Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Mochilão Bolívia / Peru - Custos, horários, perrengues e uma viagem incrível (Setembro 2015)


Posts Recomendados

  • Membros
Supeeer ansiosa pra ler o resto!

Estou indo dia 02/10 passar 15 dias na Bolívia e estou acompanhando seu relato (Que vai me ajudar muito)

Prossiga , Prossiga ::sos::

 

Oi Deborah, qualquer coisa que precisar pode pedir que posso ir ajudando, não sei se termino antes pq tô voltando pro Brasil agora =)

 

 

 

Então já tira uma dúvida! Moro pertinho de você, em Brasília =] você sabe como é o clima/tempo aqui.

Me diz, você passou frio em algum momento? morro de medo de passar frio kkkkkk

 

 

Eu sou daí de Bsb e quando morava aí, odiaaaava esse friozinho que faz a noite, mas voltei apaixonado por ele ::Cold:: kkkkk. Mas não senti muito, nessa época por lá o frio não é tão intenso. Em Potosí venta muito o tempo inteiro e no Salar o frio é mais a noite, alguns pontos durante o dia o vento é forte. No Salar chegou a -10C, mas estava com casaco, esse que citei lá em cima, luvas, cachecol, gorro, nem deu pra sentir nada. Pode ir tranquila hahaha

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 49
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

07/09 - Na cidade branca, Sucre

 

GovSucre.JPG.c57da491d829dfb22c635908212d5bbe.JPG

 

Cheguei em Sucre às 9:30h da manhã, tinha planejado passar dois dias na cidade, mas fui analisar melhor e tudo que eu tinha programado fazer dava pra concluir tudo num dia e seguir pra Potosí. Queria conhecer a Praça Central, 25 de mayo, visitar o Castelo La Glorieta, ir no Oratório de São Felipe e depois acabei incluindo o Parque Cretacio, mas, quando cheguei que vi os horários de ônibus pra Potosí, tudo foi cancelado.

 

TerminalDeBusesSucre.jpg.028b1a393b0ff2840fb4e598777d63d0.jpg

 

Ia sair um ônibus às 10:30, outro 12:30 e depois só tinha às 18hs, tinha um direto pra Uyuni às 16hs, eu não tinha nada pra fazer em Potosí mas não sei pq motivos comprei a passagem pra lá no ônibus de 12:30, acho que era o sono demais que na hora nem pensei ::mmm:

A passagem de Sucre a Uyuni -direto- custa 60 bolivianos pela empresa Trans Emperador, essa é uma das melhores que possui lá, olhei em uma outra e era praticamente os mesmos horários e mesmo valor. De Sucre a Potosí são 20B$ e de Potosí a Uyuni são mais 30B$.

Comprei a passagem, deixei minha mochila no guarda-volumes e saí pela cidade pra poder procurar alguma casa de câmbio, precisava trocar grana agora suficiente para levar pra Uyuni e pagar todo o passeio pelo Salar. Logo perto do terminal pedi informação pra um policial e ele me indicou um banco, mas lá tava tão cheio que não quis esperar, eu só tinha 2hs em Sucre até o ônibus sair. Segui em direção da Plaza Central e uma quadra abaixo encontrei várias casas de câmbio, é na mesma rua do mercadão de Sucre. Das 7 que olhei, só 3 estava fazendo câmbio do real, mas a cotação era de chorar, 1R$ = 1,50 em uma, na outra 1,55, 1,60, até que achei uma que estava a 1,80 ::hahaha:: mas não tinha ninguém atendendo, chamei , chamei e saiu um cara do mercado ao lado que tinha acesso a casa de câmbio, me disse q a atendente tinha ído ao banco, e aí diz que não estava aceitando reais, putz! Fui em direção a praça e procurando mais algum lugar, cheguei na praça e fiquei lá fazendo umas fotos...

