Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

dennis27

Roteiros no Caribe - Perguntas e Respostas

Posts Recomendados

Algumas dicas se voce desejar conhecer estes lugares.

Primeiro prepare seus olhos, seu apetite por comidas exoticas e a parte não muito boa, seu bolso.

La voce verá lugares sem igual, uma comida sem igual mas os preços não são muito convidativos.

Pergunte, que se eu tiver a informação, socializo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

carissimo

de barbada, so o nome Barbados.

Primeiro vc tem que compreender que estes locais ano sim ano não, são devastados por furações ou coisas do tipo.

Segundo, que ali funciona muito parecido com Cuzco na praça central, ou seja, tem lugares muito legais, mas são todos de extrangeiros e o nativo fica só rapando prato e limpando louça.

O que quero te dizer com isto, é que não existe estrutura para turismo, (afora Barbados), no interior da ilhas (tipo camping), onde vc tem condução facil pra chegar,e principalmente achar os locais.

Porque: Para se locomover necessitas ou alugar um carro (não esquece que a direção e do lado direito e meu amigo ja dirigi em muitos paises, agora ali é .....dose), ou pegar um taxi, o que deixara dependente, se fores te acomodar longe do centro dos taxistas que não te roubam no preço, mas o preço ja é caro.

Mas vamos lá.

Barbados é um paraíso do EUA( e eles sabem escolher, a agua é turquesa), então tudo, desde roupa até comida tipo fast food vai ter, e o preço é razoavel e vc encontra por uns 50 USD plus Tax acomodação, posso te dar algumas dicas se quiser ( não precisa visto).Nem pensa em dormir no aeroporto, os caras são educados mas essa de galinha morta lá não cola (alias só funciona em pais do terceiro, porque os voos atrasam) e os balções de check in é tudo na rua, melhor dizendo a unica parte do aeroporto(que é muito bonito) fechada é as salas de embarque.

St Vincent e Granadines é outra conversa, é mais selvagem, a capital não tem muitas opções de comida e outras atrações, e o local mais legal de ficar em num bairro chamado india. ( não precisa visto).

ai tem Béquia a primeira granadine que tem uns B&B bons, a comida ja é outra e a praia e legal, tem de pegar o ferry o porto.

ai tem todas as ilhotas das granadinas, que vc podera pular duma pra outra, com avião ou barco (com sorte encontrara o Mick jaeger que tem casa lá). ainda galinha morta no aeroporto de St vincent é impossivel por falta de espaço.

Granada. Pra mim foi o melhor. precisa de visto ( consulado no RIO faz isto) tem uma mescla de modernidade com o passado que é muito bonito e tem B&B a preços adocicados. esta vale muito a pena.

Trinidad. é uma puta cidade, cara pra cacete, mas muito bonita.

VAle a pena ficar lá uns 4 a 5 dias e viajar pela ilha. Pra Tobago vai de ferry ( só cuida o calendario de saida e chegada é muito louco). Não precisa de visto.

As guianas se vc quiser posso te mandar umas dicas as tres (alias fui para as ilhas pela ex-guiana inglesa.

abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

vc pode conferir os preços no www.voemeta.com ( paguei 89 USD cada perna Boa vista-Geo). todos os voos da LIAT e Caribbean saem de Georgetown, então Parbo ta fora ( mas é muito roots).

outra é que pra ir barato pras ilhas do caribe , esqueçe caracas, nenhum passa por lá.

vc pode montar pela LIAT e ai vai contar ( o preço) quando vc vai comprar ( www.liatairline.com) eles tem varias promoções muito boas.

claro em barbados vc vai achar preços baratos, mas ai depende de onde é, sacou???? a zona boa, tranquila e vc vai gostar com certeza vai de oistins bay até hastings, depois na boa, não dá. curte o bajan life style.

no aerporto tem um bureau muito bom de informações e eles são muito prestativos. consulta este site www.funbarbados.com da umas dicas boas.

os outros tres( anguilla.antigua e st lucia) não esquece, tem de ter visto que vc pode fazer pelos correios e os forms vc pega na internet no site do consulado britanico no Rio.

olha blog não tenho tempo de fazer ou responder mas tenho uma coletanea minimizada de fotos no space do mensager.

buenas . vai a luta.

DETALHE, NÃO SÓ DEPOIS DE TODO ESTE TRABALHO COM CERTEZA VAI QUERER VOLTAR PARA LÁ. SE A NATUREZA SE PUXOU, FOI POR LÁ.

abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Galera da Mochila!!!

 

Recém retornei de viagem de 23 dias à Venezuela e ilhas próximas. Fiz todo o roteiro inspirado nas dicas deste site, que li de cabo a rabo, e venho agora com muito prazer relatar as minhas experiências e oferecer novas dicas.

RESUMINDO - A viagem foi composta da seguinte forma:

- 1 noite em São Paulo (inevitável no nosso caso)

- 1 noite em Caracas (evitaria começando a viagem por Curaçao e pegando o vôo noturno da DAE num dos dias que tem)

- 6 noites em Los Roques (Gastamos com vôos, mergulho, cambio negro a 4,50 e tudo mais US$ 100/noite/pessoa. Tudo perfeito. Apenas ficaria em uma estadia melhor e tentaria pegar o vôo promocional da Rainbow que sai Domingo para Los Roques e volta no Sábado. A propósito, no meu caso apesar de ser praticamente impossível conseguir chegar de São Paulo a tempo de fazer o cambio e pegar o último vôo para Los Roques sem ter que dormir em Caracas, ter ido primeiro a Los Roques veio a calhar pois os mergulhos com instrutor em Los Roques foram valiosos para minha namorada pegar mais confiança para mergulharmos em Bonaire depois)

- 6 noites em Aruba que trocaríamos por uma noite a mais em Los Roques, uma noite a mais em Bonaire e 4 noites a mais em Curaçao e evitaríamos despesas voando para Aruba. Gastamos com vôos e tudo mais US$ 80/noite/pessoa (porque não mergulhamos em Aruba)

- 6 noites em Bonaire (Perfeitas. Gastamos ao todo, fora apenas as compras de equipamentos de mergulho, US$ 125/noite/pessoa)

- 3 noites em Curaçao (Pouco tempo para Curaçao, merecia pelo menos mais 2 noites. Gastamos na faixa de US$ 100/noite/pessoa com tudo)

- 1 noite no avião voltando de Caracas pra Floripa

 

Abaixo detalhamento e dicas. Mantive o que escrevi no destino Venezuela sobre Los Roques porque ir às antilhas pela Venezuela e não conhecer Los Roques seria uma péssima escolha.... Além disso, no aeroporto ao chegar foi o maior perrengue para conseguir as passagens e sem a parte de Los Roques não ficaria fácil entender o que aconteceu.

 

Então....

 

Tudo começou com a minha saída de férias e a busca por um destino para aproveitar minhas milhas Smiles...

 

DICA 1: Você tem 20.000 milhas Smiles? Aproveite para conhecer a Venezuela. De todos os destinos Smiles para mim este é o que oferece o melhor custo benefício de todos. Com as minhas 20.000 milhas fui e voltei de Florianópolis a Caracas e a disponibilidade de acentos é boa. Marquei com apenas 1 mês de antecedência!

