Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Sandman

Algumas dicas para mochileiros inexperientes

Posts Recomendados

Muito boas as dicas! Adorei a idéia de trabalhar na Nova Zelândia. Já estou pesquisando sobre isso...

 

Se você realmente estiver disposta a trabalhar nas plantações de cerejas da NZ, me manda uma MP que eu tento arrumar o contato da fazenda que empregou amigos meus por lá. O trabalho é "meio" bronco, já vou avisando. E você é paga por bucket de cereja, então no fim das contas ganha bem quem dá o gás.

 

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ah sim, depois te mando uma mensagem... mas tenho que "pagar a loca" pra isso. Tenho muita vontade, mas às vezes me falta coragem e apoio (familiar, etc). Obrigada mais uma vez.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hey, Sandman...

 

Muito legal seu tópico... Muito bem descrito com ótimas dicas...

Vai ser útil para muita gente...

 

[ ]s

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa, muito obrigado gente =) Eu vou tentar atualizar o tópico quando reunir mais informações sobre opções de mochilão mais alternativos.

 

Abraços =)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não caia nessa: os cinco maiores erros dos mochileiros de primeira viagem, por Luiz Fernando Niquet

 

Nas minhas primeiras viagens eu cometi muitos erros que agora parecem bastante óbvios. Mas, conversando com outros viajantes, notei que esses equívocos são bem mais comuns do que eu imaginava, e muitos acabam repetidas vezes caindo nas mesmas armadilhas do que eu.

 

Então, para tentar ajudar um pouco, elaborei uma relação dos cinco principais erros cometidos por mochileiros de primeira viagem:

 

1 – Tentar ver tudo em pouco tempo

 

Se você tentar ver 15 países em um mês, acabará não conhecendo nenhum. Esse é o principal erro de quem viaja pela primeira vez, principalmente quem vai à Europa, onde a proximidade entre os países parece ser uma tentação grande demais para se resistir.

 

Mesmo com as distâncias curtas entre as cidades, não tente ver três ou quatro países se você dispõe apenas de duas semanas de férias. Acredite, é bem mais recompensador conhecer um ou dois países de cada vez, em um ritmo que te permita absorver a cultura local e entender o povo que você está visitando. E não negligencie as pequenas cidades, é exatamente lá que você conhecerá a verdadeira cultura local.

 

Levando em consideração o tempo gasto com o transporte e ainda o deslocamento entre o hotel e a estação de trem ou aeroporto, você poderá acabar gastando boa parte do seu tempo carregando sua mochila de lá para cá, sem aproveitar de verdade as cidades que estiver visitando.

 

Lembre-se: dificilmente essa será a sua última viagem, e você terá outras oportunidades para conhecer novos lugares.

 

 

2 – Carregar o mundo na sua bagagem

 

Você provavelmente já ouviu aquela velha dica: separe tudo aquilo que você acredita que vá precisar na viagem e coloque metade disso na sua mala. Realmente, é fundamental manter a sua mochila leve. Pense nos descolamentos entre as estações de trem e o seu albergue. E pense nos quarteirões íngremes que terá que percorrer em sua visita à Cuzco, por exemplo. Acho que você concordaria em deixar em casa aquele casaco ou vestido que não tem certeza se vai usar.

 

Lembre-se que provavelmente comprará coisas ao longo da viagem, então não saia de casa com a mochila cheia. Você precisará de espaço!

 

Ah, e moderação nos calçados: eles ocupam mais espaço do que você imagina! Um ou dois pares são mais do que suficientes para uma viagem de um mês.

 

 

3 – Planejar demais e reservar tudo antecipadamente

 

Com milhares de sites e fóruns na internet, meia dúzia de guias e inúmeras revistas e programas de TV, o que não falta são fontes de informação para se planejar uma viagem independente.

 

Com o dia da viagem chegando, você provavelmente sentirá a tentação de planejar tudo com antecedência, em todos os detalhes possíveis. Mas, se reservar as suas primeiras noites de hotel na cidade de sua chegada é uma boa idéia, pagar todas as suas acomodações e tours antes mesmo de sair de casa te causará muitas complicações.

