Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Bolívia Chile e Peru 24(+11) Dias realmente Inesquecíveis ! (Janeiro 2013)


Posts Recomendados

  • Colaboradores

4º Dia - Santa Cruz de La Sierra

 

(Até chegar em Uyuni, eu tenho poucas fotos dos lugares, depois vocês vão entender o porque. )

 

O Dia começa cedo para mim novamente, logo que levantei, olhei o cel, marcava 07:30 da manhã. Então, borá levantar, dar um jeito no bafo e na cara de “trem batido” e ir para o café, que começava a ser servido das 08:00 as 11:00hrs de La mañana !

O café da manha do Jodanga é o melhor que já tive em toda a minha viagem. Além da famosa manteiga e geleias, tem pão branco e integral, e algumas frutas ! La diz que só se pode pegar 2 pães, mas ninguem fica olhando viu, então, #FicaADica :twisted:

 

Mas antes de ir para o café, fui procurar a Andreia. Tínhamos que ir correndo para a Plaza comprar as passagens de avião para Sucre(USD 47). Depois de algum tempo procurando, em todos os locais do hostel, achei a danada ! :D

Tomamos café rapidamente e partimos para a plaza. Queríamos chegar bem na hora que a Agência abrisse, para conseguirmos as passagens. Depois que chegamos a plaza, demoramos um pouco para achar, mas conseguimos comprar as passagens para o outro dia as 07:00 da manhã. Demos mais uma volta e voltamos para a piscina do hostel ::tchann:: .

Lá pela hora do almoço, fomos comprar algumas coisas para fazer o que ? Adivinha ? Macarrão, é claro. Especialidade da Lu ! ::hahaha::

Bem depois do almoço, dei uma parada para pensar na vida (le-se digestão), e lembrei que os gêmeos tinham ido embora bem de manha. Eles tinham conseguido comprar passagem do dia anterior para as 7 da manha ! Pena que não deu pra nos despedirmos. Os caras eram parceiros !!

La pelas 15hrs a Poliana e o Paulo chegaram, e finalmente nosso grupo estava completo!! E estávamos sem teto também.

 

Como assim Mauro? ::putz::

 

Bom gente, como disse antes, caí de avião naquele hostel, e como é um ótimo hostel, difícil conseguir camas sem reservas. Os Gêmeos, os chilenos a Adriana e eu conseguimos por milagre, mas como vocês podem imaginar, não tinha vaga para o Paulo e Poliana. :roll:

Então, tivemos que buscar outro hostel para dormir essa última noite em Santa Cruz. Como o Paulo e a Poli não tinham almoçado, perguntamos no hostel onde tinha um lugar para comer, e próximo ao hostel, umas 3 quadras, tinham alguns restaurantes !! Bom, de mochilões nas costas, fomos lá conferir.

 

Chegando lá eles comeram, e só ai eu fui me tocar de procurar um hostel. Ai, esta foi à primeira (e única) vez que usei o meu querido "Guia do viajante independente da América do Sul". Peguei o hostel mais barato do Guia, o Hostal Ambar , e pedi uma ajuda da dona do restaurante para ligar para o hostel, e ela aproveitou e pediu um taxi também. Uma pena que não anotei o nome do restaurante.

Bom, depois de pegarmos o taxi, chegamos ao hostel, e esse sim era mais perto do Plaza (7 quadras).

Bom, quando entramos, a primeira impressão que tive, que estava entrando em uma caverna, com uma portão de metal ( :( )

Vou tentar descrever ele para vocês.

 

Ele fica em uma portinha bem pequena, que da para um corredor fechado, um pouco escuro, com um portão de ferro, como de uma prisão, e uma janela ao lado. Entrando no hall de entrada, a iluminação era bem baixa, vários móveis velhos, como poltronas e um sofá bem zuadão, tipo de filmes de terror. No canto esquerdo um computador para uso (e só o dono do hostel usa, jogando Age of Empires III como se não houvesse o amanha ::putz:: ).

Depois da entrada, existe um corredor fechado com várias portas dos dois lados, e no final uma piscina vazia, e alguns andares acima, cheio de quartos, parecendo uma construção de favela ou um cortiço :roll: .