 

Enfim, dia 24/10 eu minha namorada saímos de Floripa em vôo noturno para dormir em SP e pegar o vôo de 25/10 de manhã para Caracas. O vôo pousou em Congonhas, pegamos o traslado gratuito da Varig para Guarulhos e, lá chegando, procuramos o ponto de onde saem as vans dos hotéis. Fechamos com a melhor oferta de pernoite (R$ 100 o casal)

 

Em 25/10 por volta das 14h chegamos em Caracas. Pelo tudo que li, meu objetivo era zarpar daquele lugar o quanto antes, de preferência sem ter que perder uma noite por lá. Há vôos para Los Roques às 15h e vôo noturno para Curaçao pela empresa aérea DAE. Como o vôo para Los Roques ficava muito em cima do horário e a DAE não tem este vôo noturno no Sábado, deixei para chegar lá e ver no que dava...

 

DICA 2: Se assim como eu você pretender não perder tempo em Caracas e pretender conhecer as Antilhas holandesas, antes de marcar o seu vôo do Brasil para Caracas compre no site da DAE a sua saída de Caracas para Curaçao pois este trajeto é de disponibilidade complicada e dormir em Caracas custa caro além de significar 1 dia perdido ao meu entender...

 

Cheguei no aeroporto de Caracas, larguei minha namorada com as malas na primeira lanchonete que vi no aeroporto e corri atrás de todas as empresas aéreas que faziam os destinos que eu desejava na esperança de conseguir uma partida para o mesmo dia. Eu já tinha uma listinha bem detalhada com todas as empresas aéreas e seus destinos. Esta lista obtive pesquisando principalmente nos sites dos aeroportos de Aruba (que disponibiliza informações online com todas as partidas) e Curaçao (que além das partidas informa online as chegadas). Eu olhei estes sites diariamente por uma semana.

 

DICA 3: Lista das empresas aéreas que saem de Caracas para estes destinos:

 

- Venezolana (http://www.ravsa.com.ve) - Voa para Aruba e a partir de 2009 para Curaçao também. Dá pra comprar online e os preços eram cerca de US$ 100 o trecho (o melhor preço que achei).

- Avior (http://www.avior.com.ve) - Voa para Aruba e Curaçao. Vende online. Oferece preços de US$ 100 a 300 o trecho conforme antecedência que se marca.

- Aserca (http://www.asercaairlines.com) - Voa para Aruba e Curaçao. Não vende online, mas faz reservas por telefone (+58 212 905-5333 / 58-212-951- 3887 / 58 212 905 5207)

- DAE (http://www.flydae.com) - Voa para Aruba e Curaçao. Vende online. Preços variam constantemente

- Chapi air (http://www.chapiair.com) Voa para Los Roques - Contato só por e-mail - Fazem reservas

- Rainbow air....Voa para Los Roques...não tenho contatos

- Aerotuy (http://www.tuy.com) Voa para Los Roques - Fazem reservas

 

Agora tenha uma coisa em mente: Não existe uma única empresa aérea decente na Venezuela. Eles não fazem a menor questão de te atender, não respondem e-mail e a maioria não tem sequer balcão de vendas no aeroporto e o checkin é uma plaquinha improvisada num balcão qualquer. Não perca o seu tempo mandando e-mail ou tentando pesquisar tarifas por um meio diferente do site. Recomendo que para não ter que dormir uma noite em Caracas em uma viagem com o roteiro que fiz compre o vôo noturno da DAE pelo preço que for que vale a pena. Se o seu roteiro não permitir isso então faça a reserva pela Aserca porque dá para pagar somente lá e pagando em cash seus dólares valerão o dobro com o câmbio negro, agora reze para que a reserva tenha sido feita corretamente.

 

Em relação a vôos, a única coisa que eu tinha quando parti do Brasil era uma reserva que fiz por telefone com a Aserca (cuja tentei receber um e-mail com a confirmação por todos os meios e não consegui) e que reservaram o retorno com data errada e por isso não me serviu.

 

otf_pic.php?pic_cat=users_pics&pic_id=user_60085_053_1243270373_254580.jpg

Balcão da Aserca

 

Ao desembarcar de vôo internacional você será imediatamente assediado por cambistas querendo comprar os seus dólares. Fugi deles, instalei minha namorada e sem as malas e a cara de turista que acabou de chegar sai procurando os balcões das empresas aéreas. Como não encontrava, perguntei para um cara que já grudou em mim e disse que me ajudaria a conseguir a saída para aquele mesmo dia (aff). Deixei claro a ele que não tinha dinheiro e que só queria a informação mas ele continuou no meu pé....Os guichês das empresas aéreas ficam no andar de baixo, nas 2 pontas do pavilhão, mas o atendimento é aquele que já relatei. Acabei fazendo um câmbio pequeno com este cara mala para pagar as despesas daquela noite. Ele me trocou cada dólar por BsF 4,40.

 

Não encontrei nada para sair naquele dia e o pior, não achei nada pra lugar nenhum dentro do cronograma de reservas de estadia que eu tinha feito. Bati perna das 14h até as 21h naquele aeroporto desgraçado implorando para ser atendido por aquelas empresas de merda e saí as 21h sem nada comprado, apenas uma reserva feita para Los Roques no dia seguinte.

 

DICA 4: Não vale a pena deixar para comprar as passagens por lá. Além de toda a desorganização já relatada, mesmo em baixa temporada como foi o meu caso os vôos ficam lotados de venezuelanos que vão para as Antilhas atrás de dólares para fazer cambio negro. Compre a sua saída de Caracas para as antilhas antecipadamente pelo site. Nem mesmo a vantagem do câmbio faz valer a pena o risco de comprar somente quando chegar lá.

 

Em Caracas fiquei na "Posada del Hidalgo" ([email protected]), recomendação de um amigo.... Um hotel velhinho, meio sujinho como tudo que vi na Venezuela, mas suportável. As vantagens deste hotel são o preço (BsF 150 o casal que é caro mas não tanto pois lá te metem a faca, um restaurante muito bom que tem no hotel e a proximidade do aeroporto. Eles oferecem traslado por BsF 80 para ir e BsF 80 para voltar

 

otf_pic.php?pic_cat=users_pics&pic_id=user_60085_063.jpg

Hidalgo

 

Dia 26/10 as 9h estava eu novamente desesperado no aeroporto tentando comprar passagens de ida e volta para Curaçao ou Aruba em qualquer data que fosse viável para encaixar uma semaninha em Los Roques. Estava disposto a topar qualquer coisa, qualquer preço e inclusive a perder as reservas que eu já tinha feito para estadia (não tinha adiantado nenhum valor para estas reservas). Conheci uma agencia de turismo que perto do desembarque internacional chamada "Premiere". Lá eles vendiam passagens da DAE, única que eu ainda não tinha pesquisado (porque no aeroporto eles têm apenas um balcãozinho com uma plaquinha pra fazer o checkin, não te dão informação nenhuma e não vendem bilhetes ali). Nesta agência há uma mulher chamada Ligia, que fala português. Também não consegui os vôos com a DAE. Eu já não sabia mais o que fazer. Estava começando a imaginar um novo roteiro sem as antilhas, puto da vida já, quando a Ligia me pediu para trazer rapidamente o passaporte porque tinha aparecido no sistema uma vaga para a data que eu queria!! BINGO!!! Salvo pelo gongo, consegui comprar ida para Curaçao em 1/11 e retorno para 16/11, data de saída do meu vôo para o Brasil!!! Pra ajudar a Ligia ainda fez o cambio do valor que eu iria precisar em Los Roques por BsF 4,50

 

DICA 5: Agencia de turismo Premiere – Sra. Ligia. Um dos raros locais em que fui bem atendido apesar do pepino que eu tinha em mãos e ainda se faz um cambio bom e com segurança. Claro que para fazer um câmbio bom tem que saber negociar. Ela começou me oferecendo BsF 3,50 e ai eu blefei dizendo que tinha BsF 4,50 por cada 1US$ e ela cobriu...

