Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Estados Unidos - Arquivo


Posts Recomendados

  • Membros de Honra
Visto negado!

 

Cheguei no Consulado do Rio de Janeiro. A Oficial Consular sequer me deu bom dia. Aparentemente muito mal humorada, me pergountou para onde eu ia, qual minha renda mensal e com o que eu trabalhava.

 

Me perguntou novamente qual a minha renda mensal. Respondi. É uma renda, digamos, "mais que suficiente" para pagar com folga a viagem e as despesas.

 

E ela disse que infelizmente não me aplico.

 

Honestamente, não entendi nada. Não me pediu extratos, contra-cheques, declaração de IR, nada. Não sei o que mais provar. Não sei quais são os critérios que são utilizados. Vou tentar o visto de novo, e com toda franqueza, não vou mudar absolutamente nada no formulário nem na documentação, porque simplesmente não há nada para ser mudado ou acrescentado. Possuo residência e emprego fixo, renda, não possuo antecedentes criminais nem nome sujo no Serasa, se é que eles verificam isso.

 

Creio que o que causa mais apreensão nas pessoas é isso: a falta clara de critérios, porque parece que isso pode depender muito de quem lhe entrevista. Pode ser que neguem o visto porque simplesmente não gostaram da sua cara.

 

 

aliandro,

 

seja bem vindo(a)!!!

 

se vc acha que o funcionário nao te atendeu bem ou não viu a documentação necessária, marque uma outra entrevista (é, vc vai ter q gastar mais dinheiro), e mostre toda a documentação. Eu tb tive visto negado, por notivos parecidos, e marquei uma entrevista na semana seguinte.

 

Eles dizem que tem q esperar 6 meses para ver se sua situação muda, mas ao me perguntarem isso, eu simplesmente falei:

 

- Na verdade, a minha situaçãonão mudou, mas acontecem que vcs negaram meu visto, sem ao menos olhar minha documentação.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 2,3k
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Gente!!!! me de uma luz aqui!!rsrsrs ::lol4::

Eu tirei meu visto dia 27 de agosto e e valido por 10 anos, entaun eu estava planejando de ir para NY em dezembro, mas eu acho q nao vai dar, entao se eu for em fevereiro tem algum problema? pq ouvi dizer q depois q o visto e concedido vc temq viajar nos 3 primeiros meses pq se nao o visto e desvalidado.. e verdade? (eu nao acredito muito nao, mas com todas as doideras.. sei la)

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Olá!

 

Excelente post, parabéns e muito obrigado pelas informações.

 

Minha dúvida é a seguinte:

Meu irmao está em Orlando e trará algumas coisas pra ele dentro da cota dele. E eu comprei daqui 17camisas (todas diferentes) pra meu uso pessoal(deu uns $800) e mandei entregar pra ele em Orlando...minha dúvida é se mesmo ele tirando as etiquetas, amassando elas, dando uma embolada numa mala pode ser taxado??? Será q é melhor declarar as camisas???? Caso seja melhor declarar as camisas será q ele pode declarar com valor inferiro, de $200 por exemplo????

 

Na minha opinião trazendo as roupas sem nenhuma embalagem, sacou ou etiqueta e roupas todas diferentes umas das outras não terá problema...só queria confirmar para tranquilizar ele....

 

O que me dizem???

 

Muito obrigado

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Olá Junior,

 

Creio que meu "erro" foi ter me limitado a responder exclusivamente o que o oficial consular perguntou. A conversa foi mais ou menos assim:

 

Pergunta: Qual o motivo da viagem:

Resposta: Turismo

 

P: Qual é o destino?

R: Indianapolis

 

P: O que o senhor pretende em Indianapolis?

R: Assistir às 500 Milhas de Indianapolis

 

P: Qual foi a última vez que o senhor assistiu a uma corrida?

R: Em Interlagos, em 2006.

 

P: Ah, Interlagos... Qual é a sua renda?

R: X.

 

P: Qual sua ocupação?

R: Analista de sistemas

 

P: Trabalha para quem?

R: X.

 

P: Já viajou para outro país?

R: Não.

 

P: Mora com seus pais?

R: Não, com amigos.

 

P: O senhor vai sozinho?

R: Sim.

 

P: Desculpe, o senhor é pastor?

R: Não, apenas colaboro com uma igreja.

(observação: acredito que aqui possa ter ocorrido algum problema. Preenchi no DS-160, na miscelânea, que colaboro com uma institução sem fins lucrativos, que no caso é uma igreja. É possível que isso seja um ponto negativo, não sei. Ela me perguntou se eu era pastor, eu disse que não, mas fui à entrevista de terno! E mais, o estado de Indiana é predominantemente rural e abarrotado de igrejas, pode ser que a oficial consular tenha achado que eu iria abrir uma igreja. É pura especulação, claro, mas não vejo outro motivo para a negativa do visto. Continuando...)

