Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Guerra.Adv

Rtw Volta ao Mundo 10 meses Inicio 01 de Dezembro de 2010

Posts Recomendados

Elter.Ar Existem vários tours para o acampamento base do everest, e não fica no mesmo rumo do trekking dos anapurnas que foi o que eu fiz…. o trekking do acampamento base são 12 dias de trilhas, vi umas fotos de uma mulher que fez e realmente deve ser muito show!, mas em 4 dias já quase morri de caminhar… tipo 6 horas por dia subindo e descendo escadas acho que tenho que me preparar mais pro acampamento base…

 

Mas se vc programar antes e focar em fazer ele acho que dá pra fazer tranqüilo sim, e nem se preocupe quanto a comprar nada no Brasil, pois o Nepal tem equipamentos de trekking para alugar ou para vender com preços até 10X mais baratos que os brasileiros….. tudo marca boa tipo nort face, etc…

 

PESSOAL COMO COLOQUEI MUITAS FOTOS TALVEZ ALGUMAS NÃO ABRAM NO PRIMEIRO CARREGAMENTO DA PÁGINA..... TEM QUE CLICAR NO BOTÃO ATUALIZAR DO NAVEGADOR TALVEZ UMAS 2 X PRA CONSEGUIR CARREGAR TODAS.... PRINCIPALMENTE SE A INTERNET FOR MAIS LENTA....

 

Abraço!

 

Final de Israel…

 

Ainda em Jerusalém no outro dia fiz um free tour pela cidade pela companhia chamada Sandman, muito boa essa empresa, existem outras também, os tours saem quase todo o dia a partir da Jaffa gate (No olá city você se localiza pelos portões: Jaffa gate, damascus gate, lion gate, etc…), neste tour de 3 horas o guia nos mostrou as 4 divisões da old City, contou várias histórias legais e em vários locais que eu passaria reto tinha uma história interessante para ser vista…. essa é a vantagem desses guias, eles conseguem te dar uma visão melhor do que se estivesse vendo os locais sozinho.

 

Esses guias sobrevivem de gorjetas no final do tour… eu dei 15 Shekels, teve gente que deu 50 ou 10 no final….. essa companhia ainda tem mais 2 tours (esses pagos, 75 Shekels), um para o monte das oliveiras e o outro pelos pontos sagrados de Jerusalém.

 

No outro dia acordei bem cedo e fui com um Francês para Belém…. aqui fiz a economia do século! enquanto um outro cara do albergue tinha pago 300 Shekels por um taxi para ir pra lá, e enquanto os tours de ônibus estavam custando 170 shekels pra ir a gente pagou exatos 7 shekels pra ir de ônibus e levou 30 min pra chegar! incrível economia!

 

As pessoas se apavoram pra ir de ônibus(inclusive eu não tinha bem certeza se deveria ir…) porque Belém está sob território Palestino, na Cisjordânia/West Bank, na ida vc já começa a ver os diversos muros que separam o território, chegando lá caminhei umas 4 quadras para chegar na igreja da natividade (local onde jesus nasceu), a igreja está sob cuidado dos gregos ortodoxos, ao lado existe também uma igreja católica.

 

Me senti seguro na palestina, apesar de se ver mais pobreza os preços são muito mais baratos que em Israel, a única coisa que chateia são os taxistas toda a hora enchendo o saco.

 

Neste mesmo dia após pegar mais 3 ônibus fui ao museu do holocausto, nossa eu não sou chegado muito em museu não, mas esse pra mim é visita obrigatória em Jerusalém!, é um dos melhores museus que já fui até agora, muito interativo e você sai de lá realmente chocado com o que vê e com a riqueza de detalhes sobre o holocausto. Tive uma nítida impressão do que sofreu o povo Judeu durante a guerra e ao longo dos tempos.

 

Fui em um outro museu também que é o museu de Israel, esse já foi pra mim mais um museu normal mesmo…. é bom pra quem gosta de arte moderna e também algumas excelentes peças sobre a antigüidade, mas gostei milhões de vezes mais do outro.

 

Andei pelo monte das oliveiras para ver o pôr do sol sumindo atrás da cidade (muito lindo de se ver), e também um pouco pela parte moderna da cidade na rua Benhuda (acho que é assim que se escreve…), com várias lojas e locais pra tomar um café e comer.

 

Saí de Jerusalém rumo a Eilat que é a praia mais ao sul de Israel, o ônibus demorou cerca de 5hs pra chegar e custou 75 shekels, chegando lá fiquei no hostel com o pior atendimento que já vi na vida! (comine hostel), tipo ao chegar perguntei o que tinha de legal pra se ver na cidade e o cara disse: Ahhh isso ae tu pode achar sozinho!, depois me deu um sermão de que não era pra falar alto no saguao(eu tinha dito 3 frases até aquele momento), depois a internet era bloqueada para a maioria dos sites usei proxy e consegui acessar os sites… não sei se isso é política do hostel ou se é de Eilat mesmo…

 

Bom em resumo não gostei nada de Eilat também! é uma cidade minúscula, cara e que tem só uma praia pequena e sem graça, nem areia tem (são pedras mesmo)…

 

Tinha reservado aquele "maravilhoso" hostel por 2 dias, mas já após a primeira noite dei um jeito de zarpar fora dali!, claro que ele não aceitou cancelar o segundo dia e tive que pagar….

 

 

Egito- Área do Sinai

 

 

Estava com uma dúvida tremenda sobre como ir ao Egito… o meu plano era ir pra Dahab para mergulhar, também gostaria de ir no monte Sinai que é bem perto de lá…. mas tinha as seguintes dúvidas, que acho que pode ser a dúvida de muitos também:

 

1- Como não tinha carimbado o passaporte em Israel será que seria possível não carimbar também na entrada do Egito por Taba (fronteira terrestre a partir de Eilat), pois não adiantaria de nada não ter o carimbo de Israel e ter o da entrada do Egito de Taba, pois denuncia que esteve em Israel.

 

2- Como é o visto para a parte do Sinai? eu ainda vou voltar ao Egito depois da jordânia, então poderia entrar direto no sinai e depois pegar outro visto no aeroporto do Cairo?

 

Bom….. pesquisei bastante e até pra embaixada do Egito no Brasil a minha namorada ligou… até eles deram a Informação errada!, eles disseram que eu deveria ir na embaixada do Egito em Eilat e tirar o Visto de múltiplas entradas para o Egito…. (sim…. poderia fazer isso, mas não ;e necessário!)

 

PAra a área do Sinai você apenas chega na fronteira de Taba e ganha uma permissão de entrada de 12 dias, depois pode pegar outro visto para o Egito direto no Aeroporto do Cairo sem problemas. Mas atenção…. se pretender ir por terra para o Cairo, tudo por dentro do Egito ai sim tem que tirar ANTES de entrar no Egito o visto correto que vale pro País inteiro…. No meu caso eu fico no Sinai, saio pra Jordânia de ferry e depois entro no Egito de Avião direto no Cairo, dai sim vale o que eu falei….não sei se fui bem claro aqui!

 

Ainda, se você pedir (como eu fiz…) eles carimbam a tua entrada no Egito por taba em um PAPEL SEPARADO, ou seja a tua entrada no Egito por taba não vai constar no passaporte! contei a mesma história de que queria ir pra Dubai com a minha família no final do ano…(mentira..).

 

Demorou um pouco pra cruzar a fronteira e depois eu já sabia que iria enfrentar um outro perrengue que seria negociar o preço do taxi até Dahab, pois da fronteira são poucos ônibus e os taxistas tem uma das piores famas possíveis, sempre tentam atolar os turistas, combinam uma coisa e cobram outra, cobram preços absurdos, etc, etc.

 

Um Israelense do hostel disse que o preço máximo que deveria pagar era algo em torno de 50 dólares (500 Egyptian Pounds), já tinha entrado em contato por e-mail com as operadoras de mergulho pra ver se podiam me buscar e tinham me dado o preço de 300 EGP, também tinha lido no Wikitravel que se custumava pagar algo em torno de 70 EGP pelos taxis coletivos e que deveria se deixar bem claro que o preço era em EGP (não dólar ou euros, se não eles mudam isso depois), que o preço já incluía as taxas, tips e todo o resto, e até escrever se possível!, já estava armado com os preços honestos daí enquanto caminhava sozinho comecei a ver aquela roda de taxistas me vendo como um bezerro indo pro abate….

 

O primeiro que chegou me falou algo como 1000 EGP pelo transporte!…. Que raiva que dá desses M!, dae tinha um num canto com uma cara melhor, cheguei pra ele e disse "cut the crap…. i allready know the honnest price, i've some friends that do this travel and i will not pay more than 100EGP!" dai ele disse 150 EGP e eu disse fechado! Depois como era um taxi coletivo aguardei lá umas 2h até ter uns 5 passageiros…. enquanto aguardava um dos turistas chegou com uma bola de futebol e todos começaram a jogar… isso em frente da fronteira! eheheh foi legal ver que o futebol é alegria em qualquer lugar do mundo!

 

Esta escolha de vir pra Dahab foi a melhor escolha que poderia ter feito! este lugar é um paraíso baratíssimo de ficar!, os mergulhos são excelentes praticamente o ano inteiro, aqui tem o famoso ponto de mergulho blue hole que é um buraco com mais de 300m de profundidade, você entra nele pelo meio de umas pedras com uma visibilidade de mais de 25 metros, muito show esse mergulho!, vários já morreram no blue hole, tem inclusive várias placas em homenagem aos mortos no ponto, mas não confunda as coisas… os que morreram estavam fazendo mergulhos técnicos a mais de 50 metros de profundidade, pois o buraco a 54 metros abre um arco que lhe permite sair para o outro lado, no mergulho normal não existem quaisquer desses perigos, pois são cerca de 10 metros ente as pedras e depois já é um mergulho normal….tem ainda o Thistlegorm em sherm (mas eles arranjam o mergulho também a partir de dahab) que é um famoso naufrágio onde se pode ver motos, rifles e várias outras coisas do navio, esse é um naufrágio top 10 do mundo.

