Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
EmersonFL

Toulouse, Montpellier, Marseille, Provence, Lyon e Annecy sem carro?

Posts Recomendados

Olá a todxs!

Próximo ano eu tenho férias marcadas para Jun-Jul - 2019.

Eu gostaria de saber a respeito da viabilidade de meu roteiro, se ele é plausível ou não. Também tenho algumas dúvidas que irei enumerar ao final dele.

Dia 23 - Chegada do voo Recife-Lisboa

No próprio dia 23 eu quero pegar um voo Lisboa-Toulouse.

Toulouse

Dia 24 - Explorar Toulouse, museus, palácios.

Dia 25 - Explorar Toulouse

Dia 26 - Bate-e-volta Toulouse-Carcassonne

Montpellier

Dia 27 - Seguir para Montpellier. Passear pela cidade.

Dia 28 - Bate-e-volta Montpellier-Aigues Mortes

Dia 29 - Bate-e-volta Montpellier-Nimes.

Marseille

Dia 30 - Seguir para Marseille. Passear pela cidade.

Dia 1 - Passear pelos Calanques de Marselha.

Dia 2 - Tentar ver os campos de Lavanda fazendo algum passeio particular (excursão) saindo de Marselha.

Dia 3 - Bate-e-volta em Avignon.

Dia 4 - Bate-e-volta em Arles.

Dia 5 - Bate-e-volta em Aix-en-Provence.

Lyon

Dia 6 - Seguir para Lyon. Passear pela cidade.

Dia 7 - Explorar Lyon.

Dia 8 - Bate-e-volta em Pérouges.

Dia 9 - Bate-e-volta em Annecy.

 

Do dia 10 até o dia 26 eu estou livre para adicionar mais locais.

 

Dúvida 1 - Seriam 3 noites em Toulouse muito pouco? A cidade tem mais coisas a oferecer para além dos 3 dias? Tenho receio de ficar mais dias e me entediar. Para efeito de comparação, em Florença/Firenze (Itália) eu fiquei 4 noites e já achei que em 2 já seria o suficiente.

Dúvida 2 - Pensei em ficar em AirBnB em todos esses locais. Acham válido?

Dúvida 3 - Marselha é uma boa base para explorar as cidades que eu gostaria? É perigosa?

Dúvida 4 - Quais outros roteiros combinariam com os dias que tenho livre? Já conheço Paris e Nice, não gostaria de ir novamente, mas...

Dúvida 5 - Vale a pena ir a Paris e tentar explorar outras regiões usando Paris como base (exemplo, Monte Saint-Michel)?

Dúvida 6 - Quais locais posso me esticar mais, considerando que tenho dias livres?

Dúvida 7 - Esse roteiro é plausível de trem? Carro não seria uma opção para mim, visto que não dirijo.

 

Obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

23 minutos atrás, EmersonFL disse:

No próprio dia 23 eu quero pegar um voo Lisboa-Toulouse.

Tem um potencial problema nesta parte.

Os voos de Recife para Lisboa costumam chegar meio tarde em Lisboa, perto do almoço, e como seriam voos separados, você teria que deixar pelo menos umas 4 ou 5 horas de intervalo entre os voos, para que você tenha tempo para passar na imigração que costuma ter filas imensas em Lisboa, retirar bagagem, sair para a área pública, fazer um novo check-in, despachar bagagem, passar no raio-x e chegar a tempo do embarque do voo para Toulouse e ainda ter um mínimo de folga para um eventual atraso na chegada em Lisboa.

A pergunta é,  vai ter voo para Toulouse com intervalo de no mínimo 5 horas entre a sua chegada em Lisboa e a partida para Toulouse, que não seja muto caro, e o voo chega lá em Toulouse num horário decente? Onde você não precisa gastar 30 ou 40 euros de táxi de madrugado do aeroporto até o centro?

41 minutos atrás, EmersonFL disse:

Dúvida 1 - Seriam 3 noites em Toulouse muito pouco? A cidade tem mais coisas a oferecer para além dos 3 dias? Tenho receio de ficar mais dias e me entediar. Para efeito de comparação, em Florença/Firenze (Itália) eu fiquei 4 noites e já achei que em 2 já seria o suficiente.

Pessoalmente eu acho que 3 dias é mais que suficiente, mas isto depende dos seus interesses, por exemplo, se quiser visitar a fabrica da Airbus e museu aeronáutico, vai quase um dia inteiro só para isto.

