Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
luizgrether

Cidadania Alemã - Bisavô/Avô/Mãe/requerente

Posts Recomendados

Olá, pessoal. Tudo bem?

Alguém poderia me tirar umas dúvidas quanto ao direito à cidadania alemã?

 

Bom, minha mãe é bisneta de alemão. Sendo: Bisavô(alemão)/Avô/Mãe/Ela.

Nasceu após 1975, então ela tecnicamente tem direito, certo?

O problema é que minha mãe não possui o sobrenome do bisavô alemão, foi registrada apenas com o sobrenome do pai dela. Ainda assim seria possível conseguir a cidadania? Ou ela precisaria, mesmo comprovando a descendência através dos documentos, ter o sobrenome do bisavô?

 

A idéia é tirar a cidadania alemã da minha mãe, para que eu possa solicitar também depois. Nesse caso, o processo seria demorado para eu conseguir a minha?

 

Agradeço desde já a quem puder me ajudar!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pode tirar sim, acredito que a alemã funcione do mesmo jeito que a italiana. Eu não tenho mais o sobrenome mas tenho o direito normalmente. Só apresentar os documentos.

Compensa mais você tirar a cidadania junto com a sua mãe, da trabalho então faz logo as duas cidadanias de uma vez.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A cidadania alemã é completamente diferente da italiana, é muito mais complicada e restrita para se conseguir ela do que a italiana.

 

Resumindo de forma bem simples a regra:

 

A sua ascendência é por linha materna, neste caso, contando as gerações a partir do antepassado que veio ao Brasil, a primeira mulher na sua linha de ascendência tem que ter nascido após 1975, que foi o ano em que a lei de cidadania mudou e permitiu a requisição por linha materna.

 

No seu exemplo, a primeira mulher na linha de descendência seria a SUA AVÓ, e neste caso, para ter direito a cidadania, a SUA AVÓ teria que ter nascido depois de 1975, o que é bem improvável.

 

Mas tem um outro complicador, dos alemães que vieram ao Brasil antes de 1904, praticamente todos eles perderam o direito a cidadania alemã, pois nesta época alemães morando no exterior tinham que se registrar no consulado alemão a cada x anos para não perder a cidadania alemã, mas dos alemães que vieram ao Brasil antes de 1904, praticamente ninguém se registrou e praticamente todos eles perderam a cidadania alemã.

 

E por fim, tem a questão de o seu antepassado realmente ser cidadão alemão e realmente ter tido cidadania alemã quando veio ao Brasil. Uma boa parte dos "alemães" que imigraram ao Brasil não eram cidadãos alemães de fato, pois apesar de se considerarem alemães, manterem a língua e costumes, eles moravam fora da Alemanha na época e nunca tiveram cidadania alemã de fato.

 

Uma grande parte dos "alemães" que imigraram para o Brasil na verdade morava na Polônia, Russia, França, Hungria, Rep. Tcheca, Bélgica, etc, antes de imigrarem e não tinham cidadania alemã quando vieram ao Brasil.

 

Mas eu recomendaria você entrar em contato com algum escritório especializado em conseguir cidadanias, explicar o seu caso, e ver o que eles falam, para ver se você tem alguma chance ou não de conseguir a cidadania.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  



×