 

O mar vermelho é um destino muito utilizado pelos mergulhadores, aqui vi caras indo mergulhar com 4 tubos nas costas, com diferentes misturas de gases para poderem ir a grandes profundidades, estávamos a mais de 30 metros e vimos uns russos sumirem no abismo abaixo de nós, o instrutor nos disse que tem um vídeo de um cara que apenas na apnéia com uma respiração conseguiu atravessar o blue hole e sair do outro lado do arco a 54 metros… bom…. esses loucos são os que acabam morrendo!

 

Recomendo muito o local onde estou hospedado, (alaska camp hotel- Fone +20-0-693641004) pois tem snorkels livres, quarto privativo com 2 confortáveis camas, ventilador de teto, banheiro, uma área estilo árabe com tapetes, almofadas muito legais, e por tudo isso estou pagando a quantia exorbitante de 19 reais por dia pelo quarto privativo!! incrível preço!!

 

A comida também é muito barata, pois com cerca de 15 reais você come muito bem por aqui…. os cursos de mergulho são bem baratos também, fiz aqui o de nitrox com 2 mergulhos, manual e certificação por 110 Euros!

 

Gostei tanto deste local que vou ficar aqui mais tempo, vou deixar apenas uns 4 dias pra jordânia, pois aqui tem tudo que um cidadão precisa: preço bom, mar lindo e corais para snorkel e mergulho, cama boa, ninguém roncando ou fedendo no quarto, comida boa e barata (o humos já tá mais difícil de conseguir…droga…), o único problema ;e o calor!, é amigo isso aqui é o deserto e você bebe uns 5 litros de água durante o dia e o ar é tão seco que mesmo assim você se desidrata.

 

Mais algumas fotos:

 

Belém na Palestina/Cisjordânia West Bank:

 

dsc09685t.jpg Muros que separam a palestina de Israel

dsc09688m.jpg

dsc09694g.jpg

dsc09739k.jpg

dsc09762s.jpg

p1090459x.jpg Ruas da Palestina

p1090462t.jpg

p1090464.jpg

p1090467h.jpg

p1090468s.jpg

p1090472.jpg

p1090476.jpg

p1090477.jpg Igreja da NAtividade

p1090480g.jpg

p1090486d.jpg

p1090513.jpg

p1090517k.jpg

p1090523d.jpg Entrada para o Groto

p1090531.jpg Local onde Jesus Nasceu

p1090534g.jpg

p1090539.jpg

p1090541.jpg Presépio

p1090569c.jpg Igreja católica ao lado da Grega

p1090571.jpg

p1090572e.jpg

p1090581.jpg Bolas de natal! eheheh

p1090587t.jpg

p1090594l.jpg

p1090618.jpg

p1090626.jpg

p1090631t.jpg

p1090638d.jpg

p1090639q.jpg A comida é boa e barata no lado Palestino

 

Museu do Holocausto em Jerusalém

 

p1090641r.jpg

p1090643a.jpg

p1090647d.jpg

p1090648h.jpg

p1090651.jpg

p1090652.jpg

p1090656a.jpg

p1090658f.jpg

p1090659.jpg

p1090660.jpg

p1090662j.jpg

p10906641.jpg

p1090665.jpg Arquivo com os dados dos mortos que conseguiram ser coletados

p1090677.jpg

p1090683.jpg

p1090684c.jpg

p1090686.jpg

p1090688r.jpg

 

Museu de Israel

 

p1090699a.jpg

p1090702.jpg

p1090704.jpg

p1090705.jpg

p1090710j.jpg

p1090713u.jpg

p1090720e.jpg

 

Monte das Oliveiras

 

p1090751b.jpg

p1090766.jpg

p1090784n.jpg

p1090800.jpg

p1090807n.jpg

p1090828.jpg

p1090841.jpg

p1090846m.jpg

p1090865e.jpg

p1090867j.jpg

 

img0970h.jpg Bairro de judeus, lá você não deve usar roupas imodestas…todo o bairro é só aqueles de chapéu e roupa preta e cabelo enrolado...

img0971l.jpg

img0975uu.jpg

img0976k.jpg

 

dsc09764l.jpg Rua benhuda próximo a jffa ate

dsc09765v.jpg

dsc09769o.jpg

 

 

dsc09774r.jpg Eilat no sul de Israel não achei com muitos atrativos, melhor ir para o Egito a 2 horas dali…. muito mais barato e bonito!

dsc09782g.jpg

dsc09793b.jpg

dsc09794r.jpg

 

 

dsc09804.jpg Fronteira com o Egito em Taba, espere por várias negociações para pegar o taxi…. estavam jogando futebol enquanto esperavam mais passageiros.

dsc09820.jpg

dsc09821d.jpg

dsc09832sn.jpg

 

 

dsc09846ii.jpg Indo para Dahab no deserto

dsc09848u.jpg

dsc09866v.jpg

 

Hotel em Dahab, quarto privativo com 2 camas por 19 reais a diária!

 

p1090916.jpg

p1090876q.jpg

p1090880j.jpg

p1090882e.jpg

p1090883.jpg

p1090890.jpg

p1090891s.jpg

p1090892.jpg

p1090893w.jpg

p1090894k.jpg

p1090903.jpg

p1090906.jpg

p1090907.jpg

p1090911.jpg

p1090914.jpg

p1090923.jpg

p1090926.jpg

p1090928f.jpg

 

 

Mergulho em Dahab.

 

img1132.png

img1136.png

img1146d.png

img1156k.jpg

img1170dl.jpg

img1202v.jpg

img1213r.jpg

img1229tv.jpg

img1236.png

img1223xq.jpg Blue Hole, placas em homenagem aos mortos que tentaram atravessar o arco a 54 metros de profundidade.

img1245f.jpg

img1159v.jpg

img1270i.jpg

img1271cj.jpg

img1299s.jpg

img1334.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Guerra, vc é um louco ehehehe!

 

Boa sorte na sua trip! Cuidado com a grana no Japão que lá o bicho pega. Pelo bem do orçamento, considere a possibildade de passar mais tempo nos países low cost como a Tailândia! Tb to partindo pra um RTW rodando no sentido contrário.

To indo com minha mulher. Quem sabe nos encontramos em alguma parte?!

 

Valeu cara e boa sorte!!

 

Ae pessoal, esse mundo é mesmo muito pequeno hein!? encontrei o Fred e a sua companheira em um mergulho aqui no Egito!, se a gente combinasse não ia dar tão certo!

 

Mas cara tu é muito mais bonito pessoalmente que nessa foto ae! ehehheeh

 

Vou ir acompanhando o blog de vcs e espero que corra tudo bem nesta aventura que estão fazendo, foi um prazer conhecer vocês!

 

Abração!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Inacreditável, Guerra!!!

 

Pensar que qdo sua viagem começou, a gente ainda estava em casa na expectativa pra nossa partida. Ficamos acompanhando os seus relatos e pensando: “daqui a pco é a gente q tá lá...!” Vc saiu pra um lado do mundo, nós fomos pro outro. E quem diria q a gente iria se encontrar mesmo no meio do caminho, sem combinar nem nada. No mesmo barco e ainda no mesmo grupo de mergulhadores. Sensacional!!

 

Mto bom te conhecer, parceiro! O lance da foto, eu agradeço. Vou jogar na conta do anonimato, hahaha! Quem sabe não encontramos em Petra? Nós estamos aqui em Wadi Mousa e o lugar é fantástico! Reserve pelo menos dois dias, é enorme e vale à pena.

 

Se a gente não se ver por aqui, nos vemos pelo mundo (ou no Brasil). Boas viagens, parabéns pela sua jornada, q tá mto legal! Seguimos te acompanhando aqui.

 

Abração!

Fred e Letícia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Final da Área do Sinai no Egito:

 

O hotel que eu estava organizava tours para o Monte Sinai por 100 Egp (cerca de 15 dólares), a Van saia as 11 da noite e depois de chegar próximo ao monastério de St Catherine são 3 horas de caminhada monte acima para chegar ao topo e poder assistir ao nascer do sol, no ponto onde foram escritos os 10 mandamentos.

 

A caminhada é beeem cansativa, e se chega a mais de 2.000 metros de altura, quanto ao tempo estava um calor de rachar durante o dia, mas a minha mãe me avisou para levar muitos agasalhos (mãe é mãe né!), pois ela tinha ouvido que era muito frio lá em cima, não levei muita fé, mas ainda assim levei uma touca, 2 blusas e uma jaqueta corta vento, bom…. quando cheguei ao topo isso não foi suficiente pois tava um frio CONGELANTE! eu ainda tive que alugar um cobertor dos beduínos por 25 Egp!

 

O nosso guia beduíno era um menino de uns 19 anos e já falava fluentemente umas 5 línguas, todas aprendidas somente na montanha com os turistas, milhares de pessoas vão ao monte Sinai/St Catherine por ano e ele sempre tentava aprender algo de novo, me perguntou algumas palavras em português pois queria aprender mais. Os beduínos são pessoas muito amigáveis, tive ótimas experiências e sempre me trataram muito bem, sem tanto interesse somente em vender alguma coisa, querem realmente conversar com vc, te oferendem chá (chai) que é dooooooce mas bem gostoso.

 

As paisagens e o nascer do sol são incríveis, valeu a pena caminhar 6 horas (3 ida e 3 volta), não dormir e chegar morto na Van no outro dia, pois realmente foi uma grande experiência. Pra quem não quer caminhar dá para ir até o ponto das escadas (750 degraus) de camelo, não sei o preço ao certo…

 

Depois de ficar uns 6 dias em Dahab confesso que já estava sentindo falta de um Macdonald's eheheh, estava esperando o Mergulho no naufrágio em Sharm a partir de Dahab, mas os caras não tinham conseguido gente suficiente, até que no último dia conseguiram e confirmaram a saída, as 4 da manhã.

