Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
beto recife

São Miguel dos Milagres, onde acampar.

Posts Recomendados

Fui acampar esse feriadão de 07 de Setembro em São Miguel dos Milagres-AL. Fiquei num camping, com uma boa estrutura, a beira mar. Fiz um vídeo de lá. Espero que gostem...

 

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  
  • Conteúdo Similar

    • Por tqueel
      Foram mais de 2.000 km, 4 estados, 7 cidades principais para pouso, 15 dias, mais de 3 mil fotos (ótimas fotos por sinal), muitas praias lindas, trocas de experiências, algumas (muitas) paradas em artesanatos, praias paradisíacas, muitos pães com mortadela, volto mais preta, mais pobre de dinheiro, mas com histórias para contar, recordações e transbordando de felicidade!
       
      João Pessoa
      23/06
      Aluguel carro - R$650,00
      Gasolina- 75
      Hospedagem - R$113,35
      Brindes - R$29
      Alimentação- R$48,00

      Gasolina 50 / Jantar 19 / Lembranças 14 / Mercado 20 / Cerveja 36 e 14 = 25 / Mercado 16 /
      152 ÷ 2 = 76

      Lembrança 15 / gasolina 50 / passeio 50 areia vermelha / mercado 24 / forte 2 / mercado 16 / estacionamento 25 / gasolina 50

      Pizza 20

      TOTAL - 266,00

      Passeios
      Festa Campina Grande - bem legal, viagem MUITO cansativa, eu se fosse voltaria posaria, ñ tinha muito trânsito, até buscamos hoapedagem, mas ñ deu certo...

      Praias Sul, são passeios que valem muito a pena, fácil de chegar de carro, achamos tudo muito tranquilo.

      Praias Norte, muito bonitas as praias mesmo, mas pegamos blitz no caminho.
      A noite em João Pessoa, achei excelente, uma das melhores praias, feirinha (amo), comida boa e barata e me parece bem seguro na Orla.

      Recife - 26/06
      Hospedagem - R$138,00
      Brindes - 29,50
      Alimentação - 70,00
      Passeio - 22,00
      Gasolina - 95 00
      Estacionamento- 5,00

      95 gasolina dividido / 16 brindes / Tapioca 16 / caldo de cana 4 / acaraje 10
      20 guia / almoço 40 dois / cerveja 8 / brindes 12 / brinco 1,50 / entrada convento 2,00 / cerveja 10,00 / 10 Estacionamento

      Total - R$369,00

      Jampa e Recife - 635,00 ÷ 5 = 127,00

      Passeios
      Boa viagem, a feirinha acahamos excelente, praia bonita (mas ñ me arrisco para banho), 

      Olinda, achei a cidadr estranha em um primeiro contato, os guias te cercam, mas francamente um me deu medo, hahahaha aí conhecemos um guia bem legal q nos levou em nosso carro alugado.

      Porto de galinhas 28/06
      Hospedagem - R$80,00
      Brindes - 44,00
      Alimentação - 48,00

      Mercado 18,00 / pedágio 7,30 / estacionamento 5,00 / caipiroska 10 / estacionamento 5,00 / caução 20,00 / 15 lanche com refri / Lembranças 44,00 /

      Carneiros sexta 50,00 / 15 comida / tictac 4

      Mergulho 50

      303,30 ÷ 2 = 151,65


      Passeios

      Piscinas Naturais, fizemos mergulho de cilindro, eu particularmente não gosto, acho q lá estava muito mexido o mar, talvez melhor snorkel.

       Muro alto, foi a primeira praia, ficamos o dia todo lá, mas parece que não chega nunca, a maioria tudo propriedade particular, o segundo estacionamento é o mais barato, não pare no primeiro. 

      Macaraipe, você pode fazera travessia de duas formas, uma delas entra em um terreno (o pessoal q cuida dos carros indica), escolhemos esse pois a maré estava bem alta, masbem tranquilo atravessar o rio, não pagamos jangada. (Tinha até crianças atravessando).

      Carneiros, fizemos com guia, mas noa arrependemos, você tem uma liberdade muito maior indo de carro, embora os estacionamentos sejam caros, mas a igrejinha é inesquecível!!!
       
      Porto de galinhas a noite é delicioso, ficamos próximo ao centro, tudo muito seguro e bonito, dá vontade de nem dormir e ficar no centrinho, nem q seja caminhando...