 

Corri para o aeroporto nacional para pegar o vôo para Los Roques que tinha comprado na agencia da Aeroejecutivos por BsF 850 ida e volta por pessoa. Com a Chapi sairia mais barato, cerca de BsF 700 mas acabei comprando da Aeroejecutivos (que me vendeu os bilhetes para voar pela Rainbow air) para evitar confusão com estes picaretas...

 

DICA 6 - Fuja da Aeroejecutivos: Cheguei lá procurando o vôo para Los Roques e me ofereceram um pacote com estadia a um preço interessante e eu reservei. Era BsF 850 das aéreas por pessoa e mais BsF 150 da estadia com café e janta. Eu tinha lido que em Los Roques não se achava nada por menos de BsF 90 de estadia por pessoa e então concluí que valia a pena. Na hora de cobrar resolveram me cobrar na estadia BsF 150 por pessoa!! Eu falei que então não queria mais. O cara encrespou dizendo que não podia mais cancelar o vôo e que se eu não pagasse ele teria de pagar do próprio bolso e tal... Para evitar mais confusão fiquei com as aéreas e cancelei só a estadia.

 

DICA 7 - Para Los Roques só se chega de avião e somente existem aviões pequenos que voam para lá. Se você tem fobia de voar é bom que se prepare mentalmente pois para todos os destinos daqui por diante o vôo é de Teco-Teco...Isso implica também em LIMITE DE PESO para as bagagens. Para Los Roque o limite é de 10kg por pessoa. O excesso custa BsF 4,00 por Kg (preço para ida e volta). Tínhamos 45kg no total e com sorrisos e o jeitinho brasileiro conseguimos parar somente BsF 40 de excesso....

 

otf_pic.php?pic_cat=users_pics&pic_id=user_60085_101.jpg

Teco Teco da Rainbow

 

DICA 8 - Descobrimos no embarque que a Rainbow estava com uma promoção para Los Roques que visava principalmente atender os moradores de Los Roques que costumam ir a Caracas no fim de semana visitar parentes e fazer compras. Este vôo sai de Los Roques para Caracas no Sábado e volta no Domingo e custa BsF 200 ida e volta!!! Como eu estava saindo de Caracas para Los Roques no Domingo e voltava para Caracas no Sábado, poderia ter pago esta tarifa se tivesse comprado direto pela Rainbow.....

 

LOS ROQUES!!!!

LOS ROQUES!!!!

LOS ROQUES!!!!

 

O vôo para Los Roques é espetacular...A vista de Los Roques lá de cima é de arrepiar. Não é a toa que chamam de Polinésias americanas. Não haveria nome melhor para retratar...

 

otf_pic.php?pic_cat=users_pics&pic_id=user_60085_082.jpg

Vista aérea de Los Roques

 

Chegando em Los Roques não dispense o serviço dos carregadores de mala..... BsF 5,00 muito bem gastos para não arrastar aqueles 45kg pela areia...

 

Ao chegar fomos abordados pelo dono daquela pousada que a Aeroejecutivos queria me vender. Ele disse que podia fazer por BsF 130 por pessoa. Minha namorada ficou esperando com as malas enquanto fui lá ver. Em seguida passei para ver a pousada da Doña Magali que diziam aqui no site dos mochileiros que era a mais barata. Ela pedia BsF 100 por cabeça mas fez por 90 com café da manha e janta inclusos. Olhei também a Doña Carmen que pedia BsF 150 por pessoa. Ficamos com a Doña Magali que era tão boa (ou melhor, tão ruim) quanto as outras, mas pelo menos não fedia mofo...Estadia bem simples mesmo, comida simples, meio sujinho mas suportável.

 

DICA 9: Quando chegamos em Los Roques olhamos somente estas 3 pousadas e, já que eram todas meia boca, ficamos com a mais barata. Ao final da viagem concluímos que Los Roques seria um bom destino para aproveitar e ficar bem hospedado. Se tivéssemos procurado opções na faixa de BsF 200 por pessoa teríamos ficado muito bem instalados. Ficando bem instalados em Los Roques chegaríamos menos calejados para os destinos que ainda viriam (antilhas holandesas) nos quais uma estadia com algum luxo seria completamente inviável pois nos cobrariam os olhos da cara.

 

Na baixa temporada não há necessidade de reservar nada, tem muitas pousadas em Los Roques e chegar lá com dinheiro na mão e olhar o quarto antes de fechar é certamente a melhor escolha. Na alta temporada (Do natal ao Carnaval e na Páscoa) dizem que lá fica lotado, ai já não sei se é uma boa chegar sem reservas, mas eu arriscaria a não ser que pudesse reservar sem dar nenhum sinal previamente....

 

Aproveitamos o resto de tarde de Domingo para planejar os passeios. Saimos atrás de operadoras de mergulho. Tem uma na praça e uma perto do aeroporto. Na do aeroporto fomos atendidos pelo gerente que se chama Jesus. O cara foi muito legal e prestativo e nos passou confiança. Ofereceu um pacote para todos os nossos dias por lá e fechando o pacote tivemos 10% de desconto em tudo além de mascaras, snorkel, nadadeiras, isopor, cadeira de praia e guarda-sol free para os passeios.

 

27/10, primeiro dia de passeio, como eu ainda estava meio resfriado, não mergulhamos. Fomos para o cayo dagua. Fascinante.... Fiz o melhor snorkel da minha vida....vimos uma raia linda.... Certamente tão cedo não vou conhecer outra praia tão bonita....

 

otf_pic.php?pic_cat=users_pics&pic_id=user_60085_141.jpg

Cayo dagua

 

Na volta passamos por um projeto de tartarugas tipo o Tamar e depois ficamos 1h na ilha de Crasqui onde tem uma piscina natural maravilhosa para snorkel em que vi um polvo lindão....

 

28/10 - Fizemos 2 mergulhos. Espetacular!!! O instrutor Jesus é nota 10. Foi super paciente com a minha namorada que fazia o seu primeiro mergulho após tirar a sua certificação....

 

29/10 - Fizemos mais 2 mergulhos. Fomos na boca da barreira de corais....espetacular novamente

 

30/10 - Passeio na ilha de Francisqui. Final da tarde caiu uma chuva de verão e aproveitamos que o sol tinha baixado para fazer snorkel numa piscina natural que tem lá, mas depois de cayo dagua e crsqui o snorkel em francisqui ficou sem graça.

 

otf_pic.php?pic_cat=users_pics&pic_id=user_60085_201.jpg

Francisqui

 

A noite fizemos o mergulho noturno....sem comentários!!!! Muito lindo... vimos um peixe papagaio GIGANTE dormindo em uma toca, trocentas moréias fora de suas tocas caçando, polvo, pegamos peixe cofre com as mãos (sem luz eles ficam sem sensibilidade) etc, etc, etc...