 

Aproveitei que o barco saia de Sharm e já levei as minhas coisas junto pra não pagar o transporte Dahab-Sharm el Sheik e já ficar por lá e dar uma olhada na cidade.

 

O mergulho no Thistlegorm é um dos melhores que eu já fiz, nossa muito legal mesmo! ainda encontrei o Fred e a Letícia por lá e o mergulho foi muito show….Você faz 3 mergulhos neste dia o primeiro por fora do barco, o segundo por dentro e o terceiro em um outro ponto mais próximo da costa, o pacote desde Dahab , com equipamentos, nitrox, transporte e comida no barco inclusa saiu por 110 Euros. Mergulhei pela companhia de mergulho Sea Dancer em Dahab e recomendo muito eles, pois possuem excelente equipamento, profissionais altamente capacitados e o melhor preço que achei em Dahab.

 

Sharm el Sheik:

 

Fiquei 3 dias em Sharm, reservei um hotel pelo booking.com, e por 30 dólares por dia pelo quarto fiquei em um hotel "4 estrelas" , bom… quiz me dar ao luxo de realmente só curtir nesses 3 dias, o hotel não era tão 4 estrelas assim e o atendimento foi bem ruim, mas pelo preço e pelo que oferecia valeu muito a pena!

 

O Hotel é o dive inn resort em Sharm el Sheik, eles tem shuttle para a praia, piscina, tenda estilo beduína, e podem intermediar os mergulhos, (45 euros por 2 mergulhos de barco).

 

A praia de Sharm é bem bonita, mas somente uma pequena área é publica, o resto os resorts tomaram conta, atrás do hotel tem um centrinho (mercato) que tem macdonald's, kfc, lojas(até radio shack), etc.

 

Entre Sharm e Dahab eu preferi Dahab, pois tem um clima mais aconchegante, as coisas são todas perto, dá pra fazer apé enquanto que em Sharm não, porém para os mergulhos talvez Sharm tenha melhores preços e mais pontos e saídas de barcos, pois a marina é imensa lá.

 

No último dia tinha que partir para a Jordânia, daí surgiu outra dúvida: ir de ferry direto de Nuweiba para Aquaba (Jordânia) ou voltar para Taba, cruzar a fronteira terrestre para Israel e Depois outra terrestre para Aquaba?

 

Li um monte na internet e li diversos depoimentos sobre atrasos no Ferry de Nuweiba, na real sai 2 Ferrys por dia, um de manhã e outro a Tarde, eles também tem dois Ferrys um rápido e um lento, o rápido deve chegar na Jordânia em 1 hora, porém li depoimentos de pessoas que ficaram esperando muito tempo até o barco finalmente sair..

 

A partir de Sharm peguei o ônibus que fazia parada em Dahab, depois em Nuweiba e finalmente em Taba, paguei pelo ticket 30 EGP (menos de 5 dólares) pela viagem até Taba. Vale muito a pena esses ônibus, pois a partir de Sharm até o Cairo por exemplo a passagem é 60 EGP (menos de 10 dólares!).

 

Bom decidi no meio do caminho que iria pelas fronteiras terrestres mesmo para a Jordânia, pois o ferry era caro (mais ou menos 60 dólares), e o ônibus chegou em Nuweiba lá pelas 11 da manhã, daí teria que esperar muito tempo até o ferry sair (lá pelas 4 da tarde a previsão).

 

Se optasse pelo ferry seria um pouco mais caro mas evitaria a encherão de saco da imigração de Israel, não teria de pagar a taxa de 30 dólares que se paga quando sai de Israel e ainda não teria que me preocupar de novo com o carimbo. Mas mesmo assim fui por terra mesmo.

 

Tive uma Grata surpresa em ir por terra, pois deu tudo certo! Quando saí do Egito não carimbaram meu passaporte, carimbaram o mesmo papel que me deram na entrada, quando entrei em Israel pedi pra não carimbarem o passaporte o cara concordou e me deu um papel azul carimbou nesse papel azul um carimbo de trânsito válido por 5 dias, quando saí de Israel e cruzei a fronteira da Jordânia(15 min de taxi e mais ou menos 10 dólares pela corrida) tive outra grata surpresa, Israel não carimbou a minha saída no passaporte e por incrível que pareça ao pedir para o agente da imigração DA JORDÂNIA ELE TAMBÉM NÃO CARIMBOU MEU PASSAPORTE, REGISTROU A ENTRADA E O VISTO EM UM PAPEL VERDE SEPARADO.

 

Ou seja se você não quer o carimbo de Israel no passaporte E NEM OS DE ENTRADA DOS PAÍSES VIZINHOS QUE DENUNCIAM QUE ESTEVE EM ISRAEL pode ir por terra para o Egito e Jordânia que se pedir essas entradas e saídas não irão constar no passaporte.

 

Outra vantagem de ir para a Jordânia por terra, por Aquaba é que lá ;e uma zona de livre comércio E O VISTO DE ENTRADA PARA A JORDÂNIA POR AQUABA É GRATUÍTO!

 

JORDÂNIA

 

Depois de passar por 3 fronteiras eu tava meio cansado e não tinha comido nada o dia inteiro, depois da fronteira só tinha os taxistas ladrões de novo…. antes de chegar nos taxis perguntei pra um cara da imigração quanto era um preço decente para ir ao centro de aquaba, dai negociei o preço com um deles e fui pra lá.

 

O dinheiro da Jordânia vale mais que o dólar!, 1 dólar é 0,7 do dinheiro deles!, quando o taxista disse 10 Jd eu achei naquele momento que devia ser barato, mas não era barato não…

 

Comi alguma coisa (humos e pita! eheheheh) e fui em uma lanhouse pra ver se achava alguma hospedagem, o taxista ladrão me disse que aquaba era muito cara e que não iria achar nada por menos de 60 Jd e que ele me levava para petra por 50 Jd que ia valer a pena etc… eu disse: "amigo só preciso que você passe em um atm e me largue em um lugar com internet, não quero mais nada… vou te dar os 10 Jd que combinei e era isso!'. Óbvio que ele tava mentindo, pois achei um hostel por 8 Jd a noite….

 

Mas no final das contas não fiquei em aquaba, paguei 30 Jd para um outro taxista e segui direto pra petra, pois já tinha visto bastante do mar vermelho e estava mais interessado em ir direto para o melhor ponto da Jordânia.

 

Cheguei já anoitecendo e o melhor preço que consegui foi 25 Jd por um hotel… dormi cedão, pois queria acordar cedo e conhecer petra que estava a apenas 2 minutos do hotel e do centro.

 

Petra é bem grande e se quiser conhecer em um dia irá suar bastante a camiseta!, vc vai caminhar para conhecer os pontos principais no mínimo 10 Km, então leve água e lanches… é claro que tem lá dentro também, mas eles cobram 1 Jd por uma banana!

 

Na entrada eles cobram 90Jd por um dia! tinha mais abaixo 55Jd por 2 dias… não entendi aquilo direito, mas disse pro cara que ficaria 2 dias paguei 55Jd, fiquei só um dia e depois saí na boa, ninguém confere os tickets na saída… não entendi se os 2 dias tinha que ficar dentro da cidade antiga ou em qualquer lugar de petra, na real não entendi e acabei pagando 55Jd mesmo.

 

Eles tão viajando no preço da entrada de petra, poxa cobrar mais de 100 dólares por uma entrada é sacanagem! entendo que querem lucrar e trazer dinheiro para o País com o maior ponto de turismo mas esse valor é muito abusivo.

 

Petra é realmente muito linda, adorei muito as paisagens e os monumentos, o templo do indiana jones é lindo, mas o monastério é no mesmo estilo e está ainda mais conservado.

 

Não esqueça de conhecer o templo do indiana jones com a vista de cima, pois lá em cima não tem ninguém, as fotos ficam muito mais bonitas e vc pode admirar ele sem aquele barulho dos turistas. Pra chegar no topo primeiro tentei ir por uma trilha logo ao lado na direita, mas fui vetado pelos policiais, eles me disseram que deveria fazer a trilha normal por trás das montanhas, pergunte para qualquer daqueles vendedores onde ficam as escadas para a trilha do treasury…. é uma trilha meio cansativa, mas no final vale a pena!

 

Outro ponto que estive foi o Monastery, é um dos melhores lugares de petra para ver o por do sol, mas também é uma caminhada longa, cerca de 1hora e 750 degraus, os vendedores para variar irão oferecer os burros para te carregar até o topo, mas acontece que você faz força para se equilibrar nos burros, fica com a bunda doendo, leva mais tempo para chegar e ainda tem que pagar uns 20 Jd por isso!, eu fui caminhando e não me arrependi.

 

Ia ficar dois dias em petra, mas acabei mudando os planos de novo e já embarquei para o wadi rum, lá vc pode ter uma experiência de dormir direto no deserto ou em barracas, depois poderá ver o nascer do sol que é lindo demais!

 

Essas tendas beduínas são muito baratas, você paga menos de 6 Jd com comida para ficar por lá, também poderá organizar tours a partir do visitor center de camelos ou 4x4 pelo deserto, já existem preços e rotas pré-estabelecidas. Um tour de 1 h de 4x4 sai na base de 30Jd (acho que o carro não por pessoa..)

 

No outro dia pensava em ficar 1 dia a mais no Wadi rum, mas consegui um transporte gratuito pra Aquaba até a estação de ônibus e de lá saía um ônibus para Amman as 3 da tarde por 5 Jd, então parti rumo à Amman.

