Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Fernando Mello

22 dias pela Europa - Portugal - Italia - França - Holanda

Posts Recomendados

Nossa, Fernando, você é o cara pra dar as dicas de economia ::cool:::'> . Depois, quando tiver um tempo, poderia fazer um resumo dos gastos ? Das dicas de como economizar, locais pra comer barato, essas coisas.

 

No mais, continua excelente seu relato.

 

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Fernando,

 

Parabéns pela viagem, gostei bastante do seu relato.

 

Gostaria de saber se vc fez uma planilha com os gastos detalhados da viagem, estou planejando uma viagem parecida para as minhas próximas férias, e estou tendo alguma dificuldade em montar o orçamento.

 

Abs.

 

Rodrigo Guedes

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi gente,

 

Bom, para se comer barato vai outra dica: Não espere você ficar morto de fome para começar a procurar algo para comer. Você acaba entrando no primeiro local e comendo, sem pesquisar muito, devido a fome. Compre frutas nas feiras livres, ou então leve as que você não comeu no café da manhã dos hotéis (se tiverem, é claro). :!: . Nos hotéis IBIS, nós sempres levávamos as maçãs pro quarto e depois carregávamos elas conosco, na mochila, para comer mais tarde. Compre água nos supermercados e também os sanduiches que vendem neles. Há também opções de salgados, biscoitos e outras coisas que dispistam bem e não custam caro, desde que comprados nos supermercados. Bom a minha planilha de gastos já foi deletada. Restou apenas o "rascunho" dos gastos. Vou tentar explicar:

Passagens aéreas, de trens e os ingressos comprados antes:........ 2.241,90 euros.

Hoteis: .......................................................................1.909,30 euros

Euros + VTM (Visa Travel Money):........................................ 3.500.00 euros.

________________

se somarmos os 3 dão: ....................................................7.651,20 euros;

Porém parte dos gastos com hotéis citados acima paguei

com o VTM,então devo diminuir: .........................................1.146,04 euros (pagos nos hoteis com VTM);

Sobraram:...................................................................... 660,04 euros, que també devo diminuir:

_______________

Entào chego no número final de........................................... 5.845,12 euros.

convertendo em Real, num câmbio de 2.41 (médio que paguei, incluindo IOF)= 14.086,73 reais. ::sos::

Espero ter ficado claro ::essa::::dãã2::ãã2::'> Se nào ficou podem perguntar...

Até o final de demana vou postar o restante de Florença e Veneza. Estou muito apertado com alguns exercícios e só tenho a noite para fazê-los. Porém vou entrando aqui e fazendo a manutenção dos relatos. OK .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

11/04 – FLORENÇA

 

Acordamos mais ou menos no mesmo horário de sempre. O dia estava maravilhoso. Tomamos nosso excelente café (bem ao estilo Ibis – apesar de não ser Ibis). Saímos e fomos conhecer o Mercado local, onde são vendidas frutas e verduras -Mercado Centrale. O prédio é antigo, porém deve ter sido reformado recentemente.

 

DSC05742.JPG

 

Está com cara de novo. Fica na Piazza del Mercado Centrale. Minha esposa experimentou a tal de “busqueta”ou pão com tomate (1,50 euro/cada).

DSC05744.JPG

 

Compramos umas frutas.

 

DSC05748.JPG

Ao lado do mercado tem muitas barracas que vendem muitas coisas, lembranças. Foi Interessante pois encontramos algumas barracas cujos os proprietários são brasileiros.

