Ir para conteúdo

BOTAS: quais comprar?


Posts Recomendados

  • Membros
Boa noite. Pesquiso há meses informações sobre botas impermeáveis no Mochileiros e cada vez que pesquiso mais dúvidas surgem rss ::sos::

 

Seguinte: planejo fazer muitos quilômetros de trekking (rs) em El Calafate, El Chalten, TDP e Ushuaia em janeiro de 2017 com minha namorada. Será nossa primeira viagem do tipo com muitos trechos de trekking. Nunca usamos nenhum tipo de bota pra trekking. Pesquisei pra caramba neste tópico e nos fóruns específicos de diversas marcas, e só pude concluir que:

- As melhores botas são gringas e é muito difícil achá-las no Brasil (Asolo, La Sportiva, Scarpa, Vasque...);

- As brasileiras eram boas, decaíram, aparentemente deram uma melhorada mas não se pode confiar na impermeabilidade a longo prazo delas;

- Alguns mochileiros estão apostando em botas táticas, tem gente falando bem da marca Feline mas não sei se vem ao nosso caso.

 

Resumidamente, concluindo o que foi dito acima, filtrei bastante as pesquisas de botas, eliminei diversas marcas e cheguei às seguintes botas:

 

Scarpa Moraine Mid Gtx (classificada como bota de hikking e de entrada da marca, mas o Otavio já disse anteriormente que mesmo sendo de entrada é melhor que muita bota por aí): Ela é uma boa pedida pra fazer o W em TDP e diversos trechos de caminhada em El Chalten (como Loma del Pliegue Tumbado e Laguna de Los Tres)? Por ser uma bota leve aguenta o tranco numa viagem como essa e futuros trekkings em futuras viagens pela América do Sul?

link pra bota: https://lojaam.com.br/bota-scarpa-moraine-mid-gtx.html

 

Quechua Forclaz 100 : pedida mais em conta mas não tem goretex, e sim novadry. Quem tem bota com Novadry recomenda esse tipo de tecnologia?

link pra bota (feminina): http://www.decathlon.com.br/trilha---trekking/roupas-de-verao-femininas/botas-48870/calcado-forclaz-100-feminino_51045?skuId=1730394

 

Feline Sabre Dry : bota tática. Vi o Otavio falando que tem gente usando e recomendando essa bota dessa marca. Pesquisei um pouco sobre, o preço é o equivalente ao das botas Vento, mas por aparentar ser uma bota mais robusta (já pela própria característica de ser bota tática), me atraiu mais, embora eu ache que uma bota dessas para uma viagem como a nossa seja exagerada e aparentemente quente.

Link: http://feline.ind.br/produto/sabre-dry/

 

Vento Titã Nanox : A impermeabilidade a longo prazo das novas botas Vento, com Nanox, vem sendo questionada por alguns membros do fórum. Vi muito post antigo elogiando bastante a marca, quando ainda era Nômade, mas depois do novo material Nanox ainda não há um consenso sobre a qualidade das botas (e principalmente sua impermeabilidade), embora tenha notado que o pós-venda, realizado pelo Fábio aqui no fórum, é muito bom. Mas ele não vai estar lá na Patagônia caso ocorra algum problema com minha bota rss então gostaria de saber se alguém que tenha esse modelo (ou algum outro da Vento com Naxox) há algum tempo recomende a bota e ainda assegure que está impermeável, ainda mais com essa tecnologia Climatex.

Link: http://botasvento.com.br/tit-nanox-marrom

 

Depois desse textão, fico no aguardo da presteza dos membros do fórum haha ::otemo::

Bota Impermeável Garmont Com Gore-tex

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-786031355-bota-impermeavel-garmont-com-gore-tex-_JM

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Diante da impossibilidade de comprar na lá fora, a escolha fica bem restrita.

Eu comprei uma Quechua e no teste do balde, em casa, entrou água. Troquei. Minha sobrinha tem uma e garante que está impermeável até hoje. :? É uma bota confortável, só tem que levar sorte...

Scarpa é marca top, apesar da bota ser de hikking vai aguentar o tranco. A maior diferença pras botas de trekking é o tamanho do cano e a firmeza do solado e cabedal. Botas de hikking são mais leves e flexíveis. Vai do gosto do freguês, eu prefiro botas mais duras, acho melhor para caminhar em terrenos irregulares, mas te gente que prefere botas mais leves.

Não vi ao vivo as botas de Nanox, uns aprovaram, outros não. Como a garantia da Vento funciona, o negócio é comprar e usar bastante no começo pra ver se vai dar problema.