 

Esse ônibus e essa viagem foram horríveis! Ok paguei só 5 Jd, mas perdi uns 2 anos de vida por isso! explico: eu não fumo, mas 80% do ônibus fumava e o detalhe é que o ônibus tinha aquelas janelas lacradas por causa do ar condicionado (que não funcionava…), então em um ritmo de 60 Km por hora, por 8 horas fui defumado e mesmo não fumando devo ter fumado uns 50 cigarros passivamente, ainda o bus não tinha banheiro e não sei como aquelas pessoas por 6 horas não tinham vontade de ir ao banheiro, chegou em um ponto que tive que pedir pro motorista parar na estrada mesmo e fui urinar atrás do ônibus…

 

Em Amman fiquei hospedado no Palace hotel no centro, recomendo muito esse hotel, pois um quarto individual privativo está 14 Jd, por 20 você consegue um duplo com banheiro. Eles ainda tem tours por toda a Jordânia a preços muito baratos, se fosse hoje eu iria direto para Amman pegaria esse hotel como base e faria os tours com eles, acho que desta forma economizaria mais.

 

Também existem outros hotéis nesta área ainda mais baratos, como o cliff hotel, etc, ainda bem na frente do Cliff hotel, do outro lado da rua tem vários restaurantes muito bons e baratos, ali comi um dos melhores humos da viagem com fallafel, pita e salada e mais umas 3 pastas com chá por 2,5 Jd! estou comendo ali todo o dia.

 

Fiz 3 tours pelo palace hotel:

 

1- Mar morto (de novo..!), Monte Nebo (onde Moisés viu a terra prometida--no Sinai foram só os mandamentos..), Site de Batismo onde Jesus foi batizado (eles alegam que este é o real ponto, eu preferi o de Yadernit em Israel mesmo). Este tour custou 16 Jd.

 

2- Castelos. Circuito de 5 castelos, tem um onde Lawrence da Arábia ficou, outros que eram antigas casas de banho e hospedagens de mais de 1200 anos atrás, fica bem próximo da fronteira com a Arábia Saudita e o Iraq, este é um bom tour para quem gosta de história, eu não faria de novo não. Custou 16 Jd

 

3- Jerash, um castelo que não me lembro o nome e um outro monte/local. O castelo eu curti, o monte nem tanto, JERASH TEM QUE IR!, adorei Jerash, lá você pode realmente sentir a sensação de andar em ruas romanas, tem 2 teatros romanos lá também, Jerash possui algumas das melhores ruínas romanas do mundo fora da Itália, ouvi falar de uma na Síria que é impressionante também. Custo 18 Jd.

 

4- Eles ainda tem um tour que vai pra Petra, Wadi Rum e Aquaba, com as hospedagens por cerca de 70 Jd, ou seja se for ver o preço dos hotéis e transporte acho que vale a pena, sem contar que o transporte é em vans e carros muito bons, com certeza bem melhor que o ônibus que eu peguei….

 

Conheci um casal de Ingleses que estão viajando juntos a 2 anos e meio!, eles tem um Budget de U$$ 1500,00 por mês para os dois, colocaram os apartamentos para alugar na Inglaterra e passam todo o tempo viajando, aprendi várias dicas com eles sobre como economizar mais, pois conseguem aparentemente fazer de tudo mas por um preço muito melhor, é claro que eles sempre escolhem países low cost e que também se sujeitam a algumas dificuldades em termos de conforto, mas foi muito legal conhecer esse casal e ver que existe gente que faz das viagens um estilo de vida, a casa deles é a estrada!

 

Algumas opiniões quanto a Jordânia:

 

Achei um País caro, não tão caro quanto Israel mas ainda assim caro.

Não precisa reservar muitos dias pra cá não, continuo achando que fiz bem em ter encolhido Israel e Jordânia e ter ficado mais de 10 dias não programados no Egito na área do Sinai.

É um País bem deserto (e com muito deserto tbm…), isto significa algumas dificuldades com transporte, hotéis, preços em lugares afastados, etc.

O Trânsito é meio conturbado em Amman e os motoristas (pelo menos os que eu peguei) foram uns malucos, o cara tava a 140 Km na estrada do Wadi Run onde o limite da placa dizia 50Km…

O povo é muito mais simpático e amigável que o de Israel, e muito menos barganha e tentativas de cobrar preços absurdos que no Egito.

Aqui tem menos hummos gostosos que Israel, mas ainda assim tem hummos! eheheh

Meus pontos preferidos foram primeiro Petra, depois Wadi Rum e depois Jerash (meio óbvio…ok)

Hj colocaria Amman como base e iria para Petra, Wadi Rum e Jerash a partir daqui, pois os outros lugares é só deserto, poucas opções de hospedagem, preços mais caros etc.

Vcs tem que entender que muitas mulheres aqui (acho que a maioria) usa burca, logo os homens estão acostumados a conviver com essas mulheres em casa, quando uma turista aparece de shortinho e regata é claro que os homens vão olhar com cara de tarado, ouvi até histórias de homens que foram além disso…. A lição disso é que a gente está no País DELES, e temos de nos adequar aos costumes do lugar… ninguém a princípio vai pular em vc na rua se andar de shortinho (inclusive ví várias mulheres assim em petra, etc), mas depois não adianta reclamar e dizer que na Jordânia os homens são tarados.

Estive aqui só 6 dias… não tenho tanto assim pra opinar!

 

Amanhã estou saindo da Jordânia rumo ao Cairo, depois escrevo mais de lá….

 

Abraço1

 

Abaixo mais fotos…., se não carregar todas cliquem por favor em atualizar no navegador:

 

 

Monte Sinai

 

p1090932r.jpg

p1090954.jpg

p1090957i.jpg

p1090964e.jpg

p1090967.jpg

p1090968t.jpg

p1090981z.jpg

p1090996.jpg

p1090998.jpg

p1100004e.jpg

p1100007g.jpg

p1100016.jpg

p1100028.jpg

p1100030.jpg

p1100032.jpg

p1100037o.jpg

p1100058.jpg

p1100081.jpg

p1100087.jpg

p1100094.jpg

p1100112.jpg

p1100122t.jpg

p1100130t.jpg

p1100134eu.jpg

p1100137.jpg

p1100140.jpg

p1100144.jpg

p1100145z.jpg

p1100149w.jpg

p1100152.jpg

p1100157s.jpg

 

 

Mergulho em Sharm no Thistlegorm

 

dsc09879a.jpg

img1159t.jpg

img1245w.jpg

img1395i.jpg

img1402yf.jpg

img1407n.jpg

img14341.jpg

img1438in.jpg

img1448yf.jpg

img1455h.jpg

img1464r.jpg

img1506dm.jpg

img1528n.jpg

img1544bb.jpg

img1631j.jpg

img1634he.jpg

img1660l.jpg

 

Sharm el Sheik

 

dsc09900c.jpg

dsc09910c.jpg

p1100177.jpg

p1100181r.jpg

p1100185.jpg

p1100194.jpg

p1100196m.jpg

p1100198n.jpg

p1100210.jpg

 

 

Petra:

 

p1100230y.jpg

p1100232g.jpg

p1100249h.jpg

p1100259.jpg

p1100262l.jpg

p1100277e.jpg

p1100281.jpg

p1100287.jpg

p1100292x.jpg

p1100301l.jpg

p1100302.jpg

p1100326c.jpg

p1100330.jpg

p1100341a.jpg

p1100361.jpg

p1100384.jpg

p1100391.jpg

p1100412i.jpg

p1100417m.jpg

p1100418v.jpg

p1100422x.jpg

p1100434.jpg

p1100451.jpg

p1100458.jpg

p1100473m.jpg

p1100476m.jpg

p1100482.jpg

p1100493k.jpg

 

Wadi Run

 

p1100532.jpg

p1100548h.jpg

p1100564.jpg

p1100569.jpg

p1100571.jpg

p1100575.jpg

p1100584d.jpg

p1100589y.jpg

p1100591p.jpg

 

 

Monte Nebo, mar morto e site de Batismo de Jesus

 

dsc09933i.jpg

dsc09937u.jpg

dsc09950d.jpg

p1100604.jpg

p1100610.jpg

p1100629.jpg

p1100631i.jpg

p1100638l.jpg

p1100646.jpg

p1100657v.jpg

p1100664.jpg

p1100684q.jpg

p1100694nc.jpg

p1100701.jpg

p1100710d.jpg

p1100715.jpg

p1100720.jpg

p1100741.jpg

p1100747.jpg

p1100771.jpg

p1100772b.jpg

p1100923.jpg

 

 

 

Jerash- Ruínas e ruas romanas

 

p1100933.jpg

p1100958.jpg

p1100968a.jpg

p1110005.jpg

p1110035.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Egito-Final- Cairo, Pirâmides e Felluca

 

Para o Egito esteja preparado para barganhar muito e para conhecer muita gente que só quer tirar o teu dinheiro e te passar a perna de tudo que forma. Aqui as vezes é muito importante ser mal educado e simplesmente deixar as pessoas falando sozinhas nas ruas, se não for firme em algumas ocasiões e quiser ser educado e conversar com todos vai ser depenado com certeza, pois as pessoas te agarram nas ruas pra entrar nas lojas te dão "presentes" e querem cobrar depois, perguntam "where you came from?" só pra iniciar uma conversa que não é pra te conhecer mas sim pra vender alguma coisa, mudam os preços, te dão outro produto, vários mercados e locais não tem preços vc pega o produto eles olham pra tua cara e querem cobrar um absurdo.

 

Mas mesmo com toda essa encheção de saco e mesmo quando você acha que foi passado pra trás quando converte a moeda vê que ainda assim foi muito barato, o Egito é um País muito barato até mesmo comparado com o Brasil, sabendo barganhar, indo nos lugares certos (onde os locais vão) você irá gastar muito pouco dinheiro e ter um excelente custo benefício.