Pagamos 35 bolivianos pelo quarto com 4 camas. Entrando no quarto, aquele cheiro de mofo peculiar, com um ventilador de chão grudado no teto, e uma escrivaninha, mais uma tv mais velho que o Oscar Niemeyer(quando era vivo).

Olhamos um para a cara do outro ( :? ) e eu cantei aquele trecho da música do Charlie Brow Jr. " Só por uma noite, yeah”.

Lado positivo, pelo menos as camas eram confortáveis. E outro detalhe, só tinha um chuveiro, que não tinha água quente. Mas em Santa Cruz você nem precisa, confie em mim ::tchann:: .

 

Deixamos no quarto as mochilas, e fomos para a Plaza del Armas. O Paulo e a Poli não conheciam ainda ! No caminho, notei que em duas quadras, havia 2 carros de som com o som bem alto. Achei estranho, mas pensei "Welcome to Bolivia”. :wink: .

 

Depois de uns 15 minutos de caminhada (bem sossegada), chegamos a plaza. Nesse instante, notei que uma rua paralela a Plaza estava sendo interditada, só não sabia o por quê ? Mas ai, esquecemos isso, e ficamos na Plaza curtindo o movimento do pessoal. Sentamos nas escadas da igreja, e ficamos lá. E no domingão só dava a Bolivianada na Plaza! ::hahaha:: !!

 

Depois de um bom tempo, notei que tinha um cara nos rodeando. Era magro, alto, mas não tinha cara de Boliviano 8) . Fiquei na minha só observando, de repente ele veio até a gente, e perguntou:

 

- Vocês são Brasileiros?

 

Com a afirmativa, ele se apresentou, mas não lembro o nome dele(se estiver lendo esse relato, escreve ai cara). Era outro mochileiro, de Curitiba, que estava no fim de sua viagem, de 30 dias! Ele iria embora no outro dia, e estava passeando na Plaza !! Foi muito bacana! Ele estava terminando, e nós, começando!!

Ai já ficamos conversando durante um bom tempo! Ele nos dando dicas, e contando como foi tudo! É Isso que gosto em nós mochileiros, com um bom sorriso e cara de pau, a gente vai longe ::hãã2:: !

 

Quando começou a entardecer, passou pela gente uma menina com um vestidão bem tradicional, todo colorido. Achamos estranho, mais o Tibúrcio(nome fictício do mochileiro) disse que iria ter um carnaval de rua naquele dia !! ::hahaha::::hahaha::

 

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH Bom. Agora tudo fazia sentido!! Ai ficou bão o troço!! ::otemo::

Ganhamos do nada a oportunidade de ver um carnaval bem tradicional da Bolívia.

 

Logo depois que o Tibúrcio nos disse isso, vimos um bar de Rock aberto, bem em cima da rua que iria passar o carnaval. Fomo lá ver, e já sentamos para degustar umas Pacenas !! Ai que a coisa andou!! Ficamos lá bebendo até começar o desfile, e quando a musica começou de verdade fomos para a sacada!!

Foi uma experiência muito bacana, aquelas danças típicas, e uma coisa que notamos muito diferente do Brasil, eram as roupas do Carnaval. É, eles estavam vestidos com roupas de verdade ::ahhhh:: !! E com roupas típicas, nada a ver com o Brasil!! ::tchann::

 

531468_414298781981640_1669264780_n.jpg.bc9833202d9170cbc4c2bc8bb02c66c2.jpg

538128_414298908648294_295281256_n.jpg.6cad6a9bb705e688a697cce129420c3c.jpg

563097_414298681981650_424064804_n.jpg.5bc06ca989829a153d3d3b70581494f6.jpg

 

Foi uma experiência muito bacana, ficamos acho que 1 hora vendo o carnaval, depois fomos procurar algo para comer. Como o Tibúrcio tinha que voltar até o hotel que estava, para pegar grana para comer, e por conhecidência era do lado do nosso, voltamos para o Hostel, e fomos procurar algo para comer. E adivinha o que comemos? Claro que Pollo con Papas ::xiu:: (a essa altura, não tinha enjoado ainda).Depois, voltamos ao hostel para dormir.A Poli dessa vez ficou no hostel. Depois do Carnaval, ela começou a passar mal, com enjoo e outras coisas. Mal sabíamos que isso iria durar uns dias!!