Link para o comentário
  • Membros
Diante da impossibilidade de comprar na lá fora, a escolha fica bem restrita.

Eu comprei uma Quechua e no teste do balde, em casa, entrou água. Troquei. Minha sobrinha tem uma e garante que está impermeável até hoje. :? É uma bota confortável, só tem que levar sorte...

Scarpa é marca top, apesar da bota ser de hikking vai aguentar o tranco. A maior diferença pras botas de trekking é o tamanho do cano e a firmeza do solado e cabedal. Botas de hikking são mais leves e flexíveis. Vai do gosto do freguês, eu prefiro botas mais duras, acho melhor para caminhar em terrenos irregulares, mas te gente que prefere botas mais leves.

Não vi ao vivo as botas de Nanox, uns aprovaram, outros não. Como a garantia da Vento funciona, o negócio é comprar e usar bastante no começo pra ver se vai dar problema.

 

Valeu pelas dicas, Otavio. Tua "bibliografia" em comentários anteriores fazem parte do meu embasamento para ter feito esses questionamentos haha

A gente só tem disponibilidade de comprar por aqui mesmo (e via online pq aqui em Fortaleza só vendem Bull Terrier ou Timberland nas lojas) ou na viagem, mas as primeiras paradas são Buenos Aires e El Calafate e pelos contatos que tivemos a gente percebeu que a dificuldade de achar as gringas aqui é parecida com a dificuldade de lá, e não queria arriscar comprar bota lá.

 

Mesmo pelo alto preço me interessei por essa Scarpa mas só achei na loja Alta Montanha e não tem minha numeração lá (42 BR) :( mandei email para eles perguntando sobre disponibilidade de novos números, embora esteja meio cético com esse dólar, mesmo com a recente queda rs

 

Ah, Canandes, essa Garmont não serve pela numeração nem pra mim nem pra ela rs mas valeu a dica. :D

Link para o comentário
  • Membros

Acabei de lembrar que tenho uma amiga na Irlanda e o namorado dela vai visitá-la em setembro agora. Pensei em pedir pra eles comprarem lá e trazer. Alguém sabe se na Irlanda vendem marcas consagradas como Scarpa, La Sportiva, Vasque e outras que só vendem na gringolandia?

Vou pesquisar nos tópicos dos mochileiros que foram pra Irlanda também.

Uma luz no fim do túnel agora. ::otemo::

Link para o comentário
  • 5 semanas depois...
  • Membros

Hola,

 

Vi as botas Feline Sabre Dry, mas não usei. Tenho dúvidas quanto ao conforto/amortecimento, ao peso e à impermeabilidade. Acredito que as botas citadas tenham uma finalidade diferente (botas táticas), não plenamente adequada para trilhas de longo percurso, aproximação e similares.

Por outro lado, não tenho dúvidas quanto ao atendimento precário prestado pela Feline (veja meu relato abaixo!).

 

Pessoalmente, uso há muito tempo calçados para trekking, e, para simples efeito da enumeração, lembro minhas boas experiências (as mais recentes) com as seguintes botas de caminhadas (calçados light e com solados flexíveis):

• Asolo (Drifter e outros), preferência pessoal; diferencial: sola mais dura e cabedal mais „suave” (modelo Fugitive, ainda em uso, percoreu 2.500 km, ainda em uso ocasional; compra no www.decathlon.es = euros 99, jan/2015);

• Keen Targhee II Mid (U$ 85, www.amazon.com, jul/2015);

• Merell Moab Ventilator Mid;

• Lowa Renegate Gtx (muito confortável; há reclamações de descolamento da biqueira; pessoalmente usei 2 anos, até o desgaste total e sem problemas).

 

Todavia, considero que antes de privilegiar a marca, o conforto, a adequação aos pés, a durabilidades e o atendimento/assistência técnicas são as virtudes fundamentais a serem avaliadas nas botas de trilha. Nada melhor que experimentar, ainda mais se não conhecer o fabricante e o modelo!

 

Uma compra planejada, em promoção ou durante as „queimas-de-estoque”, tanto em lojas físicas, quanto nas lojas on-line (para efetuar a compra precisa do endereço de um amigo/parente que reside no exterior) pode representar uma economia de até 80% em relação às melhores ofertas no Brasil. Em geral, o atendimento é bom, com menção honrosa para alguns sites e lojas (como rei.com, osprey.com, etc.).

Dizem, que valeria a pena pesquisar os preços praticados no Chile, Peru ou Bolívia. A confirmar!

 

Recentemente tive um experiência desagradável com as botas Feline/Lhotse!