 

31/10 - Passeio para ilha de Noronsqui. Passamos o dia inteiro sozinhos na ilha....uma ilha só para nós....snorkel maravilhoso...

 

1/10 - Saimos no vôo das 8:30 para Caracas. Valeu muito a pena esta semana em Los Roques...um dia ainda volto...mas tenho que dizer que saímos, depois de 1 semana em Los Roques, ansiosos por chegar em um lugar com infra-estrutura e mais recursos....engraçado né, estas horas a gente reflete e vê que até o paraíso enjoa....

 

DICA 10 - Repelente é artigo de 1a necessidade em Los Roques!!! Após as 16h os ventos param e os mosquitos te comem vivo

 

DICA 11 - Para os passeios leva-se um isopor com gelo, bebidas e comidas. Tirando as ilhas de Crasqui e Francisqui, nenhuma outra tem 1 boteco sequer. Abasteça o seu isopor com bebidas da "distribuidora de licores" Lá você compra a latinha de cerveja por BsF 2,50. Para comer a melhor opção é encontrar o açougue que lá vende frios. Chamam de "açoguera". Compre um pão de forma, queijo, presunto e depois passe num "bodegón" para comprar uns snacks e biscoitos

 

Não tenho agora o e-mail e MSN do Jesus. Se alguem interessar manda uma mensagem ae que eu coloco em outra oportunidade

 

Chegamos de Los Roques às 9h. O ônibus que nos pegou no avião deveria nos levar para o aeroporto auxiliar de onde teríamos que pegar um táxi para o aeroporto internacional. Com o acordo de todos os passageiros deixaram a gente descer no aeroporto nacional de onde pudemos ir a pé até o aeroporto internacional.

 

No aeroporto internacional fizemos logo o check in na DAE para o vôo para Curaçao. A Dae é super desorganizada (como tudo naquele aeroporto) e dizem que vive dando overbook, portanto não chegue em cima da hora para o checkin.

 

Pagamos a absurda taxa de saída de US$ 54 ou BsF 115 por pessoa com os nossos Bolívares comprados no câmbio negro (Ps.: no câmbio negro BsF 115 nos custaram US$ 26)

 

Passado no detector de metais parecia outro mundo, mas não, era o saguão de embarque internacional do aeroporto de Caracas!!! Tinham lojas e restaurantes decentes...

 

O vôo da DAE que deveria partir às 13h foi sair somente 17h....

 

DICA 12: Aproveitamos para pesquisar os preços no free shop de Caracas e ver o que realmente havia lá para depois decidirmos o que compraríamos em Curaçao e o que deixaríamos para comprar no free shop de Caracas antes de voltar para o Brasil. Conclusão foi que tudo o que tem no freeshop de caracas, apesar de custar em dólares um pouco mais caro que em Curaçao, usando o cambio negro a BsF 4,50 e pagando em Bolívares ficava uns 20% mais barato em Caracas.

 

Chegamos em Curaçao as 17:30h e fui direto procurar passagem para Aruba, onde eu tinha reservado um quarto na Sunflower (http://www.arubasunflower.com). Comprei pela empresa aérea Tiara por US$ 70 por pessoa só ida. Na DAE e Insel air me pediram US$ 100. Empresas menores como a EZair, Divi, e-liner ou estavam fechadas ou nem achei o escritório. Os escritórios em geral ficam próximos às locadoras de veículos e empresas menores vendem até mesmo nos guichês de check in.

 

DICA 13: Tentei comprar as passagens entre as antilhas no aeroporto de Caracas para tentar me beneficiar do câmbio negro. Não vendem! No aeroporto de Caracas só se compra ida e volta juntos obrigatoriamente para um destino das antilhas (Aruba ou Curaçao). Tentei ao menos comprar a ida direto para Aruba e a volta por Curaçao.....não rola!

 

DICA 14: Empresas aéreas que voam nas Antilhas:

- Tiara (http://www.tiara-air.com) - Voa de Curaçao para Aruba e é a única que voa de Aruba direto para Bonaire, sem parar em Curaçao. Dá pra comprar online.

- Insel air (http://www.fly-inselair.com) Sei que voa de Curaçao para Aruba e de Bonaire para Curaçao

- Divi (http://www.baibini.com) Opção em conta de voar entre Curaçao e Bonaire

- EZair ([email protected]) Tem um teco-teco de 10 passageiros que é a opção mais em conta de voar entre Curaçao e Bonaire, US$ 45 o trecho

- E-Liner Airways (http://www.e-liner.net) Parece que eles só operam voos charter, mas numa dessas.....vale tentar

- DAE (http://www.flydae.com) - Voa entre Aruba, Curaçao e Bonaire. Vende online.

 

ARUBA!!

ARUBA!!

ARUBA!!

 

Vôo tranqüilo em um avião de umas 30 pessoas que parecia ser da 2ª guerra mundial. Segundo o piloto disse “é velho mas voa” Como eu adoro emoções, adorei voar nele...rs.

 

otf_pic.php?pic_cat=users_pics&pic_id=user_60085_286.jpg

É velho mas voa!!

 

Ao chegar em Aruba percebi que eu não tinha anotado o telefone e endereço da Sunflower. A dona nos pegaria no Aeroporto por US$ 20. Tentei um taxista mas ninguém conhecia esta pousada. Tinha então que acessar a internet e descobri que no aeroporto não tinha nenhum cybercafé, nenhuma forma de acessar a net. Antes de pegar um táxi para um cyber em downtown fui em cada uma das locadoras de veículos implorando que acessassem o site da pousada só para me verificar o telefone. Depois de levar um “não temos internet aqui” em 4 empresas com aquela boa vontade de ajudar aos outros (típica dos gringos) consegui uma boa alma que fez isso por mim.

 

A Sra. Rienke foi nos pegar no aeroporto e no caminho para a pousada nos encantamos com o centro de Aruba todo iluminado, parecia NY. Ficamos felizes por estarmos em um lugar com infra estrutura depois de uma semana maravilhosa no paraíso selvagem de Los Roques. A Rienke nos deu boas dicas sobre onde almoçar, jantar e fazer compras e nos deixou em restaurante para jantar. Depois pagamos US$10 para um táxi nos levar a pousada.

 

DICA 15: Em Aruba é tudo muito caro. Difícil fazer uma refeição que não seja fast food por menos de US$ 40 o casal. Alguns dias comemos nos restaurantes perto da pousada indicados pela Rienke e gastamos de US$ 20 a 40. Abusamos do fast food para poupar $ para mergulhar no próximo destino e tomávamos café da manhã e comprávamos salgados e doces para almoçar na praia no supermercado “Super Food” conforme indicado pela Rienke, um dos poucos supermercados de Aruba que não pertence aos chineses e que consequentemente tem uma padaria com aquela variedade maravilhosa das padarias holandesas. Em todos restaurantes a água gelada é grátis e as bebidas em geral são caras.

 

A pousada sunflower na verdade é a casa da Rienke, uma viúva holandesa muito simpática e prestativa que transformou cada quina da casa dela em uma suíte arrumada e bonitinha e construiu mais 2 suítes nos fundos. São 6 suítes que ela aluga. Ficamos na mais barata, a suíte “orange” e pagamos US$ 55 por dia o casal. Ela não aceita cartão de crédito e faz reservas por e-mail sem nenhum sinal.