Nos despedimos do Tibúrcio ( :lol: ), demos boa viagem de volta e regressamos para o hostel. Não voltamos para dormir muito tarde, porque tínhamos que acordar as 5 da manha para irmos ao aeroporto !

 

 

Deitamos e fomos dormir !

Dicas/Observações

 

:arrow: Ao pegar taxis em Sta. Cruz, sempre pegue os taxi bem identificados, que vc realmente vê que é um taxi.Os melhores de se pegar são os rádiotaxis. Quando é um rádio táxi, é mais seguro. E os carros sempre estarão identificados como Rádio Táxis ! Essa dica é importante hein !

:arrow: Com bem no café da manha. Se fizer isso, vai sentir fome só mais a tarde, e ajuda a economizar !!! 8)

:arrow: Beba coca gelada em Sta. Cruz, vai ser sua ultima trincando na Bolívia !!!

:arrow: Tente achar o Bar de Rock que eu mencionei acima, fica dentro do shopping Bolívar(Entre as calles Bolívar e René Moreno). Se vc estiver de costas para igreja, e de frente para o Plaza, é a sua direita, depois da Lachonete/Sorveteria que fica na esquina !! ::tchann::

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 286
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Colaboradores
Pow, bom ler esses relatos.

Lembro da minha trip q fiz em julho do ano passado.

Fico até sem graça pq até hoje não fiz um relato da minha viagem, hehe

Mas quem sabe eu não arranje tempo, estamos aqui aguardando a continuação do relato

 

Nostalgia é uma beleza mesmo. E eu to com DPV (Depressão pós viagem :D )

 

Ótimo relato ::otemo::

 

Acompanhando ! ('y

 

Obrigado !! ::tchann::

 

Curtindo muito o relato! E aguardando anciosamente as cenas do próximo capítulo! xD

 

Obrigado Pamella !! E a tendência é melhorar hein !!! :twisted:

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

5º Dia - Sta. Cruz até Uyuni

 

Ouço Barulhos no quarto, abro os olhos bem devagar. Ainda é noite, e olho para a porta, está entreaberta. Penso comigo "Vish...!!!". ::ahhhh::

Levanto rapidamente e olho ao redor, estava no beliche de cima e olhei abaixo. Todas as bolsas estavam lá. Meu money belt, dinheiro e carteira, estavam comigo. Olho para a bolsa do Paulo. Ta toda mechida, bagunçada. Dou mais uma olhada ao redor, e desço da cama, ando bem devagar, vejo as meninas dormindo. MAIS UM BARULHO. atravesso a porta, ai eu vejo....

 

Vejo o Paulo, aquele safado, que levantou para tomar banho. O Nosso voo era as 07:00 de la mañana, e já eram 4:15. Tínhamos que nos arrumar, por que o táxi iria chegar as 05:30. Bom, comecei a acordar as meninas, e começamos a nos arrumar. Aquele hostel de noite fica pior ainda. Cena de filme trash.

Pegamos o táxi e fomo para o aeroporto. A corrida custou 60 bol, mas o VIru Viru é afastado da cidade, então, por isso que saímos cedo. No caminho ao aeroporto, um pouco antes de chegarmos, avistamos uma neblina forte. Ai ja pensamos que o voo iria atrasar !! Foi até que engraçado ver aquela neblina espessa.

Chegando no aeroporto, fizemos o check-in, deixamos as bagagens lá na BOA e fomos comer alguma coisa. No aeroporto não são muitas as opções de alimentação.

Eu mesmo comi na Subway, paguei uns 20 bol. Também tinha uma lanchonetizinha/café ao lado da subway. Tinha pizza e outras coisas. Eu lembro que o paulo comeu um salgado salgadamente doce. Eu provei, e achei bem estranho.

 

541611_414299161981602_222245389_n.jpg.5cba4d3052c750a74cea0654c3834d4d.jpg

Fui lá fora do aeroporto para ver o movimento, e andar um pouco mais. Existe uma casa de câmbio lá(dentro do aeroporto), mas a cotação não é muito boa.