 

A Feline Equipamentos Profissionais (www.feline.ind.br), fabricante das botas de caminhada Lhotse Cerro Dry Estrada Real continua OMISSA em relação ao ATENDIMENTO!

 

Menciono ainda, que há registros de reclamações não-atendidas no www.reclameaqui, e que a www.lhotse.com.br INEXISTE! O Facebook indicado, idem!

 

O caso:

As Botas de caminhada Lhotse Cerro Dry Estrada Real não tem o solado garantido contra desgaste! Prometem, no mínimo 1.600 km de uso, mas, cumpriram, de forma aceitável, somente cerca da metade deste percurso. Absurdo, em se tratar de botas de caminhada de longo percurso!

 

Eis o histórico:

 

1. Em março/2016 adquiri um par de botas de caminhada: fabricante Feline, marca Lhotse Cerro Dry Estrada Real. A compra foi realizada em loja física, autorizada da fabricante Feline: Calçados Manuel Ltda., Rua Major Sertório, 438, São Paulo, SP - tel: 3258-0939; CNPJ: 57.114.092/0001-58.

 

2. Na embalagem original do produto e no material de propaganda (físico e digital), o fabricante indica que o produto foi concebido para longos percursos (Estrada Real), como consta inclusive no nome do calçado, ou seja, percursos de mais de 1.600 km.

Por outro lado, no site da fabricante Feline, consta que esta não se responsabiliza pelo desgaste do solado do calçado (?!). O que constituí uma incoerência, em se tratar de um calçado para caminhadas.

 

3. Entre meados de maio/2015 e início de julho/2016 percorri trilhas na Espanha (em maioria nos Caminhos de Santiago). Trilhas, estradas de terra e poucos trajetos pavimentados. Pouco aclive/declive. Total previsto: cerca de 1.600 km.

 

4. Após cerca de 500 km percorridos, o solado começou a apresentar um desgaste acelerado. A capa de proteção das palmilhas descolou, provocando atrito e bolhas por atrito com a camada espongiosa, debaixo desta.

 

5. No final de junho/2016, com menos de 1.200 km de uso, após várias escorregadas (apesar do uso em terrenos secos e com pouca inclinação!), fui obrigado a adquirir, localmente (Espanha), um novo par de calçado de caminhada, para conseguir concluir o percurso previsto (cerca de 1.600 km).

 

6. Na primeira metade de julho/2016 enviei um e-mail à fabricante Feline, descrevendo o caso e demonstrando total boa vontade para encontrar uma solução amigável e reciprocamente satisfatória (sem reclamar: indenização pela compra de um novo calçado, custo da repatriação do calçado – à disposição do fabricante para testes/averiguação ou eventuais danos físicos e/ou morais).

 

Menciono que o contato com a marca (www.lhotse.com.br e via Facebook, conforme indicado na embalagem original) está inoperante (inexistem os endereços!).

 

Também, não encontrei nenhum meio de comunicação com a Feline, exceto o e-mail e um único telefone, que não atende (não há endereço, SAC, etc. no site da Feline - http://feline.ind.br/contato/garantia/). Não recebi nenhum retorno da Feline, até presente data!

 

7. No início de agosto, contatei a Proteste, anexando os comprovantes de compra e o relato do caso. Reiterei a reclamação, conforme indicado pela Proteste, no dia 19/082016, com retransmissão de comprovantes e fotografias. Ainda não há um posicionamento da Feline!

 

Me reservo o direito de fazer quaisquer comentários em relação ao tratamento deplorável concedido pela Feline, mas acredito que o relato desta ocorrência sirva como alerta para a comunidade de aficionados pelas trilhas e caminhadas!

 

Bons caminhos!

 

Sds,

Marius Barna

 

 

Boa noite. Pesquiso há meses informações sobre botas impermeáveis no Mochileiros e cada vez que pesquiso mais dúvidas surgem rss ::sos::

 

Seguinte: planejo fazer muitos quilômetros de trekking (rs) em El Calafate, El Chalten, TDP e Ushuaia em janeiro de 2017 com minha namorada. Será nossa primeira viagem do tipo com muitos trechos de trekking. Nunca usamos nenhum tipo de bota pra trekking. Pesquisei pra caramba neste tópico e nos fóruns específicos de diversas marcas, e só pude concluir que:

- As melhores botas são gringas e é muito difícil achá-las no Brasil (Asolo, La Sportiva, Scarpa, Vasque...);

- As brasileiras eram boas, decaíram, aparentemente deram uma melhorada mas não se pode confiar na impermeabilidade a longo prazo delas;

- Alguns mochileiros estão apostando em botas táticas, tem gente falando bem da marca Feline mas não sei se vem ao nosso caso.

