Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Ca Carneiro

Europa Jun/2018: Budapeste-Bratislava-Praga-Cesky Krumlov-Terezin-Bruxelas-Bruges-Amsterdã (cidades atualizadas!)

Posts Recomendados

Oii pessoal, tudo bem?

Estou montando meu roteiro para junho/2018 e estou com algumas dúvidas. Vou sozinha, hospedagem em hostels, e pretendo ficar em torno de 18-21 dias.

Até o momento estou pensando nas seguintes cidades:

 

Amsterdã 3/4 dias
Bruges 1 dia
Bruxelas 1 dia
Munique 4 dias (1 dia para Dachau)
Praga 3/4 dias
Viena Vale a pena incluir? Quantos dias?
Budapeste 3/4 dias

 

Dúvidas:

- Tem alguma diferença começar por Amsterdã e terminar em Budapeste ou o contrário? Pelos preços de passagens (Brasil-Amsterdã-Budapeste-Brasil e vice-versa) está bem parecido. Alguém tem algo a levar em conta sobre a ordem das cidades?

- Alguém já conseguiu comprar passagens aéreas para essa região da Europa com pontos do Tudo Azul (programa de milhas da Azul)? Eu tenho em torno de 120 mil pontos, e consegui encontrar passagens ida e volta para Lisboa, então precisaria comprar os outros trechos separadamente. Vocês acham que vale a pena? Cotei passagens para os destinos que eu quero e pedem uma quantia muuuuuuito maior de pontos.

- Vale a pena incluir Viena no roteiro? Pesquisei um pouco, mas não me chamou suuuper a atenção como as outras cidades. Talvez alguém que já tenha ido possa me convencer :)

- Entre as cidades pretendo fazer tudo de trem ou ônibus. Só o trecho Bruxelas-Munique, pelas minhas pesquisas, compensaria ir de avião. O que acham?

- Saindo de Amsterdã seria melhor ir para Bruges (passar o dia todo/ou dormir por lá) e depois para Bruxelas; ou melhor ir direto pra Bruxelas, e de lá fazer bate-volta em Bruges (nesse caso vejo economia no trabalho/tempo de check-in/check-out de um hostel)?

- Por fim, sugestões sobre quantidade de dias em cada cidade, alterações no roteiro, dicas de hostel e outras dicas são super bem-vindas!!! Ah, adoro hostels que tenham bar próprio... assim garanto no mínimo uma cervejinha ao final de um longo dia de passeios hahaha

 

Obrigada pela ajuda!! 

Compartilhar este post


Link para o post

1 - Não tem diferença nenhuma, escolha a sequencia que estiver mais barata. 

Algumas pessoas gostam de deixar uma cidade mais impactante para o final, para terminar a viagem em alto estilo, e neste caso, Amsterdam é mais impactante que Budapeste. Mas outras pessoas já preferem o contrário, preferem uma cidade mais "light" para terminar a viagem, pois geralmente depois de 15 dias de viagem, você já está cansado...  

Ou seja, se o preço estiver parecido, onde terminar ou começar o roteiro é questão de gosto e preferência pessoal.

2 - Normalmente as passagens para estes locais são mais caras, principalmente passagens pra Budapeste costumam ser especialmente caras, e a Azul é meio ruim de opções de voos.

Se você comprar passagens para Lisboa, aproveite para visitar Lisboa e arredores, é maravilhoso, mas isto vai lhe consumir pelo menos 4 dias de viagem, e você vai ter que tirar outro local para compensar.

3 - isto é questão de gosto e preferência pessoal de cada pessoa, eu gostei de Viena, minha esposa não gostou, minha mãe gostou, meu pai não gostou muito... 

Viena é um local que tem um ar mais "refinado", mais ligado a música clássica, realeza,  palácios, museus, galerias de arte, etc...  Se esta não for muito a sua vibe, pode não lhe animar muito...

4 - seria isto mesmo.

