Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Véio du Mato

Facas MORA

Posts Recomendados

Pessoal,

 

Depois de muito pesquisar, recentemente adquiri uma Mora Bushcraft Triflex.

Não conheço muito sobre aços e procedimentos, mas a faca é impressionante e muito resistente mesmo sendo HT. Um ponto negativo é a corrosão, pois alguns dias após sua chegada, a lâmina entrou em processo de oxidação em alguns pontos, como podem observar na foto abaixo.

 

20110607104700.JPG

 

Ainda não utilizei a faca severamente e desque que a tenho em mãos, deixei sempre guardada na bainha. O que me intriga é que a lâmina estava sem indícios de oxidação quando chegou e em menos de 45 dias, já está num estágio preocupante.

 

Pediria, aos cuteleiros de plantão, que me auxiliassem sobre qual procedimento adotar para eliminar ou minimizar tal fator.

 

Abraço

Edy

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Edy,

 

Você acaba de ser vítima do lado sombrio dos aços carbono! :o:mrgreen:

 

Mas o tratamento é relativamente simples e com eficácia aceitável. Primeiro, remova a oxidação presente; se for só superficial, basta esponja e sabão. Se já tiver "brocado" o aço, então um polimento em um motoesmeril com disco de jeans ou feltro e pedra-pomes fina farão a mágica. Se não tiver acesso a isso, uma lixa d'água 1200 ou 2000 também funcionarão.

 

Após isso, induza uma pátina na lâmina. Basta enrolar uma toalha de papel na lâmina e depois ensopá-la de vinagre ( de maça é melhor ); aguarde cerca de 1 hora e confira se ela ficou num tom acinzentado ( pode ficar um pouco marmorizado - parecendo o padrão de manchas de uma onça em tons de cinza - ) . Lave em água corrente e seque bem e depois passe uma camadinha de vaselina sólida na lâmina, o suficiente para formar uma película protetora. Esta é uma das receitas que irá minimizar o problema.

 

Não se preocupe, pois a quantidade de vaselina é tão pequena que você poderá usar a lâmina sempre que precisar sem ter que lavá-la. Não deixa gosto nos alimentos por exemplo.

 

Usou, lavou, secou e passou novamente o filme de vaselina! ::mmm:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cabral,

 

Agradeço o pronto atendimento ::otemo::

Seguindo as dicas, corre-se o risco de oxidar novamente?

 

Agora, além de limpar todos os equipamentos na volta do trekking, terei este para deixar a faca sempre em dia!

Tão logo faça o procedimento que você passou, postarei os resultados!

 

Abraço

Edy

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Edy,

 

O risco existe sim. Pense da seguinte forma: o aço carbono enferruja porque é muito reagente como oxigênio. A pátina induzida nada mais é que uma camada superficial já oxidada, portanto pouco reagente. Com a película de vaselina você cria uma barreira física entre esta camada já oxidada e pouco reativa e o O2 livre do ar.

 

Na prática o que se obtêm é uma super-hiper desaceleração do processo oxidativo, mas não sua paralisação absoluta! :o Para tal, a camada oxidada teria que ser mais espessa. Mas realisticamente falando, a ferrugem fica "bloqueada".

 

Lembre-se que o simples ato de manusear a faca e tocar em sua lâmina já abre pequenas brechas nesta "barreira". Note que após algum tempo da faca guardada, se você pegar um papel toalha e passar na lâmina, irá aparecer um leve tom ferruginoso no papel, demonstrando que o processo oxidativo está lá, de forma latente e muito lenta. Não se preocupe, pois com estes cuidados provavelmente sua faca terá uma vida mais longa que seus filhos ( que vamos colocar uma expectativa de vida média de 90 anos :D ), a não ser que o mato a mate primeiro! :mrgreen:

 

Edy, como eu e o Véio du Mato já debatemos antes, apesar de muito boa, acho que as Moras em Sandvik 12C27 são superiores às em aço 1095, pois tem maior estabilidade de fio e demandam muito, mas muito menos manutenção. E nunca é demais lembrar que em condições de mato, com toda a umidade, sujeira e a variedade enorme de ácidos orgânicos oriundos de animais ( suor, sangue, tecidos, etc ) e vegetais ( tânicos, etc ), um dos principais fatores de degradação do fio é a abrasão, que pode ser mecânica ( desgaste ) ou química ( corrosão/oxidação ).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só um adendo: a pátina normalmente só se induz uma vez; já o usou, lavou, secou é sempre! A vaselina pode ser só quando for guardada por maiores períodos ou se estiver em ambiente realmente agressivo, como orla marinha, pântano, ou área nevada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns pela compra!!!! ::otemo::