 

Para esta parte da viagem fiz um tour fechado pela mesma agência de viagens que utilizei no Nepal e India, a Imaginative travelers, operada nestes dois roteiros pela Gekko's, Tudo é feito pela internet, você compra o pacote, eles lhe mandam o ponto de encontro e lá você encontrará o grupo. O site da Imaginative é http://www.imaginativetravelers.com (obrigado Heka pela dica…), um aspecto importante é que eles exigem que você tenha um seguro de viagens antes de iniciar, fiz o meu pela worldnomads, também tudo pela internet, para 2 semanas custou menos de U$$ 50,00, o site é http://www.worldnomads.com

 

O tour foi de 11 dias, com hospedagem, transporte e alimentação incluídas (em alguns dias tivemos que pagar o restaurante e as bebidas no barco não estavam inclusas), passamos pelos seguintes pontos/cidades:

 

Cairo por 1 dia com pirâmides e museu:

 

Cheguei no Aeroporto e tinha que fazer o meu caminho até o hotel, já começaram as negociações com os taxistas, combinei 50 Egp com um cara que falava inglês, ele deu instruções a outro motorista que não falava nada de inglês, aquele imbecil não sabia onde era o hotel, ficou rodando um monte e a cada parada ficava apontando pro dinheiro dizendo que era pra mim pagar mais, depois ligou pro primeiro que eu conversei em inglês e ele disse que o preço agora era 80 pra me levar pro hotel porque era muito distante….Estava no centro e estava uma muvuca danada lá, cheio de gente fazendo manifestações políticas, dai disse que pagaria os 80 mas que me levasse logo pro hotel, o cara se perdeu de novo, dai como tinha o telefone do hotel pedi pra ele parar em uma loja de celular e ligamos e os caras explicaram direito a onde era, na chegada ele ficava apontando pra um papel dizendo que eu tinha que pagar mais 20 Egp, mandei ele longe e entrei no hotel.

 

As pirâmides são realmente incríveis, a maior tem mais de 140 metros de altura, eqüivale a um prédio de mais de 40 andares, tudo isso construído a mais de 3.000 anos atrás, sem cimento, só com pedras gigantes, elas ainda tinham uma cobertura de uma pedra diferente (que ainda se vê no topo da segunda maior) e ainda eram cobertas por ouro na parte de cima que foi logicamente roubado e perdido no tempo.

 

Você pode pagar mais 100 Egp para entrar dentro da grande ou 30 Egp para entrar dentro da pequena (1 Dólar = 6 Egp mais ou menos), mas não tem realmente nada lá dentro, é só pra se ter uma idéia de como é, eu entrei na pequena e vi lá várias pessoas meditando dentro da pirâmide….Outra atividade extra é um barco que foi achado em uma escavação, ele tem mais de 4.000 anos, provavelmente é o mais antigo do mundo, eles juntaram as peças apenas com cordas, é gigante e está muito bem preservado, parece que foi feito ontem, incrível.

 

Um aviso muito importante para as pirâmides que nos foi passado pela guia é que lá dentro existem muitos mal intencionados, as pessoas não te deixam em paz querendo vender coisas, querendo que você ande nos camelos, etc, alguns tentam te dar um "presente" colocam algo em vc e depois dizem que vc tem que pagar um preço absurdo, os dos camelos combinam um preço, levam vc pra dentro do deserto e lá dizem que o preço era só pra ida e que tem que pagar 10x mais pra voltar, dizem pra você que algo custa 20 pounds e depois que vc pegou o produto e aceitou o preço dizem que é 20 pounds da Inglaterra e não egípcios!!! eheheh eles são muito espertos….MUITO CUIDADO COM ESSA GENTE.

 

Uma coisa engraçada sobre as pirâmides é que sempre achei que elas ficavam no meio do deserto, mas na verdade elas ficam é no meio da cidade mesmo, inclusive você atravessa a rua e tem Kfc e Pizza Hut! chegaríamos em menos de 30 min nas pirâmides não fosse o trânsito caótico do Cairo onde as pessoas estão toda hora buzinando, as sinaleiras não funcionam, etc, acho que o trânsito do Cairo é pior que o de Bangkok e melhor que o da Índia.

 

Depois fomos no museu do Cairo, é um museu imperdível realmente, não deixe de conhecer a sala das múmias reais (+ 100 Egp), é incrível ver as múmias com as feições do rosto todas perfeitas, até os olhos artificiais eles colocavam, algumas tem mais de 4.000 anos e estão ali, lá tem a múmia de Ramses II que foi quem construiu o templo de Abu Simbel e vários monumentos. Lá não podia tirar foto, mas tirei umas com o cel mesmo…

 

Depois fomos em uma fábrica de papiros, onde nos mostraram como fabricam os papiros e a diferença entre os originais e os que vendem nas ruas que são fibras de folha de bananeira e não papiro de verdade, lá você pode comprar um papiro original e ainda escrevem o seu nome em hieroglífos.

 

Pegamos um trem noturno para Aswan, ele atrasou umas 3 horas e a viagem neste trem durou mais de 12 horas, as poltronas são bem largas e deitam bastante como em um ônibus leito, a passagem custa apenas 106 Egp (menos de 20 dólares), chegamos meio quebrados em Aswan.

 

Aswan:

 

Aswan Foi a parte mais sul do Egito em que estive, lá é o local de 2 templos famosos Abu Simbel e Philae, ambos foram retirados de baixo da água e colocados em outro ponto, o de Abu Simbel foi um dos mais lindos que vi no Egito o de Philae se vai ir em outros talvez não precise conhecer não.

 

Para chegar em Abu Simbel saem 2 comboios por dia, todos os carros são escoltados pela polícia, pois a alguns anos turistas foram seqüestrados neste caminho que fica muito próximo ao Sudão, no caminho você verá várias miragens ao lado da estrada, como a areia é muito branca parece que logo ali tem um rio, mas é só ilusão.

 

O templo de Abu Simbel foi construído por Ramses II, a múmia dele está no museu do Cairo, ele também construiu um templo ao lado para a sua esposa Nefertari, ele tinha mais de 30 esposas, mas Nefertari foi quem lhe ajudou a ser um deus para os Nubianos (povo mais do sul do Egito), já que onde reinava o povo não aceitou a idéia de que ele era um deus.

 

A maioria dos templos do Egito tem a mesma constituição básica é um auditório externo onde ficavam as pessoas, depois uma sala interna onde ficavam os homens santos, sendo que cada pilar da área interna representa um deles, depois uma outra interna onde somente o faraó ou o mais alto sacerdote entrava para fazer as oferendas aos Deuses.

 

Templo Philae

 

Felluca pelo Nilo:

 

Nossa felluca saia de Aswan e estava um calor insuportável na rua, mais de 44 graus eu acho, imaginem uma sauna onde quando você se mexe rápido sente a pele queimar, é essa a sensação que tive em Aswan, o vento é um bafo quente demais, dizem que no verão a temperatura passa dos 50 Graus! nós não estamos preparados para esse tipo de calor, tomei muita água, mas você sente que aquele ar seco resseca todas as vias aéreas e áreas do corpo.

 

Uma felluca nada mais é que um barco a vela sem motor, com apenas 1 deck que navega pelo Nilo apenas com o vento, você pode relaxar no barco e sentir muita paz pelo caminho.

 

Antigamente as fellucas desta agência de turismo não tinham banheiro nem banho, mas agora eles deram um jeito de colocar um outro barco com banheiro que acompanha a felluca bem de longe e nas paradas você pode usar o banheiro e tomar um banho, mas a água do banho é simplesmente um gerador que puxa a água do rio, eu entrei e tomei banho no rio mesmo, um monte de gente diz que pode ter crocodilos ou uns bichinhos que entram nos orifícios da pessoa, mas vi os nativos todos dentro da água, tava um calor infernal e acabei entrando na água, tô vivo até o momento.

 

Bom, lá pelo segundo dia dentro do barco você sente uma certa inquietação, então é bom levar vários jogos, livros, etc, qualquer coisa pra passar o tempo, pra mim esses 3 dias no barco foram excelentes momentos onde pude pensar sobre a vida, a comida era todo o dia feita pelos nubianos que navegavam o barco, e todo o dia tinha pita que é o pão deles e uns queijinhos polengui que eles adoram por aqui, no final já estava sentindo falta de uma comida normal.

 

A felluca parou no templo dedicado a um deus com cabeça de crocodilo, porque na época existiam muitos crocodilos naquele local e como o nosso guia falou tudo que é muito diferente, muito bom ou ruim eles transformavam em deus naquela época, então fizeram este templo para que os crocodilos fossem embora e parassem de atacar as pessoas.

 

Tem uma história de um outro Deus o da fertilidade que é muito engraçada, esse Deus é representado por um homem sem um braço e sem uma perna e com um pênis ereto gigante, a história deste Deus é a seguinte: No tempo de um dos Ramses eles estavam em guerra em um local distante, e o Faraó mandou um dos homens voltar para passar instruções sobre o que estava acontecendo, este homem voltou para a cidade, porém disse que todos estavam mortos e que era necessário dar continuidade ao povo, "infelizmente" ele era um dos únicos homens do local e então passou a pegar todas as mulheres da cidade, se passaram mais de 2 anos até que os combatentes voltassem pra casa e quando voltaram viram filhos deste cidadão por tudo que é canto, Ramses decidiu não matar ele mas sim cortar uma perna e um braço, para que ele não fosse mais para as guerras e desta forma não ganhasse mais dinheiro, depois da sua morte seus filhos e a sua lenda o transformaram no Deus da Fertilidade.

 

Edfu, Luxor e Vale dos Reis:

 

Nossa última parada de felluca foi Edfu, lá tem o templo de Horus que é um deus com o formato de pássaro, eu curti esse templo, curti também a história do Horus, pois foi em Edfu que ele derrotou Ses, seu tio e inimigo, até hoje no Egito as pessoas colocam na entrada das casas o olho de horus para proteger a casa, no papiro que comprei também está esta figura.