RuaSucre.JPG.e0b516a69939a716cd9fac2053d3f5bb.JPG

598dceda0cb35_PaSucre.JPG.813834096cbc53df9a167d6a26e3c9e5.JPG

leon.JPG.6a01334d075dcec487a28643f05a6eee.JPG

 

Passando o tempo, voltei e ia trocar a grana na casa que estava com uma cotação melhor, mas aí aparece uma no caminho que o câmbio do real estava a 1,70 :D::lol3:: Troquei 500 reais lá, achando que fosse dar pra pagar tudo no Salar, deu 850B$. Algumas pesquisas pelas agências antes, vi que na Thiago Tours estava 700B$, estava disposto a ir com eles, sei que muita gente não recomenda mas nem tava pensando em que algo pudesse dar errado, o lance de agências em Uyuni é sorte mesmo.

Voltei pro terminal e meu ônibus já estava no box, achei que nessa hora fosse encontrar alguns mochileiros já seguindo em direção pra Uyuni mas não tinha ninguém. Engraçado que na maioria dos relatos que li por aqui muita gente falava que sempre tem pessoas indo, vc nunca vai ficar só, etc kkkkk, eu só fui ver mochileiros mesmo quando cheguei em Uyuni, antes disso em todas as cidades só tinha locais mesmo, não sei se é pq era baixa temporada mas não vi ninguém.

 

Potosí

Potosi.jpg.38a8e7f1af1b398d1a3d36dc71b46a84.jpg

 

A estrada de Sucre a Potosí é bem asfaltada e tranquila, mas a maior parte por cima de montanhas e muitas curvas no caminho, mas nada que atrapalhe tirar um cochilo rs. São 3:30h de viagem.

 

EstradaPotosi.JPG.d578cf154eddcb9537eabcf8566d62d6.JPG

chegandoPotosi.JPG.8ee968ec945b62b568c8fc9c6be0e613.JPG

 

Assim que foi chegando na cidade a única coisa que eu conseguia ver era algo parecido com neblina, o tempo bem fechado e muito vento, muito vento mesmo. O ônibus vai pro novo terminal da cidade, quem vai seguir pra Uyuni tem que ir pra outro terminal, lá eles chamavam de Ex-Terminal, pelo menos foi o que eu entendi kkkk. Peguei um táxi desse terminal novo para o ex-terminal, mais ou menos 10 minutos de táxi.

Acho que o que muita gente faz em Potosí é visitar as minas, eu não tinha programado fazer nada lá e isso era algo que não me interessava, não acho nada legal ir num lugar onde o pessoal está lá trabalhando, sofrendo com aquele trabalho pesado e eu lá turistando e batendo perna hahaha, tem gente que curte conhecer e tals mas não é meu caso kkkk.

Cheguei em Potosí era quase 16hs, ía ter um bus pra Uyuni às 17:30 e o último às 20hs, nas duas empresas que faz linha. Pelos relatos que eu tinha lido, de Potosí a Uyuni era quase 7hs de viagem (não é mais), então pensei em pegar o ônibus das 20hs pra poder chegar em Uyuni de madrugada e seguir cedo pro Salar, pra não ter que gastar com hostel. Comprei a passagem, fui deixar minha mochila no guarda-volumes pra poder procurar algo pra comer, pq não tinha almoçado ainda e já estava quase desmaiando de tanta fome hhuahua.

Saí pela rua e não achava nada legal, eu não sou chato com comida mas aqueles pratos da Bolívia, pelo menos a cara, é muito estanho, mas em Potosí foi o único lugar da Bolívia que consegui comer um arroz com papas fritas rs, tirando o Salar, que o guia fez alguns pratos bem gostosos, eu passei a viagem inteira comendo porcaria em toda cidade que passava, bolacha recheada nem cabia mais na mochila ::lol4:: Entrei num restaurante e pedi o prato, pedi uma coca-cola e a mulher só foi lá na prateleira do balcão, pegou a coca e me entregou, na hora eu pensei... ''Era só o que me faltava, beber coca quente agora ::grr:: '' abri a coca e na hora que bebo, gelaaaaaaaaada hahahaha, o frio em Potosí é tanto que as coisas ficam lá expostas e já congela naturalmente kkk

Depois de ter matado a fome, voltei pro terminal, era umas 17hs e ainda ia demorar muuuito pro meu bus sair. Fui lá na empresa que tinha comprado a passagem e perguntei quantas horas seriam de Potosí a Uyuni, e pra minha surpresa, 3hs apenas ::essa:: FUDEU! Eu ía chegar em Uyuni quase meia-noite, sem hostel reservado, no frio do caralho pq lá faz bastante frio, ia ficar largado na rua =SSSSS Perguntei a moça se podia trocar minha passagem pro Bus das 17:30 e ela disse q não podia =/ só me restava esperar pra ver no que ia dar, jogado nas ruas de Uyuni na madrugada.

