Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''diamantina''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas Rápidas
    • Perguntas e Respostas & Roteiros
    • Cupons de Desconto
  • Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Companhia para Viajar
  • Equipamentos
  • Trilhas e Travessias
  • Nomadismo e Mochilão roots
  • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Ocupação


Próximo Destino

Encontrado 4 registros

  1. Olá! Gostaria de saber se ao chegar em Lençóis consigo contratar um guia no mesmo dia ou preciso acertar previamente? Qual a média de preços com o transporte incluso?
  2. vmesquita

    Diamantina

    Estive estes últimos dias em Diamantina/MG, cidade histórica famosa pela corrida por diamantes no século XIX, por ser a cidade natal de JK e mais recentemente por servir de cenário para a minissérie "A Cura" da Rede Globo. Como não encontrei quase nada no site sobre esta cidade, gostaria de compartilhar algumas dicas. [t1] Museus e atrativos turísticos[/t1] A cidade não possui muitos, e podem ser todos visitados em somente um dia. São os seguintes: Casa da Chica da Silva - Local onde morou a poderosa Chica da Silva, negra escrava amante do comendador João Fernandes, que por isso conseguiu bastante status na sociedade daquela época. Entrada gratuita. Museu do Diamante - Possui vários artefatos do século XIX, bastante interessante. Entrada R$ 1 Museu casa de JK - Casa onde morou o ex-presidente na infância. Muitos objetos de época e fatos interessantes sobre JK. Entrada R$ 2. Casa da Glória - Um antigo convento, hoje utilizado como alojamento de estudantes e faculdade de Geologia. Este atrativo em particular não achei muito interessante, não há dentro dele nenhum tipo de explicação sobre a época de convento. É simplesmente um prédio antigo usado hoje com outra finalidade. Entrada R$ 1 Existem também outros atrativos que podem ser visitados por fora, como diversas Igrejas e o caminho dos escravos. Mercado da Cidade - Aos sábados ocorre uma feira muito interessante, com comidas típicas a preços populares e artesanatos. [t1]EcoTurismo[/t1] Diamantina possui 2 parques: o Parque Nacional das Sempre Vivas e o Parque Estadual do Biribiri. Neste último podem ser encontradas as 2 cachoeiras mais famosas da cidade: Sentinela e Cristais. O parque é cortado por uma estrada de Terra por onde se chegam às cachoeiras e a um mirante. Existem várias outras cachoeiras acessíveis por estradas de terra e trilhas. Também por estrada de Terra pode-se chegar aos distritos de Milho verde e São Gonçalo de Rio das Pedras.(ver mapa no final) [t1]Como chegar?[/t1] Ônibus - Saindo de BH em diversos horários, pelas empresas Cometa e Útil. Carro - Pela BR-367, as estradas de BH até Diamantina estão em ótimo estado. Avião - A TRIP disponibiliza vôos de Belo Horizonte para Diamantina. [t1]Hospedagem[/t1] Bom neste item não posso ajudar muito, fiquei na casa de amigos. Mas se alguém tiver dicas, eu edito e coloco aqui. [t1]Dicas Importantes:[/t1] Vá na secretaria de Turismo (Praça Antônio Eulálio,53) e obtenha o mapa das atrações, tanto as culturais como as ecológicas. Os mapas são muito bem feitos, você pode baixá-los clicando nas imagens abaixo: (depois que abrir em outra janela clique de novo para ver em alta resolução e salvar) A cidade é toda pavimentada com pedras então, para as mulheres, salto nem pensar! OBS: A idéia deste tópico foi compartilhar um pouco do que aprendi sobre a cidade tendo em vista a escassez de informações no fórum. Caso alguém queira colaborar, posso ir enriquecendo este tópico.
  3. Povo da mochila, vou fazer um relato diferente, um relato mais fotográfico. Achei Diamantina uma cidade incrivelmente fotogênica e bem conservadinha! Cheguei no sábado, 31 de maio ao meio-dia e fui embora no domingo, 01 de junho, ao meio-dia. Tempo já meio friozinho, apesar de estar no Norte de Minas, Diamantina está no alto da Serra do Espinhaço entre 1200 e 1300 metros de altitude, peguei temperaturas entre 11 e 20 graus, nada demais, bem parecido com o que tá fazendo aqui na minha cidade, então, indo no meio do ano, prepare-se um pouquinho para o Só faltava Diamantina das cidades históricas mineiras pra eu conhecer. Moro em uma cidade bem no meio do circuito histórico mais famoso de Minas, do lado de Congonhas, perto de Ouro Preto/Mariana e São João del Rey/Tiradentes. Essas cidades fazem parte do meu cotidiano. Já Diamantina tá na contra mão dessas cidades, fica pro outro lado e não é logo ali São 5 horas de ônibus de BH até lá, com uma paradinha pra lanche de uns 15 a 20 minutos na rodoviária de Curvelo. A maioria das pessoas que vem a Minas seguem pro sul de BH, onde está a maioria das cidades históricas e estão mais próximas que Diamantina, lá bem pro norte... Por isso Diamantina não parece tão procurada pelos turistas. Mas dá pra fazer um bom roteiro pro norte sim! Tem Sete Lagoas e a Gruta Rei do Mato, depois tem a Gruta de Maquiné, dali pode ir seguindo pro Serro e Diamantina e tem muitas vilas e cidadezinhas interessantes por ali, cachoeiras e tantos outros atrativos. Fiquei no Diamantina Hostel. É o único hostel da cidade, filiado a rede HI, mas bem caidinho perto de outros hostels da rede. Não vou dizer que é sujo, mas também não é lá um padrão de limpeza... O hostel tava beeeem vazio, o recepcionista disse que so tinha eu, um russo num outro quarto e uma família no outro. Depois vi mais 2 hospedes que podem ter chegado mais tarde, mas era fim de semana de vesperata em Diamantina e não tinha nem 10 hospedes no hostel!! Acho que ali só vai lotar no carnaval mesmo!! O café da manhã é beeeeem simples, mas até dou razão, não tem como fazer muitas coisas se não tem hospedes pra consumir né! Diária pra alberguista por 32 reais. Ele fica um pouco afastado do centro, uns 10 ou 15 minutos a pé e morro acima!! Já as pousadas ficam a maioria bem no centro mesmo. o problema das pousadas é que nos fins de semana de vesperata elas não fazem hospedagem por diária, mas a maioria, pra não dizer todas, só fecham um pacote pra entrada na sexta até domingo e não são lá muito econômicas, então a saída pra solitários viajantes é hostel mesmo, mas não espere encontrar e conhecer mta gente lá, acho q não vai ter hehehe. Meu quarto tinha 6 camas e só 4 locker, mas isso não deve ser problema lá... Então, segue um relato fotográfico abaixo!!! Diamantina não é cheia de ladeiras como Ouro Preto. A cidade está numa vertente. Geograficamente explicando, é uma ladeira só, uma cidade inclinada, ou seja, vc sobe e obviamente depois desce, ou o contrário, mas não fica subindo e descendo sem parar, como em Ouro Preto ou aki na minha cidade :'>
×
×
  • Criar Novo...