Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

anarayssa

Cali

Posts Recomendados

Você ainda está morando em Cali? Estou indo ai para setembro e tenho algumas dúvidas! Primeiro, viajar de Aerorepublica é seguro? O que tem de interessante em setembro para fazer? Você conhece o Valle do Cauca? Tem alguma coisa interessante? Tem praia perto? Acho que é só... por enquanto.. Muito obrigado pelas dicas anteriores, já foram muito úteis!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alex, bom a pergunta nao foi pra mim, mas vou responder assim mesmo..rsrsrs.... A Aerorepublica na verdade foi absorvida pela Copa airlines do Panama e foi renomeada como Copa Airlines Colombia. Apesar das aeronaves ainda utilizarem o logo da aerorepublica, sao todos da Copa. Quanto a segurança, pode ir tranquilo. Todos avioes da frota regional sao Embraer - 190, muito seguros e o modelo mais antigo é de 2007. Cali é a capital do Valle de Calca que é na verdade um departamento ( estado ). O litoral fica a aproximadamente 100 Km de Cali ( Boa Ventura ), mas é oceano Pacifico e como bem sabemos, agua fria e praias de pedra! Uma merda se comparados a Cartagena, Barranquilla ou San Andres. Cali é uma cidade grande, famosa por suas rumbas ( e isso tem o ano todo ), porem se comparado a outras cidades famosas, dispoe de poucos atrativos turisticos.

Estou morando em Medellin, a servico, e pelo menos uma vez por mes vou pra Cali. Se precisar de mais alguma ajuda fique a vontade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

oi para todos, estou pensando em ir para Medellin e Cali em julho. E gostaria de saber como é o clima lá (se estará muito sol?), se tem muitas baladas com estilos diferentes e se rola uma "pegação". shaush .... abç espero respostas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cali é mais quente que Medellin. Em Julho é inverno aqui, e as temperaturas são mais baixas principalmente em Medellin que pode chegar de 5 a 8 graus anoite. As Baladas são variadas aqui, mas a grande maioria são Rumbas com musica no estilo da Salsa. O povo em geral é bonito e agradavél e a cultura da "pegação" nao foge muito do Brasil. Basta ter um bom xaveco. Não adianta se valer do Brazil Style , pois aqui eles são bem nacionalistas!!..

 

Abs

 

Leo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estive em Cali em Janeiro:

 

Cidade quente tbm, mas menos que Cartagena. Centro comum como qualquer cidade, sem grandes atrações.

Podem pegar um taxi e ir visitar o Cristo, onde se tem uma visão legal da cidade.

 

Pra dançar salsa vc pode ir na casa mais famosa da cidade, a Tin Tin Deo. O lugar na boa... é mega simples e pequeno... nem se compara com as casas de dança do BR, mas pelo que vi o pessoal de la nem se importa com o lugar, e sim só dançar.

 

Gostei do Shopping... que nao lembro o nome, mas é o maior da cidade. Pra quem tiver de boa vale a pena.

A Igreja La Ermita tem uma arquitetura bem diferente e pra quem gosta vale a pena tbm.

 

Hostel tbm nao lembro do nome, quando lembrar coloco aqui.

 

É isso!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá,

 

Usei este tópico para ajudar a compor minha viagem a Cali (na verdade viajei pra lá a trabalho, e estiquei o fds), então gostaria de deixar algumas dicas (a primeira é que, como já foi dito por aqui, a conversão de moeda é aproximadamente $1.000 = R$1,00).

 

Enquanto estava a trabalho, fiquei hospedada no Spiwak Chipichape, que é um hotel novo dentro do complexo do Shopping Chipichape (http://www.spiwak.com/hotelencali.php), que é ótimo e bem localizado (mas um tanto caro - a minha diária, com café da manhã, ficou em $300.000, algo em torno de R$300,00), e por conta fiquei no bairro Granada, no albergue The Pelican Larry (http://www.pelicanlarrycali.com/), que é do Gunther, um alemão que se mudou pra Colômbia há muitos anos - veio passar as férias, se apaixonou por Cali e aqui ficou (diária de $18.000 em quarto coletivo, ou aproximandamente R$18,00) sem café da manhã, o que não é problema, pois por perto há muitas padarias, bares e restaurantes. Para quartos privados, custa $50.000 sem banheiro e $70.000 com banheiro a diária para duas pessoas.

