Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''capitólio''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas Rápidas
    • Perguntas e Respostas & Roteiros
  • Companhia para Viajar
  • Trilhas e Travessias
  • Equipamentos
  • Nomadismo e Mochilão roots
  • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Ocupação


Próximo Destino

Encontrado 6 registros

  1. Olá, pessoal! Há um tempo fiz uma viagem para Capitólio desde SP, onde passei um final de semana acampando no complexo Cascata Eco Parque. A viagem foi bem econômica e acho um estilo de trip legal pra gente recomeçar a viajar depois da quarentena. Para ajudar quem ainda pretende conhecer a cidade, fiz um artigo no meu blog Experiências na Mala contando em detalhes quais são os 5 MELHORES PASSEIOS (os mais imperdíveis), quanto custam e uma dica de roteiro para o final de semana. Clique aqui para conferir o artigo e aproveite para me seguir no instagram @experienciasnamala para ficar por dentro de mais dicas de viagens. Espero que gostem!
  2. Olá! Nós somos Los Estradeiros, dois grandes amigos viajando das mais diversas formas por esse Brasil afora. As vezes de fusca, as vezes de moto, as vezes de a pé e por ai vai. Viajamos SEMPRE com pouca grana, SEMPRE em busca de novas experiências, aprendizados, bons momentos, enfim tudo que a vida tem de bom pra nos mostrar. Temos um sonho de cair na estrada para viver uma longa aventura sem data para terminar. Nos ajude nessa, se inscreva no nosso CANAL NO YOUTUBE, somos meio malucos, mas muito divertidos https://www.youtube.com/c/LosEstradeiros SPOILER: Em nosso canal você vai encontrar VLOG's das nossas viagens, desafios em viagens (como: viajar de apé, viajar de bike), e uma série de comédia, onde nós somos 2 personagens vivendo as situações mais absurdas que você pode imaginar, cinemão de comédia mesmo. Enfim, tem muita coisa boa lá, não deixe de se inscrever Acesse nossas outras redes sociais: linktr.ee/losestradeiros Nossos relatos são DIÁRIOS das nossas viagens, ricos em detalhes das nossas EXPERIÊNCIAS pessoais, perrengues, momentos divertidos e também informações dos lugares que passamos e os CUSTOS da viagem. O relato de hoje vai ser sobre uma viagem que fizemos de FUSCA pela Serra da Canastra MG, nessa viagem conhecemos: - Paraíso perdido; - Capitólio; - Cachoeira Casca D'anta (parte alta e parte baixa); - Piscinas naturais da região; - Cachoeira do grotão. Ao todo percorremos 906km pela região, GASTAMOS UM TOTAL de R$ 844,20 (Sendo: $400 com gasolina, $78,2 com pedágios, $116 com mercado, $150 com camping, $80 no paraíso perdido e $20 na casca d'anta). Para garantir o melhor custo dormimos alguns dias em postos de gasolina e outros em um camping em São José do Barreiro MG, fizemos nossa comida todos os dias. Nessa playlist estão os 4 episódios dessa viagem: DIA ZERO (19/07/19) Tivemos um dia cheio, Gabriel em seu último dia de trabalho pré férias e eu passei o dia organizando as coisas da viagem e o logo do canal "Los Estradeiros", até aí tudo correndo como planejado. Bom, vou começar a nossa história indo direto para o final do dia. Por volta de 19:30, fui para casa do Gabriel buscá-lo, na volta estávamos indo em direção ao posto de gasolina, ainda perto da casa do Gabriel eis que a gasolina do Billy (o fusca) acaba (isso porque na hora estávamos falando sobre gasolina, coincidência ou não, não sei). Bom, tivemos que dar um jeito de voltar pra trás, Gabriel pegou sua moto e foi até o posto buscar gasolina. Depois de muito esforço finalmente conseguimos abastecer. Fomos para casa, chegando lá, mais um perrengue, a gasolina vazou por cima do tanque, tivemos que tirar um pouco em um galão para parar o vazamento. Feito isso organizamos as coisas no carro, jantamos e por volta de 1 am finalmente dormimos. DIA 01 (20/07/19) Acordamos as 5:30 am, tomamos aquele café top e as 7h saímos de casa, nosso destino é Paraíso Perdido em MG, após longos 310 km finalmente chegamos, sem nenhum problema com o Billy. Ao chegar no paraíso, descobrimos que teríamos que pagar, $40 por pessoa (valor fora de temporada), acabei induzindo o Biel a aceitar, pelo lado financeiro não foi nada bom, vamos ter que apertar os cintos, mas por outro lado, que lugar incrível. Grandes cânions em volta, muitas pedras e água para todo lado, várias quedas d'água, um verdadeiro paraíso. No final do dia, por volta de 18h, tomamos um banho e saímos