Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0

Problemas de reembolso


Pergunta

  • Membros

Pessoal, alguém está tendo problemas como eu p receber de volta os passeios comprados e cancelados?

Os passeios foram comprados para Paris, para maio. 
Tento cancelar desde março.

*TicMate disse que está em recuperação judicial e se recusa a devolver o valor gasto.

*Paris City Vision está "analisando" meu cancelamento há 15 dias e nada responde.

*O Bateau Parisien está "analisando" meu cancelamento há 15 dias também, sem devolução.

*Hoteis. com se recusa a atender o cliente a não ser q sua reserva comece em 7 dias. Tento cancelar desde abril.

Submarino Viagens e Ibéria não se pronunciam e esperam dar voucher até dezembro desse ano ao invés de reembolsar os clientes.

Tá duro. Não viajar e ser roubado ainda por cima é demais.

Perdendo 20k nessa brincadeira.

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

7 respostass a esta questão

Posts Recomendados

  • 0
  • Membros

Pelo que eu entendi as empresas aéreas pelo menos não, são obrigadas a te reembolsar o valor pago, a não ser é claro que sua condição trifária permitisse isso.

Judicialmente elas estão protegidas apenas te darem o crédito relacionado a passagem

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 0
  • Membros
11 horas atrás, Andreend disse:

*TicMate disse que está em recuperação judicial e se recusa a devolver o valor gasto.

Recuperação Judicial significa que a empresa está virtualmente falida, praticamente sem dinheiro para nada. 

É um mecanismo judicial extremo, decretado por um juiz, e que se usa em ultimo caso, para suspender as cobranças e pagamentos, e assim ter algum tempo para pensar em um plano para tentar salvar a empresa, e caso consigam salvar a empresa, no futuro pagar as dívidas.

Algumas empresas conseguem se salvar na recuperação judicial, e depois de algum tempo pagar as dívidas, mas maioria infelizmente acaba mesmo falindo e ninguém recebe nada.

 

 

Eu não diria que é ser roubado, a grande maioria das empresas do setor de turismo simplesmente não tem dinheiro para fazer as devoluções neste momento, a maioria das empresas do setor de turismo não sabe nem se vai ter dinheiro para abrir semana que vem, todas correm grande risco de simplesmente falirem nos próximos dias por falta de dinheiro. 

As empresas tem dezenas, centenas ou mesmo milhares de funcionários que estão dando duro e fazendo o máximo possível para tentar resolver os problemas dos clientes, e funcionários estes que acordam toda manhã sem saber se a empresa onde trabalham não faliu e sem saber se vão receber o salário do mês.

Imagine você acordar toda manhã, para encarrar uma multidão de clientes bravos, sem saber se a empresa vai ter dinheiro para pagar o seu salário no final do mês.

Mas como faz uns 2 meses que as empresas de turismo não vendem mais nada, o dinheiro está acabando, e neste momento estão priorizando o pagamento dos funcionários que ainda estão trabalhando e dados duro para tentar resolver a situação.

Tenho um amigo que é gerente de hotel,  ele comenta que não sabe como vai fazer para pagar o salário dos funcionários no final deste mês, muito menos devolver algum valor aos clientes que já pagaram antecipado, pois faz quase 30 dias que não entra um centavo na conta do hotel, o dinheiro que eles tinham, usaram para pagar os salários do mês passado, mas para os salários do mês atual, eles não tem mais dinheiro, estão negociando com os funcionários para pagar somente metade do salário nos próximos meses, e tentando levantar um empréstimo no banco para pagar ao menos metade dos salários... 

A legislação mesmo antes desta crise toda também já estabelecia uma ordem  de prioridade de pagamentos em caso recuperação judicial, os primeiros a receber algo são os funcionários, depois empréstimos com garantia, pagamentos de impostos, fornecedores, etc, e os consumidores são os últimos da fila para receberem alguma coisa.

No mundo todo também foram promulgadas leis adicionais protegendo as empresas, dando prazo de até 12 meses para devolver valores pagos ou dar um voucher para você usar em outra data, para assim ao menos tentar salvar algumas empresas, para que elas tenham alguma chance de sobreviver e tentar em algum momento conseguir devolver aos clientes os valores já pagos ou prestar os serviços contratados em outra data.

Ou seja, você pode até não concordar e achar que está sendo prejudicado, mas as empresas não estão fazendo isto intencionalmente, o dinheiro simplesmente acabou, e elas não tem de onde tirar dinheiro neste momento para lhe devolver, e a princípio elas estão amparadas pela lei neste momento de exceção, que ninguém previu ou imaginou que algum dia poderia acontecer.

O que nos resta agora, é ter paciência, e torcer para que as empresas consigam sobreviver a esta crise, e que consigamos algum tipo de reembolso ou crédito no futuro.