 

O albergue tem banheiros e camas limpas, tem chuveiro quente (pra quem detesta banho frio, como eu, está bem servido lá), wifi (mas só perto da recepção), tem uma cozinha relativamente bem equipada, e ao redor tem vários tipos de restaurantes, desde os mais econômicos até os gastronômicos, pois fica num bairro que lembra a Vila Madalena, cheia de bares, ateliês e restaurantes. Aparentemente é seguro, mas infelizmente uma australiana que estava no meu quarto que teve o porta-documentos roubado, onde estavam os cartões de crédito, dinheiro e o passaporte, e ela me disse que estava no locker, e realmente não sabemos o que aconteceu. Eu era a única latino-americana por lá, então foi uma ótima oportunidade pra soltar o inglês - ótimo pra quem só anda falando portuñol nos últimos tempos, como eu - hehehe!

 

Para os passeios não sou a maior referência, pois contei com um colega de trabalho que vive lá, e me levou de carro pra conhecer os principais pontos turísticos - segue uma listinha do que conheci:

 

-Parque del Gato: Há uma escultura grande de um gato, e a história é que ele estava muito solitário, então deram gatas idênticas e sem pintura a vários artistas plásticos, que "presentearam" o parque com várias possíveis namoradas - uma versão felina da CowParade;

-Parque Artesanal Loma de la Cruz: tem uma feirinha de artesanatos, mas passei por lá super cedo, não tinha quase nada, mas parece que por lá há apresentações de grupos de teatro, músicos e afins;

-Centro, Teatro Municipal e prefeitura - tudo de dentro do carro;

-Plaza de Sebastián de Belalcázar: praça que tem uma estátua do fundador da cidade, e onde há um ótimo mirante;

-Cristo Rey: uma versão valluna do Cristo Redentor, que tem uma vista excelente da cidade, mas é perigoso (além de longe) para ir caminhando, é melhor ir em táxi e pedir para que te espere, ou alugue um carro;

-Iglesia de San Antonio: local bucólico, com uma pequena igreja e um mini anfiteatro, onde grupos independentes de teatro se apresentam e recolhem dinheiro depois do espetáculo;

-Parque del Perro: equivalente ao Parque Lleras daqui de Medellín, é uma praça com uma escultura (bem pequena, diga-se de passagem) de um cachorro, e ao redor da praça há bares, restaurantes e "rumbas" - não provei, mas o meu colega disse que aqui vendem os melhores "aborrajados", banana da terra madura assada com recheio de queijo, típicos da região.

 

Tudo isso foi feito em menos de três horas, pois estávamos de carro, quem dirigia conhece muito bem a cidade, mas sinceramente se estivesse sozinha não sei como faria para conhecer tudo isso em tão pouco tempo (e certamente meu roteiro seria um pouco diferente, teria incluído alguns museus que me pareceram interessantes, como o Museo de Arte Moderno La Tertulia). À tarde fomos à Hacienda El Paraíso (http://www.colombia.travel/en/international-tourist/sightseeing-what-to-do/recommended-tourist-attractions-special-reports/hacienda-el-paraiso, visita guiada a $4.500), um lugar lindo num "pueblo" próximo a Cali, lugar que serviu de cenário para uma história verdadeira que virou livro, novela e filme, "María", clássico da literatura colombiana escrito por Jorge Isaacs. O caminho do Valle del Cauca tem paisagens lindas, pura natureza, vale a pena (fiz de carro o trecho Manizales-Cali, pelo Eje Cafetero, realmente um caminho muito bonito). O almoço foi numa cidadezinha chamada Ginebra, onde comemos o famoso "sancocho de gallina".