46 minutos atrás, EmersonFL disse:

Dúvida 2 - Pensei em ficar em AirBnB em todos esses locais. Acham válido?

Eu não gosto de Airbnb, geralmente é longe, muitas vezes os horários de check-in e check-out são bem limitados, você não costuma poder chegar a qualquer horário, tem que combinar com o proprietário horário para entregar e pegar chaves, horários que muitas vezes não batem com os seus planos, etc... 

Alem de o modelo de negócio do airbnb ser baseado em sonegação de impostos, e não agregar nada para a maioria das cidades onde opera, só faz o preço dos aluguéis para moradores subir, por que ao invés de alugar por mês a um morador local, o proprietário prefere alugar por dia para turistas, cobrando 4 vezes mais caro, então por motivos éticos, pessoalmente eu só uso se não tiver outra opção viável.

Mas cada um faz o que achar melhor, e se você achar válido, sem problema.

52 minutos atrás, EmersonFL disse:

Dúvida 3 - Marselha é uma boa base para explorar as cidades que eu gostaria? É perigosa?

Eu estou meio em dúvida se Avignon e Arles não ficariam mais fáceis a partir de Montpelier, você teria que dar uma olhada nos horários e preços dos trens, mas a diferença deve ser pouca.

Como toda cidade grande, Marselha tem um monte de problemas, criminalidade, furtos em áreas muito movimentadas, etc... 

Mas sendo sincero e realista, infelizmente comparando com a criminalidade que temos em qualquer capital brasileira, Marselha é praticamente um oásis de segurança.

1 hora atrás, EmersonFL disse:

Dúvida 5 - Vale a pena ir a Paris e tentar explorar outras regiões usando Paris como base (exemplo, Monte Saint-Michel)?

É possível, mas Mont Saint Michel fica meio longe de Paris para um bate-volta, e é caro, custa 54 Euros só de passagens de trem para ir e volta a MSM, fora os ingressos de lá. Se quiser visitar MSM, eu recomendaria ficar uns 3 ou 4 dias na região e explorar a partir de lá, aproveitando para visitar alguns locais no Vale do Loire.

1 hora atrás, EmersonFL disse:

Dúvida 4 - Quais outros roteiros combinariam com os dias que tenho livre? Já conheço Paris e Nice, não gostaria de ir novamente, mas...

Já conhece a Itália ou Espanha? Dá para fazer um roteiro bem interessante pela Itália e Espanha nestes 15 dias restantes.

Ou você prefere ficar na França?

Só uma observação, julho pode ser absurdamente quente no sul da França, Espanha e Itália, com temperaturas podendo chegar na casa dos 35ºC ou 40ºC e muito seco, o que pode atrapalhar um pouco algumas atividades e causar algum desconforto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, EmersonFL disse:

Dúvida 7 - Esse roteiro é plausível de trem? Carro não seria uma opção para mim, visto que não dirijo.

Do jeito que está, acredito que sim, tirando os campos de lavanda que você faria num tour de uma empresa, o restante é acessível via trem e ônibus sem grandes complicações.

 

1 hora atrás, EmersonFL disse:

Dúvida 6 - Quais locais posso me esticar mais, considerando que tenho dias livres?

Eu daria uma esticada até Genebra, para poder visitar Chamonix, e Annecy acho que fica um pouco mais fácil a partir de Genebra do que Lyon, mas em compensação, o custo de vida em Genebra e Chamonix é muito mais alto que em Lyon.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 horas atrás, 234234 disse:

Tem um potencial problema nesta parte.

Os voos de Recife para Lisboa costumam chegar meio tarde em Lisboa, perto do almoço, e como seriam voos separados, você teria que deixar pelo menos umas 4 ou 5 horas de intervalo entre os voos, para que você tenha tempo para passar na imigração que costuma ter filas imensas em Lisboa, retirar bagagem, sair para a área pública, fazer um novo check-in, despachar bagagem, passar no raio-x e chegar a tempo do embarque do voo para Toulouse e ainda ter um mínimo de folga para um eventual atraso na chegada em Lisboa.

A pergunta é,  vai ter voo para Toulouse com intervalo de no mínimo 5 horas entre a sua chegada em Lisboa e a partida para Toulouse, que não seja muto caro, e o voo chega lá em Toulouse num horário decente? Onde você não precisa gastar 30 ou 40 euros de táxi de madrugado do aeroporto até o centro?

