Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Peru, Bolívia e Chile. Um Mochilão de “Mendigo Macho”. (VIDEOS + FOTOS) - Jan/2013


Posts Recomendados


  • Respostas 264
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Colaboradores

A viagem de ônibus de Cusco para Copacabana foi uma das mais longas que fizemos, não lembro exatamente quantas horas de viagem foram, mas era algo em torno de 10 a 12 horas. ::essa:: Como compramos "camabus" foi mais tranquilo, mas é um saco passar a noite no busão. Eu consigo dormir que nem uma pedra nessas viagens, mas o Guéli, por exemplo, sofreu porque ele não consegue dormir direito. De qualquer forma, sempre planeje essas viagens longas de busão a noite para não perder o dia ::cool:::'>

 

Ah, leve comida. Bolachas, salgadinhos e essas tranqueiras aí porque o ônibus não faz paradas pra comer, no máximo pra um xixizinho e bora pra estrada de novo. Até porque nesse trecho Cusco - Copacabana não tem uns Graal da vida na estrada.

 

Depois de uma cansativa viagem, com direito a escala em Puno pra trocar de Ônibus, chegamos na fronteira do Peru com a Bolívia. Lá rola uma burocracia chata pra dar saída e entrada de um país para o outro. O Liba não estava com passaporte, só com RG e é uma burocracia maior ainda, tem que tirar xerox e eles dão uma canseira lá. O RG do Liba estava em um estado lamentável, o cara deve ter guardado o documento na meia durante toda a trilha de Machu Picchu porque quando chegou na Bolívia o RG tava só a carcaça. Não tinha a proteção plástica, tava molhado e todo aberto. Obviamente que eles encrencaram com o RG do Liba, queriam segurar ele lá, fazer umas perguntas e tudo mais. O argumento dele pro RG estar naquelas condições era "yo tomei lluvia" (tomei chuva) mas a gente deu sorte que começou a encher demais e eles acabaram liberando.

 

Então fica a dica, se for viajar só com o RG, não guarde na meia, não deixe cair na lama e etc. Vá com um RG descente ou vai tomar uma canseira dos caras. Eles são malandros, fazem de tudo pra tentar tirar uma graninha. Use também a malandragem brasileña. ::otemo::

 

Demos a saída no Peru e fomos dar entrada na Bolívia. Fila de novo, burocracia de novo. Nessa hora eu tava meio com medo porque no aeroporto de Lima eu perdi meu certificado de vacina da febre amarela e se os caras encrencassem eu tava na merda. Por sorte eles nem pediram e foi bem tranquilo a entrada no país. Subimos na Van e fomos até Copacabana.

 

Chegamos em Copacabana umas 11:00 da manhã e precisávamos fazer três coisas: cambiar pesos bolivianos, fechar a passagem pra Isla del Sol e almoçar porque a gente tava com uma fome de Mendigo Macho Somaliano.

 

Passamos em umas agências de turismo e cotamos o passeio pra Isla del Sol. Os barcos saem de Copacabana todos no mesmo horário, por volta das 13:00, 14:00 e depois acho que só umas 16:00 ou 17:00 horas. Como íamos passar somente um dia na Isla del Sol, resolvemos conhecer somente a parte Sul, que dizem que é mais bonita. Até queríamos fazer a parte norte a pé, mas não ia dar tempo. Vimos os preços só pra ter referência e resolvemos comprar a passagem direto no porto e contratar um guia lá, sai mais barato do que fechar pacote nas agências. ::cool:::'> Beleza, sabíamos os horários, quanto devíamos pagar, cambiamos 100 dólares, que deu uns 600 e poucos bolivianos e fomos almoçar.

 

Tem um pessoal que dizia que valia a pena já sair de Copacabana para La Paz cambiado, ou seja, trocar dólares por pesos bolivianos por lá mesmo. NÃO FAÇA ISSO, a cotação em La Paz é melhor, faça o câmbio somente do suficiente pra você gastar por lá, o resto da grana troque em La Paz. A cotação em Copacabana era US$ 1 = 6,8 bolivianos. Em La Paz era US$ 1 = R$ 6,92.

 

Como estávamos famintos, resolvemos comer em um restaurante bom. Mendigo Macho também tem limites. Gastamos uns 50 pesos bolivianos (aproximadamente US$ 7,30 cada um pra comer uma bela Macarronada a Bolonhesa e Lasanha. Cara, acho que depois de tanto tempo comendo a comida de merda do restaurante do Luís, o Garçom Fofinho do Caralho, aquela comida parecia dos deuses. Passando perrengue você começa a valorizar muito mais as coisas simples, como um belo prato de comida. ::otemo::

 

Ali você se toca e começa a dar ainda mais valor pra comidinha da mamãe e da vovó. ::love::

 

Esse é o restaurante, decoração legal e comida muito boa, recomendo! ::cool:::'>

 

 

Terminamos de comer e fomos pro porto, já que estávamos atrasados para embarcar. Sabe os perrengues de banheiro do Peru? Então, são fichinha perto dos perrengues de banheiro de Copacabana. Fica a dica, lá é trash ::cool:::'>

 

Bom, fomos lá negociar o transporte pra Isla del Sol no porto e conseguimos as passagens por uns 25 ou 30 bolivianos, algo assim. Subimos no barco e lá se foram umas 3 horas de viagem. ::essa:: Sim, o Lago Tititcaca é gigante e demora pra chegar até a Ilha. Nessa hora você já vai tá cansado de todo tipo de transporte, busão, barco, pedalinho, bicicleta, patinete...você só vai querer parar por um dia em um lugar e ficar tranquilo!