      Maragogi 01/07
      Hospedagem - R$40,00
      Brindes - 10,00
      Alimentação - 22,50

      Passeios
      Zoológico, fui em um zoológico interativo q possui na praia de Peroba, chegando em Maragogi ou dentro (sou péssima em localização)

      Piscinas Naturais, fizemos as piscinas na praia de Antunes, francamente eu fiquei ENCANTADA e babando pela praia. PARAÍSO. Antunes com toda certeza MELHOR PRAIA, mas a cidadede Maragogi nem nada tem estrutura... Com toda certeza voltaria!!!!

      19 comida (tapioca, dog, refri), 10 copinho,
      3,50 mercado / mercado 11,00 / kayak 50 /jantar 58,30 / balsa 15,00 / 50 gasolina / 50 lembranças

      216,80

      Maceió 02/07
      Hospedagem - R$194,91
      Brindes - 80,00
       Alimentação - 82,30
       
      Passeios
      São Miguel dos milagres, achei MARAVILHOSO, fizemos as piscinas naturais lá, super valeu a pena. Não concordo, mas o pessoal jogou salgadinho (fandangos) brotou mais peixes ainda, estava espetacular!!! Mas vale investir no pãozinho para a foto clássica alimentando os peixes.

      Patacho, achei a praia muito bonita, meio deserta, gosto de locais assim, sem muito movimento, aproveitamos a tarde,  após as piscinas em São Miguel dos milagres.

      Praia francês, praia bem agitada, (aqui conseguimos valor mais barato para piscinas naturais, mas já tínhamos feito o passeio e a grana estava curta para mais um hahahaha), mas muito linda, vale a pena conhecer e ficar, principalmente se gosta de mais movimento.

      Gunga, achei extremamente comercial, começando pelo mirante (3,00), mas rende fotos espetaculares. Para entrar na praia paga valores diferentes para carro/moto, 

      67,30 mercado / 15 sorvete / 20 lembranças/ 10 lembranças/ 50 saída de praia / 25 entrada forró / 20 bebidas / 80 gasolina / 7,50 galinha / 50 lembranças/ 20 mercado / 15 Estacionamento/ 6 entrada mirante /12,50 lembranças/ coca 5 /
      50 poscinas são miguel / jantar 48,63 / gasolina 20

      Aracaju 05/07
      Hospedagem - R$69,00
      Brindes
      Alimentação
      Passeios
       
      São Francisco, fizemos o passeio que dura um dia inteiro, bem cansativo, mas vale a pena conhecer, queríamos ter feito outros, mas estávamos sem carro e é onde tem os passeios mais caros do Nordeste, tudo acima de 100,00 - nas outras cidades eram bem mais baratos...rsrs
       
      City tour, fizemos a orla a pé, foi bem gostoso e concordo é a orla mais Bonita do Brasil e achei super organizada, decorada.
      forró muito bom!!!

      Passagem 66 / uber 20,20 / Lembranças 20 / passeio são Francisco 115 / uber forró / acarajé e coca 20 / almoco 40 /

      aluguel carro = 650,00
      Hosp = 635,26
      Gasolina = 244,54
      Estacionamento = 41,15
      Passeios = 252,00
      Mercado = 97,90
      Lembranças = 309,00
      Diversos = 239,63

      Total = 2.469,48

      1571 km
      285 km Maceió até Aracaju
      89 foz + 89
      Total 2034 km
       
       
      insta @tqueel




    • Por beta313
      Olá, bom dia. 
       
      Estou programando uma viagem para Máceio em novembro 24 a 06 de dezembro.  Quem tiver indo por período, gostaria de ver algumas dicas e companhia para viagens!  Qualquer coisa me chamem no zap (11) 982516855.
    • Por Talyson Maia
      Opa, estou fazendo uma viagem para Maragogi em Dezembro. Irei chegar no aeroporto de Recife no dia 07/12; A maneira mais fácil para ir de Recife a Maragogi é com um transfer ou uber. E para não sair tão caro para mim, eu gostaria muito de dividir com algum grupo ou pessoas os valores, assim sairia barato para ambos.
       