 

Resumidamente, concluindo o que foi dito acima, filtrei bastante as pesquisas de botas, eliminei diversas marcas e cheguei às seguintes botas:

 

Scarpa Moraine Mid Gtx (classificada como bota de hikking e de entrada da marca, mas o Otavio já disse anteriormente que mesmo sendo de entrada é melhor que muita bota por aí): Ela é uma boa pedida pra fazer o W em TDP e diversos trechos de caminhada em El Chalten (como Loma del Pliegue Tumbado e Laguna de Los Tres)? Por ser uma bota leve aguenta o tranco numa viagem como essa e futuros trekkings em futuras viagens pela América do Sul?

link pra bota: https://lojaam.com.br/bota-scarpa-moraine-mid-gtx.html

 

Quechua Forclaz 100 : pedida mais em conta mas não tem goretex, e sim novadry. Quem tem bota com Novadry recomenda esse tipo de tecnologia?

link pra bota (feminina): http://www.decathlon.com.br/trilha---trekking/roupas-de-verao-femininas/botas-48870/calcado-forclaz-100-feminino_51045?skuId=1730394

 

Feline Sabre Dry : bota tática. Vi o Otavio falando que tem gente usando e recomendando essa bota dessa marca. Pesquisei um pouco sobre, o preço é o equivalente ao das botas Vento, mas por aparentar ser uma bota mais robusta (já pela própria característica de ser bota tática), me atraiu mais, embora eu ache que uma bota dessas para uma viagem como a nossa seja exagerada e aparentemente quente.

Link: http://feline.ind.br/produto/sabre-dry/

 

Vento Titã Nanox : A impermeabilidade a longo prazo das novas botas Vento, com Nanox, vem sendo questionada por alguns membros do fórum. Vi muito post antigo elogiando bastante a marca, quando ainda era Nômade, mas depois do novo material Nanox ainda não há um consenso sobre a qualidade das botas (e principalmente sua impermeabilidade), embora tenha notado que o pós-venda, realizado pelo Fábio aqui no fórum, é muito bom. Mas ele não vai estar lá na Patagônia caso ocorra algum problema com minha bota rss então gostaria de saber se alguém que tenha esse modelo (ou algum outro da Vento com Naxox) há algum tempo recomende a bota e ainda assegure que está impermeável, ainda mais com essa tecnologia Climatex.

Link: http://botasvento.com.br/tit-nanox-marrom

 

Depois desse textão, fico no aguardo da presteza dos membros do fórum haha ::otemo::

Link para o comentário
  • Membros

Bom saber a experiência de vocês, Marius e Rodrigo (ainda mais porque acabei não adquirindo nenhuma das duas marcas haha). Já adquiri minhas botas (Scarpa) mas fica os relatos pra galera que tá atrás dessas marcas.

Sobre as botas citadas como boas experiências, Marius, cheguei a cogitar a Lowa Renegade também, mas nos reviews gringos havia alguns relatos de descolamento da biqueira, coisa que não vi no modelo que adquiri. Foram muitos reviews gringos lidos até escolher uma haha. E também levei em consideração o serviço de pós-venda da marca (por mais que eu tenha dificuldade de realizar um reparo lá fora, já que adquiri na loja online Bergfreunde, que é alemã), pois li relato de um usuário deste fórum de um problema com o cadarço de uma bota Scarpa e o atendimento pós-venda foi excelente.

 

Acabei adquirindo a Kailash GTX da Scarpa (com 20% de desconto devido ao saldão de verão), graças a uma amiga e ao namorado dela, que estavam na Irlanda. Recebi a bota semana passada, ainda não usei em nenhum trekking, testei de forma urbana mesmo e posso dizer que não me arrependi (e espero não me arrepender rs). É gritante a diferença de qualidade entre as botas que tive contato pessoalmente (que, aqui em Fortaleza, não são muitas...predominantemente botas Bull Terrier e Timberland). E, além de ser gritante a diferença de qualidade, o preço foi só um pouco acima do que fabricantes menores cobram em botas de qualidade duvidosa por aqui.

 

Escolhi a Kailash GTX pelo custo x benefício e por ter boas referências sobre o pós-venda, embora houvesse outras botas à disposição nas lojas que pesquisei mas de preço superior, então, concluindo minha pequena experiência com a compra de botas para trekking: se puder comprar fora, mesmo que seja online para um terceiro trazer, e lendo muito os reviews deste fórum e os gringos, faça isso rs. (ainda mais, depois de ter recebido a Scarpa, ter ido numa Centauro olhar por diversão botas de aventura e ver algumas Bull Terrier com o solado completamente mal pintado rs).