do local, viemos em direção ao posto sul de Alpinópolis MG, e por aqui ficamos, fizemos nossa comida em baixo da janela do banheiro e por aqui dormimos por volta das 22:30. DIA 02 (21/07/19) Acordamos por volta de 5:30 am, tivemos uma péssima noite, porém dormimos mais do que na noite anterior. O carro é muito apertado, mas conseguimos nos ajeitar. Levantamos, tomamos um café da manhã, usamos o banheiro e as 7h saímos em direção ao nosso camping em São José do barreiro, camping tio zezico. Fizemos uma parada no meio do caminho no cânion de Capitólio, mas não sabemos se paramos no lugar certo. Nossa segunda parada foi na cidade de Piumhi para sacar dinheiro, uma cidade pequena mas com uma boa estrutura, porém toda cidade coberta de paralelepípedos. Chegando lá, encontramos um Bradesco e conseguimos sacar. De lá partimos para nosso camping, mais alguns km de estrada asfaltada, após passar por Vargem bonita só terra, estrada toda desnivelada, 20km de terra, após 150km finalmente chegamos no nosso camping, bem próximo a cachoeira casca dantas, um lugar muito bonito. O camping é muito simples, diária de 25 reais por pessoa, 2 banheiros (um deles falta telha) e uma grande área para acampar. Paramos o Billy e acampamos ao lado do rio São Francisco. Montamos nossa barraca, fizemos uma cozinha com pedras, pedaços de árvore e um plástico para evitar vento (a ideia mais sem sentido de toda viagem). Depois disso fomos conhecer as piscinas naturais que tem ao lado do camping. Passamos o dia mais tranquilos, ao final da tarde tomamos banho, por volta de 20h jantamos um Miojo top, depois jogamos um pouco 21 e logo pelas 22h fomos dormir. DIA 03 (22/07/19) Planejávamos acordar às 7:30, porém perdemos a hora, acordamos por volta de 9:30. Fizemos um café rápido, tomamos e fomos em direção a cachoeira casca d'anta. A cachoeira fica a 2km do nosso camping, fomos de a pé, chegando lá mais uma parte do nosso suado orçamento ficou na portaria, $20 para entrar. Fomos em direção a parte baixa da cachoeira, caminhada tranquila, 700m da portaria, um lugar incrível, a cachoeira é muito alta, a mais alta que já vi. Saímos de lá após um tempo e fomos em direção a parte alta, e dale subida, 3km só subindo, muita terra, pedra, mato, barro e tudo que mais se pode imaginar. Cansamos muito, paramos algumas vezes, escorregando outras, mas após 1h30min chegamos lá, na parte alta um rio se forma antes das quedas, de lá se vê tudo, montanhas, até são José do barreiro se vê, bem pequena a cidade. Vimos até nosso camping, bem pequeno lá de cima. Ficamos um pouco por lá, gravamos algumas story no Instagram, para falar da história do nosso projeto (canal no YouTube Los Estradeiros), recarregamos as energias e voltamos. Demoramos cerca de 1h para descer, escorregamos algumas vezes, mas não caímos. Após chegar lá em baixo comemoramos muito, mas nossos pés estavam fritando. Saímos de lá, tentamos pegar sinal no celular, mas nada, seguimos e já a noite chegamos no camping. Tomamos um banho, jantamos, enquanto jantávamos um rato quase subiu na minha perna, foi tenso. Após isso ficamos um pouco no fusca e por volta das 23h dormimos. Hoje está mais frio. DIA 04 (23/07/19) Acordamos por volta de 9:50, tomamos um café da manhã e fomos andar um pouco pela estrada, pegamos um pouco de internet, publicamos as fotos no Instagram do canal e seguimos pela estrada, mais a frente paramos em uma espécie de mirante e lá ficamos por um tempo, só pensando na vida. Passado um tempo um carro parou por lá, eu achei que tinham me chamado e fui até eles, mas eles só estavam vendo a cachoeira, eles riram de mim, o Gabriel riu muito, logo voltamos para o camping. Logo depois fomos almoçar. Hoje o almoço demorou um pouco mais, terminamos por volta de 16h. Lá pelas 17h demos um pulo nas piscinas naturais. As 18h voltamos e fomos tomar banho, depois do banho ficamos no fusca trocando ideia, quando de repente apareceu um cachorro chorando aqui. Passado um tempo projetei a luz da lanterna pela janela para fora do carro para procurar o cachorro e ele estava bem perto da janela, tomei um baita susto, o Gabriel riu muito. Após isso fomos jantar, comemos um miojo e voltamos para o Billy, ficamos conversando um pouco, jogamos um 21 e por volta de 22:30 fomos dormir. DIA 05 (24/07/19) Acordamos as 9h, tomamos um café, depois do café fomos arrumar o telhado do banheiro do camping (negociamos com a Neusa, a