 

A suíte era uma gracinha mas tinha os seguintes inconvenientes: a cozinha era externa (na varanda), voltava cheiro de esgoto pelo ralo do banheiro, não tinha como trancar por dentro, só por fora, nos deixando inicialmente um pouco inseguros para dormir. Todas as outras suítes estavam ocupadas e ficamos com esta assim mesmo.

 

Além disso não posso deixar de dizer que ela nos entregou o quarto sem ter feito a limpeza. Ela tem uma faxineira que vai lá nas 3as, 5as e 6as e sabe como são os gringos né, era sábado e provavelmente ela só deu um tapinha na suíte e deu. 3ª a faxineira dá um grau melhor....mas nada muito grave. Não dá para se esperar dos gringos muito em questão de limpeza....

 

Dia 2/11 acordamos cedo e pegamos o carro que alugamos da Rienke. Um carrinho popular com 20mil Km que ela nos alugou por US$ 35 a diária com seguro e, como de praxe, nos entregou imundo...ótimo negócio ter locado o carro.

 

Depois de 6 dias seguidos de praia em Los Roques aproveitamos para fazer um dia de city tour e nos mantivemos distantes da água.

 

A noite senti fortes dores de ouvido decorrente do resfriado mal curado que cheguei em Los Roques associado aos 5 mergulhos que fiz que empurravam um pouco de secreção para o ouvido cada vez que eu compensava a pressão.

 

Procurando uma farmácia aberta nos deparamos com a realidade de Aruba. Sabe aquele negócio de infra estrutura e tal? É a fachada de Aruba onde os gringos descem do cruzeiro e batem fotos. Na verdade Aruba é um lugar de pessoas pobres, sem acesso a necessidades básicas. Depois de perguntar em tudo que é canto no Hospital me informaram que sobre a única farmácia de Aruba, no centro, que parece estar fechada mas fica aberta aos domingos a noite e atende por um buraco na porta.

 

DICA 16: Nas Antilhas não vendem antibióticos e alguns medicamentos sem receita. Leve do Brasil tudo que você possa precisar. Previna-se. Se você precisar de um médico ou medicamento por lá você está Fufu...

 

Dia 3/11 ficamos pelo centro. Evitei praia por causo da dor de ouvido. O Cataflam, Tylenol e um negócio de pingar no ouvido que consegui comprar na farmácia a preço de ouro não deram conta do recado e na 2ª a noite eu uivei de dor.

 

Dia 4/11 cedo fui ao médico que me cobrou US$ 50 pela consulta e me receitou antibiótico. Ele me garantiu que em 3 dias eu estaria apto para a minha seqüência de mergulhos em Bonaire. Assim sendo não mergulhei em Aruba.

 

Minha namorada teve uma reação alérgica aos mosquitinhos minúsculos e praticamente invisíveis que infestam toda Aruba. Você ta sentado na praia e vai sentindo umas mordidinha e não vê nada. O médico receitou para ela um anti alérgico também. Ela estava já estava toda pipocada e se coçando toda e chegamos a pensar em voltar para o Brasil e abortar a viagem.

 

DICA 17: Repelente é artigo de sobrevivência em Aruba. Por causa da alergia da minha namorada tivemos que comprar o Off azul, o mais forte de todos, indicado para florestas com febre amarela.....

 

Fora praias agradáveis de mar azul e calmo, Aruba não tem muito que fazer. Tudo fecha cedo. Não sei se era por conta da baixa temporada mas não tinha nenhum agito. A noite paramos na Eagle Beach onde tinha uma festa na praia que era privativa aos hospedes de um resort. Ficamos no boteco do lado tomando um refri e curtindo a noite.

 

Dia 5/11, nosso último dia em Aruba, fomos para a Baby Beach, certamente a mais bela das praias de Aruba. Apenas 2 coisas tiram um pouco da beleza deste lugar: a refinaria de combustíveis que fica ao lado e aquele monte de gringo gordo parecendo uns botos cor de rosa...

 

DICA 18: Se precisar telefonar de Aruba, saiba que de lá não se fazem chamadas a cobrar. Se você tiver um celular desbloqueado e for usar bastante o fone pode comprar um chip por US$ 20 e ligar para o Brasil pela melhor tarifa que é US$ 0,50/min aproximadamente. No caso eu tinha levado o meu smartfone e conseguia abrir meu e-mail e tudo por ele, foi uma mão na roda, economizei um monte. A Rienke me emprestou um celular dela que eu usei o chip no meu para não ter que comprar (mas esqueci de devolver o chip...rs, ela não tem mais sobrando....) Se for comprar um chip, lá tem 2 operadoras. De preferência para a Digicell que tem em Curaçao e Bonaire também. O chip da Rienke era da Setar que só tem em Aruba e quando cheguei em Bonaire fiz uma ligação com ele e acabaram os créditos e não consegui mais comprar créditos para a Setar por lá.

 

Dia 6/11 com o ouvido praticamente novo, partimos para Bonaire no vôo das 11h com a Tiara novamente, a única que voa de Aruba direto para Bonaire, sem fazer escala em Curaçao e assim, a mais barata. Pagamos US$ 70 por pessoa.

 

Ao final da viagem eu e minha namorada concluímos que o destino Aruba não nos agradou. Se pudéssemos voltar no tempo teríamos tirado Aruba do roteiro e deixado mais dias para os outros destinos.

 

Aruba é um lugar sem muitos atrativos se comparado aos outros destinos. Parece uma ilha plantada no Caribe para os gringos. Não tem muita tradição nem história e é lotada de joalherias e lojinhas de marcas para os turistas consumistas dos cruzeiros.

 

BONAIRE!!

BONAIRE!!

BONAIRE!!

 

Chegamos em Bonaire e lá ficamos na Coco Palm (http://www.cocopalmgarden.com - F: 599 – 7172108 e 7861479). O taxista Samuel deveria estar nos aguardando no Aeroporto mas atrasou uns minutos. Tentei ligar para a pousada mas o celular não ligava. Consegui abrir meu mail pelo celular e estava lá a confirmação de que o taxista me esperaria. Alguns minutos depois ele chegou e me abordou. O mesmo nos deixou no apartamento e entregou as chaves da caminhonete que já tínhamos reservado.

 

O pessoal da Coco Palm é bastante profissional e simpático. Ainda no Brasil eu tinha pego o contato deles aqui no mochileiros e me comunicado por e-mail, fazendo uma reserva. Inicialmente tinham me reservado uma kitnet por US$ 55 + 10 do ar condicionado. Depois alterei a data e então me reservaram uma casinha de 2 dormitórios muito show chamada “orquídea” que fica na vila chamada “Las Palmitas” Me fizeram esta casinha que no site custa US$ 96 a diária pelos mesmos US$ 55.

 

Foi a minha melhor estadia em toda a viagem. Encontramos tudo limpinho, cozinha completa montadinha e brilhando, deu até gosto de cozinhar.... Jantávamos todos os dias em casa depois dos mergulhos exaustivos.

 

O pessoal da Coco Palme pede 50% adiantado para fazer as reservas. Joguei um 171 dizendo que queríamos pagar em cash por causo da volatilidade do dólar no Cartão devido à crise e eles aceitaram fazer a reserva sem adiantar nada. A baixa temporada ajudou também, mas a Coco Palm tava bem ocupadinha....