Bom, depois entramos para a sala de embarque, já eram 6:35. Quando estávamos procurando lugar para sentar(estava bem cheia a sala de embarque), quem a gente vê novamente ? O pessoal que eu conheci no trem da morte e nos separamos na rodoviária. Carol, Clio, CJ são alguns nomes. Estavam todos lá. Iríamos pegar o mesmo voo ! Que coisa não :D

Depois de um tempo, quem chega também ? A Luciane e a Regiane, com mais uma amiga. E, estávamos todos juntos novamente, só faltava o trem da morte ::otemo:: !!

Foi chegando perto do horário de saída do voo, mas ninguém foi chamando a gente para embarcar ! Achei estranho e fui lá verificar. Não recebi nenhuma informação exata, só que tínhamos que esperar. Conversando com uns passageiros bolivianos, fiquei sabendo que é normal os voos atrasarem, por não ter lotação suficiente. Eles(BOA) esperam um X de pessoas comprarem, para sair. É meio doido, mas eu pensei comigo "Welcome to Bolívia" !! Agora era esperar !

 

64803_414313251980193_1888928738_n.jpg.dc3ed928523a38cf2258fd362ef1e304.jpg

Nesse tempo em que ficamos esperando, conhecemos mais 3 Brasileiros, no banco de trás. O Luiz, Dani e Juliana ! Estavam indo diretamente para o Salar de Uyuni, e San Pedro do Atacama. Não viajavam de mochila, estavam a turismo mesmo, mas como quem já foi, sabe, que na Bolívia, mesmo você não viajando de mochila, está suscetível a todos os perrengues de mochileiros, por ser um pais com pouca base para turismo.

Mas bom, mais uma galera bacana para o grupo de espera. Quase 2 hrs depois, conseguimos embarcar. FINALMENTE !

DSC00836.JPG.e890f6c311cb72f398b08ffc87d6dc69.JPG

379173_414299368648248_111629461_n.jpg.876f8753d4bc7cca773cdd22739b31d8.jpg

69620_414299401981578_1478943560_n.jpg.9d65acc1a23a9865e775a43e71acb07c.jpg

Na viagem, o avião começa subindo, subindo, subindo... :lol:

O Cara sobe demais, te juro, que eu vi o sol e a lua mais de perto. Mas também, sucre fica a mais de 4.000 m de altitude !

 

Chegando em Sucre, tu ja nota como tudo é diferente. A Temperatura, a geografia, e já sente os primeiros sinais/sintomas da altitude. Algumas meninas tiveram dor de cabeça e uma espécie de enjoo :mrgreen:::xiu:: , mas o que foi unânime, foi o cansaço. Tu pega sua mochila, anda alguns metros, e já se sente ofegante, com o coração batendo mais forte !!

Chegamos era umas 10 e pouco, fomos diretamente para a rodoviária. Pegamos um táxi(25 bol eu acho), e fomos diretamente ver as passagens para Potosí.

Chegando lá, existem MUITAS empresas. Pegamos uma lá qualquer por 17 bol, rumo a Potosí. O ônibus saia as 13:30, e tínhamos então umas 2 horas para ficar na cidade, conhecer, a Poli queria comprar um óculos, e eu PRECISAVA comprar uma blusa de frio. Só tinha um Moleton para o salar. ::putz::

Chegando na Plaza del Armas de Sucre, tu logo vê como é bonita. Uma das mais belas que vi na viagem. Toda bem arrumadinha, com um prédio gigante do governo, várias lojas, restaurantes e pizzarias ::hahaha:: !!

 

598da03f1c283_SucreIgrejaSolo.jpg.c505a36110be9afc97ac5a3b5728cfde.jpg

598da03f2e6f5_Sucreeucomasmeninas.jpg.3bbd0c4b1ac2762b2fe1fb4084a75daa.jpg

Nos dividimos para comprar as coisas, o grupo do trem da morte que encontramos no aeroporto iria ficar em Sucre um dia, então nos despedimos novamente, e dessa vez, foi a ultima ! :roll:

Como era domingo, e várias lojas estavam fechadas, foi meio complicado de achar blusas, e coisas de frio. Principalmente Óticas. Paramos em uma lojinha, comprei uma toquinha por 20 bolivianos, e depois fomos para o mercado municipal.

