Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
RosanaSpider

Rota Romantica - Perguntas e Respostas

Posts Recomendados

Pessoal, tudo bem?

 

Estou pensando em viajar em Setembro para Amsterda, Bruxelas e Alemanha, incluindo Rota Romantica e Oktoberfest. Sei que ja estou um pouco atrasado para isso, mas nao tem jeito, antes de sair de ferias e necessario trabalhar muito ne? :)

 

Enfim, segue abaixo meu roteiro:

 

RJ x Amsterda - 13/09 (Aviao)

Amsterda - 14-15-16/09

Amsterda x Bruxelas - 17/09 (Trem)

Bruxelas x Bruges x Bruxelas - 18/09 (Trem) (Opcional, podemos retirar se ficar muito apertado)

Bruxelas x Frankfurt x Wurzburg - 19/09 (De trem ate Frankfurt e alugando carro para ir a Wurzburg)

Wurzburg x Rothenburg - 20/09

Rothenburg x Augburg - 21/09

Augsburg x Fussen - 22/09

Fussen x Munique - 23/09

Munique - 24-25/09

Munique x Praga - 26/09 (Trem)

Praga x Cesky Krunlov x Praga - 27/09 (Trem) (Opcional, podemos retirar se ficar muito apertado)

Praga x RJ - 28/09 (Aviao)

 

Tenho ainda algumas duvidas, o Jonas Schwertner ja me ajudou bastante, mas resolvi compartilhar aqui, por isso irei colocar algumas duvidas que ainda tenho aqui:

 

1 - 3 dias e meio em Amsterda é muito? Estou achando que sim.

2 - Vale a pena fazer um bate e volta para Bruges contando que teremos apenas 1 dia e meio para conhecer Bruxelas e Bruges?

3 - 4 dias para a Rota Romantica esta bom?

4 - Pelo o que li, muita gente indica ficar mais tempo em Fussen e tb ja li que nao vale a pena pernoitar em Wurzburg, o que cortaria uma noite e com isso poderia ter mais tempo em Fussen, o que acham? Lembrando que gostaria de conhecer quase todas as cidadezinhas que tem na Rota, o que com certeza demandara algum tempo.

5 - Quais cidades da Rota vcs indicariam uma parada?

6 - Tb li o pessoal dizendo que nao gostou de Augsburg, indicariam outra cidade por perto para pernoitar?

7 - Em Munique ficarei 3 dias, sendo que 1 dia ja esta reservado para Oktoberfest, acham que o tempo está bom?

8 - Gostaria da indicacao de voces para hoteis em Munique, hoteis que nao sejam tao perto da Oktoberfest pois ja estao carissimos, mas que sejam perto de metro/trem...

 

Sei que e bastante coisa, mas sao muitas as duvidas... Abs....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

J.C.,

 

4 dias na Rota Romântica é um tempo razoável, o único problema é que seu roteiro perde muito tempo em deslocamentos e poderá ter dificuldades para conciliar horários das atrações abertas : igrejas, museus, fortalezas e castelos que encontrará pelo caminho tem horários restritos de visitação. Você terá que priorizar com antecedência o que deseja ver e montar um quebra cabeça engenhoso para aproveitar bem a região. Dá trabalho, mas é possível fazer.

 

Agora o principal problema que vejo é o tempo curto demais para aproveitar as atrações das cidades maiores, tipo Munique e Praga. Dois dias livres em Munique já é muito pouco, imagine ainda mais na época da oktoberfest. Tenha mente que só o castelo de praga levam aproximadamente o dia inteiro para visitar com calma. No seu caso eu ficaria em Munique mesmo e deixaria Praga para a próxima vez.

 

Um boa opção seria pernoitar mais de uma noite em Fussen para visitar a região dos Alpes : abadia de Ettal, Wieskirche, Linderhof, Oberamergau, Garmirsch, os lagos alpinos , etc, enfim tem muitas opções pertinhos da rota romântica e munique que podem ser exploradas. Uma opção a Wurzburg seria Heidelberg, que eu particularmente considero muitissimo mais interessante. Já em relação a Augsburg, algumas pessoas preferem pernoitar em Nordlingen ou Landberg am Lech, vai do gosto pessoal de cada um.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tinha um roteiro montado com quase todas essas cidades e na mesma época, então sei dos problemas que se enfrenta. Um deles o Mario já falou, Munique em plena Oktoberfest. Eu tirei o pernoite em Munique por conta disso. Pois o festival em si não me atrai e significaria custos 3 vezes maiores.

