Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

lojudice

A farsa de Fernando de Noronha

Posts Recomendados

Estou indo a Noronha em abril, meio que na saída do feriado de páscoa, porque aqui no RJ rola um feriadinho dia 23 de abril.

 

Mesmo ciente desta palhaçada toda estou indo, por alguns motivos.

 

Eu, contariada, acabei comprando um pacote no site http://www.ilhadenoronha.com.br, que por sinal são os donos da pousada onde ficarei. Um caro que saiu barato, pois as passagens por conta própria não saíam por menos de R$3.000,00-R$4.000,00. Por pouco mais de R$ 1600,00, à vista, consegui passagem saindo do Rio de Janeiro até Noronha pela TRIP + pousada (3 noites) + transfer. Como só a passagem até recife ou Natal não saía por menos de R$ 700,00-R$800,00, achei que tava valendo. Até pq os aviões pra Noronha são mais caros mesmo, pois são menos passageiros.

 

Preferia sinceramente em ficar uma uma pousada familiar, onde ventilador de teto, um bom café da manhã e boas histórias seriam perfeitos para mim e minha mãe, uma senhora de 63 anos graças a Deus sem frescuras. E estou levando ela pois ela quer ver os golfinhos, as praias, as tartarugas e o projeto TAMAR.

 

Realmente, NADA justifica a taxa de acesso cobrada para acessar as praias. Já não pagamento taxa ambiental diária? Como advogada, acho que isso poderia e deveria ser questionado judicialmente, pois é bitributação.

 

Levar coisas daqui eu vou. Roupas na mala de mão, água mineral e lanches na mala, mas não vamos deixar de visitar os restaurantes, principalmente as dicas que estou recebendo de pequenas pensões e barracas de nativos que vendem comida simples mas honesta.

 

Noronha está sendo maltratada, mas não deixa de ser um paraíso que sonho e sempre sonhei em conhecer. E estou indo enquanto "há tempo".

 

E pra quem acha caro, tem lugar que está pior.

 

Em Bonito recebi propostas de pacotes com passeios + transfer + "passeios" por R$ 2.000,00, sendo que passeios vem com ou sem transporte e cobram os olhos da cara daqueles que não querem alugar carro no local. Como preservar o meio ambiente instigando as pessoas a alugar carros ao invés de usar transporte coletivo como vans ou microônibus das empresas de turismo?

 

O que ocorre em Noronha é apenas a ponta do iceberg.

 

Jericoacoara é o próximo. Fui em 2013 com minha família. Eu amei, eles odiaram por causa das 4 horas até o local de pegar a jardineira por mais uma hora e meia. Reclamaram das ruas não serem asfaltadas. Mas adoraram os passeios e os restaurantes. ficaram felizes quando falaram que havia previsão de um aeroporto em Jericoacoara (adeus sossego).

 

Por esses motivos, esse ano pedi licença e tô levando minha mãe...

Compartilhar este post


Link para o post

Estou planejando em ir para Noronha pois é um sonho há anos, e acho que agora vai rolar, rsrs... Apesar de td que foi dito no post, o sonho ainda continua, rsrs...

Estou pesquisando algumas agências de viagem, pois percebi que é bem dificil acessar diretamente o dono de uma pousada domiciliar, e o preco fica mais caro fecando com o dono da pousada do que fechando com agência.

Estou com 2 agencias em mente: Noronha Divers (eles fecham o mergulho e tb hospedagem) e Ilha de Noronha.

Alguem tem informacao sobre a confiabilidade destas agencias de turismo?

Coloquei no Reclame Aqui e as 2 tem reclamacoes, rsrs...

Obrigada!

Compartilhar este post


Link para o post

Leia o o Relato: Fernando em Noronha um Ateu no Paraíso e veja o telefone da pousada que eu fiquei, sai mais baroto ir por conta própria o mais caro é a passagem mas com calma e criatividade vc consegue um bom preço.

Compartilhar este post


Link para o post

achei interessante o ponto de vista do post!! mas o último comentário foi FODA. hahaha.

 

estou indo em novembro pra lá, ficar 8 dias.

 

vale a pena fazer curso pra mergulhar com garrafa lá?

 

vou ficar na pousada da íris. diz ela que é nativa.

Compartilhar este post


Link para o post

Marcelo !!!

 

Impressionante teu relato. Fiquei chocado e ao mesmo tempo triste em ler teu depoimento, mas, mesmo sem conhecer Fernando de Noronha ainda...(espero fazê-lo em breve), acredito que você esteja correto. Pelo que você descreve, acredito que providências devam ser tomadas pelos órgãos públicos competentes responsáveis pela administração da ilha, para que este paraíso se perpetue com suas características originais e não se torne mais um ponto turístico, que como você bem disse, só tragam status a alguns turistas que pouco se importam pela preservação do local.

 

Abraço

 

Daian

Compartilhar este post


Link para o post

::lol4:: vc tem toda razão mas vai ser assim até o MP tomar providencias enquanto isso vá para caribe é mais barrato e 100000000000 melhor

E aí Marcelo.

