Ir para conteúdo

Posts Recomendados

  • Membros

10/03 - Saindo de Cancún para Tulum

Acordei às 04:50h e fiquei deitado sem sono até às 06:30h, quando decidi já ir me preparando para viajar e fui buscar as roupas que deixei secando. Vi que já havia movimentação para o café e logo me foi servido 3 tortilhas com chilli. Peguei também bolos, abacaxi e melancia, acompanhados por café com leite. Estava muito bom o desayuno.

IMG_20200310_070754.thumb.jpg.bcd66bc64606c03c9d409de26e3d53cb.jpg

Peguei as coisas, despedi-me do pessoal do hostel e segui para a rodoviária. Já havia visto que teria um ônibus saindo às 08:00h e me apressei. O tempo estava muito com, com céu claro e, vencidos os 800m de caminhada, logo cheguei. Fui direto ao guichê que não havia fila e paguei $200 pesos pela passagem, $10 a mais pois me empurraram o seguro opcional junto e só percebi depois. Utilizando a internet do local, mandei mensagem a todos e logo embarquei. No terminal tinha um anúncio irritante da empresa, quase como uma lavagem cerebral... Só quem passou pelos terminais da ADO sabe... 😅

O ônibus saiu com atraso de 5 minutos e seguiu por estradas muito bem conservadas e em pista múltipla. Nas poltronas existem carregadores USB mas não funcionavam. Durante o trajeto ficou passando um filme do 007. Ótima pedida para passar o tempo. Paramos em Playa del Carmen às 09:08h para desembarque de passageiros e o wi-fi mesmo de dentro do ônibus funcionou legal, com o mesmo login anterior. Saímos da rodoviária às 09:32h e em pouco mais de 1h de viagem chegamos a Tulum, uma cidade bem pequena cortada por uma rodovia. Eram 10:30h quando o ônibus entrou no terminal. Desci, peguei as coisas e verifiquei a internet. O bom é que já conectou automático porque a rede e senha são iguais e isso facilita um monte.

IMG_20200310_103557.thumb.jpg.6d6420fb6b7dda52ab43a9598f9f8e59.jpg

Mandei mensagem que havia chegado e parti ao hostel, primeiro no caminho contrário e depois, com a correção do GPS, paguei a penalidade de 6 quadras a mais... Ah, até que foi bom porque já mapeei uns lugares baratos para comer, fora da área turística.

IMG_20200310_105341.thumb.jpg.d0a9f2a94c04ff3a5f8025746ea8c9cb.jpg

Hospedei-me no hostel Weary Traveler, conversei com o atendente e peguei a dica de como ir de van até às ruínas. Deixei a mochila maior no depósito, pois ainda era muito cedo para o check in, saí em direção à avenida principal, atravessei para o outro lado e logo parou uma van. Confirmei o valor e se passava lá no sítio arqueológico e embarquei. Foi tão rápido que quando o motorista falou que chegou perguntei se era no sítio arqueológico mesmo e disse que sim. Paguei os $20 e caminhei até a entrada, que fica bem distante (800m). No caminho, um monte de gente vem oferecer mapa grátis e guias, mas fui em frente. Até uma entrada falsa para o parque tinha, na intenção de cobrar pelo transporte. Chegando na bilheteria ($80) havia uma fila de umas 40 pessoas, mas não demorou.

IMG_20200310_112821.thumb.jpg.fc0a3dc7ae3f8c21912fd539af002d92.jpg

Eram umas 11:30h quando entrei no parque. Fui seguindo a trilha marcada e ilustrada por painéis pelo caminho. A visão é realmente fantástica. Estruturas interessantes e imponentes. Desta vez, a estrela do dia foi a velha câmera superzoom da Nikon. Graça a ela e ao seu poderoso zoom pude capturar ótimas imagens em detalhe que, sem ela não seria possível. Agora já me vem a mente que, para esse tipo de viagem de aventura, tem que ser uma câmera prática e poderosa como ela. Tomara que ainda dure muito tempo!

DSCN0041.thumb.jpg.ec405ec5f5e25cbfeb9071705d354e98.jpg

DSCN9903.thumb.jpg.431dab871330bf7609c5b113bf769aec.jpg

DSCN9878.thumb.jpg.04501175f1506b403fb5790d4aa18233.jpg

PANO_20200310_122257.thumb.jpg.ed5efa6e026cf539d037abbeec95a7ff.jpg

DSCN9970.thumb.jpg.dda01e234732f57fe4377e93f73ce46e.jpg

DSCN9872.thumb.jpg.5258b41aa39b133d4c8046ea8d44038b.jpg

DSCN9986.thumb.jpg.f6eff050884fcad849aa32fcf01c7792.jpg

 

Percorri todo o sítio e o tempo, que estava com sol escaldante no início, fechou e já ameaçava chover. Saí do parque às 13h e fui rumo à rodovia pegar a van de volta. Mal cheguei e já veio uma fazendo sinal com os faróis e eu estendi o braço. Entrei e o bom dessas vans e que em ambas o ar condicionado estava bem geladinho.