Acho que isso que vi em alguns relatos de ser 7hs de viagem, devia ser pq estrada estava ruim sem asfalto ou sei lá, pq não tem lógica, de Potosí a Uyuni são no máximo 3:30h de viagem.

 

Saí do terminal e fui procurar uma lan house pra poder tentar reservar algum hostel em Uyuni, na minha lista de hostels em Uyuni eu só tinha anotado três, desses que eu tinha anotado, dois estavam lotados e o outro era 140b$, a diária, se não me engano, pq estava cheio tbm e esse quarto era duplo, totalmente fora do meu orçamento. joguei no google e pesquisei no Booking pra ver se encontrava algum e nada, todos do Booking lotado e hotel totalmente caro, fudeo de novo.

O jeito foi voltar pro terminal e seguir, chegando em Uyuni eu ía sair procurando alguma coisa naquele frio desgramado kkk. Voltando pro terminal, fui atravessar a faixa de pedestre e o sinal abriu, apressei o passo correndo um pouquinho e quase desmaiei, faltou ar na hora. Potosí está a quase 4000m de altitude, muito frio e ventando o dia inteiro, a dificuldade de respirar não é tão grande mas se vc faz qualquer esforço já tá morrendo. Corri esse pouco e pra completar, pra chegar no terminal tinha uma subida do cão que quando entrei no terminal já caí no banco, foi quase 5 minutos pra poder recuperar o fôlego.

Peguei minha mochila no guarda-volumes e quando olhei a hora era 19:30, na maioria das cidades da Bolívia eles sempre pedem pra vc chegar 30 minutos antes do embarque. Fui no balcão da empresa perguntar de onde ía sair o ônibus e a mulher sai correndo, ''vamos, vamos, vamos''. Quando desci a escadas com ela, vem outra da empresa subindo e ela já tinha liberado o ônibus pra sair, FDP. Acho que eles venderam as passagens e viu que não ia ter mais ninguém indo pra Uyuni aquela hora, pq o terminal estava totalmente vazio, aí liberou o bus, por 5 minutos eu teria perdido. Apesar disso eu recomendo a empresa, o nome é Quijarro, foi a única que peguei na Bolívia que disse que teria wifi no bus e realmente tinha, e não era ruim não. Esse não era um requisito que eu via pra poder escolher uma empresa pq nem estava me importando muito com celular, mas como tem muita gente viciada kkk, já aviso logo, vc vai ser sempre enganado, eles falam que tem wifi mas nunca tem hahahaha.

 

Gastos:

 

Passagem Sucre a Potosí = 20B$ pela empresa Trans Emperador

Passagem Potosí a Uyuni = 30B$ pela empresa Quijarro

Taxa de uso do terminal em Sucre 2,50B$ e em Potosí 2B$

Táxi do terminal de buses ao Ex-Terminal = 5B$

Guarda-volumes em Sucre = 6B$ e em Potosí 3b$

Almoço = 13B$ com coca-cola

Banheiro = 2B$

Água = 4B$

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros

O Paraíso na Terra - Salar de Uyuni

 

Salar.JPG.bc70497cc1133fadaf5c0ffb6c7a7b70.JPG

 

 

Cheguei em Uyuni por volta da meia-noite, como não tinha conseguido reservar nenhum hostel, a única opção era sair e seguir pelas ruas procurando alguma coisa. Nessa hora na cidade já não tinha mais nada aberto, pra minha sorte quando desci do ônibus apareceu duas mulheres das agências que vão pro Salar oferecendo pacotes. Naquela hora a única coisa que eu queria era um lugar quente pra ficar, Uyuni faz muito frio a noite, atinge temperaturas negativas e nesse dia estava congelando tudo, topei ir com uma das mulheres pra agência só pra sair do frio e pedir alguma indicação de lugar pra ficar hahahaha.