 

Chegamos em Copacabana umas 16:00, já estava ficando tarde e queríamos achar logo um hostel pra deixar nossas coisas e procurar um guia para fazer o Tour pela Ilha.

 

Isla del Sol é assim:

 

 

Demos uma rodada, fizemos umas cotações e achamos um hostel baratinho, acho que eram 20 bolivianos pra cada. Obviamente que a estrutura dos hostels na Isla del Sol são precárias, não tem banho quente e os quartos são bem humildes. O nosso quarto parecia uma casa de boneca da Barbie, as camas eram minusculas, a gente praticamente encostava a cabeça no teto e dava pra ver umas rachaduras no formato de cabeça, que obviamente eram dos gringos gigantescos que acordavam e assim que ficavam de pé já adicionavam um galo a mais em seus crânios.

 

Deixamos nossas mochilas no hostel e fomos caçar um guia. Achamos um cara de um hostel sangue bom que seria o nosso guia, encontramos mais dois argentinos interessados em rachar o rolê e fechamos o passeio com ele. Em 5 pessoas acho que eram uns 100 bolivianos, uns 20 pra cada fora um ticket que tem que comprar pra entrar lá que são uns 10 bolivianos. Ah, esse guia boliviano já tinha morado no Brasil, trampou com confecção no Bom Retiro aqui em São Paulo. To falando isso porque parece que 50% dos bolivianos já trabalharam com confecção no Bom Retiro. Sabe aqueles casos de semi-escravidão da Zara que rolou uns anos atrás? Então, é essa galera aí que vai pra lá tentar a sorte, se dá mal e volta pra Bolívia. A gente trombou pelo menos uns 3 caras que contaram essa história, guias, taxistas, etc. É foda! :(

 

Ele explica toda a história dos Tiwanakus e como toda a família dele tem essa origem, o cara contava a história com uma paixão que dava até gosto de ouvir! O cara se orgulhava do povo dele e contava como o avô e o pai dele viviam na Ilha, como eles sobreviviam, se viravam e as coisas que eles acreditavam. Não vou dar spoiler aqui, se você curte conhecer a história de outros povos, é bem legal esse tour com um guia local. Recomendo ::cool:::'>

 

Fora a história, A Isla del Sol tem um visual bem irado como vocês podem ver nos vídeos e fotos aqui embaixo:

 

 

 

IMG_5052.jpg.7019c322b315d4f76582b3e05b8291a9.jpg

 

IMG_5055.jpg.2c050585030d717c89d9995d41361522.jpg

 

IMG_5090.jpg.94a8a532742db20d4ace25ea159f91a9.jpg

 

A cada passo que o guia dava ele parava, pegava uma planta diferente e metia na boca. Falava que aquela planta era pra curar isso, a outra era pra curar aquilo e que lá na Isla del Sol eles não precisavam de remédio porque essas plantas eram o suficiente pra se manter saudável. Foi aí que o Liba lembrou do Bear Grylls, do seriado Man vs Wild (A Prova de Tudo), e resolveu se aventurar nas plantas e o Guéli dublando.

 

 

Terminado o tour, o guia chamou a gente pra comer uma Truta no hostel dele a 25 bolivianos e aceitamos na hora. Preço justo e comida boa! Vou ficar devendo o nome do hostel, o guia se não me engano chamava-se José. O hostel dele é bem na frente da praia, mais ou menos perto de uma quadra de futebol.

 

O hostel do José fica nessa praia:

 

IMG_5030.jpg.bf46d0fd1476b5ca48e0f69190031658.jpg

 

Jantamos e decidimos tomar uma cerveja pra dar um relax. Lá na Isla del Sol não tem muita coisa pra fazer, tem uma galera que vai lá acampar e faz um lualzinho na praia a noite. Mas na moral, acampar naquele frio que faz na Isla del Sol a noite não é uma boa pedida. Tomamos uma breja, ficamos olhando pra um dos céus mais irados e estrelados que eu já vi, com direito a estrela cadente e ficamos contando histórias...até chegar em umas paradas mais sinistras e que não eram muito agradáveis de se contar naquela hora da noite, num lugar totalmente escuro e tenebroso. Quando voltamos pro hostel, fomos pro quarto cagando de medo e nem tivemos coragem de descer pra fazer um xixizinho. Contando agora parece três babacas mas na hora deu um cagaço! ::lol4::

 

Fomos dormir porque no dia seguinte iríamos bem cedo para La Paz! La Paz é da hora, mas aí fica pro próximo post!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Mendigo Macho, seu relato tá foda!