 

Luxor:

 

Em Luxor está localizado o vale dos reis, onde existem mais de 40 tumbas dos faraós, eles deixam abertas cerca de 12 por mês e vão mudando conforme o mês, o nosso ingresso dava direito a conhecer 3 tumbas com guia local, pra variar também não podia levar câmera pro local e pra variar eu tirei fotos com o celular mesmo assim…ainda vou ser preso um dia…eeheheh

 

Acho que Luxor e o vale dos reis é um destino imperdível para quem vêm ao Egito, é inacreditável como que aquelas pinturas e hieróglifos estão em tão perfeitas condições, parecem que foram pintados ontem!, você vê um céu estrelado, pinturas, figuras e formas coloridas nas paredes, eles tinham uma técnica que parece que passaram massa corrida nas paredes, na verdade parece que alguém fez aquilo ali a bem pouco tempo, como que a mais de 4.000 anos eles conseguiam fazer algo tão lindo? eu imaginava que ia ser algo bem rústico, mas não…. ;e uma parede bem branquinha, bem acabada como as que vemos hoje, com figuras e artes muito lindas.

 

Para chegar ao vale dos reis fomos de burro, me deram um burro loco que saia correndo e não me obedecia, a sorte é que eles são baixinhos e os meus pés estavam quase tocando o chão, então o tombo não ia ser tão grande, depois de 1 hora montado no burro sai com as pernas doendo mas foi bem divertido!

 

Também em Luxor tem o famoso passeio de balão, por 90 dólares pela agência em que eu estava (te oferecem por 200Egp nas ruas, mas daí é aquela velha história de que nada ;e o que parece…), este passeio é bem legal também, você vê o nascer do sol e é uma paz lá em cima.

 

Depois foi encarar outro trem de 10h de volta para o Cairo, ainda no Cairo fomos na citatel e na famosa mesquita de Mohamed ali, foi a primeira vez que entrei em uma mesquita, esta é bem bonita e possui uma vista legal da cidade.

 

Fiquei ainda mais 1 dia pelo Cairo, mas não quis sair muito do hotel não, a dois dias queimaram uma igreja católica por aqui e teve mais de 100 feridos, na frente do hotel escutei várias manifestações e o exército tá nas ruas com tanques em tudo que é lugar, então acho que já vi o bastante e que tá na hora de eu zarpar daqui pra Europa.

 

Abraço!

 

Fotos:

 

Cairo, é uma confusão o trânsito sem sinaleiras

 

p1120137.jpg

p1120138.jpg

p1120145q.jpg mesquita de Mohammed Ali

p1120162.jpg

p1120169.jpg

p1120211e.jpg Museu, esse não ;e bom não...

p1120231.jpg

p1120242.jpg

 

Pirâmides de Giza:

 

img0622f.jpg

img0716fi.jpg

p1110088.jpg

p1110152.jpg

p1110172c.jpg

p1110286t.jpg

p1110225.jpg Este deve ser o barco mais antigo do mundo, os Faraós construíram para poder navegar na vida após a morte..

p1110298.jpg As pirâmides estão na verdade dentro da cidade...

p1110293.jpg Kfc e Pizza hum do outro lado da rua, tá certo que um camelo na rua não é tão normal assim…eheheh

p1110302js.jpg Comemos uma Sharma por cerca de 8 pounds (1,5 dólar) bem em frente as pirâmides.

 

Múmias reais no museu do Cairo:

 

img0072po.jpg Este é o Ramses II que construí Abu Simbel a mais de 3.000 anos

img0078td.jpg

img0080dk.jpg Algumas múmias estão tão preservadas que parece que as pessoas morreram a meses não a milhares de anos atrás...

img0081xn.jpg

 

dsc00023pz.jpg Trem noturno chegando em Aswan

 

Papiros, originais, escrevem seu nome nele em hieróglifos:

 

p1110308u.jpg

p1110315.jpg

 

 

Felluca pelo nilo:

 

dsc00098b.jpg Esta é a felluca

p1110600.jpg Água pra hidratar e Vodca pra desidratar, um balanço perfeito é necessário!

p1110604q.jpg

p1110607.jpg Nosso Guia pescou vários peixes, pegou até um catfish bem grande...

p1110612.jpg

p1110615p.jpg Nubiano fumando uma shisha nas margens do Nilo

p1110627s.jpg

p1110637.jpg

p1110639i.jpg Jogos de cartas pra passar o tempo.

p1110809g.jpg Os Nubianos preparando a nossa comida no barco…. melhor não olhar, rezar e comer!

p1110812.jpg

p1110815.jpg

p1110819.jpg

p1110828.jpg

p1110830.jpg

 

Indo para o Vale dos Reis de Burro:

 

dsc001271j.jpg

dsc00161lg.jpg

 

Templo Philae em Aswan:

 

p1110352.jpg

p1110389.jpg

p1110396.jpg

p1110401g.jpg

 

Templo de Abu Simbel a cerca de 2 horas de Aswan no meio do deserto:

 

p1110428.jpg

p1110444f.jpg

p1110458.jpg

p1110463.jpg

p1110497c.jpg

p1110501x.jpg

 

 

Clássica vila Nubiana:

 

p1110672.jpg

p1110688n.jpg

p1110691.jpg

p1110700.jpg

 

Jantar com os Nubianos:

 

img0890i.jpg

img0895f.jpg

p1110592.jpg

 

Templo entre Aswan e Edfu em homenagem ao deus jacaré:

 

p1110718.jpg

p1110726du.jpg

p1110764.jpg

p1110766w.jpg

p1110793.jpg

 

Templo de Horus em Edfu, final da felluca, fica a 1 hora de Luxor:

 

p1110865.jpg

p1110873p.jpg

p1110886.jpg

p1110920.jpg

p1110932.jpg

 

Passeio de balão em Luxor:

p1110953.jpg

p1110960.jpg

p1110969.jpg

p1110978.jpg

p1110989e.jpg

p1120001.jpg

p1120017.jpg

p1120026w.jpg

p1120028.jpg

p1120061z.jpg

p1120128x.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

 

A viajem ainda não acabou, mas tive que mudar os meus planos com relação a Europa e Estados Unidos….

 

Não vou ter como agüentar 3 meses na Europa e 2 meses nos Estados Unidos como tinha programado, em resumo gastei demais e o meu dinheiro acabou!

 

Dessa forma mudei as datas dos tickets (o que é permitido sem custo algum com a passagem RTW) e vou ficar 24 dias na Europa e 20 dias nos Eua.

 

O novo roteiro ficou assim:

 

- 3 dias em Madrid

-4 dias em Barcelona

-3 dias em Paris

-4 dias em Roma

-4 dias em Praga

-3 dias em Amsterdã

-3 dias em Londres

 

Depois ficarei 10 dias em Los Angeles, Las Vegas e Grand Canyon, 2 dias em Miami e 7 dias em um cruzeiro que consegui uma promoção por 600 dólares.

 

Sei que a minha viagem na Europa será uma viagem bem superficial, mas vou ter ao menos uma idéia de como são os lugares mais famosos e poderei voltar outra vez com mais calma e principalmente com mais dinheiro!

 

Entre ficar mais tempo e conhecer mais de um ou dois países, ou ter apenas um "aperitivo" de vários desta vez decidi pela viagem mais corrida, é o que o tempo e o dinheiro vão me proporcionar desta vez.

 

ALGUNS PENSAMENTOS….

 

 

Nosso País é maravilhoso-->

 

 

Eu AMO o meu País!, e agora depois desta viagem tenho milhões de motivos a mais pra amá-lo ainda mais, mesmo com todos os nossos problemas.

 

Sempre que converso com as pessoas no exterior tento ressaltar o que a gente tem de bom, como a nossa economia cresceu, como o nosso dinheiro que a pouco tempo tinha a conversão de 1 dólar por 3 reais agora tem a de 1 dólar pra 1,6 reais, sempre digo com orgulho que vamos hospedar a copa do mundo e as olimpíadas, que o meu País e meu estado tem as mulheres mais bonitas e alegres do mundo terra de Gisele bunchem e muitas modelos lindas, conversei com um americano e fiquei orgulhoso de saber que no New York times saiu uma reportagem que as agências de modelo do mundo todo vinham para o Brasil e para meu estado para procurar modelos, digo pra todo mundo que a nossa comida é maravilhosa, temos muita salada, muita variedade na agricultura que nos permite ter virtualmente qualquer verdura e legume, temos carne boa demais, enfim podemos ter uma dieta da melhor forma que quisermos o que em muitos Países é bem limitado em função do clima, agricultura, importações, etc.

 

Temos liberdade de expressão o que em vários locais como a Siria, Jordânia, Emirados Árabes, etc não é possível, em Dubai fui acessar a internet e vários sites são bloqueados pelo governo por irem contra as regras que eles acreditam serem certas para o País.

 

Nossas mulheres não usam burca, podem trabalhar livremente, não se submetem unicamente a vontade do marido, podem se casar e amar quem quiserem, não é como no Nepal onde o campeão de um torneio de música pode escolher a esposa que tem que ficar com ele pra vida inteira.

 

Temos educação e saúde públicas gratuitas, sei que são bem precárias as nossas escolas e que várias pessoas morrem na fila do SUS, mas pelo menos existem as escolas e o SUS, não é como na Índia que tudo é pago e as crianças que tem sorte de poder estudar em algum projeto internacional sentam no chão escrevem em uma louça quebrada pra apagar e escrever de novo, as mulheres dão a luz ao lado de um valão em uma cama podre de suja e qualquer caso mais grave são 4 horas de jipe (ok na Amazônia talvez seja parecido).

 

O melhor futebol do mundo com certeza! sempre que digo que sou do Brasil as pessoas respondem ahhh Ronaldo!!, engraçado que até agora não lembraram do Pelé, não sabia que o Ronaldo era tão famoso assim! lembram também do Kaka e do Robinho, sem dúvida todos sabem que somos o País do futebol!