 

Você conhecerá pessoas ao longo de sua viagem que te darão dicas de lugares incríveis para visitar ou hotéis imperdíveis onde se hospedar. Então, deixe espaço na sua agenda para alguma espontaneidade e para imprevistos. Eles são a alma de uma viagem.

 

Isso sem falar nos preços, é claro. No caso de tours e passeios, é provável que saiam mais em conta se reservados diretamente no destino. Com menos intermediários, você economizará uns preciosos dólares!

 

 

4 – Escolher a companhia errada

 

Existe um ditado árabe que diz: escolha o companheiro de viagem antes do destino. E isso é uma grande verdade. Viajar com outra pessoa por um longo período de tempo pode ser uma tarefa bastante complicada. Portanto, não se apresse e escolha alguém que tenha os mesmos interesses e uma personalidade compatível com a sua. Uma escolha errada pode comprometer muito da sua diversão! E não é um erro facilmente corrigível.

 

Se não encontrar alguém, não há necessidade de abandonar os seus planos de viajar. Apesar de a idéia ser um pouco assustadora para alguns, viajar sozinho pode ser muito divertido, e te dará oportunidade de conhecer novas pessoas ao longo do caminho. Na verdade, viajando sozinho você conseguirá submergir ainda mais na cultura local!

 

 

5 – Não interagir com o povo local

 

Esse é um erro muito comum até mesmo com viajantes experientes. Viajando em dupla ou em grupo, a pessoa tende a se isolar e relacionar apenas com os seus companheiros de viajem, não deixando muitas oportunidades para interagir com o povo local. Para conhecer verdadeiramente um país, tente puxar conversa com os companheiros de cabine durante as viagens de trem, ou mesmo com alguém parado ao seu lado no ponto de ônibus. São excelentes formas de conhecer em primeira mão os habitantes do local que estiver visitando.

 

Mesmo viajando sozinho, às vezes o viajante se encontra com outros nos albergues e hotéis, e passa a conviver com esse grupo nos passeios, nas refeições ou durante as aventuras noturnas. Apesar de ser muito divertido, não deixe que isso lhe isole dos verdadeiros habitantes do país, afinal são eles que você quer conhecer!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aê Luiz!!

 

o primeiro erro acho q todos já cometeram ou pelo a maiorria...hehehe

 

O quinto erro, eu nunca cometi... Aliás conhecer o povo local é se enriquecer de cultura pq o povo carrega a identidade do local visitado! mas com os traficantes do Rio de Janeiro não dá pra interagir pq se não é cana!!! ahuahuahua ::lol4::::lol4::::lol4::

 

abraços!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Aê Luiz!!

 

o primeiro erro acho q todos já cometeram ou pelo a maiorria...hehehe

 

O quinto erro, eu nunca cometi... Aliás conhecer o povo local é se enriquecer de cultura pq o povo carrega a identidade do local visitado! mas com os traficantes do Rio de Janeiro não dá pra interagir pq se não é cana!!! ahuahuahua ::lol4::::lol4::::lol4::

 

abraços!!

 

O engraçado é que, dessa lista, o que eu mais me preocupo é com o quinto item.. porque as vezes, viajando acompanhado, e também por timidez, acabo não interagindo muito! Mas tento sempre me policiar sobre isso...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, o quinto erro é o mais facilmente cometido... especialmente quando não estamos viajando sozinho. Uma outra dica para evitá-lo é não nos distanciarmos das pessoas que nos prestam serviços (algo que a maioria das pessoas fazem no seu país). Sempre é bom conversar com o motorista de táxi, o vendedor de lanches na rua etc...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pô Sandman,

Falou tudo!! este ítem 5º tb pode ser aplicado no nosso dia-a-dia, eu faço isso até demais, minhas amigas não gostam muito afinal, eu moro na Bahia e aqui alguns caras são muito folgados! rsrsrs

 

Mas eu acho fantástico numa trip interagir e conhecer a cultura através do seu povo, vc tem o seu olhar sobre algo e interagindo vc observa o "olhar" do nativo, como ele encara tal coisa... é uma experiencia fantástica!!

 

Acho que já cometi os 4 primeiros erros e o 5º qdo era mais novinha ... tb pela timidez como o Luiz escreveu.

 

abraços!!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...