 

Um problema do seu roteiro é esse aqui:

 

roteiros-europa-dicas-baseadas-em-duvidas-recorrentes-t69621-15.html#p793260

 

Outro ponto é que você trocará de hotel bilhões de vezes. Viajantes mais experientes recomendam montar uma base central e fazer bate e volta aos lugares. Sim, isso acrescenta uma viagem extra para voltar à "base", mas são viagens sem malas, poupando ainda a necessidade de fazer e desfazer malas, de se adaptar a novos hotéis, a novas cidades, descobrir onde ficam as coisas, etc.

 

Você não tem 3 dias e meio em Amsterdam. Tem 3 dias e o que vier a mais é lucro. Não dá para contar com o dia da chegada, quando muitos imprevistos podem acontecer e você ainda estará quebrado por mais de 10h de vôo e jet lag. Acho essencial não deixar nada apertado no início e no fim da viagem, que são os pontos críticos. Um pelo cansaço do vôo e a adaptação, outro porque você já estará com cansaço acumulado da viagem inteira.

 

O bate e volta a Bruges vai ser uma questão de prioridade. PRa mim, Bruges seria a prioridade e Bruxelas seria lucro. Se pra você for o contrário, então aproveite Bruxelas e vá a Bruges se der tempo.

 

Eu já li (e muuito) que Würzburg é uma cidade que vale a pena, inclusive com pernoite, mas isso é obviamente uma medida pessoal.

 

Não é possível (e muito provavelmente nem desejável) conhecer quase todas as cidades da rota. São muitas. De qualquer forma, a opinião de muita gente é que são parecidas demais e que é melhor focar em apenas algumas. Mais populares são Rothenburg OdT, Nördlingen, Dinkelsbühl, Würzburg e Füssen. Heidelberg, sugerida pelo Mario, fica em outra rota. Mas isso é uma bobagem, puro marketing turístico. Estando de carro e sendo próximas as cidades, você visita o que quiser.

 

Augsburg não é uma opção muito popular tendo em vista que várias outras da rota são consideradas mais belas. Nordlingen fica bem próxima e pode ser uma alternativa mais interessante de noite, quando os turistas vão embora e a cidade fica só para você.

 

Por fim, fugindo um pouco do tópico, Chegar em Praga e já pensar em ir pra Cesky Krumlov é "nunca-cheguismo":

 

http://www.viajenaviagem.com/2010/02/o-turista-nunca-chega-2/

 

2 noites em Praga já é pouca coisa, imagina fazendo desse jeito ...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

MarioJr e Marcos, muito obrigado pelas respostas. Segue abaixo alguns comentarios:

 

1 - Nao vejo muita solucao em fazer a Rota Romantica sem trocar de hotel, voces veem? Nao acho que seria viavel montar uma base numa cidade e ficar fazendo bate e volta. Por isso esses pernoites nessas cidades. Como falei, ja estava pensando em cortar o pernoite em uma das cidades, provavelmente Augsburg e ficar 2 noites em Fussen, acho que farei isso mesmo, entao ficaria o seguinte: Pegar o carro em Frankfurt, passar por Wurzburg e pernoitar em Rothenburg. Proximo pernoite em Landberg e por final Fussen, com 2 noites. Achei muito perto Nordlingen de Rothenburg e achei Heidelberg meio fora da rota, o que poderia gerar algum atraso no nosso cronograma. O que acham?

 

2 - Uma coisa que me deixou preocupado foi com relacao aos horarios, que o MarioJr falou dos museus, igrejas e fortalezas e castelos das cidades menores que visitaremos na Rota Romantica. Pelo o que conheco, o horario de visitacao desses lugares varia entre 9-10 da manha ate as 17-18 nao e isso? Talvez o que possa complicar seria as visitas guiadas em algum castelo, mas pelo o que li, na rota romantica nao teremos muitos castelos, entao acho que nao teremos muitos problemas com isso.

 

3 - Com relacao a Munique, realmente acho pouco tempo, mas pelo o que li, o que perde mais tempo seria indo a Dachau, mas minha esposa nao quer ir. A ideia de ficar 2 noites em Fussen seria poder aproveitar bem Fussen e poder sair cedo, indo direto pra Munique. Com isso teriamos 1 tarde em Munique, mais 2 dias completos, sendo que 1 seria para a Oktoberfest. Vcs acham que nao da tempo que conhecer Munique nesse tempo?

 

4 - Outro problemas em Munique é com relacao ao custo dos hoteis. Nas minhas pesquisas a diaria esta saindo por volta de 400, 500 reais, bem caro. Alguem tem alguma indicacao de hotel numa area um pouco mais afastada, mas que seja perto de metro ou trem e que seja mais barato que isso?