Pessoalmente eu acho que 3 dias é mais que suficiente, mas isto depende dos seus interesses, por exemplo, se quiser visitar a fabrica da Airbus e museu aeronáutico, vai quase um dia inteiro só para isto.

Eu não gosto de Airbnb, geralmente é longe, muitas vezes os horários de check-in e check-out são bem limitados, você não costuma poder chegar a qualquer horário, tem que combinar com o proprietário horário para entregar e pegar chaves, horários que muitas vezes não batem com os seus planos, etc... 

Alem de o modelo de negócio do airbnb ser baseado em sonegação de impostos, e não agregar nada para a maioria das cidades onde opera, só faz o preço dos aluguéis para moradores subir, por que ao invés de alugar por mês a um morador local, o proprietário prefere alugar por dia para turistas, cobrando 4 vezes mais caro, então por motivos éticos, pessoalmente eu só uso se não tiver outra opção viável.

Mas cada um faz o que achar melhor, e se você achar válido, sem problema.

Eu estou meio em dúvida se Avignon e Arles não ficariam mais fáceis a partir de Montpelier, você teria que dar uma olhada nos horários e preços dos trens, mas a diferença deve ser pouca.

Como toda cidade grande, Marselha tem um monte de problemas, criminalidade, furtos em áreas muito movimentadas, etc... 

Mas sendo sincero e realista, infelizmente comparando com a criminalidade que temos em qualquer capital brasileira, Marselha é praticamente um oásis de segurança.

É possível, mas Mont Saint Michel fica meio longe de Paris para um bate-volta, e é caro, custa 54 Euros só de passagens de trem para ir e volta a MSM, fora os ingressos de lá. Se quiser visitar MSM, eu recomendaria ficar uns 3 ou 4 dias na região e explorar a partir de lá, aproveitando para visitar alguns locais no Vale do Loire.

Já conhece a Itália ou Espanha? Dá para fazer um roteiro bem interessante pela Itália e Espanha nestes 15 dias restantes.

Ou você prefere ficar na França?

Só uma observação, julho pode ser absurdamente quente no sul da França, Espanha e Itália, com temperaturas podendo chegar na casa dos 35ºC ou 40ºC e muito seco, o que pode atrapalhar um pouco algumas atividades e causar algum desconforto.

Primeiro de tudo, muita gentileza de sua parte responder às minhas dúvidas.

É, eu acho que talvez seja melhor chegar em Lisboa, me acomodar uma noite e no dia seguinte ir à Toulouse num horário melhor pra não correr o risco de ter que pagar caro no táxi.

Como eu me interesso pela fábrica do Airbus e museu aeronáutico, acho mais sensato ficar mais dias.

Eu já conheço um pouco da Itália e já fui rapidamente à Espanha, mas o meu foco seria a França para focar apenas no contato com a língua francesa.

Acho que vou pular o Mont Saint Michel e o Loire, deixaria para outra viagem.

Interessante o seu ponto de vista sobre AirBnB.

Marselha realmente deve ser super segura mesmo, se comparada ao Brasil kkkk

 

Outras dúvidas

1) Se vai estar quente nessa época, talvez seja melhor reduzir a velocidade para intercalar lugares abertos com lugares fechados nas cidades? (parques, depois museus etc) e ir mais devagar pra não passar mal com o calor?

2) Quando ver os campos de Lavanda? São realmente poucos os dias?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, EmersonFL disse:

1) Se vai estar quente nessa época, talvez seja melhor reduzir a velocidade para intercalar lugares abertos com lugares fechados nas cidades? (parques, depois museus etc) e ir mais devagar pra não passar mal com o calor?

Lembro do ano passado quando fomos a Croácia no verão, depois do almoço fazia 30ºC a 35ºC e um sol inclemente no céu, não dava para ficar andando na rua debaixo do sol, tinha pouca sombra, o calor era demais, no primeiro dia estávamos animados em conhecer o local e nós dois tivemos um princípio de insolação.

Como na cidade onde estávamos não tinha muita opção de atividades indoor (museus e similares onde dava para fugir do calor do meio-dia), íamos para o hotel tirar um cochilo depois do almoço e voltávamos a sair lá pelas 16:00 ou 17:00, assim dava pra ficar acordado até tarde e acordar cedo na manhã seguinte para aproveitar as horas mais amenas.