Tudo que ela me passou sobre o Salar eu já estava meio por dentro, lugares, o que levar, etc. Essa que fui era a Expediciones Mammut, eu não conhecia a agência e a senhora foi super gente boa, me levou até o hostel naquela hora da noite. Eu fiquei tão agradecido que ía fechar com eles o passeio pro Salar, estava bem mais em conta, 650B$ os três dias.

Quando acordei no outro dia bem cedo, abri a janela do quarto e vi que a Thyago Tours estava bem em frente, era uma das minhas opções. Arrumei as coisas e desci pra ir em alguma casa de cãmbio trocar mais dinheiro e já decidir qual agência contratar, era 9hs e geralmente sai tudo às 10hs, mas como rola atrasos, ía dar tempo.

Depois de olhar algumas cotações, parei pra fazer uma foto do monumento Dakar que tem lá em Uyuni e chegou uma moça da World White Travel me oferecendo o pacote pro Salar, disse que só faltava 1 pessoa e poderia me oferecer um desconto... Eu já havia pesquisado e sabia que essa agência é uma das três melhores que existe em Uyuni. Ela me ofereceu um super desconto e não pensei duas vezes, vamos agora hahaha.

Pela WWT o passeio custa 850B$, o carro é novo, guia excelente, eles dão saco de dormir pra levar, não tenho nada pra reclamar dessa agência. Ela ainda me ajudou a ver mais duas opções pra trocar grana, peguei uma cotação de 1,60 e fomos pra agência.

Eu tinha perguntado antes quais eram as pessoas que estavam na lista, queria saber se tinha algum brasileiro pra eu não ficar perdido kkk, mas pra minha sorte, eram 4 pessoas da Inglaterra e 1 dos EUA. Desses, a dos EUA falava espanhol, e os outros dois casais, somente duas pessoas falavam espanhol, já vi que ía ficar perdido por não saber muito Inglês kkkkk.

Era pra sair às 10:30, mas houve um atraso e saímos às 11hs.

Bom, eu não vou lembrar precisamente de todos os lugares que passei, alguns não fiz fotos, outros não me recordo o nome, são três dias viajando o dia inteiro, muita coisa, fico devendo pro próximo relato da minha próxima viagem a Uyuni... mas, vamos lá!

 

Salar - Dia 1

trem.JPG.96b6dd4bdb6035ff9d633c36588c9b6c.JPG

 

Saindo de Uyuni, 20 minutos depois chegamos na primeira parada, o Cemitério de Trens...

A gente sabe que alí não te muita coisa pra fazer, só um monte de trem parado, velho, e sem nada de muito interessante, a história por trás das máquinas é que faz o lugar ficar legal.

Eu quando cheguei fui procurar o balanço, queria ver aquilo de perto, tinha curiosidade de saber se era do próprio trem ou instalado kkkk

 

598dcf815408d_Balano.JPG.6c3d7950ab087a1c77fac01589baa6e0.JPG

 

É engraçado que alí é que você tem um choque de CHEGUEI NO SALAR. Antes da viagem já me imaginava subindo nessas máquinas e tirando algumas fotos, aí quando cheguei lá que acordei, tô mesmo no Salar de Uyuni, cara!

 

MuseoColchani.JPG.40d5a7700ca7fa6adc72e6584e899dd9.JPG

 

Depois do cemitério de trens, seguimos pra Colchani, um pequeno município onde vende os artesanatos de sal, alí é o único lugar onde vc vai encontrar várias coisas feitas de sal, então compre alguma lembrança pq vale a pena.

Esse museu aí fica lá, também de sal e dentro tbm tem artesanatos e esse ~cachorro?~ feito de sal

Museu.JPG.9ace36e549de02ba5064299dd0336d0d.JPG

 

 

598dcf828cd44_IgreaEmColchani(1).JPG.4b795fc057d97c014926037e64dc4003.JPG

casa.JPG.4c4f8de84cdaf0c3ae68cb758918f284.JPG

Artesanatos.JPG.2cc307289d3ece5534fa03df12394001.JPG

 

 

Depois da parada de 20 minutos em Colchani, seguimos para os famosos montones de sal e alí vc já percebe a imensidão do deserto branco.