Desci já próximo da lanchonete onde havia visto os tacos. Pensei em comer em um restaurante em frente, mas não havia nenhum preço e, por isso, fui na tacaria. Pedi 2 tacos, sendo um ao pastor (de carne tipo churrasco grego) e outro de Res (carne bovina). Para acompanhar, um copo de suco gelado. O pedido chegou rapidinho e trouxeram molhos apimentados para acompanhar. Comi e gostei mais da carne de Res. Percebi que o pessoal não é muito atento a higiene, pois tanto o  rapaz que cortava o churrasco grego, quanto àqueles que manipulavam os alimentos faziam com as mãos sem luvas, sem máscara, sem gorro... Pior que o suco que eu estava tomando, um outro foi tirar a espuma com um balde... Bom, torcer para não dar diarréia. Tudo se come com as mãos e lavei muito bem as minhas.

IMG_20200310_134453.thumb.jpg.7b8446e62af12fae5ec5fe26c12053cc.jpg

IMG_20200310_134339.thumb.jpg.203bfe6845a8d2e946d93d2c950968f6.jpg

 

Terminado, fui direto ao hostel e cheguei exatamente as 14h, no horário certo do check in. Paguei 202 pesos pela noite e tive que deixar um depósito de $50, pela chave do quarto. Subi, fiquei na parte de baixo de um beliche e já coloquei minhas coisas no armário que estava vago em frente. Comecei a preparar a extensão elétrica porque eram poucas tomadas e liguei tudo para carregar as baterias e mandar mensagem para todos. Tudo encaminhado e fui tomar banho, lavar roupas de hoje e estender. Fiz um varal improvisado que ficou ótimo, modéstia a parte. Pior que pouco depois choveu, mas não atrapalhou a secagem que foi rápida.

IMG_20200310_161105.thumb.jpg.d5a18883d6a671bf0734029143918969.jpg

IMG_20200310_160857.thumb.jpg.9e852dca04d0a4d5bad184cadd0952c4.jpg

Tomei um banho bem refrescando e revigorador, arrumei os equipamentos e comecei a fazer o backup das fotos, passando dos cartões das câmeras para o celular, a fim de fazer também o upload no Google Photos.Terminado de passar as mídias do cartão da Gopro para o celular, deixei-o trancado no armário enquanto fazia o upload e fui comer algo, pois já estava com fome e passava das 19:30h.

Andei pelo movimento da avenida principal e fui observar a movimentação dos bares, restaurantes e lojas abertas. Indo mais adiante, encontrei a praça principal onde está localizada a prefeitura. Tirei fotos e resolvi experimentar uma marquesita, um doce feito na casca de biju. Pedi de Nutella com morangos, fresas em espanhol. Filmei o rapaz fazendo mas depois achei o preço salgado, pois me cobrou $40 e o negócio não deu para encher a barriga.

GOPR0096.thumb.jpg.03b1be4ae3ef47f81dea9c19c4913bb4.jpg

GOPR0094.thumb.jpg.0fbab0d89062ed45d0dad33042bf36ba.jpg

 

Passei no Oxxo, comprei uma garrafa de água de tamarindo, pagando $23.

IMG_20200310_211745.thumb.jpg.14c072d1f87f0c18913523b9f6d6f42d.jpg

Corri então de volta a taqueria. Estava lotada de gente de vários países e quase desisti, mas vagou uma mesa e já me arrumei. Pedi desta vez uma empanada de queso e sopes de carne de res. Novamente veio bem rápido e comi com os molhos de pimenta. Dessa vez estava bem ardida, e tive que tomar uns goles da água para conseguir comer. A empanada estava ótima, mas o tal de solpe, uma espécie de esfirra aberta de massa de milho e com salada, achei duro.

Terminada a refeição, voltei ao hostel para descansar, pois a caminhada de hoje tinha sido desgastante por causa do sol e também no dia seguinte partiria para outro sítio arqueológico, onde provavelmente teria que andar ainda mais. Verifiquei o orçamento, separei o dinheiro para amanhã e me pus a escrever o diário. Procurei dormir cedo, pois pretendo ir à Cobá pela manhão, voltar ao hostel e depois partir a Valladolid  à tarde.