 

À noite queria dançar, afinal Cali é a capital colombiana da salsa, e eu tinha que fazer jus às minhas aulas de dança (rs). Perguntei ao Gunther, que me falou que na 6a (avenida próxima ao albergue) tinham várias baladas, mas passei durante o dia por lá e não me pareceu o melhor lugar pra sair, então perguntei ao moço que cuida à noite da recepção do albergue, que me deu a dica do Tin Tin Deo (http://www.tintindeo.com/), típico e frequentado por locais, foi ótimo, dancei a noite toda! Cada trecho de táxi saiu por $8.000, e a entrada feminina eram $10.000, consumíveis (ô saudade da consumação mínima - rs). Aliás, o Gunther é gente boa e tem ótimas intenções, mas cuidado com as dicas dele... rs! Não me senti segura de caminhar à noite sozinha procurando uma pizzaria na 6a, onde ele me disse que poderia ir tranquilamente, então voltei rapidinho para a 9a, onde tinham muitos restaurantes e bem mais próximos ao albergue.

 

O táxi para o aeroporto custou $45.000, e era recomendado pelo albergue (perguntei a vários taxistas, e o preço era meio que padrão), mas há também a opção de tomar um ônibus até o terminal, e de lá sair de fretado ($8.000), mas muito mais demorado e arriscado, sendo que a mesma australiana que teve o passaporte roubado me contou que roubaram a mochila de outra menina dentro de um ônibus - na verdade, me sinto mais segura em Medellín que em São Paulo, mas roubo e violencia existem em qualquer parte e, se possível, é melhor não dar chance ao azar.

 

Outro ponto que tem que ser levado em consideração é que Cali está cheia de obras, e muitas ruas estão bloqueadas, inclusive ao redor do albergue, o que dificulta um pouco a locomoção e me fez ter a sensação de insegurança maior (tinham vias para pedestres, mas muito limitadas, e com pessoas suspeitas em algumas partes, então tive que dar uma volta maior pra evitar o perigo). Dizem que por ser um bairro de importância tanto turística quanto para os caleños, as obras serão concluídas "rapidamente", num prazo de aproximadamente 5 meses.

 

Boa viagem!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gi,

 

Vc esta morando em Medellin?? Eu estou ai a 11 meses ja.. Hoje estou aqui no Brasil, mas dia 29 volto pra ai... Concordo com Vc... Me sinto mais seguro em Medellin do que em Sao Paulo... Gosto muito de Cali tambem, mas sempre digo que Medellin eh outra Colombia!

 

Abs

 

Leo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi, Leo!

 

Acho que chegamos por aqui na mesma época, me mudei pra cá em outubro do ano passado e, apesar da saudade, claro que a qualidade de vida aqui é outra! Voltei algumas vezes pro Brasil neste meio tempo, mas agora só volto no Natal...

 

Vc sabe se tem mais brasileiros por aqui?

 

Abs,

Gi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Conheça Cali caminhando...

 

Foi lá na grande cidade que resolvi quebrar o "protocolo turístico", vesti uma roupa confortável, coloquei o oclão na cara, usei a bolsa nova que comprei no Equador e caminhei (literalmente) sem mapas, nem roteiros pré definidos. Conversando com os locais recebia as dicas para onde eu deveria seguir... Dessa forma, descobri na metrópole uma entorpecente mistura de cores e gentilezas.

 

Monumento das Três Cruzes: As primeiras cruzes fixadas no local foram feitas em 1837 de bambu. Em 1938 o padre Marco Tulio Collazes pediu que as fossem refeitas em concreto e ferro. As duas cruzes laterais medem 22m e a central 26m. Na semana santa o lugar enche de peregrinos vindos de todas as partes da cidade. Para chegar até lá pode ir de táxi ou fazer uma caminhada de aproximadamente 3 horas.

 

Por ali mesmo encontrei uma das delícias gastronômicas de Cali: As obleas.

Gente! O que é isso? Bom demais! São feitas em uma massa bem fina de farinha de trigo e com recheio de doce de leite. Mas essa que comi vinha con todo! Doce de leite, castanha, cobertura de chocolate, cocô ralado e geleia. Pense? Uma formiga passando por perto, me levava junto com o doce! Não deixe de provar.

