Ir para conteúdo

Como ter certeza de que conseguirei Entrar no U.K. ?


Posts Recomendados

  • Membros

Espero que possam me ajudar, ano passada estive na Europa e quando já fazia 2 meses que eu estava na França eu decidi ir pra Londres , uma amiga residente de lá me mandou uma carta convite e eu fui, no aeroporto eles me barraram e começaram a fazer perguntas e olhar minha bagagem, ficaram descofiados por eu já estar 2 meses na França e mesmo assim ter dinheiro em mãos e então eu expliquei que guardei o dinheiro por muito tempo e tudo mais, então eles começaram a perguntar se eu tinha alguma ligação com prostituição e eu disse que não ( eu estava sozinha e dizem que eles desconfiam quando uma mulher está sozinha ) no fim das contas eu fui inadmitida depois de passar umas 10 horas lá e me mandaram de volta pra França, fiquei meio sem entender se serei bem vinda se tentar ir novamente agora direto daqui do Brasil, eu vou comprar um curso e estudar inglês lá por um mês mas estou com muito medo de que aconteça de novo e eu acabe perdendo toda a grana sendo inadmitida, isso sem contar o constrangimento.Será que eles levarão em consideração o que aconteceu na primeira vez ? 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Se tem dinheiro eles desconfiam, se não tem também. Vai entender esses agentes de imigração... 9_9

@SophiaSantana , muito desagradável sua experiência.

Bem... certeza, certeza nunca é possível ter. O agente de imigração é a autoridade máxima naquele momento e a decisão está nas mãos dele. Claro que existem aqueles casos em que o viajante tem muitos elementos para ser recusado: malas gigantes para poucos dias (e com roupa para várias estações), histórico escolar completo na pasta de documentos para uma viagem de turismo, etc.

Acontece que a política nessas migrações de países que têm muito afluxo de possíveis imigrantes clandestinos é "in doubt, let them out". Quer dizer: na dúvida, não deixar passar. Ou seja: preferem assumir o risco de barrar um viajante com intenções legítimas a assumir o risco de deixar passar um viajante "problemático". E nessa avaliação de riscos entram os prejulgamentos que vemos em todas as sociedades. Esse raciocínio de "se é mulher viajando sozinha, provavelmente vem se prostituir" é um exemplo.

Sua inadmissão certamente está registrada nos sistemas deles. Pode ser que numa nova visita o agente pergunte, ache estranho e deixe você passar. Ou pode ser que, com base nos mesmos julgamentos que o outro agente fez, o próximo também inadmita sua entrada. É uma loteria.

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Vc disse em outro post que já ficou mais tempo do que poderia no espaço schengen...

Tire visto aqui no Brasil e vá com visto... se tentar entrar na europa (UK ou Schengen) sem visto, infelizmente, com seu histórico, provavelmente vai perder dinheiro e passar raiva.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Não basta você ter dinheiro, você precisa saber explicar claramente as suas intenções e motivos da sua viagem caso o agente lhe questione, e tem que ser uma explicação plausível e condizente com a realidade de um turista.

Você não comentou nada a respeito de quanto tempo pretendia ficar no Reino Unido, e nem o que pretendia fazer lá, mas eu tenho quase certeza de que você só foi barrada por que não tinha uma explicação clara e condizente com as atividades de um turista típico, e neste caso, é como a colega acima comentou: "in doubt, let them out".

Chegar lá na imigração, e não ter uma explicação clara e objetiva do que você fez nos 2 meses que França e nem o que vai fazer nestes 2 ou 3 meses que você pretendia passar no Reino Unido é quase certeza de ser barrado mesmo que tenha dinheiro suficiente com você para se sustentar.

O Reino Unido registra nos computadores todas as entradas, mesmo as tentativas negadas, então a primeira coisa que o agente vai ver quando você chegar lá na imigração, vai ser o seu histórico com entrada negada.