 

E não é só com Noronha que estão fazendo isso não.

Aqui no Sudeste também tem isso.

Ilha Grande. Lá indinheirados do RJ podem ter mansões em algumas praias particulares e um neguinho que quiser passar por lá com uma mochila é barrado.

 

Mas voltando a falar de Noronha, me diga uma coisa: Vc gastou muito dinheiro lá?

Não entendi porque vc ficou tanto tempo lá? 9 dias?

 

P/ ficar 9 dias vc deve ter gostado de alguma coisa de lá, né?

 

 

Augusto

Compartilhar este post


Link para o post

Parabéns pela sinceridade!

No mundo hipócrita de hoje, isso é raro. Se olharmos a sociedade, somos obrigados a elogiar e a gostar de tudo. É proibido criticar qualquer destino no Brasil e no mundo. Se criticar, virão muitos contra vc e dizer "que absurdo"!!!

E ainda dizem que vivemos numa democracia.

 

Galera,

 

Antes de mais nada quero deixar claro que essa foi minha impressão da Ilha e eu sei que muitos vão discordar. Mas como já conversei com outras pessoas que tiveram a mesma impressão que eu, gostaria de colocar uma outra visão sobre a famosa ilha de Fernando de Noronha. Que o lugar é lindo (deslumbrante mesmo) e está na lista dos principais roteiros de viagens do país todo mundo sabe. Justamente por isso, resolvi provocar a discussão um pouco sobre os pontos negativos, que só fui descobrir quando cheguei lá.

 

Toda essa introdução para dizer uma coisa simples: Fernando de Noronha deixou de ser um lugar voltado para o Ecoturismo para se tornar um point de Turismo de Luxo. Não é novidade para ninguém que a Ilha é o ponto turístico mais caro do Brasil e sempre teve preços exorbitantes. Mas o caso é que isso está afastando os ecoturistas e mochileiros para atrair um tipo de turista que eu particularmente não gosto de encontrar em minhas viagens, o turista predatório.

 

Eu estive lá na primeira semana de setembro e fiquei 9 dias. O que pude perceber é que Fernando de Noronha está completamente dominada por turistas que compram seus pacotes em agências de farofeiros e que estão muito focadas com sua diversão e pouco se lixando para a conservação e preservação da Ilha.

 

O fato é que Noronha virou o lugar da moda. E as pessoas não estão indo para lá porque adoram o contato com a natureza, porque gostam de mergulhar (a maioria que vai pra mergulhar nunca fez isso antes!), porque o lugar é incrível, etc. Estão indo para lá porque dá STATUS dizer que conhece Fernando de Noronha. Estão indo porque conseguem impressionar mais facilmente a namorada/noiva/esposa levando-a para Fernando de Noronha do que para a Costa do Sauípe.

 

Isso, como vcs bem podem imaginar, muda completamente o perfil do turista e os serviços necessários para atendê-lo. A preservação do meio ambiente é levado a sério por Ibama, Tamar e outras Ongs de lá. Os turistas fazem de conta que contribuem, mas só fazem de conta.

 

Todo mundo é a favor da preservação dos Golfinhos. Mas se o barco não fica fazendo meia volta para acompanhar o bando de golfinhos, os turistas reclamam. E não é novidade pra ninguém que os golfinhos só acompanham o barco pq estão se sentindo incomodados. Todo mundo é a favor da limitação de 100 pessoas por dia na praia do Atalaia, desde que esteja entre essas 100 pessoas. Se for barrado pelo Ibama, reclama e ameaça fazer escândalo.

 

O ônibus coletivo de lá tb só é usado por nativos. Todo mundo prefere alugar uma land roover com o ar condicionado ligado no máximo e o diesel comendo solto. Acho que os buggys estão com os dias contados por lá. Inclusive qdo fui alugar um, o dono ficou falando uns 5 minutos sobre o “desconforto” do buggy, o que me fez imaginar o tanto de reclamação que ele não recebe sobre o vento batendo na cara, o sol, a areia, etc.

 

No item desconforto, chega a ser hilário as tais “trilhas” de Noronha. Tirando a do Atalaia e do Capim Açú, o que eles chamam de trilha por lá é uma caminhada na praia. Pra atravessar 50m de uma praia pra outra no meio do mato lá é “trilha”, Pior que acaba sendo mesmo. Já que grande parte dos turistas lá já passou dos 60 anos e nunca fez uma trilha de verdade na vida. Fui a uma palestra do Ibama na qual eles fizeram uma apresentação da ilha. Todos os locais sobre qual eles falavam alguém levantava a mão e perguntava: “dá pra ir de carro”?

 

Economia de energia e água? Esqueçam! Todo mundo é favor da preservação desde que não atrapalhe seu conforto pessoal. Apesar dos vários apelos do Ibama e nativos em geral.