5 - Na verdade eu começaria o roteiro por Bruxelas, depois Amsterdam e Munich, simule nesta ordem para ver se o preço das passagens Brasil x Bruxelas não melhora, mas não esqueça de conferir se o trecho Amsterdam x munich não acaba sendo mais caro....

Pessoalmente eu acho Bruges meio fora de mão para quem vem de Amsterdam, você geralmente acaba tendo que passar por Bruxelas de qualquer jeito, pois as opões de horários sem passar por Bruxelas são poucas e os horários geralmente não ajudam muito.

Então eu preferiria ir a Bruxelas e visitar Bruges como bate-volta, até por que a noite de Bruges não me animou muito, principalmente para quem viaja sozinho...

Mas e compensação, várias pessoas aqui vão dizer que a noite Bruges é maravilhosa e que você "tem que passar" uma noite lá. Então novamente é uma questão de gosto e preferência pessoal. Lembrando que se fizer dormir em Bruges é melhor ir "direto" para Bruges.

6 - 2 dias para dividir entre Bruxelas e Brugges, ainda vindo de Amsterdam e tendo que pegar um voo, para mim é beeeeeem apertado, eu colocaria mais um dia nesta parte.

Em Munich está "faltando" um bate-volta a Füssen/Neuschwanstein, ir a Munich e não visitar Neuschwanstein é quase uma heresia! kkkkkkkk

Viena eu colocaria 3 dias, mas se você não gostou muito, e resolver incluir Viena por que está sobrando tempo, em 2 dias dá para ver o básico do básico da cidade.

No restante dos locais, a quantidade tempo estaria adequada na minha opinião pessoal

 

Compartilhar este post


Link para o post

Amsterdam é melhor voltar para retornar ao Brasil, até mesmo pela duração da viagem. Tenha em mente que depois de 20 dias fora de casa, você estará bem cansada! A TAP tem vôos excelentes de AMS para o Brasil (falo tendo como referencia Salvador, ja que moro aqui). Ontem encontrei vôo por R$ 1.300,00.

Já pesquisou quantas horas de viagem irá encarar até o Brasil saindo de Budapeste?

Porem, fazer Brasil x Budapeste direto também é osso duro! Se couber no seu orçamento, o ideal seria dar uma parada na Itália uns 02 dias, se adaptar ao fuso e seguir para Budapeste. Brasil x Viena também é possível (Não sei bem como são os vôos para lá...). Outro idéia é tentar fazer Brasil x Lisboa e ver os vôos de Lisboa para Budapeste. Qualquer coisa descansa 01 ou 02 dias na terrinha... não irá gastar muito por lá, aproveita a gastronomia e,  como é sua primeira viagem, sente o "clima" da Europa em Português! Serve como adaptação.

Como fará estes deslocamentos? Estou achando meio apertado dias x quantidade de cidades. Posso sugerir? Vamos la...

1 - Se estiver com grana folgada fique 05 dias em Amsterdam (Hospedagem em AMS é salgado). Desses 05 dias, 01 você vai trem a Bruges e volta no ultimo horário para AMS e outro dia você vai para Bruxelas. Não é melhor que ficar com mala para cima e para baixo?

 Imagina... você sai de Amsterdam para Bruges. Quanto tempo gasta para se deslocar até a estação, embarcar, viajar, chegar em Bruges, desembarcar, encontrar seu local de hospedagem, fazer check-in... No outro dia a mesma rotina para Bruxelas... fica cansativo e com pouco tempo para efetivamente curtir a cidade.

No esquema que sugeri, voce aproveita bem o dia inteiro (leia-se até 20:00, afinal é verão e o dia estará claro) e ainda tem a possibilidade de aproveitar a noite de Amsterdam!! Bingo.

Munique esta legal.