dona do camping a diária do dia seguinte, pois não teríamos grana para pagar). Logo depois fomos para a estrada pegar um sinal de internet. Depois voltamos para o camping e fomos para as piscinas naturais (descobri que o rio que passa ao lado da nossa barraca é o da Lagoinha). Ficamos um tempo na piscina, nadamos um pouco, o Biel ficou peidando na água (fazendo bolinhas), depois de um tempo voltamos para o camping para almoçar. Após o almoço arrumamos as coisas no carro e saímos para ver o pôr do sol no mirante. Após isso voltamos, tomamos um banho, gravamos o vídeo de apresentação do canal e fomos fazer a janta. No meio da janta o Biel lutou contra dois mosquitos gigantes enquanto eu protegia o molho e as salsichas, após isso ficamos tirando algumas fotos do céu e por volta de 22:30 dormirmos. DIA 06 (25/07/19) Acordamos as 5:30 AM, hoje tivemos um dia cheio. Após acordar arrumamos as coisas, tomamos um café e saímos do camping. Fomos em direção a Capitólio, chegando na cidade ficamos um pouco na lagoa principal, logo fomos conhecer a Prainha artificial, porém não é um lugar muito legal, um pouco sujo. Após isso fomos atrás de um adesivo da cidade, mas sem sucesso. Paramos na matriz e procuramos algum lugar para passar o dia, até que encontramos a cachoeira do grotão, que se dizia ser gratuita em um site, fomos até lá, cerca de 18km da cidade, sendo 12 de terra, chegamos lá, a novidade, tinha que pagar $15 por pessoa, ficamos tristes pois não tinhamos a grana, como já estava perto do almoço ficamos na portaria e íamos fazer comida por lá. Até que de repente chega um senhor em uma Mobilete (o Pezinho), disse que era o dono, logo começando a conversar com ele, fizemos amizade, expliquei a situação que estávamos sem dinheiro, ele, por ter gostado de nós, liberou nossa entrada de graça. Almoçamos por lá, passamos o dia, logo a tarde pezinho voltou, ficou um tempão lá conversando com a gente, muita conversa boa, na despedida ele explicou um caminho melhor para nós e seguimos, no caminho tinham uns bois e vacas na estrada, mas conseguimos passar. Paramos no mirante dos canyons de Capitólio (não entramos porque tinha que pagar), de lá fomos até o posto sul (o mesmo que dormimos no primeiro dia). Após um tempo lá resolvemos ir até a loja que tem em frente ao posto, uma loja de doces, queijos, etc Experimentamos uns doces, e TODAS as cachaças q tinham lá, saímos meio bêbados e não gastamos nada. Ficamos no carro conversando até a noite, depois jantamos, comemos uns chocolate e dormimos por volta de umas 23h. DIA 07 (26/07/19) Acordamos no posto por volta de 5:20, tomamos café, ganhamos um café preto da galera do restaurante. Por volta de 7h saímos. Chegamos em Jaguariúna as 11h. E assim termina essa longa viagem, foram 7 dias muito intensos pela serra da canastra, dias de novas experiências, de explorar novos horizontes, de fazer novas amizades. E assim fica a lição, permita-se, de a você esse presente de viver novas experiências, viver coisas que nunca imaginou, a felicidade está nas pequenas coisas e é isso que levamos dessa vida. Até a próxima
  3. Os Cânions de Capitólio e dicas sobre essa linda cidade. Uma cidade bonita e bem organizada. O turismo para conhecer os cânions de Capitólio ganhou mais força nos últimos 3 anos e com isso mudou a vida de muita gente. Este é o tipo de história que mais se ouve por lá. O maior exemplo é o do Gilson, do Gilson Passeios Náuticos, que de caseiro hoje é empresário com 10 lanchas que fazem o passeio pelos Cânions de Capitólio. Tive a oportunidade de conhecê-lo nos dando carona até o passeio. Falei nos no plural porque estava com a Natália, Americana em sua primeira viagem para fora dos EUA. O Gilson contou um pouco como rala para ser “patrão”. No embalo das oportunidades do crescimento da cidade, conheci mais dois casais, nos dois coincidentemente os homens são ex publicitários. Um deles é o Eduardo do Salvatore, que me recebeu em uma tarde quando bati em sua porta sem marcar nem avisar, e mesmo assim ele foi bem receptivo me contando todas as mudanças de caminho que já teve em dois anos de estabelecimento na cidade. Parece que depois de muito esforço estão conseguindo mudar um pouco ou pelo menos ampliar um pouco a visão dos moradores daqui sobre culinária. Estive lá e experimentei bife ancho angus com risoto de tomate e estavam muito bons. Vale conhecer! Saiba mais no Blog O Mundo em Lanches.