 

Aliás, é até engraçado falar em Nativos pq isso é um conceito ultrapassado por lá. Como o turista que está indo a Noronha é o popular “chato” (pra não dizer fresco), as operadoras, pousadas e restaurantes estão contratando gente de fora da ilha pra poder atender esse mala do jeito que ele acha que deve ser tratado. Com isso, em 9 dias de Noronha, não consegui conhecer uma única pessoa que estivesse mais de 4 anos na Ilha. Só trabalha com turismo lá quem é de fora.

 

As tão famosas pousadas “domiciliares”? Pois bem, fiquei em uma delas. E descobri o que viraram: há alguns anos o governo de Pernambuco construiu e distribuiu algumas casas para os nativos que serviriam também como pousadas. Eles receberam as casas com o compromisso de não poderem vendê-las. O objetivo era desenvolver uma fonte de renda para essas famílias. Há um bairro novo lá, a Floresta Nova, que parece uma Cohab ou CDHU de pousadas: casinhas de madeira (bonitinhas) com quatro quartos para hóspedes.

 

Fiquei numa dessas. Mas o caso, é que a família que é dona da pousada não mora na Ilha há tempos. Assim que receberam a casa arrendaram para uma empresa que detêm outras 10 pousadas (!!!!) do mesmo tipo. Essa empresa arrendou essas casas e centralizou a administração. Colocou um funcionário vindo do Continente em cada uma pra tomar conta, mas tudo tem uma gerência central, que inclusive tem um preço único e mesmo padrão de serviços para todas. Essa não é a única empresa que faz isso. Os moradores antigos? Todos vivendo em Natal ou Recife com o dinheiro do arrendamento.

 

Isso parece besteira, mas na verdade é um dos motivos do preço alto. Já que o lugar virou um grande cartel. Outro problema: a ilha perdeu a identidade. Não há mais moradores que nasceram lá. Isso faz com que também não tenham nenhum compromisso com o local, pois sabem que amanhã poderão ir embora trabalhar em outro lugar.

 

Enfim, como acho que já escrevi demais, só pra finalizar gostaria de dizer que todos esses problemas estão transformando Noronha em um lugar amorfo, totalmente sem identidade, sem uma cara. O lugar está ficando chato! Qdo voltei de Noronha todo mundo me perguntava como era lá e a resposta padrão que eu criei era: é lindo, mas é chato.

 

Abs

Marcelo

Compartilhar este post


Link para o post

Acho que houve exagero quando se diz "farsa" , seu relato coloca vários pontos reais e que devem ser lavados em consideração sim,

Mas Noronha foi a minha primeira viagem sozinha de 10 dias e achei SENSACIONAL.

 

Fui em NOV/2015 - Sou de SP, não gastei mais que 5.500 mil com tuuudooo.

Acho que exite Noronha para todos os bolsos. Clarooo que seria legal se tivesse algo tipo hostel ou Camping. Isso ajudaria no orçamento.

Resumindo:

 

-Fiquei em pausada familiar (sim essa historia das pousadas é real, conheci alguns nativos que me relataram isso). Mas conheci pessoas que contaram como é dificil viver lá devido a estrutura precária, com os preços caros (moradores também pagam caro para comer e tal) , e o "isolamento" , pois é como viver numa vila que todo mundo se conhece e sabe quem espirrou na esquina, sem contar que você trabalha o dia todo pelas praias, e no dia que esta de folga qual a alternativa que você ? Praia ! Cheguei a ver artigos q Noronha é a cidade com maior índice de depressão. Você largaria tudo para morar lá ? Eu certamente não conseguiria ficar mais que um mês.

 

- Passeios, realmente não vale a pena pagar guia para as trilhas. Paguei apenas na ATALAIA LONGA porque é obrigatório. As demais da para fazer tranquilamente.

 

- Fiz mergulho de cilindro, mas não sou muito fã, mas recomendo. Acho que se já vai fazer o mergulho nao sei se é vantagem pagar o passeio de barco. Ru não tive sorte no meu, não cheguei a ver golfinhos. Estava na época do Swell, isso atrapalhou.

 

- Na parte de refeições levei algumas besteiras como bolachas salgadinhos e torradas... Aí eu fazia uma boa refeição no almoço na praça Flanboyant no Kilo e acabei gastando em torno de R$23,00 reais por dia. O preço de almoço aqui em SP. A noite sempre comi alguma besteira, tem alguns lugares de lanche e tapioca com preços normal.

 

- Sobre a beleza da ilha , indiscutível. Apensar de sempre ter uns turistas sem noção e porcos, achei as praias bem preservadas sim ! Ahhh e é bom saber o horário e roteiro que o ilha tur faz assim você pode se esquivar dele e ter as praias vazias, as vezes vazias mesmo !! Só você !! hahaha

 

Acho que todo lugar turístico tem problemas , tem a parte chata e cara. O bom é pesquisar antes e tentar contornar o que for possível. Buscar alternativas.

Toda opinião é válida gente !! Vamos absorver , ficar atentos e aproveitar.

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.



×
×
  • Criar Novo...