 

Temos muita alegria e somos reconhecidos por isso no exterior, somos alegres mas não abusados como em alguns Países, acho que temos alegria e calor na medida certa, eu estava em Israel, estava acontecendo um casamento e as pessoas na volta todas assistindo quietas, foi só descer um ônibus de turismo com Brasileiros que tudo virou festa! trouxeram bandeiras quiseram tirar fotos com os noivos bateram palmas e trouxeram muita alegria e sorrisos para aquele ambiente, isso é que nós temos de diferente.

 

Me lembro de estar no Nepal e um Canadense do grupo queria ligar para a esposa e não estava conseguindo, disse pra ele ligar do skype do meu computador, fiquei observando como ele conversava com a esposa, tipo todo formal: " Então Brenda as coisas estão indo bem por ai…" e ela, : "Sim Jonh, está tudo bem, muito obrigado por ter ligado espero voltar a conversar com vc em 5 dias", tipo…. não tinha um Ahhhhhh que saudadeeeeeeeee, quero te agarrarrrr!!!!, tipo um calor Brasileiro entende!!!!, e isso não é só nas ligações não, é comum os casais em vários países não demonstrarem afeição em público como no Japão por exemplo, eles saem juntos e sequer se tocam, andam como se fossem simples conhecidos, se tratam com um excesso de formalidade.

 

Temos uma identidade e cultura própria, e não fomos tão influenciados por outros Países como a Austrália por exemplo, lá a única coisa de tradicional é a torta e o canguru, porque o resto é só um mix de nacionalidades e culturas que foram pra lá.

 

Temos um País muito grande com diversos climas, paisagens e opções, não é como no Tahiti e Maldivas por exemplo que são lugares lindos mas e o resto? digo lá você não tem inverno, agricultura, etc. Lá tudo é importado e caro, no Brasil você tem um país tão grande e com tantas opções que se quiser verão o ano todo vai pro nordeste, se quiser inverno vai pro sul, temos todos os climas, uma costa gigante e principalmente muitas opções que na Jordânia por exemplo não existem… lá no deserto e com aquele clima o ano todo vai cultivar o que?

 

Bom… já escrevi demais, só quero registrar que é muito bom vivenciar outros lugares e culturas para valorizar a nossa, eu mesmo já reclamei muito do Brasil, mas agora sei que foi por pura ignorância de não conhecer os outros países.

 

Também ó óbvio que existem várias coisas melhores que no Brasil lá fora, porém digo que se colocar na balança o bom e o ruim desses lugares vcs vão ver que nosso País merece muito mais conceito.

 

O inglês é uma língua universal-->

 

Infelizmente o nosso português é uma língua desconhecida no resto do mundo, cerca de 70% do português falado no mundo é falado no Brasil, depois tem Portugal e alguns países da África. Em alguns Países eles acham que português e espanhol é a mesma coisa, alguns tem até mesmo dificuldade pra localizar o Brasil no mapa…. O Inglês é fundamental e é sem dúvida uma língua mundial, é uma língua de conexão em todo o mundo não importa a nacionalidade, a ponto de estarmos em uma mesa com umas 10 nacionalidades diferentes todos falando em inglês com diferentes sotaques, com alguns erros, com alguma mímica mas sempre e inevitavelmente em Inglês.

 

Eu acho que não vai demorar muito para todo o mundo falar inglês, talvez apenas como uma segunda língua, mas acho sim que em algum tempo todo o mundo conseguirá se comunicar fluentemente em uma só língua.

 

Eu fico de certa forma orgulhoso que o Brasil não esteja se influenciando tanto ainda, pois em alguns Países as pessoas simplesmente atropelam a língua do País e saem falando direto em inglês como se fosse obrigação dos outros falar também, em vários países as placas estão todas traduzidas também para o inglês, os preços em dólar, etc, etc, é como se o País perdesse um pouco a identidade.

 

Mas para o turista isso tudo é ótimo!

 

Nunca confie em Taxistas-->

 

Seja no Nepal tentando te empurar um hotel pra ganhar comissão, seja na Índia querendo mais tips, seja na Tailândia mudando o preço no meio do caminho, Seja no Egito tentando te cobrar 10 x mais que o preço normal da corrida, seja em Dubai acelerando o carro e fazendo mil voltas a mais pra ganhar mais no taximetro, seja na Australia cobrando uma fortuna porque custa uma fortuna mesmo, Seja em Israel não querendo ligar o taximetro e cobrando o dobro do preço que seria com o taximetro ligado, seja na jordânia mentindo que não tem hotéis na cidade por menos de 60Jd enquanto tem por 8, etc etc.

 

Turista só se Rala-->

 

Conhecem aquela frase: "Boi em terra estranha é vaca!" pois é, você acaba de chegar em um lugar novo, já pesquisou sobre o local, mas nunca esteve ali de verdade, esta ingenuidade fará você gastar mais, o desconhecimento das leis do local fará com que vc fique impotente em certa situações (como quando fui furtado na Australia), o desconhecimento da cultura fará você cometer algumas gafes.

 

Acho que depois que você fica safo em um local, descobre onde se come bem e barato, descobre como se localizar, se transportar e realmente começa a não ser mais enganado como turista infelizmente você nota que já está na hora de ir embora para o próximo destino…. ou seja em uma segunda vez você já estará preparado.

 

É claro que conversando com os locais, pesquisando mais, indo com o livro do lonelly planet, ficando na casa de alguém que more no local estes enganos são minimizados e até mesmo deixam de acontecer, mas acho inevitável que durante uma viagem com tantos destinos você deixe de ser um "turista".

 

Um sorriso no rosto é a melhor forma de se comunicar e evitar problemas-->

 

Em qualquer lugar vc estará bem se tiver um sorriso no rosto, as pessoas vão te ajudar mais, um sorriso sincero ameniza os ânimos, traz entendimento e só fará bem pra você nas viagens.

 

Acho que um sorriso é importante não só nas viagens, acontece que acho que é especialmente mais importante nas viagens, pois você estará em uma terra estranha, lidando com outra cultura e outra língua e principalmente vai precisar mais do que nunca da boa vontade dos outros pra se dar bem, saber onde ir, onde comer melhor e mais barato, se transportar, enfim tudo, e um sorriso no rosto irá abrir essas portas pra vc.

 

Não dá pra ficar só em albergue durante todo o tempo-->

 

Tem uma hora que vc precisa de um tempo pra recuperar as energias sem ninguém fazendo barulho, roncando, fedendo, peidando, batendo a porta, acendendo a luz, rindo, se mexendo, mexendo na mochila, barulho de zíper, a mulher da limpeza as 9 da manhã, etc, etc.

 

 

 

ITENS QUE USEI BASTANTE:

 

Câmera fotográfica-->[/b]Foi, é claro, o item mais usado na viagem, acho que as fotos são uma forma de levar o lugar e a vivência com a gente pra casa sem depredar o local e sem gastar dinheiro com lembranças, as fotos são as melhores lembranças, gosto de tirar fotos não somente das paisagens mas de mim e dos amigos nas paisagens! eheheh. Já fui criticado quanto a isso, mas acredito que fotos dos lugares são fáceis de achar até na internet, mas quando você está na foto com o lugar ao fundo, quando for velhinho vai poder ver seu rosto, como era diferente e diversas mudanças que teve em você e no lugar que esteve, nossa vejo hoje fotos de 10 anos atrás e é muito bom ver como as percepções mudam, me lembro de uma época que estava me achando gordo e hj vejo que estava era um palito! por isso acho legal tirar fotos não só das paisagens, mas de mim e dos amigos inseridos no contexto também.

 

No começo da viagem tinha uma dúvida tremenda se deveria levar uma Slr grande ou não…. acabei não levando porque queria economizar espaço e peso, utilizei uma câmera da Sony bem pequena e a prova d'água no início, depois quando cheguei em Hong Kong comprei uma Panasonic Lx5, que é a câmera que estou utilizando até agora.

 

Foi realmente uma diferença brutal na qualidade das fotos, essa câmera da Panasonic é muito boa mesmo, digo com certeza que as fotos são muito similares e quase do mesmo nível da Slr, depois da viagem estou pensando inclusive em vender a minha câmera grande e ficar só com ela, pois acho que supre todas as minhas necessidades.

 

Fiz uma pesquisa na internet antes de comprar procurando a melhor câmera portátil possível e esta está sempre no topo da lista, junto com a Cannon G12, porém a Panasonic Lx5 é bem menor que a G12, cabe até no bolso lateral da calça.

 

Ela custou U$$ 450,00 em Hong Kong.

 

Um excelente site pra procurar por câmeras e reviews é o da Bh photo que é uma das maiores lojas especializadas em câmeras no mundo: www.bhphoto.com, coloque lá panasonic lx3 (modelo antigo) e lx5 pra darem uma olhada nas avaliações.

 

Netbook --> Também até Hong Kong estava sem computador, só com um telefone que acesse a internet e tenha skype já dá pra falar com a família e fazer o básico.

 

Levar ou não computador é uma escolha delicada, pois é mais peso e preocupação, mas no mínimo você tem que levar um chip de memória da câmera grande e um hd externo, não precisa levar do Brasil pois fora vc irá pagar muito mais barato é claro.

 

Eu comprei um netbook pelo caminho, na real eu vendi meu note no Brasil para um amigo e comprei um melhor no meio do caminho pagando mais barato, foi um bom negócio pra mim e pra ele que pagou mais barato também, mas como eu disse acima, é mais peso e preocupação.

 

Maaaas eu uso o computador quase todo dia, vejo filmes nele, copio músicas dos amigos, escrevo no mochileiros, escuto música, faço as minhas reservas, etc, etc, sem dúvida foi um item que usei bastante, ainda mais quando o hostel oferece wi-fi livre.

 

Lanterna pequena, tapa olho e tapa ouvido--> Usei direto nos hostels quando neguinho tava roncando, com a luz acessa ou quando eu entrava na noite e não queria incomodar os outros.

 

Havaianas--> tá toda gasta já! os gringos usam direto também, custa mais de 20 euros em alguns países, vamos valorizar o melhor calçado do mundo!