 

Ocupamos o restante da tarde de 6/11 fazendo compras no supermercado que tem bons preços de forma geral para aquela região e passando na operadora de mergulho indicada pela Coco Palm (Dive & Friends) para pegar os equipamentos e fazer a parte burocrática.

 

Para mergulha se paga US$ 20/dia/pessoa para ter tanques ilimitados (troca o vazio pelo cheio quantas vezes quiser) ou US$ 12 por tanque. Inclusos os lastros. Pensamos que íamos dar conta de fazer 3 mergulhos por dia.... Ilusão... Mergulhos com saída de praia é super cansativo, chegavamos no fim do 2º mergulho no bagaço.

 

Para mascara e nadadeiras o aluguel fica em US$ 10/dia/pessoa e não alugam nadadeiras abertas, só fechadas, que são completamente inapropriadas para Bonaire. Aproveitamos que iríamos mergulhar por 4 dias e com os US$ 40 que pagaria pela locação comprei uma mascara ótima. Se fosse qualquer marca se encontra por US$ 40 mascaras e nadadeiras. Comprei nadadeiras abertas por US$ 55 e botas por US$ 35

 

Pelas roupas se paga US$ 9/dia/pessoa + US$ 9/dia/pessoa do colete e reguladora. Na contra mão de todo mundo não alugamos roupas e mergulhamos de camiseta e shorts. Não nos arrependemos...

 

DICA 19: Pagamos US$ 40/dia pela locação da caminhonete, uma Hilux noventa e algo a gasolina. A caminhonete é indispensável para mergulhar. Já tínhamos reservado a caminhonete com a Coco Palme e nem pesquisamos preços. Vi alguns jipes Sizuki com outros mergulhadores. Pode ser uma opção mais econômica para locar e, certamente será na hora de abastecer, pois o litro de gasolina lá fica por US$ 1,50 mais ou menos. Se vai ficar só no snorkel ou praias alugue uma scooter pois não há transporte público em Bonaire

 

DICA 20: Equipamentos de mergulho têm ótimos preços em Bonaire. Há uma enorme quantidade de lojinhas chamadas “dive shops”. Pesquisando em alguns dive shops e comprando o que tiver mais em conta em cada um, faz-se uma boa economia.

 

DICA 21: Há uma enorme variedade de livros falando sobre mergulhos em Bonaire. Pegamos um ótimo emprestado na pousada, que virou nosso livro de cabeceira. Descrevia cada ponto de mergulho.

 

DICA 22: Participamos de um jantar indiano organizado pela Coco Palm. US$ 10/pessoa. Foi um desastre. Já não somos muito chegados em comida indiana mas fomos no intuito de conhecer as pessoas, trocar experiências dos mergulhos. Conclusão: Cada um na sua mesinha, saímos de lá sem conhecer ninguém. Não tinha nada de salada, não tinha sobremesa e a comida tava péssima.

 

DICA 23: O pessoal das antilhas em geral é bem fechado, não tem o calor dos latinos. É cada um por si....Posso dizer que em Aruba, Bonaire e Curaçao não fizemos nenhuma amizade. Se for pra um destes destinos sozinho, leve o seu antidepressivo...rs

 

Dia 12/11 cedo fomos ao Aeroporto com o intuito de comprar as passagens para Curaçao para 14/11 (originalmente prevíamos ir para Curaçao em 12/11 mas estávamos tão bem em Bonaire que imaginando que Curaçao seria decepcionante como Aruba decidimos prolongar a estadia em Bonaire.

 

Não encontramos vôos para nenhuma data próxima pela Divi (que era a mais barata, US$ 45 por pessoa enquanto as demais pediam de US$ 70 a 100). Conseguimos pela Ezair para 13/11 os últimos 2 acentos pelos mesmos US$ 45.

 

DICA 24: Compre as passagens de saída de Bonaire com pelo menos 4 dias de antecedência para na ter que ir pelas mais careiras.

 

Depois do 1º mergulho de 12/11 meu ouvido voltou a incomodar. Passei por um centro médico ajeitadinho que fica perto do Hospital público (que é medonho diga-se de passagem). Paguei US$ 35 pela consulta mas me inventaram de “lavar o meu ouvido” para me cobrarem mais US$ 10.

 

O médico que me atendeu era o diretor do centro e apesar da minha insistência para que me receitasse um antibiótico sai com receita apenas para comprar um de uso externo que de nada adiantou. Passei a pior noite da viagem, acordado e com muita dor.

 

Dia 13/11 ao raiar do sol estava na porta daquele centro com o ouvido todo inchado. Depois de ver o meu estado o FDP me receitou o antibiótico que eu tinha pedido no dia anterior e veio querendo cobrar uma nova consulta. Neguei-me a pagar e ele pediu que eu devolvesse a receita. Neguei-me a devolver e ele mandou eu me fuder dizendo que ele ligaria nas 2 farmácias de Bonaire para que não me vendessem. Não acreditei que ele teria coragem, mas teve. Na farmácia, sem poder comprar falei que meu vôo para Curaçao sairia em 2h e que então eu compraria por lá. A dona da farmácia deve ter dado a letra pro médico que, pasmem...... mandou a polícia atrás de mim.

 

Expliquei aos policiais o mercenário que era aquele médico e notei que no fundo (apesar de eles tentarem me convencer a pagar) eles me deram a razão. Perguntei o que aconteceria se eu não pagasse e eles disseram que não poderiam me forçar, apenas pegariam os meus dados para o caso do médico querer entrar com uma ação na justiça internacional. Não paguei!!!

 

Partimos para Curaçao num Teco-Teco de 10 pasageiros....maravilhoso! Minha namorada se borrou toda de medo! Bonaire é verdadeiramente o paraíso dos mergulhadores. Tudo de bom.... o aprendizado de montar equipamentos sozinhos, entrar pela praia, mergulhar sem instrutor, navegar sozinhos, controlar profundidades, tempos, tabelas é algo que não se adquire em nenhum mergulho embarcado. Entramos crianças em Bonaire e saímos adultos...Ah, isso tudo com bastante segurança, sem correntezas, sustos ou maiores dificuldades...

 

CURAÇAO!!!

CURAÇAO!!!

CURAÇAO!!!

 

13/11 - Chegamos em Curaçao por volta do meio dia. Loquei um carro por US$ 55/dia com seguro na Budget do aeroporto. Saímos em direção do Alablanca Apartments ( http://www.alablanca-apartments.com - F: 599-5680647 7365660 – End.: Kaya Toni Kunch15a, Curaçao) que eu tinha reservado previamente por e-mail e sem nenhum sinal. Indicação deste site....

 

Pelas fotos e depoimentos esperávamos do Alablanca algo bem fajuto e foi o que encontramos. Uns apartamentinhos velhinhos que parecem um presídio. Tinha reservado a kitnet de US$ 70/dia/casal mas a patroa tava decidida a ficar bem instalada nas nossas ultimas 3 noites que passaríamos em Curaçao custasse o que fosse. Depois da uma noite do cão que eu tinha passado, a última coisa que eu queria era bater perna atrás de hotel. Ficamos então no apartamento de 1 quarto que tinha cozinha e sala separados e custava US$ 84.