 

DSC05751.JPG

 

Aproveitamos para comprarmos também lembranças. Os preços estavam muito bons e tem muita coisa diferente, mas tem muita coisa repetida também. Esta “feira”se estende pela via dell'Arenito até a Basílica de San Lourenço. Esta basílica paga-se 3,50 euros para entrar. Nós não entramos. Seguimos pela via del Pucci, via Bufalini e Via s.Egídeo até chegarmos a Piazza deÇiompi. Lá tinha um “mercado das pulgas”. Tínhamos a informação que lá havia coisas interessantes para serem compradas. Deixei todos lá e fui ao correio local, que fica lá perto. No correio, fiz a postagem de mais alguns cartões postais, que também só chegaram a seu destinho bem depois que voltei pro Brasil. Voltei ao encontro de todos e descobri que o “mercado das pulgas”tinha poucos expositores. Não compramos nada. Uma dica. Em Florença, casa você queira andar de ônibus, você deve comprar o bilhete nas tabacarias. Tem máquinas que vendem. Eles valem por 1 hora após o 1º uso. Seguimos e passamos pela Basílica de Santa Croce. 5,00 euros ou 8,00 euros por pessoa. Depende do que você vai ver lá.

 

DSC09674.JPG

 

Nesta Basílica estão os restos mortais de Michelangelo, Maquiavel e Galileu. Seguimos para a Piazza della Signoria. Tiramos mais fotos das outras esculturas que tem-se do lado de fora.

 

DSC05771.JPG

 

Atravessamos novamente a ponte Vechhio. Fomos em direção ao Palazzo Pitti. Era residência oficial dos Medicis. Lá dentro tem uma lanchonete. Compramos sanduíches lá e refrigerantes. E entramos nos jardins do palácio. O jardim é conhecido como 'Giardino de Boboli”. Sentamos em umas escadas e fomos comer. Não pagamos a entrada pois estávamos na semana de arte da Itália. Pegamos o mapa dos jardins e fomos aprecia'lo.

 

DSC05818.JPG

 

O jardim é muito grande.

 

DSC05783-1.JPG

 

Tem que ter mapa mesmo, senão a gente se perde lá. Fomos em direção a parte mais alta do jardim. Após andarmos um pouco, achamos umas sombras, embaixo de árvores, onde havia várias pessoas deitadas, descansando. Ai não deu pra resistir. Como estávamos cheios com os “sandes”, deitamos para descansar e tiramos uma soneca também.

 

DSC09784.JPG

 

O delícia de sono!!! Embaixo de umas árvores, no jardim de Boboli, em Florença.

 

 

DSC09780.JPG

 

Após o sono merecido, voltamos a explorar as belezas os jardim.

 

DSC09770-1.JPG

 

É realmente muito bonito. Bem no alto tem o prédio do “Casino del Cavaliere”onde atualmente funciona o museu da porcelana.

 

DSC05800.JPG

 

 

DSC05810.JPG

 

Fomos andando mais e mais até chegarmos nos lagos. Depois de muito andar saímos do jardim pela porta Romana, na Piazzale di Porta Romana, já era aproximadamente umas 17:00. lá pegamos uma táxi para a Piazzale Michelangelo (8,70 euros a corrida). O caminho que o taxi faz é muito bonito. Chegamos a Piazzale Micheangelo.

 

DSC05841.JPG

 

É muito bonita, tem uma praça maravilhosa

 

DSC05846.JPG

 

Tem também uma estátua do Davi (réplica) em bronze. De lá temos uma magnífica e bela vista da cidade de Florença.

 

DSC05850.JPG

 

Você vê toda a cidade de lá, o Rio Arno, e as igrejas.

 

DSC05851.JPG

 

Comemos algo, entre as várias opções que se tem lá. Depois descemos para a parte de baixo da praça, após as escadas ficamos esperando o pôr do sol.

 

DSC00043.JPG

 

Havia apresentação de músicos na escada e em um restaurante, havia uma pessoas com um órgão eletrônico, tocando várias músicas de estilos românticos (para agradar aos usuários do restaurante). Ficamos ali, esperando o por do sol, que foi belíssimo.

 

DSC05886.JPG

 

Depois do espetáculo do sol, descemos até a margem do Rio Arno (a pé mesmo), tiramos umas fotos a sua margem e seguimos. Atravessamos para o outro lado na ponte Alle Gracie e pegamos um táxi. Fomos até a fortaleza da Basso. Porém estava fechado também. Nem descemos do táxi, seguimos até a estação de trem. O táxi ficou em 10,00 euros. Na estação comemos no Mc Donald's (1ª vez nesta viagem).