  4. Olá pessoal! Estou planejando uma viagem de férias para janeiro de 2019. A idéia é ir de carro de Joinville/SC a Rio Quente/GO. Vamos em um 4x4: eu, minha esposa e 2 crianças (6 e 2 anos). Esse é o trajeto de ida: Vou listar os pontos que pretendo parar e o que pretendemos fazer: - Embu das Artes/SP (2 dias): Visitar minha irmã e aproveitar para ver as feirinhas; - Capitólio/MG (4 dias): Passeio de lancha pela represa de Furnas / Passeio de 4x4 visitando os canyons, cachoeiras, pedreira, Serra da Canastra (Pensei em ir com meu carro mesmo, seria muito arriscado?). - Uberaba/MG (1 dia): Visitar o museu paleontológico de Uberaba e a Casa Torta. - Rio Quente/GO (5 dias): Parques (HotPark / Eko Aventura Park) e talvez aproveitar para conhecer Caldas Novas. A volta ainda não consegui definir, gostaria de outro caminho e aproveitar para conhecer mais lugares (aceito sugestões). Ahhh tenho disponivel 20 dias para a viagem... e pretendo não ficar mais que 6 horas na estrada, cada vez.
  5. Olá, pessoal! No início do mês, eu e minha namorada, fomos curtir nossas de férias em CAPITÓLIO e sim, o lugar é SENSACIONAL! Lindo, apaixonante.. E para quem duvida das fotos de Capitólio, não, elas não são fakes...RS A beleza de lá é indescritível. A cidade é pequena mas muito acolhedora. Os moradores são muito solícitos e simpáticos. Contudo, pela cidade ser pequena não possui muitas coisas para se fazer à noite, só restaurantes, pizzarias e um pub. Caixas eletrônicos só possui 1 do Bradesco e um banco próprio da cidade. Caixas 24 horas só em Pihim mais próximo de Capitólio e Passos à 17 km de distância. Algo que achei bem caro, foram os passeios, pois como não estávamos de carro, fizemos quase todos com guia e de 4x4. O passeio da Serra da Canastra, foi muito legal, lindas cachoeiras, vale ressaltar a beleza da cachoeira Casca D'anta depois de uma trilha de pouco mais de 30mim enfim chegamos na cachoeira talvez mais linda de Capitólio, porém, o mais caro, saindo a R$200,00 por pessoa, sem alimentação incluída e ao chegarmos lá tivemos que pagar para entrar nas cachoeiras ( total de R$ 15,00 por pessoa). Também fizemos o passeio de lancha, duração de 7 horas. (Obs: água quentinha). Nesse passeio fomos aos Cânions, passamos por cachoeiras incríveis e comemos uma deliciosa tilápia com bacon e queijo 😋 Agora, aventura mesmo passamos quando fomos à Trilha do Sol, pois fomos sozinhos, de ônibus (que passa somente 3 vezes ao dia na cidade) e sem guia. Para entrar na Trilha do Sol, paga-se R$40,00 por pessoa e você pode ficar até às 17 horas. Lá possui três lindas cachoeiras e a trilha para chegar nelas é bem tranquila. Para os desavisados, vale avisar que o restaurante mais próximo da Trilha do Sol é a 2km da trilha, para quem for de ônibus preparem-se se para almoçar no Turvo. Lá terão ótimas opções de restaurantes e outros passeios como de helicóptero num valor justo de R$ 100,00 por pessoa. E em nosso último dia de passeios, fomos conhecer Pedreira, a hidroelétrica de Furnas, Paraíso Proibido, Paraíso Perdido e Mirante dos Cânions ( Que vista!), Ir a Capitólio e não ir ao Mirante não poooode!! Obrigado a todos que de alguma forma nos ajudaram com dicas de passeios, viajem, locais para alimentação, preços, entre outras coisas. Sugestões de Empresas: Hospedagem: Hostel Casarão Capitólio - Ótimo Atendimento, estrutura e Custo Benefícios, super recomendo Passeios : Escarpas Tour e Rezende Passeios 4X4 - Profissionais responsáveis e atendidos - Particularmente devido ao tempo ruim o passeio ao paraíso perdido e proibido não conseguimos aproveitar suficiente. Restaurante - Tropeiro e Scarpas Bier House Até a próxima, viajem!
