Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

Entre para seguir isso  
nani.etc

Capitólio + São Thomé das Letras (7 dias - de carro) - POST CAPITÓLIO

Posts Recomendados

Na semana anterior à Páscoa, fui com meu namorado conhecer Capitólio e São Thomé das Letras de carro. 

Neste post vou contar APENAS SOBRE CAPITÓLIO. O link para São Thomé está no fim dele.

Saímos do Rio de Janeiro na quinta-feira de madrugada e levamos mais ou menos 8h e meia de carro (+ paradas para abastecer e fazer xixi). Vou detalhar tudo para vocês.

Saída do Rio: +- 5h da manhã

Chegada em Capitólio: +- 14:30h

 

Capitólio

Em Capitólio ficamos hospedados do dia 11 a 14 de abril no Balneário do Lago Hotel, e particularmente o resort é para quem curte conforto, bem-estar e boa localização. É uma experiência de hospedagem completa e ótima opção para famílias e casais. Ele é situado em frente ao Lago de Furnas e oferece piscinas ao ar livre e cobertas (aquecidas), sauna, academia, quadras de tênis e de futebol, espaço kids, além de um Parque Aquático (Lake Parque) que é uma atração a parte!

IMG-20190414-WA0005.thumb.jpg.ab36718066970e9cbe6d0079fdd22882.jpgCYMERA_20190417_134222.thumb.jpg.c670d14d4f2bf0c77613e41ea5f79253.jpgIMG-20190414-WA0006.thumb.jpg.94fa15859ef76e8e13ad164025049b03.jpg

 

Ficamos numa Suíte Master, que era equipada com frigobar, televisão LCD (sem TV a cabo), ar condicionado, banheiro espaçoso e uma banheira de ofurô. O café da manhã oferece opções como queijos da localidade, frutas, pães, bolos, além de gostosuras como pamonha e churros. Um outro diferencial do hotel é que eles oferecem o serviço de meia pensão, com o café da manhã e jantar. Sendo ideal para quem não quer sair das instalações à noite. Aproveitamos TODOS os dias para nos deliciar com comidas tipicamente mineiras (feijão tropeiro, frango caipira, tilápia, etc). Para quem não curte o sistema, também pode desfrutar de petiscos ou refeições à la carte à noite. O bar à beira da piscina também é ideal para relaxar com petiscos, cerveja e drinks.

IMG_20190412_192701_574.jpgIMG_20190412_095717_666.jpg1641983707_WhatsAppImage2019-04-12at09_30_07.thumb.jpeg.2f50cedf5dca5a6b469fae2eec107cdb.jpeg

 

O Parque Aquático foi o grande diferencial e conquistou meu coração! Depois de dias inteiros de trilhas e aventura, eu e o Felipe curtíamos todos os brinquedos e toboágua, além de comer churrasquinhos com cerveja para forrar a barriga e esperar o jantar. Funciona de 11h às 18h.

IMG-20190414-WA0007.thumb.jpg.092e0417d8b2d37d165250c7885ed91c.jpg

 

PRIMEIRO DIA (11/04 - quinta-feira): 

Ir a Capitólio e não tirar uma foto no famoso Mirante dos Canyons é praticamente um pecado! Chegamos pela tarde e fomos direto para lá. O local agora é pago (R$20 por pessoa), tendo um controle de visitação e mais segurança. Como chegamos numa quinta de tarde, o local estava completamente vazio, mas aos fins de semana costuma ter fila (sim, fila) para fazer fotos e até para entrar. A trilha para chegar ao mirante é pequena e fácil, cerca de 100 metros. O visual é incrível e compensa esperar (não foi meu caso). Demoramos mais ou menos 30 minutos no local. Eles te dão uma pulseira e você pode entrar e sair durante o horário de funcionamento. Ah! A pulseira te dá acesso à dois locais (mirantes) e mais uma cachoeira (os três locais são por entradas diferentes).