 

DSC05920.JPG

 

Nossos sanduíches com refri e salada ficaram em 9,80 euros(para os dois). Já era mais de 21:00h. Voltamos para o hotel.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vamos lá...mais um dia.

 

12/04 – FLORENÇA – VENEZA

 

O dia amanheceu mais frio que os anteriores e com uma névoa encobrindo o sol. Descemos, tomamos nosso big café. Deixamos as malas prontas. Saímos para nosso último passeio. Fomos a Basílica de Santa Maria Novella, que está logo em frente a Estação de trem. De lá fomos novamente a feira perto do mercado para comprarmos mais algumas lembranças. Não andamos muito. Voltamos ao hotel, pegamos nossas malas e fizemos o check-out. Pagamos o hotel e saímos em direção a estação (3 minutos a pe'.....). Compramos sanduíches com salada e refrigerante no Mc Donald's (9,50 euros para o casal) dentro da estação para nós comermos no trem. Desta vez nosso trem era o “frechiargento”. Ai vale a mesma dica já dada na partida de Roma. Nosso trem saiu pontualmente ãs 12:30h. Ele passou em Bolonha, Pádova. Parou em Veneza-Mestre, que é no continente) e por último depois da ponte chega-se a Veneza (Santa Lucia). A viagem foi super tranquilha. Fomos sentados todos juntos. Da mesma forma que o trem de Roma, neste o espaço para malas é limitado. Mas mesmo assim ainda acho melhor que avião, pois você vai observando as paisagens por onde passa. O fiscal passou, validou nossos bilhetes. Tudo certo. Fizemos nosso “lanchinho”sem rodeios.

 

DSC05926.JPG

 

Várias pessoas comem dentro do trem. O legal que ele tem ao lado das mesas e junto as janelas lixeiras embutidas.

 

DSC05925.JPG

 

Nas paradas nós íamos olhar se nossas malas continuavam no mesmo lugar, no compartimento de bagagens. Tinha medo que alguém as levasse. Chegamos a estação final.

 

DSC05927.JPG

 

Saímos e logo nos deparamos com o fluxo de pessoas da cidade. Estávamos em Veneza!!! E logo a nossa frente uma cidade que se locomovia por barcos.

 

DSC05928.JPG

 

É interessante como são as coisas. Não há ônibus, há vaporetos (que fazem o papel dos ônibus) que seguem rotas pré-definidas. Tudo certo, com paradas pré-definidas também e estações de embarque e desembarque. Não há carros, há barcos, lanchas e lógico, as gôndolas. Isto tudo estava ali, bem a nossa frente, logo que saímos da estação de trem. Caminhamos uns 10 minutos até nosso hotel.

 

DSC00202.JPG

 

O piso não é irregular. Na ponte tem os degraus, mas no canto estes degraus são menores, foram adaptados (creio eu). Assim não fica muito difícil andar com malas. Nosso hotel era bem depois da primeira ponte. Fizemos o check-in. Subimos para nosso quarto (subimos muito – veja o relato do hotel). Deixamos as malas e descemos para andar (nossa rotina diária). Na recepção comprei um mapa (2,00 euros). O mapa era muito bom (mas por este preço também). Andar em Veneza sem mapa deve ser ruim. Fomos em direção a ponte Rialto.

 

DSC00211.JPG

 

No caminho já íamos tirando fotos e mais fotos.

 

DSC05945-1.JPG

 

É tudo diferente mesmo. As gôndolas são todas em preto. É padronizado. O passeio era 80,00 euros.

 

DSC05958.JPG

 

Não aventuramos. Era muito caro !! Chegamos a ponte Rialto.

 

DSC05965.JPG

 

Não atravessamos. Ficamos um pouco lá observando o movimento das pessoas, para lá e para cá da ponte.