 

Parque do Gato do Rio: Conhecido também como o Parque do Gato Tejada está localizado próximo ao rio Cali. A obra principal é um gato de 3,5m de altura feita pelo escultor Hernando Tejada. Comovidos com a solidão desse gato, artistas locais e estrangeiros resolveram esculpir gatas pretendentes do Gato do Rio. Cada gata tem um nome e uma breve descrição de porquê devem ser escolhidas como parceira desse gatão. Dá uma olhada nas aspirantes à Sra. Gata do Rio.

 

O passeio chegou ao fim no mirante Sebastián de Belalcázar. Mas antes de subir, rolou aquela paradinha gastronômica com milho assado da Sra. Simpatia que em 5 minutos de conversa me contou várias histórias da sua vida, se eu for contar a vocês, levarei 5 dias.

 

O passeio chegou ao fim no mirante Sebastián de Belalcázar. Mas antes de subir, rolou aquela paradinha gastronômica com milho assado da Sra. Simpatia que em 5 minutos de conversa me contou várias histórias da sua vida, se eu for contar a vocês, levarei 5 dias.

 

Mirante Sebastián de Belacázar: No bairro Las Arboleda, esse mirante oferece uma ótima visão da cidade. A estátua de bronze é uma homenagem ao fundador da cidade que leva o nome da monumento.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por flrc888
      Saudações Amigos!
      Meu nome é Franco Coimbra, sou de Minas Gerais. Sempre gostei de viajar, ônibus, avião, trem. Nunca tinha saído do País e achava que não tinha condições para isso. 
      Achei o site mochileiros.com, por acaso na net, é comecei a ler. Entre relatos de viagens, tutoriais, fui apreendendo formas de viajar barato. Muitos relatos de viagem me tocavam, as pessoas estavam sempre felizes amadurecidas e ansiosas, já planejando uma nova viagem. Agora tenho o maior prazer de ajudar e retribui toda a informação que consegui neste site.
       
      PLANEJAMENTO
       
      Transporte: Tenho uma facilidade com internet pois trabalho com tecnologia.
      Depois de várias buscas de preços descobrir que a melhor formar é se cadastrar no site Skyscanner. Após o cadastro, você criar um alerta de preço no trecho pleiteado. Fiz isso em janeiro de 2018. Em fevereiro comprei uma passagem Brasília a Campo Grande por R$179 incluindo bagagem. Também uma de Bogotá a São Paulo, com escala em Fortaleza por R$ 680,00, todas da Avianca.
       
      O resto do trecho foi todo de Bus, usei as páginas Busbud e redbus para estimar o preço das passagens para o planejamento. Felizmente não usei o sites para realizar a compra, pois a vista é bem mais barato. Os ônibus em geral são mais confortáveis e baratos que no Brasil. Em países como Peru e Bolívia tem serviço de bordo, e telas de interatividade. As passagens são pechichaveis pode se fazer um leilão indo em várias empresas, mais não deixem de conferir a qualidade das avaliações nos sites que vendem passagens. Foram milhares de quilômetros admirando paisagens deslumbrantes pela janela. Andei em empresas como Copacabana, Trans Titicaca, Oltursa, Tepsa, Civa, Berlinda del Fonce, Ochoa e Bolivariana. Não tive nenhum problema.
       
      Fiz uma planilha com a estimativas de custo, e levei 10% a mais. Fiz uma planilha, que ao longo da viagem fui trocando os custos estimados pelos custos reais.
       
      Pará reservar acomodações e estimar custos de hospedagem, usei Hostel Word e Booking.
       
      A VIAGEM
       
      Santa Cruz de la Sierra
      Realmente fiquei só um dia pra descansar, pois fui de bus de Campo Grande a Corumbá e de Puerto Quijarro a Santa Cruz. Não fui de trem da morte, porque estava caro no dia, em relação ônibus.
       