IMG_20190411_201040_078.thumb.jpg.e00fde08d2f2a900a3269eabed83c1c6.jpg508333779_WhatsAppImage2019-04-11at18_28_12.thumb.jpeg.25172631cca95766503f863fe0ea8c75.jpeg682208223_WhatsAppImage2019-04-11at18_30_45.thumb.jpeg.596a49add66715f271d32166f1d2b458.jpeg1920703296_WhatsAppImage2019-04-11at18_32_45.thumb.jpeg.3c73954f2df40811750059203dc199c7.jpeg

 

Saímos de lá e do outro lado da rua (literalmente) fomos visitar a Cachoeira Diquadinha (R$10 por pessoa). Pelo dia da semana e horário também estava super vazia. Há três trilhas para aproveitar essa cachoeira, dispensamos a primeira por ser o final e fomos direto para a queda, onde é mais fundo e deu pra nada e mergulhar. A primeira foto é na segunda queda, onde dá a sensação de borda infinita. Depois fomos para o hotel aproveitar o Parque Aquático! No bar do parque, comemos 4 churrasquinhos com molho e farofa e bebemos 4 cervejas de 600ml (R$54 tudo).

183400363_WhatsAppImage2019-04-11at18_45_55.thumb.jpeg.dc6f00911f22f24cdde3543ed386c418.jpegIMG-20190411-WA0290.thumb.jpg.29806182a975a88ffcfce3444d0b5965.jpg

 

SEGUNDO DIA (12/04 - sexta-feira): 

No segundo dia fechamos o famoso passeio de lancha pelos Canyons de Furnas (R$90 reais por pessoa em média, fechamos por R$80 no dinheiro). O ponto de encontro para o passeio de lancha em Capitólio se dá antes da ponte sobre o Rio Turvo. Também há opção de embarcar para o passeio de lancha no Balneário do Lago (empresa terceirizada), passeio mais longo, mas que visita os mesmos lugares (fechamos fora porque não sabíamos os valores, mas compensaria por não sairmos de carro do hotel).

A primeira parada da lancha é na Cachoeira Lagoa Azul. A lancha deixa os passageiros em um bar flutuante que fica junto desse enorme e delicioso lago. A parte de cima da Lagoa Azul está dentro de uma propriedade particular, o que justifica a cobrança de uma taxa no valor de R$10 por pessoa para conhecer o local (não fomos lá). O espetáculo do passeio são as cachoeiras dos Canyons! Paramos mais ou menos uma meia hora para aproveitar as águas límpidas e o bar flutuante. Nessa parte dos Canyons param muitas lanchas particulares, o que pode acabar lotando e prejudicando um pouco a paisagem. Por outro lado, as embarcações maiores não conseguem chegar até aqui. Por ser uma sexta-feira, não peguei tumulto e deu pra fazer fotos lindas, vejam! Depois visitamos a Cachoeira Cascatinha, mas apenas para apreciação. O Vale dos Tucanos não tem cachoeira, mas sua beleza se encontra nas paredes com diversas plataformas de pedras. Paramos também num outro bar flutuante para provar o famoso Chopp Scarpas! Depois fomos para o hotel aproveitar o Parque Aquático e comemos a mesma coisa do dia anterior.

2116415931_WhatsAppImage2019-04-12at16_33_11.thumb.jpeg.df3e1bc127c465db140217761c9074e1.jpegCYMERA_20190417_133351.thumb.jpg.ccae3a112c5e93e397991176ef8d669a.jpgIMG-20190412-WA0354.jpgCYMERA_20190417_134330.thumb.jpg.1767953be9f9b08e83c8b009c8d49927.jpg190048879_WhatsAppImage2019-04-22at16_18_44.thumb.jpeg.7efeed9f003c1adcca6f30895fc3040e.jpeg1522127418_WhatsAppImage2019-04-22at17_04_23.thumb.jpeg.aa421274cb10663f32f9a11c3f73a19f.jpeg

 

TERCEIRO DIA (13/04 - sábado)

TRILHA DO SOL

No sábado o dia rendeu! Fizemos dois passeios em um só dia. Saímos bem cedinho, às 8:30h e fomos conhecer a Trilha do Sol. Primeiros a entrar, o local conta com um quiosque com restaurante onde está a recepção e a Pousada Trilha do Sol. O local é uma propriedade particular da pousada e o valor para percorrer a trilha é de R$40 por pessoa. Para percorrer a trilha não há necessidade do acompanhamento de um guia, mas é bom prestar atenção na explicação do monitor no receptivo, olhar bem as placas de indicação, já que a trilha não é um caminho contínuo e possui ramificações. A partir da recepção são 4 km de trilhas para visitar as 3 cachoeiras e os belos cenários entre paredes de pedra e poços de águas transparentes. Três horas são suficientes para percorrer a trilha e curtir cada cachoeira. O roteiro indicado pelo guia é visitar a Cachoeira no Limite primeiro, depois a do Grito e por último o Poço Dourado, mas preferimos fazer o contrário (risos), e pegamos tudo sempre vazio!