Praga 04 dias! O dia que chega na cidade é sempre meio perdido (lembre-se da rotina: embarque, desembarque, deslocar ate hospedagem, check-in, etc...). Sugiro, em Praga, aproveitar um dia e fazer um tour ate Kutna Hora para visitar o Ossuário de Sedlec (http://insiderpraga.com.br/kutna-hora-o-que-fazer/) ou ir a Terezin (http://www.terezin.org/the-history-of-terezin/) conhecer uma cidade que na verdade era um campo de concentração nazista (imperdível!!).

Por fim, e é uma opinião pessoal, eliminaria Viena e jogava o resto dos dias para Budapeste! Cidade incrível, vibrante, jovial ... se gosta de vida noturna, não se arrependerá. Os passeios também são muito bons. Caso curta musica e festivais, tenta coincidir suas datas com o Sziget (https://szigetfestival.com/). Não deixe de ir ao Spiler http://www.spilerbp.hu/) e ao Szimpla Kert. O Hostel The Hive tem shows super animados e são abertos a entrada de não hospedes, mediante pagamento.

Compartilhar este post


Link para o post

Quanto às milhas... a Azul tem parceria com a viajanet (www.tudoazul.viajanet.com.br) para outros trechos operados por outras companhias, mas no final das contas sai muito mais em conta ir para Lisboa e pegar uma low cost para ir para o resto do continente....

Compartilhar este post


Link para o post

@648356 Obrigada pelas dicas!

1.Essa questão da ordem das cidades... no ano passado eu fiz um mochilão de 23 dias, e a última cidade foi Londres, e a foi que eu menos gostei. Acho que tiveram outros fatores, mas talvez o cansaço tenha colaborado também. Vou pensar direitinho nisso, obrigada :) 

2. Eu não pensei em incluir Lisboa porque já fui no ano passado, então a ideia não é usar alguns dias por lá. Mas se não tiver outra passagem barata ou que eu compre com meus pontos, talvez valha a pena passar um dia por lá... sem contar que eu amei a cidade!

5. Obrigada! Não tinha pensado nessa ordem... mais uma simulação entrando pra planilha aqui hahahahah

6. Valeu novamente. Se eu realmente manter Bruges/Bruxelas, vou aumentar um dia. E um a mais em Munich totalmente de acordo! Viena ainda pensando.

Compartilhar este post


Link para o post

@Rafael_Salvador  Obrigada pela ajuda! Vamos lá...

Estou simulando várias opções, e vc me deu ideias de algumas que eu não tinha pensado.. Valeuu!

Chegar em Lisboa seria a minha melhor opção financeiramente (porque consigo comprar com pontos da Azul), mas não queria usar dias da viagem lá porque já fui no ano passado. Mas agora estou até considerando ficar um dia em Lisboa e depois ir pra Budapeste, e no fim da viagem voltar por Amsterdã. Passar na Italia na ida já fica complicado por causa do orçamento mesmo, e essa será a viagem do ano que vem hahahaha

Também achei que ficou pesada em deslocamentos. Sou mais do tipo que prefere passar mais dias na mesma cidade e conhecer bastante coisa por lá, do que essas viagens corridas que só passam pela cidade, e acabam usando mais tempo em deslocamento.

Pensando em tudo o que você e as outras pessoas comentaram, talvez eu tire a Bélgica do roteiro, ou talvez faça bate-volta de Amsterdã como você disse. Dá dó tirar do roteiro pq parece tão perto né? E não sei se voltarei pra essa região tão cedo (já fiz Paris também). Mas eu sei que na prática acaba sendo bem cansativo e demorado... Talvez escolha só Bruges ou só Bruxelas pro bate-volta e fico feliz com esse meio-termo!! hahaha

Adorei as dicas sobre Praga e arredores. Você foi pra Terezin? Eu estava pensando em ir pra Dachau (perto de Munich). Você já foi também? Valeria a pena manter os dois ou seriam meio repetidos?