      La Paz
      Um choque cultural, muito bonito e diferente. Um povo amável que lhe mostrará outros níveis de humildade.
      Do taxi ao Uber, tudo muito barato. Deliciosas sopas, empanadas e sal tenhas. Fiquei no Llmas Hostel, próximo a praça Espanha e teleférico. Passei mal, uma forte dor de cabeça, mais nada que Sirochi Pill não resolvesse. Encontrada em qualquer farmácia custa cerca de R$2.00. Fui a todos os parques, praças, miradores e no teleférico. Na noite fui a disco chamada fórum. As pessoas são muito preconceituosas com a Bolívia, La Paz é bonito e seguro.

       
      Copacabana
      O lago titicaca é fantástico, a cidade é pequena e acolhedora. Fiz o passeio na Ilha do Sol. Paisagens perfeitas.

       
      Cusco
      Em Cusco os preços sobem um pouquinho. Pra economizar é só fugir da rota turística e ir a mercados e restaurantes frequentados por nativos.
      Recomendo o passeio ao Vale Sagrado. Cerca de R$70,00 com almoço buffet. Se conhece as Salineiras, Olaytaitambo, e muita histórias e ruínas do povo Inca.
      Machu Pichu é caro. Recomendo ir de Van até a hidrelétrica, seguir a pé até Águas Calientes, descansar em um Hostal, e subir no outro dia a Machu Pichu, fica cerca de R$230,00. Ao lado da igreja, na praça de Armas, existem 2 Pub s muito legais para sair na noite.

       
      Lima
      Fiquei num excelente Hostel perto do mar, na região do Barranco, na minha opinião a parte mais bonita da cidade.
      Fiz muitos amigos no Hostal.

       
      Mancora
      Passei do ponto no ônibus, tava dormindo e desci 20km depois num posto de fiscalização. Voltei de carona num ônibus que vinha de Caracas a Lima de refugiados Venezuelanos. Muito triste a situação, gente com a roupa do corpo e 20 dólares pra começar uma vida nova em Lima.
      Foi uma das minhas preferidas. Cidade puquena sem muita infraestrutura. Mais fiquei num Hostel chamado Misfit, fica 1km da cidade. Os quartos são suítes de madeira e palha. Muita tranquilidade e gente agradável. O tempo para. Lugar excelente pra relaxar. Amei.

      Cuenca
      O Equador é lindo. É hoje na minha opinião o país que tem melhor qualidade de vida. Quero trabalhar e viver um tempo no Equador, conhecer melhor o país. Passei no Equador rápido porque estava atrasado no tempo. Fui a Cuenca e de passagem por Guayaquil e Quito.
       
      Medellín
      Cidade fantástica, povo amoroso. Muito organizada, excelente sistema de transporte. Conheci o centro, o teleférico, o centro, o estádio.
       
      Cartagena
      Lidissima cidade, mais não deve sair do centro histórico. A cidade tem altos índices de assalto. Mais relativamente segura no centro. Recomendo passeio completo nas ilhas do rosário. Custa cerca de R$100,00. Inclui almoço e um passeio de Snooke muito bom. A praia Baru é super explorada comercialmente. Não sou contra quem tá correndo atrás do seus sustento, mais os vendedores são muito importunadores.

       
      Santa Marta
      Pelo menos uma vez tinha que me hospedar em um party hostal. Fiquei no Brisa Loca, tem um bar, e uma boate no terraço. Quem não gosta de festa não pode ficar lá. A música cessa só as três da madrugada. Muito boa.
       
      Bogotá
      Fiquei na região da candelária. Conhecia só locais próximos que dava pra fazer a pé e de transporte público. Gostei do clima fresco.
       
      DINHEIRO
      A melhor forma que encontrei, é levar um poço de dinheiro numa doleira. O resta deixa numa conta brasileira. Assim baixei o app da western Union e envia via app do meu banco e depois de meia hora sacava em uma loja local da western Union.
       