Para ir à Cachoeira do Grito, seguimos à direita da bifurcação (há placa indicativa), seguimos por uma parte mais elevada e descemos por uma longa escadaria de pedras que leva até o topo da cachoeira. Já na parte de baixo há um belo poço de águas cristalinas com um paredão do lado onde tomamos aquele banho gostoso de água gelada. Da Cachoeira do Grito ao Poço Dourado são mais 500 metros sendo necessário subir o morro e descer novamente por outro caminho. Para chegar ao Poço Dourado o caminho é por dentro de um riacho cercado por paredes nos dois lados, e quando o sol bate, as pedras no fundo deixam a água dourada (por isso o nome). Os turistas que visitam o lugar costumam fazer pequenas pilhas de pedras nas laterais do riacho e cada uma significa um pedido. É mágico! Depois fomos ao Mirante No Limite, o local rende belas fotos. Todos os locais estavam completamente vazios, demos muita sorte, pois quando saímos da primeira cachoeira (que seria a segunda parada indicada), chegou uma excursão com umas 50 pessoas. Ainda bem que não seguimos o indicado!

 

IMG-20190414-WA0039.thumb.jpg.fcfdcce6f73452c396cfc628a5f47876.jpg1054966529_WhatsAppImage2019-04-14at09_10_21.thumb.jpeg.b86c34ca8670ad96bf85e3866964dd91.jpegIMG-20190414-WA0107.thumb.jpg.5b6ede11aa6ec96ac1c3aeea164f7b3c.jpgIMG_20190414_174521_541.thumb.jpg.7e56e9baa3a9a47cd507e85a80a7a970.jpg

 

PARAÍSO PERDIDO

Depois saímos de lá direto para o Paraíso Perdido, um dos complexos de cachoeiras e trilhas mais conhecidos de Capitólio. Possui 18 piscinas naturais e 8 quedas de águas límpidas e cristalinas. Além disso conta com restaurante, banheiros e área de camping. Tudo em meio a natureza. O Paraíso Perdido foi uma das trilhas que mais gostamos de Capitólio. A verdade era que eu não sabia o que esperar daquele lugar, achava que seria um pouco “mais do mesmo” mas estava completamente errada. Custa R$50 por pessoa.

Diferentemente dos outros lugares que visitamos, a trilha é feita completamente por pedras e água. Durante o caminho você encontra pequenas pegadas em vermelho que te indicam o melhor trajeto a ser seguido. Dica do instrutor: O ideal é que você procure pisar nas pedras brancas, e não nas escuras, que estão úmidas e podem escorregar. Quanto mais avançávamos, mais e mais belezas íamos encontrando. Cenários perfeitos para contato pleno com a natureza e pra tirar aquela foto maravilhosa. Não esqueça de visitar o outro lado da trilha!

 

698894288_WhatsAppImage2019-04-14at09_13_22.thumb.jpeg.928f2df6d6784b01cf87736a5a0ed412.jpegCYMERA_20190413_165805.thumb.jpg.043d674b3250b8a3ea1896e3a74545e3.jpgCYMERA_20190417_133143.thumb.jpg.51b9ed1d00b7df66c106a935c757b013.jpgCYMERA_20190413_165918.thumb.jpg.83b1be3533072eef4ca25ca28288fcf1.jpg

 

Dicas para cachoeiras: Leve somente o básico em uma mochila de costas. Água, algum lanche, roupa de banho por baixo, protetor solar. Nós fizemos todas as trilhas de chinelo ou descalço e com roupas bem leves. 

Cansados, porém não mortos, aproveitamos o último dia de Parque Aquático no hotel.

 

QUARTO DIA (14/04 - domingo)

No outro dia, pela manhã mesmo, partimos para São Thomé das Letras!

Se quiser ler o post, clique aqui.

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Entre para seguir isso  



×
×
  • Criar Novo...