 

DICA 25: A impressão que eu tive de Curaçao em relação à estadia é que lá tem muitas opções e para todos os níveis. Pessoalmente para um admirador de praias, água e belezas naturais, numa próxima ida a Curaçao com mais que 3 noites eu pegaria um carro ao chegar e sairia pesquisando preços nas pousadas do Oeste (Westpunt e arredores) que distam cerca de 40min de carro do Centro.

Digo isso por que:

- Estas pousadas devem ter preços bem mais acessíveis que as do centro;

- Ali estão as melhores praias de Curaçao. As do centro e leste não chegam aos pés;

- Apesar de afastado do centro, 2 dias no centro já não tem mais o que fazer por lá, já nas praias do Oeste rola mergulhos saindo da praia, snorkel e sol o dia todo que é o que eu curto

- Carro precisa-se de toda forma em Curaçao, então mais vale vir pro centro de carro por 2 dias que ir pra praia de carro por 3 dias...

 

Para a nossa felicidade Curaçao é completamente diferente de Aruba. É um lugar que tem raízes, tem sua tradição, diferente da ilha plantada para os gringos que é Aruba. A maioria dos turistas em Curaçao eram holandeses com aquele jeito simples e minimalista dos europeus, muito mais agradáveis que os americanos obesos que são maioria em Aruba, porém também fechados, cada um na sua.... novamente não fizemos nenhuma amizade.

 

Dia 14/11 fomos ao Sea aquarium. Caro (US$ 18 por pessoa) mas valeu a pena. Alimentamos tubarões lixa e passamos a mão neles, alimentei tartaugas e raias que passavam sobre os meus pés no tanque e finalmente vimos um belo show com golfinhos. Depois fomos conhecer as praias do leste que não tem nada demais... Finalizamos o dia com compras no pitoresco centro de Curaçao.

 

Dia 15/11 fomos para as praias do Oeste. Primeiro e único dia chuvoso da viagem, acabamos saindo tarde e consequentemente não tivemos tempo de parar em nenhuma praia. Apenas passamos em várias delas para ver. A que mais gostamos foi a de Knip, paradisíaca, tranqüila, pouca gente, nota 10. A noite fomos no bar do Hotel Plaza que fica em cima do forte no centro e curtimos uma noite maravilhosa.

 

Dia 16/11 pegamos o vôo às 11h para Caracas. Desta vez sem atrasos.

Ficou a vontade de ter passados mais uns dias em Curaçao e ter curtido um dias de praia, feito uns mergulhos...

 

O vôo da Varig saia só as 21:45h e ficamos tortinhos de tanta cerveja no aeroporto. As 18h abriu o balcão da Varig e fizemos o check in para podermos ir as compras no freeshop que fecha as 23:45h

 

Eu troquei US$ 250 só para compras no freeshop. Consegui BsF 1125 no cambio no aeroporto que fiz com a Ligia da agência de viagens Premiere (fala português)

 

 

Paguei a taxa de saída do aeroporto (BsF 115), comprei uma câmera Samsung S730 que custava no freeshop BsF 430 ou no cartão de crédito US$ 200, mas com o câbio em espécies acabou custando US$ 95 + um cartão de memória de 4 Gigas por BsF 100 e o resto usei pra comprar perfumes de marca pra galera toda de casa que faz aniversário em Novembro - pelo melhor preço do mundo (graças ao cambio negro, pois se for pra comprar no cartão de crédito ficam mais baratos em Curaçao)

 

Enfim...acabou o que era doce e já estamos prontos para a próxima!!!

 

Abraço a todos e não se acanhem em mandar perguntas!!!

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Falae André!

 

Que bom que gostou do post....primeira vez que estou postando no site...o próximo vai ficar melhor!!

 

Seguinte, pela forma como você escreveu na resposta deduzo que você também seja mergulhador, então vou te passar o que eu entendo sobre vôos após mergulhos....Inclusive como seria uma viagem em que eu planejava mergulhar em todos os destinos, especialmente em Bonaire que ia mergulhar o tempo todo, pesquisei bastante sobre este tema.

 

A questão de não voar após mergulhar em nada tem a ver com os ouvidos. Esse cuidado se dá única e exclusivamente devido ao risco de "doença descompressiva"

 

Exemplificando, se você sai de uma pressão de 1atm ao nivel do mar e atinge uma pressão de 3atm por exemplo, a 20m de profundidade, dependendo do tempo que permanecer nesta profundidade deve fazer inclusive uma parada de segurança a 5m de profundidade para evitar o risco desta doença, que nada mais é que o nitrogênio (principal elemento do ar que respiramos) formndo bolhas na corrente sanguinea, assim como acontece na garrafa quando abrimos um refrigerante.

 

Se você sai do mergulho, cheio de nitrògênio no sangue e voa em seguida, atingindo em altitude pressão de por exemplo 0,7 atm, a diferença será maior e por isso a medicina recomenda um intervalo de 12h entre um mergulho e um vôo. Já a PADI recomenda 18h por segurança desde que não extrapole nenhum limite da tabela.

 

Penso que quanto mais segurança melhor, mas 2 dias sem mergulhar antes de voar é brochante....rs

 

Se você tiver algum artigo que fale sobre esta necessidade me dá um toque porque eu me interesso bastante pelo assunto!

 

Abraço

 

Glauber

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Glauber, estou planejando minha lua de mel para outubro e suas informações estão sendo mais úteis do que você imagina, valeu! A idéia é fazer Los Roques, Bonaire e Curaçao. Sobre o rolo de se conseguir passagens, pensei em fazer o seguinte:

 

- Chegada em Caracas 15:30h de um domingo e saída para Curaçao pela DAE às 20:00h, com passagem comprada via internet.

- Curaçao-Bonaire compro assim que chegar, pra dali a 5 ou 6 dias, acho que deve ter fácil e posso pesquisar o melhor preço in loco, afinal é baixa estação. Ou será que consigo melhor preço pela internet com antecedência?

- Nessas 4:30h no aeroporto de Caracas tento comprar ida e volta pra Los Roques com BFs, pra baratear a brincadeira, pra viajar dali a 11 ou 12 dias. Será que dá?

- Também tento aproveitar pra comprar o trecho Bonaire-Caracas pra aproveitar os BFs no paralelo.

 

Como as passagens estão pesando no orçamento que estou começando a fazer, acho que é a melhor maneira de baratear tudo. Você acha isso plausível?

 

Quanto ao seu ouvido, se tiver esse problema de novo ou for viajar pra mergulhar, leve um remédio chamado Claritin. Minha noiva às vezes tem problema com o ouvido quando mergulha e esse remédio é uma bênção. Só que tem que tomar um dia antes, na hora de dormir. Dá um baita sono, mas tem 24h de efeito.

 

André, quanto a sua tontura, é possível que seu snorkel não esteja muito bom, com problema de encaixe no bocal e você ficasse engolindo um pouquinho de água do mar cada vez que respirtava. Mal dá pra perceber, mas com o tempo, você engole bastante e dá tonturas. Já aconteceu comigo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá André!!

 

Que bom que o relato está sendo útil pra você.....Antes de ir eu debulhei o site também e foi ótimo!!

 

Quanto ao vôo para Curação no Domingo às 20h, pesquisando no site do aeroporto de Curação eu vi que não havia este vôo noturno nem Sábado e nem Domingo e também tinha algum dia da semana que não tinha. Coloca no google "airport" "curaçao" e dá uma olhada lá, pode ser que teve alguma alteração já.