      PERRENGUES
       
      O tempo foi curto, talvez o trajeto deveria ser menor.
      Dava pra ter feito trechos de voo, se me programasse e comprava a passagem uma semana antes. Teria ganha tempo. E na maioria das vezes é mais barato que onibus.
      Já na cidade de Ipiales, comprei uma passagem em um bus noturno para Medellín. Por volta das 04:00 de hoje 19/09/2018, na carretera 25 no povoado de El Cruero, o ônibus é parado pela polícia para uma fiscalização de rotina. Eu estava na poltrona 01, o policial ao notar que eu era estrangeiro me acordou e me chamaram pra dentro da guarita. Era um policial de etnia branca e um de etnia negra. Lá revistaram todas as minhas malas. Não satisfeitos pediram para ligar meu celular e escutaram todas minhas ultimas conversas. Não satisfeitos pegaram minha carteira contaram meu dinheiro (540 dólares). Disseram que poderia pedir para o ônibus seguir viagem, porque estava preso para averiguação da interpol. Aí eu fiquei muito puto... Falei que estava correto. Que estava legal no país, que tinha visto em meu passaporte, e que o dinheiro que estava por tanta dó estava longe da quantidade limite que poderia portar. O polícial de uma forma muito truculenta disse que se não calasse ia me fazer uma multa. Peguei meu telefone, falei que ia ligar numa linha de emergência do consulado brasileiro (nem sei se existe). Para pedir ajuda. Nesse momento um dos policiais foi para fora da guarita, enquanto o outro que ficou, na maior cara deslavada me pediu 100 dólares. Falei que não ia pagar, porque primeiro estou correto, e em segundo porque meu dinheiro estava contado e 100 dólares me faria falta para voltar ao Brasil. Não paguei, repetive que não pagaria, até porque o dinheiro me faria falta mesmo. Perguntaram minha profissão, quanto era meu salário. E por fim quando viram que não conseguiria me estorquir, me liberaram. Atrasou o ônibus em meia hora.
      CONCLUSÃO
      Não sou a mesma pessoa. Mudei e muito. Mais humilde, aberto. Aprendi a chegar nos lugares me apresentar e conhecer todos. Que se tem uma amizade intensa, ou um amor intenso, e depois a vida segue, e a despedida pode ser um adeus. Me renovei quero iniciar novos projetos, estudar mais, melhorar meu salário, cuidar da minha saúde. conhecer muito mais. Viajar sempre. Quero cuidar mais da minha saúde, racionalizar o álcool e para de fumar.
      Estudei muito quase um ano pra fazer essa viagem. Quem quiser dicas e compartilhar experiências meu zap é
      34 9 9944 2608
      Abaixo uma planilha com todos os custos, as datas não estão certas mais os custos sim.
      https://docs.google.com/spreadsheets/d/1_yIgkqtuVEvNEooOlkJhYwEIwpRGtyUKGMFkGk5KjZA/edit?usp=drivesdk
      Me sigam no Facebook e Instagram
      http://instagram.com/flrcoimbra
      http://Facebook.com/flrcoimbra
    • Por Edson Leite
      Planejamento
      Comecei pesquisando os preços. Meus planos era chegar até Cali-CO onde tenho amigos. Passar alguns dias em Bogotá e conhecer a capital do país em alguns dias.
      ·         Os preços que encontrei de Manaus-Bogotá eram absurdos pois teria que fazer escala em São Paulo ou Panamá pra poder chegar a Bogotá. Teria que vender minha alma e ainda ficaria devendo. Algo em torno de R$ 8.000,00 as vezes chegando a R$12.000,00 e em raros caso com passagem de ultima hora chegando facilmente a R$ 25.000,00. Como assim? Os aviões passam toda hora aqui em cima de Manaus. Temos um aeroporto internacional. Voos para Miami que passam em cima de Bogotá. Estamos muito perto de Bogotá-CO e Lima-Perú. Não consigo entender isso.
      ·         Comecei então a buscar possibilidades. Então decidi atravessar a fronteira a pé literalmente. Kkk. Partir de avião ou barco até Tabatinga, atravessar a fronteira e em Leticia-CO pegar um voo doméstico até Bogotá-CO.
      ·         As opções por rio eram muito caras. De barco (5 Dias) e Ajato (36 horas) tem custo aproximado entre R$ 300,00 e R$ 600,00. Não eram uma boa opção, vai que o barco ou a lancha dar defeito e perco meus voos na sequência. Melhor não ariscar. Não tinha interesse na viagem de barco, já fiz muito à trabalho. Para quem nunca veio a Amazônia recomendo pelas paisagens naturais. Não era o meu caso.
      ·         Optei por um voo pela companhia aérea azul com custo entre R$400,00 a R$ 1.000,00 dependendo de quando com antecedência compra a passagem. Diga-se de passagem, que deveria ter concorrência pois ainda estão caras as passagens neste trecho.
      ·         Definido a passagem de ida e volta, faltavam as passagens dentro da Colômbia. Comecei a pesquisar passagem no site decolar. Encontrei muitas mais também a preços muito alto em companhias como LATAN e AVIANCA.  O trecho Leticia-Bogotá-Cali e voltando em torno de R$ 1.200,00. E aí uma luz me iluminou. Porque não pesquisar no site em espanhol? Então para minha surpresa os mesmos trechos e mesmos voos por COP 500.000, algo em torno de R$ 600,00. Para fazer isso já adianto que necessita ter um cartão de crédito internacional, pois a compra será feita em dólares americanos e convertido em Reais na sua fatura.
      ·         Os hotéis em Bogotá e Cali comprei pelo site Decolar.com. Comprei na Rede IBIS por serem baratos e bem localizados. Não são hotéis de luxo afinal ninguém vai de viagem pra ficar trancado em um quarto, mesmo se fosse de lua de mel. O hotel Ibis Museu Bogotá fica no centro da cidade perto de tudo e se for como eu que gosta de conhecer a cidade a pé, é uma boa opção pois pode chegar facilmente a maioria da atrações da cidade. Em Cali escolhi o Ibis granada pelo mesmo motivo, perto das principais atrações da cidade.
       