 

Papel higiênico e shampus dos hoteis--> papel higiênico é um item precioso quando não está disponível no banheiro, sempre tenha na mochila (eu que o diga quando estava com diarréia na Índia), sempre que tinha shampu disponível nos hotéis recarregava meu estoque pra usar nos albergues.

 

Toalha de Natação--> até eu perder e não achar outra pra comprar foi um item muito usado e recomendado, é uma toalha molhada bem pequena, leve e fácil de carregar, você toma banho com ela e ela parece uma esponja você se seca e guarda molhada e está sempre pronta pro uso, tinha uma da speedo, no Brasil é fácil de achar mas depois que perdi tenho que ficar lavando e deixando secar essa M de toalha normal aqui.

 

Camisetas dry fit e calças que viram bermudas com bolsos laterais--> essas roupas são leves, fáceis de lavar e secam rápido, utilizei muito, é a roupa clássica do mochileiro.

 

Jaqueta corta vento--> é muito leve, a prova d'água e é muito eficaz para o frio, pois não deixa o vento e a chuva passar pra roupa interna, no Japão com um frio de 4 graus na rua eu me mantive aquecido apenas com uma jaqueta dessas, um blusão e uma camiseta por baixo. A minha é da north face e custou cerca de 60 dólares nos Eua, mas esse tipo de jaqueta é melhor comprar fora do Brasil com certeza… no Nepal se encontra elas por uns 30 reais.

 

Cartões de crédito--> Usei muito mais do que deveria!! bom mas o ponto aqui é levar mais de uma bandeira e até mesmo mais de um banco, pois em várias situações um cartão funcionava e outro não na mesma máquina, no expedia.com não sei porque o meu master não funciona, em alguns atms é o visa que não funciona, então pra garantir é bom ter pelo menos 2 cartões de crédito e é claro dinheiro (euro ou dólar) de reserva caso nenhum cartão funcione ou não se ache atm por perto.

 

Money Belt--> virou parte do meu corpo, não tiro nem pra dormir, ali está o dinheiro reserva (além de U$$ 100,00 embaixo da palmilha do tênis), o passaporte, e cartões de crédito.

 

 

 

LUGARES QUE VOLTARIA E QUE NÃO VOLTARIA:

 

Voltaria:

 

Japão (Evolução espiritual, tecnológica e de educação), Egito (mergulhos maravilhosos e preços excelentes), Dubai (Glamour, Shopings, novidades), Nepal (melhores trekings, montanhas lindas, baratíssimo, aventura), Tahiti (Paraíso, é caro, mas é o Paraíso), Nova Zelândia (Ótima pra mochileiros, adrenalina, natureza, vibração), Tailândia (Praias, agitação,preços ótimos, boa comida)

 

Não voltaria:

 

Índia (miséria,doença, sofrimento, transito insano, povo invasivo e mal educado demais), Maldivas (o lugar mais caro do mundo com o pior atendimento do mundo),

 

Neutros/Ainda não sei:

 

Hong Kong, Camboja, Israel, Jordânia, Australia.

 

MELHORES E PIORES COMIDAS

 

Melhores: Japão (sushi e vários sabores diferentes), Israel (humos e Pita) e Tailândia (Pad Tai e Green Curry).

Piores: Tailândia (em alguns restaurantes que vinha só pimenta na comida e não dava pra comer), Nepal e Índia (ver eles lavando a louça no Nepal e as mãos das pessoas que serviam a comida na Índia foi difícil), Hong Kong ( os patos pendurados, caldeirões com coisas nojentas e a tesoura enferrujada que cortava a carne, um cheiro que não vou me esquecer).

 

O QUE MUDARIA E MANTERIA NO ROTEIRO

 

Tahiti se a grana suportasse ficaria mais tempo, 3 dias foi pouco, mas só ficaria mais tempo se estivesse acompanhado, pois aquele lugar é muito lindo pra se ver sozinho;

Nova Zelândia achei 3 dias pouco para Auckland, 1 semana já é muito pra Queenstown, hj colocaria 4 dias em Auckland, voaria pra ilha sul e alugaria uma van daquelas por uma semana pra conhecer as cidades por terra, acampar e fazer trekking.

Australia eu fiquei 1 mês, mas porque estava com amigos e consegui salvar algum dinheiro, pra turismo isso é tempo demais, é muito caro lá, então nem sei se voltaria, mas se voltasse iria no verão pra surfers e byron bay, passaria no máximo uma semana por lá pra conhecer os parques dos cangurus, as praias, Brisbane, etc, depois colocaria talvez o outback e Nimbim que é bem diferente de se conhecer. Claro que uma passada de uns 2 dias por Sydney e opera house não seria nada mal também.

Japão achei a programação bem na medida certa de 2 semanas é suficiente para conhecer Tokio, Kyoto, Hiroshima, Takayama, Kinosaki Onsen, e talvez apertado dê até pra ficar neste tempo uns 2 dias nos Alpes de Sky.

Hong Kong 3 dias foi pouco tempo, colocaria talvez uns 5 dias pra conhecer mais a cidade que é gigante, mas em 3 já deu pra ir no Grande buda, the peack, avenida das estrelas e na mutuca de mong kok pra fazer umas comprinhas.

Ficaria mais tempo na Tailândia, 15 dias é realmente muito pouco tempo pra lá, pois o País é grande, e o transporte demora de um lado ao outro, ainda mais se quiser aprender um curso de mergulho em Ko Tao, um curso de comida Tailandesa; ou simplesmente perder a noção do tempo em Ko phi phi ou Ko Samui é melhor reservar mais tempo pra lá.

Nepal por 10 dias é muito pouco tempo, se quiser ir ao acampamento base do everest são 12 dias só caminhando, o transporte é difícil por lá também, os anapurnas são do outro lado se quiser conhecer as duas montanhas será ainda mais tempo, Lumbini e os parques nacionais do sul também se demora pra chegar e tem várias coisas pra conhecer.

Índia por 10 dias sem dúvida é muitíssimo pouco tempo, conheci pessoas que ficarm mais de 6 meses viajando por lá, o País é gigante, o transporte é absurdamente maluco e se quiser realmente conhecer tem de reservar pelo menos um mês, eu em 10 dias conheci Varanassi, Agra (Taj Mahal), Vila Tordi, Jaipur e Delhi, mas eu não volto pra lá não. Boa Sorte.

Dubai por 1 semana achei tempo suficiente pois estava cansado e precisando recarregar as baterias, talvez em 4 ou 5 dias já seja tempo suficiente pra conhecer as principais atrações.

Ficaria bem menos tempo do que programei em Israel (20 dias) e Jordânia (10 dias), acho que 1 semana é suficiente pra Israel e 4 dias é suficiente pra Jordânia;

 

 

LUGARES MAIS BARATOS

 

1- Índia- Fui no mercado e comprei desodorante, pasta de dente, aparelho de barbear, shampu, 2 pacotes de bolacha, chocolate, dois sucos de 1 litro e a conta de 7 dólares! devia ter guardado a nota pois este preço foi inacreditável.

2- Nepal- hotel em cima da montanha com água quente por 2 dólares a diária é muito barato mesmo!

3- Egito- Passagem de ônibus de Sharm el Sheik - Cairo por menos de 10 dólares, mergulhos e cursos a preços muito bons mesmo.

4- Camboja e Tailândia- São lugares baratos, mas as atrações turísticas são bem inflacionadas (parque dos tigres, etc.)

 

LUGARES MAIS CAROS

 

1- Ilhas Maldivas- Preços absurdos, se for ficar em um resort em alguma ilha prepare muito o bolso pois vai sair tonto de lá!, só o transfer de barco já sai 100 dólares, uma água é 4 dólares, taxa disso taxa daquilo, os caras que trabalham exigindo tips, tentam sugar o teu dinheiro de tudo que é jeito o mergulho que é mais de U$$ 150,00 o primeiro tem que ser um ridículo ao lado do resort, ou seja já de largada é U$$ 300,00 pra poder mergulhar, dae vai ver eles cobram separado mais um monte de taxas, equipamento e etc. Fujaaaaaa!

2- Tahiti- É caro, mas pelo menos é mais honesto e como é a Polinésa Francesa de colonização Francesa tem uma comida melhor, um tratamento melhor e você tem mais retorno mesmo pagando um preço caro.

3- Australia- 12 dólares o quilo do tomate tão de sacanagem!, fomos comprar 2 caixas de cerveja e uma vodca e deu 120 dólares! aff…. só trabalhando lá e ganhando como eles ganham pra agüentar esses preços!

4- Japão e Israel- São caros mas ainda dá pra gerenciar, se come bem no Japão por cerca de 12 dólares e em Israel também.

5- Jordânia- Mais barata que Israel mas ainda assim cara.

6- Dubai- Dubai foi uma surpresa pra mim, pois como andei de metro e fiquei em um apartamento individual com tudo por 40 dólares por dia acabei não achando tão cara assim, é claro que cozinhei no apto e não fui em tantas atrações caras, se vc quiser gastar muito dinheiro em Dubai lá é o lugar, existem muitas coisas e atrações caríssimas, mas para as atrações básicas não achei um lugar tão caro assim.

 

 

Vou ir adicionando aqui mais idéias que surgirem até o final da viagem… já tinha bastante coisa escrita e achei melhor postar o que eu já tinha.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boas Dicas Guerra... Que pena que vai ter que reduzir o tempo de viagem, eu ja estava programado pra continuar lendo seus posts por mais 5 meses!!!.. Mas a vida é assim mesmo.. vivendo e aprendendo.. Na proxima tenho certeza que vc nao vai mais cometer os erros desta... e muito bom que vc deixe aqui suas visoes sobre os lugares.. Vai ajudar muito aos futuros viagentes RTW!. De qualquer maneira, aguardamos ainda seus relatos sobre Europa e EUA. Bom proseguimento!

Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...