Eu queria saber se era tudo sal mesmo, como o sal no chão não é fino, comecei a quebrar umas pedrinhas e comendo pra saber se era de verdade ::lol4::

 

montones.JPG.f2e154ad16a6e29bc4ab09c8f4cb4c16.JPG

..JPG.603ad232eee68f6db1fc8fcfdf37746b.JPG

monton.JPG.be7e4edadc4a84de99929ad9da28fa10.JPG

 

Mais alguns KMs rodados e chegamos no hotel de sal, aquele que não está mais ativo e funciona como museu, era alí que seria o nosso almoço.

DICA: Tem umas pessoas que começam a fazer as fotos em perspectiva quando para aí próximo do hotel/museu, essa minha foto que abre o relato eu fiz lá. O guia tinha avisado pra gente que ainda não era o lugar certo, mas resolvi fazer essa aí. Depois que passa desse Museu é que vem o ponto exato pra fazer as fotos fodas em perspectiva, lembre disso caso seu guia for um desligado rs.

 

Antes disso, como não admirar a beleza do monumento Rally Dakar, que eu sei que não pode mais subir, mas não colocaram aviso ainda e resolvi realizar essa minha vontade de fazer essa foto huahua, desculpa amigos...

598dcf84a27da_RallyDakar.JPG.f1fd4746ef3a8c3a698b2782fa74aea1.JPG

 

Meus companheiros na viagem pelo Salar...

Benjamin e Sam, Dora aqui na frente, Elana ao lado e lá atrás a Jessica.

Grupo.JPG.993842e45aac46cda2e1dce46489c9a9.JPG

 

Enquanto o guia preparava nosso almoço, fui dar uma olhada nas várias bandeiras que ficam lá do lado do Museu, queria achar a da Argentina pra fazer uma foto mas tava tão velhinha que desisti huahuahua, a do Brasil também tá bem acabada, coitada. Depois que o pessoal desocupou o lugar, sentei lá e fiquei admirando aquele mundo branco que parecia não ter fim.

A Elana se aproxima e começamos a conversar, falamos sobre nossos gostos musicais, viagens óbvio kk, Brasil e EUA. Ela estava viajando a mais de dois meses, vendeu o apê, deixou a carreira de professora de Inglês e o noivo lá nos Estados Unidos e resolveu sair pelo mundo. Ainda não conhece o Brasil pq não sabe falar nada de Português e tem medo de se perder por aqui, mas é doida pra vir dançar forró, hahaha. Claro que eu disse pra ela vir conhecer nosso país algum dia rs.

 

bandeiras.JPG.0ced210fad20c0e7d7cbc5dfeffbaf94.JPG

BonecoSal.JPG.7c6e720dc8e9074dea093cf5182c1731.JPG

FlamingoMuseu.JPG.71914d267a56b52d8918a0200909386b.JPG

 

É incrível como a gente se desliga do mundo nessa viagem, eu só sabia do dia certo quando chegava a noite e fazia algumas anotações. Quase não pegava no celular, inclusive minha bateria nunca durou tanto, terminava o dia com 75% de carga ainda, recorde kk.

Fomos almoçar e já era por volta de 14/15hs, já tínhamos rodado bastante e eu não sentia nada de fome. No nosso cardápio tinha arroz, maionese, salada e... carne de lhama, que não comi, claro.

Depois do almoço seguimos para o ponto onde faz as fotos em perspectiva. Não fiz muitas na minha câmera e vou ficar devendo aqui pq ainda não consegui pegar com o restante do pessoal, que ainda estão viajando.

Algumas... sem muita ideia...

 

100_2323.JPG.d35fa0b25290700725a113161c367861.JPG

NaveII.JPG.b1c5e5d823bb4fcebf9482c5e214d87b.JPG

Nave.JPG.b4437950a4770740b1befaf0234b993a.JPG

Gorila.JPG.03cf6cd97caba7454b7a2d6aeced51b6.JPG

DoisGorilas.JPG.599ad1a617da440145fb66c820e75806.JPG

avulsa.JPG.a8de39a28be4ca6551bf1b42bd6327e5.JPG

Amiguinhos.JPG.8c02f1052a7ec81c8b8213c84a1c6136.JPG

 

Pra terminar a tarde, seguimos pra Isla Incahuasi, a ilha de cactos gigantes.