      Manaus/Tabatinga
       
      ·         Passagens compradas faltava a hospedagem. Meu voo Manaus-Tabatinga comprei pra um dia antes do voo Leticia-Bogotá porque teria que dar a saída na policia federal e chegar adiantado pra dar entrada na imigração na Colômbia. Peguei um taxi no aeroporto de Tabatinga e fui direto a PF em Tabatinga onde preenchi o formulário de saída do Brasil e continuei no mesmo taxi até o hotel TAKANA. Hotel que recomendo.
      ·         Tem café da manhã internacional e farto. Internacional entende-se que vai encontrar itens do café da manhã do Brasil e da Colômbia, tudo muito bem feito e farto, tipo tudo que possa comer, kkkk. Beto o Gerente é super atencioso bem como todos os funcionários. Recomendo e recomendo de novo.
      Sobrou um tempo a noite e resolvi dar uma volta em Leticia com uma amiga que estava no mesmo hotel.


      Hotel TAKANA
       
      Tabatinga/Leticia
      Depois do café da manhã reforçado segui até o aeroporto em Letícia. Sempre gosto de chegar antecipado para evitar qualquer transtorno. Cheguei e fui a imigração da Colômbia que fica dentro do aeroporto. Lá me pediram a identidade e o formulário de saída do Brasil, O funcionário da imigração me orientou que teria que ir a companhia aérea, imprimir o cartão de embarque e voltar com ele para autorizar o embarque carimbando a o cartão.
      Letícia/Bogotá
      Seguido todos os tramites. Embarquei na hora programada. A viagem foi tranquila, céu de brigadeiro.

      Decolando de Letícia-CO
       
      Bogotá
      Chegando em Bogotá tomei um tempo pra fazer o câmbio de dólar pra pesos colombianos e comprar um SIMCARD da TIGO que custou COP $ 40.000,00 para ter um numero de celular e internet durante a viagem. Aqui vale uma observação como em qualquer cidade do mundo existem pessoas mal-intencionada e deve ter cuidado com que fala e o que fala. Como viajante frequente dei conversa pra ver até onde ia. A pessoal que me abordou ofereceu um SIMCARD habilitado e condução até o hotel e me levou até a casa de câmbio. Depois desconversei e falei que um amigo de lá tinha me ligado e que ele viria me buscar no aeroporto. E sai a conhecer o aeroporto. Acabei comprando um SIMCARD mais barato em uma loja de conveniência. Peguei um taxi oficial pagando COP $ 35.000,00. O cara queria COP $ 80.0000,00. Na Colômbia UBER não é reconhecido e marginalizado pela maioria dos taxistas, tome por sua própria conta. O taxi oficial é da cor amarelo. Funciona por taxímetro e é muito barato, por isso recomendo este meio de condução. Na Colômbia não existe metrô, tem o MIO que é um sistema de ônibus bi-articulado e tri-articulado. Não cheguei a tomar nenhum pois como disse o taxi oficial é barato.