 

DSC05974.JPG

 

É muita gente que passa ali. De lá fomos em direção a Piazza San Marco. Basta seguir as indicações de placas. Algumas ficam um pouco escondidas, mas sempre tem. Como fomos parando, tirando fotos e observando o local, chegamos a San Marcos por volta das17:30h. A basílica já estava fechada. Fecha as 17:00h. Fomos andando pela praça e vimos a nossa frente, já na baia de San Marco passar um imenso navio de turistas. Nunca havia visto um de tão perto.

 

DSC06001.JPG

 

Depois subimos na torre da basílica. Paga-se 8,00 euros por pessoa. Lá de cima temos uma bela vista da cidade.

 

DSC06004.JPG

 

E dos arredores de Veneza. Enquanto estávamos lá em cima os sinos começaram a badalar. Imagina só a barulhada que foi.

 

DSC06005.JPG

 

O frio já estava aumentando. O tempo estava meio nublado.

 

DSC06008.JPG

 

Descemos e fomos até a parte da praça onde ficam os restaurantes caros. Lá minha esposa e a irmã dela se aventuraram a correr para espantar os pombos. Acho que eles já estão tão acostumados com os turistas que nem se assusntam mais.

 

DSC06032-1.JPG

 

Fomos procurar algo para comer. Já estava começando a anoitecer. Voltamos pelo mesmo caminho, para não nos perdermos. Algo interessante: neste trajeto da Piazza San Marco até a Ponte Rialto vimos um casal de idosos que pareciam estar perdidos, pois olhavam no mapa, olhavam pra cima, pros lados. Perguntei se queriam ajuda (em Português e em inglês). Eles não responderam. Acho que não entenderam ! Devem estar perdidos lá até agora. ::lol4:: Fomos em direção a nosso hotel e quase pertinho dele entramos em um restaurante. Compramos duas pizzas grande (5,50 euros/ cada), sopa (7,50 euros) bem farta e Nhoque (7,50 euros). Estava tudo muito bom.

 

DSC00460.JPG

 

Eles cobram 2,50 euros por pessoa pelo atendimento do garçom (ou seja pagamos 10,00 euros). Apesar de acharmos caro não questionamos pois o garçom que nos atendeu era muito atencioso e paciente. Enquanto comemos começou a chover fraco lá fora. Depois voltamos correndo para nosso hotel, pois já estava gelado na rua. Já era mais de 21:00h.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

13/04 – VENEZA

 

Levantamos e o dia estava bonito. A chuva da noite anterior não perdurou. Descemos e fomos tomas nosso café. O café era muito bom. Depois saímos e fomos até o terminal de ônibus que fica depois da estação de trem. No caminho achamos um bazar(de uma igreja). Tinha coisa barata demais. Tudo a 1,00 euro. Não resisti e comprei esta boina que apareço nas fotos. Saímos e fomos para o terminal de ônibus. Os ônibus veem de Veneza-Mestre atravessam a ponte e chegam a Veneza. De lá retornam a Veneza-Mestre. Fomos ver como funcionava e quanto tempo era de ônibus até o aeroporto. Lá mesmo compramos o cartão para andarmos 12h nos vaporetos. O cartão custou 16,00 euros/cada. (O cartão unitário era 3,00 euros). Se não estou enganado Veneza tem 17 linhas (ou rotas) de vaporetos. Como já disse existem as plataformas de embarques (estações) espalhadas pelas ilhas.

 

DSC06107.JPG

 

Você deve observar qual vaporeto para nesta estação. Todas tem indicação do número da rota.

 

DSC06102-1.JPG

 

Dependendo da rota você vai as ilhas ao redor, como Murano, Lido, San Giorgio. Para entrar nas estações não deixe de validar seu cartão nas máquinas validadoras que normalmente estão fora. Sinples e rápido (já estávamos atéacostumados com isto).

 

DSC06101-1.JPG

 

Algumas linhas não circulam no grande canal que divide a ilha de Veneza. Hoje com o google mapas ficou fácil a gente conhecer o local antes de viajar. Dê uma olhada nele. Lá mesmo perto do terminal de ônibus embarcamos no vaporeto da linha 1. ele passaria pelo grande canal e iria em direção a Piazza de San Marco. O “barco” é grande com muitos assentos e também com uma área para se ir em pé.