Gastos: $83 alimentação, $592 geral. total $675

É isso aí!!! 😉

DSCN9882.jpg

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Silnei featured this tópico
  • 2 semanas depois...
  • Colaboradores
Em 25/04/2020 em 22:24, Paulonishi disse:

Só quem passou pelos terminais da ADO sabe...

ADO siempre primera 😅😅

Já tem mais de um ano e isso ainda martela na minha cabeça hahahaha

Em 25/04/2020 em 22:24, Paulonishi disse:

Hospedei-me no hostel Weary Traveler

Eu tb fiquei nesse, batia ponto todo dia na caipirinha grátis😁

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por Wellington Trip
      Boa tarde Pessoal, por conta da pandemia, alguém sabe se esta sendo possivel atravessar a fronteira Foz do Iguaçu para Puerto Iguaçu e de lá pegar um onibus para Buenos Aires?
    • Por Fora da Zona de Conforto
      Nos últimos anos, os espaços de coworking se tornaram um centro para trabalhadores remotos que procuram um lugar seguro para trabalhar enquanto desfrutam de suas viagens. Como um dos melhores locais para nômades digitais no México, você pode encontrar muitos lugares excelentes para coworking em Playa del Carmen.
      Há muitas vantagens em ingressar em uma comunidade de coworking. As comodidades integradas, como espaços de trabalho confortáveis e acesso gratuito a serviços, incentivam um equilíbrio saudável entre a vida profissional e a vida pessoal e ajudam a aumentar a produtividade geral. Se você estiver viajando sozinho, outros membros de coworking oferecem ótimas oportunidades para socializar e fazer contatos.
      Se você está pensando em planejar uma viagem para Playa del Carmen, na Península de Yucatan, ou já está lá e quer trabalhar em uma ótima localização, considere estes espaços de coworking de primeira linha na bela e praiana Playa.
       
      Melhor coworking em Playa del Carmen #1: BUNKER Coworking
       
       
      A apenas três quarteirões da praia, o Bunker Coworking é uma ótima opção que aceita animais de estimação para nômades digitais em busca de espaços de trabalho flexíveis. Eles fornecem estações de trabalho compartilhadas, privadas e virtuais que permitem que você faça o trabalho e cabines telefônicas privadas para atender quaisquer chamadas que possam exigir mais privacidade.
      Como associado, você tem acesso 24 horas às instalações e uma ampla gama de serviços que tornam a sua estadia no Bunker mais agradável. Desfrute de internet banda larga rápida, impressão ilimitada, café e lanches gratuitos, áreas confortáveis onde você pode tomar uma bebida e relaxar e uma grande comunidade de membros de coworking amigáveis.
      Os preços variam por hora, dia, semana ou mês, portanto, certifique-se de visitar o site para obter informações detalhadas. Se você não está decidido se este é o lugar para você, novas pessoas podem solicitar um passe diário gratuito após se inscreverem na lista de mala direta do Bunker Coworking.
       
      Continue lendo em: 6 Melhores Espaços de Coworking em Playa del Carmen, México
    • Por Fora da Zona de Conforto
      Está pensando em fazer um mochilão pelos Estados Unidos? A América do Norte é um dos principais destinos para mochileiros. Com uma infinidade de regiões que apresentam paisagens e cenários deslumbrantes, você nunca vai ficar sem aventuras para buscar.
      Além dos gastos de um mochilão serem menores do que uma viagem normal, uma vivência imersiva como essa pode te beneficiar aumentando a sua bagagem cultural, fazendo novos amigos de estrada, te dando independência e um sentimento incrível de liberdade. 
      Se for sua primeira vez nos Estados Unidos, você precisará de um planejamento sério porque sua viagem será repleta de espontaneidade, emoção e novas experiências.
       
      Onde fazer mochilão na América em 2021?
      Primeiro, você pode querer fazer uma lista dos lugares que deseja visitar. Você pode fazer sua pesquisa ou perguntar a seus amigos mochileiros que já fizeram a mesma viagem antes.
      Se você precisa de recomendações sobre os melhores lugares para visitar durante um mochilão pela América, aqui está uma lista que pode ser útil:
       
         1. As melhores cidades dos EUA para visitar em 2021
      Se você estiver viajando para a América, aproveite a oportunidade de pousar em uma das mais conhecidas cidades do país. Pense em Nova York, Las Vegas e São Francisco.
      Pode ser um excelente ponto de partida antes de você fazer caminhadas, trekking e acampar. Uma ou duas noites nessas cidades já podem fazer uma grande diferença em sua jornada.
      Você também pode considerar tirar algumas horas do seu itinerário para visitar locais épicos próximos a essas cidades, como o Grand Canyon, que fica de duas a quatro horas de distância de Las Vegas ou Washington, e também fica perto da cidade de Nova York.
      Você pode reservar as passagens de ônibus da Greyhound com antecedência, assim você não terá que se preocupar em chegar a esses locais quando estiver na cidade.
       