 

5 - Como disse, ir a Cesky Krunlov seria uma opcao que avaliariamos mediante nosso cronograma, mas pelo visto nao dara tempo.

 

Mais uma vez obrigado e abracos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A solução é a que falei, mas se não te agrada, o jeito é trocar de hotéis. O importante é ter em mente que em ambos os casos há desvantagens e na minha opinião e na de muita gente a troca é um inconveniente maior. Você mal se estabelece num lugar e já vai sair.

 

Sim, o horário costuma variar nesse intervalo de tempo. Mas não pense que isso é muito. Primeiro, porque você tem que sair de uma cidade e chegar à outra. Não é incomum pegar engarrafamentos na rota romântica. Tem os atrasos de cada dia, pausa para o almoço, quando você viu, o dia foi embora. Em alguns lugares, como já disse o Mário, o passeio pode durar um dia inteiro.

 

Munique, assim como todas as cidades, não se resume a "atrações". A cidade em si é uma atração e é bem maior do que as que você vai ver na rota. Se vai dar tempo, isso você só vai ter certeza na hora. Saiba apenas que normalmente as pessoas precisam de mais tempo. Por fim, é o que sempre digo, tempo nunca sobra de verdade. Se enjoou de Munique, há dezenas de possibilidades interessantes nos arredores. Um bate e volta a Garmisch Partenkirchen e o Zugspitze, Salzburg, Nuremberg, Herrenchiemsee, as opções são muitas, pesquise e verá.

 

Munique toda é cara na Oktoberfest, não tem jeito. Se essa diária é para quarto duplo, tá até barato ...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
MarioJr e Marcos, muito obrigado pelas respostas. Segue abaixo alguns comentarios:

 

1 - Nao vejo muita solucao em fazer a Rota Romantica sem trocar de hotel, voces veem? Nao acho que seria viavel montar uma base numa cidade e ficar fazendo bate e volta. Por isso esses pernoites nessas cidades. Como falei, ja estava pensando em cortar o pernoite em uma das cidades, provavelmente Augsburg e ficar 2 noites em Fussen, acho que farei isso mesmo, entao ficaria o seguinte: Pegar o carro em Frankfurt, passar por Wurzburg e pernoitar em Rothenburg. Proximo pernoite em Landberg e por final Fussen, com 2 noites. Achei muito perto Nordlingen de Rothenburg e achei Heidelberg meio fora da rota, o que poderia gerar algum atraso no nosso cronograma. O que acham?

 

Falei em Heidelberg mais como uma forma de "compensação" à sugestão de tirar a Republica Tcheca do seu roteiro. Pensando assim, Heidelberg fica muito menos fora de roteiro que a Bohemia :lol: . Aliás, você já ouviu falar da rota dos castelos ? Se não conhece ainda a burgenstrasse dá uma olhada aqui em que descrevo justamente o trecho entre Heidelberg e Rothenburg obt :

 

8-dias-alemanha-e-austria-do-natal-em-innsbruck-a-reveillon-em-frankfurt-2013-com-fotos-t79486.html#p818452

 

2 - Uma coisa que me deixou preocupado foi com relacao aos horarios, que o MarioJr falou dos museus, igrejas e fortalezas e castelos das cidades menores que visitaremos na Rota Romantica. Pelo o que conheco, o horario de visitacao desses lugares varia entre 9-10 da manha ate as 17-18 nao e isso? Talvez o que possa complicar seria as visitas guiadas em algum castelo, mas pelo o que li, na rota romantica nao teremos muitos castelos, entao acho que nao teremos muitos problemas com isso.

 

Esses horários que você citou são comuns no verão, precisaria pesquisar nos sites das atrações, mas se você viajar realmente em Setembro talvez não precise se preocupar muito com isso. Mas lembre-se de que quanto mais próximo do inverno estiver, mais restritos os horários ficam, especialmente em cidades pequenas como Rothenberg obt e outras da rota Romântica.

 

3 - Com relacao a Munique, realmente acho pouco tempo, mas pelo o que li, o que perde mais tempo seria indo a Dachau, mas minha esposa nao quer ir. A ideia de ficar 2 noites em Fussen seria poder aproveitar bem Fussen e poder sair cedo, indo direto pra Munique. Com isso teriamos 1 tarde em Munique, mais 2 dias completos, sendo que 1 seria para a Oktoberfest. Vcs acham que nao da tempo que conhecer Munique nesse tempo?

