Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0

Manaus para Bogotá, Asperger (autista) ajuda para chegar


Pergunta

  • Membros

tenho Asperger (autismo), não tenho dinheiro, preciso chegar a Bogotá

para audiências públicas da comissão interamericana de direitos humanos

preciso de ajuda para chegar lá e levar o meu caso pessoalmente

não estou a pedir dinheiro, peço apenas ajuda efetiva, preferencialmente pelo WhatsApp

estou com dificuldades pelo autismo e violações graves que sofri / sofro

agradeço a atenção

(61) 9.8222-1938 

WhatsApp apenas

Link para o post
Compartilhar em outros sites

0 respostass a esta questão

Posts Recomendados

Até agora não há respostas para essa pergunta

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por Duda Klaus
      Ano passado fui para Manaus, passei 3 dias na selva amazônica e depois aluguei um carro e fui até Presidente Figueiredo. Foi uma das melhores viagens que fiz na vida!
      Foi no início de julho, ou seja, período de cheia.
      Fiquei hospedada no Local Hostel e gostei bastante. A localização é excelente e eu acho que aquela área do largo de São Sebastião (onde fica o Teatro Amazonas) é a melhor para se hospedar. No primeiro dia em Manaus fui conhecer o famoso Tambaqui de Banda, no restaurante de mesmo nome, que fica no Largo de São Sebastião. No dia seguinte fui com a Iguana Tour fazer o passeio na selva, que durou 3 dias e duas noites. Ficamos hospedados no Juma Lake Inn na primeira noite e, na segunda noite, montamos um acampamento no meio da mata. Os passeios durante esses 3 dias incluiam: focagem de jacarés, acordar cedo para ver o nascer do sol, passeio pela mata, visita à casa de caboclos...tudo isso acompanhados de um guia que explicava tudo. Foi perfeito! Ah, e detalhe: lá não pega internet. Ótima opção para se desligar do mundo. Fiquei em um quarto compartilhado, mas há a opção de ficar em quartos privativos com banheiro. O passeio todo com todas as refeições ficou por R$600.
      Chegando em Manaus, dei uma volta pelo centro e conheci o Mercado Adolpho Lisboa e o porto. Fui até o MUSA e achei bem legal, o interessante é que muita coisa do que eu vi ali, vi enquanto estava na mata, mas valeu a pena.
      Fiz essa viagem com uma amiga e conhecemos mais duas mulheres massa e nós 4 alugamos um carro para irmos à Presidente Figueiredo. Ficamos no Local Hostel Figueiredo. Nos programamos para ficar uma noite e dis dias completos, mas se arrependimento matasse...era para termos ficado pelo menos uns 4 dias! Fomos na Gruta da Judeia e Caverna Refúgio do Maroaga (obrigatório contratar um guia, na entrada do local, pelo valor de R$100 para até 4 pessoas)- imperdível!. Na Lagoa Azul (foi legal), cachoeira Asframa (muito cheia de gente por ser de fácil acesso, então há uma grande concentração de famílias com crianças, então passamos pouco tempo). Fomos na cachoeira de Iracema (muito legal e com áreas profundas para mergulho) e seguimos por uma trilha até a cachoeira das Araras (linda também!). Fomos também no que chegou a ser a minha cachoeira preferida...a do Santuário (surreal a energia do lugar!). Adicionaria mais um dia para a Cachoeira da Neblina (que fiquei triste por não ter dado tempo de ir. São horas de trilhas e, segundo os locais, é a mais bonita da região. Fica para a próxima!) e mais outro para conhecer outras 2. Opções não faltam!

      Voltando para Manaus, fiz a visita guiada no Teatro Amazonas e achei muito interessante. Na primeira noite já tinha entrado nele, pois fui assistir à uma peça (a maioria das atrações são gratuitas. Consulte a programação antes!) .
      Fui até o porto de Manaus e consegui um Day Tour, só eu e minha amiga, por R$150 cada (R$300 total). As agências de turismo cobram R$200-R$250 por pessoa. O barqueiro recebeu R$150 e o cara que fechamos ficou com a outra metade. Ou seja, dá pra entrar no porto, pagar a taxa de entrada, de R$5, e negociar diretamente com o barqueiro lá. Obviamente, você não vai ter uma agência de turismo por trás, então é por sua conta e risco. Tivemos a vantagem de irmos para onde queríamos ir. Achei a ida à tribo indígena uma coisa meio que "feita para turista". Achei interessante o fato de muitos indígenas não falarem português e utilizarem idiomas próprios. Nadei com os botos, mas atenção: existem dois lugares que fazem esse mergulho com os botos. Um fica mais distante do porto  e é certo que os botos aparecerão. O outro lugar fica perto do porto e nem sempre aparecem. Fomos para esse segundo e demos sorte! Fomos também em uma casa de uma família que tem um bicho preguiça e sempre foi meu sonho segurar um. Achei estranho quando perguntei onde ele ficava e a mulher disse que ele ficava solto, aí quando eu perguntei mais informações ela mudou de assunto e fez como se não entendesse...fiquei pensando depois que ele deve ficar preso. Triste demais isso e fiquei com peso na consciência de ter, de certa forma, colaborado com isso. 
      No último dia em Manaus fui com a galera do Hostel para Ponta Negra. Fomos até a Marina do Davi e pegamos um barco para um flutuante muito legal. Foi uma bela de uma despedida ver o por do sol no rio, tomando umas cervejas com uma galera massa!