Eu também tenho uns 6 mil em passagens já pagas que eu não sei quando vou conseguir receber de volta, isto se conseguir receber alguma coisa, pois a empresa simplesmente pode falir antes de conseguir devolver alguma coisa aos clientes.

https://www.melhoresdestinos.com.br/alteracao-reembolso-passagens-aereas-novas-regras-coronavirus.html

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores

eu complei tudo pelas cias e booking, ingresso só compro lá, ou dias antes sempre.

remarquei tudo, meu prejuízo foi de 89,00.

 

n desista .. pode rever isso dps, meus voos só me atenderam c 7 dias antes

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

Situações como a sua, me fazem reforçar ainda ainda mais a minha convicção e reafirmar ainda mais veementemente o que eu venho sugerindo e  aconselhando as pessoas a vários anos aqui no fórum:

Compre e pague antecipado somente aquilo que for realmente necessário, comprar e pagar tudo antecipado, é pedir pra ter problemas, pois na prática, quando você estiver lá em Paris, as chances de as coisas não saírem como você planejou na sua cabeça ou no papel são imensas.

Você pode ter algum problema de saúde ou de força maior que faça você ter que cancelar ou adiar a viagem, o avião pode quebrar e você chegar 2 dias atrasado no destino, o clima pode não colaborar com os seus planos e isto pode estragar o seu planejamento do dia-dia, etc...

E ai mudar os planos ou cancelar as coisas vai lhe causar muita dor de cabeça e prejuízos.

E quando mais coisas você tiver comprado e pago antecipadamente, maior a dor de cabeça que você vai ter, e maiores serão as suas perdas caso precise cancelar ou adiar a viagem por algum motivo.

Pessoalmente as únicas coisas que eu pago antecipado são as passagens aéreas e de trem, hotel eu reservo antecipadamente, mas sem pagamento antecipado e com cancelamento gratuito até 2 dias antes, o resto eu deixo para comprar e pagar lá na hora mesmo, ou no máximo alguns dias ou semanas antes, mas somente quando realmente for realmente necessário comprar antes.

Nos meus mais de 15 anos viajando frequentemente várias vezes por ano, já teve umas 3 ou 4 vezes em que precisei cancelar alguma viagem já paga por algum motivo que fugiu do meu  controle, mas como eu tento pagar antecipado somente o que realmente for necessário, as minhas perdas foram bem pequenas.

Por exemplo, ano passado tive que cancelar uma viagem para os EUA por motivos de força maior, e a única perda que eu tive, foram 100 dólares da multa pelo cancelamento do voo, o resto eu consegui cancelar sem custo por que eu ainda não tinha pago nada antecipado.

Mas como agora não tem mais o que você possa mudar, mantenha a calma e a esperança, torça para que esta situação melhores logo, que as empresas consigam sobreviver a esta crise sem precedentes na história, para que quem sabe nos próximos meses você consiga recuperar alguma coisas, seja em dinheiro ou em créditos para utilização futura. 

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Colaboradores

@Andreend Sou totalmente contra antecipação de compras devido a isso e ao engessamento da viagem. Se tivesse deixado para comprar poucos dias antes e,sobretudo hotel, comprar "de véspera " corria o risco de não encontrar vaga aonde pretendia,mas não teria passado por isso.Estamos no mesmo barco, tenho 4 viagens de avião compradas e não sei quando irei,pois as empresas correm o risco de falir.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

Boa noite, senhores.

Comprar antecipado é excelente para quem vende, mas muito arriscado para quem compra.

Em troca de algum desconto no preço, ou a pretensa garantia do fornecimento/prestação do produto/serviço, o fornecedor transfere ao cliente o "risco do negócio". Cabe a cada consumidor verificar se vale realmente à pena assumir este risco.

Bon voyage !

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

Exato, ao pagar antecipado, o consumidor está assumindo o risco, e a contra-partida (desconto) para você assumir o risco tem que ser boa.

Se o desconto por pagar antecipado for pequeno, 10% ou menos, geralmente não vale a pena assumir este risco, mas se o desconto for bom, acima de 20%, já vale a pena pensar em assumir este risco.

Pessoalmente as únicas coisas que eu pago antecipado com bastante antecedência, são as passagens de avião e trem, pois o desconto comprando antecipado é bem generoso.

Alem das passagens, a única outra coisa que eu pago antecipado, são atrações turística onde os ingressos realmente esgotem semanas ou meses antes, ou seja, atrações onde realmente você não vai conseguir achar ingresso na hora, mas estes locais são bem poucos, dá para contar nos dedos das mãos e ainda sobrar dedos... 

Nas passagens aéreas e de trem, você consegue ter desconto de 50% ou 70% comprando antecipadamente em relação ao preço poucos dias antes da viagem, então vale a pena assumir este risco.

Mas nos hotéis, passeios, etc, o desconto para pagamento antecipado costuma ser pequeno, de 5%, ou no máximo 10%, então geralmente não vale a pena assumir o risco.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...