 

DSC00989.JPG

 

Bom, estávamos em um transporte coletivo, então havia gente de todo o tipo e falando as mais diversas línguas, além é claro do italiano. Nós não descemos em San Marco.Passamos por ela que estava bela com o sol do dia.

 

DSC06070.JPG

 

Continuamos e fomos até a ilha de Lido. Fomos andando e conhecendo a ilha. Diferentemente de Veneza, esta ilha tem ruas onde circulam carros e até ônibus (chegam até la por balsas). É um local muito bonito. Fomos andando pela via Gran Viale Santa maria Elisabetta.

 

DSC06080.JPG

 

Muito bonita e arborizada, com algumas lojas, hotéis e restaurantes.

 

DSC06079.JPG

 

Em um restaurante destes entramos, pois já passava das 12:00he fomos comer algo.

 

DSC00650.JPG

 

Experimentamos um delicioso espagueti (7,00 euros/prato), lasanha a bolonhesa (7,00 euros/prato) e tomamos vinho (3,00 euros/taça). Estava uma delícia !! continuamos seguindo pela via até alcançarmos o seu final. Chegamos a praia. Isto mesmo, chegamos a uma praia, com direito a restaurante, pessoas tomando um sol (estava um frio!!!). Estávamos diante do mar Adriático.

 

DSC06090-1.JPG

 

Tinha um vento gelado e não sei como as pessoas se animavam em ficar ali só de roupa de banho. A praia nem chega aos pés das brasileiras. A areia era escura, muito escura mesmo. Mas pra eles devia ser o paraíso. Bom tiramos fotos e resolvemos voltar. Chegamos na estação do vaporeto. Pegamos o barco e descemos agora na estação Giardini.

 

DSC06100-1.JPG

 

Fomos conhecer o parque que lá existe. aproveitamos para descansar um pouco.

 

DSC00722-1.JPG

 

Depois de tirarmos fotos, pegamos novamente o vaporeto nº 1 e agora sim descemos em San Marco. Fomos conhecer a Basília por dentro. Não se paga para entrar. É a mais famosa das igrejas de Veneza. As paredes de seu interior foram decoradas com mosaicos. Há mosaicos também no piso que se mesclam com mármore. Nos mosaicos, segundo consta há ouro, pedras e até bronze. Seu piso apresenta-se um tanto irregular, ondulado. Acho que vem sofrendo deformações pelo tempo e pelo peso das suas colunas de mármore. Existe uma parte da basílica que você paga para ter acesso, mas nós não fomos. Saímos e demos uma nova volta pela Piazza di San Marco. O dia estava bonito, apesar de frio, e dava outro tom a Piazza. Voltamos e pegamos o vaporeto nº 1 novamente, agora para descermos na ponte Rialto. Podíamos ir a pé, mas resolvemos poupar nossas pernas e como tínhamos comprado o cartão de passe, tínhamos que usar e abusar dele. No caminho observamos algo inusitado. Como aqui tudo circula pela água, seja de barco, gôndola, lancha, nós vimos um caixão sendo transportado, com flores e tudo.

 

 

DSC06053.JPG

 

Estava indo para o cemitério. Descobrimos também que existe uma pequena ilha, perto de Murano, que é exclusiva para o cemitério da cidade. No vaporeto encontramos brasileiras, turistas como nós. Descemos em Rialto. Esta ponte tem mais de 400 anos e é considerada um dos ícones arquitetônicos da cidade de Veneza. Por muito tempo foi a única ligação entre as duas partes da ilha. Atravessamos a ponte e encontramos uma praça. Lá entramos em um café, tomamos café com croissants. Tomamos em pé mesmo, pois sentado observando o movimento era mais caro. Saímos de lá atravessamos a ponte novamente e pegamos de novo o vaporeto. Descemos perto da estação de trem. Voltamos ao bazar da igreja que passamos cedo e compramos uma coisinhas lá. De lá fomos perto de nosso hotel, na ponte Guglie, caminhamos por aí e sentamos para observarmos um pouco e descansarmos. Ali descobrimos que a linha (rota) “A”do vaporeto vai para o aeroporto (13,00 euros/pessoa + 1 bagagem). Você compra o passe nas bancas de jornais. Perto tinha até uma, porém já fechada. Ele passaria ali por volta de 7:20h da manhã. Depois passa de hora em hora. Apesar de ser mais perto do que o terminal de ônibus decidimos que iríamos no dia seguinte de ônibus para o aeroporto. Após esta descoberta pegamos novamente o vaporeto nesta estação Gulgie. Pegamos o nº 42,que ia dar a volta por fora do grande canal. Ele funciona, juntamente com o nº41, como circulares, só que cada um vai em um sentido. Ele saiu pelo final do grande canal, deu a volta por fora, passou pelo porto e foi parando em algumas ilhas.