 

Falando nisso, 5 dias de antecedência é tranquilo para comprar Curação -> Bonaire -> Curaçao quando chegar em Curaçao (de Bonaire só saem vôos para Aruba pela Tiara e para Curação por algumas empresas. Direto para Caracas não tem).

 

Outra coisa, a taxa aeroportuária em Curação é de US$ 32!!! A de Bonaire é US$ 8. Se você ficar menos de 24h em Curação aí paga só a taxa de transito no aeroporto que é de US$ 2, caso de quando tiver voltando de Bonaire e chegar em Curaçao e em seguida pegar o vôo para Caracas.

 

Lembro que no Domingo e depois do horário comercial o escritório das empresas aéreas nos aeroportos costuma ser fechado, assim, chegando no aeroporto de Curação no Domingo, talvez você tenha dificuldade em comprar os bilhetes para Bonaire e tenha que retornar no aeroporto outro dia para comprar. As empresas que voam para Bonaire mais em conta (US$ 45 o trecho) são a Divi e a EZair e o escritório delas é fechado Domingo. Se tiver vôo deles saindo no Domingo pode ser que você consiga comprar os bilhetes no balcão de check in deles (que fica no saguão da direita de quem olha o aeroporto da rua, os escritórios ficam no saguão da esquerda, próximo as locadoras de veículos). No aeroporto de Caracas só se compram vôos saindo de Caracas e obrigatóriamente tem que comprar a volta junto. Eu quiz comprar ida para Aruba e volta para Curação e nem isso me venderam. A atendente da Avior disse que só me venderia se eu apresentasse pra ela o meu bilhete de Aruba para Curação acredita?

 

Outra coisa, no Domingo muitas agências de turismo são fechadas no aeroporto de Caracas (caso da Premiere, onde eu fiz o câmbio). Em geral tanto na Venezuela quanto nas Antilhas não tem essa moleza que tem no Brasil de tudo abrir Domingo e ficar depois da 18h. Para você ter uma idéia, o escritório da pousada que fiquei em Curaçao (Alablanca apartments) é fechado no Domingo. Eu saí de lá no Domingo e deixei a chave num buraco que tem na porta do escritório porque era fechado...

 

Quanto à ida a Los Roques, dá para você fazer reserva por e-mail tanto pela Tuy quanto pela Chapi. A Rainbow eu não tinha descoberto antes de sair daqui e acabei descobrindo comprando pela agência de turismo da Aeroejecutivos, por isso não tenho contato deles. Porém, se você conseguir casar a ida a los Roques num Domingo ou a volta de lá num Sábado (ou as 2 coisas) e ainda tiver rolando a promoção pela Rainbow de BsF 100 o trecho, dá pra fazer uma boa economia, já que o preço normal é na faixa de BsF 400 o trecho. Creio que a Rainbow faça reserva também. Faz um contato com o Jesus pelo MSN ([email protected] Fones: 00 XX 58 416 626-0211) que a agência de mergulho dele fica bem pertinho do aeroporto e ele pode te dar uma força com as reservas das passagens e dica das promoções para moradores. Fala pra ele que foi indicado pelo Glauber que ele vai te tratar melhor ainda, gastamos uns BsF 2000 com ele entre mergulhos e passeios hehe

 

Finalmente, essa função de compra de passagens, sugiro deixar para uns 3 meses antes de ir prá lá....agora ainda é muito cedo e com a organização toda deles, até lá acabam mudando datas e horários de vôos e você pode ficar na mão. A não ser que esteja voando com milhas prá Caracas e a disponibilidade para marcar requeira uma antecedência maior.

 

Se quiser me passa o seu msn que a gente bate um papo esperto, mando umas fotos pra você e tals....

 

Abraço!!!

 

Ps... Boa a Dica do Claritin....só atente que o Claritin na verdade é um anti alérgico que acaba cortando a secreção de quem sofre de alguma alergia e assim elimina a fonte de bactérias no ouvido, que foi o que aconteceu comigo.....O médico de Aruba tinha me receitado para pingar no nariz algo similar ao brasileiro "Budecort". Segundo o médico que passei quando cheguei no Brasil, de nada adiantava porque o Budecort é à base de cortizona, que age bem para alérgicos. No meu caso, já que não sou alérgico, um descongestionante faria isso melhor. Mas em sumo foi justamente a lição que aprendi...varios mergulhos seguidos requerem vias aéreas completamente livres e sem secreção!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse vôo Caracas-Curaçao de domingo à noite eu vi no site da DAE. Eles só não voam noturno aos sábados.

 

A questão da compra das passagens para Los Roques é que fico na dúvida se confio nas reservas feitas por e-mail, já que a maioria não parece ser séria. Meus objetivos são: não perder uma noite em Caracas e pagar o máximo possível em BsF pra aproveitar o paralelo. Quanto às passagens, só tenho que marcar as São Paulo - Caracas por estar usando Smiles.

 

Meu MSN é [email protected] ,mas não acesso sempre. O e-mail é [email protected]

 

Depois eu te envio um e-mail com algumas perguntas mais específicas. Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá André!!

 

Acabo de te add....

 

Legal que agora tem esse vôo da DAE no Domingo, quando eu fui não tinha.....esse seria justamente o meu receio de comprar com tanta antecedência....até lá eles mudam de novo e acabam te mudando pro próximo vôo. Mas é como você falou, se tem que fechar com a varig agora, tem que correr o risco e, na pior das hipóteses, que seria o cancelamento desse vôo, você acaba tendo que dormir uma noite em caracas que já ia ter que rolar de qualquer forma se esse vôo não existisse.

 

 

Agora se tem esse vôo na 2a feira e não afeta em nada o seu planejamento marcar a varig pra pousar lá na 2a feira, recomendo fortemente pois no Domingo o atendimento em geral é bastante precário no aeroporto e comércio da região.

 

Sobre a reserva para Los Roques, segue o mesmo raciocínio. Faz a reserva.... você não vai ter que adiantar nenhum $ então não tem nada a perder. Eu tinha feito uma reserva por e-mail com a chapi air. Cheguei lá e a balconista não achou.....ai eu olhando o livro de reserva delas enquanto ela procurava o meu nome eu mesmo acabei achando...rs e ela disse que não tinha....tu vê?.... mas como a reserva era pra um vôo que saia no dia seguinte cedo e além de ainda não ter conseguido comprar as passagens para Curaçao tive aquela confusão com a aeroejecutivos, acabei não confirmando essa reserva. Porém não haviam mais vagas para o vôo que reservei, ou seja, ela teria sido útil se não fossem os outros problemas que tive.

 

Sobre aproveitar o cambio, com certeza....o que dá pra aproveitar são as passagens para los roques, taxas aeroportuárias de caracas, despesas de los roques no aeroporto e compras no freeshop de Caracas. O vôo de ida e volta Caracas - Curaçao daria também, mas não compensa o risco de não conseguir comprar lá por falta de disponibilidade e assim estragar todos os seus planos faz não valer a pena. Vôos de Curaçao para Bonaire por exemplo você não consegue comprar na Venezuela.

 

Bom, se preferir a gente pode ir trocando uma idéia por aqui já que entra pouco no msn.....bom que os esclarecimentos já servem para outras pessoas também!

 

Abraço!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Glauber, me desculpe a pergunta indelicada, mas quanto em reais vc gastou com essa viagem?

Se for possível me responder, muito obrigada! :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...