      Alguém mais viajará nesta data?
    • Por tyamada
      Salvador a Maragogi sem carro (24 dias)
      Fotos no final do post
      Decidi escrever este relato por não ter visto muita gente fazendo este percurso sem carro. O transporte público nesta região não é muito bom, mas é possível conhecer tudo, apesar de levar um pouco mais de tempo.
      Não vou falar muito dos destinos porque existem já vários relatos aqui. Quero dar as dicas de transporte e as impressões gerais das hospedagens. Cabe dizer que o litoral norte de Alagoas continua um dos mais bonitos do mundo.
      Comecei a viagem sozinho - as hospedagens em Salvador e Praia do Forte são para uma pessoa - e encontrei com a minha namorada em Aracajú.
      Roteiro
      Salvador (3 dias)
      Hospedagem: apartamento da Gabriela, pelo Airbnb (diária R$50), no Farol da Barra, localização ótima perto do ponto de ônibus tanto para ir a outros bairros da cidade quanto para chegar do aeroporto.
      Praia do Forte (3 dias)
      Hospedagem: Albergue Praia do Forte Hostel, que foi a opção mais barata que achei para uma pessoa (cerca de R$70, quarto compartilhado, com café da manhã). O hostel tem uma estrutura muito boa, mas parece mais uma pousada, com a maioria dos quartos individuais. Talvez seja o estilo de turismo de Praia do Forte, mais famílias com crianças. Eu ficaria menos dias aqui viajando sozinho, e tentaria conhecer Imbassaí.
      Como chegar: ônibus da empresa Linha Verde da rodoviária de Salvador, de hora em hora. (R$12,10)
      Aracajú (4 dias)
      Deixamos 4 dias em Aracajú para fazer bate-volta em Laranjeiras e São Cristóvão. Essa última nos impressionou pela quantidade de museus e igrejas.
      Hospedagem: Airbnb, apartamento da Edenilza na parte norte de Atalaia (diária R$78). Em frente a um ponto de ônibus que leva a todos os pontos turísticos de Aracajú, mas um pouco longe da parte mais bonita da orla.
      Como chegar: da rodoviária de Salvador, ônibus da empresa Águia Branca, saiu 10:00 chegou 15:15 em Aracajú. (R$86,38 + R$5 taxa de embarque em dinheiro). Infelizmente é necessario voltar para Salvador de Praia do Forte para pegar o ônibus (R$8)
      Penedo (1 dia)
      Um dia foi suficiente para ir em alguns museus, ver o por do sol sobre o rio São Francisco e passear pelas ruas.
      Hospedagem: Pousada Colonial (R$100, no quarto mais simples que não anunciam no booking.com)
      Como chegar: Ônibus interestaduais são sempre raros nessa região. O melhor é pegar uma van na rodoviária velha de Aracajú (Terminal Centro) para Neópolis (R$18,00) e de lá pegar um barco para Penedo (R$3), que vale até como passeio. Horários das vans aqui.
      Pontal do Coruripe (2 dias)
      O plano inicial era ficar 3 dias aqui, para conhecer as praias próximas. Um mal entendido na reserva do hostel fez com ficássemos somente duas noites aqui, mas foi o suficiente. 
      Hospedagem: As Casinhas da Ada (R$100 com ótimo café da manhã, R$80 sem)
      Como chegar: Não existe atualmente ônibus ou van que chegam no Pontal do Coruripe. Pegamos uma van que faz Penedo-Maceió (saem de hora em hora da rodoviária de Penedo) e que nos deixou no trevo para o Pontal (R$15). Lá conseguimos uma carona até a praia. É viável ir andando, a distância é de 3km.
      Barra de São Miguel (1 dia)
      Não gostamos muito de Barra de São Miguel. A praia parece particular das casas que invadem a areia, com poucos acessos da rua. Ficamos aqui por um erro na reserva, compensa para ir nas falésias do Gunga, mas eu deixaria este dia para algum outro destino no litoral norte. 
      Hospedagem: Natu's Hostel (R$90 quarto com ar condicionado) Whatsapp: +55 82 8807 6968