 

PS: recomendo as lojas BergFreunde e Cotswold Outdoor, ambas online. Na primeira comprei as botas e na segunda comprei as meias, e os atendimentos foram excelentes. Diria até extraordinários, pra quem estava acostumado somente com atendimento de empresas nacionais. ::mmm:

Link para o comentário
  • 3 semanas depois...
  • Membros

Oi! Eu vou fazer um passeio pelo leste europeu, entre início de janeiro e março. Pretendo fazer passeios mais urbanos mas alguns não são (como visitas a castelos e estação de esqui). Na estação de esqui pretendo alugar as roupas e equipamentos. Mesmo assim, nessa época do ano a neve e o frio são fatores preocupantes.

 

Estou tendo bastante dificuldade em encontrar botas. Pois para pagar caro com tecnologias mais avançadas, que nem sei se são realmente necessárias para o que vou fazer, imagino no mínimo que possa usá-las no dia a dia do inverno do Rio Grande do Sul. Ou seja, elas precisam ser esteticamente agradáveis. Hauahau

 

Confesso que gosto dos modelos mais abotinados, tipo a yellow boot da Timberland. Mas não sei se a qualidade dela é muito inferior pra minha necessidade. Se for o caso, gostaria de dicas de botas e marcas que vendam produtos similares mas que se encaixem na minha programação, pois estou perdida.

 

Li na internet que para enfrentar a neve o cano deve ser bem alto. Procede? Pois isso elimina a gama de produtos que venho vendo na internet, inclusive as que têm tecnologia goretex e outras, pois o cano da maioria não passa nem do tornozelo.

 

Alguém me ajuda?? ::essa::

Link para o comentário
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Boa tarde a todos!

 

Sempre acompanho postagens aqui no fórum, o que sempre me ajudou na compra das minhas botas, que foram usadas principalmente em trabalhos de campo da faculdade, em pequenas trilhas e no dia a dia. Como as marcas disponíveis foram sempre as nacionais, sobretudo pelo preço, nunca cheguei a postar perguntando qual seria o melhor modelo, pois já havia alguma postagem falando dos modelos. Mas atualmente estou em um intercâmbio em Portugal e gostaria de aproveitar a oportunidade para adquirir uma bota por aqui, já que os preços das melhores marcas chegam a ficar menos da metade dos preços das mesmas no Brasil.

 

Fiz algumas pesquisas e encontrei a loja Trekking (https://www.trekkinn.com) com várias botas em promoção e pesquisando mais sobre elas, um dos fóruns que eu cheguei foi esse e, embora as buscas tenham ajudado a esclarecer vários pontos sobre algumas especificações, ainda fico muito em dúvida sobre qual escolher e gostaria de pedir a ajuda de vocês já que, além de conhecer bem os atributos técnicos das botas, eventualmente, podem já ter usado algumas delas.

 

O uso da bota será principalmente para alguma vigem pelo inverno da Europa e, eventualmente, algumas trilhas que eu gostaria de fazer por aqui (anda não está planejada) ou também no Brasil. Além disso, pretendo usá-la no dia a dia, mas gostaria de um modelo que o solado não desgastasse tão rápido (tive uma Snake Zodiac II que em menos de 1 ano já estava com o solado muito desgastado, mesmo sem uso intenso).

 

Os modelos que estou em dúvida (organizados em ordem provisória de preferência) são os seguintes:

 

1. Salomon X Alp Mtn Goretex (aproximadamente R$ 572,00)

https://www.trekkinn.com/montanha/salomon-x-alp-mtn-goretex/1099060/p

 

2. Asolo Tribe Goretex (aproximadamente R$ 535,00)

https://www.trekkinn.com/montanha/asolo-tribe-goretex/19499/p

 

3. La Sportiva Core High Goretex (aproximadamente R$ 565,00)

https://www.trekkinn.com/montanha/la-sportiva-core-high-goretex/1108489/p

 

4. Salomon Quest 4d 2 Goretex (aproximadamente R$ 522,00)

https://www.trekkinn.com/montanha/salomon-quest-4d-2-goretex/1099055/p

 

5. Asolo Drifter GV (aproximadamente R$ 586,00)

https://www.trekkinn.com/montanha/asolo-drifter-gv/648526/p

 

6. Lowa Renegade Goretex Mid (aproximadamente R$ 514,00)

https://www.trekkinn.com/montanha/lowa-renegade-goretex-mid/653081/p

 

Abraço

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...