Para subir na ilha é preciso pagar 30B$, mas esse valor é opcional, quem não quiser pagar pode ficar lá por baixo observando tudo de fora, tem acesso a cafeteria que existe por lá (inclusive melhor café com leite que eu tomei na Bolívia) mas não pode usar o banheiro.

Ficamos 45 minutos mais ou menos pela ilha.

É bem interessante subir lá pra ter uma vista legal do Salar, o terreno é bem difícil mesmo de andar e quanto mais você sobe o vento vai ficando cada vez mais forte.

 

Incahuasi.JPG.067514f3a80cf685b25c67fe28aa67e2.JPG

Cactos.JPG.2ca34355a41017c26f643e1601b7d531.JPG

vistaIncahuasi.JPG.c1decc13c268b0d954fa8fb0917785ce.JPG

MuitosCactos.JPG.be542122e7765d7b41bef03dc69a00f5.JPG

 

Saímos da ilha às 17:30 com direção ao hotel de sal onde a gente ía passar a noite. Antes disso, parada no meio do deserto para ver o pôr-do-sol ::love::

SemFimSalar.JPG.9d16a106a1460c3795357d7efab88ca2.JPG

 

É maravilhoso ver o sol sumindo entre as montanhas e você alí admirando aquela paisagem surreal. Não consegui fazer boas fotos mas fica o registro...

 

Sun.JPG.fbe42a91ed98b32a50d6859f6186ab5c.JPG

SunSalar.JPG.a57052820a54bf7b9ed94510517358c8.JPG

PorSolSalar.JPG.64d7556a11d52b8f1efd784f4e2d66f5.JPG

SolSalar.JPG.2120ebcad94f452c5a12a2498981792f.JPG

 

Chegamos no hotel por volta das 19:30h.

Nesse primeiro dia tem energia a noite toda e banho quente, é o único dia que tem banho então aproveita, para tomar banho paga 10B$. Cara, é uma tortura entrar no chuveiro com aquele frio kkk, e depois que vc entra é mais um sofrimento sem querer sair huahuaha.

Enquanto a cena ficava pronta, fui organizar minha mochila e curtir um pouco daquele lugar. Parede de sal que eu queria dar uma lambida pra ver como era kkk, mesa e bancos, cama, tudo feito de sal, e andar naquele chão que era só o sal puro e refinado, huahuahua.

 

sala.jpg.1356202d91a8f684610eb31dbbea6cd8.jpg

mesas.jpg.3046246c2e64554d5a13f32a83cd4d95.jpg

corredor.jpg.d09beb39566984aa503eb3994dc917a8.jpg

 

Gastos:

Pacote Salar : 750BS

Água 5Lts : 15B$

Isla Incahuasi : 30BS

Banõ: 10B$

Café na Ilha: 10B$

Compras em Colchani: 60B$

Folha de coca = 7B$

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Maicom, com 2500 reais vc passou quanto tempo? Vou ficar 14 dias fazendo Salar, La Paz, Copacabana, Cuzco e Matchu, com o dólar nas alturas tô trocando aos poucos, mas qria essa info de alguém q economize bem e tenha pegado esses valores mais atuais, q creio seja seu caso. Tô aguardando o resto do relato, tá daora!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Maicom, com 2500 reais vc passou quanto tempo? Vou ficar 14 dias fazendo Salar, La Paz, Copacabana, Cuzco e Matchu, com o dólar nas alturas tô trocando aos poucos, mas qria essa info de alguém q economize bem e tenha pegado esses valores mais atuais, q creio seja seu caso. Tô aguardando o resto do relato, tá daora!

 

Lu, fiquei 20 dias e ainda sobrou alguma coisa, voltei e gastei em La Paz rs.

Mas assim, eu ainda não aprendi a chorar por desconto kk, então não pedi desconto em nada que comprei ou fiz, a moça no Salar ofereceu e num hostel em Cusco tbm ganhei... Não economizei com comida e cerveja kk, gastei muito em Cusco sem precisar.

Tô acompanhando um pessoal que tá lá no Peru essa semana e a cotação tá a mesma de quando fui. Se for fazer o mesmo roteiro, leva 3mil pra garantir. Esses 2500 é só Bolívia/Peru, não inclui passagem saindo e voltando pra minha cidade.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...