 

DSC00848.JPG.b48d5baae78dad7812eb9e7fc4aa342a.JPG

DSC00847.JPG.4786c6757f504898d1bf53b0c9cb2d88.JPG

Chegando em frente ao mercado, havia uma banquinha de óculos. A Poli começou a ver alguns, e me pediu para negociar para ela. Nessa viagem, descobri uma grande habilidade minha. A de Pechinchar ::tchann:: . E olha, Na bolívia, principalmente, quase tudo é negociável ! Quase tudo.

Voltando, fui lá negociar. Veja o Diálogo abaixo:

 

eu: Holla, que tal. Quanto és ?

Senhora Boliviana: 25 bol

eu: Haces por 15 ?

Senhora Boliviana : Começa a me chingar, e me chingar muito. (entendi algumas palavras como Turista de mierda e cabron alguma coisa ::hãã2:: )

eu: un momento senhora, me gustaria de saber se puede hacer !!

SB :Continua me chingando, falando u monte de merda

Derrepente, não sei por que a Poli fez isso, deve ter visto em algum filme, mas ela faz assim:

Poliana Gritando : CALMA - TEEEEEEEE !! !

Manooo, véiooooooo , Manooooo, Véiooooooo Pensa numa mulher que virou o SACIIIIIIIIII ::grr::::quilpish::

A mulher partiu pra cima da Poli, com a mão fechada ! Ai , só tinha uma coisa que poderia acontecer..... ::toma::

Na hora H, eu entrei no meio das duas, e comecei a apaziguar a Boliviana braba ::grr:: , e o pessoal afastou a Poli do local !!! Caramba!!! Loucuraaa !!!

Bom, depois do ocorrido, nos separamos. Eu, o Luiz, Dani e Ju(conhecemos no aeroporto) fomos procurar uma blusa de frio para mim, e a Poli, uma Garfa(óculos de sol) para o salar.

No caminho de volta do mercado para a plaza, entrei em uma loja esportiva, a única aberta. Era uma loja mesmo, tipo a centauro. Produtos originais(eu acho), olhando um pouco, comprei uma Parka da Topper por 300 bol.Só estou usando ela nas fotos do Salar. Vocês vão ver ! ! ::cool:::'> (Ela aguentou o salar, San pedro do Atacama com temperaturas de -2ºC sem problemas, era tbm cortava vento, e impermeável! Excelente :P )

Bom, voltando, depois nos encontramos em uma pizzaria no plaza, e ai, finalmente, comemos uma pizza. Sério, Chorei de emoção, a pizza estava magavilhoça(Sou viciado em pizza). 16 pedaços por 100 bol. Pegamos duas, no final, a conta ficou em 45 bol para cada, com bebida.(Me dei esse luxo ::tchann:: )

 

598da03ac0040_SucrePizza.jpg.22e44356410b5ce9f1793c0c2d6ce6d4.jpg

598da03ac9e75_SucrePizzaGalera.jpg.29facbac12acd1105436e478d355fd03.jpg

 

Depois daquela deliciosa pizza, partimos para achar um taxi e voltar a rodoviária. Nos dividimos em 2 grupos, e seguimos.

Quando eu entrei no carro, disse - Terminal Rodoviario, e partimos. Conversa vai, conversa vem, notei que estava demorando muito para chegar na rodoviária, e nós não tínhamos passado por aquele caminho, na ida ! :? Achei muito estranho, e quando começamos a descer uma tipo BR, perguntei pra onde ele estava indo, ai ele me disse :

- Terminal Ferroviário !! ::ahhhh::

- Como assim ? Eu te disse terminal Rodoviário, terminal de Bus, terrestre, AUTOBUSS Carajo ! eu disse.

- Como amigo, yo entendi errado. Regressaremos hasta lo terminal de busses !!! ::putz::::putz::

 

Carambá, que cagaço !!!! Nisso, faltavam 10 min pro busão sair, e estávamos do outro lado da cidade ! O cara deu uma corrida boa, e conseguimos chegar a tempo. Só que tivemos que pagar a corrida dobrada (30 bol). O Busão foi 17 bol até Potosí !

Depois do cagaço, embarcamos e partimos para Potosí !!!

4 horas depois, pisamos em solo Potosiense !!! Lá é mais frio que Sucre, e quando chegamos, senti muito mais o efeito da altitude.