E Viena ta quase saindo do roteiro mesmo ahhahaha 

Budapeste me anima cada dia mais, todo mundo só fala bem dessa cidade. Dicas anotadas também, obrigada :)

Compartilhar este post


Link para o post

@viniciushas Procurei as viagens nessa parceria com a viajanet mesmo, e realmente para os trechos de outras companhias fica muuuuito mais caro. Depois conto aqui pra vocês o que eu achar de mais vantajoso financeiramente! Valeu pelo toque :)

Compartilhar este post


Link para o post

Olá pessoal, tudo bem?

Depois de muita pesquisa, leitura e com as opiniões de vocês, dei uma alterada no meu roteiro. Estou prestes a comprar as passagens aéreas (estou suuuuper atrasada, não tive tempo de resolver o roteiro antes por causa do meu trabalho), mas opiniões ainda são bem-vindas.

Tirei Munique porque decidi deixar pra ir pra lá em outra viagem, quando puder conhecer a Oktoberfest. E troquei Viena por Bratislava porque tenho uma amiga que mora lá. Tirando a Alemanha do caminho, me sobrou tempo pras duas cidades da Bélgica que estava com dor no coração em tirar do roteiro.

Ainda uma dúvida: Contando com as duas possibilidades de bate-volta enquanto estarei em Praga, fiquei com receio de sobrar pouco tempo para a cidade em si. Acham que seria melhor acrescentar um dia?

image.png.cb82d18746c46c0a29ab55fa15886dae.png

Muito obrigada!! :)

 

Compartilhar este post


Link para o post

Depende muito do seu ritmo, mas a parte turística de Praga é relativamente pequena e compacta, em 2 dias dá para ver as principais coisas. 3 dias seria o ideal para fazer as coisas com calma, e usar o último dia para ver algum local que eventualmente não deu tempo de ver nos anteriores, voltar num lugar que você gostou muito, comprar uma lembrancinha, etc...

Bate-volta não deveriam ser a sua prioridade numa cidade, deveriam ser opções de atividades para o caso de sobrar tempo. O que eu quero dizer com isto, é que se você achar que vai faltar tempo em Praga, desista de um dos bate-voltas, afinal é melhor aproveitar bem Praga, do que visitar 2 locais e não aproveitar direito nenhum deles.

Uma coisa que pode lhe render um tempo livre extra em alguma cidade são os ajustes finos nos deslocamentos entre as cidades.

Por exemplo, se você se programar para sair dia 12 cedinho de Budapeste, consegue pegar o dia todo livre em Bratislava, dormir em Bratislava e se no dia 13 você for cedinho pra Praga, dá tempo de chegar antes do almoço e "livrar" pelo menos a tarde para passeios.

Ou então, ao ir para Bruxelas no dia 18, ao invés de pegar um voo de manhã, pegue o voo das 18:40, isto lhe deixaria a manhã e até umas 15:30 da tarde livres para um último passeio, para você usar como aquele terceiro dia que comentei no inicio, e fazer aquilo que não deu tempo antes...

Compartilhar este post


Link para o post

@987987 Obrigada pela contribuição!

Eu diria que meu ritmo é intenso, eu tento aproveitar o máximo possível a cada dia, caminhar bastante, entrar nas atrações que mais me interessam, etc... mas gosto de uns intervalos as vezes para descansar, claro (ainda mais em viagens longas). 

Com certeza os horários de deslocamento entre uma cidade e outra vão ajudar a definir melhor o tempo "líquido" em cada uma... então valeu pelos toques, vou levar tudo isso em conta.

Os bate-voltas na Rep Tcheca são pra duas cidades que fiquei bastante interessada em conhecer, mas gosto dessa flexibilidade em poder decidir durante viagem se vou ou não, dependendo de como as coisas estiverem em Praga.

Quanto ao restante do roteiro, o que você achou? Quantidade de dias e logística estão ok?

 

Obrigada!

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Seja [email protected] ao Mochileiros.com

    Faça parte da maior comunidade de mochileiros e viajantes independentes do Brasil! O cadastro é fácil e rápido! 😉 

×