  6. Férias! Finalmente... Porém não tive tempo de planejar muito bem, a data veio meio de surpresa. Minha irmã decidiu embarcar na aventura. Pegamos o carro às 00:30 de terça no RJ, era um dia frio e chuvoso, mas insisti. Nunca acredito nas previsões do tempo, nem mudo de idéia por causa delas. . Na estrada chuva e uma parte com nevoeiro na BR-354 ( guardem esse nome), pista de mão dupla, estreita... não recomendo passar por lá com o tempo assim, muitos galhos caidos e pouca visibilidade. Chegamos no hotel às 10:30( demoramos por conta do tempo. Ficamos no Rib's Hotel, localizado em Piumhi, distante 20 km do trevo de Capitólio. Diária= 149,00/ 2 pessoas. Somando 5,10+ 5,10 do pedagio + gasolina = 18, ainda assim saiu mais barato que todas as hospedagens que pesquisei. O café da manhã é muiiito bom! Camas e chuveiro excelentes. Terça- feira: Desembarcamos as malas, tomamos um banho, uma esticada nas pernas e fomos almoçar no restaurante Tropeiro ( indicado pelo gerente do hotel). Comida muito boa, preço justo. O tempo estava bem ruim, não daria pra aproveitar uma cachoeira . Então fomos conhecer a Usina de Furnas, que fica 40 km distante do trevo de capitolio. Na volta paramos no mirante do Canion.. liiindo. Valtamos à Capitolio, olhamos os mercados e compramos algumas coisas para o dia seguinte. Quarta- feira O sol apareceu e em homenagem a ele fizemos a Trilha do Sol. A entrada beira a MG050, sobe de carro 4 km por estrada de terra até chega na Pousada. Lá paga-se 35,00. A trilha é super tranquila, composta por 3 quedas d'agua ( Grito, Poço Dourado e No limite). Passamos o dia lá, cachoeira pra nós duas apenas. Algumas pessoas encontramos pelo caminho, mas iam embora rápido. Levamos uma bolsa térmica com cervejas( está escrito que não pode, mas burlamos o sistema....rs). Saimos por volta das 15h e fomos para Lagoa Azul 20,00, de novo cachu só pra gente. Fializamos o dia no Tropeiro, bebendo cerveja e comendo aperitivo. Não há absolutamente nada pra ser feito na cidade, então a idéia e dormir cedo. Quinta-feira Mais um dia de sol, fizemos Paraíso Perdido. Fica depois da entrada de Furnas, então calculo 46km do trevo de capitolio. O lugar é lindo, você sobe a cachoeira a pé. Quando chegamos, mais ou menos às 10:30 , havia algumas pessoas, porém 1 hr depois estavamos sozinhas novamente. Cachoeira só nossa! Levamos cerveja( está escrito que não pode) e lanche. Lá passamos o dia. Queríamos relaxar e curtir cada minuto daquele paraíso vazioooo. Saindo de lá, tentamos cachoeira do Lobo, mas fica distante 20 km do trevo de capitolio, chegamos quase às 18h e foi recomendado que para não entrar Voltamos e paramos no Tropeiro..kkkk Sexta- feira Arrumamos as malas, colocamos no carro. Hoje era o dia de ir pra Canastra no final do dia,então tomamos café e fomos curtir o resto do dia em Capitolio. Fizemos o passeio de lancha de 2h( 70,00). Lindo ver os Canions ali debaixo. Agua boa demais para tomar banho. Saimos do passeio direto para o Restaurante do Rio Turvo, comemos a famosaTraíra recheada. boooooa demais. 76,00 para duas pessoas. Dali fomos para a Cascatinha. Fica em frente ao Mirante do Canion, mas do outro lado da pista. É tipo Paraiso Perdido com menos agua. De lá fomos pra São Roque de Minas, porta de entrada pro Parque da Serra da Canastra.
×
×
  • Criar Novo...