Agora estávamos em um grupo mais ou menos, teríamos que mudar de terminal. Agora tu me pergunta:

 

Por quê, Mauro ?

 

É que chegamos no Terminal "novo" de lá, e tínhamos que pegar o bus no terminal velho. Isso era 18:00 e nos avisaram que o ultimo bus saía as 18:30 ! ::lol3::

Fizemos a correria para chegar no outro terminal. Tivemos que pegar um taxi, por não dar tempo de pegar bus normal. Chegamos lá e descobrimos que o ultimo bus saia as 19:30 ! ::tchann::

 

DSC00840.JPG.3d0d497670221e9563e217d11ca15d48.JPG

598da03f3b400_Potos.jpg.dfe23b8d2c09a1237e956d4687f648f8.jpg

Que bom né. Tivemos tempo de procurar algo para comer nos arredores, e nos preparar para chegar em Uyuni !!! Depois que embarcamos em um bus sem baño, seguimos para Uyuni por meros 20 bol.

Chegamos lá de noite. Muito frio, vento e chuva !! Ai ja pensei comigo ( O salar deve ta todo alagado, mas vamos ver o que que dá, né !)

Agora, tínhamos que procurar um hostel para ficarmos. Como tínhamos 2 casais conosco, e eles queriam um quarto privativo ( :twisted: ), nos dividimos para achar um. Nesse momento, conhecemos a Geovanna. Uma boliviana que veio nos ajudar. Falou que iria arranjar hostel pra gente, barato. Os casais conseguiram os seus "Private Room"( :twisted::twisted: ), e a Geovanna nos levou para um outro hostel. Chegamos lá, negociamos o preço por 30 bol, e cada um pegou seu quarto !! Não eram quartos compartilhados, mas sim um Hotel mesmo, com um preço bom, Graças a Geovanna !!!

A Ducha só funcionava das 8 da manhã até as 20 da noite, então tínhamos perdido o horario de banho. Nos dividimos e fomos dormir !!

 

Mal Sabíamos o que o outro dia nos guardava, e a "linda e amável Geovanna, com suas doces palavras" guardava para nós ! Ainda não conhecíamos a outra face de Geovanna !

Só no outro dia, iríamos descobrir ! :evil:

 

Dicas/Observações

 

:arrow: Não se Preocupe com os atrasos de avião, ônibus, lambretas, etc. É normal. lembre-se, você está de férias, tente curtir.

:arrow: Fique um tempo em Sucre, um dia no mínimo. Queria muito ter ficado lá, mas não rolou dessa vez.

:arrow: Em sucre, é um ótimo lugar para comer BEM. Tipo, bem, eu falo uma pizza, cachorro quente, porque lá tudo me pareceu limpo ! Comi sem medo a Pizza, e estava ótima.

:arrow: Não ande sozinho em Potosí, meu instinto apitou naquela cidade. E olha, meu instinto nunca me abandona !

:arrow: Tente saber qual hostel vai ficar em Uyuni, se for chegar de noite. Quando chegamos, ficamos bem confusos, e tivemos que pegar aquele hotel que sobrou, pois os outros já estava cheios !

:arrow: Não existe terminal RODOVIÁRIO em espanhol. É terminal terrestre, ou de buses !!! Não se esqueça disso !! ::tchann::

 

Preços:

 

Pizza 16 pedaços : 105 bol

Coca 600 ml: 6 bol

Taxi Rodo até Plaza em Sucre: 15 bol

Passagem Sucre/Potosí : 17 bol

Passagem Potosí/Uyuni: 20 bol

Taxi em Potosí, até a plaza : 4 bol por pessoa

Toquinha em Sucre : 20 bol

Água de 1,5 litros : 6 bol

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Mauro, tome vergonha nessa cara e termine esse relato!!! =)

 

Tá ficando bem legal e é ótimo ver o pessoal que ficava pedindo dicas no roteiros postando aqui o relato!!! Parabéns!!!

 

Beijão

É Camila, te enchi muito o saco por aqui né !!!! Mas valeu a pena !!!! E Obrigado pelo suporte !! Agora eu estou do outro lado,

e quem precisar, estou a disposição !

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...