      Como chegar: Pegamos um táxi do Pontal de Coruripe até o trevo. Como não há muitas opções, cobraram exorbitantes R$5 por pessoa para 3km de distância. É bem fácil conseguir carona, mas se decidir esta opção, siga caminhando na estrada para o trevo, pois na praça de onde saem os táxis eles constragem as caronas.
      Como era domingo, as vans estavam demorando a passar e pegamos um táxi lotação até Barra de São Miguel (R$15).
      Barra do Camaragibe (3 dias)
      Todo mundo nos perguntou a razão de ficar em Barra do Camaragibe, enquanto a maioria prefere ficar em Barra de Santo Antônio ou São Miguel dos Milagres.
      Foram duas as razões: hospedagem mais barata aqui, e a possibilidade de chegar à pé nas praias do Morro, Marceneiro, Riacho e até a de São Miguel andando. 
      Hospedagem: Tiriri Guesthouse (R$100) Um dos melhores lugares que ficamos. O João é uma pessoa especial, preocupada com a nossa estadia, nos levou de carro para conhecer as praias, uma relação de amizade mesmo. Whatsapp: +55 82 9412 1732
      Como chegar: Caminhamos até o trevo de Barra de São Miguel, pois nos disseram que as vans que entram no centro não param na rodoviária de Maceió. Logo pegamos uma que estava vem cheia (R$12). Na rodoviária saem vans para Porto de Pedras, que passam na Barra do Camaragibe (R$20). Todos os horários aqui.
      Porto de Pedras (1 dia)
      Uma noite aqui para ir na praia do Patacho. Nos surpreendeu ser a cidade mais charmosa do roteiro, muito bonita e organizada. A pizzaria Vintage é uma das melhores e baratas da região. 
      Hospedagem: Pousada Chalés do Porto (R$150) Um pouco mais caro do que costumamos pagar, mas valeu a pena. Chalés limpos, cama confortável, piscina e café da manhã incrível. Whatsapp +55 82 99637 0347
      Como chegar: A mesma van que nos levou de Maceió para Barra do Camaragibe tem como destino final Porto de Pedras (R$3).
      Japaratinga (1 dia)
      Muito gostosa a cidade, bem pequena, mas com alguns restaurantes baratos para almoçar PF. Nos recomendaram muito o passeio das piscinas naturais daqui (R$50), mas não fizemos. A praia é linda. 
      Hospedagem: Pousada Praia dos Encantos (R$130 com excelente café da manhã) Whatsapp: +55 82 98895 2972
      Como chegar: Atravessamos a balsa sobre o rio Manguaba, de graça para pedestres. Do outro lado não há transporte público, mas é possível pedir carona para quem está na balsa de carro. Como não conseguimos, pegamos moto-táxi até nossa pousada em Japaratinga (R$10).
      Maragogi (2 dias)
      Hospedagem: Tropicalista Hostel, o melhor ambiente que ficamos na viagem. Fizemos grandes amizades aqui, a Dani é ótima anfitriã, ficamos tristes de ir embora. Whatsapp: +55 82 98770-8548
      Como chegar: As vans que fazem Maceió - Maragogi voltam ao litoral aqui em Japaratinga, é só esperar no ponto de ônibus, devem passar de 30 em 30 minutos (R$6).
      Maceió (3 dias)
      Maceió não tem tantas atrações turísticas além da praia. A maioria dos turistas fecha pacotes para Praia do Francês e Gunga. Ficaria somente 2 dias. 
      Hospedagem: Airbnb, apartamento da Josefa Tânia em Jatiúca (R$110). Excelente localização, fizemos tudo a pé.
      Como chegar: vans saem de Maragogi às 9:20 12:00 14:40 e 17:00, fazendo uma viagem bem cansativa que dura quase 4hs (R$21). Alguns táxis fazem o trajeto, que compensa se fechar para 4 passageiros.
      Orçamento
      Média de R$49 por pessoa para hospedagem por dia.
      Com os transportes entre cidades foram R$240 por pessoa no total, ou R$10 por dia.
      Com alimentação, passeios, transportes dentro das cidades, gastamos cerca de R$35 por pessoa por dia.
      Assim conseguimos ficar dentro do orçamento da viagem de R$100 por pessoa por dia.
      Fotos
      Praia de Antunes - Maragogi AL