 

4 - Outro problemas em Munique é com relacao ao custo dos hoteis. Nas minhas pesquisas a diaria esta saindo por volta de 400, 500 reais, bem caro. Alguem tem alguma indicacao de hotel numa area um pouco mais afastada, mas que seja perto de metro ou trem e que seja mais barato que isso?

 

É realmente muito pouco tempo para Munique. Como o Marcos falou, a cidade em si já é uma atração. E a hospedagem nesse valor se for próximo ao parque até que não está muito caro não, pois quando fui em maio (baixa temporada) as diárias mais em conta por lá em hoteis razoaveis custavam de 100 a 150 euros. Já procurou nos ibis e mercures espalhados na cidade?

 

5 - Como disse, ir a Cesky Krunlov seria uma opcao que avaliariamos mediante nosso cronograma, mas pelo visto nao dara tempo.

 

Definitivamente não dá tempo, por isso sugiro a burgenstrasse.

 

Mais uma vez obrigado e abracos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal, vou fazer um breve relato de minha viagem de fim do ano para a rota romântica.

Infelizmente ainda não aprendi a postar fotos de alguma forma que não demore tanto pra carregar, pois minhas fotos são pesadas. Se alguém puder me ensinar, eu posto algumas que ficaram bem legais.

Bom, sou fascinado pela Alemanha. Em minha última viagem à Alemanha, decidi fazer algo que muita gente não costuma fazer. Assim como eu, todo mundo em uma viagem quer conhecer o máximo de lugares que der e a viagem acaba sendo muito rápida. E diferente do que achamos, quando você decide fazer uma viagem de muito tempo mas em poucos lugares, é incrível como você consegue viver aquele dia-a-dia das pessoas que moram lá. É fantástico aprender novos estilos de vida, novas idas ao trabalho, ao mercado, é como se você morasse de verdade no lugar por apenas alguns dias. Você se sente mais à vontade e esquece daquela correria que sempre temos quando o tempo é curto e os lugares são muitos.

Então, reservei 15 dias apenas para a Alemanha.

Por meses pesquisei aqui no mochileiros e acabei por fazendo meu roteiro final desta forma:

Cheguei em Frankfurt e passei 2 dias lá (já havia ido no verão, outra cara). Fiquei em um hostel bem próximo à estação central de Frankfurt, onde lá, pequei o carro pela Sixt (recomendo muito). Não tinha o carro que reservei que era um sedan econômico e só tinha outro carro que parecia uma perua, não curto. Então a mulher me ofereceu, por mais 100 euros no valor total, um Audi A4 station wagon. Não pensei duas vezes e peguei o carro. Fantástico! Andar nas Autobahns a 180 km é sensacional. Melhor ainda é ver carros ultrapassando você com a maior facilidade. Tudo é muito seguro e muito bem sinalizado. Em nevascas os letreiros eletrônicos todos avisavam os problemas e todo mundo respeitava as velocidades.

 

De Frankfurt passei por Wurzburg. Cidade muito bonitinha. Fiquei em um hotel bem na frente da famosa Ponte e do lado da fortaleza de Wurzburg. Infelizmente no dia que fui a fortaleza estava fechada mas fomos até lá (ela fica em cima de uma montanha) e tiramos umas fotos. Mas passamos dois dias passeando pelo centro, muito aconchegante. Lá tem duas igrejas bem bonitinhas. Uma, por sinal, é romântica e bem bonita. Também tem uma bem grande na praça central onde estava a feirinha de natal. Vale a pena passar.

Depois fomos para Weikersheim. Cidade minúscula e muito aconhegante. Passamos apenas uma manhã pois não tem muito o que fazer. Passeamos pelo centro, não tinha quase nada aberto. A cidade é toda decorada, com uma casa mais bonita que a outra, bem estilo Alemão (lógico, né?). Mas vale a pena passar.

Depois fomos para Rothenburg Ob der Tauber. Essa não tem como não passar. A cidade é linda. Dentro dela não entra carro (só uns autorizados eu acho, pois tinham alguns). Vale a pena subir na torre da igreja que olha a cidade toda de cima. Vale a pena, também, andar pela muralha. A cidade é fantástica. Cheia de neve e com as feiras de natal, então, imperdível.

De lá fomos para Nordlingen. Cidade parecida com Rothenburg. É rodeada por muralhas. Mas não tem o mesmo encanto. A cidade é bonitinha, dormimos lá. Vale a pena conhecer. O curioso dela é que ela foi construída em cima da cratera de um meteoro que caiu...

De lá fizemos uma parada no castelo que tem na cidade de Harburg. Esse castelo é muito lindo. Vale muito a pena.