Então é uma boa ideia pensar em programas que você possa fazer na hora do almoço ou logo depois do almoço, quando o sol está mais quente, e deixar as atividades ao ar livre para mais tarde ou de manhã cedo, quando está mais agradável.

1 hora atrás, EmersonFL disse:

 2) Quando ver os campos de Lavanda? São realmente poucos os dias?

Os campos de lavanda florescem entre final de junho e comecinho de agosto,  final de junho ainda podem estar verdes e não azuis, e final de julho geralmente já estão quase todos colhidos, então na prática você tem menos de 30 dias para vê-los floridos, e tem que ter um timming perfeito, por que se chegar cedo demais, ainda estarão verdes, e se chegar muito tarde, já foram colhidos.

Então é recomendável pegar um tour com alguma agência de viagens, eles costumam saber quais campos já estão floridos e quais já foram colhidos, se sair por conta própria, você corre o risco de rodar o dia todo e só achar campos ainda verdes ou já colhidos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Por GreciaAugusta
      Oi! Tô vindo aqui e lendo tudo quanto é tópico aberto porque bateu o desespero de a viagem estar próxima. rs
      13/3 - São Paulo>Paris (avião)
      20/3 - Paris>Veneza (avião)
      21/3- Veneza>Florença (trem)
      23/3- Florença>Roma (trem)
      28/3- Roma>São Paulo (avião)
      Se vocês puderem me dar dicas do que fazer por lá, eu agradeço muito! Tô indo sozinha, então minha companhia será eu mesma rs.
      p.s.: eu falo o básico de francês e tenho inglês intermediário, será que consigo? 
    • Por akumakoori
      Falaaa meu povo! Como vai o coração e alma?
      Então, saí  no dia 30/12/2018 do Brasil e vou passar 9 meses aqui na Europa. No momento estou na cidade de Rijeka, na Croácia. Vou fazer trabalho voluntário aqui durante seis semanas e depois vou partir  para o leste europeu. Tive a sorte de conhecer o Will e nós vamos fazer hitchhiking juntos, vai ser mara! O objetivo desse mochilão é me encontrar. Estou meio perdida em relação ao o que minha alma precisa. Saí da faculdade porque ouvi ela dizer que era disso que eu precisava no momento: dessa viagem. Conhecer pessoas e diferentes realidades. 
      Quem aí tá na mesma vibe e está por aqui pela europa? Manda um direct pra mim no instagram @akumakoori ou me manda uma mensagem no wpp (55 087 996088243)
       
    • Por callmebyjess
      Olá Pessoal, 
      Gostaria de uma ajuda, estou tentando planejar minha primeira viagem pra Europa. A única época que tenho pra viajar é Dezembro (final) e janeiro. Sim, no inverno. Não existe possibilidade de ir em outra época.
      Estava ontem começando a estudar um roteiro de cidades e dias, acabei pensando nesse roteiro abaixo. Mas ainda tenho dúvidas se fica razoável, se fica muito corrido, difícil ou impossível rs. 
       
      Saída do RJ para PORTUGAL dia 27/12 (Nada certo ainda. Data possível)
      Então pensei :
      Lisboa - 4 dias
      Coimbra - 1 dia
      Fátima - 1 dia
      Obs: Contei esse 1 dia em Coimbra e Fátima não porque pretendo me hospedar lá mas por provavelmente usar quase o dia todo entre trajeto de ida e volta e visitação. 
      ESPANHA
      Madrid - 3 dias
      Toledo - 1 dia (daqui já com mochila direto pra barcelona no fim do dia)
      Barcelona - 4 dias 

      FRANÇA 
      Paris - 4 dias 
      Não incluí os dias de deslocamento entre um país e outro. O deslocamento entre os países até então estou dando preferência para Trem. 
      O que vocês acham?  
      Agradeço qualquer ajudinha. 
       
    • Por joycerangel07
      Vou fazer um mochilão em maio e gostaria de saber se alguém que já fez esse tipo de viagem deixou para comprar as passagens de um país para o outro só no destino, optei pelos transportes internos de avião pois o tempo é curto em cada país, então queria saber se da para arriscar comprar a passagem direto no aeroporto ou se é melhor já comprar antes?
    • Por Briella
      Olá, pessoal
      sou nova por aqui. 
      Alguém sabe se essa informação é correta: “depois que seu visto de estudante expirar na França, você não poderá tirar um visto de turista para viajar pela Europa nos países que fazem parte do acordo Schengen”.
       


×