      No final, ficou assim:
      dia 01 - chegada em Manaus
      dia 02 - Passeio na Selva 
      dia 03 - Passeio na Selva 
      dia 04 - Passeio na Selva  e retorno à Manaus 
      dia 05 - Dia em Manaus 
      dia 06 - Presidente Figueiredo 
      dia 07 - Presidente Figueiredo e volta para Manaus 
      dia 08 - Manaus 
      dia 09 - Manaus 
      dia 10 - volta pra casa
       
      Bom, é isso! A viagem foi feita em Julho de 2019 e gastei algo em torno de R$1500, para passar 10 dias, com hospedagem, alimentação, transporte e passeios. 
      Se quiserem ver fotos e vídeos, mostrando detalhadamente cada coisa, vejam lá o destaque "Amazonas" no meu instagram: @dudaklaus
    • Por Lordy Apophis
      Olá pessoal 
      Sou leigo e preciso da ajuda de vocês. Preciso de uma barraca até R$ 450, no maximo 500 R$ que aguente possiveis chuvas e ventos de praia. 
      Uso: pretendo usar para acampar na praia com a namorada  só para passar o dia e a noite 
      Olhem essas barracas qual delas vocês me indicam? 
      Venus Ultra 4 pessoas, Coluna de água 2500mm, R$ 464, 24, na Loja Americana frete incluso. 
      Arpenaz 3 pessoas Fresh e Black, Quechua, Coluna de água 2000 mm, R$ 429 + 58, 59 frete 
      Amazon 4 pessoas, Coluna de água 1200 mm, R$ 300 + 11 frete 
      Falcon 4 pessoas, Coluna de água 1000mm 
      Considerando a minha finalidade e custo beneficio, qual vocês me indicam?
    • Por Evelyze
      Oi pessoal, queria pedir a ajuda de vocês que tem mais experiências com viagens.
      Então, sendo bem objetiva, eu sou de Belém do Pará e decidi começar a viajar pós pandemia. Minha situação atual é essa aqui: 
      Pra onde quero ir? Ainda não sei. Tenho uma leve intuição de que seria legal iniciar pelo Brasil para adquirir experiência, mas também a Patagônia Chilena é um destino que me chama atenção a muito tempo. Enfim, não sei. O que sei é que os risco que eu vou correr pra ir aqui perto, serão os mesmo que ir pra mais longe. Eu acho!
      Tenho dinheiro? Um pouco, em torno de 2 a 3 mil que posso dispor de imediato, mas planejando, muito provável que eu consiga mais. Até Outubro, se eu tiver com tudo decidido, me programo para juntar.
      Tenho uma fonte de renda? Cara eu já trabalho em regime HomeOffice, tenho uma mini consultoria e apesar de meus clientes necessitarem da minha presença virtual todos os dias, já não estou vinculada a nenhuma empresa. O que tenho é um contrato de trabalho CLT que vai até Setembro de 2020. Eu trabalho com design gráfico, fotografia e como social media. Imagino que possa dispor dessas minhas habilidades para gerar renda durante AS VIAGENS, porque pretendo fazer mais de uma. Fora isso estou criando um e-book que vou tentar vender e gostaria muito de criar um canal no youtube e um instagram até pra guardar os registros de viagem.
      Tenho transporte? Eu tenho uma moto, uma Elite 125 que acredito que não seja possível viajar nela por ser uma shutter. Até porque não me sinto muito confortável com essa ideia. Pelo menos não agora. Mas não deixa de ser uma opção se tiver companhia. Então vai ter que ser mesmo por avião, ônibus ou frete de carro, sei lá.
      Tenho tempo? Aí é onde está a minha principal limitação. Eu tenho 2 cachorros lindos que, apesar de ter onde ficar enquanto eu viajo, não posso deixá-los por muito tempo, pois a responsabilidade é minha de qualquer forma. Por isso a minha intenção é fazer viagens curtas de 1 ou 2 semanas no máximo. Já pensei demais em levá-los comigo. Eu adoraria isso, mas não faço ideia de como posso fazer isso acontecer. Tenho medo de fazer isso sozinha.
      E quanto ao local para ficar? Imagino que deva ser mais fácil pra mim que não tenho muita experiência, viajar como voluntária e ir ficando nos hostels da vida. Porque acampar nunca nem vi. O Couchsurfing acho perigoso e mesmo assim me acrescentaria muito pouco em termos de conhecer e experimentar. Imagino que em hostels existe uma troca bem maior. Por isso penso na Worldpackers. Dormir em qualquer lugar tipo viagem roots, também não quero não. Não agora!
      Pois é pessoal, eu resolvi escrever esse post porque eu tenho essa vontade, mas estou muito confusa de como viabilizar isso. Acho que o medo tá me impedindo de seguir em frente. E mesmo assim, não sei por onde começar a planejar. Queria muito a opinião de vocês sobre possibilidades para mim. Talvez abra minha mente as mensagens de vocês. Fiquei até pensando se esse seria um post de busca por ajuda de como posso começar ou de incentivo para eu não desistir antes de tentar (rsrsrs). O fato é que eu preciso falar com alguém que possa me dar aquele empurrão. Talvez arranjar uma companhia pra essa primeira viagem. Talvez arranjar um lugar pra onde ir com propósito... Não sei.
      Fico aguardando as respostas. Espero realmente que tenham respostas.
      Abraço!
       
