pois é quando tudo está iluminado e apresentaçòes culturais ao ar livre acontecem. Acredite: vc pode ficar nesses logradouros tranquilamente até às 22h, sem preocupação de ser assaltada, pois o policiamento é constante e não há sequer mendigos dormindo em bancos nem pedindo esmola.

Bosque da Ciência

Imagem13.png

 

Largo do Mestre Chico

Largo+do+Mestre+Chico+4.jpg

Parque Jéfferson Péres

Parque+Senador+J%C3%A9fferson+P%C3%A9res+35.jpg

 

Praça da Saudade

Pra%C3%A7a+da+Saudade+6.jpg

Praça da Polícia

Pra%C3%A7a+da+Pol%C3%ADcia+26_P.+Carvalho.jpg

 

Com um carro, vc deveria ter passado pelo menos dois dias em Presidente Figueiredo. Se vc já achou linda a Caverna Refúgio do Maroaga, imagine se tivesse visitado os lugares abaixo:

Cachoeira do Santuário

Presidente%20Figueiredo%202%20-%20Cachoeira%20do%20Santu%C3%A1rio%206.jpg

 

Cachoeira da Iracema

Cachoeira%20da%20Iracema_Odiss%C3%A9ia%20Roraima.jpg

 

Cachoeira da Pedra Furada

Presidente%20Figueiredo%202%20-%20Cachoeira%20da%20Pedra%20Furada%206%20-%20Cau%C3%AA%20Ferraz.jpg

Lagoa Azul

Lagoa%20Azul%203.jpg

 

Realmente, o sistema de balsas de Manaus deve ser um dos piores do mundo. Acredite, o seu traslado foi até rápido, pois a fila pode demorar até cinco horas. Um verdadeiro absurdo!!! Ainda bem que a ponte deve ficar pronta até o final do ano, livrando turistas e os próprios amazonenses do martírio das balsas.

 

44324308.jpg

 

Mas vcs de fato vacilaram em não ter abastecido logo que atravessaram. Isso é pré-requisito ao entrar em qualquer estrada que não conhecemos. Se assim tivessem feito, poderiam ter chegado até Novo Airão e não apenas iriam alimentar os botos, como poderiam fazer um passeio pelo Arquipélago de Anavilhanas, com seus belíssimos corredores verdes.

 

DSC00525.JPG

 

Também não acho que a época escolhida por vocês foi a melhor. De janeiro a maio é a época do inverno na Amazônia, sendo que fevereiro e março são os meses mais chuvosos do ano, o que dificulta bastante os passeios ecológicos e tira um pouco da beleza das paisagens. O ideal mesmo seria vir em setembro ou outubro. Apesar do calor ser excessivo (mais de 40 C), o sol se faz constante quase todos os dias e o nível baixo do Rio Negro revela praias belíssimas de areia branca.

Praia do Tupé, próxima a Manaus

Praia%2Bdo%2BTup%25C3%25A9_M%25C3%25A1rio%2BWaleska.jpg

 

Praia do Açutuba, em Iranduba

A%25C3%25A7utuba_Ana%2B16.jpg

 

Praia do Meio, em Novo Airão

Praia%2Bdo%2BMeio_Pousada%2BBela%2BVista.jpg

Praia da Velha, no Parque Nacional do Jaú, em Novo Airão

Praia%20da%20Velha_Kelly%20Resende.jpg

 

Também é nessa época que as flores da floresta desabrocham, revelando um verdadeiro espetáculo de cores no paraná do ariaú, em Iranduba.

 

Imagem13.png

 

Portanto, sugiro que vocês voltem a cidade no futuro. Apesar de todos os nossos problemas, é inegável o avanço que temos tido nos últimos anos e a previsão é que, com a Copa de 2014, a cidade esteja ainda melhor. Vale a pena voltar à cidade em 2013, quando obras como a Arena da Amazônia e a nova Ponta Negra, além de um centro histórico inteiramente revitalizado (pelo menos é o que dizem, sem camelôs), estarão prontas.

 

Arena da Amazônia

arena_amaz%C3%B4nia01.jpg

 

Nova Ponta Negra

Nova%2BPonta%2BNegra%2B3.jpg

 

Para facilitar a vida de turistas e até mesmo surpreender a maioria dos amazonenses que não conhecem a sua própria terra, eu criei um site para divulgar os principais pontos turísticos da capital e também de várias cidades do interior. Se vc tivesse descoberto o meu site antes, modéstia à parte, acho que a sua viagem poderia ter sido bem melhor, Carol... hehehehe...

 

--

O El Dorado é aqui: http://www.descobrindooamazonas.webs.com

  • Gostei! 1
  • Obrigad@! 2

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.



×
×
  • Criar Novo...