De lá demos uma paradinha em Donauworth. Cidade também pequena e vale a pena uma parada rápida. Estacionamos e andamos a pé por ela. Ela não foge dos padrões rota romântica.

De lá pulamos pra Augsburg que achei grande e perde o charme um pouco. Não vale muito a pena.

Landsberg Am Lech eu achei sensacional. Tem uma igreja enorme na pracinha central onde estava a feira de natal. A cidade é pequena e muito bonitinha.

Bom, e agora pra mim a melhor parte da rota. De landsberg fomos direto para Garmisch. Pessoal, essa é a cidade mais linda que já fui na vida. Um dia eu vou morar lá. A paisagem antes de chegar nela é impressionante. A rota é toda em planices aí do nada aparece uma enorme montanha. Depois de um tempinho aparece outra. Depois outras. Quando você se depara está no meio de várias montanhas cobertas de neve. É impressionante. Eu amei aquele lugar. Não sabia se dirigia ou se olhava a paisagem ao redor. É imperdível. Não parava de pedir pra minha namorada tirar várias fotos.

Ficamos dois dias lá e em breve voltarei. A cidade pede um dia, pelas minhas pesquisas eu sabia que ia me fascinar então coloquei 2 porque amo lugares como estes. A cidade é rodeada por alpes e a montanha mais famosa para subir ao topo, que por sinal, é o topo da Alemanha é o Zugspitze. A maior decepção da minha vida foi não poder subir naquele lugar. Por isso eu vou voltar. Os dois dias estavam nublados e sem visão alguma lá no topo. Tem um site com câmeras do topo da montanha para você ver como está o tempo lá em cima.

Uma curiosidade é que esta montanha crava bem na fronteira da Alemanha com a Áustria e antigamente as pessoas que subiam pelo lado Alemão (por garmisch) tinham seus passaportes carimbados no topo pois o topo dela pertence a Áustria. hahahaha

A cidade é fantástica. Estava tomada de neve. Infelizmente não consigo por as fotos. hahahha

O lago Eibsee é muito lindo. Tiramos muitas fotos lá.

De lá fomos para Fussen. Cidade muito bonitinha. Mas andamos rápido e subimos no castelo Neuschweinstein (n sei se escrevi certo). O castelo é bem bonito, vale muito a pena. No outro castelo do rei Ludwig que fica em fussen não subimos pois a nevasca estava muito forte. Decidimos voltar.

Demos uma passada na cidade

De fussen fomos até innsbruck na Áustria paara ir no museu do Swarovski que minha namorada tanto queria. Eu já tinha pesquisado muito sobre innsbruck e é uma cidade grandinha mas infelizmente estava MUITO nublado. E ela, também, é rodeada pelos alpes mas não víamos nada. (frustração).

O museu do swarovski é bem legal e apesar de tudo os deslocamentos foram rápidos. Vias rápidas, sem engarrafamentos e nenhum problema.

Pelo tempo, não paramos em Innsbruck. Até porque já nesta cidade nos deparamos com a diferença de preços entre Alemanha e Áustria. É gritante. Mac donalds é muito mais caro. Gasolina idem. Já deu um medo de ficar lá assim que chegamos. hahahaha

Enfim, de lá fomos para Munique.

Bom, pessoal, conheço muitos países da Europa e creio que esses 7 dias de rota Romântica foi a melhor decisão que fiz. Foi tudo muito lento, muito tranquilo. Andávamos, curtiamos o lugar. Provavamos as comidas típicas. Tudo muito sensacional. Tudo muito sinalizado. Tranquilo. Calmo.

Enfim, cada vem me sinto mais fascinado pela Alemanha. País que, se Deus quiser, vou conhecer de "cabo a rabo". hahahaha

Fica a dica pra quem vai...

Obs: Fui na época de natal. Era INCRÍVEL como TODAS as cidades, repito, TODAS tinham uma feirinha de natal. Todos os dias comi o salsichão, que por sinal era muito bom.

 

Abraços.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E aí, Aldeniz. Que bom que deu tudo certo ! Ano que vem é a nossa vez, iremos em maio. Mas faremos só um pedacinho da rota, pois a viagem abrangerá outros lugares.

 

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Marcos... Cara, foi tudo muito bom. Já sinto muita falta da europa. Minha próxima será no fim do ano: California. Agora que tenho o visto dos Eua acho que vou demorar um pouco a voltar pra europa. Mas pretendo fazer só suíça. Vc vai na melhor época. Não tá frio e os alpes ainda estão cobertos de neve. Deve ser lindo a primavera por lá. Boa viagem. Se precisar de algum coisa só falar...

Valeu pela ajuda tbm...

 

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...