 

DSC06113-1.JPG

 

Enquanto isto íamos curtindo o passeio e o pôr do sol. Passamos por San Marco (novamente).

 

DSC06118.JPG

 

Esta linha ia também em Murano, porém na parada “fundamente nove” ele permite que você troque de vaporeto e continue no mesmo trajeto, sem ter que ir a Murano. Como o outro vaporeto já estava saindo, então saímos correndo, seguindo um sujeito que nos explicou isto. Foi até engraçado. Descemos novamente em Gulgie. Fomos comer pizza “al taglio”. O restaurante que comemos ficava logo após o nosso hotel, na via Rio Terá de La Madalena (não anotei o nome). Os pedaços eram bem grandes. Cada pedaço 2,00 euros. A pepsi de 500ml também era 2,00 euros. Depois voltamos para o hotel para arrumar as malas, pois tínhamos que sair cedo para o aeroporto. Próximo destino: Paris.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Oi gente,

 

Bom, para se comer barato vai outra dica: Não espere você ficar morto de fome para começar a procurar algo para comer. Você acaba entrando no primeiro local e comendo, sem pesquisar muito, devido a fome. Compre frutas nas feiras livres, ou então leve as que você não comeu no café da manhã dos hotéis (se tiverem, é claro). :!: . Nos hotéis IBIS, nós sempres levávamos as maçãs pro quarto e depois carregávamos elas conosco, na mochila, para comer mais tarde. Compre água nos supermercados e também os sanduiches que vendem neles. Há também opções de salgados, biscoitos e outras coisas que dispistam bem e não custam caro, desde que comprados nos supermercados. Bom a minha planilha de gastos já foi deletada. Restou apenas o "rascunho" dos gastos. Vou tentar explicar:

Passagens aéreas, de trens e os ingressos comprados antes:........ 2.241,90 euros.

Hoteis: .......................................................................1.909,30 euros

Euros + VTM (Visa Travel Money):........................................ 3.500.00 euros.

________________

se somarmos os 3 dão: ....................................................7.651,20 euros;

Porém parte dos gastos com hotéis citados acima paguei

com o VTM,então devo diminuir: .........................................1.146,04 euros (pagos nos hoteis com VTM);

Sobraram:...................................................................... 660,04 euros, que també devo diminuir:

_______________

Entào chego no número final de........................................... .845,12 euros5.

convertendo em Real, num câmbio de 2.41 (médio que paguei, incluindo IOF)= 14.086,73 reais.

 

Espero ter ficado claro ::essa::::dãã2::ãã2::'> Se nào ficou podem perguntar...

Até o final de demana vou postar o restante de Florença e Veneza. Estou muito apertado com alguns exercícios e só tenho a noite para fazê-los. Porém vou entrando aqui e fazendo a manutenção dos relatos. OK .

 

Olá tudo bem?

 

Este valor de 5845,12 euros seria o total por pessoa ou o casal?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

oi Jana e Frank,

Legal por estarem gostando e obrigado. Estou tentando ser o mais claro e objetivo, sem esquecer dos detalhes.

Jana. o valor de 5.845,12 euros gastei para as despesas minhas e de minha esposa (o casal).

Já estou escrevendo os relatos de Paris. Semana que vem estou postando.

Acompanhem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...