 

Passado o susto ::ahhhh:: a sua lâmina irá escurecer um pouco depois estabilizar, só uso o truque da vaselina quando chego de viagem, lavo e guardo a minha tralha por um tempo maior, pois no dia a dia basta mante-la limpa e seca. particularmente discordo do Dr. Cabral quanto retenção de corte sandvik 12c27 x aço 1095, mas essa discussão dá pano para manga, veja só: http://www.bladeforums.com/forums/showthread.php/825528-Mora-Triflex-Vs-Mora-Sandvik-12C27

 

me diga, já viu uma faca cortar mais?

 

inté...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meu caro Mestre VdM,

 

Na minha experiência, comparando a Mora Classic em 1095 vs a Mora 2010 em 12C27, a segunda é superior na retenção de fio.

 

Mas pode haver aí o meu viés em prol dos aços stainless... :oops:

 

Infelizmente o CutleryScience não está mais no ar; eu tenho a página salva na minha máquina, mas seria extenso postá-la aqui. Neste artigo do Cliff Stamp, que com certeza você conhece do Bladeforum e outros ( mesmo tendo sido banido em 2006 ) e que colocando-se de lado suas posturas irrascíveis ( que lhe valeram o banimento ), é um metalurgista estremamente respeitado no meio de cutelaria, sendo durante muito tempo consultor da Spyderco e outras marcas, e um entusiasta de cutelaria em geral.

 

Então "fotografei" uma parte da conclusão de seu teste, que acho que demonstra claramente sua posição:

 

Mora2000.jpg.791675a0461475d02f09d425206f9f06.jpg

 

Esta mesma opinião é amplamente corroborada por Larrin, um grande cuteleiro e filho de um dos maiores cuteleiros americanos. Ele não só endossa a opinião de Cliff, como vai além, e declara que em seu modo de ver o 13C27 está entre os melhores aços existentes para canivetes e que o 12C27 é quase imbatível em lâminas fixas! ::ahhhh::::ahhhh::

 

Com certeza a polêmica irá continuar... eu por via das dúvidas tenho lâminas em 1095, 12C27 e dentro em breve em 14C28N! :mrgreen::mrgreen:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dr. Cabral,

 

Não quero polemizar, uma das minhas facas preferidas é uma gerber em Sandvik 12c27, tenho uma Rapala muito parecida com a Mora em sandivik 12C27 também, mas gosto muito do aço carbono 1095, e como o Cliff mesmo concluiu, não é significativa a diferença. ::otemo::

o maior problema que vejo no aço carbono é escurecer a maçã quando se vai descasca-la! ::lol4:: HE HE HE!!!!

 

inté...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meu Mestre,

 

Longe de mim polemizar. O 1095 é muito bom, o problema é que sou preguiçoso com relação à manutenção... :oops::mrgreen:

 

Com relação ao atavismo adâmico, configurado na predileção pela maçã, é simples: como o fruto do dito pecado original era em realidade uma fruta asiática introduzida no oriente médio, a nossa conhecida e apreciada manga :o:shock: , ou passe um limão após cortá-la ou fique com a manga! ::hahaha::

 

Brincadeiras à parte, só reiterando para não deixar dúvidas: tanto o 1095 quando o 12C27 podem ser considerados de caracteristicas muito semelhantes em estabilidade de fio, resiliência e robustez quando em durezas semelhantes, cabendo ao 12C27 a única vantagem no quesito stainless. ::cool:::'>

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

he he he !!!!! ::lol4::

 

Maçãs e ácidos cítricos a parte, sou espiritualmente velho... até mais que cronológicamente, talvez seja por isso que dê tanto valor no visual vintage do aço carbono naturalmente escurecido. Edver, me desculpe, pois me sinto culpado por não ter lha advertido desta característica do aço carbono. ::putz::

 

Cabral, voltando aos stainless, estou surpreendido com 154cm do Skeletool, realmente é muito bom! viva o queridinho da américa!!! e onde achou aquela mini pé de cabra multi-tool já vi uns de titânio, o seu é de aço?

 

inté....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...