    • Por João Paulo Reis
      Olá! faço parte de uma STARTUP da cidade de Manaus. Estamos desenvolvendo um projeto que tem como objetivo auxiliar turistas na chegada à nossa cidade, trazendo a eles uma experiência melhor em relação ao turismo local. Essa pesquisa nos ajudará a entender as problemáticas encontradas nas visitações e trabalhar em cima delas . vocês que passaram pela cidade de manaus poderia responder um pequeno questionário para nos ajudar?
      https://forms.gle/CFffNZWe6FD3Vcrz7
       
    • Por RoneyLaurent
      Galera, preciso da ajuda de alguém que tenha empatia e vontade de ajudar as pessoas. 
      Por favor atenção e leia até o final.
      Estou aqui em Punta Del Este no Uruguai, e consegui comprar uma passagem do Chuy até Porto Alegre, mas agora preciso comprar uma de Punta Del Este até o Chuy... 
      E depois de chegar até Porto Alegre preciso arrumar um jeito de voltar pra mina cidade Belo Horizonte em MG. 
      PRECISO DA AJUDA PARA CHEGAR ATÉ MINHA FAMÍLIA OU PARA TER UM LUGAR PRA FICAR EM POA. 
      Por favorme ajude! Eu estava num hostel aqui em Punta Del Este fazendo voluntariado, mas tiveram que manter 5 voluntários sair devido aos custos altos e devido ao surto de Coronavírus. 
      Já entrei contato com diversos hostels aqui no Uruguai e estão todos fechados. E entrei em contato com alguns hostels de Porto Alegre e muitos também estão fechados. 
      Por favor me ajudem... 
      Não tenho dinheiro suficiente para voltar para BH de avião e também não será possível de ônibus, afinal, as linhas de ônibus estão fechadas. Enfim... 
      Estou vivendo um dilema! 
      Não sei o que fazer. Agradeço de coração pela oportunidade. 
       
      Roney Laurent 
      Insta/@roneylaurent
      YouTube/mochileiroroots
      Twitter/@roneylaurent
      *NÃO TENHO LUGAR PARA FICAR*
      *NÃO SEI SE SERÁ POSSÍVEL CHEGAR*
      Galera, preciso da ajuda de alguém que tenha empatia e vontade de ajudar as pessoas. 
      Por favor atenção e leia até o final.
      Estou aqui em Punta Del Este no Uruguai, e consegui comprar uma passagem do Chuy até Porto Alegre, mas agora preciso comprar uma de Punta Del Este até o Chuy... 
      E depois de chegar até Porto Alegre preciso conseguir um jeito de voltar pra mina cidade Belo Horizonte em MG. 
      *PRECISO DE AJUDA PARA CHEGAR ATÉ MINHA FAMÍLIA OU PARA TER UM LUGAR PRA FICAR EM POA.*

      Eu tenho que sair dia 05/04 daqui do hostel em Punta Del Este eu que eu estava fazendo voluntariado. 
      A diretoria do hostel demitiu 5 voluntários, por isso, tive que sair devido aos custos e ao surto de Coronavírus. 
      Já entrei contato com diversos hostels aqui no Uruguai e estão todos fechados. 
      E entrei em contato com alguns hostels de Porto Alegre e muitos também estão fechados.
       
      Não tenho dinheiro suficiente para voltar para BH de avião e também não será possível de ônibus, afinal, as linhas de ônibus estão fechadas e as fronteiras também. Enfim... 
      Estou vivendo um dilema! 
      Não sei o que fazer...
      Agradeço de coração pela oportunidade. 
      Roney Laurent
      Insta/@roneylaurent
      YouTube/mochileiroroots
      Twitter/@roneylaurent
×
×
  • Criar Novo...