Tô indo pra lá em Julho, só tô em dúvida se rola mesmo Peru (é muito mais caro que Atacama e Bolívia?), mas te digo que tá me dando cada vez mais vontade de conhecer esses lugares acompanhando a sua história... Mesmo com tanto perrengue, coragem! rsrs

Por favor, não demore pra postar... ::quilpish::

Bjs!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Mendigo Macho, seu relato tá foda!

Tô indo pra lá em Julho, só tô em dúvida se rola mesmo Peru (é muito mais caro que Atacama e Bolívia?), mas te digo que tá me dando cada vez mais vontade de conhecer esses lugares acompanhando a sua história... Mesmo com tanto perrengue, coragem! rsrs

Por favor, não demore pra postar... ::quilpish::

Bjs!

 

Peru é mais barato que Atacama mas é mais caro que a Bolívia.

Faça o seu roteiro onde você acha que vai te enriquecer mais (não financeiramente) ::otemo::

Eu deixei de passar mais dias em San Pedro porque era mais caro mas me arrependi profundamente. Deveria ter montado meu roteiro onde achasse que teria as melhores experiências, isso sim tornaria meu planejamento muito melhor!

 

Enfim, se der pra fazer os três países, vai fundo. É uma puta experiência de vida ::cool:::'>

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
AEWWW GUTO!!!.. ::hahaha:: ...mande tudo!!!...Agora além da expectativa de chegar em Machu Picchu, eis a expectativa de encontrar "Él fofinho del carajo"..lá vamos nós!

 

kakakakaka, Se vc o achar vai ser muito engraçado Gisele, campanha "Procura-se El Fofito del carajo", muito bom... Te desejo sorte nesta busca e ancioso por seu relato viu...

 

 

Grande abraço.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
hahahaha...Cara, teu relato tá espetacular. Tô indo semana que vem e já tenho como objetivo de vida conhecer o garçom Fofinho do CArai. Me diz ae como encontrá-lo. Galera já tá clamando por fotos e informações. Help us!

Bjo ::kiss::

 

 

Alexandra, vai ser muito legal se vc conseguir acha-lo e trazer uma foto especial aqui pro mochileiros, parece até prova de gincana. akakakaka

 

Abraço e boa viagem...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
AEWWW GUTO!!!.. ::hahaha:: ...mande tudo!!!...Agora além da expectativa de chegar em Machu Picchu, eis a expectativa de encontrar "Él fofinho del carajo"..lá vamos nós!

 

kakakakaka, Se vc o achar vai ser muito engraçado Gisele, campanha "Procura-se El Fofito del carajo", muito bom... Te desejo sorte nesta busca e ancioso por seu relato viu...

 

 

Grande abraço.

 

 

Adorei o "fofito"..kkkkkk..

 

hahahaha...Cara, teu relato tá espetacular. Tô indo semana que vem e já tenho como objetivo de vida conhecer o garçom Fofinho do CArai. Me diz ae como encontrá-lo. Galera já tá clamando por fotos e informações. Help us!

 

 

 

Bjo ::kiss::

 

 

Alexandra, vai ser muito legal se vc conseguir acha-lo e trazer uma foto especial aqui pro mochileiros, parece até prova de gincana. akakakaka

 

Abraço e boa viagem...

 

 

Vamos nessa Alexandra!!!!...Vamos fazer do garçom fofito del carajo un "ponto turístico" de Cusco..kkkkkk....

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
hahahaha...Cara, teu relato tá espetacular. Tô indo semana que vem e já tenho como objetivo de vida conhecer o garçom Fofinho do CArai. Me diz ae como encontrá-lo. Galera já tá clamando por fotos e informações. Help us!

Bjo ::kiss::

 

AEWWW GUTO!!!.. ::hahaha:: ...mande tudo!!!...Agora além da expectativa de chegar em Machu Picchu, eis a expectativa de encontrar "Él fofinho del carajo"..lá vamos nós!

 

Meninas, já que vocês estão dispostas a encontrar o mito de Cusco, Luís, o Garçom Fofinho do Caralho, segue algumas pistas de onde encontrá-lo. ::lol4::

 

mapa_luis.jpg.2f9856ffdf7fb9f6f99979c016f4a682.jpg

 

O restaurante dele fica perto da Plaza de Armas, em uma rua que tem vários outros restaurantes vagabundos e tem um arco perto de lá. Pra chegar no restaurante você tem que subir umas escadas.

 

Pedimos para um amigo nosso que trabalha em uma agência de publicidade para fazer um retrato falado do Luís. Demos todas as características da fofura dele e ele nos entregou isso:

 

598da0e22db8a_procura_se(1).JPG.4563c42c9a981286541f60a2373509ad.JPG

 

É apenas uma referência, o Luís consegue ser mais fofo que isso. ::otemo::

 

Espero que ajudem a encontrar ele e tirar uma foto.

Eu, Guéli e Liba agradeceremos eternamente por uma foto dele. ::cool:::'>

 

Obrigado,

Nos próximos dias paro de bobeira e continuo a aventura em La Paz!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...