 

P: Qual sua renda? (novamente)

R: X.

 

P: E o senhor vai sozinho? (novamente)

R: Sim.

 

"Infelizmente o senhor não se aplica. Isto não é permanente, o senhor pode tentar novamente".

 

 

Apesar da renda, do emprego e de outros vínculos que poderia apresentar documentalmente (e ela não olhou, como extratos e poupança), o visto foi negado. Como disse em post anterior, não mencionei que também tenho empresa, pois me limitei a responder exclusivamente ao que foi perguntado.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Olá!

 

Excelente post, parabéns e muito obrigado pelas informações.

 

Minha dúvida é a seguinte:

Meu irmao está em Orlando e trará algumas coisas pra ele dentro da cota dele. E eu comprei daqui 17camisas (todas diferentes) pra meu uso pessoal(deu uns $800) e mandei entregar pra ele em Orlando...minha dúvida é se mesmo ele tirando as etiquetas, amassando elas, dando uma embolada numa mala pode ser taxado??? Será q é melhor declarar as camisas???? Caso seja melhor declarar as camisas será q ele pode declarar com valor inferiro, de $200 por exemplo????

 

Na minha opinião trazendo as roupas sem nenhuma embalagem, sacou ou etiqueta e roupas todas diferentes umas das outras não terá problema...só queria confirmar para tranquilizar ele....

 

O que me dizem???

 

Muito obrigado

 

Se fosse sua irmã, eu diria que tendo MUITO azar de ser parado e ainda pegar um fiscal muito zé ..., vc PODERIA ter problemas, mas estando na bagagem do seu irmão, é item pessoal.

Portanto não se preocupe!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Querido dspplb,

 

Esse lance da alfândega é um tiro no escuro:

Se você comprar algumas coisas e ultrapassar o valor dos US$ 500,00, pagará 50% do excesso desses US$ 500,00 caso declare. Exemplo: Se você resolvesse comprar 2 XBOX 360, daria algo em torno de US$ 600,00. Você declara esses US$ 600,00. Pagará 50% do excesso, nesse caso, US$ 100,00 ou seja, multa de U$S 50,00.

 

Muita gente me botou pânico da última vez que voltei da América, para ficar esperto com a alfândega e tals, falaram que eles são mais rigorosos nos finais-de-semana, falaram para levar as coisas em bagagem de mão, etc. Enfim, muita gente falou muita coisa, e felizmente, nada aconteceu. Voltei em pleno domingo, passei sussa pela alfândega, o agente não estava nem olhando para a galera que passava... hehe. Foi um risco que corri, mas era o jeito. Eu estava trazendo algo em torno de US$ 2.000 em mercadorias, não declarei nada, se pegassem eu não ia ter dinheiro para pagar a multa, enfim, tive que arriscar. E deu certo.

 

Estava receoso de não declarar e tal, mas foi o jeito.

 

Sinceramente,

 

recomendo tentar cara e coragem. Tenho inúmeros relatos de pessoas de confiança que vêm e voltam mensalmente dos EUA há anos (comprando mercadorias como celulares, notebooks, ipads, para revender aqui) que juram de pés juntos que nunca foram parados pela PF.

 

E outra, desencana com isso enquanto estiver viajando,

é perda de tempo.

 

Abracos!

 

É amigo, eu tenho 10 entradas no Brasil proveniente dos EUA, me pararam 4 vezes na alfandega (1 destas vezes eu parei p/ declarar e assim mesmo eles tentarem me multar pois havia perdido uma nota), 1 vez todos estavam passando todas as bagagens pelo raio x em Guarulhos mas parecia que os fiscais não estavam ligando muito e as outras 4 passei na boa (sendo que 1 delas foi vindo pela Colombia).

Bem, o fato é que tenho mais medo de ser surrupiado pela alfandega Brasileira do que de ser maltratado pela imigração americana!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra
Gente!!!! me de uma luz aqui!!rsrsrs ::lol4::

Eu tirei meu visto dia 27 de agosto e e valido por 10 anos, entaun eu estava planejando de ir para NY em dezembro, mas eu acho q nao vai dar, entao se eu for em fevereiro tem algum problema? pq ouvi dizer q depois q o visto e concedido vc temq viajar nos 3 primeiros meses pq se nao o visto e desvalidado.. e verdade? (eu nao acredito muito nao, mas com todas as doideras.. sei la)

 

Thales

 

Pode viajar tranquilo, não existe esta de viajar nos 3 primeiros meses. Eu viajei 1 ano e meio depois da data de concessão do visto.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.

×
×
  • Criar Novo...