         2. Lost Coast Trail no norte da Califórnia
      Se você decidir pousar em São Francisco, um dos destinos que você deve considerar é a Lost Coast Trail, na parte sul da área da baía. Se você está pronto para uma aventura na selva mas quer que ela seja relativamente curta, a Golden Coast da Califórnia é um dos melhores destinos para mochileiros que você deve adicionar à sua lista de desejos.
      As trilhas incluem Black Sands Beach, Mattole Beach e King Range National Conservation Area. Você sentirá o gostinho das dunas de areia e da escalada rochosa, o que é o tipo certo de experiência de mochilão para iniciantes.
       
         3. Parque Nacional Glacier em Montana
      O Parque Nacional Glacier é outro destino para mochileiros que você não deve perder ao viajar pela América. Com mais de 1.100 quilômetros de trilhas para caminhadas, lagos espetaculares, florestas intocadas e montanhas escarpadas, não há razão para não amar e não considerar a geleira como um paraíso definitivo para os caminhantes.
      Alguns dos melhores cenários que você pode querer conferir são o Muro e Túnel de Ptarmigan, a Trilha Highline, a Corrida de Eagle Falls e a Trilha dos Cedros. Se você planeja passar uma ou duas noites no sertão da Geleira, lembre-se de primeiro dar uma passada em um dos postos da guarda-florestal, como o escritório do interior do Apgar, para conseguir uma licença.
       
        Continue lendo em: Mochilão nos EUA: Os 5 Melhores Lugares para Visitar em 2021
    • Por Diogo Rodrigues
      Oi Pessoal!
      Meu nome é Diogo, e queria apresentar o meu canal no Youtube e site chamado "Uma Câmera na Mão e o Pé na Estrada"
      Nele mostro locais na natureza, trilhas, praias, cachoeiras, permacultura, e muitas outras experiências, sempre prezando pelo meio ambiente, e com a interação com o mesmo.
      Convido a quem quiser, se inscrever no canal, isso ajuda muito a mim, e além de entregar os vídeos novos pra quem se inscreve.
       
      "Quanto mais os anos passam, fico mais medroso, coloco a culpa na correria, no cansaço, ou no trabalho, mas eu tento sempre me forçar a arriscar, porque no momento que saio de casa pra fazer o que quero, tudo faz sentido. Eu quero chegar na velhice ainda fazendo coisas pela primeira vez."
       

      Endereço do canal: www.youtube.com/umacameraviagens
       
       
      Alguns vídeos do canal:
       
       
       
       
       
       
      Algumas fotos:

       

       

       

       

      Valeu pessoal, espero que gostem!
    • Por EletricFeel
      Oi, gente. Tudo bem?
      Nunca viajei por conta própria então tô arrancando minha cabeça de tanto coçar, cheia de dúvidas kkk
      Eu planejo ficar 24 dias na Grécia, entre jun/jul de 2022 (claro que isso é só se a pandemia estiver controlada)
      Meu desejo é ficar alguns dias em Atenas, Tessalônica, Milos, Santorini e nos meus últimos 4 dias, passar em Istambul.
      Quero muito conhecer Delfos também e queria passar pela ilha de Delos (existe alguma forma de ir sem ser saindo de Mykonos?)
      Em Tessalônica eu não terei gasto com hospedagem nem transporte, pois vou ficar na casa de alguns parentes (e acredito que ficarei 1 semana em média com eles, pois eles planejam fazer alguns passeios comigo)
      Eu não ligaria de cozinhar minha própria comida nos hostels, mas quero experimentar a comida local em alguns restaurantes bem típicos (típico mesmo, onde os locais costumam comer)
      Eu não tenho um roteiro muito certo, mas Atenas, Tessalônica, Milos, Santorini, Istambul e Delfos e Delos precisam estar nele
      O problema é que vou ter apenas 12 mil reais, vocês acham que dá? Que roteiros vocês me sugerem? Dicas pra economizar, etc?
      PFVR gente, eu me sinto muito perdida kkk 
×
×
  • Criar Novo...