       
      São Cristóvão SE

       
      Pontal do Coruripe AL

       
      Laranjeiras - SE

       
      Praia do Morro, Barra do Camaragibe AL

       
      Interior de Sergipe

       
      Japaratinga - AL

    • Por mpj127
      Pessoal há muito tempo o Mochileiros.com me ajuda muito na preparação das minhas viagens, então achei que seria justo retribuir com todos os viajantes as nossas experiências e poder auxiliá-los nas suas viagens. Essa viagem para Alagoas fizemos em 2014 e foi muito legal! Assim as impressões que tivemos são de 2014, muita coisa pode ter mudado.
      Dia 01
      Voo da Gol, saímos de GRU até Maceió com escala em Salvador.  Chegamos em Maceió por volta de 13:00, almoçamos e pegamos o carro que eu tinha alugado previamente na Localiza. Daí fomos direto para Maragogi. Tentei encontrar transporte público mas achei bem difícil de chegar em Maragogi e os transfers eram muito caros (tipo R$300,00). Achei que compensava mais alugar o carro e depois achei que foi o melhor a fazer. As estradas são muito ruins porque são mal sinalizadas. Tem dois caminhos, pelo litoral e pelo interior, achamos melhor pelo litoral porque é mais perto, mas as estradas são piores em compensação e tem muitas cidades no caminho, logo tem redução significativa de velocidade. Apesar do maps indicar 2 horas, levamos 3:30 até Maragogi. Chegando em Maragogi, estávamos muito cansados e já era umas 17:00, fomos para a pousada Areias Belas, jantamos uma pizza em um restaurante próximo e fomos descansar para o próximo dia. Excelente pousada que apesar de bem simplesinha, tem um ótimo café da manhã e varanda de frente para o mar, muito bonita a vista. Quando fomos reservar pelo booking, pedimos em observações para ficar em um quarto com vista para o mar, nos foi concedido sem alteração no preço. No café da manhã não deixem de pedir o omelete misto e a tapioca que é muito boa.
      Dia 02
      Nesse dia pela manhã ficamos na praia de Maragogi, não achei nada de muito diferente das outras praias. Na pousada mesmo fechamos um passeio de bugue para o norte e foi o melhor passeio da viagem, tudo muito paradisíaco. O bugue vai pela faixa de areia até a divisa com Pernambuco. O destaque é a praia de Xaréu que é muito bonita com águas muito claras e bem rasinho até os recifes.
      Depois do passeio descansamos um pouco na praia e depois fomos jantar em uma tapiocaria que fica de frente um parque de diversão, muito boa mas a do café da manhã da pousada ainda ganhava.


      Dia 03
       Nesse dia acordamos cedo e fomos fazer um passeio de bugue para o sul. Bem bonito, porém não tem tantos cenários paradisíacos como nas praias do norte. A primeira parada nesse passeio é em um hotel fazenda que você paga uma quantia pequena convertida em consumação (na época deu uma água de coco) e o bugueiro leva em um mirante que fica no meio de uma plantação de côcos o que deixa a vista bem maneira. Rende várias fotos nesse lugar.
       