Nada impede que você tenha a entrada aprovada desta vez, mas você terá que ter uma explicação muito melhor do que a última para que tenha a mínima chance de ser aprovada.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

No primeiro post dela, ela disse que está proibida de voltar a europa schengen até jan2019, e deu a entender que foi nessa que escreveu aqui, quando foi barrada no uk, foi mandada de volta para França e acabou ficando mais tempo do que podia e quando veio embora recebeu multa e proibição de voltar antes de 2019...

ou seja, ela não contou a história inteira neste tópico, e o que a imigração do uk desconfiou foi que ela ia ficar mais do que o permitido, e como foi exatamente isso que ela fez ao ser enviada para França... o histórico não é bonito. Se não quer ser barrada quando voltar na união europeia (uk inclusive), o mais seguro é resolver suas questões com as imigrações aqui e ir com visto de turista ou estudante... Ir sem é praticamente certo que será recusada.. Mas aqui também vai ser dificil de conseguir visto com esse histórico, a não ser que tenha boas justificativas e dinheiro honesto.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores
2 horas atrás, adrianolb disse:

PS. Viajar com um monte de dinheiro em espécie em mãos é  coisa de criminoso, atividade ilegal, ou no mínimo algo bem suspeito em qualquer local do mundo, e sempre vai levantar um monte de suspeitas caso você não consiga explicar direitinho as suas intenções.

conceito de monte de dinheiro muda de pais para pais (maioria considera mais de $10mil ou equivalente na moeda local, Brasil considera R$10mil), e acho que todos, se declarar é permitido levar muito mais. Pessoalmente, morro de medo de ficar sem dinheiro no exterior, sempre levo pelo menos $100/dia e alguns cartões (e já tive problema com cartões), mas nunca fiz viagem com mais de 25 dias.

alguns destinos (Argentina anos atrás) o cambio lá é muito mais favoravel do que aqui e vale muito mais a pena pagar em dinheiro, etc.

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Argentina, ao menos quando tinha governo do povo podia se entrar com quanto quisesse.Sempre entrei com muito lá para não pagar IOF eles perguntavam. Apenas "donde vas" a todas as pessoas e liberam.

Hoje,como é governada por um inimigo político,para mim,não existe.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
4 horas atrás, renata83 disse:

No primeiro post dela, ela disse que está proibida de voltar a europa schengen até jan2019, e deu a entender que foi nessa que escreveu aqui, quando foi barrada no uk, foi mandada de volta para França e acabou ficando mais tempo do que podia e quando veio embora recebeu multa e proibição de voltar antes de 2019...

ou seja, ela não contou a história inteira neste tópico, e o que a imigração do uk desconfiou foi que ela ia ficar mais do que o permitido, e como foi exatamente isso que ela fez ao ser enviada para França... o histórico não é bonito. Se não quer ser barrada quando voltar na união europeia (uk inclusive), o mais seguro é resolver suas questões com as imigrações aqui e ir com visto de turista ou estudante... Ir sem é praticamente certo que será recusada.. Mas aqui também vai ser dificil de conseguir visto com esse histórico, a não ser que tenha boas justificativas e dinheiro honesto.

Oii, foi isso mesmo que aconteceu mas dessa vez eu irei como estudante , vou comprar o curso essa semana e eles me enviarão uma espécie de documento pra mostrar na imigração( tenho um amigo que fez assim ) acha que isso não será suficiente ?(levando em consideração que já fui inadmitida lá ) e quanto a proibição  dos Países do tratado Schengen não vale pro UK, inclusive um agente da imigração me disse isso  , mas sei lá acho que eles terão acesso a essa informação lá e não será bom pra mim né ?  Tenho que tentar conseguir o visto mesmo indo como estudante ? 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
7 horas atrás, adrianolb disse:

PS. Viajar com um monte de dinheiro em espécie em mãos é  coisa de criminoso, atividade ilegal, ou no mínimo algo bem suspeito em qualquer local do mundo, e sempre vai levantar um monte de suspeitas caso você não consiga explicar direitinho as suas intenções.

Eu estava com 2 mil euros , por não ter conta lá eu andava com dinheiro em mãos mesmo , mas eles consideram uma quantia significativa pelo visto. 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...