      Centro de Bogotá
       
      Cerro Monserrate
      Como cheguei cedo a Bogotá tomei um banho, coloquei um agasalho pois faziam 16 Graus e prometia cair mais a temperatura. Tomei um taxi do hotel até a entrada do teleférico que paguei COP$ 6.800,00. Depois de meia hora de fila paguei um ingresso que custa COP$ 22.000,00 ida e volta. Se preferir pode subir a pé, coisa que não recomendo para nós que vivemos a 60 metros do nível do mar, na base do Monserrate você está a 3 mil e pouco metros chegando a quase 3 mil e seiscentos no topo. Mesmo chegando inteiro ao topo. Ainda tem que subir uma escadaria onde se pode ver a via cruzes. Cheguei com a língua no joelho e com falta de ar digno de um asmático, Kkk, De lá se tem a visão de toda Bogotá. Mas o que mais me foi a catedral de Monserrate. Tive o privilegio de chegar justamente quando estava começando a missa, e fiquei lá durante toda a celebração, bem mais perto de Deus.

      Centro de Bogotá
      No dia seguinte, domingo, resolvi caminhar. Depois de dar uma revisada no mapa, chequei o caminho e pé na estrada. Como era domingo as principais vias estavam fechadas e liberadas para a pratica de ciclismo. Muita gente caminhando, muitos policiais nas ruas, me senti confiante e segui a pé até a Praça Bolivar e de lá seguir a conhecer os lugares ao redor. Tudo muito perto. Encontrei um grupo de pessoas e perguntei ao policial o que estava acontecendo. Ele prontamente me falou que era uma caminhada turística guiada e me convidou a acompanhar o grupo. Nada melhor que isso não? E de graça além de tudo. Conheci muito do lugar. Um pouco da história da Colômbia, seus poetas, o dinheiro.

      Praça Bolivar

      Palácio do Governo. Onde fica o presidente da Colômbia


      Museo Botero

       
      Centro de Bogotá
       
       
      Cali-CO
      No dia seguinte fiz check-out cedo no hotel e tomei um taxi até o aeroporto onde peguei o voo até Cali. Tinha combinado com uma amiga de lá uma pessoa pra me buscar no aeroporto e me levar até o hotel o que não aconteceu devido a compromisso da pessoa. Acabei pegando um taxi oficial. Por coincidência o taxista era brasileiro e mineiro, embora não falasse quase nada de português por ter ido com a mãe para a Colômbia muito pequeno.
      Fiquei hospedado no Hotel Ibis Granada Cali. Como falei anteriormente, bem localizado, perto de restaurantes e boates e dos principais pontos turísticos.

      Iglesia La Ermita

      El gato del Rio

      Plazoleta Jairo Varela

      Las tres cruces
      Por motivos já esclarecidos e como gosto de caminhar pela cidade, é a melhor maneira de conhecer a cidade e seu povo. Sai a conhecer os principais pontos turísticos da cidade. Alias esse é um ponto que recomendo, escolher um hotel perto de tudo se possível for. Vai pagar um pouco mais, mais vai ter mais conforto e menos despesas de locomoção.
      Espero com este relato, ajudar a viajantes que pretendem conhecer a Colômbia. Principal pra gente que vive no norte do Brasil e um pouco esquecidos do governo central. Ainda não entendo que estando tão perto dos Hermanos, temos que pegar um voo até o sul do Brasil pra viajar pra lugares aqui ao lado. Boa viagem a todos








×
×
  • Criar Novo...