      Próxima parada é em uma vila onde tem uma produção caseira de biscoito de goma (conheço como biscoitinho de festa de criança). Bom para comprar porque é gostoso e barato, mas não vale perder muito tempo. Depois começa o trajeto de praias que vai até Porto de Pedras, várias vezes pedi para o bugueiro parar para eu dar um mergulho. Vale muito a pena porque a água é bem azul. A dica é antes do passeio avisar que você quer mergulhar que o bugueiro te leva no melhor lugar para banhista. Não preocupem com o tempo como eu, dá e sobra nesse passeio, aproveitem bem cada lugar. Mas na volta do passeio a maré sobe daí o bugue não passa e tem que ir pela rodovia, então a idéia é curtir bem a ida porque a volta pode não dar para retornar em alguns lugares. Finalmente o bugueiro nos levou em um restaurante que não lembro o nome, não gostamos do restaurante e a comida veio fria apesar de super cara. Os bugueiros fazem super propaganda de um lugar chamado Bica que é uma queda d´agua natural. Não gostamos, achamos sujo e nem animamos a entrar na água. Depois disso, foi a viagem de volta. Resumindo, nossa opinião é que o passeio de bugue para o sul é bom mas não imperdível. A noite jantamos no restaurante Maragaço, pedi uma posta de peixe que estava muito gostosa.
      Dia 04
       Nesse dia bem cedo saimos para conhecer as piscinas, foi o único dia e horário que a maré permitiu o passeio. Quanto mais baixa a maré mais bonitas são as piscinas, consulte no site da marinha, apesar que pra mim não deu certo, a previsão foi super furada. Fechamos o passeio no hotel mesmo, fomos de lancha o que permitiu ser bem mais rápido que o catamarã e chegamos mais cedo que a maioria das pessoas. Esse passeio é imperdível para conhecer, é muito bonito mesmo. 
      Ainda de manhã fomos para Maceió. Ficamos hospedados no hotel Mercure (praia de Pajuçara), lugar bom com preço bem acessível. Esse dia a tarde tiramos para conhecer Maceió, as praias são bem bonitas com uma cor da água surpreendente e a orla é bem organizada. A noite vale a visita no centro de artesanato de Pajuçara, um pouco mais a frente tem outro centro bem bacana também. Esse lugar é bom para comprar as lembranças.
      Dia 05
       Esse dia saímos cedo em direção a Praia do Francês. Achei essa praia bonita, porém não muito diferente de outras praias em geral. Além disso, quando fui a cor da água estava normal e não verde como Maceió. A tarde partimos para praia do Gunga, essa praia é uma propriedade particular, então é cobrado para entrar na praia. Porém, tem muita estrutura para receber turista contando com amplo estacionamento. A estrada de acesso tem um bom trecho de terra, mas a estrada é boa, não tem perigo, mas é bom evitar dias de chuva pra não encravar o carro. Chegando na praia já fizemos o passeio nas falésias que sai de bugue ou triciclo. Esse passeio é muito bonito e rende boas fotos nas falésias. Por fim, tem uma parada para banho em um rio com metade de água fria e metade de água quente. Dizem que a lama desse rio é medicinal. Em seguida, voltamos para praia, almoçamos e curtimos ali o resto do dia.
      Dia 06
       Esse dia deixamos o carro no hotel e fizemos um passeio com a Jaraguá Turismo. A van passa cedo no hotel e nos levou para São Miguel dos Milagres, um lugar paradisíaco. Chegando lá eles nos deixaram em um restaurante chamado Luna, é um restaurante de proprietários mexicanos com um ambiente muito agradável. Quando chegar lá você já escolhe seu almoço e quando chegar do passeio já vai estar pronto. Fizemos um passeio legal até o projeto peixe boi em Rio das Pedras, uma cidade bem próxima. Esse passeio é oferecido pela própria Jaraguá. Ao chegar na sede do projeto, o guia nos leva por uma ponte sobre um mangue aparentemente bem preservado onde se vê bastante caranguejo, entre outras espécies próprias desse ambiente. Após a ponte chegamos em um rio onde acontece o projeto, de lá partem balsas bem rudimentares sem motor, onde a propulsão depende de uma pessoa que empurra a balsa por uma vara que finca no fundo do rio. Chegando no local do projeto se vê vários peixe bois. O problema foi que nenhum deles chegou muito perto da nossa balsa, mas disseram que é comum eles chegarem bem pertinho. É um passeio legal mas não diria imperdível. Ao chegar no restaurante, o almoço já estava pronto. Após o almoço você tem duas opções, ficar na praia ou fazer um passeio de bugue pelas praias do lado, optamos pela primeira opção. Mas se eu tivesse que optar de novo iríamos fazer o passeio de bugue, o pessoal que foi falou que foi muito bonito e chegaram cedo, então também puderam aproveitar bem a praia. A praia é bonita, mas não tem a cor tão verde quanto outras praias da região, mais um motivo que gostaria de ter feito o passeio de bugue.
       

      Dia 07
       Último dia em Alagoas, a ideia inicial era conhecer a ilha de carro quebrado que dizem ser muito bonita. Para chegar lá vocês precisam ir de carro até o restaurante Mar e Cia na cidade de Paripueira, ao lado de Maceió (30 Km), bem fácil de chegar. De lá sai um barco pontualmente às 9:00 para ilha de Carro Quebrado, chegamos tarde e perdemos o barco infelizmente.
      O restaurante em si tinha uma boa estrutura mas a praia não era paradisíaca. Então decidimos ir em um condomínio fechado na estrada entre Paripueira e Maceió chamado Hibiscus. Nesse local você paga uma taxa e pode desfrutar da estrutura do condomíno. Confesso que não esperava muito, e que surpresa tivemos, chego a dizer que esse passeio é imperdível e merece um dia nesse lugar. A praia era paradisíaca (praia de Ipioca) e a estrutura fenomenal. O restaurante era bacana e a cor da água surpreendente. Passamos o dia lá, o único fato ruim é que no fim do dia choveu muito e tivemos que ir embora.

      Chegando no hotel, arrumamos as malas, abasteci e lavei o carro que estava muito sujo, passamos na feirinha de artesanato para comprar mais algumas lembrancinhas e fomos para o aeroporto para pegar o vôo de volta.
      Espero ter ajudado vocês com nossas experiências nessa viagem bem legal por Alagoas!


×